FMO janeiro 2020

14/01


2011

Kassab troca o DEM pelo PMDB

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, definiu sua transferência do DEM para o PMDB, criando uma terceira força política em São Paulo, contrapondo-se à polarização entre PT e PSDB. O prefeito articula levar para seu novo partido grande parte dos 70 prefeitos paulistas do DEM, que se somariam aos 68 do PMDB, criando uma das principais forças partidárias no Estado de São Paulo e ameaçando a hegemonia dos tucanos, que governam São Paulo desde 1995, segundo o site de Cláudio Humberto.

PTB e PT controlam 63 e 65 prefeituras, respectivamente. Entre os cotados para migrar para o PMDB com Kassab estão o prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos (PDT), que iniciou negociações ainda com Quércia, e a prefeita de Ribeirão Preto, Darcy Veras (DEM).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luciano ferreira de oliveira

Chegando ao fim os demotucanos.


IPTU Cabo

14/01


2011

PSB: Gabriel Chalita x Ana Arraes

O governador do Ceará, Cid Gomes, continua sua tentativa de eleger como líder do PSB um deputado do sul ou do sudeste. Neste caso, ganha força o deputado Gabriel Chalita (SP). Mas o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, esboça o lançamento de ninguém menos que a mãe, Ana Arraes (PE). De acordo com o Poder Online, a estratégia faz parte das boas relações que Campos tem mantido com Cid depois daquela história toda de ministérios do PSB.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio Ricardo Claudino Patriota

dudu tem dois braços, mas as vezes age com se tivesse oito detáculos...até a mãe cara, tu não se constrange não?

Carlos Odair da Luz Sá

Esse pessoal de SP começa vendendo livros e depois quer mandar na nação, né FHC????

roberto lima

esse xalita ex querido do psdb, tem uma carinha de bobo...

uilma

candidata forte.a cunhada já é ministra da cultura.fica tudo em familia.chico também apoia.kkk kkkkkkkk



14/01


2011

Perder para ganhar

Para eleger Marco Maia (PT-RS) presidente da Câmara dos Deputados, o PT admite abrir mão de vaga na Mesa Diretora. De acordo com o Poder Online, como tem a maior bancada (88 deputados), pela regra da proporcionalidade o partido tem direito a dois lugares na Mesa.

Um seria a Presidência, o outro, a Quarta Secretaria. Que, nos bastidores, o partido já admite ceder a um dos três possíveis pretendentes: PTB, PDT e PSB. O PSB já sinalizou que passaria adiante a vaga em troca de duas Presidências de Comissões. A escolha ficaria entre PDT e PTB. Para este último, a condição é que o deputado Silvio Costa (PTB-PE) desista de concorrer contra Maia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

14/01


2011

Ronaldinho do Brasil

Encerrou-se o disse me disse. Pretendido por pelo menos três clubes, o jogador Ronaldinho Gaúcho foi, finalmente, contratado pelo Clube de Regatas Flamengo. Aspectos futebolísticos à parte, o que se vai mostrar aqui é o exotismo que avassala o país.

Para pasmo dos que julgam esta nação mais adulta o deputado estadual Gilmar Sossella, do PDT do Rio Grande do Sul, por não gostar do desfecho das negociações entre o Grêmio e Ronaldinho Gaúcho, asseverou que, em represália, proporá à Assembleia Legislativa que o jogador seja declarado persona non grata naquele estado.

''No Rio Grande do Sul, a palavra e o fio do bigode valem mais do que um contrato'', disse o deputado, reeleito para seu segundo mandato, afirmando ser esta a segunda vez que o jogador trai o Grêmio.

Referia-se à transferência em 2001, quando o jogador, ainda com contrato vigendo no Grêmio, assinou um pré-contrato com o Paris Saint-Germain, da França. A integra deste artigo, do jornalista e publicitário Marcelo Alcoforado, colaborador deste blo, você confere no menu Opinião. Vale a pena!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Não um disse me disse, Magno, foi um leilão... Deprimente e mercenário leilão.

adelson w. souza

virou pagina esportiva?nao tem nada melhor para comentar?

milton tenorio

Meu Deus, nos poupe Marcelo....Tanta coisa mais séria a se discutir, e perder tempo com um analfa do nível desse jogador.....



14/01


2011

Humberto: ''Será difícil fazer melhor do que Mercadante''

Ex-colega de Dilma Rousseff no governo Lula, Humberto Costa, o novo líder do PT no Senado começa na função com a tarefa de evitar rachas na bancada de 15 parlamentares na Casa e trabalha para aumentar o bloco de apoio à nova presidenta. Segundo o Último Segundo, Costa admite que assume o cargo em situação mais confortável que o antecessor, o atual ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, e que será difícil fazer melhor que o ex-líder.

“Mercadante teve um papel muito importante em um momento em que tínhamos situação desfavorável com a maioria opositora. (...) O que pode ser diferente é como a gente possa lidar com o novo momento, o aumento da força do PT no Senado e em um clima menos beligerante no Senado”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Não vai ser difícil, Humberto, vc é humilde e afeto ao diálogo, ao contrário do arrogante e antipático Mercadante.

aristeu lopes

realmente, fica muito difícil para o senador pernambucano administrar a fome dos petistas aloprados do brasil

milton tenorio

Humberto me tem surpreendido....Está sereno, seguro de se.....Passa tranquilidade com tanta responsabilidade..Afinal de contas, tomar conta de petistas e outros aloprados não é tarefa fácil........


Cúpula Hemisférica

14/01


2011

Primeira reunião ministerial do governo Dilma

Pela primeira vez desde que tomou posse, a presidenta Dilma Rousseff reúne nesta sexta-feira (14), no Palácio do Planalto, sua equipe de governo para a reunião ministerial. Segundo o Último Segundo, Dilma fará um balanço para os 37 ministros sobre a conjuntura econômica mundial e interna e pediu ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, que apresente uma exposição sobre o tema.

Desde que assumiu, a presidenta optou por uma postura discreta e evitou sair do Planalto. Ela só falou à imprensa ao visitar as regiões afetadas pelas chuvas, no Rio de Janeiro, na quinta-feira (13). O ministro das Relações Institucionais, Luiz Sérgio, adiantou que a reunião desta sexta-feira servirá para que os novos ministro se conheçam e sejam apresentados a normas e regras sobre conduta no cargo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

kksksksks.

Hinterlandio Carlos

Vilma, te cuida tu nao tens o que fazer nao, é? Só vives a destilar odio contra Lula, Dilma e o PT. irás engoli-los por muito tempo.

uilma

Ela não muito amostrada como ex-finado mula. Não gosto de Dilma carabina mas nisso ela tá certa.


Prefeitura de Serra Talhada

14/01


2011

No túnel do tempo













Como está acontecendo hoje em cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, o Recife também já sofreu arrasadoras enchentes, problema que era rotineiro até a construção da Barragem de Carpina, medida tomada depois da cheia de 1975 que deixou 80% da cidade sob as águas, 107 pessoas mortas e 350 mil desabrigadas, sendo e considerada a maior calamidade do Século XX. As fotos são do acervo do extinto Jornal da Cidade e foram enviadas pelo jornalista Marcos Cirano, do site
www.pe-az.com.br Se você tem uma foto histórica nos mande agora: [email protected]


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Quem resolveu essa parada para o povo de PE foi o presi Medici e Moura Cavalcanti. Em junho de 2010 a bacia do una voltou a infernizar o povo, e até a presente data o MAIOR GOVERNADOR DO BRASIL NADA FEZ. "Cada povo tem o governo que merece, pois o Brasil é um país de tolos e sempre será " Tô fora!

milton tenorio

Sofri essa enchente.....E depois ainda teve o boato do estouro da barragem de tapacurá

uilma

Eepero que Rio e Sampa também arrume uma saída.É muito triste ver isso todos final de ano quando chega periodo de chuvas fortes.


Prefeitura de Limoeiro

14/01


2011

Briga no DEM: Maciel instigado a disputar presidência com Maia

 

O prefeito paulistano Gilberto Kassab e o grupo político que orbita em torno dele convidaram Marco Maciel a entrar na briga pela presidência do DEM federal.O convite a Maciel, senador pernambucano não-reeleito, foi formulado em almoço oferecido por Kassab, nesta quinta (13), em São Paulo. Conforme noticiado aqui, o repasto servido pelo prefeito insere-se no esforço para desbancar do comando do DEM a ala do atual presidente, Rodrigo Maia (RJ).

 

Auxiliado por Jorge Bornhausen (SC), o prefeito reuniu em torno de sua mesa cerca de 15 políticos da legenda. Entre os presentes, a senadora Kátia Abreu (TO) e o deputado Índio da Costa (RJ), companheiro de infortúnio do tucano José Serra na eleição presidencial. Entre uma garfada e outra, o grupo fez um apelo coletivo para que Maciel aceite o lançamento de seu nome como candidato à presidênciado DEM federal. A eleição está marcada para 15 de março. O outro pedaço da legenda deseja acomodar no comando do partido o senador José Agripino Maia (RN). Em sua passagem por São Paulo, Maciel foi cortejado a mais não poder. Cercado de rapapés Maciel pediu tempo para pensar.

 

Do blog de Josias de Souza


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Maia, Maciel, Bornhausenn; Só gente boa...

Raimundo Eleno dos Santos

Rodrigo Maia, o coveiro dos DEMOS.

LUCIANA ALVES

A nata do conservadorismo politico nacional reunida. MM tem de assumir mesmo esse comando dinossaurico.

milton tenorio

Insistem na não renovação.....Dessa forma a extinção é inevitável.....Uma democracia sem uma oposição articulada e arrumada é um desastre...

romero rodrigues

era o que estava faltando.tudo f......e ainda brigando.


Banner de Arcoverde

14/01


2011

Ouça o programa Frente a Frente de ontem

 Se você perdeu o Frente a Frente de ontem, programa que apresento em companhia de Adriano Roberto pela Rede Pernambucana de Rádios, formada por 30 emissoras, no horário das 18 às 19 horas, clique aqui e ouça agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/01


2011

Dilma diz que sempre houve desprezo à população de baixa renda

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, após sobrevoar as três cidades no Rio de Janeiro mais afetadas pelas chuvas, que “a moradia em áreas de risco no Brasil é a regra, e não a exceção”, informa o portal IG. Para a presidente, ''houve no Brasil um absoluto desleixo em relação à população de baixa renda, que não tinha onde morar e foi morar aonde? Em fundo de vale, beira de rio, beira de córrego e no morro”, afirmou a presidente.

A presidente Dilma Rousseff

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), disse que as três cidades fluminenses mais afetadas pelas enchentes (Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis) sofriam efeitos de governos municipais anteriores. “Não quero culpar um ou outro prefeito anterior a eles. Mas, da década de 80 para cá, essas três cidades tiveram um processo muito semelhante ao que houve no Rio e em outras regiões, que é a desgraça do populismo, a permissividade de deixar ocupações irresponsáveis, como se fossem aliados dos mais pobres.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

Passando a tragédia ela esqueçe.Muito blá blá blá pra meu gosto.ufa!

milton tenorio

Desprezo por falta de investimento em prever catastrofe.....O Brasil sequer tem equipamentos adequados para tal fim........

Cátia Santos

Pronto, agora ela vai se achar rb a Madre Tereza de Calcutá??? Assim como Lula se fez passar por Deus??? Tenho dó, e enquanto isso, mais de 500 pessoas morrem por irresponsabilidades destes mesmos gestores, e muitos especialistas já tinham avisado destas tragédias no Brasil...



14/01


2011

Tragédia: diferença entre Dilma e Lula ao encarar os fatos

Pode-se dizer que a visita da presidente Dilma Rousseff à Região Serrana fluminense para ver in loco a tragédia causada pelas chuvas foi, no mínimo, uma obrigação. Porém, marcou uma mudança de postura em relação ao comportamento do ex-presidente Lula, que evitava associar a própria imagem a eventos negativos, embora sempre determinasse providências para socorrer os flagelados. Dilma vinha se mantendo recolhida ao Palácio do Planalto. (Coluna Brasília DF - Luiz Carlos Azedo)




Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

O ANO QUE VEM, SE TIVER ENCHETE ELA VAI FAZER A MESMA COISA.QUEM VIVER VERÁ. É LAMENTAVEL MAS É ASSIM ESSA GENTE DEMAGOGA.

aristeu lopes

Achei o desembarque da presidente fascinante,com um largo sorriso diante de tamanha tragédia, e ainda teve tempo posar numa foto foto sorrindo com uma camisa do fluminnense, é lamentável.

uilma

MY KAMI! CONGRESSO NACIONAL PROPÕE, MAS NÃO VOTA EI CONTRA ENCHETE. ISSO SÓ SE VER NO BRASIL. É DE DOER.QUANDO O POVO NÃO NESSES URUBUS DA PESTE EU QUERO VER ESSES VAGABUNDOS NÃO PRESTAR MAIS ATEÇÃO NOS MISERÁVEIS.ACORDA BRASIL.

Correto falar isso do Lula. E quanto a Dilma, não temos dúvida da sua participação in locum em todas as ações, pois foi da escola do Lula e tem que dá atenção mesmo aos mais necessitados e por que não dizer a todos os brasileiros.

Esse comentário sobre Lula, é mentiroso e sem propósito, pois Lula, nunca deixou de participar literalmente ativamente em todas as ações de bom e de ruim. Verificamos aqui na Mata Sul que Ele veio com Eduardo e verificaram de perto os estragos que a achuva causou em Pernambuco. Portanto não é



14/01


2011

Tragédia: para Dilma e Cabral culpa é das ocupações

A tragédia que abateu a região serrana do Rio tem um culpado, na visão do governador Sérgio Cabral (PMDB): as ocupações irregulares, informa a Folha de S.Paulo. Ao lado da presidente Dilma Rousseff, com quem sobrevoou as áreas devastadas pelo temporal, Cabral voltou a culpar as ocupações irregulares pela tragédia que matou centenas de pessoas. Há um ano, Cabral afirmara que a tragédia de Angra teve a cumplicidade de autoridades e da elite. Em abril, depois dos deslizamentos no morro do Bumba, em Niterói, as críticas foram as mesmas. Após o sobrevoo da a região, Dilma também criticou as ocupações.

''Moradia em área de risco no Brasil é a regra, e não exceção'', disse. Dilma anunciou que vai auxiliar a reconstrução das cidades, implementar medidas para prevenir deslizamentos de encostas e subsidiar a moradia das 5.000 famílias em Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ariadne Morais Dias

É indiscutível que a culpa vem dessas ocupações irregulares, e diga-se de passagem, com a conivência dos governos. Eles vão empurrando com a barriga, visando a moeda de troca: O voto.

Se alguém ocupa um lugar indevido na sua rua, podendo causar uma tragédia, você como cidadão vai deixar essa ocupação. Se responder que não, está legitimando a culpa da sociedade civil organizada e governo sobre o fato. Cadê coragem política para dizer não. Frouxidão eleitoral.

milton tenorio

Discordo Luciana.....O Governo Federal nunca investiu adequadamente em equipamentos capazes de prever catastrofes naturais.....

uilma

Se houvese menas corrupção no Brasil esse problema seria menor.

uilma

O um chato dessse ser governador outro vez é culpa de quem? ah nojento para falar besteira, dê seu ap. que vc aluga para sua cachorra. Cabral calado ainda está errado.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores