Jaboatão dos Guararapes

14/09


2021

Renan quer que Lira tenha prazo para decidir sobre impeachment

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, quer que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), após receber o relatório final da comissão, tenha um prazo para decidir sobre pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

O presidente da Câmara é o responsável por analisar pedidos de impeachment e dar prosseguimento ou arquivar. Hoje, há mais de 120 pedidos na fila, mas Lira não analisou nenhum.

A ideia de Renan é, junto com o relatório final da CPI, apresentar uma proposta estabelecendo o prazo para Lira se manifestar. O relatório da CPI deve ser entregue nas próximas semanas.

A proposta de Renan valeria para o caso de o relatório final da CPI apontar crime de responsabilidade de Bolsonaro, hipótese em que a Constituição prevê impeachment do presidente da República.

"Precisamos colocar algumas regras para que a Câmara observe um prazo para decidir se é a favor ou contra o relatório geral da CPI", explicou Renan.

O relator disse ainda que a regra valeria também caso alguém entrasse com pedido de impeachment com base no que foi apurado pela CPI.

"Nós queremos estabelecer o critério de que diante do relatório de uma CPI que sugira crime de responsabilidade por parte do presidente, ou alguém que entre com processo de impeachment na Câmara em função do que foi investigado na CPI, que o presidente tenha um prazo para decidir", continuou o senador.

"É uma proposta legislativa que a CPI apresenta", completou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Rafael C.Soares Quintas

Kkkkk parece até uma piada, esse Renan, mais sujo que puleiro de pato, cheio de processos no STF, só tá solto por conta do vergonhoso foro privilegiado, quer dá uma de moralista, só no Brasil a gente vê essas barbaridades kk?kkk


Cabo Agosto 2021

14/09


2021

Coluna da terça-feira

Depois do MBL, a vez do PT 

Tão logo viu nas ruas, domingo passado, o fiasco das manifestações contra Bolsonaro promovidas pelo Movimento Brasil Libre, o MBL, o PT começou a convocação para um ato em 2 de outubro pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O vice-presidente nacional do partido e deputado federal José Guimarães (CE) publicou um vídeo em seu perfil no Twitter com um chamado para o protesto poucas horas depois da realização de manifestações em ao menos 15 capitais brasileiras com o mesmo lema, que acabaram caracterizadas como atos da chamada 3ª via da eleição presidencial de 2022.

Os eventos do MBL tiveram baixa adesão, na verdade uns gatos pingados, inclusive em São Paulo. Na Avenida Paulista, em São Paulo, a Secretaria de Segurança Pública informou ter contabilizado a presença de seis mil pessoas. Em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, havia menos de 500 manifestantes. Por trás do comparecimento modesto, o que se diz é que existe um racha entre os opositores de Bolsonaro.

Da mesma forma que grupos de direita não aderiram aos atos contra o presidente no 7 de setembro, partidos de esquerda boicotaram os convocados por MBL (Movimento Brasil Livre) e Vem Pra Rua, domingo passado. Na tentativa de atrair os petistas, o MBL aboliu o lema “Nem Lula nem Bolsonaro”, considerado inaceitável por petistas e psolistas.

Mas em praticamente todos os atos foram vistas faixas com esses dizerem. “O PT não foi [aos atos] por conta da forma e do conteúdo como os atos foram inicialmente organizados”. “A luta pela democracia, pelo estado democrático de direito não pode ser confundida com a luta nem a disputa eleitoral. A manifestação que o MBL programou tinha um conteúdo claro: era um ato pela 3ª via”, disse José Guimarães.

O protesto do MBL na avenida Paulista teve a participação de cinco presidenciáveis –o ex-ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes (PDT); o governador de São Paulo, João Doria (PSDB); o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), e os senadores Simone Tebet (MDB-MS) e Alessandro Vieira (Cidadania-MA). “Temos que dar amplitude, envolver todos. Não é ato de candidatura A, B ou C, é um ato pela democracia. Temos que fazer uma manifestação ampla, grandiosa, maior do que as do Bolsonaro. É assim que nós vamos fazer, com todos os movimentos sociais, centrais sindicais. Vamos chamar todos os partidos do centro e mostrar que a luta pela democracia tem que ter essa amplitude, se não vai dar certo. Sem isso, nós não teremos força para tirar Bolsonaro”, disse Guimarães.

Gozação pelas redes – Integrantes do Governo e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro usaram as redes sociais para ironizar as manifestações organizadas pelo MBL (Movimento Brasil Livre) e VPR (Vem Pra Rua). O ministro Fábio Faria (Comunicações) ironizou em seu perfil oficial no Twitter o tamanho dos atos realizados. Ele fez referência ao ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ao dizer que o “distanciamento social está sendo totalmente respeitado” nas manifestações. A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) compartilhou a publicação de Fábio Faria e acrescentou: “CHORA ESQUERDA!

Gargalhadas – Já o ministro do Turismo, o pernambucano Gilson Machado Neto, em sua conta oficial no Twitter, além de rir da cara dos organizadores dos atos contra Bolsonaro, fez uma provocação: "O principal mantra do Jornalismo! “NUNCA DISCUTA COM UMA IMAGEM". Ele comparou imagens dos protestos a favor de Bolsonaro no dia 7 de setembro com algumas que ele atribui às manifestações de domingo passado convocadas por movimentos como MBL e Vem Pra Rua. E, no final, deu várias gargalhadas em tom de verdadeiro deboche.

Volta das cirurgias – Mutirões e pagamentos extras estão entre as estratégias adotadas por Estados e municípios para tentar reduzir as filas que se formaram diante do adiamento ou interrupção das cirurgias eletivas durante os períodos mais críticos da crise da covid-19. O Ministério da Saúde informou, em nota, que a definição dos critérios para a realização de procedimentos eletivos compete aos Estados e municípios e que tem oferecido apoio aos gestores do SUS.

Já surtiu efeitos – No curto prazo, segundo o Estadão, ao menos, a carta Bolsonaro/Temer cumpriu objetivos, avaliam governistas: 1) acalmou Rodrigo Pacheco (DEM-MG); 2) ajudou a esvaziar os protestos contra o Jair Bolsonaro do domingo, 12. O primeiro item foi muito comemorado em privado porque o presidente do Senado é visto hoje como a tábua de salvação para André Mendonça, que precisa do aval da Casa para chegar ao STF. Se o engenhoso plano montado por Davi Alcolumbre (DEM-AP) para barrar Mendonça atrair o apoio de Pacheco, será o fim da linha para o ex-AGU.

Cara de pau – Suplente de deputado estadual, no exercício do mandato em razão da convocação de Claudiano Martins, titular da cadeira, Marcantonio Dourado Filho (PP) foi às redes sociais comemorar a retomada das obras da PE-170, que liga Lajedo a Canhotinho, no Agreste Meridional. Só esqueceu de dizer que seu pai, que teve sete mandatos na Alepe e seu tio Antônio João Dourado, agora na condição de diretor-presidente do DER, nunca deram uma palavra em favor das estradas malconservadas na região. É muita cara de pau, não?

CURTAS

PROTESTO – Bolsonaristas do primeiro time em Pernambuco, o deputado Alberto Feitosa (PSC) e o presidente estadual do PTB, Coronel Meira, prestigiaram, ontem, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, um ato em favor da liberdade do presidente nacional da legenda trabalhista, Roberto Jefferson, preso, segundo Meira, de forma arbitrária e ilegal pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF.

DESPESAS – O Governo deve elevar em R$ 18 bilhões a previsão de despesas em 2022. Segundo o jornal Valor Econômico, o motivo é a alta do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Ao elaborar o PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual), a área econômica do governo projetou alta de 6,2% no INPC. Projeções do mercado, no entanto, calculam que haja crescimento de 8,5%.

Perguntar não ofende: Lula vai botar a cara nas ruas sem ser em atos do PT?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

O PT apóia todas as manifestações Fora Bolsonaro, e informou que não participou da organização nem da convocação de ato que já estava marcado para este domingo, 12.

Wellington Antunes

Deixa de mentir para teus leitores, Magno. É feio começar o dia mentindo. Vc diz que o PT convocou protestos para o dia 2/10 logo depois do fiasco dos protestos do último dia 12, quando se sabe que o PT e outras forças populares divulgaram nota antes dizendo que não iam.



13/09


2021

Bolsonaro suaviza discurso pós-carta de Temer

O presidente Jair Bolsonaro fez seu 1º discurso no Palácio do Planalto depois de publicar “declaração à Nação”, carta publicada na última quinta-feira, com apoio do ex-presidente Michel Temer.

Em fala moderada no Palácio do Planalto, disse, hoje, “que tem a melhor equipe ministerial e fez críticas aos governos anteriores, nos quais, para ele, havia “roubalheira”. Deu a declaração no evento de lançamento do Habite Seguro, programa que beneficiará policiais e bombeiros com condições especiais de crédito para aquisição da casa própria.

“Quando se fala que, no passado, tinha ressalvas nos bancos. Ressalva foi educado. Tinha roubalheira mesmo”, disse em evento no Palácio do Planalto no momento do discurso em que mais fez críticas. Não houve ataques na declaração.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

13/09


2021

STF adia novamente julgamento sobre foro de Flávio Bolsonaro

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a adiar o julgamento de uma ação do Ministério Público do Rio que tenta devolver à primeira instância a investigação envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso das rachadinhas.

As chamadas rachadinhas consistem na prática de confisco, por parlamentares, de parte dos salários de assessores de gabinete.

O julgamento chegou a ser previsto para a sessão de amanhã, mas o presidente da Segundo Turma, ministro Nunes Marques, não oficializou a inclusão do tema na pauta.

A previsão inicial era de que o tema fosse pautado na sessão do último dia 31. A defesa de Flávio Bolsonaro informou que não poderia acompanhar o julgamento naquela data e pediu o adiamento, que foi concedido pela Segunda Turma.

Como as turmas do STF se reúnem às terças, e o dia 7 de Setembro era um feriado, a previsão era de retomada do tema na terça-feira seguinte, dia 14. Mas o ministro Nunes Marques não incluiu o processo na pauta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/09


2021

Queiroga culpa estados por falta de vacinas

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse, hoje, que a campanha de vacinação contra a Covid-19 no Brasil já é "um sucesso". O ministro disse ainda que a reclamação de que falta vacina para aplicação da segunda dose é uma "narrativa".

No contexto político atual, a palavra "narrativa" é usada de forma pejorativa para apontar uma versão dos fatos que não corresponde à realidade.

Queiroga afirmou que estados não respeitaram as orientações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e aceleraram, por exemplo, a antecipação dos intervalos entre doses e a vacinação dos adolescentes. "Eu também falei que quem adotasse esquemas diferentes do PNI não teria garantias de doses", disse Queiroga.

"Por conta disso (desrespeito ao PNI) que surgem essas narrativas que falta dose. Na realidade, muitos já avançaram além (dos públicos previstos), e se avançaram é porque tinha doses", afirmou Queiroga em Brasília.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru volta as aulas 2021

13/09


2021

Bares e restaurantes: deputado aponta exageros na fiscalização

Como em todos os fins de semana desde que as medidas de prevenção à Covid foram anunciadas pelo Governo do Estado, a noite do domingo, 12, foi de fiscalização em bares e restaurantes do Recife. Desta vez, porém, a operação chocou frequentadores de um estabelecimento da Zona Sul. É que agentes da Polícia Militar portavam armamento pesado enquanto realizavam a abordagem no local. 

Quem denunciou o ocorrido foi o deputado estadual Romero Albuquerque (PP), que diz ter recebido inúmeras mensagens questionando o exagero na fiscalização.

“Desde o início, tenho prestado meu apoio ao plano de convivência, às ações de fiscalização e até mesmo às interdições, quando os estabelecimentos não cumprem as normas. Mas, não apoio o excesso de forças e nem de pessoal”, diz Romero. 

O parlamentar enviou ofício à Secretaria de Defesa Social relatando as denúncias e pedindo apuração dos fatos para que a conduta não se repita. Segundo ele, os clientes do restaurante em questão ficaram assustados com a operação. 

“Trata-se de um ambiente familiar. Os agentes estavam cumprindo o protocolo, como, segundo os relatos, o estabelecimento também cumpria. Eu apoio o trabalho da polícia do nosso estado e sempre fui defensor da sua valorização, mas o que aconteceu foi muito grave. Não se pode admitir nem permitir que esta conduta se repita”, criticou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

13/09


2021

Bahia vai exigir passaporte da vacina em locais públicos

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou, hoje, que o Estado vai exigir passaporte da vacina em locais públicos. O chefe do Executivo estadual não detalhou como será a medida e nem em que data entrará em vigor. Receba a newsletter do Poder360 todos os dias no seu e-mail.

Nas redes sociais, Rui Costa disse que a medida ainda não está em vigor porque quem tem menos de 40 anos “ainda não tomou a 2ª dose”.

Na cidade de São Paulo, o passaporte da vacina já está em vigor desde o dia 1º de setembro. O documento que comprova que a pessoa está imunizada contra a covid-19 é exigido no acesso a eventos com público superior a 500 pessoas, como shows, feiras, congressos e jogos.

Na capital carioca, o passaporte da vacina passará a valer a partir de quarta-feira. O comprovante de vacina será obrigatório para entrada em locais de uso coletivo, como academias e cinemas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

13/09


2021

Prefeito do Cabo assina série de ordens de serviços

O prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Keko do Armazém, tem uma programação intensa de assinatura de novas ordens de serviços, durante o mês de setembro, que vão ajudar na melhoria do município em várias localidades.  

Os trabalhos já se iniciam amanhã, com a solenidade de lançamento da pavimentação de 15 ruas da cidade Garapu. Até a próxima sexta (17), o prefeito reinaugura o Posto de Saúde da Família (PSF) de Itapuama e assina a ordem para a pavimentação do anel viário de Barbalho.

“Estamos iniciando uma agenda positiva de inaugurações e anúncios de ordens de serviços que, semanalmente, traremos novidades à população cabense. Serão diversas localidades contempladas nesse primeiro calendário de eventos oficiais”, comentou Keko do Armazém. 

As solenidades se estendem durante todo mês de setembro e início de outubro.

As ordens de serviço que serão assinadas amanhã vão beneficiar as ruas Agrestina, Águas Belas, Araçoiaba, Araripina, Belém de Maria, Belém de São Francisco, Belo Jardim, Bezerros, Brejo da Madre de Deus, Bonito, Caétes, Camaragibe, Carnaubeira da Penha e a Manuel Estevão Santiago. Todas no bairro de Garapu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC Agosto 2021

13/09


2021

PL reduz conta de luz para famílias de baixa renda

Agora é lei. Foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro o projeto 1106/2020 do deputado federal André Ferreira (PSC-PE), que torna automática a inclusão das famílias carentes no programa de Tarifa Social da Conta de Energia. A medida reduz em até 65% as contas de luz e beneficia mais de 12 milhões de famílias em todo o País. A proposta havia sido aprovada na Câmara dos Deputados em abril do ano passado e, no Senado, em junho.

O deputado comemorou o fato de o projeto entrar em vigor em um tempo recorde de tramitação. Isso porque a proposta reduz a burocracia de acesso a um direito que uma grande parcela da população tem, e sequer sabia. André Ferreira lembra que era preciso que as pessoas solicitassem a inclusão dos seus nomes às operadoras de energia, um processo burocrático que fazia com que muitas famílias não utilizassem o benefício por desconhecimento. Ele acrescenta que essa conquista fará diferença na vida das famílias mais necessitadas.

Ao defender a proposta, lembrou que era extremamente importante que o benefício chegasse aos lares de todos os brasileiros de baixa renda, principalmente em momentos de crise, como a que o Brasil vem passando por causa da pandemia. O deputado dá como exemplo uma conta de luz de R$ 100. Quando é aplicado o desconto do benefício, ela fica em R$ 35.

“Estou muito feliz por esse projeto agora ser lei. Estamos num momento difícil no País, inclusive com crise de abastecimento que prejudica o fornecimento de energia. Essa proposta surgiu de uma necessidade real de ajudar as famílias mais necessitadas a atravessar esse período difícil em que estamos vivendo, com a economia muito prejudica pela pandemia do coronavírus. Esse projeto desburocratiza o acesso a esse desconto nas contas de luz. É uma grande conquista para as famílias brasileiras”, afirmou o deputado.

O projeto beneficia com descontos que variam de 10% a 65% famílias que consomem até 220 kw/h. Três grupos de pessoas têm direito ao benefício: os inscritos no Cadastro Único do Ministério da Cidadania com renda familiar mensal, por pessoa, menor ou igual a meio salário mínimo; os que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC); e as famílias do CadÚnico com renda familiar mensal de até três salários mínimos, com pessoa portadora de doença ou patologia em que o tratamento ou procedimento médico exija o uso continuado de equipamentos que funcionam com energia elétrica.

Ao elaborar o projeto, André Ferreira se espelhou em uma proposta do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL). A cidade foi a primeira do Brasil a fazer com que esse desconto chegue a todos os beneficiados.

Levantamento feito no município apontou que 117.336 famílias tinham direito ao benefício na cidade. No entanto, apenas 82.521 (70%) usufruíam do direito. Do total, 34.815, ou seja, 30%, não solicitaram o benefício.  Diante desse quadro, o prefeito Anderson Ferreira enviou à Celpe o pedido para tornar automático o acesso ao desconto nas contas de energia.

“Muitas famílias nem sabiam que tinham esse direito. Então esse projeto veio para corrigir essa distorção absurda. A proposta, inclusive, vai além desse período de crise, será incorporado à vida das pessoas. Uma ação simples, sem burocracia, que vai transformar o dia a dia das famílias”, avaliou André Ferreira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Agosto 2021

13/09


2021

Bombeiros controlam incêndio em Casa Amarela

Na tarde de hoje, por volta das 12h45, o Corpo de Bombeiros foi acionado para combater um incêndio em uma edificação onde funciona a Secretaria de Educação e a Defesa Civil do Recife (Regional Noroeste), na Av. Norte, no bairro de Casa Amarela.

Compareceram ao local quatro viaturas de combate a incêndio dos Bombeiros e uma de comando operacional, que atuaram no combate às chamas que atingiram 14 salas da antiga sede.

Depois de controlar as chamas, as equipes do Corpo de Bombeiros realizam o rescaldo para evitar uma possível resignação do fogo. Não houve vítima.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/09


2021

Anderson entrega mais uma UBS Pet no Jaboatão

O prefeito Anderson Ferreira entregou, hoje, no bairro de Cavaleiro, a segunda Unidade Básica de Saúde (UBS) Pet do Jaboatão dos Guararapes. A nova unidade garante a duplicação do número de consultas gratuitas a cães e gatos, passando de 400 para 800 por mês, além de aumentar as aplicações mensais de vacinas antirrábicas de mil para duas mil. A inauguração da UBS Pet foi marcada por um grande mutirão de atendimentos clínicos, cirurgias de castração e vacinação, na Praça Murilo Braga, onde está instalada a unidade. A UBS Pet funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

“Nossa gestão sempre teve entre as principais preocupações o cuidado com os animais. Os pets, hoje, fazem parte da família e essa nova unidade chega para avançar ainda mais o atendimento no nosso município. É mais um serviço gratuito que oferecemos, que se soma à UBS Pet de Massangana e às unidades móveis de cirurgia e de atendimento clínico que circulam nas comunidades”, destacou Anderson Ferreira.

O estudante Pedro Augusto Santos levou seus gatos à UBS Pet logo no primeiro dia de funcionamento e ressaltou a importância do serviço. “Essa unidade veio em boa hora para quem mora em Cavaleiro. A gente sabe o quanto é caro cuidar bem dos nossos animais e eu aguardava uma oportunidade para castrar meus dois gatos. Agora tenho acesso a cirurgia de graça e perto da minha casa. Só tenho a agradecer”, disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/09


2021

Sextou com Matricó na Rádio Pajeú

Com a morte do radialista Anchieta Santos, sexta-feira passada, a rádio Pajeú de Afogados da Ingazeira passou o dia com uma programação especial em homenagem ao comunicador e por isso não colocou no ar o Sextou com o cantor Paulo Matricó. Natural de Tabira e com uma legião de fãs no Sertão do Pajeú, Matricó fez um dos melhores quadros do Sextou e a Pajeú resolveu colocá-lo no ar hoje, excepcionalmente. Ponto para Nill Júnior, diretor da emissora. Os fãs de Matricó agradecem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros