Nova Orla Jaboatão

27/07


2021

Rumo ao Planalto

Madrugamos – Aldir Júnior, sonoplasta da minha equipe, e eu – para pegar o voo bacurau da Latam com destino a Brasília, onde logo mais, às 18 horas, seremos recebidos pelo presidente Bolsonaro, no Palácio do Planalto, para uma entrevista exclusiva à Rede Nordeste de Rádio, reforçada hoje, excepcionalmente, por um pool com cerca de 200 emissoras distribuídas nos nove Estados nordestinos. 

A entrevista terá como cenário o gabinete do presidente, no Palácio do Planalto. Além da transmissão pela Rede Nordeste de Rádio, na Internet será disponibilizada nas redes sociais do blog, no Facebook e Instagram.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

100% de audiência, apenas dos bolsotontos e jornalistas cloroquina!


Petrolina Julho 2

27/07


2021

Coluna da terça-feira

Bolsonaro fala ao Nordeste

Faço, hoje, no Frente a Frente, transmitido pela Rede Nordeste de Rádio, no horário das 18 às 19 horas, a segunda entrevista com o presidente Bolsonaro desde a sua posse. A primeira, em março do ano passado, se deu através de uma live pelo Instagram do meu blog, batendo um recorde de audiência, com 60 mil pessoas online, instantaneamente.

Como deputado federal, Bolsonaro também já me concedeu várias entrevistas, em seu gabinete ou no Salão Verde da Câmara dos Deputados, para o blog e a Rede Nordeste de Rádio, irmãos siameses. Na live, o presidente encerrou com uma frase que repercutiu em todos os veículos da mídia nacional, a começar pelo Jornal Nacional, da TV-Globo.

Na ocasião, Bolsonaro, brincando, disse que quem era de direita tomava cloroquina, e quem era de esquerda, tubaína. De presidentes, Bolsonaro não é o primeiro que entrevistei com exclusividade. Repórter setorista do Palácio do Planalto, viajei com o ex-presidente Sarney, com direito a uma exclusiva na cabine do Boeing presidencial.

Entrevistei, também, Fernando Collor presidente e depois cassado, Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Lula, assim como Michel Temer. A única que escapou das minhas provocações foi Dilma Rousseff, com quem não consegui criar nenhum tipo de relação ao longo do seu Governo. Com Lula, vivi algumas peculiaridades. A primeira entrevista se deu quando era líder do PT na Câmara dos Deputados, uma página inteira no Diário de Pernambuco.

Depois, o entrevistei em Cuba, na cobertura da viagem que ele fez com um grupo de políticos e empresários, com direito também a uma mini coletiva com o então presidente Fidel Castro, na qual, além deste colunista, estavam os repórteres do Estadão e da IstoÉ, veículos que acompanharam a visita ao território cubano.

Provas de fraudes – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, ontem, que irá realizar uma transmissão ao vivo, na próxima quinta-feira, às 19h, para apresentar provas de fraudes nas eleições presidenciais dos últimos anos. Não detalhou se os documentos são referentes ao pleito de 2014, em que ele afirma que Aécio Neves venceu Dilma Rousseff no segundo turno, ou sobre a eleição de 2018, na qual ele foi eleito presidente da República. Bolsonaro alega que venceu, ainda em primeiro turno, mas houve fraude para que disputasse o segundo contra Fernando Haddad, candidato do PT. O presidente disse que a live será realizada na sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Henry, o culpado – O site oficial do Tribunal de Contas do Estado apontou, ontem, o ex-governador Jarbas Vasconcelos (MDB) como responsável pelo uso dos recursos da educação para pagar aposentados e pensionistas por mais de 20 anos, a partir de 2001. A culpa, segundo o TCE, seria de uma lei editada pelo governo de Jarbas. O TCE chegou a afirmar, textualmente, que a lei que retirou os recursos da educação foi "de iniciativa do então Governador Jarbas Vasconcelos". Na verdade, segundo o blog apurou, quem levou Jarbas a cometer esse tropeço foi o atual deputado Raul Henry, presidente estadual do MDB, que na época era o secretário de Educação.

Veto ao fundão – Bolsonaro (sem partido) diz que “vai ser vetado o excesso do que a lei garante” em relação ao fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões aprovado pelo Congresso. Para apoiadores, Bolsonaro citou que a lei garante “quase R$ 4 bilhões do fundo” e que “o extra de R$ 2 bilhões vai ser vetado”. “Deixar claro uma coisa, vai ser vetado o excesso do que a lei garante, tá? A lei [garante] quase R$ 4 bilhões do fundo, o extra R$ 2 bilhões vai ser vetado. Se eu vetar o que está na lei, eu estou incurso crime de responsabilidade. Espero não apanhar do pessoal aí como sempre “, declarou na saída do Palácio da Alvorada.

STF dá prazo – A ministra Rosa Weber, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, determinou que o Congresso tem o prazo de 10 dias para dar explicações sobre a aprovação do fundo de R$ 5,7 bilhões para as campanhas eleitorais de 2022. O texto do Fundo Eleitoral foi aprovado na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2022 no último dia 15 de julho. A norma aprovada contém a possibilidade de aumentar o fundo, usado por partidos e candidatos para fazer campanha. Os recursos destinados a esse fim podem chegar a R$ 5,7 bilhões. Em 2020 foram R$ 2 bilhões.

Dinheirama para Serra – Em entrevista, ontem, à Serra FM, emissora dirigida por Marcos Oliveira em Serra Talhada, o deputado Fernando Monteiro (PP) foi muito franco, correto e transparente quando falou sobre as emendas – e são muitas – que têm saído da sua cota parlamentar para a capital do Xaxado. “Só anuncio quando está 100% acertada a sua liberação, para que a população não se frustre”, disse. Em Serra, onde já alavancou uma montanha de dinheiro via emendas federais, Monteiro terá o apoio do grupo da prefeita Márcia Conrado (PT) nas eleições do próximo ano. Luciano Duque, ex-prefeito, diz que ninguém teve mais atenção ao município em Brasília do que Fernando Monteiro.

CURTAS

VOLTA ÀS URNAS – Após uma série de polêmicas, indefinições e batalhas judiciais, os municípios de Martinópole, Missão Velha e Pedra Branca, no Ceará, terão eleição suplementar no próximo domingo. Em Martinópole, um dos candidatos decidiu, após ser julgado inelegível, apresentar um substituto nas urnas faltando sete dias para o dia da votação. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 69.253 eleitores estão aptos a votar nas três cidades.

GRANDE POOL – Cerca de 200 emissoras no Nordeste formaram um pool, via Rede Nordeste de Rádio, para a transmissão da entrevista do presidente Bolsonaro, hoje, entre 18 e 19 horas, a este colunista, âncora e blogueiro. Quem quiser acompanhar pelas redes socias será possível pelo Instagram ou o Facebook deste blog. 

Perguntar não ofende: Quando vão descobrir a fraude de Joice Hasselmann (PSL-SP)?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Que fraude? Eleições De 2014, o que tem a ver com a eleição desse coiso! Fraude é o próprio Bozo. Incompetente, incapaz, estúpido......isso é verdadeiramente uma fraude, e a pior que já tivemos!


Pousada da Paixão

26/07


2021

Câmara regional da Justiça fica em Caruaru

O pleno do Tribunal de Justiça se Pernambuco julgou, há pouco, improcedente extinguir a Primeira Câmara Regional da Justiça, com sede em Caruaru. A decisão foi amplamente comemorada pelos mais diversos segmentos das instituições caruaruenses. A sua manutenção envolveu um processo de mobilização, coordenado pela OAB de Caruaru. "Foi uma vitória da sociedade", diz o presidente da instituição, Fernando Júnior.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Muro de Arrimo

26/07


2021

Marina Elali no Sextou da próxima sexta-feira

Acabei de gravar o Sextou da próxima sexta-feira com a cantora Marina Elali, neta do compositor Zé Dantas, parceiro de Luiz Gonzaga, o rei do baião, em composições antológicas. Adorei. Tem uma simplicidade invejável, carisma, meiguice e sensibilidade, tanto que chorou, em alguns momentos, quando falamos do centenário do seu avô.

Morando em Miami, mãe de uma bebê nascida em junho, Marina Elali é uma das mais expressivas revelações da música brasileira. Seu canto é belo, também é atriz e compositora. Seu apreço pelo Sertão é algo lindíssimo. "Estou esperando o fim da pandemia para ir a Carnaíba. Quero fazer um show ainda este ano, ano do centenário do meu avô", afirmou.

Ao longo da entrevista, Marina Elali revelou um segredo: isolada nos Estados Unidos, nas folgas que a bebê Luna dá, tem se dedicado à produção de um novo CD com músicas de ninar, resgatando, inclusive, uma composição inédita do seu avô Zé Dantas. Se você deseja ouvir  a entrevista pela internet, na próxima sexta, clique no botão Rádio acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na play store.

Imperdível!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/07


2021

Bolsonaro diz que Mourão por vezes atrapalha

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, hoje, que o vice-presidente Hamilton Mourão "por vezes atrapalha", mas que vice-presidente é igual a "cunhado", que "você casa e tem que aturar".

Bolsonaro deu a declaração ao conceder entrevista à rádio Arapuan (PB). Durante a entrevista, o presidente foi questionado sobre como será a escolha para o candidato a vice-presidente em 2022. Respondeu, então, que a escolha por Mourão em 2018 foi "a toque de caixa".

"O Mourão faz o teu trabalho. Ele tem uma independência muito grande, por vezes atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual cunhado: você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado ir embora. Então, estamos com o Mourão sem grandes problemas, mas o cargo dele é muito importante para agregar. Dele, não, o cargo de vice é muito importante para agregar simpatias", declarou Bolsonaro.

Nos últimos meses, o vice-presidente manifestou publicamente algumas divergências em relação a declarações de Bolsonaro.

O presidente da República já chegou a afirmar, por exemplo, que pode não haver eleições no Brasil em 2022 se não houver voto impresso. Mourão, por sua vez, diz que o país não é "república de banana" e que haverá eleição mesmo sem voto impresso.

Além disso, Bolsonaro passou a dizer que é do Centrão, grupo informal de partidos que integra a base de apoio do governo. O presidente, no entanto, costumava criticar o bloco, e Mourão afirma que os eleitores de Bolsonaro podem se sentir "um pouco confundidos" em relação a isso.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru Novas Creches

26/07


2021

MDB expulsará filiados que aceitarem pastas de Bolsonaro

O MDB nacional afirmou, hoje, que qualquer de seus filiados que aceitar assumir um ministério do governo do presidente Jair Bolsonaro será “convidado a se retirar” da sigla. Com as recém anunciadas mudanças na Esplanada dos Ministérios, com a ida do presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PP-PI), para a Casa Civil, outros políticos começaram a ter seus nomes considerados para chefiar ministérios. As informações são do Poder 360.

Diante das mudanças, aventou-se a possibilidade nos bastidores de que o MDB, maior bancada do Senado, também gostaria de chefiar uma pasta.

A postagem oficial aparece como resposta aos rumores crescentes de que o partido também entraria no governo de forma direta. A sigla já tem o líder do Governo no Congresso e no Senado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Já houve quem dissesse que político não tem vocação para o suicídio, enfim, ninguém quer segurar na alça desse caixão a caminho do cemiterio.


CABO

26/07


2021

Editorial analisa entrevista que Bolsonaro dará ao NE

No Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, o meu editorial foi sobre a entrevista que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dará ao Nordeste, amanhã, durante o programa. Vale a pena conferir!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Junho 2021

26/07


2021

Bolsonaro diz que vai expor fraude nas eleições quinta-feira

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, hoje, que irá realizar uma transmissão ao vivo, na próxima quinta-feira, às 19h, para apresentar provas de fraudes nas eleições presidenciais dos últimos anos. O chefe do Executivo não detalhou se os documentos são referentes ao pleito de 2014, em que ele afirma que Aécio Neves venceu Dilma Rousseff no segundo turno, ou sobre a eleição de 2018, na qual ele foi eleito presidente da República.

Bolsonaro alega que venceu, ainda em primeiro turno, mas houve fraude para que disputasse o segundo contra Fernando Haddad, candidato do PT. O presidente disse que a live será realizada na sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“A gente vai expor todas as questões que levam a uma eleição democrática no ano que vem. São três momentos inacreditáveis que a gente vai mostrar com fotografias de dados fornecidos pelo próprio TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Se bem que faltam mais dados que não entregaram. Logo a gente conclui isso aí, porque o trabalho não é fácil”, declarou Bolsonaro em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Ele vai se expor, pois a pior e a maior fraude desde a redemocratização é o próprio coiso!


Serra Talhada 2021

26/07


2021

Brasil chega a 100 milhões de vacinados

O Brasil chegou a 100 milhões de vacinados contra a covid-19 na tarde de hoje. Foram vacinadas 100.072.759 pessoas desde o começo da vacinação até as 14h51 desta segunda-feira. O número refere-se à soma daqueles que receberam a 1ª dose de um imunizante de dose dupla aos que tomaram uma vacina de injeção única. As informações são do portal Poder 360.

O dado é da plataforma coronavirusbra1, que compila números das secretarias estaduais de Saúde.

O país atingiu a marca perto de ultrapassar a média de 1,5 milhão de doses aplicadas diariamente. Nos 7 dias até o domingo (25.jul), foram aplicadas, em média, 1.468.516 injeções diárias. É o recorde desde o começo da vacinação, em 17 de janeiro de 2021.

O número considera qualquer aplicação, seja da 1ª ou da 2ª dose, seja de uma vacina de dose única.

A média de domingo subiu 11% frente a duas semanas antes. O número de aplicações começou a acelerar a partir de junho. Desde o dia 15 daquele mês, a média de 7 dias não fica abaixo de 1 milhão de doses diárias.

Para explicar a situação da pandemia, o Poder360 usa como métrica a média móvel de 7 dias. Trata-se da média diária de aplicações nos 7 últimos dias, incluindo a data.

O indicador matiza eventuais variações abruptas, sobretudo nos fins de semana, quando há menos aplicações relatadas. Nesses dias há menos funcionários nas secretarias estaduais de Saúde para reportar e compilar os dados, respectivamente.

DA ENTREGA AO BRAÇO: 25 DIAS

Mesmo com a aceleração, os municípios levam, em média, 24,9 dias para aplicar (e notificar no banco de dados) todas as doses recebidas pelos Estados. O levantamento, feito pelo Poder360, considera de 1º de março a 25 de julho.

O Poder360 compilou as informações de distribuição da plataforma LocalizaSUS, do governo federal, e da coronavirusbra1 (que reúne as aplicações divulgadas pelas UFs). O período considerado foi de 1º de março a 25 de julho.

Primeiro, verificou-se em cada uma das datas desse período o total de doses distribuídas. Depois, foi calculado quanto tempo levou para que o total de doses recebidas em cada dia fosse, de fato, aplicado. O cálculo é uma média.

Da última vez em que o Poder360 fez o cálculo, no período até 24 de maio, a média para aplicar as doses em estoque era de 20,8 dias. Eram 4 dias a menos que a média atual. Clique aqui e confira a matéria completa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

De vacinados, não de imunização. Manchete própria de blogueiros e jornais bozolóides. Fakenews até em manchetes de matérias jornalísticas !



26/07


2021

Joice Hasselmann presta depoimento à Polícia Civil do DF

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) esteve na 2° Delegacia da Polícia Civil, na Asa Norte, em Brasília, hoje, para prestar depoimento sobre um incidente ocorrido em seu apartamento funcional. Segundo a parlamentar, esta é a terceira vez que ela depõe sobre o caso.

A deputada afirma que, na madrugada de 18 de julho, acordou com marcas de sangue no chão do apartamento onde mora, na capital, mas não lembra do que ocorreu. Ela percebeu que estava com dois dentes quebrados e um corte no queixo. Um hospital de Brasília constatou que Joice também teve cinco fraturas no rosto e na costela.

O incidente está sendo investigado pela Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados. Nesta segunda-feira, a parlamentar também deve passar por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). Na delegacia, Joice disse a jornalistas que prepara um boletim contra pessoas que tenham "feito ilações" sobre as suspeitas de agressão. No entanto, não deu detalhes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha