FMO janeiro 2020

27/11


2021

Prévias do PSDB: Doria 53,99% x 44,66 Leite

O PSDB divulgou agora o resultado das prévias vencidas pelo governador de São Paulo, João Doria. O gestor teve 53,99% dos votos, enquanto o principal adversário, o governador gaúcho Eduardo Leite, recebeu 44,66%. Já o ex-senador Arthur Virgílio obteve 1,35%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jaboatão - Família Acolhedora

27/11


2021

Arthur Virgílio: Devemos lutar pela unidade

Por Houldine Nascimento, repórter do Blog

Um dos candidatos derrotados nas prévias do PSDB, o ex-senador Arthur Virgílio foi o primeiro a discursar após o anúncio da escolha de João Doria como presidenciável da sigla: "A primeira campanha é lutar pela unidade, juntar os discursos e ver o que se aproveita de cada discurso para dar ao João."

Virgílio também criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a política econômica do governo federal, classificada pelo tucano como "desastrada". Ele ainda falou sobre respeito à diversidade e as questões ambientais.

"Os índios são vistos por muitos como entrave. O presidente Bolsonaro é um exemplo disso. Ele não entende de índio", disparou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE - Ações Sociais

27/11


2021

Doria vence as prévias do PSDB

O governador de São Paulo, João Doria, venceu as prévias do PSDB e é o pré-candidato da sigla à Presidência da República. O anúncio foi feito, há pouco, pelo presidente nacional da sigla, Bruno Araújo, em coletiva.

Os três postulantes subiram de mãos dadas ao palco. Doria venceu o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

Cerca de 30 mil filiados votaram.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

27/11


2021

Canhotinho antecipa 13º, 1/3 das férias e paga novembro

A Prefeitura de Canhotinho, no Agreste Meridional, liberou para todos os professores da rede municipal de ensino o salário de novembro, o 13º salário, 1/3 de férias e também o abono salarial de 2021 que equivale ao 14º e 15º salários. O anúncio feito hoje (27) beneficia cerca de 360 profissionais, entre professores efetivos e contratados, diretores e coordenadores, e injeta R$ 3,8 milhões na economia local.

Alguns professores chegaram a receber mais de R$ 20 mil. “Prometemos que liberaríamos tudo ainda nesse mês de novembro e cumprimos, assim como temos feito com todos os compromissos que assumimos”, afirma a prefeita Sandra Paes. “Nossos professores terão um fim de ano ainda mais especial”, completou, enfatizando que a educação é "prioridade" e que a melhoria da Educação passa pela valorização dos professores.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/11


2021

Presidente do PSDB diz que houve 26 mil ataques a app

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, afirmou hoje (27) que o sistema do novo aplicativo que o partido está usando para suas prévias barrou 26 mil tentativas de invasão. Seis dias após suspender a consulta a filiados por problemas técnicos, a sigla retomou suas prévias presidenciais hoje, na esteira de um processo marcado por muito desgaste. A votação foi encerrada às 17 horas.

"Até uma hora atrás cresceram mais de 26 mil defesas que foram feitas pelo sistema de segurança", disse Araújo. As informações são do Estadão.

"Do ponto de vista leigo a informação que tenho é que todas as tentativas são do exterior. Porque o Brasil até onde eu estou entendendo tem uma legislação firme e eles terminam utilizando IP de países onde esse tipo de crise é menos coibido."

Os governadores João Doria (São Paulo), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul) e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio disputam as prévias. Os três candidatos concordaram com a solução definida pela cúpula do PSDB, que escolheu a empresa Beevoter, aprovada nos testes de estresse feitos pela cúpula do partido e aceita pelos candidatos.

As prévias do PSDB foram interrompidas no domingo passado por causa de um problema no aplicativo de votação, desenvolvido pela Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs). Desde então, a cúpula do PSDB vem testando empresas para substituir a ferramenta on line com segurança. Em nota, a empresa gaúcha chegou a afirmar que considerava "muito plausível" ter ocorrido "um ataque de hackers".

Bruno Araújo disse que o vice-presidente jurídico do partido Carlos Sampaio "está buscando elementos, contratando auditoria forense" sobre as falhas ocorridas. Segundo o presidente nacional do PSDB, no fim do processo eleitoral, a sigla vai levar os dados "à Polícia Federal para pedir a apuração necessária".

"Não é para proteger o resultado do PSDB, um ataque ao PSDB, é para proteger a democracia brasileira, valores fundamentais para construção de algo muito maior que é esse sistema que escolhemos de convivência e de governança", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina outubro 2021

27/11


2021

PSDB encerra votação das prévias

Poder360

O PSDB encerrou às 17h a votação das prévias do partido. Foram registrados 25.854 votos. A expectativa é que o resultado seja divulgado até 17h30.

Os candidatos são o governador de São Paulo, João Doria; o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

A expectativa do partido é que 70% dos 44.000 cadastrados para participar das prévias votem. “É o mesmo número que o TSE trabalha nas eleições”, disse o presidente do partido.

Segundo ele, votos de tucanos históricos, que não puderam votar no fim de semana passado, foram registrados. Ele citou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ex-governador paulista José Serra e a senadora Mara Gabrili.

Os ataques, segundo informaram pessoas trabalhando na segurança do sistema, vieram do exterior. Houve apenas 2 registros para voto fora do Brasil. Um deles é em Portugal, o outro na Califórnia.

Essa informação facilitou a reação aos ataques. Como os 2 nomes votaram no início do dia, todas as tentativas vindas de fora do Brasil foram automaticamente barradas.

Com o fim da votação, o partido fará a apuração nesta ordem: primeiro, as urnas eletrônicas, que tiveram aproximadamente 600 votos; segundo, são abertos os dados do app da Faurgs, que falhou no domingo passado, mas registrou aproximadamente 3.600 votos. Por último, serão apurados os dados concedidos no sistema da BeeVote.

As prévias do partido deveriam ter sido concluídas em 21 de novembro, mas um problema no aplicativo desenvolvido para a votação levou a direção tucana a adiar o pleito. O fiasco acirrou a divisão interna na legenda, que vê cada vez mais distante sua era de protagonismo no processo político brasileiro.

O PSDB gastou R$ 1,6 milhão com o app desenvolvido pela Faurgs (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e que falhou no domingo passado. A fundação disse ter sido alvo de um ataque hacker.

A nova votação, iniciada às 8h deste sábado (27), é realizada a partir de um sistema desenvolvido pela BEEvoter. Antes, o PSDB ainda testou plataforma da RelataSoft, mas os resultados dos testes foram considerados insatisfatórios.

Outros 700 tucanos (governadores, deputados, senadores, líderes de diretórios e presidente e ex-presidentes do PSDB) puderam votar presencialmente em Brasília no domingo passado (21.nov). O voto presencial foi feito em urnas eletrônicas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

No domingo passado, mais de 90% dos eleitores cadastrados no aplicativo não conseguiram concluir o voto. Os votos registrados no dia 21 de novembro, no entanto, estão válidos e serão contabilizados no resultado.

A matéria completa está no Poder360.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

27/11


2021

Arcoverde: tromba d’água atrasa show de João Gomes

A forte chuva que caiu na tarde de hoje em Arcoverde, no Sertão pernambucano, causou transtornos na cidade. Um grande show que estava marcado para as 17h foi adiado para as 22h. Um vídeo obtido pelo Blog mostra os danos provocados na estrutura do evento.

O cantor pernambucano João Gomes, uma sensação do piseiro, é a principal atração da festa. Devido à chuva, seu show foi atrasado em algumas horas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Novembro

27/11


2021

Mendonça e Gilvandro vistoriam obras de asfalto

Ao lado do prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela (DEM), o ex-ministro Mendonça Filho, vistoriou, ontem (26), o andamento das obras de asfalto, que estão em execução em Belo Jardim.  Mendonça e Gilvandro estiveram na rua João Batista Senhorinho, mais conhecida como Avenida do Sesc, localizada no bairro da Cohab III e na avenida  José Justino de Oliveira, no São Pedro.

“Fico super feliz de receber aqui o abraço da população, a satisfação e a alegria do povo, dizendo claramente que percebe a mudança. Belo Jardim hoje é outra cidade com a liderança do prefeito Gilvandro Estrela e o nosso trabalho em Brasília, articulando obras junto ao Governo Federal, com apoio do senador Fernando Bezerra Coelho”, disse Mendonça, em entrevista à Rádio Bitury.

As obras de asfalto em Belo Jardim, são uma conquista do ex-ministro, que articulou, junto ao Governo Federal e ao senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), R$1.950 milhão em obras de asfalto para o município. “Esse é um compromisso de campanha que estamos honrando com apoio de Mendonça e do senador Fernando Bezerra Coelho. Em pouco mais de 10 meses, com muita seriedade e determinação, estamos transformando Belo Jardim”, congratulou Gilvandro Estrela. 

A pavimentação asfáltica melhora a mobilidade urbana, garante mais segurança para condutores e pedestres, além de beneficiar os moradores, com valorização de suas propriedades. Os bairros do São Pedro, Edson Mororó Moura, Floresta, Cohab I, Bom Conselho e Cohab III, foram contemplados pelos serviços, totalizando em 30 mil m2 de pavimentação asfáltica.

As obras tiveram início na última semana; relembre. Já foram concluídas a Avenida Júlia Rodrigues Torres, no bairro da Cohab I e a Rua Eurico Rodrigues, no bairro Edson Mororó Moura. Estão em andamento as ruas João Batista Senhorinho e José Justino de Oliveira, localizadas na Cohab III e São Pedro, respectivamente. Os serviços na rua Pedro Bezerra da Silva, no bairro do Bom Conselho, ainda serão iniciados. As informações são da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo, responsável pelo cronograma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Feira da Sulanca

27/11


2021

Greve de pilotos e comissários é cancelada

Os pilotos e comissários de bordo das companhias aéreas dediciram cancelar a greve marcada para começar na próxima segunda-feira (29), após chegarem a um acordo com as empresas do setor hoje (27). As informações são do Estadão.

O impasse foi resolvido no Tribunal Superior do Trabalho (TST), onde foi apresentada ontem a proposta de renovação da Convenção Coletiva do Trabalho (CCT) da aviação com o referendo do subprocurador-geral do Ministério Público do Trabalho (MPT), Gerson Marques, e da União, representada pelo Advogado-Geral da União (AGU), Bruno Bianco, e do Secretário Executivo do Ministério do Trabalho e Previdência.

O Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA), que representa as companhias aéreas, aceitou a proposta. Hoje, o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), que representa funcionários de Gol, Latam, Azul, ITA, Voepass e Latam Cargo, concordou em votação online com a proposta que inclui o reajuste imediato equivalente a 75% do INPC dos últimos 12 meses nas partes fixa e variável do salário; e um reajuste 100% do INPC dos últimos 12 meses nas diárias de alimentação nacionais e vale-alimentação. Também está prevista a renovação na íntegra das demais cláusulas sociais sem alterações.

Segundo os aeronautas, a votação teve 54% dos votos favoráveis à proposta, com 45% contra e 0,76% abstenções. No total, foram 6,9 mil tripulantes que participaram da decisão, que começou na sexta-feira à noite e terminou nesta tarde sábado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Arcoverde novembro 2021

27/11


2021

Vai, Mundica, conversar com Deus

Por José Nêumanne*

Durante 70 anos, uma frase rondou minha vida: Aujourd-hui maman est morte. O início de O Estrangeiro, de Albert Camus, sempre esteve nos meus cânones de aberturas de grandes textos da literatura, que aprendi a amar nos meus verdes anos. Somente nesta madrugada percebi todo o impacto dela, quando Isabel De Castro Pinto me contou que meu irmão médico, Nairton, havia telefonado para dizer que o coração de Raimunda Ferreira Pinto tinha parado.

Devo tudo a minha mãe: minha vida, minha cara, meu amor pelas palavras e minha paixão pela escrita. Desde muito cedo, aprendi que, por mais que eu tentasse, jamais conseguiria escrever com a mesma emoção com que ela descreveu meus primeiros instantes de vida num álbum que guardo com fervor. A maior herança dela, contudo, não sei se a usarei com seu mesmo empenho e sua mesma sincera dedicação: o sentido completo da palavra empatia, o amor pelo outro como extensão do amor por si mesmo e pelos seus, princípio que aprendeu com as freiras de Cajazeiras cuja memória ela sempre venerou.

Meu pai, grande amor de sua vida inteira, foi a única pessoa que soube tudo dela. E certamente foi ele quem me soprou a última homenagem quando eu passeava com meu filho Artur na rua: sua mãe, acima de tudo, amava mesmo era o amor. Quem ama sabe. Vai, Mundica, conversar com o Deus, que sempre te inspirou, sobre a força do amor contra o ódio e do bem contra o mal.

*Jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

27/11


2021

Democracia no século 21

Por Arnaldo Santos*

O mar seria, por si próprio, calmo e tranquilo, se o não movessem e perturbassem os ventos, e o povo pacífico e tratável, se oradores sediciosos não o levassem à ação da desordem (Francis Bacon). Não demora repetir que a democracia, mesmo detendo toda a importância política, social e econômica, para a maioria das sociedades no Mundo, à extensão da história, jamais teve constituído um conceito específico, singular, com anuência universal.

 Originária da Grécia Clássica, desde o seu surgimento como modelo de organização político-social, democracia experimenta distintos significados entre alguns dos mais notáveis pensadores. Em Aristóteles, por exemplo, a ideia não é a mesma de Platão. E, no século XXI, qual sua definição e que significado encerra, em tempos de radicalismo religioso, terrorismo, migração em massa, pandemia e desigualdade social aguda?

Independentemente de quaisquer ideações que se lhe ofereçam, entendemos ser incompatível democracia com pobreza, desigualdade social, fome, e miséria, no grau que ainda se observa na realidade em curso, em vários países.

Relatório global da organização não governamental - OXFAM, de janeiro 2020, aponta que a parcela dos 1% mais ricos do mundo concentra mais do dobro da riqueza de 6,9 bilhões de pessoas. Para se ter a dimensão do que esses dados significam,  é preciso dizer que, em outubro de 2021, a população global foi estimada em 7,9 bilhões de habitantes. Se a desigualdade econômica já é muito grave, quando olhamos para o Brasil, que tem a segunda maior concentração de renda do Mundo, conforme dados da ONU, o pior é a pobreza do saber, com sua disparidade de conhecimento. Em um mundo movido por tecnologias de alta complexidade, ainda temos uma educação de tal modo baixa, que é comparada a alguns países da África.

Paradoxalmente, a igualdade, assim como a liberdade, são dois dos princípios inerentes a todos os entendimentos de democracia desde o seu surgimento, por volta do século IV ou V a.C.

A propósito, o mundo assiste sob influxo à maior crise humanitária de que se tem notícia desde o século XX: dezenas de milhares de pessoas, oriundas dos países do norte da África, fogem das guerras e do radicalismo religioso do Estado Islâmico. Em uma aventura quase suicida, tentam cruzar o Mediterrâneo e outros mares, na esperança de reconstituir vidas nas chamadas democracias econômicas da Europa. Quando escapam dos naufrágios e chegam às fronteiras, enquanto imploram e suplicam visto de entrada a essas nações, erguem-se centenas de quilômetros de cercas elétricas nas fronteiras, vigiadas por soldados armados e prontos para matar.

E eis que, rejeitados pelos estados milionários do Velho Mundo, são forçadas ao confinamento em campos de refugiados. Certamente, em nem um dos vários significados e conceitos de democracia, da Era clássica à Modernidade, ainda que todos eles atentem contra o princípio da igualdade, em tempos de capitalismo globalizado, a desigualdade é o trajeto enviesado a ser combatido, para se evitar que a parcela dos 1% mais ricos do mundo continue a se apropriar da riqueza total dos 99%, combinados.

Assegurar, pois, o direito de ir e vir, e até de permanecer, para o cidadão, esse sim, deve ser afiançado à cidadania global, bem como outras liberdades e garantias individuais, como acesso aos serviços públicos universais de qualidade - como educação e saúde. É este, pois, o repto que se impõe à democracia do século XXI, para que o seu significado incorpore na pratica, e de maneira sustentável, os princípios de igualdade e liberdade, universalmente preconizados e aceitos.

Para isso, entretanto, será preciso que a democracia moderna, como imaginamos, ultrapasse a mera participação eleitoral, com vistas a se garantir a todos o protagonismo ativo, amplo e decisório, não apenas na escolha dos que vão governar, mas, principalmente, na definição das políticas publicas e controle de sua execução, a fim de que o Estado exista para todos os cidadãos, indistintamente, e não apenas para uma minoria que já tem tudo.

Democracia não combina com prática reducionista dos direitos. Contrario sensu, aqueles que forem efetivos devem ser cada vez mais ampliados, pois o capital especulativo global, alimentado pelos governos e suas politicas monetaristas, está criando e nutrindo uma autofagia absolutamente desapiedada e em escala planetária.

E, como nos ensina Albert Einstein, “[…] O meu ideal político é a democracia, para que todo homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado”.

*Jornalista, sociólogo e doutor em Ciências Políticas. Comentários e críticas para: [email protected]


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

27/11


2021

Elba, Fagner e Niemeyer apostam em forró de Gonzagão

Por Ancelmo Gois, de O Globo

O primeiro lançamento do selo Bônus Track, de Luís Oscar Niemeyer, responsável por trazer ao Brasil os grandes nomes do rock, como os Rolling Stones, será dedicado ao... forró.

Dia 13 de dezembro agora, quando Luiz Gonzaga faria 109 anos, o irmão do agora imortal Paulo Niemeyer lança “Festa”, com 12 canções do rei do baião interpretadas pela dupla de craques, Elba Ramalho e Fagner (foto).

A parceria, aliás, vai rodar o Brasil em excursão. Entre as músicas estão “Danado de bom”, “A morte do vaqueiro” e o “Cheiro da Carolina” (aquela “Que foi pro samba/ Pra dançá o xenhenhém). Xenhenhém?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes novembro 2021

27/11


2021

Justiça não ordenou bloqueio de bens de Nadegi

Por Houldine Nascimento, repórter do Blog

Passou a circular nas redes sociais e em grupos de WhatsApp a afirmação de que a Justiça determinou o bloqueio de bens da prefeita de Camaragibe, Nadegi Queiroz (Republicanos). A informação é falsa.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), nem sequer solicitou a indisponibilidade de bens da gestora, assim como do ex-prefeito Demóstenes Meira, que são réus em uma ação civil de improbidade administrativa. Além deles, outras 11 pessoas e empresas foram acionadas judicialmente.

O que a 2ª Promotoria de Justiça de Camaragibe requereu à Justiça foi o bloqueio de bens do ex-secretário de Serviços Públicos Silvano Jackson Queiroz Brito Filho, do então projetista e diretor de Limpeza Urbana Clayton Rezende Nunes e da Camará Ambiental "com a finalidade de garantir a restituição ao erário". Em julho de 2019, Nunes chegou a ser exonerado por Nadegi, que era prefeita em exercício.

O MPPE pede a restituição de R$ 1.478.245,72 por entender que houve as "práticas de direcionamento na contratação dos serviços de limpeza urbana; superfaturamento de item da planilha orçamentária; pagamentos irregulares à contratada e gestão Administrativa ineficiente em um contrato sem licitação de 2016 para adquirir de forma emergencial os serviços da Camará Ambiental". Naquele ano, Nadegi era vice do prefeito Demóstenes Meira.

A Promotoria se apoiou em um parecer técnico do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) e chegou a classificar a contratação como "situação emergencial fabricada". O Blog teve acesso à sentença proferida no último dia 18. A Justiça concedeu uma liminar para decretar a indisponibilidade dos bens dos demandados.

Outras providências foram tomadas:

"1) A expedição de ofício aos Cartórios de Registro de Imóveis Recife, Olinda, Camaragibe e São Lourenço da Mata, para proceder ao gravame nos imóveis que repousem em nome dos suplicados acima identificados.

2) A realização de bloqueio on line (Renajud) junto ao DETRAN-PE, requisitando que este órgão se abstenha de transferir qualquer veículo de propriedade dos requeridos.

Caso as medidas acima descritas não sejam suficientes para a garantia do valor do suposto dano ao erário, proceda a secretaria às seguintes diligências:

1) Encaminhem-se os autos para consulta e bloqueio on line (Sisbajud) de ativos financeiros pertencentes aos demandados, até o montante acima individualizado." 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

27/11


2021

Miguel diz que pacote de obras do PSB é enganação

Na passagem pelo Agreste Setentrional, ontem, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (DEM), criticou o PSB por anunciar o Plano Retomada para Pernambuco no ano que antecede as eleições. O gestor, que é pré-candidato ao Governo do Estado, disse que a medida é uma "enganação".

“Por onde temos andado, ouvimos um coro de insatisfação sobre a ausência de um projeto e políticas para o Agreste. Não adianta agora o PSB vir prometendo um monte de obras um ano antes da eleição, os pernambucanos não serão enganados de novo. Agora é a hora de unir todas as forças da oposição, o povo de Pernambuco para discutir nosso Estado e construir um projeto de mudança e esperança”, discursou Miguel em Orobó.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/11


2021

Passarinhos e jacarés

Por Marcelo Tognozzi*

Na semana passada, contei aqui a história do famoso jacaré do ex-senador Jarbas Passarinho, sequestrado e “afogado” no Lago Paranoá por vizinhos ilustres que culparam o bicho pelas mazelas, pragas e azares que assolavam o prédio dos senadores na Asa Sul de Brasília. Mas há muito mais por trás deste episódio, inclusive segredos só agora desvendados.

O jacaré veio parar em Brasília depois que um dos filhos de Passarinho caçou o bicho na Ilha de Marajó e o transformou num belo almoço. Depois de alimentar seus caçadores, foi cuidadosamente empalhado. Imagine isso acontecendo hoje em dia. Era bem capaz de a Rede entrar no Supremo pedindo prisão perpétua para o sujeito que cometesse uma barbaridade destas. Mas não se entusiasmem. Está tudo devidamente prescrito. Isso foi há mais de 50 anos, quando caçar e comer jacarés era um saudável hábito cultural dos paraenses daqueles tempos.

Os Passarinhos e os jacarés sempre tiveram uma história, digamos, de afeto; algo que unia o coração e o apetite. Caçado, comido e empalhado, o jacaré foi dado de presente a dona Ruth, mãe do caçador e mulher do senador, que naquela época já vivia em Brasília dando expediente como ministro do Trabalho. Presente de filho para mãe. Não foi outro o motivo que levou o jacaré para a parede do hall do elevador. De adorno a bode expiatório das crenças e superstições dos vizinhos, foi um pulo.

Quando era governador do Pará (1964-1966), Passarinho ocupava com a família a residência oficial do governador. Um belo palacete de 2 andares no Parque da Residência, um dos locais mais aprazíveis de Belém. O 2º andar era o reino dos 5 filhos: Jarbas Junior, Carlos, Julia, Eleonora e Angélica.

Junior era o mais endiabrado. Criava jacarés na banheira de um dos banheiros do 2º andar. Houve uma época em que eram 3 filhotes. Junior fazia medo nas irmãs e nas empregadas com os bichinhos. Já estavam taludinhos e os dentinhos afiados, quando o governador e dona Ruth receberam diplomatas norte-americanos para um daqueles jantares de cerimônia. Garçons com luvas brancas servindo à francesa pratos da culinária paraense.

Passarinho sempre foi formal, discreto e elegante. Fazia parte de uma espécie já extinta de políticos, os quais lutavam por poder, nunca por dinheiro, e trabalhavam para pôr em prática seu projeto de país. Hoje, este tipo de gente só interessa aos arqueólogos estudiosos da política, como a turma do CPDOC (Centro de Pesquisa e Documentação) da Fundação Getúlio Vargas.

Dia de jantar de gala também era festa para os meninos, com refrigerantes liberados e maçã no cardápio, fruto raro no Brasil daqueles tempos, vendido em caixas de papelão e cada fruto embalado com papel de seda azul.

Junior e uma das irmãs brincavam com os jacarezinhos, quando um deles escapuliu escada abaixo e invadiu o jantar do pai governador. Foi um corre-corre. A mulher de um dos diplomatas soltou gritinhos, outra madame quase desmaiou. O jacarezinho no meio do salão perdido, literalmente sem pai nem mãe. Até que um dos empregados se aproximou e pegou o bichinho. Aí tudo mudou: de ameaça o pequeno réptil virou mascote e atração número 1 do jantar.

Depois de esclarecido que o filhote era apenas o pet dos meninos, e não fazia mal a ninguém, o medo deu lugar ao xodó. Aquele jacaré foi acarinhado, adulado, passou de mão em mão. Passarinho, então, decidiu dar o filhote de presente para a mulher do diplomata americano, que soltou aquele “Oh, my Goodness!”, revirando os olhinhos de satisfação e êxtase pelo presente mais exótico de toda sua vida.

Foi a última vez que um Passarinho criou jacaré dentro da casa. O velho Jarbas, no uso das suas atribuições de pai e governante, baixou decreto curto e grosso: estava proibida a entrada e permanência de jacarés vivos ou mortos dentro de casa. Revogam-se as disposições em contrário e fim de papo.

Aquele jacaré sequestrado não foi parar por acaso dependurado na parede do hall do agora ministro. O decreto da noite do jantar certamente ainda estava em vigor, quando o bicho fora trazido para Brasília já transformado em peça decorativa. E, ao mesmo tempo, em ameaça ao equilíbrio energético do prédio, conforme a vã superstição da vizinhança. E foi assim que José Sarney, Itamar Franco e Alexandre Costa se encarregaram de, secretamente, mandá-lo para o fundo do Lago Paranoá seguindo à risca a lei divina dos répteis: “da água vieste e à água retornarás”.

*Jornalista. Texto publicado originalmente no Poder360.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha