FMO janeiro 2020

28/05


2013

JC demite Roberta Jungmann
















De volta, hoje (28), das suas férias, a jornalista Roberta Jungmann, do Jornal do Commercio (PE), foi sumariamente demitida através de um comunicado do diretor de Redação, Ivanildo Sampaio.

Há 15 anos na empresa, Jungmann assinava a coluna social desde 2007, após a morte de Orismar Rodrigues, titular da coluna até então.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Quero Ver

Vamos dar valor social (pra sociedade como um todo) nestes espaços de jornais,.......

Quero Ver

Botar a mão na massa, indo pro sertão, dividindo um pouco do dindi, com os miseráveis e mostrando que é um líder social, nos momentos de calamidades e na favelas do Recife que ele mesmo ajudam a criar c/ o apartaid social.

Quero Ver

Quais os principais assuntos das colunas sociais:Quem estava nas baladas, prestígios, niver dos mais colunáveis, viagens aos exterior, pompas e glamour. porque não mostra: quem tem dinheiro e dar exemplo de ação social, sem ser pra desconto no IR claro, nem chá beneficiente pra dondocas. Mas botar

Quero Ver

A coluna social contribui muito sim: em aumentar o ego dos soberbos e a distancia entre as classes, alimentando a vaidade dos que não tem outra coisa pra mostrar e contribuir socialmente, se não c/ ostentação,poder,vaidade e provocação.....

Francisco Antonio Ramos

Em que contribui a coluna social de um jornal para a sociedade? Foi tarde. Espero que fechem essa coluna.


IPTU Cabo

28/05


2013

Bandidos assaltam banco na Paraíba e fogem com reféns
















Dez homens vestidos com fardamento do Exército Brasileiro realizaram um assalto na manhã desta terça-feira (28) numa agência do Banco do Brasil em Princesa Isabel, município do Sertão da Paraíba. De acordo com o delegado regional de Patos, Danilo Orengo, os assaltantes fugiram na direção de Pernambuco, levando reféns. As informações foram confirmadas por um escrivão da delegacia de Princesa Isabel.

O delegado também explicou que as polícias civil e militar da Paraíba estão fazendo buscas junto com a polícia de Pernambuco para tentar alcançar os assaltantes. “A cidade está cercada e estamos fazendo um grande esforço para concluir esta operação sem maiores danos”, explicou.

Uma pessoa que estava dentro do banco na hora do assalto, mas que não quis ser identificada, disse que os ladrões estavam fortemente armados e fizeram todos de refém. A testemunha não soube dizer quantos eram, mas afirmou que a agência teve seus móveis e equipamentos destruídos.

Outra informação é de que os ladrões pareciam ser muito preparados e organizados. De acordo com a testemunha, ninguém foi ferido na agência, mas ela disse ter percebido manchas de sangue no chão e acreditava pertencer a um dos bandidos.

A assessoria do Banco do Brasil confirmou o ataque e disse que nenhum funcionário sofreu agressões. A respeito do que teria sido levado pelos ladrões, o banco não soube informar.

Com informações do G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/05


2013

Jaboatão: ex-servidores denunciam atraso na quitação de débitos
















Carlos Cavalcanti
Da equipe do blog


Em contato com o blog, há pouco, um ex-servidor da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, informou sobre o não pagamento da rescisão dos exonerados pela administração municipal. De acordo com informações repassadas ao blog, o prefeito Elias Gomes (PSDB) teria confirmado a quitação dos débitos para com o funcionalismo com 30 dias após a exoneração, prazo este que não foi cumprido e vem sendo adiado por quase seis meses.

O ex-funcionário afirma ainda ter tentado contato telefônico com a prefeitura, mas alega que nenhum dos números listados no site do órgão estão funcionando, inclusive o da Procuradoria.

O secretário de Fazenda, Gestão e Previdência de Jaboatão dos Guararapes, Jackson Rocha, disse que a prefeitura iniciou o pagamento dos exonerados no mês de março e que há uma previsão de quitar todos os débitos dentro de até seis meses. Segundo ele, o pagamento é realizado caso-a-caso e qualquer ex-funcionário que queira, pode entrar em contato com a pasta para obter as informações necessárias.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

28/05


2013

Jarbas lamenta morte do jornalista Roberto Civita


















Em discurso no plenário nesta terça-feira (28), o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) lamentou a morte do empresário e jornalista Roberto Civita, falecido na noite do último domingo (26), aos 76 anos. Jarbas disse que apesar de não ter muita proximidade, tinha grande respeito e admiração por Civita.

“Sua presença fará falta, pois estou certo de que ele ainda tinha muito a contribuir com o desenvolvimento social e econômico do país”, disse o senador, manifestando solidariedade com a família.

Para Jarbas, não é gratuito o fato de o Brasil ter na comunicação uma de suas áreas mais dinâmicas, superando no setor até muitos países desenvolvidos. Essa vanguarda, segundo ele, só se tornou possível por conta do espírito aguerrido e determinado de pessoas como Roberto Civita.

O senador registrou que apesar de ter nascido na Itália e ter vivido parte da juventude nos Estados Unidos, Roberto Civita escolheu o Brasil para construir, junto com seu pai e seus irmãos, um dos maiores grupos de comunicação do planeta, o Grupo Abril.

Jarbas também lamentou o fato de, no espaço de uma semana, o Brasil ter perdido dois de seus principais empresários da área de comunicação. Na última terça-feira (21), morreu o diretor do jornal O Estado de S. Paulo, Ruy Mesquita, aos 81 anos.

“Partem os homens, mas ficam seus legados e seus exemplos de conduta, para que as novas gerações tenham a convicção de que não existe democracia sem liberdade de imprensa”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

mauro silva

O PIG,partido da imprensa golpista perde um de seus grandes idealizadores,um homem comprometido com as verdades de quem podia pagar e caluniar quem pouco podia se defender em suas varias revistas semanais.

romildo s. barros

grande parte da imprensa brasileira e alienada defende seus interesses

roberto lima

Belo legado: caluniar e acusar sem provas e sem dar direito de resposta, ao menos na principal revista da editora.



28/05


2013

Brasília: MST pede agilidade na reforma agrária


















Representantes dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) entregaram hoje (28) carta ao secretário nacional de Articulação Social da Presidência da República, Paulo Maldos, reivindicando agilidade no processo de reforma agrária e o assentamento das 90 mil famílias acampadas em todo o país.

Segundo a assessoria da Secretaria-Geral da Presidência da República, representantes do MST pediram uma audiência com o ministro Gilberto Carvalho. A assessoria informou que o encontro deve acontecer na próxima semana.

Trecho da carta argumenta que, para os trabalhadores, o acesso à reforma agrária é primordial para o suprimento dos direitos básicos previstos na Constituição Federal. “Entendemos que é de extrema necessidade o assentamento destas famílias para a democratização do acesso a terra e a produção de alimentos saudáveis”, assinala a carta.

De acordo com o documento, a prioridade da reforma agrária é também permitir que a agricultura tenha base ecológica. E acrescenta: os trabalhadores rurais necessitam de apoio para ter acesso à educação, à saúde e à cultura.

Cerca de 300 pessoas, das 400 instaladas há quase 80 dias no Acampamento Nacional Hugo Chávez, marcharam – antes da entrega da carta - pela Esplanada dos Ministérios e fizeram ato em frente ao Congresso Nacional ao som de tambores e apitos. Depois do Congresso, os manifestantes seguiram até o Palácio do Planalto.

Fonte: Exame.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cúpula Hemisférica

28/05


2013

Tiririca define futuro na política ainda hoje


















O deputado federal Tiririca (PR-SP) deve definir seu futuro político nesta terça-feira (28) em reunião com a cúpula do seu partido. Nas eleições de 2010, Tiririca foi o deputado federal mais votado do país, com mais de 1,3 milhão de votos no Estado de São Paulo. Em fevereiro, ele chegou a dizer que não iria disputar uma nova eleição, o que preocupou os líderes do partido de olho em manter o tamanho da bancada na Câmara.

Em nota, o Partido Republicano informou que a reunião com Tiririca, “além de antecipar as bases da estratégia política para a sucessão paulista, oficializará uma posição que encerra especulações sobre o destino do deputado”.

A reunião foi um pedido do deputado e deverá contar com o líder do partido na Câmara, Anthony Garotinho (PR-RJ) e com o presidente da Executiva de São Paulo, Tadeu Candelária, um dos fundadores do PR.

Em reportagem publicada em fevereiro, o jornal inglês Financial Times mostra a decepção de Tiririca com a política. Na matéria intitulada “Palhaço e político brasileiro perde seu sorriso", o deputado diz que antes de entrar na Câmara achava que faria muitas coisas como deputado.

“Você passa o dia inteiro fazendo nada, só esperando para votar alguma coisa enquanto as pessoas discutem e discutem”, diz o deputado na reportagem, que depois complementa: “O que faz um deputado federal faz? Ele trabalha muito e produz pouco. Essa é a realidade”.

Fonte: O Globo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo cicero marques

SE UM DEPUTADO NÃO FAZ NADA ENTÃO ELE CERTAMENTE NÃO VAI SE CANDIDATAR. SE SE CANDIDATAR É MAIS UM.

Jovelina Maria de Brito

Difícil é largar esse peitinho tão cheinho de leitinho! Quem viver, verá...

Raimundo Eleno dos Santos

Tirirca foi usado por malandros federais, e querem continuar usando como a uma laranja. O medo deles e que Tiririca saia da política, e os malandros correm o risco de não se reelegerem.

Francisco Antonio Ramos

Há um dito popular que diz:"Diga com quem tu andas e eu direi quem tu és". Tiririca tu andas em más companhias, portanto tu és um PeTista.


Prefeitura de Serra Talhada

28/05


2013

Câmara aprova MP que reduz tarifa de energia elétrica
















Um acordo entre parlamentares permitiu à Câmara dos Deputados aprovar nesta terça-feira (28) o texto-base da Medida Provisória (MP) 605, que maneja recursos da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para garantir redução das tarifas de energia proposta pelo Governo Federal.

Pelo acordo, a medida seria votada nesta terça-feira com a condição de que o Projeto de Lei Complementar 200 de 2012, do Senado, que extingue a contribuição social de 10% sobre todo o saldo do FGTS devido pelos empregadores no caso de demissão sem justa causa, seja votado na Casa no dia três de julho. A indefinição sobre uma data para votar este projeto impediu a votação da MP ontem.

A CDE é uma conta criada em 2002 com o objetivo de estimular o desenvolvimento energéticos dos Estados. Seus recursos são levantados a partir dos tributos pagos pelo consumidor de energia.

A MP 605 permite que a CDE possa disponibilizar recursos para compensar descontos aplicados nas tarifas de uso dos sistemas elétricos de distribuição e nas tarifas de energia elétrica. Também possibilita a compensação do efeito da não-adesão à prorrogação de concessões de geração de energia elétrica.

Fonte: Valor.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

28/05


2013

Renan irrigou os cofres de Eduardo

















Odiado pelo senador Jarbas Vasconcelos (PMDB), neoaliado do governador Eduardo Campos (PSB), o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) fez um gesto com Pernambuco na curta interinidade como presidente da República: assinou três decretos liberando recursos para o Estado.

O primeiro, no valor de R$ 100 milhões, dá o start da Adutora do Agreste, beneficiando os municípios de Arcoverde, Alagoinha, Venturosa, Pedra, Buíque, Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas, Iati, Pesqueira, Sanharó, Belo Jardim e Brejo da Madre de Deus.

No mesmo dia – segunda-feira passada - assinou decreto liberando R$ 98,5 milhões para obras de dragagem em Suape.

Por fim, segundo decretos publicados no Diário Oficial da União, Renan liberou também R$ 70 milhões para a barragem de Serro Azul, voltada para contenção de cheias, no município de Palmares, na Zona da Mata.

Em rota de colisão com Dilma, por causa da sucessão presidencial, bem que Eduardo adoraria que Renan sentasse por mais vezes na  cadeira de Dilma, para usar a tinta da sua caneta em favor do Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

flavio dos santos consul

o senhor acredita que foi renan que decidiu mandar esta verba para pernambuco? ou e ma-fe jornalistica ou falta de conhecimento.

arnaldo cicero marques

E O MEU MUNICÍPIO (JATAUBA) CONTINUA SEM ÁGUA. NEM COM RENAN A GENTE CONSEGUE ÁGUA?

Jovelina Maria de Brito

esse crápula, renan, me dá um nojo tão grande!

marcos

É ISSO AÍ MOÇADA DUDU E RENAN FAZENDO BONITO POR PERNAMBUCO

mauro silva

É muita ingenuidade achar que Renan foi o responsável pela liberação dos recursos para as barragens que Eduardo diz que estar fazendo com dinheiro de Pernambuco.Se estava lá na mesa pra ser assinado é porque alguém mandou fazer não é ?


Banner de Arcoverde

28/05


2013

Prefeito de Gravatá anuncia programação do São João 2013


















Dona de um São João pra lá de famoso, a cidade de Gravatá, no Agreste do Estado, já está na contagem regressiva para o início da festa. De acordo com informações do Portal NE10, a programação do evento será divulgada logo mais, durante almoço na capital pernambucana.

Antes de se reunir com a imprensa para detalhar o festejo deste ano, o prefeito Bruno Martiniano (PTB) vai ao Centro de Convenções, em Olinda, onde funciona a sede provisória do Governo do Estado, para, segundo ele, buscar apoio para o São João de Gravatá.

O lançamento oficial acontece às 20h no Mercado Cultural, localizado na região central do município. Lá, Martiniano, ao lado do secretário Fernando Resende (Turismo), anuncia para a população detalhes como a estrutura e os investimentos da festa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


28/05


2013

Artigo especial

Quem tem coragem para enfrentar o medo?
*Aristeu Plácido

Não é de hoje que se mostra à sociedade brasileira a disputa de poder entre o Judiciário, o Legislativo e o Executivo, assunto pautado pela mídia do País.

Se formos buscar a história brasileira sobre o tema encontraremos diversas fases políticas tratando do enfrentamento dos poderes nacionais, invasões de prerrogativas alheias, judicialização da política e politização da justiça, entre tantas, sendo o mais notório e contundente o regime militar implantado em 1964.

O tema disputa de poder é muito bem assentado na música interpretada pela cantora Simone, que num determinado trecho expressa a arte: “Chega de levar tanta porrada, vamos ver se a papelada dessa vez é pra valer. Chega tá virando sacanagem, as promessas são bobagens que só faz aborrecer. Cansado, rasgo a fantasia, dessa anarquia na disputa do poder.”.

Entretanto, não enfrentamos a questão de forma efetiva e, numa linguagem mais moderna, esportista e de apelo pela imagem, certeira como a flecha do homem mais rápido do mundo, o jamaicano Usain Bolt.

Devemos mostrar que a verdadeira e real solução para esses conflitos e disputas do poder no País é a reforma constitucional ampla, que de resto se apresenta hoje como um problema brasileiro insolúvel.

Com efeito, a tão decantada reforma política existe apenas no mundo das palavras, das discussões, dos jornais e revistas, das entrevistas, das televisões e seus noticiários espetaculares, dos divãs dos psicanalistas, ou seja, num mundo virtual e não verdadeiro.

Poder fazer mais pelo Brasil é ter coragem de agir, de realizar, de definitivamente fazer pelo menos a reforma política-judiciária, entre tantas outras questões relevantes a revisar no país.

Decerto, uma nova forma do relacionamento entre os poderes constituídos surgirá naturalmente nos debates, como apenas para exemplificar a reforma do judiciário, as regras e condições de acesso aos cargos de ministros dos tribunais superiores, seus mandatos, suas competências, entre outras questões importantes que poderão ser tratadas numa reforma tão desejada pela sociedade.

É preciso que essa coragem venha a emergir agora, sem prorrogações, sem hesitações, nos termos e expectativas populares, até pela necessidade inadiável de convocação de uma assembleia nacional constituinte, via plebiscito.

Quem tem coragem de enfrentar o medo? Ou melhor, quem tem medo de ter coragem para fazer mais pelo Brasil? O Estado Democrático de Direito e a construção de uma sociedade mais cidadã, como foi denominada a constituição de 1988, exigem as respostas atuais e modernas dos representantes do poder.

*Aristeu Plácido é jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha