Jaboatão vai conquistar você

26/10


2006

RS: coligação do PT pede busca nos comitês de Yeda

A coligação (PT-PC do B-PRB) que apóia a candidatura à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ajuizou representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra a coligação da candidata ao governo do Rio Grande do Sul do PSDB, Yeda Crusius.

Segundo a representação, a coligação de Yeda estaria programando uma manifestação para esta quinta-feira em que seriam distribuídos brindes aos eleitores e panfletos de propaganda negativa ao presidente Lula.

A coligação que apóia a reeleição de Lula alega que já foram apreendidos, no comitê de campanha de Yeda panfletos contra Lula, adesivos que exploravam a falta de um dedo do candidato e que na manifestação desta quinta seriam distribuídas camisetas com os dizeres "Acorda Brasil - Fora Lula".

A coligação pede que seja feita uma busca nos comitês da coligação de Yeda para que seja apreendido o suposto material ilícito. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

ESSAS ESTRATÉGIAS PRÁ NÃO DIZER BAIXARIAS, É A CARA DO PEFELÊ. ME POUPE.


Caruaru - Jan 2022

26/10


2006

Pesquisa: Lula cresce no Sul e abre vantagem no NE

A Região Nordeste continua sendo a grande alavancadora de votos do presidente e candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada hoje, o petista tem 74,8% da preferência do eleitorado na Região, enquanto o seu adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), tem 18,6%, o que dá uma diferença 56,2 pontos percentuais para o petista. Os votos brancos e nulos somam 1,1%. Eleitores indecisos são 5,5%. A pesquisa também revela uma recuperação do presidente Lula nas regiões Sul e Sudeste do País. No Sudeste, o presidente Lula também está dianteira, com 50,9%, contra 36,7% dos votos de Alckmin. Brancos e nulos são 6%. Eleitores indecisos são 6,3%.

 

No Sul, onde o tucano teve ampla vantagem no primeiro turno, agora já existe um empate técnico. Lula aparece com 45,5%, enquanto Alckmin tem 45,2%. Brancos e nulos somam 1,6%. Eleitores indecisos são 7,7%. No Norte/Centro-Oeste, o petista tem 58,3%, enquanto o tucano possui 38,4%. Brancos e nulos são 0,4%. Eleitores indecisos são 2,9%.

 

“Isso (a recuperação do presidente no Sul e no Sudeste) muda a tese de divisão do País”, afirma o presidente do Instituto Sensus, Ricardo Guedes. Segundo ele, a grande vantagem que o presidente Lula tem no Nordeste se dá por conta da melhoria de vida da população na Região. “Houve um maior benefício para a população pobre e a maior parte da população pobre está no Nordeste”, argumentou. As informações são da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Romero

Acesse: www.eduardoesconde.vai.la

José Manoel de Souza

DÁ-LHE LULA.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Do jeito que vai o candidato Alckmin vai terminar perdendo a eleição não para Lula, mas para a soma dos votos brancos e nulos. Mas não sofrerá após a eleição, pois poderá ser aproveitado no próximo filme do Batman fazendo o papel de Pinguin.


Cabo - Pavimentação e Drenagem

26/10


2006

PE: Coordenadores avaliam campanhas

Os coordenadores das campanhas ao Governo de Pernambuco dos candidatos Mendonça Filho (PFL) e Eduardo Campos (PSB), respectivamente Charles Ribeiro e o vereador Danilo Cabral (PSB), foram entrevistados hoje pela Rádio Folha 96.7 FM e comentaram sobre as suas expectativas nesses três dias que antecedem o pleito. Com mais motivo para estar tranqüilo com os possíveis resultados eleitorais, já que as últimas pesquisas apontam uma vantagem de cerca de 25 pontos percentuais de Campos em cima de seu adversário, Danilo Cabral previu uma vitória “bonita” de Campos no dia 29 de outubro.

 

“Temos feito pesquisas recentemente em que a gente já cresceu mais um pouquinho. No primeiro turno foram 4 milhões de votos para Eduardo, e se você colocar uma diferença de 25% nisso aí, dá mais 1,5 milhão”, afirmou, concordando com a expectativa de Fernando Bezerra Coelho, um dos coordenadores da campanha de Lula (PT) à reeleição no Estado, que aponta uma vantagem de 1,5 milhão de votos de Campos para Mendonça Filho.

 

Já Charles Ribeiro mostrou confiança na virada de Mendonça Filho nas urnas, além de alegar que o governador dará um “show” hoje à noite, no debate da TV Globo. “A eleição não terminou e, até lá, muitas coisas podem acontecer. Mendonça está tranqüilo e não tenho dúvida de que ele dará um show”, afirmou. A diferença entre os votos obtidos por Mendonça Filho no primeiro turno e pelo senador eleito e ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB), segundo Charles, foi motivada pelos fortes adversários enfrentados pelo governador. “Jarbas estava praticamente sozinho. Mendonça estava concorrendo com candidatos fortes”, disse, considerando que não era sua pretensão “desconsiderar” os demais adversários de Jarbas. As informações são da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Romero

Acesse: www.eduardoesconde.vai.la

Ana B. Holanda

Charles ninguém conhece. E Manoel de Souza? ha, ha, ha, ha.... Te orienta cara...

José Manoel de Souza

ESSE TAL DE CHARLES RIBEIRO. ALGUEM CONHECE ESSE CARA? É O COVEIRO DA CAMAPNHA DE MENDONÇA.

cristiano lins de amorim

continuação: DÊ SUA OPINIÃO.EXPRESSE SUA REVOLTA.UNA-SE A NÓS E JUNTOS VAMOS TENTAR MORALIZAR TUDO ISSO. http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=6811668

cristiano lins de amorim

ESTE ESPAÇO FOI CRIADO PARA PROMOVER UM DEBATE VIRTUAL ENTRE TODAS AS PESSOAS QUE REALMENTE TRABALHAM NA AREA CULTURAL DE PERNAMBUCO E ESTÃO INDIGNADAS COM O RUMO TOMADO PELA ATUAL POLITICA DE INCENTIVO A CULTURA.SE VOCE NÃO FOR LARANJA,NEM PARTICIPA DE PANELINHAS E GUETOS PRIVILEGIADOS,DÊ SUA OPINI


Petrolina Dezembro 2021

26/10


2006

Alckmin minimiza desvantagem e acredita na vitória

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, minimizou nesta quinta-feira sua desvantagem em relação ao presidente e candidato à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apontada nas recentes pesquisas de intenção de voto, e afirmou que acredita ainda na vitória no segundo turno das eleições. Durante sabatina promovida pelo Grupo Estado, o ex-governador paulista estimou que a diferença de Lula sobre ele está em "um dígito", diferentemente do que apontam as pesquisas - em torno de 20 pontos porcentuais - e destacou que viradas ocorrem sempre no período final do pleito.

"Eu acho que nós vamos ter uma votação bem maior (no segundo turno). Acho que a diferença hoje é de um dígito e perfeitamente possível de ser alterada", comentou Alckmin. "As viradas na eleição ocorrem sempre no final. Nós tivemos um crescimento no final da campanha de primeiro turno de quase 10 pontos", acrescentou.

De acordo com Alckmin, o intervalo de 12 dias sem propaganda eleitoral na televisão, por conta da proclamação dos resultados oficiais do primeiro turno, também pode ter atrapalhado sua candidatura, que vinha crescendo nas pesquisas de intenção de voto até o dia da eleição da primeira etapa. As informações são do Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

Alckmim só vê um dígito. Ele acredita no vidente.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Raimundo Eleno dos Santos

Alckmin está precisando urgentemente de um tratamento psiquátrico. Ele está vendo fantasmas. Verdadeiras alucinações. Alteração desse nivel já dá para os assesseres levarem na bagagem alguns exemplares de camisa-de-força.Não dá para sair de casa sem ela.Vai que ele tenha um ataque inopinado...



26/10


2006

Eduardo vai interpelar judicialmente Mendonça

O candidato ao Governo de Pernambuco pelo PSB, Eduardo Campos, líder nas pesquisas de intenção de voto, promete ingressar hoje a tarde no Superior Tribunal de Justiça (STJ) com uma interpelação judicial contra o adversário, o atual governador Mendonça Filho (PFL), que disputa a reeleição para o cargo. Segundo o advogado José Antônio Almeida, a interpelação questiona o governador e exige provas sobre acusações de “fraude e assalto aos cofres públicos” que têm sido usadas por Mendonça contra Eduardo Campos no guia eleitoral. “Mendonça terá que provar as insinuações levianas e sem base em fatos que tem feito contra Eduardo Campos no guia”, explicou o advogado.

 

De acordo com Almeida, a interpelação se baseia em dispositivo da Lei de Imprensa 5250/67 que trata dos crimes de calúnia, injúria e difamação, cujas penas variam de seis meses a três anos de detenção mais multa.

 

O advogado explica que a reação ocorre em decorrência do governador Mendonça Filho insistir em mostrar Eduardo Campos como um político não confiável, que contribuiu para a estagnação econômica de Pernambuco quando foi secretário de Fazenda do seu avô, o ex-governador Miguel Arraes. O caso dos precatórios, uma operação de empréstimo para pagamento das dívidas determinadas pela Justiça, considerada fraudulenta pela coligação de Mendonça Filho e comandada por Eduardo Campos em 1996, se mantém com destaque no horário gratuito da televisão e do rádio. Mendonça Filho cobra, diariamente, explicação para o destino dos recursos conseguidos com o empréstimo dos precatórios - R$ 1 milhão atualizados. As informações são da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Romero

"Recordar é viver", conforme já citado pelo nobre Magno em determinada notícia de seu blog, sendo assim... RELEMBRE OS FATOS. ACESSE: WWW.EDUARDOESCONDE.VAI.LA. Eduardo provavelmente dirá que a imprensa "divulgou inverdades", como já fez no último debate. www.eduardoesconde.vai.la

Romero

José Manoel, não estou aqui falando besteira, assim como você e outros tantos, portanto o babaca deste blog não sou eu. São fatos públicos e notórios veiculados pela imprensa à época que "Dudu Beleza", de fato, governava o Estado. Somente trago tais fatos para o saber daqueles que não se lembram.

Gabriel

Eita que eles estão desesperados!!!!! Eita que eles estão desesperados!!!!! É 13 É 40 , só da Lula e Eduardo!!!

Renata Suassuna

oxi, oxi, rebai de homi bestado

Ana B. Holanda

Olha as agressões... Magno vai bloquear sua senha. Malcriado.......


Arcoverde janeiro 2022

26/10


2006

Pesquisa: Lula tem 24 pontos de vantagem

Pesquisa CNT/Sensus divulgada há pouco revela que o presidente e candidato à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), aparece 24 pontos à frente do seu adversário, o tucano Geraldo Alckmin, na pesquisa estimulada. Lula tem 57,5% das intenções de voto, enquanto Geraldo Alckmin possui 33,5%. Votos brancos e nulos somam 3,3% e eleitores indecisos são 5,9%. A pesquisa também revela que no levantamento espontâneo os números são muito parecidos, o que, segundo o presidente do Instituto Sensus, Ricardo Guedes, mostra uma consolidação do quadro. “Esta é uma eleição definida. Em verdade, as diferenças estão se alargando”. No levantamento espontâneo, Lula tem 53,9% dos votos, e Alckmin tem 31,4%. Votos brancos e nulos somam 3,5%. Eleitores indecisos são 11,3%.

 

Ricardo Guedes definiu três pontos que levaram à grande margem de vantagem do presidente Lula. O primeiro seria a consolidação da imagem das ações que o presidente Lula realizou pelo País. O segundo seria a falta de propostas consistentes apresentadas pelo candidato Alckmin. E a terceira é que, nos grupos de discussão analisados, as críticas em relação à questão ética não foram tidas como consistentes.

 

A pesquisa CNT/Sensus ouviu 2 mil pessoas no período de 23 a 25 de outubro de 2006, em 24 estados, das cinco regiões brasileiras. Está registrada pelo número 23.029/2006, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A margem de erro admitida é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. As informações são da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

Ana vc, até ontem era uma das mais baixas das internautas, o que te arrefeceu foi a ONDA AMARELA? ou a bronca do Magno?

Severino Isidoro Fernandes Guedes

O meu amigo Ernani pode até ter falado uma bobagem ao reduzir a eleição presidencial ao maniqueisto bem contra mal. Mas o seu pensamento não é isolado não. O problema é que a oposição a Lula também não inspira confiança e o eleitor está entrando está mesmo entrando em parafusos.

Ana B. Holanda

O QUE PREOCUPA E POSIÇÕES COMO ESSAS. ESCOLHER ENTRE O BOM E O MAU.. MEU DEUS. A COISA É MUITO MAIS ´SERIA. ISSO NÃO É PASTORIL. ESTÁ EM JOGO O FUTURO DO ESTADO E FICAM FALANDO BOBAGENS.... MAGNO ONTEM DEU UMA BRONCA NOS INTERNAUTAS.. MAS PARECE QUE NÃO VINGOU....

Ana B. Holanda

o QUE ACHO QUE NÃO VIRA É A APURAÇÃO DOS FATOS SOBRE OS DESMANDOS DO gOVERNO LULA. ELE VAI LÁ INSISTIR. E AINDA DIZ QUE VAI APURAR OS FATOS , QUE NÃO VAI JOGAR PARA DEBAIXO DO TAPETE... lULA ESTÁ TRATANDO TODOS NÓS BRASILEIROS COMO IMBECIS...

Fernando Vieira

A ANA HOLLANDA ainda acha que Geraldo vai virar!!!


Serra Talhada 2021

26/10


2006

Ferro presta desserviço à radiodifusão, diz Feitosa

O presidente da Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Radio e Televisão), Oscar Luis Piconez, em entrevista a este Blog, afirma que se o deputado do PT-PE Fernando Ferro se diz apoiador  das minorias, ele deveria apoiar as rádios regulamentadas, que hoje são minoria. Fernando Ferro é autor de vários projetos que pretendem regulamentar rádios piratas e proibir comerciais, como de agrotóxicos, nas rádios e TVs. O presidente da Asserpe (Associação das Emissoras de Radiodifusão de Pernambuco) Ivan Feitosa, acrescenta que o deputado do PT presta um desserviço as rádios legais do Brasil, e, por ser um parlamentar de Pernambuco, deixa muito triste a classe da radiodifusão do estado. Essas entrevistas captadas no Seminário de Rádio e TV Digital, no Mar Hotel, estarão sendo veiculadas no Debate Melodia, logo mais às 18h.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

26/10


2006

Abel agilizou verbas para municípios, diz Vedoin

Abel Pereira, o suposto elo do PSDB com a máfia das sanguessugas agilizou a liberação de verbas do Ministério da Saúde para cerca de 50 municípios que compraram ambulâncias superfaturadas. A ação de Abel teria provocado rombo de R$ 4 milhões no Tesouro em 2002, último ano do governo Fernando Henrique. O ministro da Saúde, na ocasião, era Barjas Negri, amigo de Abel;

A denúncia foi feita à Justiça por Luiz Antônio Vedoin e seu pai Darci, donos do Grupo Planam e apontados pela Polícia Federal como criadores do esquema de emendas forjadas.

Os depoimentos dos Vedoin mostram que Abel tinha livre trânsito no gabinete do ministro. Um exemplo é o caso do ex-prefeito de Jaciara Valdizete Martins Nogueira. Em 2002, Valdizete pediu ajuda a Abel para audiência com Barjas. Em duas semanas, o ministério liberou um dinheiro que estava parado havia 1 ano e 3 meses.

Darci Vedoin contou ao juiz Jeferson Schneider, da 2ª Vara Federal, que “cerca de 50 municípios foram beneficiados com recursos de emendas liberadas por influência de Abel no Ministério da Saúde”. “O contato de Abel no ministério era o próprio ministro, Barjas Negri”, declarou Luiz Vedoin. “Abel possuía um bom acesso junto ao ministro. As informações são do Correio Web.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

Jornalismo é isso aí. Apontar as mazelas de todos os lados. Nesse caso especifico ´será de bom alvitre que o zeloso Jungmann se manifeste e aprofunde as investigações, e não faça como Gabeira que foi ao MT selecionar peças d processo da PF. Como cita ofício da própria PF.


Bandeirantes novembro 2021

26/10


2006

Laranja admite ter emprestado CPF para compra de dólares

Uma das integrantes da família que teria sido usada como “laranja” para a compra de dólares apontada nessa quarta-feira pela Polícia Federal admitiu que emprestou seu CPF para que outros parentes comprassem US$ 44,3 mil na agência Vicatur, de Nova Iguaçu. Viviane Gomes da Silva foi ouvida pela PF em Ouro Preto e, segundo fontes policiais, teria admitido que recebeu comissão para atuar como laranja.

Os CPFs da família aparecem em contratos de câmbio usados para levantar parte do dinheiro apreendido com petistas que negociavam o dossiê Vedoin. “Foi um dia muito produtivo”, comemorou o delegado Daniel Lorenz, chefe da Polícia Federal em Mato Grosso.

Os boletos de retiradas têm valores elevadíssimos, fora dos padrões de venda de dólar turismo e muito acima das possibilidades financeiras dos laranjas, atestaram os investigadores da Polícia Federal.

Viviane e sua irmã Lidiane, também envolvida na investigação, trabalham na pousada de um terceiro suposto laranja, Gérson Luiz Cotta. A pousada fica em Ouro Preto, no bairro Antonio Dias. Cotta seria o proprietário. A PF suspeita que o estabelecimento seria usado para lavagem de dinheiro. As informações são do Correio Web.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

QUER NADA! ANA, VC QUER É GARANTIR O SEU CARGO COMISSIONADO.

Ana B. Holanda

Nada de ser esclarecido os desmandos da era Lula... e o presidente do PT ainda diz que agora é diferente. Que ele manda apurar.. não joga para baixo do tapete... mas joga com os brasileiros. pensa que somos uns otários. Aliás, me vejo como otária de já ter votado em Lula. Quero respeito....

guilherme alves

Quando vai sair post sobre a dupla Abel/Barjas Negris? Tem reportagem hoje na imprensa de São Paulo.


Pousada da Paixão

26/10


2006

FHC critica PSDB por não defender privatizações

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) fez nesta quinta-feira uma autocrítica a respeito de seu partido, dizendo que os tucanos deveriam ter sido mais veementes na defesa das privatizações realizadas pelo seu governo. “Eu não diria que é uma questão pessoal do Alckmin (candidato da legenda à Presidência, Geraldo Alckmin), eu diria que o PSDB tem de ser mais enérgico na defesa de suas crenças e na defesa do que fez”, reiterou ele, em entrevista concedida nesta quinta à Rádio Bandeirantes.

Além de dizer que o PSDB não defendeu com ênfase as privatizações, FHC cobrou de seu partido idéias concretas para o desenvolvimento. “O PSDB precisa voltar a ter idéias que levem o Brasil adiante. E também precisa dizer como é que vamos dar esses passos”, emendou.

O tucano voltou a criticar duramente o governo do adversário, do PT, presidente candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva. “O governo Lula não teve nenhuma idéia nova, conta vantagem em cima do que os outros construíram (numa referência ao seu governo)”. O ex-presidente voltou a dizer que sua legenda jamais votou e não irá votar contra os interesses do Brasil. E ironizou: “Já apanhei muito e estou com o couro grosso”, em resposta à declaração de Lula de que “já havia batido muito no ex-presidente”.  As informações são do Correio Web.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

O FHC só tá passando recibo do que o Alckimi ia fazer se eleito fosse. O Alckimim seria capaz até de querer privatizar (vender) o Brasil, com uma nova e famigerada dívida com o FMI, igualzinho como fizeram os coronéis desta República. Graças a Deus o povo enxergou antes e no dia 29 só vai dar Lula

José Manoel de Souza

Não é só vc Aninha é toda a pefelândia, quanto mais a hora se aproxima, mas vcs ficam todos sem argumento.

Ana B. Holanda

Sinceramente... Comparar FHC com Lula? não dá.... Nem vou argumentar.....

Raimundo Eleno dos Santos

FHC não privatizou a Base Aérea de Alcântara-MA. Ele a deu para os EEUU. Daria também a Amazônia. Lula defende o Brasil.Ele é nacionalista.A direita é entreguista e é neoliberal.FHC é invejoso, e não ama o Brasil.Diria também que é um estúpido.E governou para Wall Street e p/Av.Paulista.

Fernando Vieira

FHC "desvairado". "p" da vida!!! Derrotado!!! e eu aqui, ó!!! feliiizzzzz


Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros