Lavareda

25/04


2008

Mendonça: "Reeleição é avanço; 3º mandato é irracional"

 O ex-governador de Pernambuco e ex-deputado José Mendonça Filho (DEM) disse ontem que um terceiro mandato para "qualquer presidente" seria "irracional, esdrúxulo, algo sem paralelo no mundo". Para ele, não há como comparar sua emenda com a de um eventual terceiro mandato. "A proposta de reeleição foi um avanço institucional para o país, e a de um terceiro mandato contraria qualquer lógica do presidencialismo", disse. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

O comentário do Sr.Mendonça Filho sobre o reeleição e 3o mandato chega a ser patético. É um atentado a inteligência de qualquer pessoa.

GLACIDELSON ANTONIO DA SILVA

Mendonça Filho falou e não explicou nada. Qual a lógica do presidencialismo que é contrariada? Também não explicou o avanço. Tá parecendo Rolando Lero. Mas ele não está sozinho, afinal os políticos são mestres do "faça o que digo, não faça o que eu faço" (vide PT e PSDB).

Tajmahal Cruz

Penso que devemos insistir com a reeleição. Os exemplos são de que o eleitor em regra tem punido os mal gestores (feitores). Essa coisa de 3º mandato é uma esquisitice. Cheira a puxa-saquismo e a bajuladores de plantão.

Paulo Kigrer

Raimundo comete repetidamente o equívoco principal dos petistas: o sofisma! Quando Roosevelt, nos Estados Unidos, foi reeleito não constava na constituição americana nada a impedir tal vontade... o que foi nesse instante vedado, justo para conter tal abuso... visse?

Cátia Santos

E COM ESTE BANDO DOS PETISTAS, QUE SEMPRE FORAM CONTRA A CORRUPÇÃO , e HOJE AGEM MUITO PIOR DO QUE TODOS OS OUTROS PARTIDOS JUNTOS. Oh povinho MEDÍOCRE e SEM NOÇÃO... Este é o Brasil, em que todos hj diz: SE TODOS ROUBARM, PQ LULA TB NÃO PODE ROUBAR?


ALEPE

25/04


2008

A versão da Prefeitura do Recife

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Planejamento Participativo, Obras e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura do Recife, mandou uma explicação bem grande para responder a nota intitulada "Desmontaram o circo", publicada aqui hoje cedo. Com sete itens, o documento diz o seguinte:

1- As instalações montadas na sede da Empresa de Urbanização (URB) do Recife visaram a realização das plenárias temáticas do Orçamento Participativo. Foram realizadas sete plenárias, entre os dias 12 e 19 de abril;  2- P.ara cadastrar as 6.314 pessoas foram utilizados 30 computadores da Empresa Municipal de Informática (Emprel);  3- Os resultados dessas plenárias foram a definição de algumas prioridades como: qualificação e formação sistemática das equipes de saúde e educação para identificar, notificar e acolher as mulheres vítimas de violência; fortalecer a economia das RPAs por meio de uma ação integrada de desenvolvimento local; garantir a continuidade e fortalecer o Programa Multicultural do Recife; fortalecer a guarda municipal através da Ronda Escolar, Brigada Ambiental e Agente de Trânsito.

4 - Ao final das plenárias, todo o material foi recolhido, como estava previsto no cronograma da Secretaria de Planejamento Participativo, Obras e Desenvolvimento Urbano e Ambiental;

5 - Para onde afinal foram os computadores? Para a realização das plenárias regionais que começam hoje, dia 23, na rua do Sirigí, UR-7, Várzea. Portanto, podendo ser acompanhado pelo blog logo mais às 19 horas;

6. Estas plenárias irão até o dia 17/06, com a realização de 49 plenárias,  com urnas eletrônicas e internet;

O sétimo item não tem mais explicações. Nele a assessora de Imprensa Thais de Paula diz que "discordamos da forma deselegante e sem checagem das informações" da nota publicada aqui e que  fiz "ilações que não correspondem aos fatos e desrespeitam a participação popular do Recife".

Não ficou claro se ela fala em nome do secretário de Planejamento João da Costa, que também é pré-candidato a prefeito do Recife, ou se a nota é assim mesmo, dúbia.

Uma coisa ficamos sabendo bem depressa, como eu já previa: o circo agora está montado na  Várzea. Precisamente na rua Sirigi, Ur-7, Várzea. (Do site de Divane Carvalho)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cátia Santos

VERGONHA MESMO... SEMPRE AS MESMICES, DE QUEM NUNCA NADA SOUBE. COMO ENTÃO ESSE POVO PETISTA PODE ADMINISTRAR UMA CIDADE, ESTADO E PAÍS COMO O NOSSO, SE NUNCA DE NADA SABE?

gustavo jose amaral do rego

é estilo do PT mesmo, "EU NÃO SEI DE NADA; EU NÃO VI NADA" isso é uma vergonha, cadastro de pessoas ahahahah; aquilo é politica suja usando a máquina pública, mas para o PT POOOOOODDDEEEE!!!!!


O Jornal do Poder

25/04


2008

Eduardo compara ritmo de Jarbas/Mendonça a tartaruga

 Sempre que sobe no palanque, o governador Eduardo Campos (PSB) faz questão de propagar suas ações de Governo e faz utilizando como comparativo a administração passada. Diante dos moradores da comunidade do Jacarezinho, em Campina do Barreto, no ato de entrega de 256 casas populares, o socialista fez questão de esclarecer os “fatos” através de “dois números”. O primeiro exemplo foi sobre o Prometrópole, através do qual de 2003 a 2006 as obras somaram R$ 14 milhões. “Não poderíamos continuar nesse ritmo de tartaruga. Nós, em pouco mais de um ano, investimos R$ 24 milhões em obras. Como pode? Isso é decisão política, compromisso”, enfatizou. O outro referencial foi o índice de saneamento básico do Recife. “Antes do prefeito João Paulo (PT), a cidade tinha apenas 28% de saneamento, mas temos agora 42%”, explicou. Ou seja, 14% a mais em oito anos.

Com afagos através dos discursos, Eduardo Campos, João Paulo e o secretário prefeiturável João da Costa (PT) enfatizaram o “clima” de parceria, na tentativa de demonstrar afinidade. Assim, o socialista adiantou que estará engajado na campanha do “candidato”. “Vai ser definido por João Paulo e pelo candidato qual a participação que nós vamos ter. Óbvio que nossa participação não será no dia-a-dia da campanha, mas temos instrumentos como o guia eleitoral em rádio e TV, em alguns atos fortes da campanha”, disse.(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

SEVERINO DE FRANÇA TORRES

O atual governador de PE deverá sair do palanque e trabalhar, a atual gestão está divagar, divagar, divagar quase parando. Daqui a pouco termina o mandato e ele sempre diz que está arrumando a casa. O povo de pernambuco não aquenta mais a falta de compromisso com o Estado.

Pedro Batista Filho

Sra. Cátia, acreditando eu, ser a Sra. uma pessoa inteligente, e mesmo sabendo ñ precisar dos meus conselhos, mesmo assim o faço. Antes de falar sobre "Precatórios", leia o parecer de Romário Dias do então PFL(Seu partido) absorvendo Dr.Arraes e também a enorme diferença entre os casos em PE,SP e SC

Cátia Santos

CONTINUANDO. DINHEIRAMA DOS PRECATÓRIOS QUE ELE SURRUPIOU DO ESTADO DE PERNAMBUCO, COM A PRECIOSA AJUDA DO SEU ENTÃO QUERIDO ANTÔNIO CAMPOS (VULGO- TONCA)...

Cátia Santos

Jarbasta e sua IRA contra o NOSSO SENADOR ELEITO PELO POVO... ahahahahahaha Porém, sei que DUDU tb foi eleito pelo POVO, mas, é a única coisa que ele sabe fazer em seu PALANQUE (talvez não lembre que passou as eleições), é criticar, criticar, criticar, PORÉM, ATÉ HJ FICAMOS SEM RESPOSTA PELA

JARBASTA

Perfeito Governador Eduardo Campos. Tem mesmo é que desmascarar esses dois fariseus, que passaram oitos anos governando em cima de um marketing mentiroso enganando o povo pernambucano.


Abreu no Zap

25/04


2008

Discurso da "herança maldita" chega agora a Magalhães

 A inauguração da primeira etapa da Via Mangue, em Boa Viagem, rendeu um palanque recheado de críticas aos oposicionistas. O próprio prefeito João Paulo (PT) aproveitou o seu pronunciamento para fazer um desabafo com relação à herança que lhe foi deixada pela gestão do ex-prefeito Roberto Magalhães (DEM), há pouco mais de sete anos. “Quando assumimos a Prefeitura do Recife, sabíamos dos reais problemas e das grandes dificuldades do acesso à Zona Sul da cidade. (...) Tivemos a preocupação de transcender um projeto chamado de Linha Verde (projeto da administração anterior para a construção do túnel). Fizemos um estudo e identificamos que o projeto estava muito marcado pela falta de ação social. Se pensava nos carros, mas não na população do entorno”, alfinetou.


João Paulo lembrou que “os jornais de três dias atrás declaram que foi assumido pelo candidato (a prefeito) do DEM (Mendonça Filho) que é uma questão política e não técnica (embargar a obra do Parque)”. “Se é uma questão política, nós vamos fazer”, corroborou o vereador Carlos Gueiros (PTB).(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cátia Santos

Pois é, queremos saber da finatec, das "licitações fantasmas", dos 3 milhões doados para escola de samba mangueira, deste obrada da Av. Conde da Boa vista, deste parque d. lindu, etc... JOÃO PAULO, ONDE A GRANDE OBRA É ENGANAR O POVO...

Antonio de Pádua

Joaõ Paulo, você deve explicação sobre a FINATEC.

JARBASTA

Muito bem prefeito João Paulo, tem mesmo é que desmascarar esses DEMônios.



25/04


2008

João Paulo: obras mal resolvidas e risco na campanha

 Do site de Divane Carvalho

O prefeito João Paulo anda sem sorte no quesito obras públicas. A tal requalificação da avenida Conde da Boa Vista não deu certo e a população reclama todo dia; vários trechos da orla de Boa Viagem estão sendo refeitos porque apresentaram problemas sérios logo após a reforma e a primeira etapa da Via Mangue mal foi inaugurada e os motoristas já estão se queixando da falta sinalização na saída do túnel, no Pina.


Na Conde da Boa Vista, a Prefeitura do Recife alardeou que o trânsito ia melhorar para os usuários do Corredor Leste/Oeste e os engarrafamentos se multiplicaram. Em Boa Viagem, trabalhadores lutam dia e noite para embutir a fiação elétrica e fixar a proteção da ciclovia, mas até ainda não conseguiram.


Agora é aguardar para saber se a primeira etapa da Via Mangue vai beneficiar os cerca de 35 mil motoristas com as alterações no trânsito local, como prometeu o prefeito, sobretudo com o túnel sob a Avenida Herculano Bandeira, que ligará as Avenidas Antônio de Góis e República Árabe Unida.


Se João Paulo não conseguir resolver de uma vez por todas o caos provocado pelas mudanças na Conde da Boa Vista, não apresentar um acabamento decente para o calçadão e ciclovia de Boa Viagem e não melhorar o trânsito a partir do túnel da Via Mangue, facilitando o acesso à Zona Sul da cidade, os adversários do PT não precisarão ir muito longe para montar seus discursos de campanha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

25/04


2008

Mais sujeira grossa: milhões do governo para prostíbulo

 A Polícia Federal prendeu ontem 10 pessoas sob a acusação de integrarem uma quadrilha que desviava parte dos empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a prefeituras e empresas privadas. Os empréstimos, segundo a Polícia Federal, eram obtidos por meio de influência política.

O dinheiro desviado era lavado num prostíbulo e num restaurante que funcionam num flat em Bela Vista, região central de São Paulo. Escutas telefônicas mostraram que o lugar era usado para prostituição e tráfico internacional de mulheres, de acordo com a PF. No prostíbulo, um programa custa até R$ 600.O mais conhecido dos presos é o advogado Ricardo Tosto, que defendeu o deputado Paulo Maluf (PP-SP).

Um dos possíveis investigados num desdobramento das prisões é o deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP). A PF encontrou indícios de que ele participava do lobby político para liberar os empréstimos. Ontem à noite, o deputado disse que estava num avião prestes a decolar e que não poderia fazer comentários.

Um dos presos é o engenheiro Boris Timoner, diretor de expansão das Lojas Marisa. A PF afirma ter provas materiais de que de 3% a 4% desses  empréstimos foram desviados. Ou seja, o grupo teria ficado com pelo menos R$ 10,5 milhões.(JB Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/04


2008

Deputados também querem cartão corporativo

 Nem mesmo as inúmeras polêmicas envolvendo o mau uso dos cartões corporativos por servidores do Executivo inibem os parlamentares. Um movimento liderado por deputados governistas pressiona o relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), a incluir em seu parecer final a troca da verba indenizatória dos parlamentares pelo cartão de crédito. O valor disponível continuaria o mesmo: R$ 15 mil por mês para despesas com combustível, manutenção de escritório nos estados e alimentação. Mas em vez de tirar do bolso e ser ressarcido após apresentação de nota fiscal, o parlamentar teria o crédito liberado direto no cartão corporativo.

O relator nega a pressão, mas admite a possibilidade de sugerir a mudança no parecer final da CPI. “Quando se tem o portal da transparência e quando a utilização do cartão é automaticamente exposta no portal, ganha-se na eficiência e no controle social”, declarou o relator.(Agência Nordeste)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/04


2008

Lula acha burrice do PT veto a aliança com PSDB em BH

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva atuará nos bastidores para viabilizar a aliança do PT com o PSDB na eleição municipal de Belo Horizonte. Segundo a Folha apurou, Lula achou "uma burrice" a decisão de ontem da Executiva Nacional petista que veta tal aliança.
Motivo: o candidato a prefeito da aliança é Márcio Lacerda, do PSB, um aliado tradicional do PT e de Lula.

Na avaliação do Palácio do Planalto, o PT nacional mirou no governador de Minas, o tucano Aécio Neves, mas acertou o PSB dos aliados Ciro Gomes, deputado federal e vice-líder nas pesquisas sobre a sucessão de 2010, e Eduardo Campos, governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/04


2008

Enxaqueca consentida

 Tribuna da Imprensa - Mauro Braga e equipe

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões verificou, esta semana, no Tribunal de Contas da União, que Maria Emília Évora, titular de cartão corporativo a serviço da família Lula, adquiriu várias garrafas de vinhos para o consumo do presidente da República.

Constatação

De acordo com a prestação de contas de Évora, foram comprados, entre outros, vinhos cujos valores variavam entre R$ 11,20 e R$ 16,40. A julgar pelo preço das garrafas o fígado do presidente deve estar para lá de baleado. Coitado..


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha