Lavareda

25/11


2020

Coluna da quinta-feira

Ibope errou até na boca de urna

Se os resultados do Ibope estão corretos, sendo confirmados amanhã pelo DataFolha, pode estar ocorrendo um fenômeno na eleição do Recife de segundo turno na reta final: a virada: Marília caindo de 45% para 41% enquanto João subindo de 39% para 43%, mesmo dentro da margem de erro. O levantamento aponta uma clara indicação de que o eleitorado sofreu forte impacto da campanha agressiva de João em contraste com a defensiva, quase passividade, da Marília.

Antes de qualquer consideração mais profunda é bom refrescar a memória dos eleitores do Recife: no primeiro turno, o Ibope cometeu os mais absurdos erros da sua história, que se repetiram na pesquisa boca de urna. Só em relação a Mendonça Filho, o mais prejudicado, o resultado merecia uma investigação. Deu uma diferença de 16 pontos de João para o democrata. Quando as urnas se abriram, a diferença real foi de apenas 4 pontos, um erro grosseiro de 12 pontos. Por isso, dá para desconfiar.

De qualquer forma, Marília tem que se ligar: candidatos que lamentam nas vésperas das eleições, sem antes ter ido à luta com determinação, estão condenados a vestirem seu próprio luto. Jamais se viu uma campanha tão pesada e violenta como a que está em curso por João Campos, mas Marília não aproveitou em nenhum momento as brechas abertas.

Tem sido muitas as vozes tentando convencê-la a apresentar legítima defesa, mas prefere acompanhar a visão de que o povo não quer agressões. Uma coisa é ser agredida e não reagir, outra deixar de sinalizar uma revolta de forma veemente contra os ataques. Ela teria que ter partido para cima do agressor como reação natural pelo que está sofrendo.

Escrevi, logo após o debate na TV-Jornal, que Marília perdeu a oportunidade de nocautear João, quando entrou em discussão a temática da corrupção, mas preferiu optar pela mais pura civilidade que, na verdade, aparenta medo e fragilidade para o eleitor. O resultado de hoje do DataFolha, que virá mais tarde, confirmará ou não se houve essa virada apontada pelo Ibope, instituto candidato ao troféu do horror na pesquisa de boca de urna no primeiro turno.

Em todo caso, praticamente todas as pessoas experientes em campanhas acirradas concordam que o posicionamento de Marília está errado. Ela não pode ficar passiva, enquanto João pratica as maiores barbaridades. Mesmo não sendo algo científico, senti em 100% dos eleitores de Marília com quem tenho conversado uma imensa frustração por esse comportamento. Segundo apurei, o tracking (pesquisa diária) da campanha de Marília está dando 10% de vantagem para ela.

Esperamos estarmos todos errados e Marília com seus marqueteiros se revelem certos no próximo domingo. Isso, entretanto, só o futuro dirá. O que posso adiantar, se esses números vierem a ser confirmados pelo Datafolha, é que a liberdade de eleições permite ao candidato a escolha do molho com o qual será devorado. Se Marília não reagir, o molho será amargo.

Ainda dá tempo de Marília concentrar suas últimas inserções no rádio e na televisão para provar quem é João, junto com gangues que estão promovendo essas ondas bárbaras da violência. Afinal, ela está pondo sua vitória em risco e não pode ficar vítima de equívocos mortais.

Próximas – Depois do Ibope, hoje tem Datafolha, que traz um universo bem mais amplo de eleitores pesquisados, trazendo também a disputa no Recife entre os primos João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT). Já amanhã, o levantamento é assinado pelo Big Data, com exclusividade para o site da CNN Brasil. No próximo, véspera da eleição, tem novamente Ibope/Rede Globo/JC, Datafolha e Ipespe. E no próprio domingo a última sondagem ao eleitorado, desta feita pelo Ibope.

Calote – Cento e quarenta e quatro médicos e fisioterapeutas que trabalharam na linha de frente na pandemia da Covid-19 no Recife reclamam de calote de cerca de R$ 1 milhão da Prefeitura nos pagamentos dos serviços prestados durante o período do isolamento social. Os profissionais de saúde trabalharam no Hospital Provisório 3, na Imbiribeira, estão há mais de 90 dias aguardando a quitação de dois meses de serviços prestados, sem justificativa por parte da gestão municipal.

Secretário fujão – O débito se refere aos meses de agosto e setembro. Na última segunda-feira, o grupo tinha uma reunião agendada com o secretário de Saúde, Jailson Correia, mas o gestor não compareceu ao encontro nem enviou representantes. "Uma comissão de cinco médicos e dois advogados chegou ao local marcado, às 14h. Esperamos até as 16h e estávamos indo embora. Até agora, o caso está sem solução", explica o advogado Nelson Pimentel, que representa os profissionais.

Operação no DER – Ex-servidores do Departamento de Estradas e Rodagens do Estado de Pernambuco (DER-PE) foram alvo de dois mandados de busca e apreensão de bens, ontem, quando a Polícia Federal (PF) deflagrou a 3ª fase da Operação Outline. A ação policial investiga o desvio de recursos de obras geridas pelo órgão, como a requalificação da BR-101, além de outros crimes, como peculato, corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

CURTAS

ATÉ LANCHA – De acordo com a PF, os mandados cumpridos resultaram na apreensão de um veículo GM Trailblazer, avaliado em R$ 190 mil, e uma lancha avaliada em R$ 270 mil, e são cumpridos no Recife e em Paulista, na Região Metropolitana. A 13ª Vara da Justiça Federal também determinou o sequestro de apartamentos na capital pernambucana e em Gravatá, além de joias e relógios de alto valor (um deles avaliado em mais de R$ 200 mil), assim como o bloqueio de contas bancárias.

RODA VIVA – O Roda Viva da próxima segunda-feira é com o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, reeleito no primeiro turno. Apresentado por Vera Magalhães, o programa vai ao ar, ao vivo, a partir das 22h, na TV Cultura. Com 63% de votos, Kalil garante mais quatro anos de mandato e confirma a aprovação do eleitorado, atribuída a algumas marcas de sua gestão. Entre elas, o enxugamento da máquina administrativa do município e a melhoria em áreas como saúde, educação e transporte.

Perguntar não ofende: Se o Datafolha trouxer, hoje, números bem diferentes no Recife como ficará a imagem do Ibope?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

As pesquisas quando são favoráveis a candidata do Partido da Trambicagem, o Blog é elogio só. Quando o contrário, passa a ser mentira. O desespero e essa defesa do partido que roubou descaradamente e tem toda sua cúpula condenada pela justiça por corrupção é vergonhoso. Seu Blog que levou tanto tempo para ser um Blog sério, independente e acreditado, acabou. Nas conversas só serve de chacota. Lamento. Mesmo com alguns petralhas sem educação e somente gritando palavras de ordem, era bom contestar ou elogiar as matérias publicadas. Dia 29 está chegando para não deixarmos o PT fazer do Recife sua base política. O Recife não esquece a gestão nefasta que foi a do João Paulo e João da Costa quando prefeito. Acabou o Cartão Postal da Av. Boa Viagem retirando da calçada as históricas pedras portuguesas. Acabou o histórico Marco Zero com seus bancos e aconchegante arborização. A Conde da Boa Vista gastando milhões sem nenhum sentido prático. A herança petista foi um desastre total. Que Deus ilumine os recifenses.

marcos

Lula foi o maior perdedor das eleições 2020, não elegeu nenhum prefeito. O Carniça tá morto na parada.

marcos

Hoje o bom dia especial vai para o Víado gordo e careca do Cabo de Santo Agostinho Nehemias Fernanda Jaques vulgo Gretchen. Pense numa Bunda grande.

marcos

Bom dia povo de Deus, só lembrando que Lula o ladrão quebrou o Brasil, saqueou a Petrobras, deixou 13 milhões de pessoas desempregadas e roubou pra caramba. Amém

MARCOS MORAIS

Magno o mais interessante é que você não fez essa análise quando na primeira pesquisa do segundo turno o IBOPE deu vantagem a sua candidata Marília Arraes?? Isso é que é jornalismo sério e isento viu. Kkkkkk


ALEPE

25/11


2020

Secretário de Geraldo usa máquina em favor de João

Até o secretário de Segurança Urbana, Murilo Cavalcanti, aquele mesmo que gravou um vídeo defendendo a descriminalização do uso da maconha, está usando de forma escancarada a estrutura da sua pasta para fazer campanha em favor de João Campos, candidato do PSB e da máquina.

Nesse print de um grupo criado por ele para colocar os comissionados na campanha, ele diz: "Pessoal, quem puder ajudar na campanha fora do horário de trabalho ajude. Temos que ampliar a rede Compaz. Marília é contra. João tem o compromisso de ampliar”.

Que vergonha! Isso é crime de improbidade administrativa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Magno, crime é rachadinha. Fazer campanha fora do expediente não. Vc fazer do seu Blog um comitê do PT, desse partido que institucionalizou a corrupção. Que tem como chefe de uma Organização Criminosa o Lula ladrão e aparece abraçado a candidata que vc defende com unhas e dentes, isso sim é vergonhoso. As pesquisas quando são favoráveis a candidata do Partido da Trambicagem, o Blog é elogio só. Quando o contrário, passa a ser mentira. O desespero e essa defesa do partido que roubou descaradamente e tem toda sua cúpula condenada pela justiça por corrupção é vergonhoso. Seu Blog que levou tanto tempo para ser um Blog sério, independente e acreditado, acabou. Nas conversas só serve de chacota. Lamento. Mesmo com alguns petralhas sem educação e somente gritando palavras de ordem, era bom contestar ou elogiar as matérias publicadas. Dia 29 está chegando para não deixarmos o PT fazer do Recife sua base política. O Recife não esquece a gestão nefasta que foi a do João Paulo e João da Costa quando prefeito. Acabou o Cartão Postal da Av. Boa Viagem retirando da calçada as históricas pedras portuguesas. Acabou o histórico Marco Zero com seus bancos e aconchegante arborização. A Conde da Boa Vista gastando milhões sem nenhum sentido prático. A herança petista foi um desastre total. Que Deus ilumine os recifenses.


O Jornal do Poder

25/11


2020

Ibope errou feio no primeiro turno do Recife

A nova rodada da pesquisa Ibope/XT Olinda divulgada, hoje, traz uma troca de posição quanto à liderança na corrida eleitoral pela Prefeitura do Recife: João Campos (PSB) aparece com 43% dos votos, enquanto Marília Arraes (PT) tem 41%. Quando comparado ao levantamento anterior, publicado na quarta-feira passada (18), o postulante socialista cresceu quatro pontos (antes tinha 39%) e a prefeiturável petista foi na direção contrária, descendo quatro pontos (anteriormente surgiu com 45%).

Chama atenção o baixíssimo número de indecisos: apenas 2%, o que é objeto de estranhamento por parte de analistas de pesquisa. Outro dado deste novo levantamento Ibope que salta aos olhos é que João deu um pulo gigantesco de 30 pontos entre os eleitores da Delegada Patrícia (Podemos), uma das maiores opositoras ao PSB: cresceu de 17% para 47%. Enquanto isso, o Ibope diz que Marília caiu de 36% para 17% entre os que votaram na delegada.

O Ibope se empolgou tanto que nem sequer divulgou a posição do eleitorado de Mendonça Filho (DEM) em relação à Marília Arraes. Só trouxe um possível crescimento de João de dez pontos entre os que votaram no ex-ministro da Educação, outro opositor ferrenho ao grupo socialista: subiu de 33% para 43%.

Até na espontânea, João passou a ser mencionado mais do que Marília Arraes, mesmo com o candidato socialista expondo a adversária o tempo todo: ele saiu de 37% para 40% e a petista foi de 41% para 38%. Sobre os evangélicos, segmento em que a Frente Popular despejou fake news, chegando à baixeza de espalhar que Marília era contra a Bíblia e Deus, só há dados sobre João, afirmando que ele se destaca nesse grupo (49%).

Pelo Ibope de agora, Marília despencou até no eleitorado com ensino superior, onde sempre dominou: diminuiu de 49% para 40%. Foi este mesmo instituto o que mais errou no primeiro turno: deu uma vantagem de 13 pontos de João em relação à Marília (39% x 26% dos votos válidos). Quando o resultado das urnas veio, Marília teve 27,90% e João dez pontos a menos do que o Ibope apontou (29,13%). Ao final, foi uma diferença menor que 10 mil votos.

Mendonça também foi bastante prejudicado pelo instituto de pesquisa: aparecia com 18% dos votos válidos e o resultado mostrou que na verdade ele teve mais de 25%. Sete pontos de diferença, muito acima da margem de erro de três pontos pregada pelo Ibope, que também foi alvo de contendas judiciais em outros estados, como o Rio de Janeiro, por simplesmente falhar em questionários.

Com todo esse histórico de erros, o Ibope fica em xeque perante a população.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Kelson Menezes da silva

Bom dia a todos os lados , venho com muita amargura vê um jornalista como magno Martins tomar lado é vergonhoso , jogo sujo que vença as urnas ridículo um cara com tanta credibilidade no meio politico , isso deve ser revolta por não ter eleito a esposa ou uma troca de favores, deixe a população decidir tira tua irá do psb deixa a população afasta teu dedo sujo do caminho , vai ter que da 13 ou 40 não vai ser a minha ou a sua vontade e sim a do povo recifense respeite as ideias alheias , passar bem

joao carlos da silva

Uma pena, um.jornalista tão conceituado jogando fora toda a sua credibilidade tentando eleger um partido de marginais. Sua coluna Magno, da nojo, militância barata, desprezível. Aceita que doi menos, acabou a eleição pra tua candidata a professorinha de rachadinha kkkk

Fabiano

Faço minhas as palavras de Marcos Morais. Magno virou marionete de Marília Kkk . Credibilidade zero, vergonha alheia.

MARCOS MORAIS

Esse Magno Martins realmente perdeu totalmente o senso do que é ser um jornalista, a sua parcialidade é tamanha que o seu blog parece mais um panfleto da campanha de Marília Arraes. Perdeu totalmente a credibilidade. Sua parcialidade está tão grande que a justiça eleitoral deveria tomar alguma providência pq o que se faz aqui não é jornalismo e sim propaganda eleitoral.

Wellington Antunes

Pega o beco bozolóide, tu só sabe perder.


Abreu no Zap

25/11


2020

João é proibido de veicular caso arquivado pelo MP

O juiz da 1ª Zona Eleitoral de Recife deferiu, há pouco, medida nos Processos n. 0600151-33.2020.6.17.0001; 0600150-48.2020.6.17.0001; e 0600149-63.2020.6.17.0001, para impedir que o candidato do PSB à Prefeitura do Recife, João Campos, veicule no seu guia eleitoral e nas suas inserções fatos que tentem imputar à candidata do PT, Marília Arraes, práticas de improbidade administrativa.

Disse o magistrado que os fatos fazem menção a processo que foi julgado e arquivado pelo Ministério Público e pelo Poder Judiciário. De acordo com o Juiz Eleitoral, “foi exclusivamente com base nesta ação de duvidosa viabilidade jurídica, vez que fundada em fatos já rechaçados no juízo criminal, que a parte Representada, sem fazer menção ao arquivamento da ação penal, veiculou nas inserções, de modo a incutir nos destinatários uma verdade sobre fatos não positivados no plano criminal, imputando à candidata representante responsabilidade por ilicitude cuja ocorrência e materialidade revelaram-se duvidosas, colocando-a como criminosa e improba, denegrindo a sua imagem perante a população e o eleitorado”.

“A publicação, para além de explorar situação fática de duvidosa veracidade, omitindo o insucesso da demanda criminal ajuizada pelos mesmos fundamentos, apresenta nítido viés eleitoral negativo, com tons de desinformação, e com conteúdo ofensivo à imagem pública da Senhora Marília Valença Arraes, candidata ao cargo de Prefeita do Município do Recife, pela Coligação Representante. Reputo, neste ponto, que a matéria é ofensiva a honorabilidade da candidata e incorpora desinformação subliminarmente manipulada para macular a imagem pública da mesma e influenciar no pleito eleitoral”, diz um trecho da decisão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/11


2020

Blog traz pesquisa para prefeito de Paulista

Na reta final da campanha de segundo turno em Paulista, faltando apenas quatro dias para as eleições, este blog traz, hoje, à meia noite, pesquisa de intenção de voto para prefeito, do Instituto Opinião. Ali, disputam Francisco Padilha (PSB), apoiado pelo prefeito Júnior Matuto, e o ex-prefeito Yves Ribeiro, candidato do MDB e do bloco de oposição. Importante colégio eleitoral da Região Metropolitana do Recife, Paulista tem uma boa razão, portanto, para dormir mais tarde hoje.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

25/11


2020

João é hostilizado na comunidade Tabaiares

O candidato a prefeito do Recife pelo PSB, João Campos, resolveu fazer um porta a porta, hoje, na comunidade Caranguejo Tabaiares, na Ilha do Retiro. Moradores da área, uma das mais carentes da cidade, protestaram contra a visita do postulante socialista, apadrinhado pelo prefeito Geraldo Julio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Oxente!!! E o bozolóide tá com João Campos? Palmas para o bozolóide que passou o ano inteiro falando mal de Geraldo Julio e Paulo Câmara, mas agora vem com essa. Será porque é melhor do que chorar e aí escolheu um lado? Vá entender Bozolóide? Mas tá bom assim mesmo, pelo menos esquece o bozo nesse segundo turno. Dá uma pena!

Carlos

Isso chama-se arredondamento dos números. Chora mais, petralha, aceita que dói menos.

Wellington Antunes

Considerando Brancos/Nulos e Não sabe/Não respondeu os resultados divulgados pelo IBOPE foram estes: João Campos 43%, Marília Arraes 41%, Brancos/Nulos 15% e Não sabe/Não respondeu 2%. Total: 101% Onde ja se viu ultrapassar 100%? Tem coisa errada aí nesses números.

MARCOS MORAIS

Magno tu já viu a pesquisa IBOPE que saiu agora? João Campos 43% Marília 41%

Fabiano

Magno e sua \"IMPARCIALIDADE\" kkkkkkkkk



25/11


2020

Menino de 3 anos que comprou lanche em celular revela lado prodígio

Houldine Nascimento, da equipe do blog

Uma peripécia de um garotinho recifense de apenas três anos ganhou ampla repercussão nacional, ontem. Luiz Antônio fez duas compras no McDonald’s, que totalizaram R$ 400, pelo telefone da própria mãe, a publicitária Raíssa Andrade. Tudo isso enquanto ela estava tomando banho.

A ação resultou em muito hambúrguer, batata frita, água e milk shake, que acabaram sendo distribuídos entre familiares e funcionários do edifício em que a família mora. Chamado carinhosamente de Tom, Luiz Antônio é neto do escritor e advogado paraibano Zelito Nunes, de 72 anos.

Em conversa com o blog, o avô destacou que o garoto apresenta uma inteligência acima da faixa etária. “Ele é um menino diferente, um ponto fora da curva. É beatlemaníaco, tem uma guitarra e é fã de Gilberto Gil também”, comenta.

Zelito é pai do publicitário André Lins Nunes, seu terceiro filho. O escritor revelou, ainda, que o McDonald’s devolveu os valores gastos. “Tinha dado uma repercussão boa também”, completa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/11


2020

NE se mobiliza para o Fórum de Desenvolvimento do Semiárido

O Fórum de Desenvolvimento do Semiárido 2020 vai acontecer na semana que vem, em Mossoró (RN), com objetivo de promover um amplo debate para fomentar o Plano de Desenvolvimento do Semiárido (PDS).

A programação do evento conta com a participação de várias autoridades do país, dentre elas, o vice-presidente, Hamilton Mourão, que marcará presença na abertura do Fórum.

O desenvolvimento do PDS está em curso e, com a sua implementação, estima-se que 1 milhão de hectares poderão se beneficiar com a produção irrigada e alta tecnologia, principalmente com a ampliação de fruticultura irrigada podendo gerar anualmente um valor bruto de R$ 70 bilhões, injetando cerca de R$ 10,5 bilhões em impostos e pelo menos três milhões de empregos diretos. Se agregar alta tecnologia e grandes indústrias, a flutuação de mão de obra pode ser ainda maior. 

O Fórum irá promover dois dias de debates e discussões sobre os 13 Eixos Temáticos selecionados: Recursos Hídricos, Energia, Agronegócio, Mercado, Relações Exteriores (comércio), Recursos Minerais, Segurança - Jurídica e Fundiária, Educação - Capacitação Turismo, Transporte e Logística, Novas tecnologias e Inovação, Comunicação -TI e Meio Ambiente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/11


2020

Ibope: João Campos 43% e Marília Arraes 41%

Do G1/PE

O Ibope divulgou, hoje, o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife. O levantamento foi realizado entre os dias 23 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

  • João Campos (PSB): 43%
  • Marília Arraes (PT): 41%
  • Em branco/nulo: 15%
  • Não sabe/não respondeu: 2%

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro:

  • João Campos (PSB): tinha 39% e subiu para 43%
  • Marília Arraes (PT): tinha 45% e desceu para 41%
  • Em branco/nulo: se manteve em 15%
  • Não sabe/não respondeu: subiu de 1% para 2%

De acordo com o Ibope, persiste um empate técnico entre os candidatos, mas agora com a inversão da vantagem numérica em relação à pesquisa anterior. A diferença entre ambos é de apenas dois pontos percentuais e menor que a margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais.

Votos válidos

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

  • João Campos (PSB): 51%
  • Marília Arraes (PT): 49%

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro:

  • João Campos (PSB): tinha 47% e subiu para 51%
  • Marília Arraes (PT): tinha 53% e caiu para 49%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Intenção de voto espontânea

  • João Campos (PSB): 40%
  • Marília Arraes (PT): 38%
  • Outros: 1%
  • Branco/nulo: 18%
  • Não sabe/não respondeu: 4%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Entrevistados: 1.001 eleitores do Recife

Quando a pesquisa foi feita: entre 23 e 25 de novembro

Registro no TRE: PE?04600/2020

Nível de confiança: 95%

Contratantes da pesquisa: TV Globo e "Jornal do Commercio"

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Pega o beco perdedor,

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Eu nunca acreditei em pesquisa. Mas, Magno e toda petralhada sempre vivem enaltecendo as mesmas. Quando estava Marília na frente , era aquele estardalhaço, agora, não dá um pio. Vamos aguardar dia 29, esperando que o recifense não queira a volta do nefasto PT.