18/10


2006

Lula não volta a Pernambuco antes do 2º turno

O presidente Lula não deverá voltar a Pernambuco até o final da disputa do segundo turno. A afirmação é do prefeito do Recife, João Paulo (PT), que também integra a coordenação da campanha do presidenciável no Estado. “Hoje (ontem) à tarde liguei para Brasília e acredito que o presidente não virá mais ao Estado por estar com a agenda de campanha muito cheia”, declarou o petista. Coincidência ou não, a pesquisa Datafolha mostrou ontem que o presidente apresenta um índice de 60% nas intenções de voto, enquanto o adversário tucano conta com 40%.

 

No entanto, para o candidato socialista à sucessão estadual, Eduardo Campos (PSB), essa situação não está definida, uma vez que a equipe do PSB ainda mantém contato com a assessoria do presidente. Para Campos, a votação confortável conquistada pelo presidente no primeiro turno e a vantagem mostrada nas pesquisas, especialmente em Pernambuco, onde chega a 80% das intenções de votos, não interferem nessa decisão. “Estamos avaliando, no domingo devemos tomar uma decisão, exatamente para podermos acompanhar essa coisa das pesquisas e em função dos lugares onde o Lula precisa ir. Mas não há nada completamente decidido”, afirmou o socialista, acrescentando que o presidente gostaria de vir ao Estado. “Ele (Lula) está querendo vir a Pernambuco, mesmo estando com a agenda tão apertada”.

 

No primeiro turno, o presidente esteve por três vezes no Estado. Na primeira e na segunda, em Brasília Teimosa e Caruaru, respectivamente. Na época seu partido ainda contava com um candidato ao Governo do Estado, o ex-ministro Humberto Costa (PT). Na terceira vinda do presidente a Pernambuco, já no segundo turno da eleição, com seu correligionário Humberto Costa fora da disputa estadual, Lula foi a Petrolina, cidade onde a prefeitura está na mão do outro coordenador de sua campanha, Fernando Bezerra Coelho (PSB). As informações são da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Tudo bem presidente Lula, agende seus comícios em locais onde está com índices menores do que o chuzeuro, pois aqui nós iremos confirmar a maior goleada do país. Pode deixar que Eduardo levará a frente juntamente com Humberto, João Paulo, Fernando Bezerra, Inocêncio, e todos os partidos coligados.

Soraya da Cruz Plácido

Grande MULHER ESSA CHRISTIANNE TORLONI... Assistam o que ela diz... http://noblat.plugin.com.br/arquivo/mais_voce.wmv

murilopena

VEM PARA ACABAR DE MATAR COM ESSA UNIÃO RIDÍCULA DE JARBAS E O PFL, VEM PARA AGRADECER A PE PELA ESMAGADORA VITÓRIA, VEM PARA SACRAMENTAR A VITÓRIA DO NOVO GOVERNADOR DE PE. É 40 AQUI NO PFLLLÊ E 13 LÁ NO PSDB!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Cabo 2021

18/10


2006

Lula comemora resultado Datafolha no Rio

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, comemorou, durante caminhada no Rio de Janeiro na noite desta terça-feira, o resultado da pesquisa Datafolha, que o apontou 19 pontos à frente de Geraldo Alckmin (PSDB).

O candidato ao governo do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), aliado de Lula, anunciou, entre aplausos dos militantes, que o petista tinha 60% dos votos válidos, contra 40% de Alckmin.

Em discurso, o presidente-candidato disse aos eleitores para “não se preocupar com pesquisas”. “No próximo debate, eu vou levar o Popó”, disse Lula, levantando o braço do ex-boxeador Acelino “Popó” de Freitas, que participou do evento.

Lula voltou a se comparar com os ex-presidentes Getúlio Vargas e Juscelino Kubtischeck e a criticar a elite. Segundo o petista, “a elite que perseguiu Getúlio, Jânio [Quadros] e JK'' é a mesma que não o aceita como presidente. As informações são do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

o Datafolha diz que só um "fato espetacular" pode alterar o provável resultado da eleição presidencial... assim, viúvas e viúvos da PEFELANÇA e Tucanato já admitem que PERDERAM MAIS UMA para o LULA. Quer FATO MAIS ESPETACULAR que isso???????



18/10


2006

Coronel "puxado" por Clodovil perde lugar na Câmara

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) anunciou nesta terça-feira  mudanças na nova bancada do estado na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Os promotores Carlos Sampaio (PSDB) e Dimas Ramalho (PPS), que tiveram as candidaturas validadas recentemente, ganharam lugar entre os representantes dos eleitores paulistas.

Jairo Paes de Lira (PTC) e Marcelo Ricardo Mariano (PP), ambos beneficiados por candidaturas ''puxa-voto'' de seus partidos, perderam os lugares.
Os promotores chegaram a ter as candidaturas indeferidas por supostamente não terem se desvinculado do Ministério Público no prazo devido.

Mas entraram com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e tiveram ganho de causa: conseguiram ter validados os votos que receberam. Sampaio conseguiu 239.781 e Ramalho, 117.108. No resultado divulgado imediatamente após a conclusão da apuração, os dois figuravam com zero voto. 

Com a redistribuição das cadeiras, o PTC e o PP perderam. O coronel Paes de Lira (PTC) obteve 6.673 votos e havia garantido sua vaga no embalo da votação de Clodovil, o terceiro mais votado do estado, com 493.951.
 
Marcelo Mariano (PP) obteve 8.278 e entrou na composição anterior da bancada graças ao sucesso de Paulo Maluf, deputado federal mais votado do país com 739.827 votos, e de Celso Russomano, o segundo mais votado do estado, com 573.524.

Ainda há recursos sendo julgados no TSE e a composição da bancada pode mudar novamente. As informações são do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

18/10


2006

"Descemos do salto alto", diz Lula

O candidato à reeleição à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT/PCdoB/PRB), afirmou na noite desta terça-feira (17), que as pessoas envolvidas na sua campanha deixaram de tomar certas atitudes na campanha antes por acharem que ganhariam a eleição já no primeiro turno. Ele mesmo, lembrou, resolveu não ir a nenhum debate por achar que a eleição estava ganha.

“Agora, descemos do salto alto. Se tivesse ganhado no primeiro turno, acharia que tinha ganhado sozinho, pois não houve manifestação, não houve debate. Seria uma vitória insossa. Por isto acredito que o segundo turno seja uma obra divina, pois está permitindo que a gente junte as pessoas, como, por exemplo, o Sérgio Cabral (candidato do PMDB ao governo do Rio e que apóia e recebe o apoio do presidente neste segundo turno).”

Lula também disse que, se for eleito para um segundo mandato, não há hipótese de o pais não melhorar, com mais crescimento e melhor distribuição de renda.“Era preciso reconstruir o Brasil. Graças a Deus hoje eu posso dizer para vocês: não existe hipótese de as coisas ( não) serem bem melhores daqui para frente. Não existe hipótese de os juros não continuarem caindo, de a economia (não) continuar crescendo e de não fazermos a distribuição de renda neste país.”  As informações são da Agência Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/10


2006

União por PE usa "Forrozão do atraso" na campanha

A exemplo do “Forrozão do Vampiros”, que ironizava a vinculação do postulante Humberto Costa (PT) com o escândalo dos vampiros e sanguessugas, a União por Pernambuco agora criou mais um forró, desta vez contra Eduardo Campos (PSB). O “Forrozão do atraso”, da banda dos Precatórios, já integra as caminhadas e carreatas do candidato Mendonça Filho.

 

A música faz referência à dívida da operação financeira e atribui ao governo arraesista o “atraso” do Estado, utilizando o nome do socialista em forma de apelido. “Dudu dos precatórios eu não voto em você / Dudu dos precatórios eu não voto em você / Cadê o meu dinheiro? Você tem que responder / Cadê o meu dinheiro? Você tem que responder. Não gosta de pagar salário ao servidor / Três meses atrasou e não tem explicação”, relata a paródia.

 

Outro ataque ficou por conta de panfletos que avaliavam a performance dos candidatos no debate da última segunda-feira. Ontem à tarde, um grupo de militantes da União por Pernambuco distribuía panfletos atacando Eduardo Campos, numa esquina do Parnamirim. O panfleto traz uma avaliação parcial do debate, tocando sempre na tecla dos precatórios. O panfleto diz: “Debate na TV Clube: Eduardo não disse o que fez com o dinheiro dos precatórios, mais uma vez”. A propaganda está assinada pela União por Pernambuco. As informações são da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LULA E EDUARDO! É A FORÇA DO POVO!

Estimada Soraya. O seu respeitado candidato disse que investiu muito em educação. Talvez você tenha perdido a aula sobre crase. Não se usa crase antes de palavra masculina. O correto é "a Pernambuco", sem crase. Mas, quem erra na avaliação política, também tem o direito de errar na gramática.

LULA E EDUARDO! É A FORÇA DO POVO!

Não se pode esperar outra coisa de Jarbas, Mendonça e Lavareda. Eles apelam para a baixaria porque vivem da baixaria. Acobertados por ua imprensa subserviente, deitaram e rolaram nestes 8 anos. Agora estão acordando para uma outra realidade. E aí, caem as máscaras.

Soraya da Cruz Plácido

e respeito, e portanto, estou com a minha consciência tranquila de que como Pernambucana, e amando o Estado que nasci e moro, QUERO O MELHOR PARA ELE, e por confiança e credibilidade que Mendonça Filho nos transmite, VOTO NELE SIM COM ORGULHO E AMOR À PERNAMBUCO.

Soraya da Cruz Plácido

Prezado Reverendo: Eu apenas faço minha parte como cidadã, e eleitora, em que JAMAIS iria de encontro as pessoas honestas e de mãos limpas. Como poderia deixar de enxergar o que esse Governo nos trouxe? Apenas melhorias e desevolvimento, porisso sou fiel não apenas neste politico que confio

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

AS DUAS SECRETARIAS JÁ TEM DONO. PRODUÇÃO RURAL, JOSÉ MARCOS. SAÚDE, SEBASTIÃO OU CLOVIS CARVALHO. SÃO AS INDICAÇÕES DE GAGOLEJO OLIVEIRA. SE HOUVER PROCESSO, ELE SÓ SE SUSTENTA ATÉ A INDICAÇÃO DAS PASTAS. O GAGO NÃO VAI PROCESSAR NINGUÉM, E SE PROCESSAR, PODE ENQUADRADO COMO LITIGANTE DE MÁ FÉ.


Jaboatão Março 2021

18/10


2006

Agenda dos candidatos a governador

EDUARDO CAMPOS(Frente Popular de Pernambuco)

6h30    Encontro com portuários no Porto do Recife

 9h      Encontro com líderes evangélicos no Recife Praia Hotel-Pina

10h30 Encontro com líderes estudantis na Faculdade de Medicina da UPE    

11h30 Palestra para estudantes do Colégio Decisão

14h     Recebe apoio de líderes políticos na sede do PSB

15h30 Caminhada e comício no Cabo de Santo Agostinho

19h     Encontro com movimentos sociais de Olinda, no Olinda Praia Clube

MENDONÇA FILHO(União por Pernambuco)

19h     Entrevista no NE-TV, da TV Globo

19h30 Caminhada no Jardim São Paulo

20h30 Caminhada e comício em Vitória de Santo Antão 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

AS DUAS SECRETARIAS JÁ TEM DONO. PRODUÇÃO RURAL, JOSÉ MARCOS. SAÚDE, SEBASTIÃO OU CLOVIS CARVALHO. SÃO AS INDICAÇÕES DE GAGOLEJO OLIVEIRA. SE HOUVER PROCESSO, ELE SÓ SE SUSTENTA ATÉ A INDICAÇÃO DAS PASTAS. O GAGO NÃO VAI PROCESSAR NINGUÉM, E SE PROCESSAR, PODE ENQUADRADO COMO LITIGANTE DE MÁ FÉ.


Petrolina 2021

18/10


2006

SE: Déda quer "Estado enxuto e eficiente"

''Quero um Estado enxuto e eficiente. Na hora certa a população saberá como vai funcionar a máquina estatal no meu governo''. A afirmação foi feita ontem pelo governador eleito de Sergipe, Marcelo Déda (PT), ao ser questionado sobre a redução do número de cargos comissionados, inclusive as secretarias. ''A redução de cargos comissionados será definida a partir do diagnóstico que tivermos da equipe de transição'', esclareceu.

 

Ele lembrou que solicitou uma audiência ao governador João Alves Filho (PFL) para lhe apresentar a sua equipe de transição e acredita que esse encontro pode acontecer ainda no decorrer desta semana. ''O núcleo que comandará o processo já está trabalhando e é bom que seja apresentado oficialmente ao governador para que os dois segmentos – o do governo atual e do futuro governo – se encontrem e discutam a situação do Estado'', comentou. As informações são do Jornal da Cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

18/10


2006

PB: Maranhão promete 50 mil casas

O senador José Maranhão (PMDB) assumiu o compromisso de construir 35 casas populares por dia na Paraíba, caso seja eleito governador no próximo dia 29. No total, em quatro anos de mandato, o Estado irá ganhar cerca de 50 mil novas moradias para os mais pobres. O candidato da coligação “Paraíba de Futuro” foi o segundo entrevistado da rodada de entrevistas no JPB 2ª Edição com os candidatos a governador da Paraíba que disputam o segundo turno. A entrevista foi transmitida para todo o Estado.

 

Segundo o senador, a tarefa de construir 50 mil casas populares, como é anunciado no Guia Eleitoral do candidato, não seria difícil. “É até muito fácil”, respondeu. Ele disse que já teve a experiência em construir 37 mil casas e ressaltou as facilidades de conseguir recursos junto ao governo federal como um fator que vai contribuir para a concretização desta proposta. “O governo do presidente Lula garante parcerias com o governo estadual em que o valor da casa pago com a verba do Estado não chega a um terço do valor total”, contou. “Estou acostumado a enfrentar desafios. As 37 mil casas construídas não contemplam as residências elevadas na zona rural. Nessas áreas, nós edificamos casas com os recursos do Projeto Cooperar”, lembrou. As informações são do Jornal da paraíba.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

18/10


2006

SE: Ex-deputado pede a cassação de Jackson

O ex-deputado federal Pedrinho Valadares (PFL) ingressou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, com Agravo de Instrumento para tentar cassar o mandato do deputado federal Jackson Barreto (PTB), reeleito no último dia 1º de outubro. ''Usando o marketing do PT, que é ‘para todos’, quero que a lei também sirva para Jackson Barreto'', argumentou.

Pedrinho destacou que Barreto é inelegível, conforme prevê a lei 64/90, porque o Tribunal de Contas do Estado rejeitou os balancetes financeiros da sua gestão à frente da Prefeitura de Aracaju, com base em ilegalidades constatadas por auditores técnicos. O ex-parlamentar disse ainda que a sua decisão visa dar seguimento à ação iniciada pelo procurador regional eleitoral, Eduardo Botão Pelella, do Ministério Público Federal (MPF), em Sergipe.

''Ele (Jackson) perdeu no Tribunal Regional Eleitoral, recorreu a Brasília, e monocraticamente, o Tribunal Superior Eleitoral, negou provimento à ação. ''O meu único objetivo é fazer com que a lei seja aplicada a todos, indistintamente. Tenho certeza de que não haverá objeção, considerando que Jackson sempre diz primar pela coisa pública'', alfinetou Pedrinho. As informações são do Jornal da Cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

18/10


2006

AL: Celso diz que população errou em não eleger Lyra

O presidente da Assembléia Legislativa do Estado (ALE), deputado Celso Luiz (PMN), compareceu ontem à sessão da Casa pela primeira vez depois das eleições deste ano, quando integrava como vice a chapa do deputado federal João Lyra (PTB) ao governo do Estado, que acabou derrotada pelo senador Teotonio Vilela Filho (PSDB), no primeiro turno.
Celso atribuiu a derrota à “opinião pública”. “Eu acho que foi colocada uma proposta e, do jeito que foi colocada, se formou uma opinião pública contrária à nossa chapa. Eu acho que foi um grande erro da população, não de votar, mas de não ter o deputado João Lyra como governador. Eu tinha consciência de que ele seria um grande governador, pela sua experiência e pelo seu passado. Mas houve essa decisão. Na política é assim mesmo. Devemos respeitar a opinião e a decisão do povo”, argumentou. As informações são da Gazeta de Alagoas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha