Jaboatão

08/05


2021

Prefeito de Itaquitinga morre em acidente de carro

O prefeito de Itaquitinga, Pablo José de Oliveira Moraes (PSD), morreu após acidente de carro na PE-052, no limite entre Nazaré da Mata e Itaquitinga, na Mata Norte pernambucana. O veículo chegou a capotar.

Segundo testemunhas, o condutor do veículo foi desviar de uma moto apagada, quando o carro virou. Pablo Moraes estaria sem cinto no momento do acidente.

Com 38 anos, o gestor foi levado a uma unidade de saúde de Nazaré, mas não resistiu. Pablo era filho do ex-prefeito Zeca Moraes, falecido em 2014, e estava no seu segundo mandato como prefeito de Itaquitinga.

Seu irmão, Patrick Moraes (PSD), é o vice-prefeito e deve assumir o cargo. Ainda não há informações sobre o velório e enterro de Pablo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

PREF DE OLINDA DESAFIOS DA PANDEMIA 21

08/05


2021

Alunos da rede pública de Caruaru sem auxílio alimentação

A situação da merenda escolar na rede pública de ensino em Caruaru, no Agreste pernambucano, tem sido alvo de críticas pelo hiato de três meses que se formou quanto à distribuição dos alimentos. Desde fevereiro, os alunos estão sem ter acesso a um auxílio. 

No ano passado, a Prefeitura chegou a destinar kits de alimentação, mas foi acionado na Justiça pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) pela falta de regularidade no processo de distribuição, além não disponibilizar alimentos para todos os alunos, limitando por família. Também houve reclamações sobre a qualidade dos produtos.

Após este imbróglio, a Prefeitura de Caruaru criou em agosto do ano passado um cartão alimentação com recarga mensal de R$ 40 para cada aluno, mas o município parou de depositar o valor em fevereiro deste ano. O procurador-geral de Caruaru, Dimitre Bezerra, justificou que a interrupção ocorreu porque uma nova licitação foi feita e a empresa que venceu o pregão não confeccionou os cartões até agora, alegando que faltou insumos para fabricar os cartões.

“Desde fevereiro, o contrato vigente com a empresa que distribuía os cartões até o ano passado se encerrou. Foi necessário, então, fazer uma nova licitação, que transcorreu normalmente. Quando a empresa contratada, Berlin Finance, de São Paulo, solicitou uma prorrogação de prazo para fins de entrega do cartão. A justificativa da empresa, plausível, foi a ausência de insumos para a fabricação do cartão. Plástico não estava disponível no mercado. Nós da Procuradoria achamos prudente acompanhar isso de perto e conceder o prazo solicitado pela empresa”, disse Dimitre.

Enquanto isso, os alunos estão sem receber recursos para se alimentar e a prefeita Raquel Lyra (PSDB) não tomou uma atitude para atenuar o problema. Ainda há questionamentos sobre a atuação dos secretários, que seguem sem conceder entrevistas neste segundo mandato da tucana, exceto através de notas ou pronunciamentos, dificultando a transparência da gestão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

08/05


2021

Técnico arcoverdense é campeão do Nordeste

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

Sob o comando do pernambucano Dado Cavalcanti, 39 anos, o Esporte Clube Bahia conquistou a Copa do Nordeste, há pouco, ao vencer o Ceará nos pênaltis por 4 a 2, na Arena Castelão, em Fortaleza. Depois de ganhar no tempo regulamentar por 2 a 1, o time baiano conseguiu reverter a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo da final e levar a disputa para as penalidades.

Nascido em Arcoverde, no Sertão do Moxotó, Dado obtém o título mais importante de sua trajetória como técnico, iniciada em 2006. No ano passado, teve uma missão difícil ao substituir Mano Menezes quando o Bahia estava perto da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

De desacreditado, passa a ter a confiança dos torcedores do Bahia ao conquistar o tetracampeonato do Nordestão para o Tricolor da Boa Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

08/05


2021

Em nome do emprego

Da coluna de João Alberto 

No seu depoimento na CPI da Pandemia, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não parou de agradar ao chefe, o presidente Jair Bolsonaro. Saiu menor do que entrou, inclusive para seus colegas cardiologistas. Lembrou “Nico Bondade”, personagem de Chico Anysio, que tinha o bordão: “Eu não posso perder esse emprego”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Se acovardou, medíocre. Já era pequeno, só manteve a sua estatura, quase nenhuma!



08/05


2021

Marília Arraes recebe vacina contra a Covid-19

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

A deputada federal Marília Arraes (PT) recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, hoje, no Recife. Com 37 anos, a parlamentar tomou o imunizante porque está grávida e a capital pernambucana está vacinando gestantes nesta fase. Marília fez um registro do momento nas redes sociais.

"Hoje foi a minha vez de me vacinar contra a Covid-19. Tomei a minha primeira dose seguindo as orientações do Plano Nacional de Imunização que inclui as gestantes, como eu, no grupo prioritário nesta fase da campanha de imunização. Muito obrigada aos profissionais de Saúde e da Ciência! Que a vacina chegue para todos os brasileiros e brasileiras! No Congresso Nacional estou na linha de frente dessa luta", escreveu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

08/05


2021

Justiça adia leilão da sede do Correio Braziliense

A Justiça suspendeu o leilão da sede do Correio Braziliense, previsto para ocorrer na próxima segunda-feira (10). O jornal apresentou um recurso, ontem, e foi atendido. A liminar, no entanto, pode cair a qualquer momento. As informações são do Jornal Opção.

A publicação destaca que a área total da propriedade é de 13.500m², com área total construída de 6.902,36m². O lance mínimo, segundo a Capital Leilões, de Brasília, é de 154,7 milhões de reais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

08/05


2021

Ramos exalta aporte de R$ 31,8 mi em abastecimento no Sertão

Cabrobó, Terra Nova, Verdejante, Salgueiro, Mirandiba e Parnamirim receberão R$ 31,8 milhões em investimentos executados pelo Governo de Pernambuco na implementação de Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água, que distribuirão recursos hídricos para consumo humano e, posteriormente, para a agricultura familiar. O deputado estadual licenciado e secretário de Ciência, Tecnologia & Inovação, Lucas Ramos (PSB), foi um dos principais articuladores desse projeto para as cidades sertanejas.

Ele destaca que os sistemas serão conectados ao Eixo Norte do Programa de Integração do Rio São Francisco (PISF), levando àgua às casas da população. "Durante todo nosso mandato, defendemos que a população do Estado, especialmente do Sertão, não poderia simplesmente ver a água do Velho Chico passar pelos canais da Transposição, sem ter acesso. Essa sempre foi uma prioridade também para o governador Paulo Câmara, que garante agora a entrega desse investimento estruturador", declarou Ramos.

O auxiliar de Paulo Câmara também enfatizou que os novos sistemas "entregam dignidade para as pessoas". "Estamos levando água potável para a população, boa para consumo, garantindo abastecimento com saúde para milhares de famílias", prossegue. Lucas Ramos detalha que, em Cabrobó, serão investidos R$ 15 milhões para beneficiar cerca de 3.200 pessoas; em Terra Nova serão R$ 1,3 milhão para alcançar 200 pessoas e, em Verdejante, 172 pessoas serão atendidas com R$ 890 mil em aportes.

Os sistemas serão implementados pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário e atenderão a comunidades que estão localizadas no entorno dos canais do Eixo Norte do PISF. Ainda segundo a programação, a cidade de Salgueiro receberá R$ 5,6 milhões em aportes, Mirandiba R$ 5,5 milhões e Parnamirim R$ 2,8 milhões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

08/05


2021

O irresistível peixe assado do Gordo em Caruaru

Fiquei tão entusiasmado com a troca de bastidores com o amigo Dilson Oliveira, da rádio e TV Jornal de Caruaru, na última quinta-feira, que acabei não dando minhas impressões sobre o simpático e aconchegante restaurante do Gordo, no sítio Peladas, a 15 km do centro da capital do Agreste.

O lugar é muito simples, mas a qualidade da comida faz a diferença. O Gordo e sua mulher Bel preparam os pratos de acordo com a preferência do cliente. Tem de tudo, de camarão a carne de sol. O forte da casa, no entanto, é o peixe assado na brasa, tilápia, importado da bacia do Rio São Francisco. 

Com feijão caseiro, farofa, fritas e macarrão, serve bem para três pessoas. Dependendo da fome, o repeteco é produzido bem rapidinho. Para acompanhar, cerveja bem gelada, que sai no capricho, mas tem também uma caninha de alambique. De sobremesa, doces caseiros, seguido de um cafezinho moído na hora.

Como se trata de um local aberto, no campo, as mesas do restaurante ficam à sombra de um frondoso pé de castanholas, área extremamente arejada e gostosa. O atendimento é vip: o casal Gordo e Bel é de uma simpatia incomparável, top, almas puras, genuínas como a terra fértil e produtiva do sítio Peladas.

Se você ficou com água na boca, abaixo o telefone do restaurante para reservas:

(81) 9.8973.5952.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

08/05


2021

Agrovale amplia investimentos na colheita mecanizada

O processo de mecanização da colheita da cana-de-açúcar na Agrovale em Juazeiro (BA) acaba de receber um reforço significativo. A empresa sucroalcooleira, que é considerada o maior produtor de açúcar, etanol e bioeletricidade da Bahia, adquiriu duas máquinas colhedoras e implementos de tecnologia norte-americana, que serão utilizadas juntamente com as cinco máquinas já em operação na safra 2021.

Investimento da ordem de R$ 5 milhões, a aquisição dos novos equipamentos vai ampliar um programa da empresa, com custos anuais de R$ 40 milhões, para adequação agronômica dos terrenos visando a tornar os campos compatíveis com a colheita mecanizada. De acordo com o diretor vice-presidente da Agrovale, Denisson Flores, todo esse investimento tem como meta a diminuição da queima controlada da palha da cana e a redução da incidência de fuligem, que vem ocorrendo em menor proporção em comparação a anos anteriores.

Ao lembrar que a mecanização da colheita da cana também aumenta o rendimento operacional, a produtividade e diminui os custos em até 20%, Denisson Flores acrescentou ainda que a empresa já opera com a colheita mecanizada numa área de 4,5 mil hectares e pretende ampliar gradativamente a cada ano. “Cada máquina colhe em média 400 toneladas de cana por dia e deixa no campo a Palhada, que além de conservar o solo, o excedente vem sendo doado para alimento animal às associações de pequenos criadores de caprinos, ovinos e bovinos de vários municípios da região”, ressaltou.

O diretor também destacou o grande impacto social gerado pela mecanização, que contribui com o aumento do desemprego rural no município. “Em nossa empresa procuramos minimizar essa situação capacitando os funcionários e ampliando novas frentes de trabalho”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/05


2021

Feitosa quer palestras sobre violência doméstica nas empresas

O deputado estadual Alberto Feitosa (PSC) apresentou um Projeto de Lei que sugere que as empresas que possuam mais de 60% dos funcionários do sexo masculino ofereçam palestra sobre violência doméstica. O projeto diz que a ação deve ocorrer semestralmente. 

“Precisamos incentivar a cultura de paz, que irá melhorar a vida familiar, econômica e social das famílias pernambucanas. Esse tipo de violência deixa traumas insuperáveis e contribui muito para a destruição de lares. Necessário se faz incutir na cabeça dos homens que toda mulher merece o devido respeito, até porque todo homem nasceu de uma mulher. A nossa sociedade precisa refletir sobre isso”, frisou.

Como justificativa, o deputado apresentou um estudo do Instituto Maria da Penha, em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), realizado em 2016, que revelou que 12,5% das mulheres empregadas nas capitais nordestinas sofreram algum tipo de violência doméstica durante o ano, um número aproximado de 220 mil mulheres. 

Ainda segundo o estudo, nesse grupo particular, aproximadamente 25% das mulheres reportaram ter perdido pelo menos um dia de trabalho. "Esse custo da violência doméstica para as mulheres se revela de forma clara. Quanto menos o emprego dura, mais a mulher tem sua capacidade econômica diminuída, aumentando a dependência em relação ao parceiro e dificultando a libertação dessa violência", pontuou Feitosa. 

Para a validação do projeto, o documento argumenta, ainda, que a violência doméstica é um fenômeno que impacta diretamente o desempenho da mulher no mercado de trabalho, além de restringir o acesso a melhores oportunidades de emprego. Ademais, as consequências desse tipo de violência vão além das sequelas físicas, deixando vestígios na saúde mental e emocional das mulheres, reduzindo sua capacidade de concentração e de tomada de decisão. 

Se as empresas não cumprirem o estabelecido na lei, ficaram sujeitas a multa de R$ 2 mil em cada incidência. "A violência doméstica é um assunto de extrema importância e precisa ser debatido com frequência. Se feito de forma educativa num ambiente predominantemente masculino, as chances de diminuirmos os números é muito grande", concluiu o parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha