Lavareda

20/03


2011

Imprensa americana trata visita de Obama como ''''inoportuna''''

A visita do presidente Barack Obama ao Brasil foi classificada de inoportuna pelos veículos de comunicação dos estados Unidos. O argumento foi a abstenção do Brasil na votação do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que cria uma zona de exclusão aérea na Líbia e que permite uma intervenção contra as tropas de Muammar Khadafi. Segundo os jornais, os brasileiros pretendem um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas e a retirada de taxas à importação do etanol.

O jornal Washington Post avaliou a viagem como controversa. A rede de televisão CNN classificou a viagem de Obama ao Brasil de "inábil e desajeitada", por ocorrer dias depois da abstenção brasileira. O canal de TV FoxNews foi mais longe, dizendo que a viagem é uma espécie de férias na região e uma tentativa de  fugir dos problemas internos.

O conservador Weekly Standard sugeriu que Obama aproveitasse a visita para tratar com a presidenta Dilma Rousseff  do apoio da Venezuela às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). O jornal Los Angeles Times considerou a viagem "morna e convencional" e lembrou que a Colômbia, maior aliado dos Estados Unidos na América do Sul, ficou fora do roteiro.

Para o New York Times, o apoio de Obama ao pedido do Brasil de um assento permanente no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) foi "modesto".(Do blog de Sidney Rezende - Com informações da Agência Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

20/03


2011

A exata versão dos ministros que recusaram tirar os sapatos

Desde o começo da manhã, aqui em Brasília, chegavam relatos de empresários brasileiros irritados pelo fato de passarem por revista conduzida por funcionários dos EUA. Isso ocorreu no Centro de Convenções Brasil 21 – onde ocorria a cúpula de negócios Brasil/EUA, com a presença de mais de 300 executivos dos dois países.

À tarde, Obama foi ao local, para fazer um rápido discurso. Ministros brasileiros também se deslocaram pra lá. E teriam que se submeter ao mesmo esquema de revista. Indignados, vários ministros brasileiros deram meia volta e foram embora. Confirmamos agora há pouco, com assessor de um deles, que os seguintes ministros recusaram-se a participar do encontro diante da insistência dos agentes dos EUA: Mantega, Pimentel, Mercadante e Tombini (do BC).

Os ministros, imagino, preferiram protestar em silêncio, para evitar confusão. Coube ao empresário Paulo Skaf dar a informação aos jornalistas: ele considerou absurdo que o governo tenha aceito que toda a segurança ficasse a cargo dos EUA.

Por que o Itamaraty aceitou um esquema desses?

Outra pergunta: todos os ministros deram meia volta e foram embora? Ou alguns aceitaram “tirar os sapatos” pros gringos – como fez Celso Lafer durante o governo FHC? Sabemos de vários ministros convidados para o encontro, além dos 4 citados acima. Com a confusão e a dificuldade de acesso, até agora não foi possível confirmar se algum ministro brasileiro aceitou “tirar os sapatos”.

Vários jornalistas brasileiros também passaram por fortes constrangimentos. Uma equipe de televisão conta que saiu do prédio para entrevistar um empresário. Ao voltar, foi barrada definitivamente – sem explicação. O tratamento para a imprensa dos EUA era diferenciado.

Agora há pouco, a “Folha.com” também noticiou o fato, acrescentando um nome aos que se recusaram a entrar: Edison Lobão.(Rodrigo Viana - Carta Capital)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Uilma está certa...E segurança americana lá sabe quem são seus imbecis do Mercadante, Mantega e Tombini?!

uilma

Seguro morreu de velho.


O Jornal do Poder

20/03


2011

''''Ele é bom de bola, ruim de embaixadinha'''', diz garoto do morro

por G1 |

 

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama é um bom jogador de futebol, pelo menos de acordo com Jardel Antonio, de 10 anos. “Ele é bom de bola”, disse o menino, que jogou com seus colegas de projeto social, na Cidade de Deus.

Segundo Jardel, Obama precisa melhorar a embaixadinha. “Ele é ruim de embaixadinha”.

Jardel disse que Obama conversou com ele e perguntou quantos anos ele tinha. “Ele é simpático. Uma boa pessoa”, disse.

Todos os meninos do projeto ganharam uma bola de futebol nova da Casa Branca. Jardel ficou surpreso ao descobrir que podia levar o presente pra casa. “É minha? Pra levar? Mesmo?”, duvidou. Depois da confirmação do presente, ele era só sorrisos. “Ele é legal demais”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Julio Povoas de Arruda Miranda

"Alguém ainda acha interessante ver presidente americano vendo capoeira, batendo palminha, acompanhando o ritmo do berimbau???" (Do empresário da área de energia David Zylbersztajn, sobre a agenda de Barack Obama, na Cidade de Deus-RJ). Esqueçeu a obrigatória peladinha, com direito a embaixadinha.


Abreu no Zap

20/03


2011

Obama faz breve visita Cidade de Deus no Rio

Obama joga futebol com crianças neste sábado

O presidente norte-americano Barack Obama visitou na manhã desse domingo a comunidade Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, onde apesar da ansiedade e expectativa dos moradores, passou pouco mais de 20 minutos. Obama chegou à sede da FIA (Fundação para a Infância e Adolescência) por volta das 11h20 para assistir a uma apresentação de percussão e capoeira do grupo comandado pelo mestre Neri Ariri.

O presidente estava acompanhado da mulher Michelle e das filhas Malia e Sasha e foi recebido pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e pelo prefeito da cidade Eduardo Paes, com suas respectivas mulheres. Além do governador e do prefeito estavam presentes o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, o embaixador dos EUA no Brasil, Thomas Shannon.

Embalados pelas batidas dos instrumentos de percussão, o presidente e a primeira-dama mostraram interesse na apresentação. Já na capoeira, apenas Obama mostrou-se impressionado, já que a primeira-dama e as filhas haviam assistido a uma outra apresentação na tarde de sábado em Brasília.

Diferentemente do esperado, Obama não visitou a UPP da comunidade. Mas bateu bola rapidamente com algumas crianças antes de deixar a favela. Chegou a ensaiar algumas embaixadinhas.

Em uma atitude inesperada, antes de ir embora, Obama saiu do carro e acenou para os moradores que estavam em suas casas. A comunidade ficou eufórica. O radialista Roberto Cavalcante, de 38 anos, atirou uma camisa azul da seleção brasileira, que vestia, em cima do carro onde estava o presidente norte-americano. Ele não soube dizer se a camisa foi recolhida.

Theatro Municipal

Depois da visita Obama seguiu de carro até o aeroporto de Jacarepaguá, onde pegou um helicóptero em direção ao campo do Flamengo na Gávea, zona sul do Rio. Após uma pausa para descanso e almoço no hotel Marriott, onde está hospedado, o presidente irá para a Cinelândia, no centro do Rio. Ele discursará no Theatro Municipal para uma plateia de convidados. Pela manhã a previsão era de que ele visitasse o Corcovado com a família. A visita, no entanto, foi adiada pelo “mau tempo” , segundo Robert Mearkle, do setor de comunicação do departamento de Estado dos EUA e ex-adido cultural do consulado dos EUA no Rio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/03


2011

Quem é Kassab?

 Gilberto Kassab começou a sua carreira política no malufismo e chegou ao secretariado do inesquecível prefeito Celso Pitta. Passou pelo PL, mudou-se para o PFL e, graças a uma aliança com o PSDB, aninhou-se na Prefeitura de São Paulo.

Com a decadência do seu partido, negociou uma aproximação com o PT, ameaçou filiar-se ao PMDB e flertou com o PSB.

Agora, informa que poderá criar um novo partido, o PSD.

Ganha uma viagem de ida a Trípoli quem for capaz de repetir uma ideia política defendida por Kassab.

Ganha uma viagem de volta quem for capaz de dizer o que significará esse partido.

Numa época em que a caciquia política nacional defende uma reforma política para fortalecer os partidos, Kassab simboliza a sinceridade dessas opiniões.                                                     (Elio Gaspari)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Julio Povoas de Arruda Miranda

"Joguei o jogo da política brasileira, dançei a música que tocava no baile"(José Roberto Arruda, ex-governador cassado do DF em entrevista ao site da VEJA). O mesmo vale para Gilberto Kassab e o governador de PE, Eduardo Campos. Cadê a nossa reforma política??? Durma com uma bronca dessa!!!

milton tenorio

E ainda é cortejado pelo Governador de Pernambuco.....

uilma

Logo pra Tripole?kkkkkkkkkkkkkkkrespondo nem mortakkkkkkkkkkkk


Banco de Alimentos

20/03


2011

Depois de Obama, Chávez

Na véspera da chegada de Barack Obama a Brasília, o líder do governo Romero Jucá (PMDB-RR) foi ao microfone do Senado para fazer um anúncio. Disse que recebera na véspera, em seu gabinete, a visita do embaixador venezuelano Maximilien Arvelaiz. Conversaram sobre um encontro de Dilma Rousseff com o presidente Hugo Chávez, o arquiinimigo latino dos EUA.

Segundo Jucá, Dilma deve se avistar com Chávez no final de abril. Discutirão o fim do passaporte nas viagens de brasileiros para a Venezuela e vice-versa. Jucá não esclareceu onde ocorrerá o encontro. Se for no Brasil, o PT e os movimentos sociais que lhe são simpáticos terão trabalho pela frente.

Precisam organizar as passeatas de boas-vindas a Chávez. Urge preparar o manifesto em que o companheiro será tachado de persona gratissima. De resto, convém solicitar uma audiência conjunta com o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes, para organizar o discurso de Chávez na Cinelândia.                                                          (Do blog de Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

KKKKKKKKKKKKKKKKK. OS ÚILTIMOS SERÃO OS PRIMEIROS.KKKKKKKKKKK.NESSE CASO AI, SEI NÃO.KKKKKKKKKK



20/03


2011

Serviço secreto americano revistou carro da Polícia Federal

Revista

Agentes do Serviço Secreto americano a paisana fazem uma varredura com cães farejadores nos arredores do hotel Marriott, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro – onde era esperado o presidente do EUA, Barack Obama, e sua comitiva, na noite deste sábado (19). Os veículos policiais, da Guarda Municipal e até mesmo da PF (Polícia Federal) foram vistoriados. Parte das centenas de curiosos em frente ao hotel vaiou a ação dos policiais no carro da PF.

Um trecho da avenida Atlântica, no sentido Ipanema, foi interditada por volta de 20h20 da noite. Os motoristas deviam seguir pela rua Figueiredo Magalhães até a rua Barata Ribeiro para acessar o avenida Atlântica pela rua Santa Clara.(Do portal R7)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Eu acho é pouco. Sempre direi " Brasil um país de tolos, abestardos, bajuladores e analfas funcionais " Tô fora!

Julio Povoas de Arruda Miranda

DURMA COM UMA BRONCA DESSA!!!

João Carlos Affes de Araujo

Quando um presidente brasileiro vai aos EUA, toda a segurança e obrigada a deixar suas armas no próprio aeroporto, aqui os caras vem e revistam os carros da policia federal realmente e muito lamentável pra não dizer triste, fica a pergunta cade a soberania nacional alguem viu ela por ai rsrs

uilma

KKKKKKKKKKKKKK MUITO BOM, QUE SABE CHEVES NÃO TINHA UMA SURPREZA PRA OBA.KKKKKKKKKKKKK



20/03


2011

O novo DEM de Agripino Maia

A julgar pelo que diz o novo presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia(RN) em artigo de hoje na Folha de S.Paulo, o seu partido está mesmo disposto a consolidar uma cara muito diferente da que se vem vendo ultimamente, com passagens já conhecidas via José Roberto Arruda. O DEM de que fala Agripino traz mensagem diferente do que tem aparecido ultimamente. Eis um pequeno trecho do que diz Maia:

''''Atualmente, o partido honra sua tradição exigindo dos integrantes padrão ético. No DEM, envolvidos em desvio de conduta são expulsos ou obrigados a renunciar. A quem não vence eleições é destinado o papel de oposição, que precisa fiscalizar o governo de modo responsável e propor alternativas. Este é o nosso dever. Uma atuação rigorosa na qual não se permite a presença de oportunistas. Tendo nossas ideias como principais armas, cumpriremos nossa missão.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Julio Povoas de Arruda Miranda

"O DEM faz oposição como se isso fosse um fim em si, num tipo de comportamento semelhante ao do PT antes que o partido de Dilma chegasse ao pder. O DEM perdeu o rumo"(Do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, nas páginas amarelas da revista VEJA desta semana).

uilma

EU HEIN!



20/03


2011

Presidente da AL de SP pagou pizzas com verba da educação

 O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Barros Munhoz (PSDB), é acusado numa ação judicial de usar verba destinada à educação para pagar um jantar de confraternização para 285 pessoas em uma pizzaria. O evento ocorreu em outubro de 2004. À época, o deputado era prefeito do município de Itapira (SP).

O Ministério Público denunciou o tucano por ter assinado um cheque no valor de R$ 2.850 nominal à Choperia e Pizzaria Don Rossi. A verba pagou "285 refeições tipo rodízio", segundo a nota fiscal emitida pela pizzaria. Em outra denúncia, o deputado é acusado de participar do desvio de R$ 3,1 milhões da prefeitura em 2003, conforme revelou a Folha de S.Paulo. A ação corre em segredo de Justiça para proteger os sigilos bancários dos envolvidos. Barros Munhoz, que teria se beneficiado de R$ 933 mil, nega ter participado do suposto esquema de desvios.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Jorge Pires Pereira

Tudo termina em pizza mesmo!!!

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Esa vendo por que tem que ser revistados, por são um bando de ladrões, até roubam dinheiro para comprar pizza, e ainda querem respeito. fala serio Jandilson

roberto lima

esses "barros" do psdb na realidade são lamas

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Isso é o tipo de safadeza que literalmente vai dá em pizza!



20/03


2011

FHC elogia convite de Dilma e ironiza Lula que não compareceu

 O ex-presidente da República Fernando Henrique elogiou neste sábado, 19, o convite da presidente Dilma Rousseff para participar, em Brasília, do almoço oferecido ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. "Achei uma gentileza, senão não teria vindo", disse. "Em matéria de Estado, quando se está representando o País, não cabem divisões partidárias. A presidente Dilma demonstrou que tem compreensão correta dessa matéria", afirmou.

"Temos que ter uma relação. Não é necessário tratar um como Deus e outro como demônio. Aí não dá", afirmou FHC, referindo-se à proximidade de Dilma com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Convidado, Lula não quis participar do encontro com Obama. Outros três ex-presidentes, além de FHC, estiveram no almoço: José Sarney, Itamar Franco e Fernando Collor.

FHC ironizou o fato de Lula, na condição de presidente, nunca tê-lo convidado, como fez Dilma. "É que o Lula é meu amigo de tantos anos atrás e achou que não era necessário", afirmou. E alfinetou: "O Lula, quando eu era presidente, esteve comigo. Muitas vezes". Fernando Henrique ainda defendeu o discurso firme de Dilma Rousseff na recepção a Obama. "O discurso de interesse do Brasil tem que ser duro, tem que dizer as verdades como são, quais os nossos interesses". (De O Estado de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Está mais do que provado, que a DILMA, é muito mais preparad do que esse ANALFABETO LULA, que so esteve na midia graças a outro bandido chamado FRANKLIM MARTINS, que expurgaram deste governo. Jandilson

uilma

KKKKKKKKKKKKK. O MANGUAÇA TA COM RAIVAKKKKKKKKKK PORQUE OBAMA PRIMEIRO CHAMOU EL DE CARA, DEPOIS GALINHA CACAREJEANTE.KKKKKKKKKKKKKKK

Holderlin Correia da Silva

Eu não votei em Dilma não, porem acho que ela estar dominando muito bem a pasta. Sem tirar a votação do salário mínimo, que foi um desastre vê aqueles deputados trairem o povo em troca de seus próprios enterece. FHC estar certo. O Lula é pobre de espírito.

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

Nossa quanta especulação pessoal, Lula só não foi mesmo esse almoço, porque está acostumado a comer quentinhas, ele pensou, ouxe comer aquelas comidas que nem sei com são feitas, vou nada!!! Já basta o que sofri nos 8 anos que estive lá.

Wellington Antunes

O Farol sempre com ciumes do pau-de-arara, no fundo no fundo o Príncipe adorou o fato do sapo não ter comparecido, pois o sapo iria roubar a cena e o Farol como sempre, ficaria esquecido e isolado num canto de parede.



20/03


2011

Toca mais, Arruda!

Estava escrito nas estrelas que um dia José Roberto Arruda, ex-governador de Brasília e grão mensaleiro do DEM, daria nomes e números aos bois. Ele fez isso dentro da lógica petista segundo a qual coletar e embolsar dinheiro a pretexto de campanhas eleitorais não é crime. Apresentou-se como um irradiador de recursos para o DEM, o PSDB e até o PT. Segundo ele, ''dancei a música que tocava no baile'', pois ''fazia tudo de coração, com a melhor das intenções''.

Se a Polícia Federal e o Ministério Público puxarem todos os fios da meada, Arruda poderá vir a prestar o maior serviço de sua carreira política. É só falar mais.                (Elio Gaspari)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores