Cabo Agosto 2021

19/10


2006

Dossiê: Bastos rebate críticas da oposição

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, rebateu críticas da oposição de que a Polícia Federal está demorando para apurar a origem do dinheiro que seria usado para comprar um dossiê contra os candidatos tucanos ao governo do Estado de São Paulo, José Serra, e à presidência, Gerald Alckmin.

Para Thomaz Bastos, a frase de que a investigação está demorando é "absolutamente destituída de sentido".

Ele lembrou que a descoberta do dinheiro "aconteceu há 30 dias". De acordo com ele, já se descobriu toda a cadeia causal". Ele afirmou também que "como ninguém confessou, tem que ir pela prova técnica, e nós estamos chegando perto disso".

O ministro rebateu também a crítica da oposição de que estaria se comportando como advogado criminalista do governo federal. "Não deixei em nenhum momento que a minha lealdade ao presidente impedisse a minha lealdade às instituições e vou continuar assim até o fim do meu mandato", disse.

Para o ministro, não se pode esperar que "chefes políticos da oposição queiram se comportar de uma maneira objetiva e republicana em uma eleição como esta, que está chegando na última semana". As informações são do Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

Prá ser tão imbecil, só podia ter esse nome ridiculo de Paulin.

Paulin de Caruaru.

Renomado criminalista do presidente pago com o dinheiro do contribuinte.


Petrolina Julho 2

19/10


2006

PF diz que origem do dinheiro sai antes do 2º turno

O diretor geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda, disse hoje acreditar que vai se descobrir antes do segundo turno a origem do R$ 1,7 milhão descobertos com o advogado de Gedimar Passos para compra do dossiê contra os tucanos José Serra e Geraldo Alckmin. "Estamos com este objetivo. Acredito que vamos conseguir", disse. Ele afirmou também que a Polícia Federal entregará no início da semana que vem um relatório parcial ao juiz da Segunda Vara Federal, Jefferson Schneider, sobre a apuração já realizada. Lacerda confirmou ainda que aproximadamente R$ 5 mil do total descoberto com Gedimar Passos mostram indícios de que vieram do jogo do bicho. Lacerda participou de evento no Tijuca Tênis Clube, no Rio, do projeto "Guias Cívicos", que prepara jovens para trabalhar nos Jogos Pan-americanos. As informações são dã Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Manoel de Souza

Ana já arrumou a mala? Essa estória de Chico Buarque tá igual os precatórios, já não tem a menor graça. Porque vc não cria coragem e mostra a sua cara?

Ministro da Justiça deixem esses idiotas prá lá, continues fazendo com que a PF que sempre teve tranasparência e competência para desbaratar qualquer esquema criminoso no país, as estatísticas estão aí para provar. Queremos mostrar a esses imbecis que o Lula não tem nada a ver com essa estória.

Fernando Vieira

Vixe!!! isso é racismo puro!!!!

Ana B. Holanda

Ô Fernandinho Beira-Mar... Esse Holanda não é meu... é inveja que eu tenho de Ana que teve um filho com o Chico o galeguinho dos "zói" azul... mas a inveja é somente pelo Chico..... tá!

Ana B. Holanda

O dinheiro saiu da conta que Dona Marisa mantém de em nome de Michele na Suiça.... mas silêncio que Lula não pode saber...


Caruaru Novas Creches

19/10


2006

Jungmann grava depoimento de apoio a Mendonça

O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) gravou esta manhã um curto depoimento de apoio à candidatura de Mendonça Filho para ser veiculado no horário eleitoral grauito. Jungmann escolheu como cenário um dos corredores do Senado Federal e foi flagrado pela repórter do blog, Ana Silveira, enquanto gravava a mensagem.

Jungmann pediu que os eleitores pernambucanos escolham Mendonça para o governo do estado. O rápido depoimento durou menos de dois minutos. Ao contrário da tradicional euforia, Jungmann escolheu um tom muito desanimado para a mensagem. Mas reagiu bem-humorado quando foi questionado sobre tamanha "empolgação" para o recado a Mendonça: "Vocês (jornalistas) são cobras bem criadas, hein", brincou o deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

domingos Sávio de Godoy

É uma vergonha, ver o Raul idetificado com as forças de esquerda, dando apoio um defunto, devia ter vergonha só foi eleito por conta da CPI.

helenosilva

pronto,agora o eduardo está perdido.com o apoio desse grande lider,na certa,mendoncinha vai virar.

guilherme alves

Pela cara do deputado, acho que não gostou da sugestão. Talvez pela densidade eleitoral do mesmo o Mendonça vire o jogo.

Ivan Câmara de Andrade

Não adianta mais o barco já afundou. Eu voto em Lula, Eduardo e Alck em mim.

Fernando Vieira

Realmente, Aninha, o Raul sabe o que faz... tem muitas horas de "vôo". Sabe que é o momento de ir devagar. Devagarinho... assim, como o Governadorzinho.


Serra Talhada 2021

19/10


2006

Eleição divide a CPI dos Sanguessugas

O clima eleitoral entrou de vez na CPI dos Sanguessugas, como relata a repórter do blog em Brasília, Ana Silveira. Os deputados Raul Jungmann (PPS-PE) e Carlos Sampaio (PSDB-SP) esperam autorização do presidente da CPI, Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ) para viajarem a Cuiabá (MT) em busca do relatório parcial da Polícia Federal que deve ser divulgado hoje com parte das investigações sobre a compra do dossiê.

Jungmann disse que desde ontem à noite tenta falar com Biscaia por telefone para pedir autorização. Biscaia negou, no entanto, que os parlamentares o tenham procurado para pedir a autorização. "Eles estão tentado fazer disputa eleitoral. Mas só podem viajar com a minha determinação", disse.

O deputado Jungmann afirmou que, se Biscaia não for localizado, vai autorizar por contra própria a viagem dos parlamentares - uma vez que é vice-presidente da CPI. “Não conseguimos falar com o Biscaia. Mas se ele estiver ausente, assumirei a posição para que a CPI busque os documentos”, afirmou.

Enquanto a oposição quer divulgar os detalhes sobre a compra do dossiê antes do segundo turno, os governistas trabalham para que as informações se tornem públicas somente depois das eleições. O temor é que as investigações respinguem no presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ameacem a sua candidatura à reeleição.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

Sabe quando? Quando gente como FHC, PEFELANÇA, TUCANAGEM DESVAIRADA e todo mundo "chic" que tem 3 carros na garagem e casa em Porto de Galinhas voarem poara a Europa e NÃO VOLTAREM MAIS!!!! Vai ser tão bonzinho!!!

Ana B. Holanda

Quando é que este Brasil vai ter jeito, heim?



19/10


2006

Rebelo: PSDB e PFL agem como colonizadores britânicos

O presidente da Câmara, deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP), acusou nesta quinta-feira o PSDB e o PFL de serem preconceituosos com relação aos eleitores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sobretudo os da região Nordeste. Segundo Aldo, os dois partidos, que sustentam a candidatura do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), tratam o Nordeste "como os colonizadores britânicos tratavam as colônias africanas".

O comentário do presidente da Câmara foi em resposta a avaliação do líder do PFL, deputado Rodrigo Maia (RJ), de que a candidatura de Alckmin ainda não decolou --como indicam as pesquisas-- porque as pessoas não estão assistindo ao programa eleitoral, indicando que votam no Lula porque não tem informação.

"É uma manifestação de preconceito contra uma parte do eleitorado brasileiro que vota no presidente Lula. Os tucanos e o PFL acham que só os eleitores deles são esclarecidos, são bem informados. Os tucanos não são administradores ingleses nem o Nordeste é uma colônia africana", criticou.

Aldo cobrou dos tucanos mais respeito com o eleitorado. "Eles precisam aprender a respeitar todos os eleitores brasileiros. Eleitor do presidente Lula, do presidente Alckmin, eleitor com doutorado honoris causa, eleitor que apenas sabe assinar o nome, são todos brasileiros. Partir da idéia de que o eleitor bem informado vota no Alckmin e o desinformado, o que recebe Bolsa Família, vota no Lula, é uma visão muito elitista", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ricardo José Amorim Campos

q bobagem. o PT e sua coligação agem como facistas, utilizando o estado ao seu favor; ou mesmo stalinistas e sua propagadna manipuladora. Melhor os ingleses!!


Pousada da Paixão

19/10


2006

Tasso envia cartas pedindo voto para Alckmin

O presidente nacional do PSDB, senador cearense Tasso Jereissati, começa hoje a enviar uma carta aos prefeitos e lideranças políticas do Estado pedindo voto para o presidenciável tucano Geraldo Alckmin. Na carta, Tasso diz que Geraldo Alckmin “é homem sério, honesto, já demonstrou competência como governador de São Paulo. Geraldo não irá tolerar corrupção. Não permitirá que a esperança de milhões de brasileiros se transforme em desilusão”.

 

Na carta, Tasso faz um balanço das administrações do PSDB no Ceará nos últimos 20 anos. “Há quase 20 anos, iniciamos, todos juntos, uma caminhada que ajudou a mudar o nosso Ceará. Cansado de clientelismo, atraso e ineficiência, o povo cearense nos confiou a tarefa de transformar nossa realidade. Com dificuldades, mas convictos do que precisava ser feito, equilibramos as finanças estaduais, para depois investir em saúde pública e saneamento, reduzindo a mortalidade infantil, uma de nossas maiores vitórias”, diz a carta de Tasso.

 

Ele enumera conquistas vindas dos governos tucanos no Ceará: “Mudamos o perfil de nossa economia, atraindo indústrias e incentivando nossa natural vocação para o turismo, abrimos estradas e estimulamos empreendimentos no setor. Construímos sistemas de abastecimento de água e linhas de energia, por intermédio do Projeto São José, o Porto do Pecém, o novo aeroporto, o Castanhão, o Centro Dragão do Mar e recuperamos o Castelão. Dotamos o Ceará de infra-estrutura e, principalmente, conquistamos credibilidade, capaz de atrair investimentos privados de grande vulto, que começam a Revolucionar nossa economia, como a Siderúrgica do Pecém’. As informações são da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

O bravo POVO Cearense sabe de tudo o que o Tassinho fala... e demonstrou isso no VOTO!!!

LULA E EDUARDO! É A FORÇA DO POVO!

Esse Jerissati, além de ser a figura típica do imbecil-político, demonstra claramente que é totalmente desprovido de qualquer conteúdo. Ele não imagina o que é desigualdade social, miséria e fome. Ele só fala em obras que contenham cimento. É por isso que os cearenses chutaram os candidatos dele.


Bandeirantes Junho 2021

19/10


2006

Lula: "Se for comprovado crime eleitoral terei de pagar"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que estará sujeito à punição da Justiça Eleitoral caso seja comprovado que o dinheiro apreendido pela Polícia Federal que supostamente seria usado para compra do dossiê contra tucanos saiu da sua campanha de reeleição.

''Se se comprovar, se se cometeu um crime eleitoral, eu e qualquer outro cidadão comum neste país temos que pagar pelo crime que cometemos'', disse Lula durante sabatina publicada na edição desta quinta-feira do jornal “Folha de S. Paulo”.

Apesar disso, Lula disse duvidar que o dinheiro tenha saído de seu caixa de campanha. ''Eu duvido, duvido que seja da minha campanha. Se tem uma coisa que esse maldito dossiê fez foi atrapalhar que eu ganhasse a eleição em primeiro turno. Alguém deu um tiro de canhão no pé'', afirmou.

O presidente fez uma defesa de seu ex-assessor especial na Presidência Freud Godoy, acusado de envolvimento com o escândalo do dossiê. Segundo ele, Godoy é “uma vítima”, mas afirmou não ter certeza da inocência dos outros envolvidos no caso. As informações são do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ana B. Holanda

Pense numa pessoa cínica é este Lula.....

caca di serrat

IBAMA prendeu Jarbas no jardim ZOOLOGICO... Sabe por quê??? COM MENDO"ONCINHA" kkkkkkkkkkkkkkkk....................



19/10


2006

Aliado de Eduardo diz que prefeito de Flores é oportunista

Os adesistas que estão fazendo a travessia para o palanque do candidato a governador de Pernambuco pelo PSB, Eduardo Campos, começam a ser rejeitados por aliados históricos do socialista. É o caso do prefeito de Flores, no Alto Sertão do Pajeú, Marcone Santana, que está trocando o PFL pelo PTB.

Para o prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota (PSB), Santana aderiu por puro oportunismo. "E ele não é bem-vindo ao nosso lado, porque tem uma alma pefelista muito carregada de pecados", ironizou Patriota, adiantando que repercutiu muito mal na região o ingresso do prefeito de Flores na chamada "onda Eduardo". "Ele veio na onda, apenas para estar no poder", atacou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

osgone

ESSAS VIUVAS DE MENDONÇA JÁ GOSTA DE BAIXA O NIVEL. SÓ TEM ÓDIO NO CARAÇÃO.

Joao Paulo Mendonça

Têm muitos oportunistas nessa adesão, mas também tem mtos antigos aliados que estavam simplesmente tendendo desde o começo pra campanha de Eduardo Campos e nao tinha mudadado ainda por pura pressão partidária.

Ana B. Holanda

E se gritar pega ladrão...............

osgone

O CARAÇÃO DE EDUARDO CAMPOS É FEITO CORAÇÃO DE MÃE, SEMPRE CABE MAIS UM, QUEM VENHA TODOS OS PREFEITOS DE PERNAMBUCO. QUE SERÁ BEM RECEBIDOS.

caca di serrat

IBAMA prendeu Jarbas no jardim ZOOLOGICO... Sabe por quê??? COM MENDO"ONCINHA" kkkkkkkkkkkkkkkk....................



19/10


2006

Romário admite disputar reeleição na Assembléia

O presidente da Assembléia Legislativa de Pernambuco, Romário Dias (PFL), disse, há pouco, ao blog, que só tratará de sucessão na mesa diretora daquela Casa depois das eleições. Mas admitiu que está no páreo, apesar de já ter sido reeleito duas vezes, completando, assim, seis anos no cargo. ''Tenho um excelente relacionamento com os companheiros de parlamento e uma gestão, modestamente, muito bem avaliada'', afirmou.

Embora integrante da bancada do PFL, hoje no Governo, mas amanhã na oposição, caso as pesquisas confirmem a vitória de Eduardo Campos (PSB) nas urnas, Romário disse que, se entrar na disputa, não terá nenhuma dificuldade em buscar os votos dos novatos - houve uma renovação da ordem de 43%. ''Não quero me eternizar no poder, mas acho que terei um papel na discussão da futura mesa'', observou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

helenosilva

esse cara queria uma vaga no tribunal de contas.agora que ser presidente perpéuo da assembleia.

Flávio Zimmerman

Esse PFL é mesmo de uma cara-de-pau inacreditável! O tal Romário está no terceiro mandato consecutivo como presidente, vota em Mendonça e ainda imagina ter alguma chance de ocupar a cadeira no próximo ano. Se liga, Romário! É novo Pernambuco. Novo governador!

Maria de Fátima Carvalho

Gente é inacreditável como essas pessoas qurem a toda força se perpetuar no poder... Dêem chance a outros..........

murilopena

COM QUE APOIO POLÍTICO, POIS ELE É DO PLLLLÊ E O NOVO GOVERNADOR DO PSB, OU VCS ACHAM QUE EDUARDO VAI FAZER GRAÇA PARA ESSA TURMA. O MENOS PREOCUPADO COM TUDO ISSO É JARBAS POIS VAI PARA BRASILIA COM SEU PIMPOLHO RAUL(RSSSSSSSSSSSSSSSSSSS). SIM ALGUEM AI SABE ONDE ANDA MARCO MACIEL, TÁ SUMIDO NÉEEE

caca di serrat

IBAMA prendeu Jarbas no jardim ZOOLOGICO... Sabe por quê??? COM MENDO"ONCINHA" kkkkkkkkkkkkkkkk....................



19/10


2006

Dossiê: bicheiro é investigado pela Polícia Federal

No rastro do dinheiro apreendido com o PT, a Polícia Federal vasculha o submundo da contravenção. Antônio Petros Kalil, o Turcão, que controla a maior parte do jogo do bicho no Rio, é alvo da investigação federal. A PF suspeita que ele teria contribuído com parte da bolada de R$ 1,75 milhão que o partido do presidente Lula (PT) arrecadou para comprar o dossiê Vedoin.

A investigação apontou para a jogatina depois que os peritos da PF identificaram grande volume de notas de baixo valor no meio do dinheiro. As cédulas, de R$ 5 e R$ 10, estavam presas por cintas de papel com identificação de casas de apostas. Uma denúncia anônima apontou para o suposto envolvimento de Turcão.

Na tarde de quarta-feira, o delegado Daniel Lorenz, chefe da PF em Mato Grosso, falou com certa parcimônia sobre Turcão. Não o apontou incisivamente como alvo direto da investigação, mas não o excluiu do rol de suspeitos. ''Não posso afirmar que ele é ou não a pessoa do dinheiro; ele pode ser apontado'', esquivou-se. ''Isso é fruto da investigação, não temos ainda essa comprovação. Trabalhamos com uma das hipóteses, a do jogo.'' As informações são do Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ana B. Holanda

Olha só isso.... olha o "tipinho" de doador de campanha que o Lula tem.... tsc, tsc, tsc..... em troca o Lula "mantém" o tráfico no RJ.... e o Marcola em SP manda os seguidores votarem no PT...

caca di serrat

IBAMA prendeu Jarbas no jardim ZOOLOGICO... Sabe por quê??? COM MENDO"ONCINHA" kkkkkkkkkkkkkkkk....................


Coluna do Blog
Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores