Lavareda

24/09


2012

Socialista cresce nas pesquisas em Toritama

Uma pesquisa realizada pelo instituto Exatta, entre os dias 8 e 9 do mês corrente, em Toritama (Agreste Setentrional, a 167 km do Recife), aponta crescimento do socialista Odon Ferreira na corrida pela Prefeitura do município. Ferreira tem 64% das intenções de voto, contra 24% de Flávio Lima (PSD). A pesquisa, com 402 entrevistas realizadas, foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral no dia 18 de setembro, sob o número PE-00136/2012.   

O levantamento ainda indicou que o prefeito do município, Flávio Lima, tem rejeição de 60%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Andson Nunes da Silva

Este mesmo instituto aponta Miriam na frente de Zé Queiroz em Caruaru.

MARCOS BATISTA DE OLIVEIRA (PALITO)

Danou-se... Pesquisa não é momento? A pesquisa foi feita há 15 dias atrás?... E só divulgaram agora? NÃO ENTENDI NADA !!!

juscelino gomes

Odon vai levar uma lapada... anote ai Magno!


ALEPE

24/09


2012

Petebista faz carreata em Igarassu

 













O candidato à Prefeitura de Igarassu, Mário Ricardo (PTB) realizou carreata ontem (23), pelas ruas da cidade histórica. O ato foi reforçado pela candidata a vice, a professora Elcione (PTB) e o secretário de Turismo do Estado de Pernambuco, Alberto Feitosa.

Ao longo do percurso, o prefeiturável travou contato com os eleitores. O entendimento do petebista é de que o povo igarassuense, que tem lhe recebido bem, espera por mudanças. “Estou muito feliz em ver de perto como sou querido pelos filhos da nossa cidade”, pontuou o candidato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

24/09


2012

No túnel do tempo

 















Itamar Franco passando a faixa presidencial para Fernando Henrique Cardoso, em janeiro de 1995. FHC foi ministro da Fazenda de Itamar, sendo sucedido por Rubens Ricupero.

A implantação do Plano Real começou quando o tucano ainda  era ministro e foi determinante para a conquista da Presidência da República. Foto do arquivo do blog. Se você tem uma foto histórica em seu arquivo e deseja vê-la postada neste quadro nos envie: [email protected]


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

24/09


2012

A charge do dia

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Esse Fernando Barbosa é uma viúva triste do finado Humberto! Quer dizer que Humberto naõ desprezou o JC? Fez muito pior, boicotou a administração do infeliz, raça de marginais esses petistas!!!

Josadaque Vieira

Marco regulatório já nessa imprensa facista e preconceituosa.

Imperador_DUDU_DU_PÓ

Os portadores de hanseníase adoraram a charge.Mas como é uma doença "de pobre", a galhofa é permitida.Desnecessária!!!!

FERNANDO DE MATOS BARBOSA

Quem conhece a pessoa de Humberto sabe que como médico , como ser humano , como militante de esquerda que enfrentou a ditadura militar , jamais iria ignorar alguem necessitando de cuidados, apoio ,solidariedade ou defesa . Totalmente dispensável esta peça , dita de humor.

JULIO CESAR L GULDE

Corrigindo: João da Costa.



24/09


2012

Minha cidade é linda

 














A contribuição para o painel de hoje é do leitor Oswaldo Moura e traz imagem do centro de Itapetim (Sertão do Pajeú, a 423 quilômetros do Recife).

A história da cidade remonta a um antigo povoado chamado Umbuaranas (nome de uma árvore muito comum na região), onde semanalmente era realizada uma feira livre, na qual se comercializavam artigos alimentícios vindos da localidade de Lagoa de Baixo - que hoje abriga os municípios de Sertânia e Flores – e seguiam para Princesa Isabel e São José de Espinharas, na Paraíba. Com o passar dos anos, Amâncio Pereira, um dos primeiros moradores do lugarejo, ao observar o crescimento da população umburanense, teve a iniciativa de construir uma casa comercial, o que o fez ser considerado um dos fundadores da nascente vila.

Em 1º de junho de 1954, durante sessão presidida pelo padre João Leite no Grupo Escolar Dom José Lopes, local onde funcionou provisoriamente a Prefeitura Municipal, foi inaugurada a instalação do município com posse do primeiro prefeito nomeado, Francisco José de Maria, o Chico Santos.

De acordo com historiadores, o nome da cidade tem origem no dialeto Tupi, e significa “pedra achatada branca”.

Faça uma foto bonita da sua cidade e nos envie para postagem neste quadro: [email protected]


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

24/09


2012

Gestão de Pedro Serafim em Ipojuca é aprovada por 51%

A gestão do prefeito de Ipojuca, Pedro Serafim Filho (PDT), é aprovada por 51.3% dos entrevistados. Em relação ao levantamento de agosto, houve um recuou de seis pontos – entre os que se apresentaram satisfeitos esse percentual era de 57%.

 

Já entre os que desaprovam, o percentual aumentou de 33% para 39,3%. As maiores taxas de aprovação aparecem entre os eleitores com renda familiar até um salário (63,5%), entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (66,7%) e entre os eleitores com grau de instrução até a 4ª série

(57,6%).

 

As maiores taxas de reprovação aparecem entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos (49,4%), entre os eleitores com renda familiar entre um e três salários (48,8%) e entre os eleitores com grau de instrução no ensino médio (46,6%).

 

Em Ipojuca, Região Metropolitana do Recife, foram ouvidos 400 eleitores entre os dias 17 e 18 de setembro, com registro no TRE sob o número 148/2012. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

A metodologia aplicada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.

 

As entrevistas foram realizadas nas seguintes localidades: Ipojuca Sede (Campo do Avião, Centro e São Miguel), Engenho Água Fria, Engenho Amazonas, Engenho Arendepe, Engenho Arimbi, Engenho Belém, Engenho Benfica, Engenho Boacica, Engenho Bonfim, Engenho Cachoeira e Engenho Caetés.

 

E mais:  Engenho Canoas, Engenho Canto, Engenho Conceição, Engenho Crauassu, Engenho Daranguza, Engenho Dois Mundos, Engenho Dourado, Engenho Esmeralda, Engenho Jenipapo, Engenho Jussaral, Engenho Macaco, Engenho Maranhão, Engenho Mauá e Engenho Mirador, Engenho Pará, Engenho Penderama, Engenho Pindoba, Engenho Pirajá e Engenho Queluz.

 

E ainda: Engenho Saco, Engenho Santa Rosa, Engenho São Paulo, Engenho Sibiró do Mato, Engenho Sibiró da Serra, Engenho Supitanga, Engenho Tapera, Engenho de Todos os Santos, Camela (Loteamento Santo Antônio, Rurópolis e Vila Camela), Cupê, Maracaípe, Nossa Senhora do Ó, Serrambi e Porto de Galinhas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

darcy rubem de macedo filho

É muita cara de pau desse Gordo, ir ao TRE pedir garantia de tropas Federais enquanto ele próprio persegue com seus comparsas as pessoas humildes do município covarde é pouco, bandido! Tá brincando com a justiça mais um dia a casa cai!!!

darcy rubem de macedo filho

O melhor pra seu bolso,e o dele também! Não vamos deixar que os Ladrões sejam eleitos, fora Guelas, sua hora vai chegar, lugar de bandido é na CADEIA! o Pior Prefeito de Ipojuca é o que esquece os interesses coletivos e persegue os pobres, Guelas vocês estão com seus dias contados!!!!!

Erika Albuquerque

MAIOR E MELHOR PREFEITO DA HISTÓRIA DE IPOJUCA! PREFEITO PEDRO SERAFIM! \o/\o/\o/\o/

darcy rubem de macedo filho

Sem falar na nojeira que está a Praia de Porto de Galinhas, esgoto a céu aberto, o Esquecimento dos moradores de Maracaipe, que no inverno são completamente abandonados a própria sorte, que Politico é este que mesmo depois de vencer as eleições persegue o povo? Acabou seu tempo,Pesquisa fuleira!É 45

marcos

O banheiro público da feira(quebrado) fica fechado, o lixo invade as ruas, o mercado público no centro de ipojuca está uma nogeira, o ginásio poliesportivo de camela não existe, os hospitais dá até medo de entrar. EU DUVIDO DESTA APROVAÇÃO DO PREFEITO. TEM DINDIN NA PESQUISA!!!



24/09


2012

Rejeição aos candidatos cresce: Santana tem 25% e Romero 19%



O candidato do PSDB, Carlos Santana, aparece com a maior taxa de rejeição na disputa pela Prefeitura em Ipojuca. Em relação ao levantamento de agosto, sua taxa cresceu de 20% para 25,3%. Romero Sales, do PMDB, que aparece em segundo, também ampliou sua rejeição de 10% para 19,5%, enquanto Pedro Eugênio, do PT, caiu de 17% para 11,5% e Miguel Sales recuou de 9% para 7,3%.

 

Dos 400 eleitores entrevistados em Ipojuca, apenas 4,3% disseram que rejeitam todos os candidatos e 32,1% nenhum deles. Os maiores percentuais de rejeição de Santana aparecem entre os eleitores com grau de instrução superior (53,8%), entre os eleitores na faixa etária de 16 a 24 anos (31%) e entre os com renda acima de cinco salários (30%).

 

Romero Sales, por sua vez, tem suas maiores taxas de rejeição entre os eleitores com grau de instrução no ensino médio (26,4%), entre os eleitores na faixa etária de 16 a 24 anos (26,2) e entre os eleitores com renda familiar entre três e cinco salários mínimos (26,1).

 

Por sexo, a maior taxa de rejeição de Carlos Santana aparece entre os eleitores homens – 28,3% contra 22,3% das mulheres. Já Romero Sales tem um equilíbrio – 19,8% entre as mulheres e 19,2 entre os homens.

 

Em Ipojuca, Região Metropolitana do Recife, foram ouvidos 400 eleitores entre os dias 17 e 18 de setembro, com registro no TRE sob o número 148/2012. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

A metodologia aplicada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.

 

As entrevistas foram realizadas nas seguintes localidades: Ipojuca Sede (Campo do Avião, Centro e São Miguel), Engenho Água Fria, Engenho Amazonas, Engenho Arendepe, Engenho Arimbi, Engenho Belém, Engenho Benfica, Engenho Boacica, Engenho Bonfim, Engenho Cachoeira e Engenho Caetés.

 

E mais:  Engenho Canoas, Engenho Canto, Engenho Conceição, Engenho Crauassu, Engenho Daranguza, Engenho Dois Mundos, Engenho Dourado, Engenho Esmeralda, Engenho Jenipapo, Engenho Jussaral, Engenho Macaco, Engenho Maranhão, Engenho Mauá e Engenho Mirador, Engenho Pará, Engenho Penderama, Engenho Pindoba, Engenho Pirajá e Engenho Queluz.

 

E ainda: Engenho Saco, Engenho Santa Rosa, Engenho São Paulo, Engenho Sibiró do Mato, Engenho Sibiró da Serra, Engenho Supitanga, Engenho Tapera, Engenho de Todos os Santos, Camela (Loteamento Santo Antônio, Rurópolis e Vila Camela), Cupê, Maracaípe, Nossa Senhora do Ó, Serrambi e Porto de Galinhas.

 

Veja daqui a pouco: a avaliação da gestão de Pedro Serafim


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/09


2012

Romero passa Santana em Ipojuca e lidera com 37%



O candidato do PMDB a prefeito de Ipojuca, Romero Sales, cresceu 12 pontos na nova pesquisa do Instituto Opinião em relação ao levantamento de 20 de agosto, passou o tucano Carlos Santana e agora lidera. Saiu de 25% para 37%, enquanto o candidato do PSDB perdeu cinco pontos, recuando de 36% para 31%.

 

Miguel Sales, do PR, caiu quatro pontos, saindo de 16% no levantamento anterior para 12,3%. O candidato do PT, Pedro Eugênio, cresceu dois pontos, de 2% para 4%. Brancos e nulos, que eram 6% agora são 4% e indecisos também recuaram de 15% para 10,6%.

 

Na espontânea, modalidade pela qual o entrevistado é forçado a lembrar do nome do candidato sem o auxílio da cartela, Romero avançou 17 pontos, de 17% para 34%, Santana cresceu seis pontos e meio, de 20% para 26,5% , Miguel Sales se manteve na mesma faixa – tinha 5,5% e agora tem 7,8% - e Pedro Eugênio subiu de 0,5% para 3,5%.

 

Em Ipojuca, Região Metropolitana do Recife, foram ouvidos 400 eleitores entre os dias 17 e 18 de setembro, com registro no TRE sob o número 148/2012. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

A metodologia aplicada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.

 

As entrevistas foram realizadas nas seguintes localidades: Ipojuca Sede (Campo do Avião, Centro e São Miguel), Engenho Água Fria, Engenho Amazonas, Engenho Arendepe, Engenho Arimbi, Engenho Belém, Engenho Benfica, Engenho Boacica, Engenho Bonfim, Engenho Cachoeira e Engenho Caetés.

 

E mais:  Engenho Canoas, Engenho Canto, Engenho Conceição, Engenho Crauassu, Engenho Daranguza, Engenho Dois Mundos, Engenho Dourado, Engenho Esmeralda, Engenho Jenipapo, Engenho Jussaral, Engenho Macaco, Engenho Maranhão, Engenho Mauá e Engenho Mirador, Engenho Pará, Engenho Penderama, Engenho Pindoba, Engenho Pirajá e Engenho Queluz.

 

E ainda: Engenho Saco, Engenho Santa Rosa, Engenho São Paulo, Engenho Sibiró do Mato, Engenho Sibiró da Serra, Engenho Supitanga, Engenho Tapera, Engenho de Todos os Santos, Camela (Loteamento Santo Antônio, Rurópolis e Vila Camela), Cupê, Maracaípe, Nossa Senhora do Ó, Serrambi e Porto de Galinhas.

 

Romero aparece melhor situado entre os eleitores com grau de instrução superior (76,9%), entre os eleitores com renda familiar acima de cinco salários (60%) e entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (60%). Por sexo, tem a preferência dos homens – 39,4% contra 35,1% das mulheres.

 

Suas menores taxas de intenção de voto aparecem entre os eleitores com renda familiar até um salário mínimo (32,4%), entre os eleitores com grau de instrução até a 4ª série (32,2%) e entre os eleitores na faixa etária de 25 a 34 anos (33,6%).

 

Já Santana desponta com mais intenção de voto entre os eleitores com renda familiar entre um e três salários (36,7%), entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos (36,5%) e entre os eleitores com grau de instrução no ensino médio (34,5%).

 

Por sexo, tem maioria entre as mulheres – 33,7% contra 29,3%. Suas menores taxas aparecem entre os eleitores com grau de instrução superior (7,7%), com renda acima de cinco salários (25%) e na faixa etária acima de 60 anos (26,7%).

 

Veja daqui a pouco: a rejeição dos candidatos em Ipojuca


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

darcy rubem de macedo filho

COVARDES SEUS DIAS DE DESMANDOS ESTÃO C O N T A D O S...

darcy rubem de macedo filho

Ele só tem 4 processos no Ministério Público...Aí nessa corja não tem um que se salve, ou fez ou mandou fazer ou é cúmplice, como todos que defendem essa gestão corrupta, perseguidora, terrorista, covarde, mexer com gente humilde é fácil, quero ver mexer com gente graúda, GUELAS podem ficar com medo

Erika Albuquerque

Pelo que eu sei o meu candidato a Prefeito é O ROMERO SALES que tem a FICHAA LIMPA, AO CONTRÁRIO DE CARLOS SANTANA q tá MAIS SUJO do que pau de galinheiro! Ipojucano não se vende. Romero Sales 15! =]

darcy rubem de macedo filho

É parece que tem muita gente mamando nas tetas da Prefeitura, esse leite é doce, mas vocês não vão beber pra sempre não, 9 mil cargos comissionados! mais de 80 processos na Justiça! superfaturamento de Obras! Perseguição! Bebedeira, tudo que não pode, uma terra sem Lei! isso vai mudar GUELAS!!

Josadaque Vieira

Oxente,e o Gov.não passou lá.



24/09


2012

Coluna da segunda-feira

    A derrocada de Humberto e Mendonça

A eleição vai se aproximando e já é possível fazer algumas avaliações. A que chama mais atenção é a queda que parece irreversível do candidato do PT a prefeito do Recife, Humberto Costa, assim como a desidratação do democrata Mendonça Filho.

O primeiro por ter liderado todas as pesquisas até o início do guia eleitora, tendo chegado a 40% num levantamento do Ibope. Da mesma forma, Mendonça passou muito tempo em segundo lugar, mas despencou numa velocidade muito maior do que a de Humberto.

Mendonça perdeu gordura por não ter conseguido agregar. Entrou sozinho, sem apoios, não provocou fatos que mexessem com a campanha.

Para compensar, o seu guia é fraco. Humberto errou na estratégia política quando criou a expectativa de que Lula viria para a sua campanha e com a sua força e popularidade garantiria a sua ida ao segundo turno.

Errou, igualmente, no guia, que não impacta, não emociona e não contagia. Para compensar, há o efeito, também, do mensalão julgado pelo Supremo Tribunal Federal, que arranha a imagem do PT, estraçalha seus candidatos e pode, inclusive, atrapalhar os planos de Lula de levar Haddad ao segundo turno em São Paulo.

VEDETE– Já Daniel Coelho, apontado como a grande vedete da campanha, soube desvincular-se do partido e dos seus caciques, adotou a estratégia da campanha solo e atraiu o apoio e o entusiasmo de um segmento considerável do eleitorado: os jovens, que se identificam com o seu estilo zen e alternativo. Diferente de Mendonça, o tucano ganhou asas aproveitando o vácuo formado pelo eleitor saturado com o PT e desconfiado com o socialista Geraldo Júlio.

O efeito Eduardo - Na reta final, o governador cumpriu a promessa de priorizar municípios onde a eleição dos seus aliados parecia impossível. Caruaru, onde investiu mais, apresenta o saldo mais positivo. Na última pesquisa do Ibope, Queiroz impôs a Miriam Lacerda uma frente de 21 pontos. Resta sabe se o mesmo fenômeno se dará em Petrolina, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira.

 

 

 

A força do PSB - Deu no jornal O Globo: “Quase todos negam que eles tenham conversado sobre política na audiência que tiveram quarta-feira. Mas nela, a presidente Dilma e o vice Michel Temer constataram que o PSB sairá anabolizado das eleições. Ocorre que das oito maiores capitais, os socialistas devem levar Belo Horizonte, Recife, Fortaleza e Curitiba”.

Alerta em Sertânia - A pesquisa que constatou um empate técnico em Sertânia, com uma suave diferença de quatro pontos para o candidato do PSDB, Guga Lins, mexeu com o PSB. E pode levar o governador Eduardo Campos a fazer o esforço de ir mais uma vez ao município, onde esteve há 10 dias, para reforçar o palanque da prefeita Cleide Ferreira (PSB).

Aposta final - Há quem diga que Humberto ainda fará um esforço para trazer Lula ao Recife. Os petistas estão convencidos de que a presença do ex-presidente nas campanhas por onde tem passado está funcionando e dando bom retorno. O exemplo mais citado é o de Salvador. Antes da ida de Lula só se falava na volta do carlismo.

 

 

 

 

CURTAS

REFORMA– A presidente Dilma deve fazer uma ampla reforma ministerial após as eleições. Uma das suas maiores precariedades se constata na articulação com o Congresso, cuja base está desarrumada e inconformada. Ela deve substituir a ministra das Relações Institucionais, Gleisi Hoffman, e os líderes na Câmara e no Senado.

JOÃO DERROTADO– A derrocada do PT em Pernambuco, com a provável não ida de Humberto ao segundo turno, não é dele isoladamente. Sai, igualmente, derrotado o deputado João Paulo, que não agregou absolutamente nada à chapa quando aceitou ser candidato à vice.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quem o PT e Humberto apoiarão no segundo turno se for Daniel o adversário de Geraldo?

''As palavras do mexeriqueiro são como doces bocados; elas descem ao íntimo do ventre''.(Provérbios 18:8)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ana claudia de queiroz

o LULA recorrer a OEA(organização dos estados americanos), kkkkkk, quem diria? A verdade é que brincaram com a boa fé do povo BRASILEIRO, SE ACHARAM ACIMA DO BEM E DO MAL, era preponderante a ARROGÂNCIA dos seus LÍDERES, em RECIFE acabousse o JOÃO PAULO, e no BRASIL O LULA, viveremos uma nova ERA...

ana claudia de queiroz

5)Por último, vejo nesse cenário uma complicada REELEIÇÃO para a presidenta DILMA, 2014 passa por 2012, ou seja, a derrota do PT nas principais capitais do PAÍS, a deixa VULNERÁVEL, e se confirmado a condenação pelo STF do josé dirceu, será um XEQUE-MATE nessas pretenções,claro que ainda falta

ana claudia de queiroz

3)É a constatação da crescente queda de popularidade do seu líder máximo (LULA) e o fatídico julgamento do mensalão, que com as declarações do MARCOS VALÉRIO, o ENVOLVEU. 4)Cresce com todas essas CRISES envolvendo o PT, o PSB e a figura do seu presidente e futuro candidato a presidência da república

ana claudia de queiroz

não só irá afundar o barco do PSDB, como tb, corre o risco da sua militância, já fragmentada, não acompanhar e não entender essa aliança PT/PSDB.

ana claudia de queiroz

O preço pago pelo PT pernambucano e seus líderes será muito alto, senão vejamos: 1)Se optar ir para o palanque do PSB no segundo turno, enfraquecerá a candidatura do GERALDO JÚLIO, correndo o risco do governador dizer um "NÃO" a esse apoio. 2)Se optar em apoiar DANIEL COELHO, possibilidade remota,