FMO janeiro 2020

03/06


2012

Foram pra China. Quem paga? Você!

CARLOS CHAGAS

Normais não são os tempos atuais. Vivemos período crítico e conturbado com a CPI do Cachoeira, o embate entre o ex-presidente Lula e o ministro Gilmar Mendes, as acusações e a possível cassação do mandato do senador Demóstenes Torres, a perspectiva de julgamento do mensalão e as reuniões iniciais da Comissão da Verdade.

Seria hora de o presidente da Câmara, Marco Maia, e mais oito líderes dos partidos, viajarem para a China? Pois é. Viajaram ontem e lá ficarão por dez dias. Importa menos saber quem está pagando passagens e estadia. Provavelmente o Legislativo, com reforço chinês. O grave nesse turismo inusitado é que se sobrepõe às questões cruciais para a sobrevivência das instituições democráticas. Como sempre, no Congresso, ninguém resiste a uma viagem que não precisa pagar.

No célebre filme “Nunca aos Domingos”, de Jules Dassin, que consagrou Melina Mercuri, a personagem conta sua admiração pelas tragédias gregas porque, depois de tantos horrores, no final os atores davam-se as mãos e iam para a praia. Para ela, os agradecimentos da companhia faziam parte das peças e exprimiam a prevalência dos bons sentimentos da humanidade. Tudo acabava bem. Aqui, tudo acaba na China...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

Seria muito bom saber o que eles vão fazer na China.


IPTU Cabo

02/06


2012

Rei da Espanha chega amanhã o Brasil. Poderá entrar?

 O rei Juan Carlos I, da Espanha, desembarca em Brasília às 19h deste domingo e deve ficar na cidade até segunda-feira, quando ruma para o Chile. Está marcada reunião com a presidente Dilma Rousseff e parte da equipe ministerial. Disposto a desfazer o mal-estar causado pelas questões migratórias entre Brasil e Espanha, ele discursará em português e em espanhol na próxima segunda.Ele viaja acompanhado pelo chanceler José Manuel García-Margallo, e mais um grupo de empresários espanhóis interessados em ampliar os negócios no Brasil.

A Espanha é o segundo maior investidor estrangeiro no Brasil, com estoque de capital superior a US$ 85 bilhões. Em 2011, o comércio bilateral registrou US$ 7,97 bilhões - o que representa aumento de 20% na comparação com 2010.

OLHO POR OLHO

A visita de Juan Carlos ocorre no mesmo dia em que representantes dos governos brasileiro e espanhol se reúnem em Madri, capital da Espanha, para negociar a redução das exigências feitas para a autorização da entrada de brasileiros na Espanha e de espanhóis no Brasil. É a primeira reunião desde que o Brasil passou a adotar, em 2 de abril deste ano, medidas mais rigorosas para o ingresso de espanhóis em território brasileiro.

As ''medidas de reciprocidade'' foram colocadas em prática depois dos relatos de brasileiros que se queixavam das humilhações e de discriminação ao tentar entrar em território espanhol. Apesar das medidas, o subsecretário-geral das Comunidades Brasileiras no Exterior, embaixador Eduardo Gradilone Neto, disse que ainda há denúncias de maus-tratos a brasileiros na Espanha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Diego da Silva Araújo

Entrar ele vai, é chefe de estado. Mas se ele tropeçar e aprender a não caçar canarinhos, a viagem valerá a pena.


Governo de PE - Decimo Terceiro

02/06


2012

PT e a democracia de cartório

DO BLOG ACERTO DE CONTAS

Quem acompanha o Acerto de Contas sabe que não tenho (nem Bahé) a menor simpatia pela gestão de João da Costa. Pessoalmente nem o conheço, a não ser de um ou dois encontros casuais.

E não nego que estava torcendo pela eleição de Maurício Rands na prévia interna e ainda achei uma solução inteligente a marcação de uma nova prévia, dado o histórico de confusão que marcou o confronto entre Rands e o Prefeito João da Costa.

Dado tudo isso, fico muito à vontade para fazer este comentário e começar este texto.

O que estão fazendo com o Prefeito João da Costa (e por tabela já fizeram com Maurício Rands) é um absurdo.

Vá lá que não gostem da gestão do Prefeito. Que argumentem que ele não tenha juntado politicamente a cúpula. Que afirmem que não havia condições políticas para unir a Frente Popular.

Ele não tinha o direito automático de se candidatar, mas simplesmente não dar o direito dele tentar é um estupro político.

E olha que ele não representa pouca gente, sejam os interessados comissionados ou não (são filiados). O submeteram a uma prévia e ele (até que se prove o contrário) ganhou.

Deram uma sentença de morte política a ele, e ainda o estão ameaçando de expulsão, como se ele tivesse algo a perder com isso. Pode até perder o partido e a candidatura, mas ganha o respeito de quem acha essa imposição uma canalhice.

Essa é a democracia de cartório petista. Se não deu o resultado que a cúpula esperava, que façam a intervenção necessária para fazer a vontade do seu dono.

Gosto muito de Humberto Costa, já votei nele várias vezes, inclusive na última para Senador (mesmo com Joaquim Francisco de suplente), mas nesta disputa ele representa apenas a cúpula do partido.

Vai ser o candidato da carteirada, já que foi preciso uma imposição cartorial da cúpula para que se viabilizasse localmente.

Só espero que tenha a decência de defender a gestão de João da Costa, pois até outro dia dominava diversas secretarias por lá. Sugaram as benesses do poder até onde foi conveniente, apesar de não hesitarem em chutar João da Costa como se este não representasse nada.

Ao tentar arrumar o partido pela cúpula, o partido esqueceu uma antiga mensagem de Arraes: “a unidade fundamental não é a unidade do partido, mas a unidade do povo”.

E pior, esqueceram de avisar a ele, o “povo”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Se for o da carteirada a opinião pública o aguarda nas urnas..

MBS

Você num vê as pesquisas não, meu fio? É, o povo que quer ele fora! O povo não precisa ser avisado... Se dependesse do povo esse cabra cara-de-pau já tinha arribado da casa do povo. E. depois, vc pensa que engana o povo dizendo que não simpatiza com o prefeito. Tá difícil visse!


acolher

02/06


2012

Gilmar x Lula: para bem da Nação digam tudo que sabem

DO BLOG DE SIDNEY REZENDE

Um dos segredos mais guardados de quem precisa cultivar a autoridade é a administração do silêncio. Quando se fala demais, em geral, morre-se pela boca.

O encontro entre o ex-presidente Lula, o ministro do STF Gilmar Mendes e o ex-ministro da Defesa Nelson Jobim poderia ser marcado por uma conversa republicana e não estuário de discórdia. Falou-se demais, durante e depois...

Erraram todos, pelo visto: tanto aquele que diz falar a verdade, mas mistura mentira; como o outro que precisa mentir, para esconder a verdade. Ou ainda, o drama do amigo que não pode ficar mal com todos, e por isso mente forte.

O tratado no encontro de Lula, Gilmar e Jobim foi impróprio. Mas surpreende que o ministro do Supremo tenha esperado tanto tempo para tornar público matéria tão grave, algo próximo à ''nitroglicerina''.

E mais, a insistência de Gilmar Mendes em declarar-se para veículos diversos aparenta existir uma preocupação além dos limites éticos da constitucionalidade. O que será? Estranho.

Para o bem da nação, recomenda-se aos senhores agora, porta arreganhada, que digam tudo o que sabem. A hora do silêncio já passou. No estágio em que o caso chegou, a autoridade está em xeque.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/06


2012

Lula acaba de eleger Serra em 2014

DO BLOG DE STEPHEN KANITZ

Lula não quer voltar em 2014, isto eu garanto.

Percebeu, como José Dirceu, que ele tem muito mais influência nos bastidores do que no governo propriamente dito.

A imprensa tirou seu raciocínio fora de contexto ao noticiar que ele admite voltar, mas o dano está feito.

Vou contribuir como uma análise administrativa, as análises políticas e econômicas vocês já devem ter lido.

Dilma não sabe que seu estílo gerencial, Teoria X ou ''murros na mesa'', funciona somente no curto prazo e depois é um desastre.

Depois, neste caso, seriam os seus últimos 18 meses de governo, justamente quando ela mais precisa estar sob controle devido às eleições.

Ninguém obedece um Teoria X que está com seus dias contados.

Para Dilma poder continuar seu estilo X ela precisaria mostrar que não está com seus dias contados, mas que ela JÁ É A SUA SUCESSORA, que seu governo vai durar 6 anos e não 18 meses.

Quem não lhe obedecer não fica no segundo mandato, esta é sua única saída se continuar com seu estilo X. Passar para um estilo Teoria Y agora é impossível, não é seu passado, ela nem sabe do que estamos falando.

Portanto, a declaração do Lula não somente aumenta a incerteza, todo mundo acha que Lula colocou a Dilma justamente para voltar em 2014, mas age no sentido contrário.

Deveria ter dito que Dilma é a futura Presidente, em vez de dizer que tem medo que um Tucano leve a próxima eleição.

Não o fez, e portanto vai complicar ainda mais o governo Dilma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose gilvan macedo filho

nao precisa nem comentar o amigo Bartolomeu Lopes ja diz tudo.

Bartolomeu Lopes

Têm uns idiotas que escreve cada asneira, acham que ninguém assistiu a entrevista do Lula, no Ratinho. Ora, ele disse:"Se ela não quiser, aí sim, serei candidato para não permitir a volta de um tucano ao poder". Basta tão somente escrever a verdade dos fatos, por isso, que a mídia caiu no descrédito

Marcos do PT

O que se escreve deve ter um minimo de coerencia, Magno continua com seu alfinete apontado para os Petistas, salve João da Costa, que é seu patrocinador! Estou atento as contradições desse blog, sempre que possivel ireiretratar as coisas como ela são!

LAURO SOUSA

DILMA É MASSA DE MANOBRA. QUEM DEFINE, INDEFINE, ALTERA, ADULTERA, CORROMPE, INTIMIDA, FAZ CONCHAVOS, PROTEGE LADROES E O CACETE É LULA. ELE É O CHEFAO!!!!!


Cúpula Hemisférica

02/06


2012

Eduardo cobra preço alto por apoio a Haddad em SP

 Numa conversa ontem, em São Paulo, conta Ilimar Franco no Globo, o governador Eduardo Campos (PSB-PE) apresentou nova condição para os socialistas apoiarem a candidatura de Fernando Haddad (PT) à prefeitura de São Paulo. Ele quer que os petistas retirem a candidatura do presidente do IPEA, Márcio Pochmann, à prefeitura de Campinas e passem a apoiar a do deputado Jonas Donizette (PSB). A candidatura Haddad a cada dia custa mais caro.

Ainda segundo o jornalista, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), está irritado com a presidente Dilma. Ele pediu flexibilização no prazo do regime automotivo diferenciado porque duas montadoras estão negociando se instalarem no Ceará (a GM e uma fábrica chinesa de caminhões). Cid não aderiu ao sistema no ano passado, conforme prevê a lei, mas alega que na época não tinha conversas concretas com as montadoras. Mas o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento) não quer abrir uma janela, alegando seguir orientação da presidente. Agora, Cid ameaça romper se não for encontrado um caminho para que o Ceará possa oferecer vantagens como fizeram recentemente a Bahia e Pernambuco..


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcos do PT

Eduardo Campos sempre joga de acoordo com a bola, a bola dele! dar inicio ao jogo e termina quando ele quer, é o dono da bola! Extrema ipocresia de quem quer ser candidato a Presidente, tudo que forá construido em PE parte do principio da parceria qur Lula veio a fazer por sua divida com PE


Prefeitura de Serra Talhada

02/06


2012

Voto aberto para Demóstenes não escapar da cassação

 O grupo de senadores que se uniram para evitar que o senador Demóstenes Torres acabe absolvido em plenário espera ter até o início da próxima semana um estudo pronto que os permita votar abertamente pela cassação do seu mandato. O senador Pedro Taques (PDT-MT), ex-procurador da República e responsável por elaborar a tese que dê sustentação ao voto aberto, já delineou a proposta. Ela se baseará na tese de que o voto é secreto para preservar o parlamentar de pressões, mas que não se trata de uma imposição. Assim, o senador que quiser poderá votar abertamente.

A questão foi debatida na quinta-feira, no plenário do Senado, por Taques, Ana Amélia Lemos (PP-RS), Humberto Costa (PT-PE) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Outros senadores como Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Cristovam Buarque (PDT-DF) e Ferraço devem se unir ao grupo na próxima semana.(Informações de O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo cicero marques

Que não seja somente no caso Demóstenes. É possível, senhor Taques?

Deomiro Silva dos Santos

Todo esses Senadores não suportam meia hora de investigação da Polícia Federal, nem esse Senador Pedro Tanques. O ex-senador Demostenes era a bem pouco tempo um homem acima de qualquer suspeita, o pai da honestidade. A Polícia fez meia hora de investigação e estava lá o verdadeiro Demostenes.


Prefeitura de Limoeiro

02/06


2012

Sílvio se arrepende do que disse a Taques; a Demóstenes não

ENTREVISTA AO JORNAL O GLOBO

Um dia depois de se tornar o protagonista da confusão ao final da sessão da CPI do Cachoeira, marcada pelo silêncio do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), o deputado Silvio Costa (PTB-PE), admitiu nesta sexta-feira estar arrependido de chamar o senador Pedro Taques (PDT-MT) de “merda” e “filho da p…”. Silvio Costa havia atacado Demóstenes, e Taques reclamou do tom usado com o investigado.

O que o senhor achou da repercussão da briga com o senador Pedro Taques?
SILVIO COSTA: Primeiramente, o Demóstenes não é um depoente qualquer. Ele é um senador da República e, ao longo de dez anos, ele enrolou o país. Ele se apresentava como um grande paladino da ética. Se apresentava como o grande arauto da moralidade e apontava o dedo da acusação para todo mundo.É claro que ele usou a prerrogativa constitucional de ficar calado. Quando ele usa essa prerrogativa, naturalmente ele se auto-acusa. Ele se coloca como um semelhante aos demais membros da organização do senhor Cachoeira. E se você pegar a minha fala, eu comecei pausadamente me dirigindo a ele falando o que eu queria dizer. Lamentavelmente, o senador Pedro Taques – eu estava com a palavra como líder – pediu uma questão de ordem em um momento inoportuno, que o regimento não permite. E o pior: o presidente Vital concedeu a questão de ordem.

Então eu entendi aquilo como se fosse uma orquestração do senador Pedro Taques para proteger o Demóstenes. E eu fiquei preocupado: o senador Demóstenes anda dizendo que tem 32 votos no Senado a favor da sua não cassação. Eu espero que o senador Pedro Taques não seja um desses votos.

O senhor se arrependeu da forma como se expressou?
Silvio Costa: Eu não me arrependo de absolutamente nada que eu disse ao senador Demóstenes. A única coisa que eu não diria é o que eu disse fora do microfone em relação ao senador Pedro Taques. Ali ele tentou me agredir, dizendo ‘não me meça com a sua régua’. Eu usei palavras de baixo calão e isso eu não faria de novo.Eu tento ali naquela CPI ter a mesma indignação do cidadão comum. Sei que as pessoas têm uma leitura muito ruim da classe política. Eu não sou o paladino da ética. Aliás, eu tenho horror a paladino da ética. Todos esses, no fundo, querem esconder alguma coisa. E o Demóstenes é um exemplo vivo disso.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jose Aparecido Vieira

Pedro Taques apenas defendeu o direito constitucional do sabatinado ficar calado. Quero parlamentares que defendam a lei e não quem usa suas emoções indevidamente para aparecer. Um parlamentar deve ter equilíbrio. Acredito que Pedro Taques tem muito mais condições de conduzir com seriedade a CPI

LAURO SOUSA

Esse Sílvio além de Costa, certamente é UM BOSTA!!! Tem uma diarréia verbal fora do comum. Sempre querendo MOSTRAR que é mais veado que os outros.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

responder a qualquer pergunta é porque tem culpa. A culpa torna-os inimigos públicos com acusações da maior gravidade. Os que querem trata-los cordialmente ou com gentileza são gentilmente bandidos também. Sílvio Costa está certo em levar esta revolta à CPI. Ele usou as palavras que cabe ao Senador.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

responder a qualquer pergunta é porque tem culpa. A culpa torna-os inimigos públicos com acusações da maior gravidade. Os que querem trata-los cordialmente ou com gentileza são gentilmente bandidos também. Sílvio Costa está certo em levar esta revolta à CPI. Ele usou as palavras que cabe ao Senador.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

responder a qualquer pergunta é porque tem culpa. A culpa torna-os inimigos públicos com acusações da maior gravidade. Os que querem trata-los cordialmente ou com gentileza são gentilmente bandidos também. Sílvio Costa está certo em levar esta revolta à CPI. Ele usou as palavras que cabe ao Senador.


Banner de Arcoverde

02/06


2012

PSDB também quer uma hora no programa do Ratinho

 A entrevista de Lula no programa de Ratinho ainda mexe com os caciques tucanos. Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, espumou quando ouviu Lula falar dos tucanos no Ratinho. “Lula foi arrogante. Quem é ele para decidir que será o próximo presidente? Essa decisão cabe ao eleitor brasileiro”. A informação é de Leandro Mazzini, na sua coluna Esplanada. Ele também informa que o PSDB também quer uma hora de entrevista ao vivo e em rede no Programa do Ratinho, a exemplo do que ele fez com o ex-presidente Lula na quinta à noite. Antes de acabar a entrevista, o líder no Senado, Álvaro Dias, foi atrás da emissora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/06


2012

Políticos: ainda há alguma esperança

 No Senado, na tradicional sessão das manhãs de sexta-feira, Pedro Simon confirmou a regra de que pelo menos uma vez por semana o Congresso honra suas tradições. O senador gaúcho apresentou ampla radiografia da impunidade que assola o país, referindo-se aos episódios mais recentes, da CPI do Cachoeira ao embate entre o ex-presidente Lula e o ministro Gilmar Mendes. Mas concluiu com uma pitada de esperança. Lembrou a participação popular como antídoto para todos os males nacionais: a lei da Ficha Limpa só foi aprovada por conta das milhões de assinaturas em seu favor.

Já o senador Cristóvan Buarque cobrou esclarecimento fundamental para o mais recente entrevero institucional: alguém mentiu a respeito do encontro entre Lula, Gilmar Mendes e Nelson Jobim. É preciso esclarecer e punir.(Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Tajmahal Cruz

Lula é o retrato vivo da anarquia moral que toma conta do país. Joga de forma desonesta e chantageia sabendo que nada lhe acontecerá. Estamos num covil onde predomina a lei do vale-tudo. Lula aprendeu com os picaretas e tornou-se imbatível como mau exemplo. Todos somos sócios desse malogro.

arnaldo cicero marques

Se aconteceu realmente a conversa "amigável" entre Lula e Gilmar, então qualquer que seja o resultado do mensalão algo ou alguém vai ficar em xeque.