Jaboatão vai conquistar você

23/10


2006

Amin declara apoia a Lula

No desespero, 15 pontos atrás nas pesquisas do governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB), o candidato Esperidião Amim (PP) grava uma participação no horário de rádio e TV de Lula, que vai ao ar amanhã.

No primeiro turno, Amim declarou apoio a Alckmin, mas como a estratégia não surtiu efeito, pois o candidato tucano apóia Luiz Henrique, ele resolveu mudar de lado.

Foi embalado pela última pesquisa Ibope em Santa Catarina, que mostrou Alckmin caindo cinco pontos, de 56% para 51%, e Lula subindo seis, de 32% para 38%. Informações do Blog do Noblat.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

o careca não é nada besta!!!


Caruaru - Jan 2022

23/10


2006

CE: manifesto pró - Lula destaca avanços na educação

Professores cearenses lançam hoje, às 18h, em Fortaleza, um manifesto da Educação, em favor da reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo o deputado federal eleito Chico Lopes (PCdoB), o manifesto é articulado por educadores das escolas públicas e privadas do Ceará. Segundo Lopes, o lançamento deve contar com a presença de 400 professores. O ato é comandado pelo reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC). Devem participar o governador eleito Cid Gomes (PSB) e o senador eleito Inácio Arruda (PCdoB).

 

“Nessa reta final do segundo turno, é importante a tomada de posição por parte das mais diferentes categorias. Com esse manifesto, os professores reconhecem que, apesar das dificuldades e dos grandes desafios do setor, o Governo Lula trouxe muitos avanços para a educação no Brasil e que precisam ser preservadas nos próximos quatro anos”, destaca Lopes.

 

O deputado estadual reeleito e cotado para ser secretário de Educação do Governo Cid, Artur Bruno (PT), reforça o discurso de apoio ao manifesto do presidente Lula, destacando que o documento apresenta os avanços do governo Lula em todas as áreas da educação, apontando as estratégias desenvolvidas para os ensinos básico, tecnológico e superior, e as propostas para o futuro mandato.

 

“O manifesto também sinaliza para as prioridades que deverão ser seguidas como o fomento à cultura, o investimento em ciência e tecnologia e a democratização do acesso ao ensino, em todas as instâncias”, acrescenta. As informações são da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

23/10


2006

Dossiê: termina depoimento de Abel Pereira na PF

O advogado Eduardo Siqueira Rodrigues, que representa o empresário paulista Abel Pereira, disse hoje (23) que seu cliente foi procurado por Luiz Antônio Trevisan Vedoin, que teria oferecido documentos contra o senador petista Aloizio Mercadante.

Abel Pereira, segundo Rodrigues, disse à Polícia Federal que o dossiê continha “documentos que os Vedoin teriam e que poderiam comprometer a candidatura de Mercadante ao governo de São Paulo. Poderiam influenciar a eleição”. Mercadante foi derrotado pelo candidato tucano José Serra no primeiro turno.

Vedoin é dono da Planam, empresa acusada de ser a responsável pelo esquema de venda superfaturada de ambulâncias por meio de emendas ao Orçamento Geral da União, que culminou com a Comissão Mista Parlamentar de Inquérito dos Sanguessugas. Ele ainda é acusado de tentar vender, a integrantes do PT, dossiê que comprovaria a participação de políticos do PSDB no esquema.

O empresário da Planam, segundo o advogado, teria procurado Abel Pereira com a intenção de que ele levasse os documentos ao ex-ministro Barjas Negri para que, então, ele os levasse à cúpula do PSDB.

“Segundo Abel, Vedoin teria dito que poderia, com esses documentos, fazer oscilar em cinco pontos qualquer eleição e que, nos próximos dias, daria uma entrevista a uma revista onde demonstraria o poder de fogo dos documentos”, disse o advogado.

Abel Pereira terminou seu depoimento na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Cuiabá (MT). Ele é suspeito de ter participado do esquema de compras de ambulâncias superfaturadas e desvio de dinheiro público, um esquema desmontado pela PF na Operação Sanguessuga.

No depoimento que concedeu à PF, Luiz Antônio Vedoin, dono da Planam (a empresa acusada de liderar o esquema), apontou Abel Pereira como intermediário na liberação de verbas no Ministério da Saúde durante a gestão de Barjas Negri, que no governo de Fernando Henrique Cardoso foi secretário-executivo de José Serra e depois ministro da Saúde.  As informações são da Agência Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

O álibi do Abel Pereira é um atentado a inteligência pátria. Em todo esse processo, em nenhum momento, foi ventilado dossiê contra o Mercadante. Inclusive a presença do Abel em Cuiabá foi devido a dois fatos: a) receber uma dívida antiga; b) antecipar ação dos aloprados. O resto é tergiversação

BRUNO

Vote no PT, vote no PCC

José Manoel de Souza

Bruno, faltou você explicar que essa safadeza é do governo FHC.

Cesar Augusto R. Cavalcanti

Esse Vedoin é um bandidão! E quantos Vedoin não existirão neste país? Quantos não se locupletaram em outros governos? Como o Marcos Valério, que começou toda a bandidagem em Belo Horizonte, com o tucano Eduardo Azeredo, fato este comprovado nas CPIs.

BRUNO

Temos que acabar com essa safadeza do PT...


Petrolina Dezembro 2021

23/10


2006

Aldo negocia "pacto de governabilidade" com oposição

O deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP), presidente da Câmara, se tornou um dos principais articuladores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos bastidores para negociar com a oposição o chamado ''pacto de governabilidade'' para o segundo madato do petista, caso seja reeleito. Segundo relata a repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, Aldo acredita que o próximo presidente da República terá plenas condições de governar o país, mesmo com o duro discurso da oposição contra Lula.

''Eu nunca vi a oposição se negar ao diálogo. Ela cumpre o seu papel, critica, mas a tradição que eu conheço no Brasil é da negociação. A união de forças é uma necessidade para o país que tanto serve ao presidente Lula, se for reeleito, como serve ao governador Alckmin caso seja eleito presidente'', afirmou.

O fiel aliado de Lula negou que, em troca do seu empenho em favor de Lula, já esteja sendo cotado pelo Palácio do Planalto para disputar a reeleição à presidência da Câmara. Apesar de não negar essa possibilidade, ele garante que o tema não está em discussão.

''Não tenho candidatura nem pretensão à reeleição, mesmo porque isso é um assunto dos partidos e dos deputados. Eu nem estou discutindo essa hipótese, ainda'', reconheceu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/10


2006

Hildebrando Pascoal será julgado em novembro

O julgamento do ex-deputado federal pelo Acre, Hildebrando Pascoal, que estava marcado para esta segunda, foi adiado para o próximo dia 6 de novembro. Ele e mais dois réus são acusados do assassinato do soldado do Corpo de Bombeiros, Sebastião Crispim, em setembro de 1997.  Os defensores dos réus recusaram alguns dos jurados e o julgamento foi desmembrado. Agora, cada um será julgado separadamente. Hoje, está sendo julgado o ex-policial militar Reginaldo Rocha de Souza e na próxima quarta-feira será a vez de João Souza.

“É entendimento nosso que é um processo demorado. Tudo indica que o julgamento deve levar entre três e quatro dias. Isso seria muito exaustivo para o Conselho de Sentença, para que julgasse os três réus juntos”, afirmou o defensor público Sérgio Habib.

O ex-deputado já foi condenado por crimes como tráfico de drogas, formação de quadrilha e crime eleitoral. Juntas, as penas somam 68 anos.

Em maio deste ano, o julgamento de Hildebrando pelo assassinato do soldado bombeiro já havia sido adiado porque o advogado desistiu da defesa em cima da hora. Desta vez, o juiz da 12ª Vara Federal do DF nomeou a Defensoria Pública da União para dar assistência jurídica ao ex-deputado. As informações são da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

COLOCA A AGENDA DOS CANDIDATOS TIVE QUE IR NO PE 360 GRAUS HOJE... TAMBÉM O JC NÃO DEU NADA, SERÁ QUE É PORQUE MENDONÇA VAI NO TEU PROGRAMA DE TELEVISÃO?????


Arcoverde janeiro 2022

23/10


2006

Congresso fica vazio às vésperas do segundo turno

O Congresso Nacional promete ficar vazio esta semana, na reta final das campanhas para o segundo turno. O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B-SP) bem que tentou convocar os deputados para uma sessão extraordinária mais tarde, às 18 horas. Mas como relata a repórter do blog em Brasília, Ana Silveira, o próprio deputado admite que vai ser muito difícil realizar votações de peso até o final das eleições.

"Vou esperar os resultados hoje, a partir das 18 horas. Mas fico no caminho entre o otimismo e o pessimismo", reconheceu Aldo.

O presidente da Câmara admite que, mesmo depois do segundo turno, vai ser difícil ao Congresso retormar o ritmo de votações. Na Câmara, a expectativa é que sejam votadas matérias como o Orçamento da União, a PEC (proposta de emenda constitucional) que acaba com o voto secreto e o Fundeb. "As pessoas censuram os políticos quando fazem promessas, então ao invés de fazer promessa, assumo o compromisso de trabalhar muito", disse.

Pelo jeito, até o final do ano o Congresso vai viver a "ressaca" das eleições.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

23/10


2006

Jungmann recua sobre STF e dá prazo à Polícia Federal

O vice-presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), voltou a cobrar nesta segunda-feira da Polícia Federal que o relatório entregue à Justiça sobre a compra do dossiê contra políticos do PSDB seja enviado aos parlamentares.

No domingo, Jungmann havia ameaçado entrar com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a PF enviasse o relatório à CPI. Mas, segundo ele, membros da CPI pediram para dar esta segunda-feira de prazo à polícia.

O documento foi passado pelo delegado da PF de Cuiabá, Diógenes Curado, à Justiça Federal do Mato Grosso na última sexta-feira (20). Um técnico da CPI estava na cidade para pegar uma cópia do relatório, mas foi impedido de receber o documento. “Isso é um escárnio, a desmoralização de um poder”, disse Jungmann.

O vice-presidente da CPI reclama, principalmente, porque o relatório foi vazado para a imprensa ainda na sexta-feira. “Não é admissível que a CPI não tenha um relatório que é de conhecimento de todos. É preciso um esclarecimento formal (da PF e do Ministério da Justiça) sobre o vazamento”, ressaltou.

O deputado ainda confirmou que pretende convencer o presidente da CPI, deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), a realizar reunião administrativa nesta semana. “Precisamos convocar o Abel Pereira e marcar a data dos depoimentos dos ex-ministros da Saúde”, afirmou.

Jungmann refere-se ao empresário Abel Pereira, apontado como a ponte da máfia dos sanguessugas com os tucanos. Sobre os ex-ministros, o deputado fala de José Serra, Barjas Negri, Saraiva Felipe e Humberto Costa, convidados pela CPI a depor sobre o esquema.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

Quem será que puxou a orelha do Raulzito???


SESC - Férias de Janeiro

23/10


2006

Garcia diz que matéria da Veja é "jornalismo marrom"

Marco Aurélio Garcia, coordenador da campanha presidencial do candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT), classficou a matéria da revista Veja, que acusa o filho de Lula de atuar como lobista de empresas de telefonia, de "jornalismo marrom". Segundo o coordenador, os ataques pessoais serão evitados no debate que vai ao ar na Rede Record, às 22h30 hoje. O coordenador de campanha de Lula participa juntamente com o coordenador da campanha de Geraldo Alckmin (PSDB), Sérgio Guerra, de um debate promovido pelo jornal Folha de S.Paulo.

Garcia minimizou a reportagem da revista Veja desta semana, que acusa o filho de Lula, o empresário Fábio Luís Lula da Silva, de atuar como lobista das empresas de telefonia Telemar e Brasil Telecom, além da produtora de vídeo Casablanca. Ele classificoun a matéria como "jornalismo marrom" e falou que "na democracia há espaço para este tipo de manifestação da imprensa, embora não seja a maioria".

Jornalismo marrom seria um tipo de pratica jornalística sensacionalista, que busca alta audiência e a vendagem através da divulgação exagerada de crimes e diversos acontecimentos apelativos. As informações são da Tribuna da Bahia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Se, estruturalmente, o PTralha, tem "TREZE" facções, qual é à surpresa, em, o "Lulinha" querer, locupletar-se, com Gregos e Troyanos ???

José Manoel de Souza

Pois é, é nisso que dar, se vender, para requentar notícias.


Bandeirantes novembro 2021

23/10


2006

Presidente da Câmara e Sílvio Filho no Frente a Frente

No programa Frente a Frente de hoje, apresentado pelo signatário deste blog, na Net Recife, canal 14, estão confirmadas as presenças do presidente da Câmara de Vereadores do Recife, Josenildo Sinézio (PT), e do deputado estadual eleito pelo PMN, Sílvio Costa Filho. Começa às 22 horas e é ao vivo, aberto para pergunta dos telespectadores. Reeleito para um novo mandato no comando da mesa diretora da Câmara recifense, Sinézio vai falar sobre o fim do nepotismo na Casa, as reformas do prefeito João Paulo e eleições 2006. Sílvio Filho, por sua vez, tratará do movimento, ainda silencioso, dentro do PMN, para disputar à Prefeitura do Recife.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

Boa ideia

Jussara Regina

Se filho de peixe, peixinho é........


Pousada da Paixão

23/10


2006

O affair Severino: Eduardo deve aproveitar a filha

Se eleito governador de Pernambuco, conforme atestam as pesquisas, o ex-ministro Eduardo Campos (PSB) não convocará nenhum deputado federal eleito da coligação em que foi incluído o PP, do ex-presidente da Câmara, Severino Cavalcanti.

Ele está convencido de que se viesse a fazer isso, o que abriria uma vaga para Severino na bancada federal ( o ex-deputado é o primeiro suplente ), sofreria um tremendo massacre da Imprensa nacional, vindo, assim, a ser apontado como o responsável pela volta de Severino ao Congresso. Mas, Eduardo tem uma fatura a liquidar com o PP. E como faria?

O que se comenta é que a saída de Eduardo se daria através da convocação da filha de Severino Cavalcanti, a deputada estadual não reeleita Ana Cavalcanti, para a sua equipe de primeiro ou segundo escalão. Assim, ele agradaria Severino e não seria crucificado pela mídia.

Tem sentido. Eduardo pode também chamar para o seu secretariado algum deputado estadual da coligação de Ana, que também ficou na primeira-suplência. O grande problema é a falta de perfil dos eleitos para o cargo: Pastor Collins, Clodoaldo Magalhães e Henrique Queiroz.

O primeiro está com Mendonça Filho e os dois restantes não teriam identidade nem afinidade com o projeto de Governo de Eduardo. O mais provável, portanto, será o aproveitamento de Ana na equipe do provável futuro governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jussara Regina

Ei Severino, cadê VC, Dudu quer te Ver....

Mariana

Eduardo deveria convocar alguém para Severino assumir ou convocar Severino para secretario de Educação pernambuco merece

Jussara Regina

José deixa ser otario seu mané. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk MORRAAAAAAAAAAAAA

Jussara Regina

Vou conversar com outras pessoas. Aqui só tem gente burra......Tchauuuuuuuuu burricos.......

Jussara Regina

Eita gente burra meu Deus.... Quanta ignorância. Quanta conversa besta. Eu não, sou igual a Dudu: inteligente e linda.....Sabida e traquina....


Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros