Jaboatão

06/05


2021

Coluna da quinta-feira

Lula vende alma ao satanás

Nas eleições que disputou o Governo de Pernambuco, o então mito Miguel Arraes buscou o braço da direita para arrebatar o poder. A mais emblemática, a de 1986, aliou-se ao usineiro Antônio Farias, elegendo-o senador. Referência nacional de esquerda, Arraes era pragmático quando o que estava em jogo era a conquistar do poder.

Tão esquerdóide quanto Arraes, Luiz Inácio Lula da Silva não seguiu o exemplo do aliado pernambucano e perdeu quatro eleições presidenciais, sendo eleito apenas na última tentativa, graças ao fato de ter se rendido ao poder da direita, fechando a chapa com o empresário José Alencar, que da mesma forma de Antônio Farias, trouxe suporte financeiro e estrutura logística à campanha de Lula.

Lula não apenas abriu o espaço para o grupo de Alencar. Pulverizou e muito o seu primeiro mandato, com distribuição de cargos até para o PTB, de Roberto Jefferson, que virou o homem-bomba do esquema do mensalão. O resto da história, culminando com o maior de todos os escândalos da era petista, a operação Lava Jato, nem precisar detalhar o mal terrível que fez ao País, maior assalto aos cofres públicos da história.

Depois de cumprir mais de um ano de prisão, condenado na Lava Jato, Lula, salvo pela irresponsabilidade e má-fé do ministro Edson Fachin, do STF, ensaia nova disputa presidencial, mas com os mesmos vícios do passado. Seu sofrimento parece não ter servido de nada. No afã de derrotar Bolsonaro a qualquer preço vende a alma do diabo. Já acenou até para o ex-presidente Sarney.

Em dois dias de articulações em Brasília, perdoou o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que sempre esteve do outro lado do balcão, chamando-o de corrupto. Agora quer o seu apoio para voltar ao poder. Também esteve com o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, presidente do PSD, para quem era um ultradireita, que fez uma péssima gestão na capital paulista.

De agora em diante, para Lula todos os possíveis aliados, seja de direita, centro ou do bloco da ladroagem, não tem mais nenhum pecado. Pelo jeito, só falta buscar agora, novamente, Roberto Jefferson.

União contra Bolsonaro – O tema da conversa de Lula com Rodrigo Maia foi a união da oposição ao presidente Jair Bolsonaro no Rio. No diálogo, o ex-presidente teria pedido unidade no Rio para que Bolsonaro possa ser derrotado em seu reduto eleitoral. Também teria indicado que tem intenção de apoiar o nome do deputado Marcelo Freixo (PSol) no Estado. Maia abriu diálogo com o PSD. É possível que o deputado anuncie a sua filiação à legenda comandada por Gilberto Kassab nos próximos dias. Eduardo Paes (DEM), atual prefeito do Rio de Janeiro, já confirmou a mudança. A equipe do ex-presidente não divulgou informações sobre os detalhes da conversa de Lula com Kassab.  

Fantasmas – O presidente da Câmara de Camaragibe, Paulo André (PSB), que deu, ontem, uma nota esfarrapada para tentar justificar o injustificável – gastos de R$ 600 mil com diárias pagas aos colegas de parlamento para eventos em 2020, ano de pandemia – não esclareceu, também, a história mais cabeluda: como é que, em apenas um mês, o dezembro do ano passado, ele e seus ilustres colegas de Casa tenham ido a quatro eventos, dois em João Pessoa e dois em Maceió? Na capital paraibana, as viagens ocorreram entre os dias 01 e 05 e 10 a 13, enquanto na cidade alagoana, entre 03 a 06 e 18 a 21/12. Somados, os valores gastos superam R$ 102 mil. Há uma grande suspeita de que esses eventos não tenham ocorrido, que os vereadores embolsaram as diárias sem terem se deslocado para lugar algum.

Escândalo – O assunto mais comentado, ontem, nas redes sociais foi a operação da Polícia Federal no Grupo João Santos. Mais de sete mil funcionários foram prejudicados pela falta de pagamento intencional de salários e benefícios trabalhistas, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT). As empresas foram alvo de uma operação realizada pela Polícia Federal, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e Receita Federal. Denominada, Background a operação verificou que, entre 2015 e 2019, as empresas movimentaram R$ 56 bilhões de forma irregular.

Gabinete da liberdade – O presidente Jair Bolsonaro defendeu o "filho 02", o vereador Carlos Bolsonaro, e os assessores presidenciais Tercio Arnaud Tomaz e José Matheus Salles Gomes, que comandam ataques a opositores do governo e ficaram conhecidos como integrantes do "gabinete do ódio". "São pessoas perseguidas o tempo todo, como se tivessem inventado um gabinete do ódio", afirmou. "É o gabinete da liberdade, da seriedade."

Cassação no Agreste – Mais um município com tendência para eleição suplementar: Águas Belas. Ontem, o juiz do município cassou a chapa eleita no pleito passado, Luiz Aroldo (PT) e Eniale de Codinho (PSD). Provocado pelo MP, o magistrado julgou procedente a denúncia por abuso de poder econômico e político nas eleições passadas. A sentença foi deferida pelo juiz da 64ª Zona Eleitoral de Águas Belas, Rômulo Macedo Bastos. Entre as provas, o flagrante de uma frota de veículos abastecendo no mesmo posto de combustível que fornece à Prefeitura na véspera do pleito. Filmaram também um funcionário da Prefeitura, com farda da Secretaria de Infraestrutura, abastecendo motocicletas. Na ocasião, foram apreendidas notas fiscais.

CURTAS

AMEAÇA – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ameaçou, ontem, editar um decreto para impedir que estados e municípios adotem o lockdown para conter o avanço da pandemia de Covid-19. O chefe do executivo afirmou que a medida seria para garantir a "liberdade de culto, de poder trabalhar e o direito de ir e vir".

CEARÁ NA FRENTE – Em meio a esforços por todo o Brasil para garantir maior cobertura vacinal contra a Covid-19, o Ceará é o Estado do Nordeste a registrar maior porcentagem de imunização com segundas doses. Ao todo, 8% da população recebeu a chamada D2, percentual correspondente a 731.516 aplicações.

Perguntar não ofende: Qual vai ser o próximo convidado a blefar na CPI da Pandemia?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

05/05


2021

Ação da PF expõe luxo de dono do grupo João Santos

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

Deflagrada hoje pela Polícia Federal, a operação Background desnudou o luxo presente na vida de Fernando Santos, um dos herdeiros do grupo João Santos, que inclui empresas como Cimento Nassau, TV e Rádio Tribuna. Pela manhã, agentes foram a sua mansão na Ilha de Itapessoca, em Goiana, no Litoral Norte de Pernambuco.

Os policiais encontraram vários objetos de valor, entre os quais: obras de arte, joias, carro de luxo, dinheiro em espécie e embarcações. O cenário nababesco contrasta com a situação de centenas de funcionários do conglomerado João Santos. 

Os jornalistas da TV Tribuna, afiliada da Bandeirantes no Recife, estão há quase três meses sem receber integralmente os salários. Expostos diariamente ao risco de contrair o novo coronavírus, os profissionais também convivem com ambiente insalubre e uma estrutura de trabalho precária.

Na operação Background, a PF cumpriu 53 mandados de busca e apreensão, além do sequestro e bloqueio de bens e valores de investigados. Entre as acusações, prática de crimes tributários, financeiros, lavagem e dinheiro e organização criminosa.

Segundo o jornal Valor Econômico, o grupo João Santos movimentou R$ 56 bilhões entre 2015 e 2019. Mais cedo, a Polícia Federal apontou dividas tributárias de R$ 8,6 bilhões e R$ 55 milhões em débitos trabalhistas. Ainda de acordo com a PF, os investigados se organizaram em um sofisticado esquema contábil-financeiro para desviar o patrimônio das empresas do grupo.

Ao todo, 240 agentes participaram da operação, que contou com o apoio da Receita Federal e da Procuradoria Regional da Fazenda Nacional na 5ª Região. Além de Pernambuco, mandados foram cumpridos no Amazonas, Distrito Federal e em São Paulo.

Desde a morte do fundador do grupo, o industrial pernambucano João Santos, em 2009, uma disputa entre os filhos José e Fernando Santos se acirrou, comprometendo a situação do conglomerado.

O que diz o grupo João Santos

Por meio de nota, o grupo João Santos disse guardar "absoluto respeito às decisões judiciais e aos órgão envolvidos na apuração". Além disso, afirmou "lamentar que empresas tão importantes para o cenário econômico e social, já abaladas pela crise que afeta setores produtivos, sofram investida danosa pela divulgação da mídia de acusações sem ao menos ter sido oportunizado de forma prévia o sagrado direito de defesa”. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

05/05


2021

Prefeito de Ibimirim proíbe atividades e sofre críticas

O prefeito de Ibimirim, José Welliton (PCdoB), editou, na última sexta-feira (30), um decreto que suspende as atividades consideradas não essenciais no município. A medida passa a valer a partir de hoje (5) e se estende até o próximo dia 19 de maio.

Entre os segmentos proibidos de funcionar, estão: lojas de roupa, sapatos, perfumaria, papelaria, loja de venda de celular; lojas de material de construção e ferragens; lojas de venda de eletrodoméstico e eletrônico; feiras livres e escolas.

O decreto impede até mesmo o funcionamento de carrinhos e outros tipos de equipamentos que produzem alimentos em ruas e logradouros públicos. Durante o período, também ficam proibidos a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em via pública.

A Câmara de Vereadores de Ibimirim também aproveitou para suspender as sessões durante o período em que vigorar o decreto municipal. A determinação do prefeito José Welliton está gerando críticas nas cidades, sobretudo nas redes sociais, onde passou a circular uma imagem do gestor sem máscara, ao lado de outras pessoas igualmente sem a proteção em uma casa de saúde.

O decreto também versa sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras no interior dos órgãos públicos e nos estabelecimentos privados. Ou seja, o próprio prefeito teria ignorado a medida. Para ter acesso ao documento na íntegra, basta acessar este link.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

05/05


2021

Lucas Ramos celebra consórcio para recuperar PE-550

Foi concluído o processo de contratação do consórcio de empresas responsável pelos serviços de restauração dos 46,5 quilômetros da PE-550, rodovia que liga Urimamã ao projeto Caraíbas, em Santa Maria da Boa Vista, dando acesso ao Projeto Fulgêncio de irrigação. As obras receberão R$ 26,6 milhões em investimentos e são resultado direto da articulação do deputado estadual licenciado e secretário de Ciência, Tecnologia & Inovação, Lucas Ramos (foto).

"A restauração de PE-550 sempre foi prioridade em nosso mandato e a articulação garantiu a inclusão da rodovia no programa Caminhos de Pernambuco. Sabemos como é fundamental ampliar a segurança para os motoristas, aprimorar a mobilidade, garantir o escoamento da produção dos perímetros irrigados e, dessa forma, melhorar a qualidade de vida da população de Santa Maria da Boa Vista e de toda a região do Sertão do São Francisco", comemorou Ramos.

O consórcio vencedor do processo licitatório é formado pelas empresas Scave Serviços de Engenharia e Locação Ltda., EDE Terraplanagem Pavimentações e Construções Ltda. e CPM Construtora Ltda. Os serviços consistem, prioritariamente, na restauração da pavimentação asfáltica e requalificação das vias de rolagem. A estimativa é de que as obras sejam executadas em seis meses.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/05


2021

Justiça Federal absolve Temer e políticos do MDB

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, absolveu o ex-presidente Michel Temer e outros políticos do MDB acusados de envolvimento no chamado "quadrilhão".

Também foram absolvidos os ex-ministros Eliseu Padilha, Moreira Franco e Henrique Eduardo Alves; os ex-deputados Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e Rodrigo Rocha Loures; o coronel João Baptista Lima, apontado como operador financeiro de Temer; o advogado José Yunes, amigo do ex-presidente; o doleiro Lúcio Funaro; e Altair Alves Pinto e Sidney Szabo.

Temer e os políticos do MDB foram denunciados em 2017 pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Para o juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, não há elementos contra os políticos, o MPF não conseguiu comprovar o crime de organização criminosa e tentou criminalizar a atividade política.

“A denúncia apresentada, em verdade, traduz tentativa de criminalizar a atividade política. Adota determinada suposição - a da existência de organização criminosa que perdurou entre meados de 2006 até os dias atuais apresentando-a como sendo 'a verdade dos fatos', sequer se dando ao trabalho de apontar os elementos essenciais à caracterização do crime de organização criminosa", afirmou.

Em nota, a defesa de Temer afirmou que a inocência do ex-presidente "nunca foi nem sequer maculada pelas infames acusações feitas contra ele, e a absolvição a mantém íntegra e inabalada".

A defesa de Henrique Alves afirmou que "a decisão restaura uma verdade histórica e acaba com mais uma tentativa espúria de criminalização da política no Brasil". O advogado de Moreira Franco disse que a acusação tentou criminalizar o MDB e que agora as coisas estão "em seus devidos lugares".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

05/05


2021

Pesqueira: Vaza áudio constrangedor atribuído a prefeito

Um áudio atribuído ao prefeito em exercício de Pesqueira, Bal de Mimoso (Republicanos), passou a circular com bastante intensidade nas redes sociais e em grupos de WhatsApp. Com duração de 54 segundos, a mensagem traz o gestor interino proferindo palavras de baixo calão (ouça no player). 

"Já mandei um recado para o delegado, para o comandante de polícia, para o promotor e para o juiz. A partir de segunda, eu não sou prefeito. Eu sou 'puteiro'. Vamos 'comer rapariga' e pronto. Não quero conversa com cara*** de Prefeitura", disparou.

Ainda de acordo com moradores da cidade, Bal foi visto embriagado no meio da rua. Em outra ocasião, teria intimidado uma promotora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) durante uma vistoria na Prefeitura.

Bal de Mimoso é aliado do Cacique Marquinhos (Republicanos), que recebeu o maior número de votos na eleição municipal em 2020, mas foi impedido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) de assumir a Prefeitura de Pesqueira por ter sido condenado judicialmente. Marquinhos assumiu a Secretaria de Governo do município.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

05/05


2021

CPI da Covid ouvirá Wajngarten e Ernesto Araújo

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19 aprovou requerimentos para ouvir, hoje, os representantes de vacinas, o ex-chefe da Secretaria de Comunicação do governo federal, Fabio Wajngarten, e o ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para falar à comissão na próxima semana.

Nesta semana, a CPI já ouviu os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. Eis a agenda:

  • Terça-feira: Fabio Wajngarten e Marta Díez, presidente da Pfizer no Brasil, e seu antecessor, Carlos Murillo;
  • Quarta-feira: a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, e o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas;
  • Quinta-feira: Ernesto Araújo e Castro Marques, presidente da União Química, que tem parceria com a Sputinik V.

Além desses, a CPI também decidiu convocar o secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, e o secretário executivo da pasta, João Paulo Marques. Ambos ainda não têm data para serem ouvidos pela comissão.

Campelo foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público Federal por supostas omissões no combate à covid-19 no Amazonas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

05/05


2021

Prefeita de Casinhas diz que encontrou herança maldita

A prefeita de Casinhas, Juliana de Chaparral (DEM), falou sobre os primeiros 120 dias de sua gestão e apontou um desfalque de R$ 1 milhão em verbas que seriam destinadas para o combate à Covid-19. Em entrevista ao Blog do Alberes Xavier, ela responsabilizou a administração anterior.

“Infelizmente assumimos a gestão com algumas heranças malditas, e uma delas foi a execução dos recursos da Covid. Montamos uma auditoria para investigar como foi gasto esse dinheiro”, disse Juliana.

Em contrapartida, a prefeita assegurou que conseguiu avançar no plano de vacinação dos idosos e disse que os prédios públicos estão funcionando com redução na quantidade de atendimentos para atender a uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Juliana de Chaparral também exaltou a relação mantida com o deputado federal Fernando Filho (DEM) e o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), que têm garantido recursos para Casinhas. “Confio nos dois. Senti muita segurança e firmeza no interesse deles em ajudar a cidade. Para se ter uma ideia, Casinhas nunca recebeu em emenda de custeio para a saúde, e agora conseguimos com eles”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

05/05


2021

Prefeito de Águas Belas tem mandato cassado

O prefeito e a vice-prefeita de Águas Belas, Luiz Aroldo (PT) e Eniale de Codinho (PSD), respectivamente, tiveram os seus mandatos cassados, no fim da tarde de hoje, por abuso de poder econômico e político. A sentença foi deferida pelo juiz da 64ª Zona Eleitoral de Águas Belas, Rômulo Macedo Bastos.

Na época da campanha, no ano passado, a Polícia Militar flagrou uma frota de veículos abastecendo no mesmo posto de combustível que fornece à Prefeitura. O fato aconteceu na véspera da eleição. Filmaram também um funcionário da Prefeitura, com farda da Secretaria de Infraestrutura, abastecendo motocicletas. Na ocasião, foram apreendidas as notas fiscais. Clique aqui e confira a íntegra da decisão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/05


2021

Adesa fala sobre licitação para recuperar PE-576

O coordenador da Agência de Desenvolvimento Econômico e Social do Araripe (Adesa), Daniel Torres, falou sobre a divulgação do resultado da licitação para as obras de restauração da PE-576, que liga Ipubi a Trindade, no Sertão do Araripe. O Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER-PE) publicou no Diário Oficial do Estado, hoje, o vencedor do certame.

Um consório firmado entre a Castilho Engenharia e Empreendimentos e a Ecan Terraplenagem e Pavimentação será responsável pela pavimentação de 18,8 km da rodovia do gesso, ao custo de R$ 38.420.111,70. “Uma notícia boa. Agora nós temos que lutar pela liberação da ordem de serviço e alocação de recursos. Não adianta só o edital, que já é o terceiro”, avaliou Torres.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha