Jaboatão

18/05


2021

Lula tem em PE quase o triplo dos votos de Bolsonaro

Na sequência do levantamento do Instituto Opinião sobre os primeiros cenários das eleições 2022 em Pernambuco, com exclusividade para este blog, na disputa pela Presidência da República o ex-presidente Lula (PT) aparece numa situação bastante confortável. Se as eleições fossem hoje, ele teria 53,2% das intenções de voto, enquanto o presidente Jair Bolsonaro, que vai à reeleição, aparece com 20%. Isso seria quase o triplo da soma dos votos do petista em comparação ao concorrente.

Luciano Huck, apresentador global, ainda sem filiação partidária, vem em terceiro, mas bem distante, com apenas 5%, empatado tecnicamente com Ciro Gomes (PDT), que tem 4,8%. João Dória (PSDB), governador de São Paulo, é o preferido de apenas 1,5% dos eleitores pernambucanos. Brancos e nulos somam 10% e o número de indecisos, mesmo faltando ainda um ano e seis meses para o pleito, é muito baixo, 5,5%.

Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é forçado a lembrar o nome do candidato sem o auxílio da lista, Lula cai um pouco, mas lidera com folga. Tem 36,6% contra 16,5% de Bolsonaro. Por ordem, vem em seguida Ciro Gomes, com 1,5%, Luciano Huck, com 0,5% e João Dória – 0,4%. Foram citados, ainda, Paulo Câmara, com 0,2%, e Fernando Haddad, com 0,1%. Neste cenário, brancos e nulos somam 9,2% e indecisos sobem para 35,1% entre os entrevistados.

A pesquisa foi a campo entre os dias 7 e 11 últimos, sendo aplicados dois mil questionários em 80 municípios de todas as regiões do Estado. O intervalo de confiança estimado é de 95,5% e a margem de erro máxima estimada é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares.

Estratificação

O ex-presidente Lula aparece melhor situado entre os eleitores com grau de instrução até a 9ª série (65,7%), entre os eleitores com renda até dois salários (60,8%) e entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (55%). Por sexo, 56,3% dos que disseram que votariam nele são mulheres e 50,2% são homens.

Já o presidente Bolsonaro tem suas maiores taxas de intenção de voto entre os eleitores com renda familiar entre cinco a dez salários mínimos (27%), entre os eleitores na faixa etária entre 35 e 44 anos (21,2%) e entre os eleitores com grau de instrução superior (27%). Por sexo, 25% dos eleitores declarados de Bolsonaro são homens e 15,6% são mulheres.

Por região, a região mais favorável para Lula é o Sertão Central, onde aparece com 60,7% das intenções de voto, seguido pela Zona da Mata (57,9%), Agreste (56%), São Francisco (52,9%) e Região Metropolitana (48,1%). Bolsonaro, por sua vez, tem 21,7% na Região Metropolitana, 19,6% no Agreste, 19,4% na Zona da Mata, 17,6% no São Francisco e 16,3% nos demais sertões.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Amauri Batista da SILVA

Segundo turno como fica

Jose Roberto Correia de Jesus

https://www.eleicoesaovivo.com.br/novaenquete?l=pernambuco Veja aí Caro Magno

Joao

Os blogueiros e jornalistas cloroquina estão morrendo de ódio, marquem logo os cardiologistas. Todos mudos e surdos, não falam nada das rachadinhas e tampouco da casinha de Flavinho chocolate rachadinha, o garoto do PAPAI!

Wildes Jackson Lopes

Cada eleição é única.Em 2018, o povo votou contra o PT. Pelo ambiente que se está se formando, o povo vai votar contra o Bolsonaro.

Fernandes

Datafolha. Lula lidera corrida eleitoral de 2022 e marca 55% contra 32% de Bolsonaro no 2º turno. LULA PRESIDENTE 2022.


Olinda

17/05


2021

Números do Opinião para presidente à meia noite

Dando sequência na divulgação da primeira pesquisa de intenção de voto em Pernambuco para as eleições de 22, do Instituto Opinião, em parceria com este blog, postaremos logo mais, exatamente à meia noite, os números na corrida presidencial. Na quarta, será a vez da disputa para o Senado no Estado com apenas uma vaga, ocupada, hoje, pelo líder do Governo na Casa Alta, Fernando Bezerra Coelho.

Vale a pena dormir um pouco mais tarde!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021

17/05


2021

Deputado debate com farmacêuticos leis sobre a classe

Hoje, o Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE) recebeu, em sua sede, o deputado federal André Ferreira para dialogar sobre projetos de Lei em tramitação no Congresso Nacional, em especial o projeto de lei que cria a figura do "farmacêutico remoto", maléfico a profissão farmacêutica e sobretudo à saúde pública.

O convite ao parlamentar foi resultado de ação conjunta do CFF e CRF/PE, com apoio da Dra. Camila Borges, membro da Comissão de Farmácia Estética do CFF e CRF/DF.

Durante o encontro, o deputado foi homenageado pelo CRF-PE e CRF-DF por sua atuação nos últimos anos na sensibilização e resguardo das atividades farmacêuticas.

Estavam presentes o presidente Dr. Aldo César Passilongo; o conselheiro federal por Pernambuco e diretor da Associação dos Farmacêuticos de Pernambuco (AFP), Dr. Arimatea Filho; o presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado Pernambuco (SIFARPE), Dr. Holdack Gomes, assessores, funcionários e estagiários do CRF-PE.

Segundo o deputado, o Projeto iria prejudicar a classe farmacêutica e a população. “É importante ressaltar que estamos falando de profissionais que, por Lei, precisam estar presencialmente nos estabelecimentos de saúde e que, além disso, são essenciais para a dispensação de medicamentos. Com a aprovação, não tenho dúvida que seria um grande prejuízo à classe farmacêutica que tem uma atuação centenária”, destacou o parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

17/05


2021

Presidente da Fundaj: medidas restritivas não são viáveis

Em entrevista à CBN Caruaru, hoje, o presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Antônio Campos, comentou sobre as novas medidas restritivas no Agreste. De acordo com Antônio, restrições muito rígidas nesse momento, há mais de um ano de pandemia, não são viáveis pois causam danos severos na economia.

Antônio contou que o setor de cultura é atingido diretamente e está parado desde o início da pandemia. “O setor de eventos tem se deteriorado”, afirmou. E citou a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém como exemplo.

Sobre as eleições de 2022 e a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), o presidente da Fundaj contou que sua maior preocupação é que saia da área técnica e vá para um lado ideológico virando palco político. Antônio defendeu o governo federal e afirmou que o mesmo mandou bilhões de reais aos estados, mencionando Pernambuco, principalmente para enfrentamento à pandemia da Covid-19.

De acordo com o presidente da Fundaj, Jair Bolsonaro é o candidato com maior viabilidade para 2022. E o que seus opositores têm procurado é fragilizá-lo para as eleições que se aproximam.

Sobre o Governo do Estado, Antônio Campos disse ter feito pouco pelo setor cultural, afirmando que o estado precisa investir mais em cultura, e precisam de mais apoio. “Pernambuco perdeu protagonismo no Nordeste. Qual a grande obra de impacto do governo Paulo Câmara?”, questiona.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Eduardo Campos deve está se revirando no túmulo, é vergonhoso o posicionamento político desse senhor. Um Campos sem ser Campos!

gilson

Este Sr. dá-me náuseas, somente em vê lo, sempre, e sempre será apenas o IRMAO de Eduardo Campos, NUNCA terá brilho próprio, que final deprimente, CAPACHO do BOZO.



17/05


2021

Novas medidas restritivas para o Agreste

As novas medidas restritivas voltadas para a região do Agreste do Estado, anunciadas no último sábado pelo Governo de Pernambuco, entram em vigor amanhã. Durante a semana, as atividades econômicas só poderão funcionar das 5h até as 18h. Já nos próximos dois finais de semana, apenas o funcionamento de supermercados, feiras livres de produtos alimentícios, farmácias, padarias e postos de gasolina estará permitido, na 2ª Macrorregião, da qual fazem parte as IV e V Gerências Regionais de Saúde, com sede em Caruaru e Garanhuns.

Para o governador Paulo Câmara, os números analisados pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 apontam para uma situação limite. “Temos feito todos os esforços para minimizar os efeitos dessa pandemia. Fizemos a maior rede de UTIs exclusivas para a Covid entre os estados do Norte/Nordeste do Brasil. Só na 2ª Macrorregião, abrimos 178 leitos de terapia intensiva, em sete diferentes unidades de saúde nos municípios de Caruaru, Garanhuns, Bezerros e Gravatá. Infelizmente, desde domingo passado, temos apenas um leito de livre”, disse.

Segundo o gestor estadual, além da ocupação total dos leitos, outros fatores também são preocupantes. “O principal deles é a aceleração da doença que está com percentuais altos de casos e de solicitações de UTI em patamares quatro vezes maiores do que no restante do Estado. O que precisa ficar claro para a população é a gravidade do momento que estamos passando”, explicou Paulo Câmara.

De acordo com o novo decreto, o Polo de Confecções, aos sábados, domingos e segundas, deverá permanecer fechado. A medida é necessária para diminuir o contato entre as pessoas e consequentemente a circulação do vírus. “Sabemos que nos fins de semana e nas segundas temos um pico de aglomerações com pessoas de outras cidades e de até outros estados”, concluiu. A região Agreste segue com as restrições até o dia 31 de maio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

17/05


2021

Editorial analisa pesquisa para o Governo de PE

No Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, o meu editorial foi sobre a pesquisa do Instituto Opinião, divulgada por este blog, com as intenções de votos para governador de Pernambuco. Vale a pena conferir!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

17/05


2021

Prefeito de João Alfredo foca em melhorar economia

Em uma entrevista ao blog do Alberes Xavier, hoje, o prefeito de João Alfredo, Zé Martins (PSB), relatou as dificuldades que vem enfrentado para administrar o município, por conta da pandemia, e o que está fazendo para recuperar a economia da cidade.

O gestor firmou uma parceria de convênio com o Sebrae e com o sistema S de Pernambuco, para apoiar e alavancar o desenvolvimento econômico e recuperar o setor moveleiro do município, que passa por dificuldades.

Martins esteve em uma audiência com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Júlio, e com a diretoria da Agência de Desenvolvimento (AD DIPER), na busca por soluções e alternativas para transpor as dificuldades e superar a crise. “O Polo Moveleiro está passando por dificuldade, mas estamos aqui para dizer que a prefeitura é parceira na recuperação da renda e emprego para a população”, falou.

O prefeito também disse estar disposto a firmar mais parcerias e convênios em troca do desenvolvimento de João Alfredo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

17/05


2021

Cintra: Pesquisa mostra potencial de Raquel

Para o empresário e ex-senador Douglas Cintra, a pesquisa realizada pelo Instituto Opinião e divulgada por este blog, hoje, mostra que a candidatura da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), ao Governo do Estado, tem grande potencial de crescimento.

“Raquel já aparece numa posição muito boa nos diferentes cenários apresentados pela pesquisa. O que chama a atenção é o seu desempenho no Agreste, cenário que pode ser replicado para o restante do Estado à medida em que as pessoas forem se interessando mais pelos nomes que poderão estar na disputa”, afirma Douglas.

Raquel Lyra chega a aparecer em primeiro lugar na pesquisa (11,3%) em um dos cenários, e em outro aparece em segundo lugar com 9% das intenções de voto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

17/05


2021

Vitória: Plantão psicológico para afetados pela Covid-19

Começou a funcionar, hoje, no município de Vitória de Santo Antão, o serviço de plantão psicológico para pessoas afetadas pela Covid-19. A ação faz parte do programa Ressignificando Vidas, que consiste em uma série de medidas para cuidar da saúde mental do público que teve a vida afetada pela pandemia, e é estruturado pela Secretaria de Saúde.

Podem ser atendidos pelo plantão psicológico a população acometida pelo Coronavírus, familiares que perderam os parentes para a doença e profissionais de saúde. Para adultos, o atendimento será realizado no Núcleo de Atenção à Saúde Mental (NASM), localizado na Rua Imperial, no Centro, e para menores de 18 anos, na Policlínica da Criança na Rua Demócrito Cavalcante, no Livramento, das 7h às 16h.

Já os usuários com sintomas da Covid, serão acolhidos remotamente, através de consultas onlines, encaminhados pela central de monitoramento da COVID-19 ou pelas UBS.

A coordenadora de Saúde Mental do município, Renata Mariana, explica que, durante o plantão, os profissionais irão promover a escuta aos usuários. “Esse trabalho tem a perspectiva de amenizar os impactos emocionais, psíquicos e sociais causados pela pandemia, além de possibilitar um espaço de cuidado e linhas terapêuticas para amparar a população”.

Além dos plantões e atendimentos psicológicos, o programa também prevê outras ações, como projetos de educação em saúde nas unidades básicas e nos centros de referências especializados em saúde mental para incentivar os cuidados psicossociais, educação permanente com  equipe da Central de Monitoramento de Caso da Covid-19 para escuta qualificada dos pacientes, capacitação para equipe de psicologia e suporte para as família e usuários do Centro de Assistência Psicossocial (CAPS) que foram acometidos pelo Coronavírus.

“A pandemia vem provocando não apenas problemas físicos, mas também mentais. Então, precisamos dar suporte as essas pessoas que tiveram suas vidas diretamente impactadas pela Covid-19, sejam elas pacientes que tiveram a doença, familiares que perderam seus parentes ou profissionais de saúde que são submetidas a uma rotina desgastante de uma pandemia. Acolhendo esse público poderemos contribuir para a saúde de cada um de uma maneira global”, pontua o secretário de Saúde, Eudes Lorena.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

17/05


2021

Maioria da população confia no judiciário paulistano

O grau de conhecimento sobre o Judiciário é o principal fator formador de opinião dos cidadãos sobre esse poder. Quanto mais próximos do sistema de Justiça, melhor é a avaliação de sua eficiência. Essa é uma das conclusões da primeira edição da pesquisa "JusBarômetro: A visão da sociedade sobre a Justiça", uma iniciativa da Apamagis – Associação Paulistana dos Magistrados.

A presidente da Apamagis, Vanessa Mateus, apresentou o evento de lançamento da pesquisa na TV ConJur, hoje. Os resultados da pesquisa realizada pelo Ipespe foram analisados em seminário virtual promovido pela TV ConJur em parceria com a Apamagis e com a participação do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Geraldo Pinheiro Franco, do ministro do Superior Tribunal de Justiça Luís Felipe Salomão, da presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Renata Gil, do ex-presidente e coordenador do Núcleo de Pesquisa da Apamagis, Jayme de Oliveira Neto, e do presidente do Conselho Científico do Ipespe, Antonio Lavareda.

A primeira edição da pesquisa ouviu 1 mil pessoas entre os dias 26 e 30 de abril no estado de São Paulo. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Vanessa Mateus destacou que um dos principais pontos revelados pela pesquisa é que a maioria das pessoas confia em todas as instituições que compõem o sistema de Justiça no âmbito estadual. "Vamos desde 60% confia na OAB até 50% no Judiciário, mas o percentual de pessoas que confia na OAB, na Defensoria, nos juízes, desembargadores e no Poder Judiciário de São Paulo é maior do que aquele de pessoas que não confiam", afirmou.

O levantamento apontou que 53% das pessoas se informam sobre o Poder Judiciário por notícias e declarações de ministros de cortes superiores como STF e STJ. Em segundo lugar, por notícias sobre juízes e desembargadores de São Paulo. Outro dado aponta que as pessoas com renda de até dois salários-mínimos não têm referência exata sobre o Poder Judiciário. 14% das pessoas se dizem bem-informadas sobre o Poder Judiciários, 38% mais ou menos informadas e 52% reclamam da escassez de informação sobre o esse poder.

Entre os principais meios pelos quais cidadãos se informam sobre o Poder Judiciário aparecem em primeiro lugar a televisão, seguido por sites, blogs e portais, redes sociais, conversas entre familiares e amigos e rádio. Em sua fala, Jayme de Oliveira Neto apontou que a pesquisa conseguiu separar a opinião das pessoas que se utilizaram do Judiciário de São Paulo daqueles que nunca usaram o sistema de Justiça. "Um dado interessante é que a visão daqueles que se utilizaram do Poder Judiciário é muito melhor que dos que nunca usaram", afirmou.

O presidente do Conselho Científico do Ipespe e cientista político, Antonio Lavareda, chamou atenção para o fato de que metade das pessoas ouvidas reclama da escassez de informações sobre o Poder Judiciário. "Dado relevante é que entre os usuários deste poder, 71% têm menções positivas ao comportamento dos juízes", ressalva.

Os cinco principais pontos nos quais o Judiciário Paulista precisa melhorar, segundo a pesquisa, são: a diminuição de prazos e simplificação de procedimentos, a melhoria do atendimento à população (a maioria não é usuário do Sistema de Justiça), a simplificação da linguagem jurídica, a redução das custas e a melhora da comunicação do Judiciário paulista com a população.

O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Geraldo Pinheiro Franco destacou a importância do levantamento. "Precisamos entender como nós somos vistos pela sociedade e sempre ouvir o que o servidor tem a nos dizer sobre a instituição. Isso é importante porque ele participa ativamente da prestação dos serviços e têm expertise sobre que caminhos devemos percorrer internamente", sustenta. O ministro Luis Felipe Salomão, do STJ destacou a evolução das associações da magistratura. "Chama muita atenção o papel das associações dos magistrados com pesquisas como essa. Um evento como esse é um retrato muito grande da maturidade das associações". Acrescentou que "quanto maior a proximidade do cidadão melhor a avaliação do Judiciário. Isso é uma vitória. É algo para se comemorar nessa pesquisa", defendeu.

Ele também apontou a necessidade de simplificação da linguagem utilizada pelos magistrados como fundamental para melhorar ainda mais a imagem do Poder Judiciário. A presidente da AMB, Renata Gil, falou sobre a importância de pesquisas como a promovida pela Apamagis para construção da Justiça do futuro. "Como líderes associativos é fundamental que atuemos para aproximar a sociedade da magistratura. Que participemos ativamente do debate público e que tenhamos cada vez mais iniciativas como essa pesquisa para entregar a sociedade o que ela espera de nós", sustentou.

Os resultados completos da pesquisa serão disponibilizados no site da Apamagis e do Ipespe.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha