Prefeitura do cabo

13/02


2019

Projeto engenhoso: cena para facilitar estupro

O deputado estadual Frederico D’Ávila (PSL-SP) diz que membros do partido de Bolsonaro em SP querem se concentrar em pautasconservadoras no início da legislatura.

Um dos projetos, afirma, vai pregar a proibição de banheiros unissex, chamados por ele de sanitários “trans”.

A PUC-SP e a USP, por exemplo, têm sanitários unissex. De acordo com D’Ávila, esses espaços impulsionam “a promiscuidade e a facilitação do estupro”.

Integrantes da cúpula do MEC indicaram a entidades da área que não pretendem abrir novos editais do programa de incentivo às escolas de ensino médio de tempo integral. (Painel)


Email

Governo de PE

Confira os últimos posts

19/08


2019

A lenda do Boto Cor de Rosa

Era uma vez a lenda do Boto Cor de Rosa, amigo dos pescadores, dos poetas, namorados e seresteiros da Amazônia. Este é o mote da cantoria do bicho-grilo Profeta Adalbertovsky, do alto das montanhas e das florestas da Jaqueira. “Subitamente, não mais que subitamente, as ONGs do planeta se uniram para defender a fauna, a flora, os rios, igarapés e as pororocas da Amazônia. Dizem que no passado a Amazônia era uma floresta virgem, não havia defloramento nem desmatamento”. 

“Nas noites enluaradas o Boto Cor de Rosa saia das águas e se transformava num cavalheiro galanteador, para conquistar o coração das donzelas em flor. Quando seduzia uma criatura o Boto a convidava para visitar sua choupana no fundo do rio Amazonas. Deitava e rolava e deixava suas digitais no coração das donzelas”. 

Um belo tempo o Boto Cor de Rosa ficou encantado com uma charmosa donzela fêmea do sexo feminino e ofereceu para ela um chocolate Sonho de Valsa. Ela exerceu o abuso de autoridade e respondeu “Eu não quero chocolate, eu quero um iate”. Desilusão. A lenda do sonho de valsa acabou. O Boto Cor de Rosa recolheu-se à sua choupana no fundo do Rio Amazonas da Freguesia dos Passarinhos dos Aflitos.

“As ONGs estrangeiras só amam as riquezas do solo e subsolo da Amazônia, os segredos farmacológicos das árvores e da fauna. Elas não amam a flor do mandacaru do Nordeste, as asas da graúna e os xique-xiques. Não amam os galos cantando as manhãs, o coaxar dos sapos cantando as jias na beira dos rios. Os gringos não amam o luar do Sertão. Eles só amam denários e rios de dinheiro”. A cantoria do bicho-grilo Adalbertovsky está postada no Menu Opinião. Adelante!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Detran

19/08


2019

“Bolsonaro atira pelas costas nos seus soldados”

Gustavo Bebianno: ex-ministro demitido do governo diz que presidente vai ficar isolado e que ‘fenômeno de 2018’ não se repetirá

Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

A caminho do Palácio dos Bandeirantes, onde se encontraria com o governador de São Paulo, João Doria, pouco antes da filiação do deputado Alexandre Frota ao PSDB, Gustavo Bebianno adianta seus planos para o futuro: quer participar da eleição de 2020, talvez como candidato a prefeito do Rio, filiado ao próprio PSDB ou ao DEM.

“Recebi alguns convites e, na hora certa, vai ser decidido”, disse ao Estado na sexta-feira. Demitido da Secretaria-Geral da Presidência, Bebianno afirmou que sua saída do governo e a expulsão de Frota do PSL mostram um “viés autoritário” do presidente Jair Bolsonaro, cujo destino seria terminar o governo isolado. “Ele próprio atira nos seus soldados. E pelas costas.”

Como o sr. avalia a expulsão de Alexandre Frota pelo PSL?

O partido tem de ser composto por vozes que destoam entre si. Ele tem de ter um núcleo, um alinhamento, mas é muito saudável que haja divergências internas. Então, este tipo de atitude revela um viés muito autoritário que infelizmente vem sendo demonstrado pelo presidente desde a sua eleição. É muito preocupante o presidente determinar ao seu partido uma ordem sumária para que um de seus membros seja expulso. O presidente revela uma absoluta falta de lealdade com seus próprios soldados. Algumas pessoas dizem que o Jair tem deixado seus soldados para trás. Acho que é muito pior. Acho que ele próprio atira nos seus soldados. E pelas costas.

Leia entrevista completa clicando ao lado: Gustavo Bebianno: 'Bolsonaro atira pelas costas nos seus soldados


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Magno coloca pimenta folha

19/08


2019

Site do PSDB é hackeado e exibe foto de Dilma e Lula

Portal do partido foi invadido na noite deste domingo e conteúdo da página inicial foi trocado por foto dos ex-presidentes petistas; PSDB acusa invasor de ser parte da "extrema esquerda desocupada"

O Estado de S.Paulo

O site do PSDB foi hackeado na noite deste domingo, 18, por um invasor que se identifica como "rflh4xo3".

O hacker apagou todo o conteúdo da página inicial e o substituiu por uma foto dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. Logo abaixo da imagem, o invasor também escreveu uma frase: "o tempo passa, os dias ficam mais chatos e algumas pessoas mais ignorantes".

Por meio do Twitter, o partido afirmou que o invasor se trata de um "militante da extrema esquerda desocupado".

Nosso site acabou de ser hackeado.
Pra variar, militante de extrema esquerda desocupado atrapalhando a vida das pessoas que trabalham.

O PSDB retirou todo o conteúdo do site do ar. Essa não é a primeira vez que o partido sofre um ataque virtual. Em maio do ano passado, o site do PSDB Minas Gerais teve a homepage trocada por uma montagem de protesto contra o então presidente Michel Temer. Em outubro de 2015, o PSDB Minas também foi invadido.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


19/08


2019

Virando a casaca para não privatizar a Eletrobras

A derrubada da medida provisória 879, que vence na quarta (21), pode prejudicar os planos do governo de privatizar a Eletrobras ainda neste ano. Sem ela, a estatal terá que assumir dívidas de subsidiárias, o que comprometerá seu balanço e poderá afetar o preço de suas ações.

Mata no peito -  O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse a integrantes da equipe econômica que, se a Câmara aprovasse o texto até terça (20), garantiria a votação a jato na Casa. Até os mais otimistas desconfiaram.

Alcolumbre tem demonstrado especial disposição em acelerar a agenda de Paulo Guedes e já é considerado parceiro entre aliados do ministro, que até então tinham Rodrigo Maia (DEM-RJ) como preferido.  (`Painel – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Prefeitura de Limoeiro

19/08


2019

Ministros contra a força-tarefa da Lava Jato

O registro de pedidos de membros da força-tarefa da Lava Jato a integrantes da Receita de rastreamento informal de dados de contribuintes elevou em muitos graus a temperatura dos comentários de ministros de cortes superiores sobre os métodos dos investigadores.

Os magistrados que antes falavam em faltas funcionais graves agora usam a palavra “crime” para definir o saldo dos episódios revelados pela Folha e pelo site The Intercept neste domingo (18).

Como já existem procedimentos que investigam a atividade da Receita, as notícias de uma atuação conjunta e informal de agentes do Fisco com a Lava Jato tendem a ampliar a pressão sobre o órgão.  (Daniela Lima – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Banner de Arcoverde

19/08


2019

Frota quer esvaziar o PSL e lotar o PSDB com ex-aliados

Recém-filiado ao PSDB, o deputado Alexandre Frota (SP) trabalha para levar ao tucanato os ex-colegas de PSL Júnior Bozzella (PSL-SP) e Julian Lemos (PSL-PB).

Os convites devem ser formalizados nos próximos dias.

Em contato com o Painel, o advogado Frederick Wassef, que representa Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), disse que não conhece o subprocurador Antonio Carlos Simões Soares e que não fez nenhum movimento para aproximá-lo do presidente. Soares é cotado para a chefia da PGR. (Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


19/08


2019

Para segurar o pacote anticrime de Moro

O grupo de trabalho da Câmara que analisa o pacote anticrime de Sergio Moro formou maioria para derrotar na íntegra o parecer do deputado Capitão Augusto (PL-SP), alinhado ao ministro da Justiça.

Segundo a articulação, a coordenadora do colegiado, Margarete Coelho (PP-PI), pode assumir a relatoria e elaborar um novo parecer a ser levado ao plenário.

O texto, construído em consenso com a ala majoritária do grupo, cria, por exemplo, a figura do juiz de garantia e derruba o excludente de ilicitude.(Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


19/08


2019

MEC tenta passar a conversa no Supremo

MEC tenta sensibilizar Supremo a deixá-lo investir dinheiro recuperado na Lava Jato

Daniela Lima – Painel – Folha de S.Paulo

De onde virá o socorro Em meio a uma crise financeira e com boa parte dos recursos congelados, o Ministério da Educação elabora proposta para reivindicar o uso de valores recuperados da Petrobras pela Lava Jato. A pasta quer sensibilizar o ministro Alexandre de Moraes, do STF, a destinar ao menos uma parte dos R$ 2,5 bilhões que foram pagos em multa pela estatal a ações voltadas à primeira infância. O ministro Abraham Weintraub já conversa com o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, sobre o projeto.

A princípio, o MEC avalia que seria possível viabilizar a operação sem o aval do Congresso. Uma das ideias é enviar os recursos apenas a entidades privadas.

Tudo, porém, depende da anuência de Moraes. O ministro suspendeu, em março, os efeitos de um acordo celebrado pela Lava Jato de Curitiba com a Justiça norte-americana que previa direcionar os R$ 2,5 bilhões a uma fundação a ser criada pela força-tarefa.

Queda de braço-  Antes mesmo de o STF decidir a questão, já há ao menos um projeto de lei no Congresso que também prevê a destinação do montante recuperado para o MEC. Em maio, o presidente Jair Bolsonaro disse querer usar o dinheiro do fundo da Lava Jato para educação e pesquisa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


19/08


2019

Não precisamos de dinheiro?

Bolsonaro diz que o Brasil não precisa do dinheiro norueguês e alemão para cuidar da floresta amazônica, e desafia Alemanha e Noruega a fazer o reflorestamento do seu próprio território.

Bobagem: os dois países fizeram isso há tempos (e cuidam também do meio-ambiente tratando todo o esgoto antes de lançá-lo nos rios e mares).

Mas tem razão em outros pontos: só a Floresta Amazônica é maior que toda a União Europeia. O Amazonas preserva 94% de seu território; o Amapá, mais de 99%.

O desmatamento ilegal (para o comércio de madeiras de lei, por exemplo) é nocivo e tem de ser combatido. Mas é banditismo, é questão de polícia, e de polícia bem armada que o pessoal é perigoso. Mas desmatar não é política de governo.(Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


19/08


2019

Lugar de brasileiro

Em discurso no Piauí, Bolsonaro disse coisas inaceitáveis: por exemplo, que os vermelhos devem ir para a Venezuela ou Cuba. Um general que Bolsonaro admira, João Figueiredo, último presidente militar, dizia que lugar de brasileiro é no Brasil. Quem discorda do Governo exerce um direito. Pode, como os fundamentalistas, ser chato, mas é chato brasileiro.

Por mais que os adversários de Bolsonaro o critiquem, há ocasiões em que está inegavelmente certo. No mesmo discurso do Pìauí, falou da vocação agrícola do Estado, que tem clima, terras e água, está mais perto do mercado europeu do que outros Estados e pode se transformar em polo produtor e exportador de frutas. Tem condições – o que é verdade – de se tornar um Estado de alta renda per capita, como um tigre asiático.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores