O Jornal do Poder

07/08


2020

Joaquim faz abertura do projeto 100 DIAS–Eleições 2020

“Em uma eleição marcada pela calamidade pública e pela necessidade do isolamento social, a comunicação digital será fundamental na vida dos candidatos. E preciso ter cuidado com o demônio que são as fake news, que, com o advento das redes sociais, trazem um arsenal de mentiras”, comentou o ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco, durante palestra de abertura do projeto 100 Dias – Eleições 2020, iniciativa do PSDB Pernambuco para capacitação de pré-candidatos em todo o estado.

O encontro on-line, na manhã desta sexta, foi aberto pela presidente do partido, deputada estadual, Alessandra Vieira. “Essa iniciativa surge nessa nova realidade que estamos vivenciando há meses. Tivemos que readaptar o nosso dia a dia e a nossa forma de realizar as nossas atividades, por isso o projeto visa disponibilizar um conteúdo de qualidade e estimular o debate e a troca de experiências entre os nossos pré-candidatos”, enfatiza a presidente.

A programação continua na sexta-feira, 14, com palestra de Renato Hayashi, advogado eleitoral, professor e mestre pela UFPE, que vai falar sobre legislação eleitoral e prazos. Já no dia 21 de agosto, o encontro terá como palestrante o vereador André Régis, advogado, administrador, mestre em direito pela UFPE, mestre e PhD em Ciência Política e professor da UFPE, que vai falar sobre Marketing Político.


Email

Abreu no Zap

Confira os últimos posts

21/10


2020

Senador Arolde de Oliveira morre de Covid-19

O senador fluminense Arolde de Oliveira (PSD) morreu, na noite hoje, vítima da Covid-19. A assessoria confirmou a informação com uma mensagem nas redes sociais do parlamentar, que tinha 83 anos:

"Comunicamos que nesta noite (dia 21 de outubro) o Senhor Jesus recolheu para si nosso amado irmão, Senador Arolde de Oliveira. Falecido vítima de Covid e como consequência a falência múltipla dos órgãos. A família agradece o carinho e orações. Mais informações à posteriori."

Arolde de Oliveira estava internado há mais de 15 dias no Hospital Samaritano, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. Ele faleceu por volta das 21h de hoje. Ainda não há informações sobre o velório do senador, que ocupava o cargo desde fevereiro de 2019.

PSD lamenta morte do senador

Por meio de nota, o Partido Social Democrático lamentou a morte do senador Arolde de Oliveira. O presidente nacional da legenda, Gilberto Kassab, assina a mensagem:

O Partido Social Democrático recebe com enorme pesar a notícia do falecimento do senador Arolde de Oliveira, aos 83 anos, no Rio de Janeiro. Eleito para o Senado em 2018 pelo Rio de Janeiro com 2,3 milhões de votos, Arolde de Oliveira era economista e engenheiro, especialista em telecomunicações. Foi deputado federal por nove mandatos, um democrata que dedicou sua vida à política e à defesa dos interesses dos brasileiros, especialmente dos fluminenses. Natural de São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul, Oliveira deixa a mulher Yvelise de Oliveira, e a filha Marina de Oliveira. À toda sua família, aos amigos e eleitores, o PSD transmite votos de profundo pesar.

Gilberto Kassab 
Presidente Nacional
Partido Social Democrático


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Banco de Alimentos

21/10


2020

Mendonça diz que Recife é a capital da corrupção

O candidato do DEM a prefeito do Recife, Mendonça Filho, endureceu o discurso em direção ao candidato governista, o socialista João Campos. Em fala, há pouco, em agradecimento à uma homenagem do Caxangá Ágape, afirmou que o PSB transformou Recife na pior capital do Nordeste. "Recife saiu da condição de Veneza Brasileira, que tanto nos orgulhava, para a cidade dos mortos, sem vida, sem turismo, com o seu centro abandonado e seu patrimônio vilipendiado", afirmou.

Mendonça disse que Recife virou a capital da indústria das multas. "O presente que recebemos desta gestão foi pagar o IPTU de 2021 antecipado", ironizou. O ex-ministro também disse que Recife virou a capital da corrupção, centro de seis operações da PF e que o prefeito usou o dinheiro da pandemia abrindo hospitais de campanha para desviar dinheiro público com contratos superfaturados.

"Recife tem que se livrar dessa hegemonia montada por um grupo que quer se perpetuar no poder fazendo um mal terrível ao povo da cidade", afirmou. O legado do PSB, segundo ele, levou Recife a uma posição secundária e vergonhosa. "A cidade perdeu sua autoestima e deixou de ser referência até no Nordeste", disse.

Mendonça afirmou que Recife perdeu status até para cidades do Interior. "Recife tem, hoje, menos vagas em creches do que Petrolina, a saúde está sucateada", acrescentou. "Recife foi esquecida, a saúde básica abandonada. Com o PSB, a cidade foi para as páginas policiais, virou caso de polícia. A cidade está degradada e abandonada, verdadeira cidade dos mortos, o IPTU mais caro do País, campeã em desperdício do dinheiro público", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

Fernandes

Fora Mendonça! Fora Patrícia!

Fernandes

sempre é bom lembrar que, Mendonça votou a favor da reforma trabalhista, prejudicou os trabalhadores brasileiros, e agora tá com esse mimimi. Deixa de ser chato Mendonça!



21/10


2020

Armando diz que Recife não é plataforma de estágio

Em discurso, há pouco, na homenagem do Caxangá Ágape ao candidato do DEM a prefeito do Recife, Mendonça Filho, o ex-senador Armando Monteiro Neto alfinetou, sem citar o nome, o candidato do PSB a prefeito da capital, João Campos. "A Prefeitura do Recife não é plataforma de estágio nem questão de sangue", desabafou. Segundo ele, a candidatura de Mendonça representa a certeza de que o Recife vai reencontrar-se com o tempo de avanços em todas as suas áreas.

"Recife não pode ser aprisionada por um grupo", acrescentou Armando, fazendo outra referência indireta a João, representante da família Campos e do grupo político do PSB. Também presente, a deputada estadual Priscila Krause disse que o PSB só contribuiu para destruir a Recife que o País tanto reverenciava.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

Fernandes

Só lembrando. Em nota oficial, Sérgio Guerra diz que Armando Monteiro vota contra os trabalhadores Publicado por Jamildo em Notícias às 22:00 16/12/09. O deputado Armando Monteiro, presidente da CNI, desde 1999, vota contra o povo e os trabalhadores pernambucanos. Começou com a votação do Fator Previdenciário (1999), que restringiu a concessão de aposentadorias. No mesmo ano, votou a favor do projeto que dificultou o acesso dos trabalhadores à Justiça do Trabalho e diminuiu os direitos adquiridos pelos funcionários públicos de todo o Brasil.Os votos contra os funcionários públicos não ficaram apenas nisso. O deputado Armando Monteiro também votou contra o direito de ampla defesa dos servidores públicos demitidos.Ainda 1999, votou contra o projeto que isentava os trabalhadores de empresas privadas dos custos pelo arquivamento de ações trabalhistas.No ano seguinte, continuou votando contra os trabalhadores e o povo de Pernambuco. Por isso que votou contra o aumento do salário mínimo e ao combate ao nepotismo, um projeto que proibia o empreguismo de parentes.E, nem os trabalhadores rurais escaparam dos votos do deputado Armando Monteiro. Em 2000, ele votou a favor de diminuir o prazo para que os trabalhadores do campo reclamassem os seus direitos trabalhistas.



21/10


2020

Ativistas da causa animal reclamam de perseguição

Ativistas da causa animal no Recife assinam uma nota conjunta, em protesto contra a candidata a vereadora do Recife Andreza Romero. Representantes dos grupos SOS Amigo dos Animais, Gatinhos Urbanos e Adote um Animal de Rua procuraram o blog para informar que estão sendo processados pela postulante à Câmara Municipal por, nas palavras deles, “publicarem verdades” e acusam a candidata de “fazer uma campanha eleitoral completamente invasiva”.

Em paralelo, relataram ao blog que a candidata "não tem compromisso com a causa animal”.

Leia a nota na íntegra:

Vivemos em uma democracia, onde a liberdade de expressão é um princípio fundamental para o bom funcionamento da nossa sociedade.

Desde que criamos os nossos perfis, utilizamos os mesmos para pedir ajuda, mostrar ajuda e também denunciar problemas graves e usuais no meio da causa animal.

Não foi diferente quando nos sentimos invadidas e também vemos a população ser enganada por pessoas com uma propaganda maior que suas ações, divulgando uma campanha duvidosa e enganosa em prol dos animais.

Como sempre, tomamos junto a diversos protetores e protetoras, e simpatizantes da causa animal, a medida de orientar a população sobre quem não votar.

Não publicamos mentiras, apenas contamos o que vivemos e o que vemos.

A atual candidata Andreza "Romero" nos intimou por estar incomodada com a campanha contra. Já demonstra como vai ser sua gestão, caso eleita, tentando intimidar e silenciar vozes que apenas expõem para a população fatos que vêm ocorrendo, como a aquisição (de origem desconhecida) de dados pessoais nossos, de amigos e de seguidores sem nosso consentimento. Bateram nas nossas portas, sem cerimônia, para fazer campanha eleitoral completamente invasiva.

Recebemos intimação judicial e reiteramos que ela, como outros tantos que tentam se eleger pela causa animal (e muitos conseguem), não tem nosso voto e que não nos silenciarão com seu poder de influência e dinheiro.

Adote um Animal de Rua

Gatinhos Urbanos e

SOS Amigo dos Animais

A candidata Andreza Romero foi procurada para se pronunciar sobre o caso. Por meio de nota, ela se defende e fala sobre as ações judiciais:

“A Justiça já nos concedeu quatro liminares em nosso favor, com o total respaldo legal da resolução 23610 de 2019, que regula as propagandas eleitorais. Não houve qualquer perseguição por parte da candidata, uma vez que a mesma apenas se resguardou juridicamente de um pleito eleitoral desigual. Tendo em vista que a mesma foi alvo de diferentes pessoas, que num ato orquestrado visavam apenas macular sua imagem com relação aos feitos já alcançados em favor da nobre causa animal. Neste momento, nós trabalhamos visando aumentar a visibilidade desta causa, buscando uma disputa limpa, baseada na boa política e na democracia, sem perseguições infundadas”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


21/10


2020

Uchoa Júnior apoia Edivaldo em Rio Formoso

Filho do ex-presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Uchoa Júnior (PDT) se engajou de corpo e alma na eleição de Rio Formoso, litoral Sul do Estado. Optou pelo candidato da oposição, Doutor Edivaldo, do PTB, o fato novo, que vem tirando o sono do bloco governista. "Chegou a hora da mudança. Rio Formoso precisa de Doutor Edivaldo", disse o parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


21/10


2020

Sertânia ainda não recebeu recursos da Lei Aldir Blanc

Músicos de Sertânia, no Moxotó pernambucano, reclamam que ainda não receberam repasses dos recursos destinados pela Lei Aldir Blanc, que prevê apoio emergencial ao setor cultural devido à pandemia. A situação é muito difícil. “Fomos os primeiros a parar e os últimos a voltar. Não estão nos respeitando. Queremos trabalhar”, diz um profissional, em reserva.

O blog procurou a Prefeitura de Sertânia para que se pronunciasse sobre o caso. De acordo com o secretário de Juventude Esporte, Cultura e Turismo da cidade, Tácio Henrique, a administração municipal ainda não recebeu os repasses do Governo Federal. A informação também foi verificada pela reportagem no portal da Secretaria Nacional de Cultura e o município de fato não está na lista dos que obtiveram os recursos.

Ainda de acordo com o secretário, houve o cadastro de 42 pessoas físicas e 13 pessoas jurídicas sertanienses para que sejam contemplados com os recursos da Lei Aldir Blanc. A Prefeitura também enviou uma nota de esclarecimento ao blog:

“A Prefeitura de Sertânia, por meio da Secretaria de Juventude, Esporte, Cultura e Turismo, vem, por meio desta nota, prestar esclarecimentos ao blog de Magno Martins, que recebeu questionamentos de músicos sertanienses sobre a Lei 14.017/2020, conhecida por lei Aldir Blanc.

Diante das indagações, a SEJECT esclarece que:

1º: Tudo o que compete à Prefeitura de Sertânia para que houvesse a liberação dos recursos foi feito. A conta na Plataforma +BRASIL foi criada e já está ativa desde 01/10; o plano de ação foi aprovado desde 18/08 e o termo de adesão assinado. Mas como o próprio blog de Magno Martins pôde verificar no site da Secretaria Nacional de Cultura, os recursos ainda não foram liberados.

2º: Mais uma vez a Prefeitura de Sertânia ressalta que tão logo esse dinheiro seja liberado para o município, ele será entregue a todas as pessoas que se enquadram nas categorias descritas nos incisos II e III da Lei 14.017/2020.

3º: Mesmo sem os recursos liberados, a Prefeitura de Sertânia já iniciou a elaboração de editais, prêmios e chamadas públicas voltadas aos espaços culturais e coletivos, conforme determina os incisos II e III da Lei Aldir Blanc, que é de competência do município.

4º: A SEJECT lembra que o Inciso I da Lei n° 14.017/2020 ficou deliberado para execução do Governo do Estado. Esse inciso diz respeito ao pagamento dos trabalhadores do setor cultural que receberão R$ 600 por mês, em três parcelas. O benefício é limitado a duas pessoas de uma mesma família e, quando se tratar de mulher chefe de família, terá direito a duas cotas, ou seja, R$ 1.200.

5º: A Prefeitura de Sertânia compreende os impactos que a pandemia causou na vida de todas as pessoas ligadas ao setor cultural do município, por isso não mediu esforços para cumprir as exigências determinadas para receber os recursos da Lei Aldir Blanc, mas ressalta, mais uma vez, que essa liberação ainda não aconteceu por parte do Governo Federal”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


21/10


2020

RealTime Big Data: João lidera com 28% no Recife

Portal CNN

Pesquisa do instituto RealTime Big Data/CNN Brasil aponta que o candidato João Campos (PSB) lidera as intenções de voto para a Prefeitura do Recife, com 28%. Ele é do mesmo partido do atual prefeito da cidade, Geraldo Júlio.

Em seguida estão os candidatos Marília Arraes (PT), com 14%; Mendonça Filho (DEM), com 13%; Delegada Patrícia (Podemos), com 11%; Coronel Feitosa (PSC), com 2%; Marco Aurelio Meu Amigo (PRTB), com 1%; Charbel (Novo), com 1%; Carlos (PSL), com 1% e Thiago Santos (UP), com 1%.

Os candidatos Cláudia Ribeiro (PSTU) e Victor Assis (PCO) não pontuaram. A pesquisa identificou ainda 11% de nulos e brancos e 17% que não souberam responder.

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número de identificação PE02586/2020. Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, entre os dias 14 e 17 de outubro.

A margem de erro é de três pontos (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%. Isto significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95.

A pesquisa, amostral, é representativa da população do município com 16 anos ou mais. Ou seja: os entrevistados seguem um padrão semelhante ao da população total, respeitando-se a proporção por idade, região geográfica e sexo.

Pesquisa estimulada

  • João Campos (PSB) - 28%
  • Marilia Arraes (PT) - 14%
  • Mendonça Filho (DEM) - 13%
  • Delegada Patrícia (Podemos) - 11%
  • Coronel Feitosa (PSC) - 2%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) - 1%
  • Charbel (Novo) - 1%
  • Carlos (PSL) - 1
  • Thiago Santos (UP) - 0
  • Cláudia Ribeiro (PSTU) - 0%
  • Victor Assis (PCO) - 0%
  • Nulo/Branco - 11%
  • Não sabe - 17%

Esta é a primeira de uma série de rodadas de pesquisas a serem realizadas com exclusividade pela CNN nas próximas semanas, em 11 capitais brasileiras, além de Recife: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza, Curitiba, Belém, Palmas, Goiânia, além das cidades paulistas de Campinas e Guarulhos. Juntas, essas cidades concentram 26,9 milhões de eleitores, que correspondem a 18,23% do eleitorado brasileiro.

Campos empata tecnicamente com Mendonça Filho em rejeição

Em rejeição, João Campos empata tecnicamente, dentro da margem de erro, com o candidato a prefeito e ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM). O ex-ministro tem 38% e Campos, 37%. Nesta pergunta os entrevistados poderiam escolher quantas opções quisessem. Veja abaixo a rejeição por candidato (em %):

Rejeição

  • Mendonça Filho (DEM) - 38%
  • João Campos (PSB) - 37%
  • Marilia Arraes (PT) - 31%
  • Delegada Patrícia (Podemos) - 22%
  • Coronel Feitosa (PSC) - 21%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) - 20%
  • Charbel (Novo) - 16%
  • Thiago Santos (UP) - 16%
  • Carlos (PSL) - 15%
  • Cláudia Ribeiro (PSTU) - 15%
  • Victor Assis (PCO) - 15%

 

 Campos também lidera em pesquisa espontânea

João Campos (PSB) também está no topo da lista na pesquisa espontânea, quando se pergunta o candidato favorito do entrevistado sem apresentar uma lista de opções, com 19%.

Em segundo lugar aparecem empatados, dentro da margem de erro, os candidatos Mendonça Filho (DEM, 9%), Marilia Arraes (PT, 8%) e Delegada Patrícia (Podemos, 7%), seguidos pelo Coronel Feitosa (PSC), com 1%. Outros nomes foram mencionados por 3% e houve ainda 21% de nulos/brancos e 32% que não souberam responder. Confira a lista das citações espontâneas:

Espontânea

  • João Campos (PSB) - 19%
  • Mendonça Filho (DEM) - 9%
  • Marilia Arraes (PT) - 8%
  • Delegada Patrícia (Podemos) - 7%
  • Coronel Feitosa (PSC) - 1%
  • Outros - 3%
  • Nulo/Branco - 21%
  • Não sabe - 32%

Maioria no Recife desaprova Bolsonaro, governador Paulo Câmara e prefeito Geraldo Júlio

A pesquisa também incluiu perguntas sobre aprovação do prefeito Geraldo Júlio, do governador Paulo Câmara e do presidente Jair Bolsonaro. Veja os resultados:

Avaliação do presidente Jair Bolsonaro no Recife

  • Desaprova - 54%
  • Aprova - 41%
  • Não sabe - 5%

Avaliação do governador Paulo Câmara no Recife

  • Desaprova - 58%
  • Aprova - 34%
  • Não sabe - 7%

Avaliação do prefeito Geraldo Júlio

  • Desaprova - 55%
  • Aprova - 40%
  • Não sabe - 5%


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


21/10


2020

Editorial analisa clima de campanha frio no Recife

No Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, o meu editorial foi sobre a falta de clima de campanha eleitoral no Recife. Vale a pena conferir!

O Frente a Frente tem como cabeça de rede a Rádio Hits 103,1 FM, em Jaboatão dos Guararapes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


21/10


2020

Miguel promete pavimentar mais 600 ruas em Petrolina

Nos primeiros quatro anos de governo, Miguel Coelho deve entregar mais de 900 ruas pavimentadas em Petrolina. O candidato à reeleição pelo MDB assegura que no segundo mandato será possível asfaltar mais 600 vias na área urbana e zona rural do município sertanejo.

O compromisso está no programa de governo de Miguel Coelho. A pavimentação desse pacote de ruas e avenidas faz parte do eixo de propostas para infraestrutura, que traz ainda a duplicação de 15 corredores em diversos bairros de Petrolina.

"Petrolina virou o maior canteiro de obras do Nordeste. Prometemos, em 2016, executar 200 ruas no primeiro mandato e fizemos muito mais. Nos próximos quatro anos, nosso compromisso é pelo menos 600 ruas novas para oferecer melhor qualidade de vida ao povo petrolinense", destaca Miguel Coelho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


21/10


2020

Mendonça critica descaso do PSB com a saúde

O candidato a prefeito Mendonça Filho (DEM) conferiu, na tarde de hoje, a situação da unidade de Saúde da Família Prof. João Rodrigues, posto que fica na Comunidade do Bode, no Pina, Zona Sul da cidade. E denunciou o descaso da gestão do PSB com a atenção básica na capital. “É uma falta de respeito com o povo. Faltam médicos, remédios. Está tudo errado, e isso mudará”, afirmou o democrata, lançando o programa “Saúde 24h”, que pretende acabar com as filas de espera de pequenas cirurgias e consultas com especialistas na rede municipal, estabelecendo como regra três turnos de atendimentos nos equipamentos públicos existentes e em hospitais e clínicas particulares conveniadas.

“Hoje, no Recife, há mais de 200 mil exames e consultas em fila de espera”, disse Mendonça Filho, lembrando ainda que há registros de casos em que pacientes esperam por até um ano e meio para serem atendidos por um ortopedista, por exemplo. “Isso vai acabar em nossa gestão. Não se pode tratar os recifenses da forma como o PSB, de Geraldo Júlio e João Campos, faz.”

Para o ex-ministro, o maior exemplo do descaso da saúde na atual gestão foi o que aconteceu durante o auge da pandemia provocada pelo novo Coronavírus. “A Prefeitura gastou muito e mal. Ela se preocupou em construir hospitais de campanha, comprar materiais em excesso, mas se esqueceu do básico, do atendimento na ponta. O resultado está nos jornais: o Recife tem a maior taxa de mortalidade por Covid-19 entre as capitais do Nordeste”, apontou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se