Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

16/01


2021

Coluna do sabadão

Forca para o governador

Num país que vigora a pena de morte, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), seria executado em praça pública, culpado pela morte de mais de 50 pessoas por asfixia. Morrer de Covid virou rotina no Brasil, mas por falta de ar só por uma grande maldade, um atestado de assassino passado em cartório. A Covid matou muita gente, mas por falta de oxigênio, como se deu em Manaus, é genocídio.

Esse governador é um assassino, devia ser fuzilado em praça pública. Deixar faltar oxigênio na rede hospitalar é atestado de homicida. A Covid tem suas vertentes laterais, mas nunca se viu até então um paciente ser vencido e ir ao encontro da morte por culpa de um governante que não cuidou do básico: o oxigênio, ar artificial de sobrevivência dos internados pela Covid. Na China, seria executado em praça pública.

Mas no Brasil não acontece nada. As notícias que circularam ontem, de corrupção e desvios de recursos da pandemia, com indícios de uma quadrilha que escondeu cilindros de oxigênio em Manaus, soa aos ouvidos como um atentado à vida. Como um governador escolhe um secretário que deixa faltar oxigênio numa unidade hospitalar especializada em tratamento de pacientes da Covid? Este governador é um criminoso e deveria, no mínimo, ser preso e afastado das funções.

Lugar de criminoso é na cadeia, vale a ressalva com ênfase. Em países como a China crime hediondo é pena de morte. Por que o governador deixou doentes de Covid morrerem por falta de um balão de oxigênio? Cadeia nele! Se viesse a ser degolado, na verdade não faria a menor falta.

Fernando Pessoa, um dos poetas preferidos, dizia em relação à vida que ouvia passar o vento e só de ouvir o vento passar, valia a pena ter nascido. Não existe coisa melhor no mundo do que viver, curtir e gozar a vida, que passa rápido e daqui não levaremos nada, a não ser toda a experiência e as amizades. Mas o governador do Amazonas roubou tudo isso.

Todos desejamos ajudar uns aos outros. Os seres humanos são assim, mas o Governo do Amazonas não entende ou ignora a máxima. Os amazonenses, se o governador suicida não sabe, deve-se viver para a felicidade do próximo – não para o seu infortúnio. Por que havemos de odiar e desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover a todas as nossas necessidades.

Forca para o governador!

Plano contra crise – O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, determinou, ontem, que o governo federal promova de forma imediata "todas as ações ao seu alcance para debelar a seríssima crise sanitária instalada em Manaus". Com recorde de internações, unidades de saúde da capital do Amazonas ficaram sem oxigênio. Lewandowski ordenou que o governo apresente em 48 horas um plano "compreensivo e detalhado" com as estratégias para enfrentar a situação de emergência. De acordo com o ministro, esse plano deverá ser atualizado a cada 48 horas.

Entrega imediata de vacina – O Ministério da Saúde enviou, ontem, ao Instituto Butantan um ofício no qual pediu a entrega "imediata" de 6 milhões de doses importadas da vacina contra a Covid-19. O documento é assinado pelo diretor do Departamento de Logística em Saúde, Roberto Ferreira Dias, e endereçado ao diretor do instituto, Dimas Covas. "Solicitamos os bons préstimos para disponibilizar a entrega imediata das 6 milhões de doses importadas e que foram objeto do pedido de autorização de uso emergencial perante a Anvisa", diz o documento.

Voo adiado – O presidente Jair Bolsonaro afirmou que vai atrasar, em até três dias, a saída do Brasil do avião da companhia aérea Azul destacado para buscar na Índia 2 milhões de doses adquiridas do laboratório indiano Serum. A partida do avião estava programada ontem, do aeroporto de Recife. O avião é o maior da Azul Linhas Aéreas e está equipado com contêineres para acondicionar os imunizantes. Em entrevista à TV Bandeirantes, Bolsonaro falou em "pressões políticas" na Índia que, segundo ele, retardaram a partida do avião brasileiro.

PE disponibiliza leitos – Dez leitos para pacientes do Amazonas com Covid-19 foram abertos no Hospital das Clínicas (HC), ligado à Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na Zona Oeste do Recife. Da capital pernambucana, saiu um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com equipamentos para um hospital de campanha na capital amazonense. As medidas foram adotadas devido ao colapso no sistema de saúde em Manaus devido à falta de oxigênio. A cidade registrou recorde de internações pela doença.

CURTAS

ENEM – Os alunos da rede estadual de ensino de Pernambuco estão autorizados a usar o Passe Livre nos dias das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os testes ocorrem no domingo (17) e em 24 de janeiro. O anúncio foi feito, ontem, pelo Grande Recife Consórcio, que gerencia o sistema de transporte público no Grande Recife. Na quinta, a instituição informou que haverá reforço de 15 linhas de coletivos para as provas do exame.

TABATA – A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) testou positivo para Covid-19. A informação foi confirmada pela parlamentar em suas redes sociais. Ela relata que o resultado do seu último exame deu positivo e que segue em isolamento. Noiva do prefeito do Recife, João Campos, ela afirma que passa bem e que cancelou suas próximas agendas.

Perguntar não ofende: Bolsonaro vai se vacinar?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ABAIXO FALSO MORALISMO

Vc no mínimo deve ter dado mto o cu e é uma bicha velha frustrada , ou vc já levou uma Gaia que todo mundo descobriu , só assim pra ser tão babaca e imbecil

ABAIXO FALSO MORALISMO

Baba ovo de bolsonaro , crente safado, vagabundo, energúmeno, lixo humano , hipocrita, déspota , marginal , doente, palhaço , filho de uma puta

ABAIXO FALSO MORALISMO

Chinês deve ser o cara q empurra a peia no cu da tua mulher fdp. Marcos vc é um idiota, que causa ódio e rancor , vc é a escória da sociedade . O bom é saber q satanás vai cuidar do resto da tua vida

marcos

Ainda bem que o vírus chinês está matando muita gente em Manaus.\" Luiz Inácio Coronárias da silva \"

marcos

O STF vendo a merda que fez em dar poderes aos governadores e prefeitos ( que só fizeram roubar recua e manda governo federal agir no Amazonas. E agora quem são os Genocidas?



15/01


2021

Bolsonaro é alvo de panelaços no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro foi alvo de panelaços nas principais cidades brasileiras na noite de hoje. A manifestação contrária ao chefe do Executivo foi convocada por movimentos sociais após o agravamento da situação da Covid-19 em Manaus, que deixou o sistema público de saúde da cidade sem oxigênio. Isso provocou a morte de vários pacientes internados com o novo coronavírus.

O protesto ganhou projeção nas redes sociais. Por volta das 20h30, foi possível ouvir barulhos de panelas em áreas diversas do Recife, como Boa Viagem, como é possível ver neste vídeo. Além do bairro da Zona Sul, moradores da Zona Oeste, como Madalena; do centro, a exemplo de Santo Amaro, e da Zona Norte da capital pernambucana (Aflitos, Casa Amarela e Rosarinho) aderiram à manifestação.

Houve registro de protestos em outras capitais, como São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Manaus. Gritos de "Fora, Bolsonaro", "assassino" e "genocida" foram ouvidos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao carlos da silva

Esquerdistas ridículos. Bolsanaro enviou algo próximo de 15 bilhões para o Amazonas, foi proibido pelo STF de gerir a pandemia, o ladrão safado que governa aquele estado desvia recursos, deixa faltar oxigênio e o genocida é Bolsanaro ? Vão se catar cafajestes.

Fabio Gouveia

Aqui em Boa viagem, próximo a pracinha , tinha umas 5 panelas ,kkkkkkkkkkk


O Jornal do Poder

15/01


2021

Sinsempal repudia aumento salarial de prefeito e vereadores

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palmares (Sinsempal) emitiu uma nota contra os reajustes salariais de prefeito, vice-prefeito, secretários, vereadores e cargos comissionados. A medida foi aprovada pela Câmara Municipal na legislatura anterior.

“Comunicamos que o nosso jurídico já está tomando todas as providências jurídicas com o objetivo de mudar essa aprovação dos vereadores no apagar das luzes do ano de 2020”, declarou o presidente do Sinsempal, José Lúcio Passos da Silva.

Leia a nota na íntegra:

O SINSEMPAL SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA DOS PALMARES, na qualidade de órgão classista representante dos funcionários públicos de Palmares, vem a público repudiar a atitude da Câmara de Vereadores, na legislatura próxima passada, que aprovou um reajuste salarial para os cargos de vereador, presidente da Câmara, Prefeito, Vice-Prefeito, e todos os secretários municipais, utilizando elevados percentuais, muito acima dos índices inflocionários vigentes, o que deverá provocar um grande impacto nos gastos com pessoal na administração deste Munícipio, na contramão da crise econômica pela qual passa o nosso país.

É cediço por todos que estamos vivenciando uma conjuntura de limitação do teto de gastos públicos desde a aprovação da Emenda Constitucional n° 95/2016, que estipulou o prazo de 20 anos para tal limitação.

Fora isso, temos a conjuntura econômica municipal, esta deve ser observada com maior rigor pois as despesas de pessoal, por si, já provocam grande impacto em virtude dos parcos recursos oriundos de receitas próprias do Município dos Palmares, havendo a necessidade de aportes vultosos para complementar a folha de pagamentos dos aposentados e pensionistas do FUNPREV, a utilização do percentual máximo de recursos oriundos do FUNDEB e demais programas governamentais que fomentam a folha de pagamentos dos servidores públicos, além da necessidade de contratação de pessoal para todas as esferas do Poder Público Municipal.

Tudo isso, sem o citado e infeliz reajuste dos salários dos mandatários, provoca um grande impacto na folha de pagamentos e, por conseguinte, deixa o Município na linha limítrofe do índice estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

É inadmissível que em pleno momento pandêmico, com grande impacto na economia, onde as atenções do Poder Público deveriam estar voltadas às medidas sanitárias garantidoras do bem estar social de seus cidadãos, e ainda, no momento em que servidores públicos não obtiveram sequer a aplicação dos índices inflacionários como forma de reajuste, ainda que ínfimo, que os detentores de mandatos eletivos que representam o povo palmarense, tenham tomado uma atitude de tamanho impacto sem que a população e a sociedade civil organizada tivessem conhecimento e pudessem debater o assunto com maior lisura e transparência. Fato lamentável,Senhoras e Senhores. Fato lamentável.

Diante do exposto acima, não há outra atitude a ser tomada que não seja o nosso total e irrestrito REPÚDIO ao nefasto e desnecessário aumento dos salários e verbas de representação dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários e demais cargos comissionados.

Por fim, informamos que estamos não apenas emitindo a presente nota de repúdio, mas também enviando para os órgãos de controle, Ministério Público de Pernambuco e Tribunal de Contas de Pernambuco, para as devidas providências jurídicas cabíveis,

 

Palmares, 11 de janeiro de 2021

José Lúcio Passos da Silva
Presidente do Sinsempal


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

15/01


2021

Secretário de Educação de Pesqueira aponta dívida de R$ 12 mi

O novo secretário de Educação de Pesqueira, Thiago Torres, afirma que recebeu a pasta com uma dívida superior a R$ 12 milhões. Ele disponibilizou uma planilha que traz um débito de R$ 12.476.454,51, que inclui pendências com salários, fornecedores, INSS e empréstimos. Ainda segundo o levantamento, há R$ 88.036,91 em caixa para lidar com essas dívidas.

Em uma live realizada, ontem, Torres também informou que teve dificuldades na transição e que encontrou uma “terra arrasada”. “No primeiro dia, quando a gente chegou na sede da Secretaria de Educação, acabou encontrando um cenário de terra arrasada. Não só na sede, mas em muitas de nossas escolas”, declarou. Ele expôs imagens da Secretaria que atestam deterioração do prédio. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/01


2021

“Vacina que virá da Índia vai atrasar”, afirma Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, hoje, que vai atrasar até três dias a saída do Brasil do avião da companhia aérea Azul destacado para buscar na Índia 2 milhões de doses adquiridas do laboratório indiano Serum.

A partida do avião estava programada para as 23h desta sexta-feira, de Recife. A aeronave deixou o aeroporto de Viracopos, em Campinas, no final tarde desta quinta e chegou à noite à capital pernambucana, de onde deve rumar para Mumbai, na Índia. O avião é o maior da Azul Linhas Aéreas e está equipado com contêineres para acondicionar os imunizantes.

Em entrevista à TV Bandeirantes, Bolsonaro falou em "pressões políticas" na Índia que, segundo ele, retardaram a partida do avião brasileiro.

"Foi tudo acertado para disponibilizar 2 milhões de doses. Só que hoje, neste exato momento, está começando a vacinação na Índia. É um país com 1,3 bilhão de habitantes. Então, resolveu-se – aí não foi decisão nossa – atrasar um ou dois dias, até que o povo comece a ser vacinado lá. Lá também tem as pressões políticas de um lado e de outro. Isso daí, no meu entender, daqui a dois, três dias, no máximo, nosso avião vai partir e vai trazer esses 2 milhões de vacinas para cá", declarou Bolsonaro.

As 2 milhões de doses foram importadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A vacina foi desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca.

"Que fique claro: somos 210 milhões de habitantes, e 2 milhões de doses equivalem a 1%. É muito pouco e não tem disponibilizado no mercado. Vamos procurar fazer, como está sendo muito bem tratado pelo [ministro da Saúde, Eduardo] Pazuello junto ao Butantan, nós fazermos nossa vacina aqui", disse Bolsonaro.

A programação do voo prevê que, depois de receber a carga com as doses da vacina, o avião seguirá para Lisboa, em Portugal. No Brasil, o pouso, no retorno, está previsto para o Aeroporto Internacional do Galeão (RJ).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

15/01


2021

Vereadoras pedem adiamento do ENEM

Vereadoras de várias cidades do Brasil realizaram, hoje, uma ação simultânea em seus municípios pedindo providências aos prefeitos das capitais e cidades médias pelo adiamento das etapas presenciais do ENEM até que sejam garantidas condições sanitárias adequadas e seguras para não alavancar o contágio pelo novo coronavírus.

A iniciativa se soma a uma campanha nacional que une jovens estudantes, profissionais da educação, trabalhadores de saúde, artistas e intelectuais pelo adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio 2020, que está previsto para acontecer nos próximos domingos (17/01 e 24/01). Integram a ação parlamentares de partidos da oposição ao governo federal, do PT e do PSOL.

No Recife, a iniciativa contou com a participação da vereadora Liana Cirne (PT), que protocolou ofício à Prefeitura do Recife, hoje, ao meio-dia. “Essa ação, simultânea, tem como principal objetivo chamar as administrações municipais a assumir as suas responsabilidades em relação ao combate e prevenção à pandemia da Covid-19”, destacou. Além da Capital Pernambucana, participaram das ações representantes dos Legislativos municipais de Salvador, São Paulo, Belo Horizonte, Uberlândia, Aracaju, Fortaleza e Florianópolis.

No último dia 12 de janeiro, o Ministério da Educação, ignorando as evidentes altas em novos casos e de hospitalizações em todo país, confirmou a realização da etapa presencial do ENEM, contrariando as recomendações das autoridades de saúde em níveis internacionais. O mais recente Boletim Epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde coloca o Brasil em terceiro lugar entre os países com o maior número de casos acumulados.

Segundo as vereanças, é competência das Prefeituras Municipais suspender a aplicação do exame em seus territórios, com base no julgamento da ADI 6341, pelo Supremo Tribunal Federal, que reconheceu a competência concorrente de prefeituras e governos estaduais para a adoção de medidas de enfrentamento do novo Coronavírus. O Município de Parintins (AM), por exemplo, acatou decisão do Ministério Público e Defensoria Pública do estado pela suspensão da aplicação presencial do exame.

A Iniciativa reuniu as seguintes vereanças:

1- Maria Marighella (PT) - Vereadora de Salvador

2- Erika Hilton (PSOL) - Vereadora de São Paulo

3- Liana Cirne (PT) - Vereadora do Recife

4- Macaé Evaristo (PT), 5- Bella Gonçalves, 6- Iza Lourença, 7- Cida Falabella (PSOL) - Vereadoras e co-vereadora de Belo Horizonte

8- Dandara Tonantzin (PT) - Vereadora de Uberlândia

9- Linda Brasil (PSOL) - Vereadora de Aracaju

10- Thaís Ferreira, 11- Monica Benicio (PSOL) e 12- Tainá de Paula (PT) - Vereadoras do Rio de Janeiro

13- Adriana Vieira, Louise Santana e Lila Salu (PSOL) - Co-Vereadoras da Mandata Coletiva Nossa Cara, de Fortaleza

14- Marquito (PSOL) - Vereador de Florianópolis


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Só tem vereador Direitopatas, amigo do Bozo Genocida Miliciano.

Rafael C.Soares Quintas

Só tem vereador esquerdopata, amigo do Lulaladrão.

Rafael C.Soares Quintas

Ninguém pediu o adiamento das eleições, depois de eleitos, com a mamata garantida, aí pedem o adiamento do Enem, é muita contradição e hipocrisia, uma nojeira.



15/01


2021

Cacique perde o comando do PTB em Pesqueira

Na tarde de hoje, o presidente estadual do PTB, Coronel Meira, confirmou que o partido em Pesqueira será comandado pelo médico e ex-vereador Dr. Marco André Genú e pela vereadora Rochevânia Rocha, bem como, o partido agora adotará uma nova postura, pois “as mulheres e os homens de Pesqueira não admitem o que está acontecendo com está cidade” disse Meira.

Com essa revira volta no cenário político de Pesqueira, o sobrinho do Cacique e atual secretário de Governo e Turismo do Município de Pesqueira, Guilherme Araújo, perderá o comando do PTB em Pesqueira e assim ficará fora das supostas conjunturas políticas para compor chapa majoritária na eventualidade do TSE determinar eleições suplementares em Pesqueira.

Dr. Marco André é médico e ex-vereador de Pesqueira, sua família tem tradição na política local como por exemplo seu pai Dr. Zé Antônio Genú e seu tio Dr. João Genú que são ex-vereadores. Essa mudança no comando do PTB reforça o campo da oposição ao grupo do Cacique Marquinhos em Pesqueira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

15/01


2021

Araripina divulga plano de vacinação e determina lei seca

Com o aumento alarmante no número de casos, o município de Araripina, no Sertão de Pernambuco, divulgou, hoje, novas medidas restritivas para tentar conter o avanço do novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo prefeito, Raimundo Pimentel, em coletiva com a imprensa na Prefeitura. O decreto é válido a partir do meio-dia de amanhã e vai até 1º de fevereiro.

Entre as medidas está a proibição da comercialização de bebidas alcoólicas em todo e qualquer tipo de estabelecimento comercial do município. O estabelecimento deverá adotar medidas para bloquear o acesso do público às prateleiras, geladeiras e freezers que contenham este tipo de bebida.

O decreto também estabelece o toque de recolher das 22h às 5h, com restrição de locomoção noturna durante o período de validade do decreto, com exceção aos serviços de entrega (delivery).

VACINAÇÃO – Estas medidas já haviam sido adotadas e apresentaram excelentes resultados na diminuição do número de casos e mortes. Por isto, serão repetidas para conter os casos no período de preparação do município para o início da campanha de vacinação.

O prefeito Raimundo Pimentel falou também que o município está preparado do ponto de vista da logística e estruturação da Secretaria Municipal de Saúde e que aguarda a liberação da Anvisa e o envio das vacinas que será feito pelo Governo do Estado. A previsão dada pela Secretaria Estadual de Saúde é que a vacinação inicie na próxima semana.

Na primeira fase serão vacinados todos os trabalhadores do sistema de saúde e os idosos acima de 80 anos e, em seguida, de 75 a 79 anos. Para o púbico idoso será oferecido o serviço de vacinação em domicílio. A segunda fase da vacinação contempla as pessoas com idade entre 70 e 74; 65 e 69 e 60 e 64 anos. Em seguida, na terceira fase, as pessoas com comorbidades atestadas. A vacina será aplicada em duas doses com intervalo de 30 dias entre as doses.

Todos os postos de saúde de Araripina e o Centro de Saúde terão vacinas à disposição do público de cada fase. Além disto serão montados três Centros de Vacinação: na Praça da Igreja, na AEDA e na Academia da Saúde - no Alto da Boa Vista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/01


2021

As duas vertentes do Sertão no Frente a Frente

No Frente a Frente de hoje, das 18h às 19h, duas entrevistas imperdíveis, com faces antagônicas: José de Arimatéia, pajeuzeiro que foi eleito vice-prefeito do Cabo de Santo Agostinho e o poeta e escritor Ademar Rafael, juntamente com o cantor Agenor Gonçalves. Juntos, Ademar e Agenor falam da música em homenagem ao cantor Elomar, de Vitória da Conquista, composta por Ademar. Agenor é o intérprete da música.

No Recife, o programa é transmitido pela Hits 103,1 FM, emissora que encabeça a Rede Nordeste de Rádio. Se você deseja ouvir pela Internet, duas opções: navegando pelo blog clique no botão Rádio ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na Play Store.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha