FMO janeiro 2020

15/09


2011

Lula perde dessa vez: reforma política não vai sair

Do comentário de Carlos Chagas na sua coluna política: "Ignora-se porque o ex-presidente lançou-se na missão quase impossível de realizar a reforma política. Talvez por falta do que fazer, quem sabe por haver esgotado seu cabedal para pronunciar conferências pelo mundo a fora. Muitos acham ter sido para preparar seu retorno ao palácio do Planalto, no mais breve tempo possível. Tanto faz a motivação, mas a verdade é que,  desta vez,  ele será derrotado. Não conseguirá convencer a maioria do Congresso a aprovar a reforma política."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

claudio viana

SE DEPENDER SO DOS POLÍTICOS, A REFORMA POLITICA NÃO SAI NUNCA.


IPTU Cabo

15/09


2011

Ao cadafalso: Maluf ganha alguns dias de sobrevida

 Paulo Maluf ganhou hoje uma sobrevida do Supremo, informa Lauro Jardim, no Radar Online: ''''Ricardo Lewandowski decidiu adiar por uma sessão o julgamento previsto para amanhã que poderia transformar Maluf em réu por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Maluf foi acusado de ter desviado dinheiro de corrupção das obras da Avenida Águas Espraiadas, na sua última gestão da capital paulista, para contas no paraíso fiscal de Jersey, no Reino Unido. O recurso desviado, segundo o Ministério Público, foi investido posteriormente numa empresa da sua família.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Piada será sempre piada: de bom ou de mau gosto. Certamente esse adiamento é de mau gosto.É uma situação patética. Aliás, o judiciário brasileiro é patético em certos momentos. Está sendo agora.


Governo de PE - Decimo Terceiro

15/09


2011

Dilma desmonta poder de Dirceu na Petrobras

 Antes mesmo de o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, realizar o projeto de se dedicar à vida política na Bahia, sonho previsto para o início de 2012, algumas pequenas mudanças começaram a ser efetuadas no comando da empresa com o aval da presidenta Dilma Rousseff. A alteração mais perceptível até agora foi a chegada de Roberto Gonçalves (em substituição a Pedro Barusco) para ser o adjunto do diretor de Serviços, Renato de Souza Duque.

Gonçalves tem decidido com a autonomia de quem sabe que Duque se prepara para deixar o cargo. Ligado ao PT, e mais especificamente ao ex-ministro José Dirceu, o diretor de Serviços disse a amigos que gostaria de ser recompensado com o comando de alguma subsidiária da empresa no exterior.(Blog Poder Online - Jorge Felix)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

15/09


2011

Turismo: Dilma convida, Gastão aceita e assume amanhã

Acompanhado do vice-presidente da República, Michel Temer, o novo ministro do Turismo, deputado Gastão Vieira (PMDB-MA), se reuniu, momentos atrás,  com a presidenta Dilma Rousseff. Durante a conversa, que durou cerca de 40 minutos, Dilma formalizou o convite para Gastão assumir o comando da pasta deixada por Pedro Novais, acusado de pagar empregados com verba parlamentar. Segundo a ministra Helena Chagas (Comunicação Social), a escolha de Gastão foi feita em consenso com o PMDB. A posse do novo ministro será nesta sexta-feira.(Blog Poder Online - Adriano Ceolin)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

...mas... Gastão é sinônimo de gastador, ou de esbanjador. Sabe-se que é um serviçal de Sarney. Ou seria súdito?! - O Maranhão é um feudo, ou uma capitania hereditária?!



14/09


2011

Gastão já aceitou o convite de Dilma para o Turismo

 O deputado Gastão Vieira (PMDB-MA) já aceitou o convite para ser o novo ministro do Turismo, substituindo Pedro Novais, que pediu demissão nesta quarta-feira. Vieira já conversou nesta noite com o vice-presidente, Michel Temer, e vai falar ainda com a presidente Dilma Rousseff. O parlamentar maranhense é uma indicação do presidente do Senado, senador José Sarney, de quem Gastão é liderado político no Maranhão.O nome do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) foi descartado depois de uma conversa entre Temer e a presidente Dilma Rousseff. Outro nome cotado era do deputado Manoel Júnior (PB). A bancada do partido, por sua vez, rejeitou a orientação da presidente, que preferia alguém de fora do PMDB.
 
O nome do substituto de Pedro Novais no Ministério do Turismo chegou a ficar indefinido nesta quarta. A presidente Dilma e o vice Michel Temer ficaram reunidos até quase as 22h, mas quase não chegaram a um acordo sobre o novo ministro. A presidente teria manifestado preferência por um nome que não fosse da bancada, para evitar novos problemas.(Com informações de O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cúpula Hemisférica

14/09


2011

Sarneysista Gastão Vieira é o novo ministro do Turismo

Deputado Gastão Vieira (PMDB-MA) - Foto: Agência Câmara

Após reunião que acabou agora há pouco com o vice-presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff  acaba de bater o martelo: o deputado Gastão Vieira (PMDB-MA), indicado pelo senador José Sarney,  será o novo ministro do Turismo, em lugar de Pedro Novais, que entregou hoje carta de demissão.

Vieira, já entrando no seu quinto mandato parlamentar, é outro integrante do ministério de Dilma ligado politicamernte ao presidente do Senado, senador José Sarney, que mantém, assim, consolidada sua força dentro do atual governo, posição essa que vem desde o governo Lula.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

14/09


2011

Dilma e Temer sem acordo sobre substituto de Novais

 O nome do substituto de Pedro Novais no Ministério do Turismo não será definido nesta quarta. A presidente Dilma Rousseff e o vice Michel Temer ficaram reunidos até quase 22 horas, mas não chegaram a um acordo sobre o novo ministro. A presidente teria manifestado preferência por um nome que não fosse da bancada, para evitar novos problemas. Michel Temer ficou de consultar novamente os colegas de partido.

Henrique Alves, que estava em um jantar em defesa da candidatura do deputado Átila Lins (PMDB-AM) para a vaga de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), saiu para novo encontro com Temer e outros colegas do PMDB, desta vez no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência. As negociações devem entrar pela madrugada.

Novais se demitiu nesta quarta após denúncias de que usou dinheiro público para pagar despesas particulares.

(Informações de O Globo) 



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O nanico Pedro Novais VAI FICAR IMPUNE. Vai argüir a seu favor do Estatuto do Idoso.


Prefeitura de Limoeiro

14/09


2011

Cristovam Buarque condenado por improbidade administrativa

 O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou o senador Cristovam Buarque (PDT) por improbidade administrativa. De acordo com a denúncia, Buarque teria usado dinheiro público para produzir material publicitário com fins eleitorais em 1995, época em que era governador do DF. A assessoria do senador informou que ele vai recorrer da decisão em todas as instâncias possíveis e que a condenação é “desproporcional”.

Um secretário de Buarque também foi condenado por improbidade. Eles terão que devolver, com correção monetária, o valor gasto com a produção do CD "Brasília de Todos Nós - 1 ano de Governo Democrático e Popular do Distrito Federal", orçado em R$ 146 mil. Além disso, terão que pagar multa equivalente a cinco vezes o salário que recebiam na época.

Segundo a denúncia do Ministério Público do DF, o material publicitário, produzido sob o pretexto de divulgar informações sobre os programas desenvolvidos no primeiro ano de gestão do governo de Buarque, tinha como real finalidade promover a imagem do governador, que na época tentava a reeleição.(Portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Por essa eu não esperava. Um paladino da moral ser condenado?! Maluf, então, com um judiciário límpido e célere já, há muito, estaria pra lá dos quintos dos infernos!


Banner de Arcoverde

14/09


2011

Dilma anunciará substituição de Ellen Gracie em 5 dias

 A presidente Dilma Rousseff disse hoje que o nome escolhido para substituir a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Ellen Gracie deve ser anunciado dentro de cinco dias. Segundo a Agência Estado, Dilma conversou com a imprensa antes de discursar em evento sobre gestão de compras governamentais em Brasília. Dilma não respondeu se será escolhida uma mulher para a vaga deixada por Ellen Gracie. A aposentadoria da ex-ministra foi publicada no início de agosto no Diário Oficial da União.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Quem gostou foi FHC...rsrsrs

Marcilio Paulino dos Santos

É uma pena esta ministra se aposentar, sua ausência a esta côrte, com certeza vai deixar uma lacuna muito grande. Pois, além de muito inteligente, ela é muito bonita e com certeza levaria para aquela casa um verdadeiro tom de elegância.



14/09


2011

Heloísa Helena deve trocar PSOL por partido de Marina

 Sem espaço no PSOL, a ex-senadora Heloísa Helena decidiu embarcar no projeto de Marina Silva, que deixou o PV em julho e estuda criar um partido para se candidatar à Presidência de novo em 2014, informa a Folha Online.

Elas ensaiaram a união ano passado, quando Heloísa quis ser vice de Marina, mas os socialistas vetaram a ideia para lançar a candidatura de Plínio de Arruda Sampaio. A alagoana renunciou à presidência do PSOL depois da eleição, e agora autorizou a amiga a usar seu nome no movimento  suprapartidário que deve dar origem a uma sigla sob sua liderança.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/09


2011

Ministro propõe generalizar regras de obras da Copa

 O ministro do Esporte, Orlando Silva, defendeu hoje que o Regime Diferenciado de Contratação (RDC), que cria novas regras em licitações e busca simplificar as obras da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, seja ampliado para outros setores da administração pública. Segundo ele, as novas regras podem ser consideradas uma evolução do atual modelo de contratação do governo, informa o G1.

“O RDC é a modernização do sistema de contratações governamentais e pode ser generalizado para outros setores da atividade pública. Há uma necessidade de aperfeiçoamento do sistema de compras que está expressa neste regime aprovado pelo Congresso”, afirmou o ministro. O ministro do Esporte apresentou nesta quarta o balanço das ações do Brasil para o mundial de futebol de 2014. Ele comentou a ação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que contestou no Supremo Tribunal Federal (STF) a constitucionalidade das novas regras. Para o procurador, as normas simplificadas podem comprometer a transparência dos contratos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

MINISTRO DA TAPIOCA DE 8 REAIS,ISTO A 8 ANOS PASSADOS.A TAPIOCA MAIS CARA DA HISTÓRIA DO BRASIL,TINHA QUE SER UM PETISTA.



14/09


2011

Núcleo sindical do PSDB atuará em todo o País

O presidente Nacional do PSDB, Sérgio Guerra, definiu hoje um cronograma de metas a serem alcançadas pelo recém-criado Núcleo Sindical do partido: estabelecer metas para a organização do movimento em todos os estados, elaborar um programa de trabalho em três meses e eleger um novo comando. As decisões foram tomadas numa reunião do presidente do partido com 12 representantes de centrais sindicais de vários estados, como UGT, Força Sindical e Nova Central. O deputado Carlos Sampaio, que ocupava a Secretaria de Relações Trabalhistas e Sindicais do PSDB, concordou em abrir mão do posto para ceder o lugar a um sindicalista.

Para Sérgio Guerra, o importante é que o núcleo sindical seja desvinculado dos governos: “Não devemos fazer um sindicalismo chapa branca. O partido vai definir num futuro próximo seus compromissos sociais e trabalhistas e, para isso, é fundamental ouvir os sindicatos e as centrais sindicais”, afirmou.O Presidente Nacional do PSDB anunciou que pretende alterar o estatuto do partido para garantir o espaço do movimento sindical

Os representantes das centrais disseram a Sérgio Guerra que pretendem criar uma comissão para ampliar a participação no movimento, de forma que cada estado tenha um representante do núcleo sindical. Eles informaram que, no início do ano que vem, pretendem apresentar uma agenda a ser discutida com os parlamentares, que represente as principais reivindicações dos trabalhadores.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

isabela

..Nem combina...faz graça não...KKKKKKKKKKK

isabela

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK



14/09


2011

Dilma defende melhor gestão dos recursos da saúde

 A presidente Dilma Rousseff defendeu hoje "melhor gestão dos recursos da saúde", mas avisou que são necessários mais recursos para o setor, sem querer defender a recriação de um novo imposto, como a CPMF, para evitar desgastes públicos com o tema. Depois de comparar que os investimentos em saúde per capita do Brasil são menores do que na Argentina e no Chile, a presidente Dilma declarou: "se você quiser um sistema universal, gratuito e de qualidade, vamos ter de colocar dinheiro na saúde e colocar gestão na saúde. As duas coisas".

De acordo com a Agência Estado, Dilma falou da necessidade da abertura de uma discussão ampla sobre o tema, envolvendo todos os setores. "O que não é possível é a tese no Brasil de que é possível ter saúde de qualidade sem mais dinheiro per capita. Não é. Isso é uma obrigação minha explicar. Porque eu não posso fazer uma demagogia com a população. Por isso que a discussão tem que ser aberta, por isso que a discussão tem que todo mundo participar e tem que ter esse compromisso legal: não pode desviar dinheiro da saúde", disse. Ela se referia principalmente à inclusão, por parte dos Estados, de uso de recursos de outros setores, classificando-os como gastos em saúde.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores