Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

08/05


2008

Prefeito de Campina Grande recorre de afastamento

Suetoni Souto Maior - Agência Nordeste

O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (foto), do PMDB, e o vice, José Luiz Júnior (PSC), protocolaram no final da tarde de ontem recurso no Fórum Afonso Campos de mandado de segurança com pedido de liminar, solicitando a suspensão dos efeitos da decisão da Câmara Municipal, que determina o afastamento dos gestores por 90 dias, período de duração da Comissão Processante, criada pela Casa para investigar irregularidades na Prefeitura.

Pesam contra o prefeito e o vice acusações de fraudes em licitações e desvio de recursos públicos. A denúncia foi formulada pelo presidente da Assembléia Legislativa, Arthur Cunha Lima (PSDB), e acatada pelo Ministério Público Estadual (MPE). O mandado de segurança está assinado pelos advogados Carlos Fábio e Amaro Gonzaga Pinto. Eles alegam que a medida é inconstitucional, "além de violar o devido processo legal".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

esse aí é prefeito tá parecendo Vicente Neri...

felipe

(...) estaria perdido!

felipe

Na Paraíba, se faz política assim... Desconhece-se o verdadeiro da oposição, que nada mais é o da fiscalização das ações da situação. Não de atrapalhar por meio de picuinhas. Meu título de eleitor é de Pernambuco. Não pertenço a nenhuma "facção" política da Paraíba. Confesso que, se aqui votasse (..

felipe

Eu nunca testemunhei algo parecido. Um dia, aparece o líder do governo Cássio Cunha Lima em Campina. No outro, este se reúne com os vereadores da oposição da cidade e, numa atitude praticamente golpista, votam às escondidas o afastamento do prefeito. E o princípio do devido processo legal?

suricato

Êta que não tem mais quem segure a corrupção no país, é só ler os artigos deste blog DE CABO A RABO.


O Jornal do Poder

08/05


2008

Acusado doou R$ 37 mil a ONG da mulher de Paulinho

A Polícia Federal apreendeu na residência do lobista João Pedro de Moura, amigo e ex-assessor do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força (foto), comprovante de um depósito bancário no valor de R$ 37,5 mil em favor da ONG Meu Guri Centro de Atendimento Biopsicossocial, presidida por Elza de Fátima Costa Pereira, mulher do parlamentar e tesoureira do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo.

Moura é apontado pela Procuradoria da República e pela PF como mentor e principal articulador do esquema de desvio de verbas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que há três semanas caiu na malha da Operação Santa Tereza.

A Procuradoria da República considera ter "provas cabais" de irregularidades em três contratos de financiamento do banco, que somam R$ 400 milhões. (Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Ok, S.C.B.M por mim tudo bem nunca batemos boca em momento nenhum,pois vc também não bate com o PT...Fica tranquilo vc é gente boa...

S. C. B. M.

DANIEL NETO. COMO PANCADA DADA E PALAVRA DITA NÃO CONSEGUIMOS APAGAR DA MENTE DO ACUSADO, RENDO-ME E PEÇO DESCULPAS E NÃO GUARDE MÁGOA DE MINHA PESSOA. QUE DEUS TE ILUMINE E SAIBA PERDOAR A QUEM TE JULGAR ERRADAMENTE.

Raimundo Eleno dos Santos

Na verdade ele é ladrão do BNDES. Formou uma quadrilha para desovar o Agente Financeiro Estatal, usando a caneta como um pé-de-cabra. Só isso. Paulinho Cara de Quenga.

joao daniel neto

Eu sei Amigo Pedro que é do PDT,foi o sr SCBM que afirmou que eu era petista,eu respondi que tenho nojo do pt,e chamei Paulinho de ladrão de galinha...

Pedro Batista Filho

Caro Daniel, o Dep. Paulo Pereira, nunca foi do PT, ele é do PDT, apoiou Collor e FHC contra Lula e apesar de hoje fazer parte de um partido da base aliada, coisa q vai fazer até morrer, sempre trabalhou contra Lula. Pois se vc tem tanto ódio do PT,com todo respeito, então ele é um dos seus.


Abreu no Zap

08/05


2008

Prefeito de Maceió acaba nepotismo até amanhã

Heliana Gonçalves - Agência Nordeste

O promotor de Justiça Marcos Méro, da Promotoria da Fazenda Pública Municipal, informou que o prefeito de Maceió, Cícero Almeida (foto), do PP, decidiu acatar a sugestão do Ministério Público Estadual e exonerar até amanhã todos os parentes dos gestores públicos municipais, que exercem cargos comissionados na Prefeitura.

Segundo o promotor, a decisão do prefeito foi comunicada ao MP Estadual pelo procurador geral do Município, Diógenes Tenório Filho. A medida atinge os parentes do prefeito, da vice-prefeita, dos secretários municipais, dos chefes de gabinete, do procurador-geral, do controlador-geral, dos presidentes e dirigentes de autarquias, institutos, empresas públicas, sociedade de economia mista e fundações.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/05


2008

Agripino diz que Dilma se vitimizou em depoimento

O senador José Agripino (foto), do DEM-RN, reagiu nesta quinta-feira às críticas à sua conduta no depoimento da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Comissão de Infra-Estrutura do Senado.

O senador disse que Dilma adotou postura de "vítima", conseguindo transformar em "emoção" palavras que não tinham como objetivo constrangê-la perante a comissão.

"Acho que fui mal interpretado. Houve uma emocionalização da minha pergunta porque a ministra foi esperta e conseguiu vitimizar-se. Ela com esperteza política e com o uso da emoção conseguiu se vitimizar usando um argumento que não era o da minha pergunta", afirmou.  (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Roberto Leite Muniz

Tenha a santa paciência e cale-se pelo menos enquanto nos lembrar-mos das tolice que voce fez. Tem que se enquadrar urgentemente.

Raimundo Eleno dos Santos

AgRiPiNo, O IDIOTA.

Garanhuense

Esse agripino é muito cara de pau mesmo. Quer a todo custo justificar a merda q fez. Oleo de peroba nele...



08/05


2008

Senador cobra freio para "uso eleitoral do PAC"

Márcio Vinícius - Agência Nordeste

A seqüência de viagens do presidente Lula País afora para inaugurar obas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) voltou a ser atacada pelo Congresso. O senador Jarbas Vasconcelos (foto), do PMDB-PE, afirmou que Lula utiliza o PAC como instrumento de campanha política.

Jarbas endureceu o discurso e cobrou que a Justiça Eleitoral se posicione e, se necessário, enquadre o presidente e seus ministros, que transformam o programa em um "palanque eleitoral". O peemedebista disse que Lula, ao visitar Pernambuco e Amazonas, deixou claro o uso eleitoreiro do PAC ao avisar à oposição que iria fazer seu sucessor na Presidência da República.

Para Jarbas, as viagens do PAC fazem parte de uma estratégia de Lula para eleger seu sucessor e, em curto prazo, prefeitos e vereadores em todos os municípios brasileiros. "Se isso não é campanha eleitoral, não sei mais o que é campanha eleitoral", afirmou Jarbas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

Sérgio Guerra estará atiçando Jarbas contra Lula e Eduardo...Será ?

Pedro Batista Filho

Esse senador, rei do marketing, usou e abusou da mídia local, totalmente a seu favor(Até hoje) e ainda tem a cara de pau de fazer críticas ao presidente. Parodiando o inútil Rei da Espanha "Por não te calas Senador"

joao daniel neto

Se trancar o Grangeiro numa sala com Jarbas ele morre,que raiva é essa macho?

Garanhuense

Jarbas esta perdido!!! Defiinitivamente perdeu o bonde da história

stefano

Ele não tem competênia para presidir nada.


Banco de Alimentos

08/05


2008

Bancos pagarão caro pelos salários da Câmara

A Câmara dos Deputados assinou hoje (8) um contrato com o Banco do Brasil e com a Caixa Econômica Federal (CEF) formalizando a "venda" da folha de pagamento dos funcionários e dos deputados, de R$ 1,8 bilhão por ano. O contrato prevê que os dois bancos terão a exclusividade de ficar com as contas dos salários da Casa pelos próximos cinco anos.

 

A "venda" da folha de pagamento renderá à Câmara R$ 220 milhões. O Banco do Brasil pagará R$ 187 milhões e a CEF, R$ 33 milhões. No entanto, de acordo com resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), a partir de janeiro de 2012 todos os trabalhadores, inclusive os da Câmara, poderão escolher em que banco querem receber seu salário. (Último Segundo)

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/05


2008

Governo criar mais cartões corporativos

O governo federal vai encerrar até julho o uso das chamadas contas tipo B utilizadas para despesas de servidores e transformá-las em cartões corporativos, disse nesta quinta-feira o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (foto).

Ele defendeu que Estados e municípios também terminem com o uso desse mecanismo em que os servidores se utilizam de cheques bancários para realizar despesas emergenciais com materiais e serviços.

Os gastos nas três esferas de poder alcançam 1 bilhão de reais, sem o devido controle de irregularidades.

"Nós queremos 100 por centro de trasparência e as contas tipo B são zero de transparência. Contas tipo B são do século anterior", disse Bernardo a jornalistas no Congresso. (Agência Reuters Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

Os cartões corporativos, uma da boas coisas criadas pelo governo FHC, deve ser ampliado sim, pela maior facilidade de fiscalização, qualquer opinião contrária é pura falta de informação ou má fé.

S. C. B. M.

É IMPRESSIONANTE COMO ESTE GOV.AGE COM A MAIOR NATURALIDADE EM FAZER DE CONTA Q NADA ACONTESE DE IRREGULAR COM O USO DESTES CARTÕES ;E AINDA CRIA MAIS.ELE ZOMBA COM NOS Q PAGAMOS IMPOSTOS,NOS RIDICULARIZA COM PROPAGANDAS ENGANOSAS;NUNCA SE FEZ TANTO NESTE PAIS COMO ESTE GOV..AINDA TEM QUEM O DEFENDA


Jornao O Poder

08/05


2008

Jarbas acusa Dilma de mentir e Lula de saudar ditadura

 O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) usou a tribuna do Senado, nesta quinta-feira, para repercutir o depoimento da ministra Dilma Rousseff no Congresso Nacional. Para ele, o senador Agripino Maia (DEM-RN) foi infeliz ao lembrar que a ex-militante de esquerda mentiu enquanto esteve presa e era vítima de tortura, na época da ditadura. O ex-governador de Pernambuco, no entanto, acredita que a petista mentiu novamente em seu depoimento e que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mudou seu conceito sobre a ditadura militar. Criticando a falta de organização da oposição no Senado, o peemedebista disse que por conta disso decidiu não comparecer ao depoimento.

''Tivemos, inclusive, a infelicidade de um dos nossos membros fazer uma pergunta inadequada, inoportuna, que não deveria ter sido feita. A ministra respondeu o que deveria, sobretudo por ser uma pessoa que sofreu perseguição, prisão e tortura pelo Regime Militar. A resposta dela não poderia ser outra, inclusive, hoje, com o respaldo e o reconhecimento dos formadores de opinião pública do Brasil'', reconheceu Jarbas.

M
as ele não poupou críticas a Dilma Rousseff, possível candidata do PT à Presidência da República em 2010. ''A ministra não desmentiu até hoje um encontro que teve em São Paulo, com empresários, onde se referiu ao dossiê, dizendo que ''a oposição se comportasse, que o FHC se comportasse porque ela possuía em mão provas de comportamento inconveniente do Governo em relação aos cartões corporativos e outras coisas''. Falou em dossiê claramente'', citou Jarbas. 

O peemedebista completou: ''O Governo tem ojeriza à verdade, não gosta da verdade, e a ministra, ontem, que tanto falou aqui, também não é nenhuma amante da verdade. Ela se esquivou de dizer, porque negou, nunca esclareceu, sobre o tal do dossiê a que se referiu lá em São Paulo, para empresários, com aquela sua prepotência, com aquela sua arrogância''.

Lula também entrou na mira do senador, que lembrou que o presidente da República tem elogiado, ''reiteradamente'', o Regime Militar e os ditadores. ''Desde a tomada do poder, sabe-se que o golpe de 1964 foi uma insubordinação militar que afrontou a ordem jurídica e democrática do País. Ele vivia numa fábrica e talvez não tivesse a dimensão para ver isso. E, vez por outra, inclusive nesta semana, ele tem não somente se utilizado de slogans, de princípios adotados pela ditadura militar, que infelicitou o País, como também tem enaltecido as qualidades daqueles que torturaram estupidamente a sua ministra da Casa Civil''.(Agência Nordeste)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

Quando governador Vasconcelos tratou o lulismo com bolo souza-leão e outros mimos...Agora esse surto oposicionista soa oportunista... Hipócrita !

Pedro Batista Filho

Os ataques constantes do Senador raivoso ao presidente |Lula, mostram além da sua inveja mortal a vontade de rotular-se como o "Anti-Lula", achando ele q isso irá beneficia-lo de alguma forma. Aconselho o senador procurar outro caminho, pois este é o da perdição.

joao daniel neto

vixe como o povo tá educado...

joao daniel neto

nós

joao daniel neto

Jarbas tem que ser eterno em Pernambuco,foi o melhor governador que nos comerciantes tivemos...



08/05


2008

Inaugurações do PAC são fio da navalha, diz ministro

O novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto (foto), disse que a inauguração de obras em ano eleitoral "é um fio de navalha".

Indagado se as inaugurações das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva representariam comício antecipado, o ministro frisou que a linha que separa o legal do ilegal é muito tênue. "Esse tema é um fio de navalha porque a linha que separa o legal do ilegal é muito tênue", ressaltou.

Ele disse acreditar que o tema será alvo de discussões na corte eleitoral. Mas fez questão de não antecipar seu posicionamento. (ABC Politiko)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Nem deveria. Com certeza ele não é o boquiroto Marco Aurélio Mello.