Lavareda

23/11


2020

Óleo de peroba é pouco

O candidato do PSB a prefeito do Recife, João Campos, postou nas redes sociais que não faz campanha agredindo ninguém, mas desde que começou o segundo turno até em porta de igreja mandou a militância agredir Marília Arraes.

Mas a justiça eleitoral se posicionou duro aos comerciais veiculados pelo PSB nos programas eleitorais de João Campos com agressões a Marília e determinou a retirada do material e deverá conceder direito de resposta. O PSB hoje entrou para reverter a decisão e perdeu novamente .

Muito cara de pau.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

gilson

Que baixaria Sr João Campos, a eleição passará, e reflita quem elegeu o teu finado pai, em 2006, tirou o de mero deputado federal, e hoje vocês dão o troco, vergonhoso.


ALEPE

23/11


2020

Eleição no Recife gera trocadilho com cantora sertaneja

Os votos recebidos no primeiro turno pelo então candidato do DEM a prefeito do Recife, Mendonça Filho, têm sido objeto de disputa ferrenha. Nas redes sociais e em grupos de WhatsApp, um card bem humorado sobre a preferência de parte do eleitorado do ex-ministro passou a circular com frequência.

"O novo voto do recifense Marília/Mendonça" é a mensagem que tem sido propagada por quem votou em Mendonça, mas decidiu apoiar Marília Arraes (PT) no segundo turno. Trata-se de um trocadilho com a cantora sertaneja Marília Mendonça, muito famosa no meio artístico.

A brincadeira também se assemelha ao que o governador de São Paulo, João Doria, fez na campanha em 2018, quando produziu adesivos com o nome "Bolsodoria", colando sua imagem ao presidente Bolsonaro. Uma grande diferença, no entanto, é que Marília não produziu essa peça.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

23/11


2020

“O que está em discussão é o Recife”, diz Álvaro Porto

Defensor da candidatura de Marília Arraes (PT) à Prefeitura do Recife, o deputado estadual Álvaro Porto (PTB) reitera que as denúncias de irregularidades e investigações que pairam sobre as gestões da legenda socialista no Recife e no governo do estado explicam a urgente necessidade de o PSB ser tirado do poder. 

“O PSB usa a atual campanha para apontar corrupção em outros partidos e se esquece das denúncias contra ele. Até onde vai o cinismo do PSB? A quantidade de casos de corrupção em que as administrações do prefeito Geraldo Júlio e do governador Paulo Câmara estão envolvidas é imensa. Portanto, a questão desta eleição do Recife é muito menos a briga entre esquerda e direita. Não estamos fazendo defesa de partido nenhum, mas o que está em jogo é o destino da cidade. E o PSB fez mal ao Recife e aos recifenses, com gestões marcadas por escândalos”, diz.

Álvaro Porto lembra que o PSB precisou do PT para eleger o ex-governador Eduardo Campos nos dois mandatos. Observa também que há dois anos os socialistas pressionaram o PT nacional para tirar Marília da corrida ao governo do estado, abrindo espaço para a reeleição de Paulo Câmara. “Este ano fizeram de tudo para que o PT não concorresse e agora, quando a derrota se desenha, começam a apontar corrupção no PT. Curiosamente, há dois anos, o PT era o melhor partido do mundo para os socialistas, agora é o mais corrupto. O PSB fala e age como se não estivesse por trás dos maiores escândalos de Pernambuco”, frisa.

Porto questiona qual seria o novo começo que o candidato do PSB à Prefeitura do Recife, João Campos, diz querer comandar. “Ele e o grupo que ele representa participaram de tudo que resultou em denúncia no governo do estado e na Prefeitura do Recife. Que novo será esse?”, indaga. “Ao fim de oito anos, a Prefeitura do PSB vive ocupando as páginas policiais. A Polícia Federal está tendo trabalho para investigar desvios de recursos públicos. Já fez de seis a sete buscas na Prefeitura. A compra de respiradores para porcos, agora na pandemia, exemplifica bem o novo que João vai oferecer à cidade”, completa.

A compra a que Álvaro Porto se refere foi feita em março. Foram adquiridos 500 respiradores para uso animal, com dispensa de licitação e gastos de cerca de R$ 11 milhões, segundo informações divulgadas pela imprensa na época. A compra foi denunciada pelo Ministério Público do Tribunal de Contas do Estado e está sendo investigada. O Ministério Público Federal também abriu inquérito. 

Entre os escândalos de âmbito estadual citados pelo deputado – muitos dos quais alvos de denúncias e pedidos de informação apresentados pelo petebista na Assembleia Legislativa – estão a construção do presídio de Itaquitinga, contratos da Arena Pernambuco, desvios de recursos para afetados por cheias na Mata Sul e contratos não transparentes com Organizações Sociais na gestão de hospitais e UPAs.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

23/11


2020

Grupo Ferreira Souza apoia esportes e ações sociais

Atletas do Clube Judô Juazeiro, patrocinados pelo Grupo Ferreira Souza – Cab Motors, voltaram a fazer bonito. Desta vez a equipe se destacou no Campeonato Nacional de Judô Funcional, que aconteceu virtualmente no último dia 19. Através de apresentações de exercícios técnicos e funcionais, cada competidor buscava o máximo de repetições corretas em tempo determinado por cada categoria de disputa.

“A entrega dos atletas foi sensacional, o resultado coroou um trabalho que foi realizado em meio à pandemia e que deu muito certo”, comemorou Allan Moura, sensei da equipe técnica.

Além do apoio aos esportes, o empreendedor social Antonio Souza, líder do grupo Ferreira Souza, também esteve, durante o fim de semana, visitando as obras da Casa de Acolhimento para Dependentes Químicos em Araripina, ação da qual ele é um dos patrocinadores. Confira no vídeo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/11


2020

Armando Monteiro desfilia-se do PTB

Nota oficial 

Tomando conhecimento de especulações sobre mudanças no comando do PTB em Pernambuco, que até o presente momento não foram confirmadas, antecipo a minha decisão de me desfiliar em caráter irrevogável do Partido Trabalhista Brasileiro. 

Comunico minha decisão, neste momento, ao meu amigo José Humberto Cavalcanti, presidente estadual, ao tempo em que reafirmo a minha irredutível decisão de apoiar a candidatura de Marília Arraes à prefeita, que representa, neste momento, a melhor alternativa para o Recife, interrompendo um já longo, medíocre, e mal sucedido ciclo de gestões do PSB. 

Ao longo da minha vida pública, nunca admiti cabresto, nem recebo ordem unida. 

Agradeço a todos os companheiros do partido, dirigentes, parlamentares, gestores municipais, vereadores, lideranças e  correligionários em geral, que nunca me faltaram, desde que iniciamos essa construção em 2003, sob a liderança do saudoso ex-presidente e empresário, José Carlos Martinez. Estou seguro de que em breves dias, nos reencontraremos. 

Armando Monteiro


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Ô Gretchen, o comentário abaixo Não é meu, marcos de Camaragibe.

Fernandes

Armando votou contra os trabalhadores brasileiros em 1999 quando ere deputado federal. É alma sebosa juntamente com marcos mamador de piroca de camaragibe queima rosca.

marcos

Hora hora, quem conhece ARMANDO MONTEIRO já sabia que ele ia sair desse PTB, desde quando ARMANDO MONTEIRO iria ficar sob ordens de um PICARETA, BANDIDO feito Roberto Jefferson, esse bandido era para está PRESO e não comandando um Partido como o PTB, isso que entristece a Politica, e fico muito triste quando vejo hoje, até Presidente dando bolas a esse PICARETA desse Roberto Jefferson. e a todos os bandidos envolvidos nos maiores escândalos do Brasil. Parabéns ARMANDO MONTEIRO. Por ser uma rara exceção na politica.


Banco de Alimentos

23/11


2020

Mendonça denuncia material falso que o associa ao PSB

O ex-ministro Mendonça Filho, que concorreu à Prefeitura do Recife pelo DEM, foi às redes sociais, há pouco, fazer uma alerta aos seus eleitores sobre um material falso que está circulando. A imagem traz um adesivo apócrifo que induz apoiadores de Mendonça a votarem na candidatura do PSB, sigla de que é um dos maiores oposicionistas.

"O eleitor que nos deu 25% dos votos no primeiro turno tem liberdade para decidir, no segundo turno, por não votar no PSB, nem no PT. Ou escolher entre um dos dois. Não sou dono do eleitor, mas vejo com espanto o vale tudo entre socialistas e petistas para conquistar o voto da Direita: da disseminação do medo à fake news", escreveu o democrata.

"O uso do meu nome e de cores da minha campanha para induzir o meu eleitor a qualquer um desses projetos de poder, que combato há anos, vai além da desonestidade intelectual. É golpe baixo! Não apoio nem o PSB, nem o PT. Permaneço firme na resistência ao projeto de poder que comanda o Recife há 20 anos e transformou nossa cidade na capital da desigualdade social, da corrupção e da má gestão", concluiu Mendonça.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Agora é MARÍLIA 13.

Fernandes

Esse Mendonça chato perdedor, votou contra os trabalhadores brasileiros na reforma trabahista.



23/11


2020

Prefeito de Curitiba na live de amanhã

Depois de uma rápida paralisação, voltamos amanhã a reeditar as lives nacionais pelo blog simultaneamente à Rede Nordeste de Rádio, formada por mais de 40 emissoras nos Estados de Pernambuco, Alagoas e Bahia. O convidado desta terça-feira é o prefeito reeleito de Curitiba, Rafael Greca (DEM).

Fenômeno eleitoral na capital paranaense, Greca passa a governar a cidade pela quarta vez. Para acompanhar a live, entre no Instagram do blog no @blogdomagno, clique no botão Rádio deste blog ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio no play store.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/11


2020

Izaías Regis se manifesta a favor de Armando e Marília

O prefeito de Garanhuns, Izaías Regis (PTB), reafirmou, hoje, o respeito e admiração à liderança política que ex-senador Armando Monteiro exerce em Pernambuco. “Caminharei com Armando Monteiro por onde ele seguir e reitero meu apoio à candidatura de Marília Arraes, no segundo turno das eleições na capital”, disse Régis.

Em tempo, o presidente estadual do PTB, José Humberto Cavalcanti, emitiu a seguinte nota sobre a destituição do diretório:

“Com relação a notícia que se veicula pela imprensa sobre a destituição do diretório estadual do PTB em Pernambuco, por parte da executiva nacional do partido, informamos que, até o momento, não recebemos qualquer comunicado oficial sobre essa decisão. Havendo qualquer novidade, voltaremos a nos posicionar”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Armando votou contra os trabalhadores brasileiros em 1999 quando ere deputado federal.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

O eterno candidato a governador. Agora, saindo do PTB, ele entra no PT e é eleito kkkkkkkkkk



23/11


2020

Homem-forte de Geraldo acusado de superfaturar Covid

EXCLUSIVO

Relatório oficial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), juntado nos autos do inquérito policial da Operação Antídoto da Polícia Federal, mostra que a gravidade das contratações sem licitação da Prefeitura do Recife (PCR) na covid-19 é muito maior do que já foi divulgado pela imprensa. Segundo a documentação oficial, as compras para a covid-19 autorizadas por Felipe Soares Bittencourt, diretor de Finanças da PCR, chegam a ter alegados superfaturamentos de 1100% (mil e cem por cento) em alguns dos itens nas compras emergenciais sem licitação. 

Felipe Soares Bittencourt está afastado da Prefeitura do Recife (PCR) por ordem da Justiça Federal, por suspeita de corrupção, em medida cautelar. O prefeito Geraldo Júlio (PSB), entretanto, não o exonerou do cargo em comissão que ocupa, apesar dos escândalos. Nos bastidores, Felipe Soares Bittencourt é apontado como homem-forte de Geraldo Júlio nas compras da saúde. 

Segundo o relatório do TCE da dispensa emergencial 123/2020, Felipe Soares Bittencourt comprou sem licitação o item 23 por R$ 42,89 da empresa Facimed Comércio. A Prefeitura de Catende, no mês de julho de 2020, comprou o mesmo item 23 por apenas R$ 3,86 com a mesma empresa Facimed Comércio. Ou seja, segundo o TCE, Felipe Soares Bittencourt teria autorizado uma compra sem licitação por um preço 11 vezes maior do que a mesma empresa fornecedora entregava, no meio da pandemia, para outras prefeituras do interior de Pernambuco. 

Segundo o relatório do TCE, o "pulo do gato" para esta compra supostamente superfaturada foram as pesquisas de preços que a gestão de Geraldo Júlio (PSB), através de Felipe, fazia antes das compras. As pesquisas eram deficientes e mal feitas, segundo os auditores do TCE. 

"A Secretária de Saúde de Recife alegou a escolha dos fornecedores por ter obtido a proposta mais vantajosa para o serviço público com a pesquisa de preços realizadas, no entanto, não realizou cotações em banco de dados de preços públicos, em que poderia ter observado preços mais razoáveis. Observa-se que alguns itens tiveram a cotação de apenas duas empresas", dizem os auditores do TCE. 

Em grande parte das compras emergenciais sem licitação, Felipe Soares Bittencourt está sendo acusado de suposto superfaturamento das compras. Em outros dos itens da dispensa emergencial 123/2020, os superfaturamentos variaram entre 103% e 348%, segundo o relatório do TCE. 

"Observou-se que Felipe Soares Bittencourt, Diretor Executivo de Administração e finanças, responsável pela assinatura do Relatório Descritivo da Dispensas 123/2020, com pesquisa de preços insuficientes e composta por propostas antieconômicas para a Administração, já que todas as propostas selecionadas encontravam-se com indicativo de sobrepreço, 103,39%, para os itens 02, 03 e 04; 87,02%, para os itens 06 e 07; 68,01%, para o item 10; 348,23% para o item 15; e 1.111,14% para o item 23, no âmbito da Dispensa 123/2020, quando deveriam identificar que os referidos itens foram contratados com indícios de valores superiores aos de mercado", demonstraram os auditores do TCE, no relatório oficial. 

Nesta dispensa emergencial 123/2020, também foi contratada a empresa Saúde Brasil, alvo da Operação Antídoto da Polícia Federal. A empresa recebeu R$ 81 milhões sem licitação, em compras com participação de Felipe Soares Bittencourt. Segundo reportagem do Jornal do Commercio, esta empresa Saúde Brasil tinha como sócia uma faxineira, ou seja, suposta "laranja" dos verdadeiros donos. 

Nos bastidores, se comenta como quase certa uma nova fase de operação da Polícia Federal sobre a Prefeitura do Recife (PCR), até a próxima sexta-feira (27), desta vez com prisões preventivas, pela gravidade de novas provas encontradas pela Polícia Federal. Já Felipe Soares Bittencourt segue afastado do cargo em comissão na PCR por decisão judicial e proibido de entrar no prédio da Prefeitura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha