Lavareda

25/11


2020

João é desafiado a não convidar o PT para o mandato

O candidato a vereador pelo PSC Osvaldo Neto, que obteve 1.300 votos, mas não emplacou um mandato na Câmara dos Vereadores, fez um desafio ao candidato do PSB à Prefeitura do Recife, João Campos, caso o mesmo seja eleito no próximo domingo. Por criticar tanto o PT e suas gestões, Osvaldo desafia João a não convidar o partido a compor nenhuma de suas secretarias.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

25/11


2020

João recua e desiste de novos ataques à Marília no guia

Antes que o caso chegasse ao pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, o candidato a prefeito do Recife João Campos (PSB) recuou e anunciou a desistência de veicular novas inserções com ataques contra a adversária, Marília Arraes (PT). A coligação Frente Popular, o prefeito Geraldo Julio e o postulante socialista comunicaram a medida ao desembargador eleitoral Edilson Nobre, que é o relator do mandado de segurança impetrado pela defesa do prefeiturável.

Tudo isso se refere às peças acusatórias que questionavam a fé da postulante do PT, chegando a insinuar que ela era contra a Bíblia e que ela queria acabar com o Prouni. João foi ao TRE-PE para manter as inserções no ar, mas desistiu da ideia.

“A coligação Frente Popular do Recife (MDB / Rede/ PCdoB / Solidariedade / Pros / PV / Avante / Republicanos / PP / PDT / PSD / PSB), Joao Henrique de Andrade Lima Campos e Geraldo Julio de Melo Filho, já devidamente qualificados nos autos do mandado de segurança de número acima epigrafado, impetrado pela Coligação Recife da Gente (PT, PSOL, PTC e PMB), também já qualificada, por intermédio de seus advogados ao final assinados, constituídos nos termos do instrumento de procuração ora acostado aos autos, vêm à presença de V. Exa. apresentar requerer a desistência do presente mandado de segurança”, informou a defesa de João à Justiça.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

25/11


2020

Diego Maradona morre aos 60 anos

Maior jogador da história do futebol argentino, Diego Armando Maradona morreu, hoje, aos 60 anos.

Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino "Clarín".

O ex-jogador sofreu uma delicada cirurgia no cérebro no começo do mês e recebeu alta oito dias depois.

Campeão mundial na Copa de 1986, quando ficou eternizado pelos gols que marcou contra a seleção da Inglaterra, o craque argentino passou recentemente por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro.

O médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

25/11


2020

Médicos que atuaram contra Covid apontam calote de R$ 1 mi da PCR

EXCLUSIVO

Cento e quarenta e quatro médicos e fisioterapeutas que trabalharam na linha de frente na pandemia da Covid-19 na capital pernambucana reclamam de calote de cerca de R$ 1 milhão da Prefeitura do Recife nos pagamentos do serviços prestados durante o período do isolamento social. Os profissionais de saúde trabalharam no Hospital Provisório 3, na Imbiribeira, Zona Sul da cidade, e esperam estão há mais de 90 dias aguardando a quitação de dois meses de serviços prestados, sem justificativa por parte da gestão municipal.

O débito se refere aos meses de agosto e setembro. Na última segunda-feira (23), o grupo tinha uma reunião agendada com o secretário municipal de Saúde, Jailson Correia, mas o gestor não compareceu ao encontro nem enviou representantes. "Uma comissão de cinco médicos e dois advogados chegou ao local marcado, às 14h. Esperamos até as 16h e estávamos indo embora. Até agora, o caso está sem solução", explica o advogado Nelson Pimentel, que representa os profissionais.

Estes profissionais de saúde de fisioterapia, infectologia e plantonistas assinaram contrato com a Humanize, uma empresa terceirizada que foi contratada pela Prefeitura do Recife para a prestação de serviço na pandemia. "Todo o serviço foi prestado, todos os médicos prestaram atendimentos", prossegue Pimentel.

Assim como a gestão municipal, a Humanize também não apresenta justificativa ao grupo. A empresa foi alvo de busca e apreensão em pelo menos uma das seis operações da Polícia Federal para investigar possíveis irregularidades e fraudes nos gastos do município na pandemia.

Ainda de acordo com o advogado Nelson Pimentel, não existe qualquer impeditivo para que a Prefeitura do Recife quite a dívida. "A Humanize está com problemas com os órgãos fiscalizadores, mas isso não impede a Prefeitura de fazer uma carta e pagar os terceirizados diretamente", detalha.

Sobre o HPR3 - O Hospital Provisório Recife 3 foi o sétimo a ser construído pela Prefeitura para receber pacientes diagnosticados com a Covid-19. A unidade de saúde foi entregue no último dia 05 de maio e começou a ser desativada em setembro. Os recursos destinados para a obra, bem como para o pagamento de salários de profissionais, haviam sido repassados pelo Governo Federal, da ordem inicial de R$ 157 milhões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/11


2020

Michele Collins pode ser multada se mentir sobre Marília

Por decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), a vereadora Michele Collins está proibida de mentir ao acusar sem provas que Marília Arraes teria furtado uma bíblia na Câmara de Vereadores. 

Diante da gravidade da informação, o TRE-PE decidiu que Michele Collins seja impedida de fazer qualquer tipo de acusação contra Marília, e caso isto volte a ocorrer, que seja aplicada multa de R$ 100 mil pelo descumprimento da decisão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Liane Souza Souto Maior

Essa é outra sem nenhuma credibilidade, ambas farinha do mesmo saco. Não valem uma nota de R$ 300,00 que nem existe.


Banco de Alimentos

25/11


2020

Prefeitura de Granito antecipa 13º de servidores

A Prefeitura de Granito, no Sertão do Araripe, pagou de forma integral o 13º dos servidores, ontem. A antecipação do salário repercutiu de forma positiva nas redes sociais e entre moradores da cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/11


2020

Estado posterga lockdown por causa da eleição

EXCLUSIVO

O Ministério Público Federal (MPF) determinou a abertura de inquérito para investigar o governo Paulo Câmara (PSB) pelo número de leitos da covid-19 ocupados. Informações de bastidores, sob reserva, circulam que o Governo do Estado estaria supostamente postergando um novo "lockdown" para ajudar na campanha de João Campos (PSB) no Recife. Matérias no Jornal do Commercio vem informando que tem aumentado o percentual de leitos de UTIs com respiradores ocupados por pacientes. Para ajudar na campanha do PSB no Recife, segundo algumas fontes sob reserva, a Secretaria Estadual de Saúde não estaria sendo transparente na divulgação destes dados de leitos ocupados. 

Caso o percentual de leitos de UTIs ocupados passem de determinado percentual, os protocolos recomendam o "lockdown". 

O objeto do novo inquérito é "apurar se o governo do Estado de Pernambuco vem assegurando a transparência da regulação dos leitos de UTI destinados ao tratamento da Covid-19, tanto públicos quanto privados, bem como da taxa de ocupação e do uso de ventiladores pulmonares". A decisão de abrir o inquérito foi tomada pelo MPF em 19 de novembro, já após o primeiro turno da eleição do Recife. 

A decisão foi da procuradora da República Mona Lisa Ismail. A procuradora disse que quer "assegurar o cumprimento do dever constitucional de publicidade, pela Administração Pública, especificamente relacionado à transparência da gestão do sistema de saúde na pandemia de COVID-19". A gestão do PSB supostamente não estaria cumprindo este "dever" por "pressão" do núcleo da campanha no Recife. 

Apesar do TRE de Pernambuco ter proibido aglomerações, por resolução do pleno do órgão, diariamente circulam vídeos nas redes sociais da campanha do PSB descumprindo afrontosamente a determinação do TRE.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Liane Souza Souto Maior

A campanha de Marília Arraes também está causando aglomeração, inclusive com abraços aos eleitores. Ela está correta?



25/11


2020

China se cansou de ataques de Eduardo

A nota divulgada ontem pela embaixada da China no Brasil indica, segundo assessores presidenciais, que o governo chinês cansou de apanhar do filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). A avaliação é que a China decidiu elevar o tom de suas reclamações.

O filho do presidente, em mensagem publicada nas redes sociais na segunda-feira (23), lembrou que o Brasil aderiu à iniciativa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de lançar a chamada Clean Network, articulada por Trump com outros países para tentar vetar a entrada da empresa chinesa Huawei em outros mercados com serviços de tecnologia 5G. O deputado citou inclusive que a iniciativa visava banir a espionagem chinesa. Essa não foi a primeira vez que Eduardo atacou a China publicamente.

A nota da China, divulgado na terça-feira (24), contém um tom de ameaça ao governo brasileiro, de que esse tipo de comportamento pode gerar "consequências negativas" na relação histórica entre Brasil e China.

A embaixada reclamou do que considerou acusações de Eduardo são "infundadas" e "solapam" a relação entre os dois países. Eduardo preside a Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

Em conversa com o blog do Valdo Cruz, não só assessores presidenciais como investidores que têm negócios com a China lembraram que a embaixada no Brasil não divulgaria uma nota naquele teor sem avisar o governo chinês. Ou seja, a avaliação é que Pequim foi informada e autorizou a nota num tom mais duro.

Outra ala do governo Bolsonaro reclamou da decisão da embaixada da China de tornar públicas suas críticas e ameaças ao governo brasileiro. Para assessores do presidente, a embaixada deveria ter optado apenas pelo caminho diplomático e fazer suas queixas diretamente ao Itamaraty e ao Palácio do Planalto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

marcos Lolita mamador de piroca de camaragibe faz um comentário depois mente, esse cara só sabe queimar a rosca.

marcos

Esse comentário abaixo não é de meu. Marcos de Câmaragibe. Agora por que os Chineses não se retiram do Brasil? ..... Xô Comunas Genocidas.

marcos

Se não bastasse o Presidente, falando idiotice o tempo todo, ainda temos que ver esses MOLEQUES desses filhos. Eduardo Bananinha fica o tempo todo escrachando com nossos parceiros comerciais, esses VAGABUNDOS precisam ter limites urgentes. Mas nosso querido Gilmar Mendes, liberou esse outro canalha de uma investigação desse mesmo nível.



25/11


2020

Morre ex-governador de Sergipe João Alves Filho

Morreu, no fim da noite de ontem, o ex-governador de Sergipe João Alves Filho, aos 79 anos. Ele estava internado em estado grave desde a semana passada no Hospital Sírio Libanês, em Brasília, após sofrer uma parada cardíaca em casa no dia 18. A informação foi confirmada pela família.

João Alves recebeu os primeiros atendimentos ainda no apartamento, onde morava com a esposa e senadora Maria do Carmo Alves (DEM), e já recebia cuidados intensivos, por estar com um quadro avançado de Alzheimer. No sábado, ele foi diagnosticado com Covid-19. Em seguida, a família disse que o quadro de saúde era "clinicamente irreversível", e que ele estava com as funções renais paralisadas e sedado, respirando com ajuda de aparelhos.

O corpo do político será cremado no Cemitério Jardim Metropolitano, em Valparaíso de Goiás, a 40 minutos de Brasília. Além da esposa, ele deixa três filhos e quatro netos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha