21/04


2021

Cantor Augusto César morre aos 61 anos

O cantor pernambucano Augusto César morreu, no Recife. Diagnosticado com Covid-19, o artista tinha 61 anos de idade, sendo 35 de carreira. A informação foi confirmada por Elton Luna, um dos filhos dele, na manhã de hoje.

Ainda segundo o filho do cantor, a morte ocorreu por volta das 22h de ontem, no Hospital da Hapvida, na Zona Oeste da capital pernambucana, onde ele estava internado desde segunda (19).

De acordo com Elton, por causa da Covid, ele apresentou insuficiência respiratória. Augusto César era diabético e sofria de insuficiência renal grave. O novo coronavírus, de acordo com a família, agravou o estado de saúde dele.

Na tarde de terça-feira, o artista tinha sido intubado. À noite, o cantor teve várias paradas cardiorrespiratórias, de acordo com o filho dele.

Ao G1, a família de Augusto César informou que o enterro está previsto para as 19h desta quarta, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife.

Por causa do diagnóstico de Covid, não está previsto velório. O cantor deixou quatro filhos e duas netas.

*Com informações do G1 PE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

21/04


2021

Coluna da quarta-feira

João também quer Neto

A base governista está de fato dividida em relação ao processo interno de discussão e avaliação do quadro da sucessão do governador Paulo Câmara em 2022. No mesmo dia em que o líder do Avante, Sebastião Oliveira, lançou a candidatura do secretário da Casa Civil a governador, Zé Neto, quatro parlamentares se manifestaram também favoráveis.

Ontem, mais um deputado deixou claro que não quer o ex-prefeito Geraldo Covidão como candidato ao Palácio das Princesas. Numa sessão da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, o ex-prefeito João Paulo, que governou a cidade do Recife por dois mandatos e ainda fez o sucessor na condição de um dos maiores líderes do PT, estando hoje filiado ao PCdoB, colocou o recheio sucessório num debate técnico.

Disse que sua preferência recai pelo nome de Zé Neto, mas que ficaria de fato também satisfeito e contemplado se a aliança governista lançasse mão do nome do secretário estadual de Saúde, André Longo. “Sou simpático também à Vossa Excelência, caso pleiteie essa missão”, disse o neocomunista, surpreendendo Longo e todos os parlamentares que acompanhavam a sessão, cuja pauta era a extensão da Covid-19 no Estado.

A manifestação de João Paulo é uma prova mais que irrefutável que Geraldo não é e nunca será unanimidade dentro do bloco governista para se consolidar como candidato único e consensual ao Governo do Estado. Na verdade, o ex-prefeito chegou ao final da sua gestão de oito anos extremamente desgastado, não apenas na opinião pública, pelas sete operações da Polícia Federal de investigação quanto ao desvio de recursos federais da pandemia, mas por ser desagregador.

Basta lembrar que foi ele entrar no Governo de Paulo por uma porta para o então poderoso ex-secretário Antônio Figueira sair pela outra. É necessário lembrar que Figueira mandou e desmandou no Estado desde o primeiro dia da gestão de Eduardo Campos até a chegada de Covidão à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, pasta esvaziada, que o escondeu e o tirou, consequentemente, da mídia e da vitrine do debate eleitoral de 22.

A voz de Sebá – Em entrevista ao jornal O Poder, o líder do Avante, Sebastião Oliveira, voltou a falar da candidatura de Zé Neto. “Posicionei-me como porta-voz voz do meu partido, de aliados, de prefeitos, de ex-prefeitos, de vereadores, de deputados estaduais e de diversas lideranças políticas. Não sei se há uma articulação em curso, pois não dialoguei com ninguém do Palácio do Campos das Princesas sobre esse tema. Zé Neto é detentor de várias qualidades. Assumiu a espinhosa missão de ser o interlocutor político do Governo do Estado com a Assembleia Legislativa, prefeitos, lideranças políticas e secretarias estaduais. O desempenho dele tem sido espetacular e bastante elogiado. É praticamente uma unanimidade no meio político. Preparado, competente, atencioso e suave. Sabe dizer não com ternura. Cumpre o prometido e circula bem, além das fronteiras do PSB e da Frente Popular”, afirmou.

Sobre Joaquim – Em relação ao estado de saúde do ex-governador Joaquim Francisco, que se submeteu a uma cirurgia e mais duas intervenções na sua luta contra o câncer, seu genro Carlos Eduardo Machado informa que ele se recupera bem da cirurgia realizada em São Paulo. “No processo de recuperação, após seu retorno ao Recife, ele sentiu algumas dores abdominais. Foi necessária uma avaliação, tendo sido identificada uma hemorragia inicial na região da cirurgia (aparelho digestivo), tendo sido a mesma debelada em procedimento por cateter. Ele recuperou-se do procedimento na UTI Humanizada do RHP, tudo sob os cuidados das equipes de Dr. João Wanderley, Dr. Carlos Abbath, Dr. Herberton Medeiro, e Dr. Felipe Lopes. Hoje (ontem), já se encontra em plena convalescença em um apartamento regular, aguardando o completo restabelecimento para a permissão da alta médica”. O blog e a torcida do Flamengo querem Joaquim firme e forte de volta ao batente.

Privatização – A Câmara dos Deputados aprovou, ontem, requerimento de urgência para o PL (projeto de lei) 591 de 2021, que possibilita a venda dos Correios. O texto é do governo federal. O presidente da República, Jair Bolsonaro, levou o projeto pessoalmente ao Legislativo no fim de fevereiro. A urgência foi aprovada por 280 votos a 165, e uma abstenção. A aprovação do requerimento possibilita que a tramitação seja mais rápida e a votação do mérito seja direto no plenário. Sem a urgência, seria necessária discussão nas comissões da Casa.

Processos – O ministro Gilmar Mendes suspendeu três processos contra o presidente da Câmara, Arthur Lira, por improbidade administrativa que corriam na Justiça Federal de Curitiba. A decisão vale até que a Corte julgue o mérito do pedido. Os autos correm em segredo de Justiça, mas trecho da liminar foi publicado no site que informa o andamento do processo. “Ante todo exposto, em juízo provisório, concedo a liminar para determinar a imediata suspensão das ações de improbidade 5063442- 90.2016.4.04.7000, 506674- 13.2017.4.04.7000 e 5012249 02.2017.4.04.7000, somente com relação aos reclamantes, até o julgamento de mérito desta reclamação. Reitera-se, para todos os efeitos, que estes autos tramitam sob segredo de justiça. Intime-se. Brasília, 19 de abril de 2021”.

Em boas mãos – Gestor de João Alfredo, cidade simbólica por ser terra do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti, que a governou, o prefeito José Martins está colocando a casa em ordem depois de receber uma herança maldita. Concentra seus esforços no pagamento de dívidas, na área social e, principalmente, no investimento em saúde. Martins foi vereador e passou a vida inteira no campo da oposição, não apenas ao grupo de Severino, mas da ex-prefeita Maria Sebastiana, que não conseguiu emplacar o sucessor, mesmo unindo-se ao até então grupo rival da família de Severino.

CURTAS

LIVRO 1 – O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro determinou a penhora dos direitos autorais do livro “Tchau Querida, o diário do Impeachment”, escrito pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (MDB-RJ). A determinação foi feita no dia 16 de abril, um dia antes do lançamento da obra.

LIVRO 2 – A juíza Virginia Lúcia Lima da Silva, da 20ª Vara Cível do Rio de Janeiro, estabeleceu que os valores penhorados serão destinados ao pagamento de honorários advocatícios relativos a um processo em que Cunha pedia indenização à Infoglobo por causa de uma matéria jornalística.

Perguntar não ofende: Qual vai ser o próximo líder da base a declarar apoio a Zé Neto?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaro falou que Jesus é petista por dividir o pão e o vinho... Entenderam porque prometeu METRALHAR os petistas?

Fernandes

Sem perder a ordem dos comentários. Ciro Gomes, sobre família Bolsonaro: “Se gritar pega ladrão, não fica um” Ciro Gomes voltou a chamar Jair Bolsonaro de ladrão . No Twitter, o pedetista compartilhou uma reportagem da Folha sobre as investigações que miram os quatro filhos do presidente, e escreveu: “‘Se gritar pega ladrão, não fica um, meu irmão’. O chefe da quadrilha é o pai, Jair Bolsonaro!”

marcos

Que fique bem Claro, Lula é Ladrão.

marcos

Nazista anti Cristo, tua hora chegará!

marcos

Fernandes....................................................................................... Este verme Bozonaro será exterminado junto com sua familícia e quem mais o estiver apoiando. comentado em 2021-04-05 20:13:45


Petrolina abril 2021

20/04


2021

Genro de Joaquim traz boas notícias

Caro Magno,

Em consideração à sua postagem de hoje, relativa ao estado de saúde do ex-governador Joaquim Francisco, trago a seguinte atualização:

- Dr. Joaquim recupera-se de cirurgia realizada em São Paulo, essa que teve seu objetivo plenamente alcançado;

- No processo de recuperação, após seu retorno ao Recife, em 03/04/21, o mesmo sentiu algumas dores abdominais. Foi necessária uma avaliação, tendo sido identificada uma hemorragia inicial na região da cirurgia (aparelho digestivo), tendo sido a mesma debelada em procedimento por cateter em 13/04/21;

- Ele recuperou-se do procedimento na UTI Humanizada do RHP, tudo sob os cuidados das equipes de Dr. João Wanderley, Dr. Carlos Abbath, Dr. Herberton Medeiro, e Dr. Felipe Lopes;

- Hoje, ele já se encontra em plena convalescença em um apartamento regular, aguardando o completo restabelecimento para a permissão da alta médica.

Agradecemos às preces dos amigos, na certeza que nosso querido Dr. Joaquim em breve estará de volta às suas atividades cotidianas e ao convívio dos amigos, esses que ele tanto preza.

Um forte abraço,

Carlos Eduardo Machado Guimarães Filho


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

20/04


2021

Moraes anula decisão que transformou Temer em réu

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes anulou, hoje, a decisão do juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato do Rio, que recebeu denúncia e transformou em réus o ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco.

O ministro entendeu que Bretas não era competente para analisar a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra os políticos na operação Descontaminação – desdobramento da Lava Jato no Rio. Os dois chegaram a ser presos pela operação, mas foram soltos em seguida.

A operação Descontaminação foi deflagrada a partir de fatos apurados no processo da operação Radioatividade, no qual a Justiça Federal do Rio de Janeiro investiga fraudes em contratos firmados entre a Eletronuclear e as empresas AF Consult Ltd, Argeplan e Engevix para um projeto de engenharia na usina nuclear de Angra 3.

Moraes atendeu a um pedido da defesa de Moreira Fraco. O ministro do STF concordou com a tese dos advogados de que os fatos investigados têm conexão com outra investigação em andamento na Justiça Federal em Brasília, que apura se uma suposta organização criminosa composta por políticos do MDB se uniram para atuar em desvios em vários órgãos da administração pública.

Segundo o ministro, como a Lava Jato do Rio não era competente para julgar o processo, todos os atos decisórios devem ser tornados nulos. Agora, o processo será analisado pela Justiça Federal em Brasília. Em 2019, Temer, Moreira Franco e outros 12 viraram réus pelos supostos desvios em Angra 3.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/04


2021

Agrovale recebe certificação do Renovabio

A Agrovale, maior empresa produtora de açúcar, etanol e bioeletricidade da Bahia, já está emitindo e comercializando os créditos de descarbonização, os CBIOs. A certificação de produção e importação eficiente de biocombustíveis – Renovabio, foi aprovada desde novembro do ano passado e estabelece uma meta de descarbonização de 11% até 2029.

Em dia com a nova política nacional de biocombustíveis do País, a empresa objetiva reduzir as emissões de CO2 por meio do aumento da capacidade de produção de biocombustíveis, no caso o etanol. Na última safra a Agrovale produziu 67 milhões de litros desse combustível.

De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente da empresa, Thaisi Tavares, o Renovabio contribui com uma melhor relação de eficiência energética e de redução de emissões de gases causadores do efeito estufa na produção, comercialização e uso de biocombustíveis. "Todos nossos processos já foram adequados a esta nova realidade, inclusive com relação a preservação da vegetação nativa, para inventariar a quantidade de CO2 emitido em todo processo produtivo, isso inclui desde a preparação do solo para plantação de cana-de-açúcar, até a emissão pelos automóveis do empreendimento", ressaltou. O Renovabio quantifica quantos litros de biocombustível deve ser vendido para reduzir uma tonelada de carbono emitida por combustíveis fósseis.

A coordenadora enfatizou ainda que estudos recentes revelam que a queima da palha equivale à emissão de 9 kg de CO2 por tonelada de cana, enquanto a fotossíntese da cana retira da atmosfera cerca de 15 toneladas por hectare de CO2. "Assim, a cultura da cana-de-açúcar mostra-se extremamente eficiente na fixação de carbono, apresentando um balanço altamente positivo, já que absorve muito mais carbono do que libera na atmosfera por ocasião da queima controlada", concluiu.

O mercado de créditos de carbono começou principalmente a partir dos efeitos do Protocolo de Quioto, acordo internacional assinado no final dos anos 1990 e em vigor desde 2005, que determinou uma série de compromissos pela redução da emissão de gases poluentes. O mercado é uma opção rentável para um dos problemas mais graves do mundo contemporâneo – e só no Brasil, país que ocupa a terceira posição em participação nesse mercado, 268 projetos representam 5% do total mundial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

20/04


2021

Na luta pela vida, Joaquim faz terceira cirurgia

Depois de ter realizado uma complexa operação contra o câncer em São Paulo, o ex-governador Joaquim Francisco retornou ao Recife para recuperação, mas foi obrigado logo em seguida a se submeter a uma nova cirurgia de emergência no Hospital Português, semana passada.

Tudo porque o quadro se agravou e, ontem, ele teve que enfrentar a terceira intervenção. Encontra-se no momento na UTI do Português. Rogamos a todos para orações em favor da plena e rápida recuperação do ex-governador. Senhor, escutai a nossa prece!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

20/04


2021

Chorando, Pinga diz que foi a maior homenagem ao rei

Maior empresário de Roberto Carlos no País, o empresário sergipano José Carlos Mendonça, o Pinga, hoje residindo em Salvador, enviou, há pouco, uma mensagem pelo meu WhatsApp profundamente emocionado com o programa de ontem, no Frente a Frente, em homenagem aos 80 anos do rei. Disse que depois da homenagem que recebeu do cantor ao vivo num show no Recife, o especial de ontem, do qual participou também, foi a maior emoção de sua vida. Junto com a mensagem, Pinga enviou esta imagem do único show que Roberto Carlos fez na cidade de Paulo Afonso, numa quarta-feira, no ano de 1973.

"Caro amigo Magno Martins,

Estou muito emocionado com o programa em homenagem a Roberto Carlos. Vou mandar o link para alguém que tem aproximação com Roberto. Ele tem que ouvir esse programa, essa homenagem sensacional. Considero a mais fantástica que ele recebeu, nunca vi em rádio nada igual".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

20/04


2021

Candidatos de concurso realizam protesto em Gravatá

A manhã de hoje foi marcada por um protesto dos candidatos do concurso público de Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Com faixas pedindo “respeito”, os concurseiros tomaram conta das principais ruas da cidade, parando em frente à Prefeitura Municipal. Os processos do certame foram suspensos pela gestão do prefeito Joselito Gomes (PSB). As informações são do portal Correio Notícias.

Desde que assumiu a gestão, em janeiro de 2021, o prefeito de Gravatá não realizou seleção simplificada e empossou, no quadro de funcionários do município, os advogados que entraram com pedido da suspensão do certame. O fato tem causado revolta nos candidatos do concurso e gerado dúvidas quanto aos interesses próprios desta “Ação Popular”, visto que a grande maioria da população quer o andamento do certame, para que os funcionários estejam, de fato, aptos para assumir os cargos, por mérito, e não por indicação ou apadrinhamento.

O último destino dos manifestantes foi a Câmara Municipal de Gravatá. No local, eles foram recebidos pelo presidente Léo do Ar (PSDB) e por outros sete vereadores da oposição, que, desde o início da suspensão do concurso, vêm dando o apoio necessário aos candidatos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

20/04


2021

Consumir álcool não altera efeito da vacina

O Globo

É preciso evitar o consumo de bebida alcoólica antes ou depois de tomar vacina contra a Covid? Não, mas a ideia de que é necessário cortar o álcool no período de imunização é um mito que tem se espalhado nesta campanha, constata a médica Mônica Levi, diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

A entidade, que inclusive ajuda nas decisões do Programa Nacional de Imunização (PNI) junto ao Ministério da Saúde, não tem qualquer recomendação neste sentido.

“Há muito tabu e muito despreparo dos profissionais da saúde que estão nas salas de vacinação”, avalia Levi. “Infelizmente o Brasil não deu conta de fazer um bom treinamento dos profissionais, e cada um fala o que quer”, conclui.

Para Levi esse boato é preocupante, porque pode desestimular a proteção de parte da população. Entre o 1,5 milhão de pessoas que não apareceram para tomar a segunda dose contra a Covid, número que o Ministério da Saúde divulgou nos últimos dias, podem estar alguns que foram impactados por essa desinformação quanto às bebidas alcoólicas, projeta a médica.

O mito se traduz tanto em receio de que a vacina não funcione quanto de que provoque uma reação indesejada, mas os fabricantes dos imunizantes usados no Brasil, CoronaVac (criado pela biofarmacêutica chinesa SinoVac) e Covishield (do laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford), não veem comprometimento do efeito nem o risco de eventos adversos ligados às bebidas. Nos estudos clínicos, os voluntários não precisaram ter nenhum cuidado quanto a isso.

Também não há nada a respeito nas bulas de ambos, afirma a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão responsável por avaliar e liberar os produtos no país. A reportagem consultou ainda o Instituto Butantan, que produz a CoronaVac, a Fiocruz, responsável pela Covishield, e o Ministério da Saúde. Todos afirmam que não há por que se preocupar.

“Não há nenhuma evidência sobre a relação do álcool com o comprometimento da formação de anticorpos promovida pela vacina Covid-19”, diz a pasta, em nota enviada por sua assessoria de imprensa.

Em contraste com as informações oficiais dos fabricantes e das autoridades de saúde, não é incomum ver nas redes sociais publicações falando de orientações assim recebidas no momento da imunização. Um vídeo que viralizou nas últimas semanas mostra um senhor surpreso ao ouvir da profissional de saúde que terá de esperar 30 dias para tomar uma cerveja. “Égua, tira de volta isso”, brinca ele.

O portal de notícias Ver-o-Fato, de Belém, noticiou que a gravação foi feita em um posto de vacinação drive thru da cidade. A Prefeitura de Belém não confirma o local da filmagem, mas, em nota, explica que há sim uma orientação no município, só que mais curta. “O recomendado é de 24 a 48 horas ficar sem beber, mas por questão de efeito colateral”, escreve a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde. “Não tem nenhuma orientação para que as vacinadoras digam que tem que ficar um mês sem beber”, completa.

A abstinência também é recomendada, por exemplo, pela Prefeitura de Fortaleza. Segundo a gestão, o consumo de álcool deve ser evitado “por pelo menos 24 horas do período de aplicação de qualquer vacina ofertada pela rede pública”.

Para a SBIm nada disso faz sentido. Uma resposta menor do sistema imunológico só deve ser uma questão entre as pessoas que fazem consumo pesado de álcool, especialmente aquelas que já têm uma doença hepática. Elas, ainda assim, não têm nenhuma contraindicação para tomar a vacina, ressalta Levi. Pelo contrário, quem abusa do álcool tende a ser mais suscetível a infecções e, por isso, deve buscar a proteção assim que possível.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/04


2021

Cassação da chapa para vereadores cada dia mais real

Por Diana Câmara*

As Eleições 2020 foram marcadas, dentre outras coisas, por ter sido a primeira eleição sem coligação proporcional. Isto exigiu um verdadeiro malabarismo de alguns partidos políticos para conseguirem fechar uma chapa competitiva e eleger os seus vereadores.

Apesar da cota de gênero ser algo “antigo”, as siglas estavam acostumadas a, na hora de montar a chapa, “arranjar” as mulheres filiadas que iriam participar para compor a cota. Muitas vezes essas mulheres não queriam sair como candidatas ou não recebiam as condições mínimas para serem de fato. Outras vezes, não menos corriqueiro, eram lançadas de forma fraudulenta para serem usadas como laranjas e até para lavar dinheiro do fundo especial de financiamento de campanha ou partidário, do percentual que é obrigatoriamente destinado às mulheres.

Só que estes cenários de oba-oba e faz de conta estão com os dias contados em decorrência da seriedade com que alguns juízes eleitorais, bem como o Judiciário Eleitoral como um todo, vêm encarando as denúncias de candidatura fraudulenta de mulheres e, como sanção, derrubando a chapa inteira, fazendo com que vereadores eleitos percam seus mandatos em virtude da cassação do DRAP.

Para alguns, num primeiro olhar, pode parecer injusto um vereador eleito perder o mandato por um “erro” do partido em lançar uma candidata mulher que na verdade não era postulante. Contudo, se for feita uma análise mais profunda do contexto e levar em consideração que: 1) o mandato do vereador pertence ao partido; 2) para que um vereador se eleja é necessário que o partido tenha alcançado coeficiente eleitoral, do qual, muitas vezes, ele se aproveita; 3) o partido político investe recursos financeiros de origem pública nas eleições; 4) a chapa é una e de responsabilidade exclusiva de um único partido político, não tendo mais coligações e responsabilidade mitigada; então, chega-se à conclusão de que não é injusto, por uma transgressão do partido político, os seus filiados, candidatos ou mandatários, pagarem  pelos erros cometidos pela legendas e seus dirigentes.

Sendo assim, fica de alerta: é mais um motivo para os futuros candidatos prestarem bastante atenção na composição da chapa proporcional e “exigir” que o partido político pelo qual irá disputar o pleito leve a sério a questão da cota de gênero e até mesmo que ajudem a agremiação partidária a formar quadros reais e competitivos de cada gênero. Pois, a cada dia mais, é necessário que os partidos e os políticos entendam que tem que levar a sério esta regra e que não cabe mais faz de conta.

*Advogada especialista em Direito Eleitoral e em Direito Público. Pós-graduanda em LLM de Direito Municipal. Membro da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Nacional. Ex-Presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/PE. Ex-Presidente da Comissão de Direito Municipal da OAB/PE. Ex-Presidente do IDEPPE - Instituto de Direito Eleitoral e Público de Pernambuco. Membro fundadora da ABRADEP - Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha