Lavareda

21/02


2013

Petistas vaiam Kassab três vezes na festa do partido

 Segundo Juliana Granjeia, no blog Poder Online, o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) foi vaiado ao ser anunciado, antes e depois de discursar no evento de comemoração dos 10 anos do PT no governo federal, que aconteceu nesta terça-feira em um hotel na zona norte de São Paulo, com a presença da presidente Dilma Rousseff, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do atual prefeito Fernando Haddad.

Kassab afirmou que se sente à vontade em apoiar o PT. No entanto, os militantes não demonstraram a mesma simpatia e gritaram “fora, Kassab” ao final do discurso do ex-prefeito.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

enoque viana de oliveira filho

Bonito prá tua cara Kassab, bem feito.


ALEPE

21/02


2013

Aécio diz que PT liquida a herança bendita de FHC


O senador Aécio Neves (PSDB-MG) atacou o PT nesta quarta-feira no Senado
Foto: Ailton de Freitas / Agência O Globo
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) atacou o PT nesta quarta-feira no SenadoAilton de Freitas / Agência O Globo

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) aproveitou o aniversário de dez anos do PT na presidência da república, celebrados nesta quarta-feira, para atacar o partido. Ele usou a tribuna do Senado para listar 13 pontos que ele afirma serem ineficiências do governo petista e ressaltou - ao final do discurso - que quem governa hoje o Brasil não é mais a presidente e, sim, a “lógica da reeleição”. E defendeu, ainda, os dois governos Fernando Henrique Cardoso. Clique aí e Leia a íntegra do discurso


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio de Castro Marques Jr

Não seria muito difícil listar 45 fracassos do PSDB em 8 anos de poder. Só criticar, sem apresentar soluções é a arma de quem não tem projeto ou propostas, e, consequentemente, não tem cacife para ser presidente. Bravata e sobrenome não vencem eleição.


O Jornal do Poder

21/02


2013

E sobrou para Genoino

 Quando os grupos de estudantes e jovens manifestantes pró e contra Yoani Sánchez estavam abandonando a Câmara após evento com a
blogueira, um José Genoino desavisado resolveu, na mesma hora, deixar o Congresso. Avistado pela turma pró-ditadura dos irmãos Castro, conversou com alguns estudantes que insistem em criticar o mensalão e não só lhe apoiam, como aos demais mensaleiros condenados. Tudo ia bem até que o grupo pró-Yoani também avistou Genoino.

Correram em direção ao petista que levou um tremendo susto ao ouvir os gritos:

- Uh, é mensaleiro, uh, é mensaleiro…

Não deu outra, Genoino apertou o passo e seguiu ligeiro rumo a um dos anexos da Câmara para escapar dos manifestantes. (Coluna Radar - Lauro Jardim)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOSE PINTO DA SILVA

bartolomeu eu ja vi que voces sao verdadeiros babacas mesmo quanto e que voces ganham para falar tanta besteira ve o que tu escrevese nem eu com o meu misero quarto ano primario escreveria a palavra asilo politico e nao esilio

JOSE PINTO DA SILVA

ou bartolomeu babaca o nome e asilo politico e nao esilo quem paga a voces a babaquice que voces escreve e tao burro quanto voces e povinho idiota.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

O maior medo de Genoino é ter que ir morar em Cuba, quando for condenado a prisão pelo mensalão em regime fechado. Pedir exilo aquele país é um horror, é preferível a morte. Genoino não revela, mas sente isso.


Abreu no Zap

21/02


2013

Lula: "Respsta ao PSDB será a reeleição de Dilma"

Ao lado de aliados, Lula e Dilma participam de evento que comemora os dez anos do PT no poder

Em discurso na festa de comemoração dos dez anos do PT no governo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (20) que a resposta aos ataques do PSDB é a reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014. Com a presença de três condenados no processo do mensação, José Dirceu, ex-ministro chefe da Casa Civil o ex-presidente do PT José Genoino, e o deputado federal João Paulo Cunha, Lula também disse não temer o debate sobre corrupção.

Lula também afirmou que o PT não tem medo de comparar o governo petista com o governo tucano. ''Não temos medo de comparação, inclusive comparação e debate sobre a corrupção. Todo mundo sabe que tem duas formas de a sujeira aparecer: uma é mostrar, a outra é esconder. E eu duvido que tenha um governo na história desse país que criou mais transparência e mais instrumentos de combate à corrupção do que o nosso governo'', disse o ex-presidente

“Eu não vou responder a eles, vou dizer que nesses dez anos do PT, que a resposta que o PT deve dar a eles é a gente dizer que eles podem se preparar, eles podem juntar quem eles quiserem, porque nós vamos dar como resposta a eles a reeleição de Dilma como presidente em 2014. É essa a consagração da política dos trabalhadores”, disse Lula. Para Lula, outra resposta ao PSDB foi a vitória do prefeito Fernando Haddad em São Paulo. (Do portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/02


2013

Cuba precisa mesmo mudar

DO BLOG DE RENATO RIELLA

 Fidel Castro é o dono de Cuba desde 1959. Trata-se de uma ditadura sangrenta, castradora de valores, que resultou na morte de milhares de pessoas e na fuga de milhões de jovens.

A vinda da blogueira Yoani Sanchez ao Brasil marca uma gradual (lenta) democratização da ilha e revela que existe na gente jovem esperança de melhores dias. Ela exprimiu isso com uma frase genial:

-Se não deixarem que eu volte, serei a primeira pessoa a fazer o sentido inverso, entrando em Cuba clandestinamente, numa lancha.

Interessante e sintomático. Yoani sabe que a família Castro não conseguirá segurar o regime de ditadura durante muito tempo, até mesmo por uma questão de idade e de morte.

Sei pouco sobre Cuba e reconheço que pode haver grande carga de preconceito e de manipulação de informações ruins, numa ação de marketing dos Estados Unidos. Porém não esqueço, na década de 60, como meus professores no Colégio Maristas em Salvador informavam sobre o fuzilamento de padres por Fides Castro e seus asseclas.

Ao longo dos anos, confirmei que a pena de morte era aplicada por eles na vida civil com a mesma facilidade (e barbaridade) dos tempos de guerrilha. Isso é imperdoável.

Com o tempo, soubemos que Guevara não era o heroi que pensávamos, mas um assassino frio, que disparava balas à queima-roupa na cabeça de adversários. O mundo quer ver uma Cuba normalizada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

20/02


2013

Limites da democracia

HÉLIO SCHWARTSMAN *

 Os protestos de grupos esquerdistas contra a blogueira cubana Yoani Sánchez em sua passagem pelo Brasil configuram uma tremenda falta de educação e, talvez, revelam falhas na organização da visita, mas acho complicado afirmar que representam um veto à liberdade de expressão da jornalista e, portanto, constituem uma atitude antidemocrática.

Quem melhor demarcou a natureza do problema foi a própria blogueira, quando, de forma bastante elegante, por sinal, disse que gostaria de ver a mesma liberdade de manifestação em seu país. De fato, estaríamos diante de uma inequívoca agressão aos primados da sociedade aberta se autoridades brasileiras tivessem dado um jeito de impedir os jovens revolucionários de expressar suas opiniões, por mais absurdas e anacrônicas que as julguemos.

Por falar nisso, é preciso habitar um museu contíguo ao Vaticano para acreditar que o regime cubano deva ser imitado. Se viver ali fosse bom ou mesmo tolerável, o governo de Havana não teria passado mais de 50 anos impedindo viagens de cidadãos ao exterior. E não há sucessos na saúde e na educação que compensem a ausência de liberdades tão fundamentais como a de dizer o que pensa ou a de viver num outro país.

Uma vez que não dá para proibir manifestações nem incutir juízo e urbanidade na cabeça de jovens comunistas, a alternativa para garantir que Yoani possa tranquilamente passar seu recado aos que queiram ouvi-la é organizar melhor os próximos eventos, ainda que ao preço de restringi-los apenas para convidados.

Eu até gostaria que as disputas políticas fossem uma justa cavalheiresca, na qual cada lado ouviria galantemente os argumentos do adversário e os retrucaria só com raciocínios lógicos. Infelizmente, a democracia é um processo algo mais conturbado e que não tem o dom de eliminar o conflito da sociedade. Ela tenta apenas e muito imperfeitamente discipliná-lo. (* Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/02


2013

Em visita ao Congresso, Yoani diz ser ''satanizada''













Depois de enfrentar protestos em Recife e Salvador, a blogueira cubana Yoani Sánchez afirmou que teve o “dia mais louco de sua vida” após uma sessão de desagravo no Congresso Nacional, na tarde desta quarta-feira (20).

Após uma chegada tumultuada, em que foi acompanhada por parlamentares e curiosos, Yoani discursou contra a censura política e disse que vem sendo satanizada desde que criou seu blog, o Generación Y. Ela criticou ainda a carestia, a escassez e a falta de liberdade para manifestação política em Cuba.

“Este é o dia mais louco da minha vida. Eu pensava uma coisa e aconteceu outra”, disse a blogueira antes de deixar o local. Yoani confirmou que tem uma agenda enorme no país, mas que não se sente cansada. Ela, que pretende voltar em breve ao Brasil, afirmou que o “brasileiro tem adrenalina, vitamina”.

Durante a sessão, em resposta ao deputado Glauber Braga (PSB-RJ), Yoani se manifestou contra o bloqueio econômico dos Estados Unidos a seu país e contra a prisão na Baía de Guantánamo. A blogueira também defendeu a libertação de cinco presos cubanos nos EUA, que estariam sem direito a visitas. “Cuba não é um partido, não é uma ideologia, não é um homem. Cuba é a diversidade, com muitas flores”, disse Yoani.

O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) voltou a cobrar explicações do governo brasileiro e do embaixador cubano sobre uma reunião em que teria sido entregue um dossiê sobre a blogueira, durante a qual teria sido preparado um esquema de investigação durante sua viagem pelo Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio de Castro Marques Jr

É no mínimo cômico, para não dizer trágico, ver integrantes de partidos que sustentaram a ditadura no Brasil, notadamente o PFL, cercando a pseudo-cubana e ativista centrípeta dos direitos humanos em cuba.



20/02


2013

Manifestantes realizam novo ato contra Renan Calheiros













Um dos movimentos que pedem a saída de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado promoveu, na manhã desta quarta-feira (20), novas ações em Brasília. Pelo menos 30 manifestantes reuniram-se no gramado em frente ao Congresso Nacional para, simbolicamente, representar as quase 1,6 milhão de assinaturas obtidas em uma petição online.

As adesões, promovidas pelo site da ONG Avaaz, pedem que Calheiros deixe a presidência do Senado, argumentando que as acusações de corrupção contra o senador no Supremo Tribunal Federal (STF) não são compatíveis com cargo de presidente do Congresso.

O diretor de campanhas da Avaaz e professor de Direito da Fundação Getúlio Vargas, Pedro Abramovay disse que vai encaminhar uma representação na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pedindo para que a instituição encaminhe uma Ação Direta de Inconstitucionalidade  ao STF pedindo o fim do voto secreto na escolha do presidente do Senado.

À tarde, os manifestantes entraram no Congresso para entregar as assinaturas para parlamentares da oposição. Na internet, a Avaaz informa que "é uma comunidade de mobilização online que leva a voz da sociedade civil para a política global".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/02


2013

Petistas boicotam discurso de Aécio Neves















No dia em que o Partido dos Trabalhadores completa 33 anos de fundação, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) subiu à tribuna do Senado para listar o que chamou de “13 fracassos” do partido da presidente Dilma Rousseff nos últimos anos. Aécio, que é o possível candidato do PSDB à Presidência da República, fez ataques aos governos petistas e à cartilha editada pelo partido com comparações à gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Contudo, nenhum petista chegou a presenciar a íntegra do discurso do senador mineiro. Apenas Paulo Paim, Wellington Dias e Lindbergh Farias chegaram a tempo de ouvir o final do parlatório tucano.

Parte dos petistas argumentará que estava acompanhando a blogueira cubana Yoani Sánchez, que, segundo o jornalista da Veja, Lauro Jardim, “deve estar comemorando o boicote”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores