Jaboatão - Nova UBS PET

24/09


2021

Coluna da sexta-feira

Ameaça à reeleição 

O Senado barrou a volta das coligações partidárias já para as eleições de 2022, casuísmo praticado pelos deputados pegando carona na mini reforma eleitoral em discussão pelo Congresso. O plenário do Senado manteve o texto do relatório da senadora Simone Tebet (MDB-MS). Na prática, poder ter obrigado muita gente a dar adeus ao parlamento.

Porque, na prática, sem as coligações, boa parte da Câmara Federal não se renova. Serve para todos, inclusive penaliza grande parte da bancada de Pernambuco, especialmente dirigentes de partidos sem expressão em termos de representação no Congresso. Simplesmente, poucos terão condições de montar chapa competitiva para alcançar o coeciente eleitoral – 190 mil votos para federal e 90 mil para estadual.

O fim das coligações havia sido aprovado pelo Congresso em 2017, mas só foi testada por enquanto nas eleições de 2020, para vereadores. Até o momento não vigorou nas disputas para deputados federais, estaduais e distritais. Especialistas avaliam que as coligações poderiam deturpar o voto dado pelos eleitores, porque acaba privilegiando candidatos de outras legendas. A expectativa é que a parte da PEC que passou pela Câmara e foi aprovada pelo Senado vá a promulgação em breve, a fim de valer já para as eleições do próximo ano.

O texto aprovado prevê a contagem em dobro aos votos dados a mulheres e negros para Câmara dos Deputados, para fins de distribuição de recursos dos fundos partidário e eleitoral, até 2030. A medida tem por objetivo estimular essas candidaturas, sub-representadas no Parlamento. O texto alterou a data da posse do presidente da República para 5 de janeiro e governadores, para 6 de janeiro, valendo para os eleitos no pleito de 2026.

Essa mudança decorre do fato que a data anterior, no dia 1º, dificultava a participação de autoridades e personalidades de outros países. A proposta também muda critérios de fidelidade partidária, acabando com a punição de deputado ou vereador que mudar de partido em caso de haver concordância da legenda.

Visão da relatora – "A coligação nas eleições proporcionais é objeto de crítica e tentativa de supressão nas duas Casas do Congresso Nacional desde a década de 1990", justificou a senadora Simone Tebet, relatora na PEC. O retorno das coligações é uma reivindicação de partidos pequenos. Para eleger mais parlamentares, essas legendas dependem das alianças. Suas chapas ao Legislativo têm poucos votos, embora alguns candidatos sejam bem votados. Em defesa do fim das coligações proporcionais, argumenta-se que estimulam a proliferação de legendas de aluguel e bancadas pulverizadas. Em consequência, ocorreriam com problemas de governabilidade.

Perdeu o sono – O fim das coligações ameaça a reeleição de uma penca de deputados federais da bancada pernambucana. Um dos mais assustados é Raul Henry. Seu partido, o MDB, não tem chapa e, consequentemente, chances de levá-lo à reeleição. Para sobreviver e tentar salvar o seu mandato terá que mudar de legenda, uma travessia complicada, já que é presidente estadual do MDB, partido no Estado controlado pelo senador Jarbas Vasconcelos, de quem Henry é uma espécie de herdeiro político.

Haja Lexotan! – Presidente estadual do PSD, o deputado André de Paula também passou a tomar tranquilizantes para fazer o reencontro com o sono depois que o Senado pôs fim ao projeto casuístico da ressurreição das coligações. Sua legenda, que é nanica, não tem candidatos competitivos para montagem da chapa. Igual drama vive também Augusto Coutinho, dono de outro pingo no oceano partidário, o Solidariedade (SD). 

Parcelamento de débitos – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou, ontem, decreto que permite o parcelamento de débitos de outorgas pelas emissoras de rádio e TV. Antes do decreto, os valores deveriam ser pagos à vista. Conforme o texto, emissoras de rádio e TV em situação de inadimplência, ou seja, com valores do preço público da outorga em aberto, podem solicitar o parcelamento do saldo remanescente. Segundo o Ministério das Comunicações, responsável pelas outorgas, o objetivo do decreto é promover a regularização de débitos e facilitar o processo de outorgas no País. A inadimplência desses valores soma um total de R$ 224 milhões.

Dias contados – Uma fonte bem próxima ao comando do PSB estadual revelou, ontem, ao blog, que o tempo de sobrevivência na legenda do prefeito de João Alfredo, Zé Martins, será encurtado depois do gesto rebelde de bater palmas, amanhã, ao prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, no seu ingresso oficial ao DEM, partido que será fundido ao PSL e pelo qual disputará o Governo do Estado nas eleições do ano que vem. Ao Frente a Frente, quarta-feira passada, Martins disse que não estava nem aí com as pressões e ordenou: “Que me expulsem”.

CURTAS

NORONHA – A equipe de Meio Ambiente da Administração de Fernando de Noronha iniciou a fiscalização no aeroporto para impedir a entrada de vegetação exótica na ilha. Os objetivos são conscientizar e informar a comunidade sobre a proibição da entrada ou importação de plantas, sementes e mudas de quaisquer espécies. A entrada de espécies exóticas em Noronha é proibida, através de uma portaria de 2020, para evitar impactos na vegetação nativa.

BURAQUEIRA – Não são apenas as estradas do Sertão que estão abandonadas pelo Governo Paulo Câmara. Os acessos até Fazenda Nova, seja por Jataúba, cidade próxima, ou pelo Lampião, para quem vem de Caruaru, viraram tábua de pirolito. E olha que Fazenda Nova, com o teatro de Nova Jerusalém, é território cobiçado por turistas brasileiros e internacionais.

Perguntar não ofende: Cadê o plano de recuperação das estradas, governador?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

23/09


2021

Diretor da Precisa se cala e irrita senadores

Em depoimento à CPI da Covid, hoje, o diretor institucional da Precisa Medicamentos, Danilo Trento, decidiu permanecer em silêncio diante de diversos questionamentos que envolvem sua relação pessoal e comercial com outros investigados pela comissão.

O empresário obteve no Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de não responder a perguntas que pudessem incriminá-lo. Diante das seguidas recusas de Trento a dar respostas aos questionamentos, a comissão aprovou a quebra de sigilo bancário, fiscal, telefônico e telemático do depoente.

Sobre sua relação com Francisco Maximiano, dono da Precisa Medicamentos, Trento afirmou que é seu “amigo pessoal”.

Mas ele não quis responder se é remunerado pela empresa, se tem sociedade com Maximiano em alguma outra companhia ou se os dois juntos têm algum negócio. “Senhor senador, com o devido respeito, irei exercer o direito a mim assegurado de permanecer em silêncio”, disse.

O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que o silêncio acabaria incriminando o empresário.

Segundo o senador, a comissão tem um “emaranhado de engrenagem” que mostra a passagem de dinheiro entre empresas ligadas a Maximiano e a Trento. Para a comissão, as movimentações indicam que pode haver lavagem de dinheiro nos negócios.

A Precisa intermediou junto ao Ministério da Saúde a compra da vacina indiana Covaxin – a aquisição foi suspensa após suspeitas de irregularidades no contrato. A empresa também firmou contrato com a pasta para a compra de preservativos femininos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina setembro 2

23/09


2021

Programa do Governo possui falhas graves, aponta Antonio Coelho

Líder da Oposição na Assembleia Legislativa, o deputado Antonio Coelho usou a tribuna, hoje, para apontar falhas graves contidas no Programa de Auxílio Tecnológico do Governo de Pernambuco, destinado a professores da rede estadual. Um dos principais equívocos apontados pelo parlamentar remete-se à obrigatoriedade de compra dos notebooks apenas através da Plataforma Professor Conectado. O sobrepreço de 40% no valor dos equipamentos à venda e a qualidade da configuração dos notebooks disponíveis para a compra, considerados obsoletos, também foram questionados.

De acordo com o deputado, os equipamentos comercializados na Plataforma Professor Conectado, além de possuírem uma configuração ultrapassada, estão com preços superiores a produtos semelhantes encontrados no mercado. “Os notebooks estão sendo vendidos a R$ 5 mil, cada. Enquanto isso, é possível encontrar produtos similares nos sites de comércio eletrônico a um valor médio de R$ 3 mil. Isso implica um sobrepreço de 40%”, destacou o Líder da Oposição, questionando, em seguida, “o interesse da gestão Paulo Câmara em forçar os professores a comprar computadores caros e ultrapassados”.

Em seguida, o deputado Antonio Coelho afirmou que essa distorção de 40% no valor dos computadores provoca um dano aproximado de R$ 46 milhões aos cofres estaduais. Dinheiro que, segundo ele, poderia ser destinado à realização de mais de 800 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica, ou para a perfuração de 1.000 poços cristalinos, ou para a construção de 10 casas de parto ao longo de todo o território de Pernambuco. “O governador deve explicações imediatas”, frisou o parlamentar.

Antonio Coelho também lamentou a falta de flexibilização do Programa estadual e considerou o valor único de R$ 5 mil destinado a cada docente muito aquém do praticado em programas similares, a exemplo de Petrolina cujo valor é de R$ 8 mil. O democrata defendeu, ainda, a liberdade de compra dos professores a fim de que possam escolher os equipamentos eletrônicos que considerem mais adequados à melhoria da sua docência.

“Enquanto, no programa estadual, os professores só podem comprar notebooks, em Petrolina, o programa dá mais flexibilidade aos docentes, permitindo a aquisição de celulares, tablets, impressoras ou notebooks, de acordo com o discernimento e a necessidade de cada um para, assim, engrandecer suas aulas”, comparou o parlamentar.

Oficialmente intitulado de Inclusão Digital dos Profissionais da Rede Estadual de Ensino, o programa foi criado por meio da Lei nº 17.322/2021 e regulamentado pelo Decreto nº 50.873/2021.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

23/09


2021

Comissão aprova texto-base da reforma administrativa

A Comissão Especial que debate a PEC 32/2020 na Câmara dos Deputados acaba de aprovar o parecer apresentado pelo relator, deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA). Foram 28 votos favoráveis e 18 contrários. Desde que a Comissão foi instalada, há cerca de 3 meses, a PEC apresentada pelo Executivo foi exaustivamente discutida.

O deputado federal pernambucano Fernando Monteiro (PP) presidiu 15 audiências públicas com a participação de mais de 80 representantes das diferentes categorias interessadas e dezenas de reuniões que somaram mais de 100 horas de intenso diálogo. Agora, os deputados irão votar os destaques ao texto e, na sequência, a PEC segue para votação no Plenário.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/09


2021

PE anuncia novas flexibilizações no Plano de Convivência

O Governo de Pernambuco anunciou, em coletiva de imprensa, hoje, novas flexibilizações no Plano de Convivência com a Covid-19. A partir da próxima segunda-feira (27.09), estão autorizados eventos culturais, shows e bailes com até 2,5 mil pessoas e a presença da torcida nos estádios de futebol com 20% da capacidade do local ou 2,5 mil torcedores, o que for menor. As novas medidas foram possíveis devido à queda nos indicadores da pandemia. A coletiva contou com as presenças dos secretários André Longo (Saúde), Ana Paula Vilaça (executiva de Desenvolvimento Econômico) e Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer).

Nos dois casos, será necessário que 90% dos ingressos sejam destinados às pessoas que completaram o esquema vacinal, seja com as duas doses ou com a dose única. Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

Os shows poderão ser realizados até 1h da madrugada, com duração de até sete horas. “A nova flexibilização não abrange área de dancing, mas será permitido ficar em pé utilizando a máscara”, explicou a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Ana Paula Vilaça, acrescentando que a máscara só poderá ser retirada quando se estiver consumindo comida ou bebida. Ainda segundo a secretária, em novembro, a capacidade do público será de 5 mil pessoas ou 70% da capacidade, o que for menor.

Já os eventos corporativos, colações de grau, aulas da saudade e os cultos ecumênicos poderão ser realizados com capacidade máxima de 2,5 mil pessoas ou 80% do local, o que for menor. “O uso da máscara permanecerá obrigatório, desde que não se esteja consumindo comida ou bebida. Os participantes também deverão permanecer sentados, mas poderão ficar em pé, desde que estejam usando máscara”, ressaltou Ana Paula.

Cinemas, teatros e circos vão seguir a mesma regra de capacidade dos eventos corporativos. A única diferença é que esses últimos vão poder funcionar das 9h à 1h da madrugada. “Igrejas e atividades religiosas seguem a mesma capacidade e os protocolos imunizantes. O que muda é o horário de funcionamento, que será de 5h à 1h da madrugada”, acrescentou. Já os eventos sociais e buffets poderão funcionar em todo o Estado das 8h à 1h da madrugada, durante todos os dias da semana. A capacidade máxima poderá chegar a 2,5 mil pessoas ou 50% do local, o que for menor.

Também a partir da próxima segunda-feira haverá novas medidas para o funcionamento dos bares e restaurantes. Esses estabelecimentos poderão aumentar a capacidade de clientes para 80% do local com até 15 pessoas por mesa e distanciamento reduzido para 1 metro. “Esses estabelecimentos também vão poder funcionar até 1h da madrugada, mas continuará proibido o espaço de dança”, reforçou Ana Paula. Academias de ginástica e similares estão autorizadas a aumentar a capacidade dos aparelhos de cárdio de 70% para 80%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Microempreendedores

23/09


2021

Deputado e prefeito anunciam reabertura de escola em Timbaúba

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP) e o prefeito de Timbaúba, Marinaldo Rosendo (PP), garantiram, ontem, em Brasília, a reabertura da escola Cenecista Rodolfo Ferreira Lima, no município. O anúncio foi feito após uma reunião com o presidente da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade (CNEC), Alexandre Santos.

“Essa é uma escola muito importante para Timbaúba, que estava há dois de portas fechadas. O prefeito Marinaldo nos trouxe essa demanda e, prontamente, nós trabalhamos para resolver. Sabemos do compromisso do gestor em priorizar a educação e essa é só uma das grandes realizações que vamos continuar fazendo juntos. Agradecemos o apoio da CNEC nessa luta conosco”, destacou Eduardo da Fonte.

Neste primeiro momento, a escola passará a atender 600 alunos da educação infantil, contemplando crianças de dois a cinco anos de idade. A pré-matrícula já iniciou nesta quarta-feira e pode ser realizada na Secretaria de Educação. Com 78 anos de atuação, a rede CNEC possui 68 unidades de Educação Básica, além de 12 faculdades e 2 centros universitários distribuídos em 18 estados do País. A unidade de Timbaúba é a única em Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru volta as aulas 2021

23/09


2021

Em PE, PSDB, PL, PSC e Cidadania anunciam unidade

Nota oficial

Hoje, estamos dando o primeiro grande passo para formar uma ampla frente e incorporar todas as forças políticas que quiserem integrar esse movimento. O nosso Estado tem nas lutas e conquistas uma grande História. Por isto, precisamos voltar a colocar as pessoas à frente e os interesses de Pernambuco e de seus municípios como prioridade. 

Isso passa por ter coragem de enfrentar e encontrar soluções para os nossos desafios. Mas precisamos também recuperar a nossa autoestima, a nossa confiança, e, sobretudo, a nossa esperança. 

A partir de hoje, vamos iniciar um ciclo de debates e construir um projeto que apresente soluções e que volte a unir os pernambucanos. Seguiremos juntos para fortalecer ainda mais esse movimento, que é aberto a todos, construindo essa nova agenda a favor de Pernambuco.

PSDB, PL, PSC e Cidadania


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

23/09


2021

Cia de Dança promove formação para alunos de escola pública

Potencializar o alcance da dança de salão enquanto manifestação artística e veículo pedagógico para alunos da rede pública de ensino do Vale do São Francisco. Esta é a proposta do projeto 'Faça parte da Cia de Dança Canuto', que vai promover, gratuitamente, a formação profissional em dança de salão, com o primeiro encontro, agendado para o próximo domingo (26), às 9h, no estúdio Dançarte, em Petrolina. As inscrições devem ser feitas por meio da página do projeto, no Instagram: @ciadedanlacanuto. 

A iniciativa, idealizada pelo professor Marcos Canuto, é uma espécie de corrente do bem e será realizada de forma presencial, obedecendo às regras sanitárias de prevenção ao contágio do novo Coronavírus. Serão três aulas por semana distribuídas em 06 módulos, totalizando 96 horas por disciplina.

“O projeto é uma forma de agradecimento por tudo que já conquistei, por toda ajuda que recebi das mais diferentes pessoas desse mundo. A proposta principal é contribuir com a inserção do aluno da rede pública no mercado de trabalho e incentivar sua participação nos locais culturais de dança, despertando assim novos talentos em Petrolina, Juazeiro - BA e região", ressaltou Marcos Canuto. O professor destaca ainda que durante a formação serão montados espetáculos e estruturados estágios com até 6 meses de duração.

"Trabalharemos a importância da dança nas manifestações socioculturais e tendências do mercado de trabalho para artistas (dançarino e coreógrafo) e professor", evidenciou. Canuto lembrou também alguns projetos que contribuíram para potencializar a dança de salão a exemplo de Dançando na Empresa, Do público ao público, Semana da Dança de Salão, Dança de Salão e Qualidade de Vida e Dança de salão para PPNE (Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais).

A participação dos inscritos acontecerá por meio de apresentação do comprovante de vacinação contra o novo Coronavírus, além do uso de máscara e álcool gel para higienização das mãos. Todos os participantes irão receber certificado digital acessível em audiodescrição.

Serviço:

Formação de Dança de Salão, acessível para alunos da rede pública

Quando: 26 de setembro, às 09h;

Onde: R. do Triunfo, 278-B - Maria Auxiliadora, Petrolina - PE, 56330-270;

Contato:(87) 9.8848-4406 // [email protected]


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

23/09


2021

Ilha bolsonarista quase não tem desemprego

Se Petrolina ganhou fama de exceção como território rico em pleno semiárido por causa da irrigação alimentada pelas águas do Rio São Francisco, Santa Cruz do Capibaribe, a 185 km do Recife, virou ilha de excelência como polo de confecção. Como a terra das carrancas, que gera emprego pela fruticultura, seu visgo econômico foi a sulanca, restos de tecidos que, com o tempo, transformaram a cidade no maior polo de confecções do Nordeste, segundo do País, atrás apenas de São Paulo.

Santa Cruz do Capibaribe, diferente de Petrolina, não tem água. O que irriga a economia do município são as chamadas facções, pequenos fabricos no fundo do quintal de todas as casas. “Em Santa Cruz, só está desempregado quem quer”, resume o prefeito Fábio Aragão (PP), filho do ex-vereador Fernando Aragão, levado pela eternidade pela covid. Quando cumpria sua missão terrestre, não dependia da política. Viveu na onda positiva da sulanca, para conseguir o pão de cada dia na criação de todos os filhos.

Banhada pelo Rio Capibaribe, seco como é seca a esperança do seu povo pela chegada das águas de duas adutoras – a do Alto Capibaribe e a do Agreste – Santa Cruz já tem cara de cidade grande, apesar de não jorrar água em suas torneiras. Verdadeiros espigões verticais estão sendo erguidos em várias partes da área urbana. O comércio é amplo, moderno e diversificado.

A mola impulsionadora da sulanca, que começou a ser vendida nas feiras livres das ruas, teve um upgrade com a chegada do Moda Center, o maior parque de confecções da América Latina. Abriga de modo permanente a feira de confecções numa área de 32 hectares. São 320 mil m² de área total,120 mil m² de área coberta, 9.624 boxes, 707 Lojas, seis Praças de Alimentação com 42 restaurantes e 174 lanchonetes.

Terá um impulso maior com a abertura do concorrente, o Altas Horas, do comunicador e empresário Ratinho, do SBT, que resolveu investir na região numa sociedade com um grupo empresarial local. Colado ao Moda Center, o novo centro de vendas de todos os tipos de roupas produzidas em Santa Cruz do Capibaribe e vendidas a preço de banana – daí a invasão da cidade por compradores todos os dias – em média 50 mil por semana, chegando a mais de 100 mil na grande feira da segunda-feira – terá capacidade para abrigar cinco mil lojas em ambiente climatizado, com cinco praças de alimentação e estacionamento coberto para dez mil carros.

E não é só Ratinho que investe na terra da prosperidade alavancada pela sulanca. A rede de supermercados Atacarejo está abrindo a maior filial da região em Santa Cruz do Capibaribe, colado ao Altas Horas. Desde 2008, a cidade é uma das maiores fornecedoras de confecções para sofisticadas lojas de grife dos principais shopping centers de São Paulo e Rio de Janeiro.

Seu PIB cresce ao "ritmo chinês" de 11,895%. Possui cerca de 12 mil empresas, segundo o Sebrae. Pernambuco tem 22 mil empresas do ramo de confecção, sendo que cerca de 85% ficam em Santa Cruz do Capibaribe. Em 2016 a revista Exame classificou Santa Cruz do Capibaribe como uma das 50 cidades pequenas mais desenvolvidas do Brasil.

ILHA BOLSONARISTA

Na política, Santa Cruz do Capibaribe tem algumas peculiaridades. Só há dois grupos que duelam o poder: os bocas pretas e os taboquinhas. A primeira tribo esteve com as chaves do cofre até a eleição passada, quando, num pleito bastante disputado, os taboquinhas chegaram lá elegendo o jovem Fábio Aragão.

Bocas pretas e taboquinhas são como água e óleo: não se misturam. Há um folclore que parece realidade que os taboquinhas quando perdem a eleição ficam os quatros anos da gestão dos bocas pretas sem pagar IPTU – e vice versa. Na eleição presidencial passada, Bolsonaro não foi aprovado por nenhum dos dois grupos, mas Santa Cruz fez história: foi a única cidade do Estado em que Bolsonaro ganhou a eleição.

“Quem fez a eleição de Bolsonaro aqui foram os empresários, não os políticos tradicionais”, diz Robson Ferreira (foto), um dos maiores atacadistas da cidade. Embora seja paulista, a família mora em Santa Cruz. Na volta à cidade, montou a loja Comercial Ferreira, de comercialização de tecidos, a maior da cidade. Foi ele quem organizou a motociata de Bolsonaro em 4 de setembro passado, atraindo mais de 70 mil motos.

Robson mobilizou um grupo aguerrido bolsonoraista, entre eles Almir Albuquerque, Wilson Porfírio, Rodrigo Moreira e Luiz Franklin, estes três último do grupo Moto Cristo. De tão envolvido com a ideias de Bolsonaro, Robson já pensa em disputar um mandato de deputado federal nas eleições do ano que vem.

Para o ex-prefeito Edson Vieira, que governou o município por dois mandatos, não se pode atribuir apenas aos grupos bolsonaristas a expressiva votação do presidente no município. “Eu, por exemplo, junto com meu grupo político, pedi votos para Bolsonaro no segundo turno”, garante Vieira.

No primeiro turno, Bolsonaro teve 19.420 votos em Santa Cruz do Capibaribe contra 11.165 votos de Fernando Haddad (PT). Em termos percentuais, 45,64% dos votos e 26, 24%. Já no segundo turno, o percentual do presidente eleito subiu para 53,83% contra 47,1% de Haddad.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC Agosto 2021

23/09


2021

Juntos para sempre

Para um bom entendedor, poucas palavras bastam. Na última terça-feira, o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PL), deu uma entrevista à CBN falando da sua real e efetiva aproximação com Raquel Lyra, prefeita tucana de Caruaru. Ontem, foi a vez dela. Em comum, mostraram uma clara sintonia em relação as eleições de 2022.

Com isso, dá para aduzir que começa a se montar a construção de uma unidade política na oposição para construção de um novo projeto para o Estado. A maior demonstração disso foi dada, há pouco, num almoço no Spettus. Além deles, Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB, Daniel Coelho e André Ferreira, respectivamente presidentes estaduais do Cidadania e PSC.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

wilson washington carvalho de lima

Quem viver verá! Raquel Lyra candidata à governo e Anderson Ferreira candidato ao Senado Federal ,esta é a primeira opção- Raquel Candidata a Governo ,Anderson indica o vice e Daniel Coelho candidato ao Senado neste acordo Anderson vem candidato a prefeito na cidade do Recife em 2024-


Bandeirantes Agosto 2021

23/09


2021

Prefeito de Toritama autoriza a construção de nova escola

O município de Toritama vai ganhar mais uma escola municipal. A Escola Manoel Benedito será construída na Vila São Benedito e ordem de serviço para o início das obras foi assinada pelo prefeito Edilson Tavares (MDB), na tarde de ontem, com a presença de secretários, vereadores, e do deputado estadual Tony Gel (MDB).

A escola terá quatro salas de aula climatizadas, biblioteca com espaço de leitura, área de recreio coberta, parquinho, refeitório e reservatórios de água (inferior e superior). A obra está orçada em R$ 1.656.861,85.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/09


2021

Miguel Coelho se filia ao Democratas em ato no Recife

O partido Democratas promoverá, neste sábado (25), um grande evento para a filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho. Marcado para iniciar às 10h, no Armazém 14, bairro do Recife, o ato político deve reunir 500 lideranças e convidados de todas as regiões do Estado.

A solenidade contará com a presença de expoentes do partido, a exemplo do presidente do DEM, ACM Neto, do governador do Mato Grosso, Mauro Mendes, além dos prefeitos de Florianópolis, Gean Loureiro, e de Salvador, Bruno Reis. Os principais líderes do Democratas em Pernambuco também estarão no ato político. Ainda estão confirmados políticos de outros partidos como o MDB, Podemos e PSL.

Segundo o presidente estadual do DEM, Mendonça Filho, o evento terá o objetivo de mostrar a unidade do partido e de apresentar Miguel Coelho como pré-candidato ao Governo de Estado. "Estamos trabalhando num projeto para o futuro de Pernambuco. Precisamos retomar a liderança do nosso Estado e colocar Pernambuco no rumo certo", destacou Mendonça.

Já para o prefeito Miguel Coelho, a filiação representa um movimento político para mostrar a força política do Democratas na discussão sobre o futuro de Pernambuco. "A presença dos principais nomes nacionais e estaduais nesse ato simboliza a importância estratégica e a prioridade de Pernambuco para o partido. O Democratas teve aqui vários governadores, senadores, deputados e não para de formar novos quadros que engrandecem o Nordeste. Então, mais do que a minha filiação, esse encontro é para mostrar aos pernambucanos que nosso partido quer constituir um caminho para a mudança através de um projeto de desenvolvimento que possa resgatar a esperança no coração de nossa gente", afirma o novo democrata.

Por conta das ações de controle da pandemia, a estrutura do evento terá restrições de acesso ao público, seguindo todas as normas da Secretaria de Saúde do Estado. Todos os convidados só terão permissão para entrada após credenciamento e comprovação da aplicação da vacina contra a covid-19. O ambiente terá distanciamento entre cadeiras e distribuição de álcool em gel. Todos os convidados terão que usar máscaras obrigatoriamente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha