FMO

21/03


2017

Isso sempre foi assim mesmo. E daí?

Por José Nêumanne*

Acusar polícia de idiotice não trará de volta compradores de nossa carne no exterior

Na sexta-feira, o Brasil recebeu a chocante notícia de que muitos frigoríficos nacionais – entre os quais, os maiores – protagonizavam um escândalo que atingia ao mesmo tempo o bolso e o estômago dos brasileiros: a maquiagem de carne podre com ácido ascórbico e a mistura de papelão e outros ingredientes indesejados nos embutidos nossos de cada dia. O País é o maior exportador mundial de carne. Et pour cause, a venda de alimentos contaminados com o beneplácito da fiscalização federal, além de nociva à saúde do consumidor interno, prejudica as receitas de exportação num momento de penúria causada pela maior crise econômica da História.

Numa reação inédita, o presidente Michel Temer, que até hoje não se dignou a visitar os presídios conflagrados no início do ano em Manaus, Boa Vista e Nísia Floresta, na Grande Natal, chefiou uma série de reuniões para anunciar medidas como compor uma força-tarefa para reforçar a fiscalização da pecuária. Além disso, o episódio provocou uma reação indignada do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que, em defesa de seus parceiros da agroindústria, condenou a investigação policial. Numa entrevista em que esquartejou a pobre língua portuguesa com uma sequência atroz de barbarismos inaceitáveis num aluno de grupo escolar, reclamou da ausência dos investigados na avaliação técnica da investigação. E classificou de “idiotice” insana a interpretação do uso de papelão na carne, atribuindo-o à embalagem e esquecendo-se de informar desde quando frigoríficos exportadores embalam carne com o dito material.

O presidente Michel Temer defendeu a Polícia Federal (PF), que, num desvario dos desesperados ante os efeitos maléficos da divulgação da investigação, foi comparada aos responsáveis por um dos maiores erros policiais, com cumplicidade dos meios de comunicação, da História: o caso da Escola Base, em São Paulo. Nenhum dos acusadores, contudo, se lembrou de apontar uma causa lógica para tamanha irresponsabilidade da PF.

Nervoso e confuso, Temer adotou a desculpa usada pelos pecuaristas, que também participaram da reunião dele com a imprensa e 40 diplomatas das embaixadas de 27 países compradores: das 4.837 unidades sujeitas à inspeção federal, apenas 21 foram acusadas de irregularidades. “E dessas 21, seis exportaram nos últimos 60 dias.” Para provar sua convicção, o presidente convidou os presentes no encontro para comer carne de boi, postando em seu Twitter: “Todas as carnes servidas ao presidente Temer e embaixadores na churrascaria Steak Bull eram de origem brasileira”. Mas a Coluna do Estadão foi informada pelo gerente, Rodrigo Carvalho, que tinham corte europeu, uruguaio e australiano. Um papelão!

Vexames do tipo poderiam ser evitados se o governo tratasse o escândalo com a transparência sugerida pelo ministro Maggi, “rei da soja”, citado nas delações premiadas da Odebrecht e tido como responsável por metade da devastação ambiental brasileira entre 2003 e 2004, segundo o Greenpeace. Não será com truques de malandro campainha (que se anuncia antes de assaltar) que os governantes e pecuaristas brasileiros manterão seus mercados, invejados por outros grandes e poderosos produtores de carne. De Genebra, Jamil Chade relatou que, se o Brasil não retirar essas companhias da lista de exportação, a União Europeia vai bloquear a entrada dos produtos. E China, Hong Kong e Chile informaram oficialmente ao Ministério da Agricultura a suspensão de importação de nossa carne.

Não é desprezível a afirmação do delegado Maurício Moscardi Filho de que a propina que a PF diz ter sido paga a fiscais irrigava contas do PMDB e do PP. Esses partidos – antes aliados de Dilma e agora, de Temer – ocupam a pasta há 18 anos. Maggi trocou o PR pelo PP para assumi-la na atual gestão. E esse não é o primeiro dano provocado pelo loteamento do governo federal.

Não faltará quem lembre que se compram fiscais nestes trágicos trópicos desde o desembarque de Cabral em Porto Seguro. Já há também quem lembre que corrupção na política não é uma exclusividade brasileira, uma jabuticaba, como se usa correntemente. Pois sim! E não disse Otto Eduard Leopold von Bismarck-Schönhausen, duque de Lauenburg, unificador da Alemanha sob o punho da Prússia, morto antes da chegada do século 20, que “os cidadãos não dormiriam tranquilos se soubessem como são feitas as salsichas e as leis”? Pois então...

A sábia sentença vale como nunca no Brasil destes nossos idos de março, nos quais não faltam também trágicos avisos, como o que o general romano Júlio César ouviu, nas ruas de sua Roma, de um vidente anônimo sobre os punhais que o esperavam na escadaria do Senado. A não ser que a PF tenha cometido barbaridade similar à da Escola Base, em que um casal de educadores perdeu tudo pela acusação cruel de uma criança que viralizou na imprensa, a onda de lodo que se abateu sobre toda a República não terá poupado a galinha de ovos de ouro da economia nacional: nossa produtiva, próspera e moderna agroindústria. Se a polícia exagerou, o caso merece punição pesada.

Mas se a polícia contou, como parece lógico, a verdade, não dá para cair na lorota do empreiteiro Emílio Odebrecht, que desonrou a memória do pai, Norberto, que construiu e deu nome à maior empreiteira do Brasil, pretendendo conquistar o perdão para o filho, Marcelo, e seus comparsas. E, para tanto, adotou o mantra sórdido de Tavares, o canalha cínico encarnado por Chico Anysio: “Eu sou, mas quem não é?”. Ou seja, “não foi?”.

A Operação Carne Fraca, que deveria chamar-se Carne Podre ou Carniça, precisa abrir a caixa-preta onde se guardam mistérios como o milagre da multiplicação das picanhas, em que uma família de pequenos açougueiros de Anápolis hoje controla a empresa campeã na produção de proteína animal neste mundão todo.

*Jornalista, poeta e escritor


Email

Comentários

Dickson Franklin Alves de Lima

Das minhas reflexões que faço sobre o que vi, ouvi e li referente à Operação Carne Fraca, veiculados pela mídia e pelas autoridades governamentais e, principalmente, pela PF, faço as seguintes ponderações: 1) Toda preocupação governamental parece não estar em demonstrar se a mulher se César era honesta, mas dá a impressão que apenas quer dizer que ela era honesta. 2) Em outras palavras, a preocupação não é de se demonstrar que uma organização governamental, contaminados em corrução relativas ao afrouxamento das fiscalizações, podem ter colocado no mercado produtos inadequados ao consumo, implicando desrespeito à dignidade da pessoa humana, desprezo à saúde pública e à segurança alimentar! 3) A ênfase parece em dizer, de pronto, que não existiu produtos irregulares e o que aconteceu foram meras anormalidades sem efeito sobre a produção! 4) O governo deveria se colocar exercendo rigorosa fiscalização nos servidores dissonantes e auditar o trabalho deles para averiguar qual a extensão do que fez e por que o fez, para o funcionamento inadequado do sistema produtivo de carnes! 5) Note-se que, dos 36 presos pela PF, dois deles são da cúpula de alguns dos órgãos de fiscalização agropecuária mais importantes da federação, que foram os titulares da Superintendência do Ministério da Agricultura, no Paraná e em Goiás, que eram os condutores do gerenciamento daquela fiscalização. 6) Assim, na podridão da corrução na fiscalização agropecuária, deixa-se de se PRIVILEGIAR O VALOR DA VIDA DOS BILHÕES DE CONSUMIDORES, que estão com a sua dignidade em exposta para, mesmo com o risco dos danos a estes últimos, se DEFENDER E SACRALIZAR O MERCADO, O LUCRO e, para tanto, joga-se, emocionalmente, A CÍNICA INDIGNAÇÃO NA PREOCUPAÇÃO COM 6 (SEIS) MILHÕES DE DESEMPREGADOS. 7) A referida operação não foi um simplório acontecimento de polícia repressiva, mas a consequência de 2 (dois) anos de investigação, gerando a necessidade de emprego de 1.500 policiais para fazerem diligências com vistas a realizar prisões, apreender documentos e produtos e empregar cerca de 70 (setenta) peritos, tudo com a devida autorização judicial! 8) Países que sabem que onde há fumaça a fogo não serão tolos em acreditar que se trata apenas de uma pequena amostra de fiscais, dentre 4 mil existentes, que cometeram ligeiras irregularidades sem efeito na possibilidade de se distribuir produtos que não deveriam ter sido distribuídos para o mercado. 9) Não foi por acaso que alguns dos maiores importadores de nossas carnes suspenderam a importação totalmente ou parcialmente e exigem que o governo não só diga o que está acontecendo, mas prove o mais rápido possível.

LUIZ MAIA

A corrupção sistêmica no Estado brasileiro não pode ser ignorada por um tipo de imprensa que apenas repete o que dizem aqueles mesmos que estão sendo investigados. Desde que foi deflagrada a Operação Carne Fraca, o governo de Michel Temer corre para tentar minimizar o prejuízo financeiro produzido pelo escândalo, mas fecha os olhos para a dimensão da corrupção investigada na \'Operação\'. Vamos acreditar na PF [...]


Governo de PE - Redução nos Homicídios

Confira os últimos posts

24/01


2020

Filho de Gari se torna advogado

Aos 22 anos, Leonardo Lima, morador da cidade de Porto Velho, capital de Rondônia, se formou em Direto, mas, no 9º período já havia passado no teste da OAB, e dedicou o canudo ao pai, que é gari e se esforçou a vida inteira para garantir os estudos do filho.

“Quando eu era pequeno, minha família nunca me deixou faltar um lápis, nem uma borracha, nem um caderno para eu estudar”, contou Leonardo.

Ele conta que a família fez de tudo para que os filhos tivessem uma vida diferente da dos pais. ''As dificuldades da vida fizeram com que eu me esforçasse ao máximo para que nós conseguíssemos realizar nossos sonhos”, disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

acolher

24/01


2020

AME promove workshop para mulheres empreendedoras

No próximo dia 1º de fevereiro, a Associação de Mulheres Empreendedoras (AME) promoverá um workshop de empreendedorismo com a consultora empresarial Eugenia Miranda. O evento abordará os temas: “Como potencializar os Lucros” e “O Poder das Conexões”.

De acordo com a vice-presidente da AME, a delegada Tereza Nogueira, o evento será uma oportunidade importante para as mulheres que desejam empreender ou que já empreendem e querem melhorar seu negócio.

O workshop acontecerá no Sebraelab, na Ilha do Retiro. Mais informações no site: https://www.sympla.com.br/tudo-novo-ame__757113.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Prefeitura de Serra Talhada

24/01


2020

Meu editorial no Frente a Frente – 24/01/2020

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Nova 98,7 FM, no Recife, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


24/01


2020

Tabira ganha Estação da Cidadania

O prefeito de Tabira, Sebastião Dias (PTB), inaugura, daqui a pouco, a Estação da Cidadania Governador Eduardo Campos, no prédio do antigo fórum do município. Lá, irão funcionar diversos órgão ligados à estrutura da gestão pública municipal, facilitando a vida de quem recorre aos mais variados serviços prestados pela municipalidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Prefeitura de Limoeiro

24/01


2020

Jornalista Sérgio Noronha morre no Rio

O jornalista Sérgio Noronha morreu, hoje, no Rio, aos 87 anos. Comentarista com passagem pela TV Globo e pela Rádio Globo, entre outros veículos, ele estava internado há 10 dias no Hospital Rio Laranjeiras, na Zona Sul, onde sofreu uma parada cardíaca.

A informação foi confirmada pelo amigo Arnaldo Cezar Coelho ao Globoesporte.com.

"Perdi um amigo. Conheci Seu Nonô quando ele jogava futebol na Urca na década de 60. Ele era o cara que sentava no paredão e ficava me pressionando quando era juiz. Ali conheci ele. Depois ele foi para o Jornal do Brasil, Rádio Globo... A vida toda foi meu companheiro, um parceiro de vida toda de frequentar a minha casa", disse Arnaldo.

Noronha teve uma pneumonia no Retiro dos Artistas, onde vivia, e ficou internado sete dias no CTI do hospital. Na última quinta-feira, ele foi transferido para o quarto, mas passou mal e teve uma parada cardíaca.

O Hospital Rio Laranjeiras informou, por volta das 18h, que o Retiro dos Artistas foi avisado sobre o falecimento. Às 18h05, o Retiro dos Artistas informou que tinha sido avisado sobre a morte e que um representante da instituição estava a caminho do hospital.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Banner de Arcoverde

24/01


2020

Ipojuca: Festa de Nossa Senhora do Ó começa hoje

A tricentenária Festa de Nossa Senhora do Ó, padroeira do maior distrito do município do Ipojuca, começa hoje e segue até o dia 2 de fevereiro. A 364º edição contará com uma programação religiosa de reverência e adoração à Santa, como a procissão da Bandeira e missa campal, mas também terá a festa profana com diversos shows como o de Xand Avião e Companhia do Calypso, entre outros.

A tradicional celebração religiosa começa a partir das 18h de hoje com a procissão da bandeira, saindo da Rua da Matriz, ao lado igreja de Nossa Senhora do Ó. Na sequência do cortejo haverá a realização de uma missa campal. Após a celebração, sobe ao palco a atração cultural Forrozão Estilizado. Os dez dias de festa conta com o apoio da Prefeitura do Ipojuca, por meio da Secretaria Especial de Cultura.

No domingo, acontece a Pedalada Social Love Bike 2020. Mais de 400 ciclistas do Grupo Love Bike, em parceria com a Paróquia de Nossa Senhora do Ó, realizarão um passeio ciclístico pelas vias do Ipojuca. O percurso é de aproximadamente 38 km e a largada está prevista para às 8h da manhã com encerramento estimado para às 13h. A concentração será no pátio da Igreja Matriz do distrito. Na ocasião, será arrecadado alimentos não perecíveis para o trabalho social que a igreja realiza. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes do Ipojuca (AMTTRANS) e o BPRv acompanharão o evento, garantindo a segurança dos participantes.

Já no fim de semana seguinte, sempre após as atividades católicas, a partir das 21h, novas apresentações artísticas irão animar os fiéis, moradores e turistas que aguardam pelos festejos culturais no pátio de eventos. Na sexta-feira (31) haverá os shows dos grupos Banda Kiamo e Arreio de Ouro. No sábado (01) sobem ao palco Swing do Rei e Companhia do Calypso. Já no domingo (02), último dia da festa da padroeira de Nossa Senhora do Ó, se apresentam as atrações Baladeiros, DJ Pedrinho e a atração mais esperada: Xand Avião.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


24/01


2020

Detran alerta sobre os perigos do uso cerol e linha chilena

Dando continuidade na Operação Prevenção “Segundos que salvam vidas”, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, realizou blitz, na manhã de hoje, na Av. Norte, com objetivo de chamar atenção dos motociclistas sobre os perigo e cuidados que os condutores de moto deverão ter em relação as linhas com cerol e chilena.

No local, agentes de trânsito, coordenados pela Diretoria de Fiscalização, realizaram abordagens e entregaram material com dicas de segurança, além de ressaltar a importância do uso da antena corta pipa. Para o agente e instrutor de trânsito, David Ferreira, a ação teve como foco conscientizar os motociclistas a respeito dos riscos das linhas cortantes. “Estamos atuando de forma preventiva para evitar que os acidentes ocorram, mas precisamos que os pais fiscalizem seus filhos, pois a maior incidência dos responsáveis desses acidentes são crianças”, destacou.

A Lei nº 11.931/PE, que proíbe o uso do Cerol (mistura de cola e pedaços de vidro) nas linhas de pipas, foi sancionada em janeiro de 2001, há 18 anos. Já completou maior idade e continuam provocando acidentes, principalmente atingindo motociclistas e ciclistas. Enquanto o cerol é fabricado com uma mistura que pode ser feita com cola e pó de vidro ou cola e pó de ferro, a linha chilena é feita industrialmente e seu poder de corte é grande, pois à linha original são adicionados pó de quartzo e óxido de alumínio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


24/01


2020

Licitação para ponte Salvador-Itaparica é concluída

A construção da Ponte Salvador-Itaparica não é mais um plano distante. A homologação do resultado da licitação da obra foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje. Após a assinatura do contrato com o Governo do Estado, prevista para março deste ano, o consórcio terá um ano para elaborar o projeto e outros quatro para executar o equipamento.

A gestão e a administração da ponte vão durar 30 anos, conforme licitado. De acordo com a Secretaria de Comunicação do governo, o investimento para a obra será de R$ 5,4 bilhões, com aporte de R$ 1,5 bilhão por parte do estado. Com ela, a previsão é de que sejam gerados sete mil empregos durante a construção do equipamento. 

“A ponte não é apenas um vetor de ligação entre Salvador e Itaparica, mas está sendo considerada como um vetor de desenvolvimento para o estado da Bahia”, afirma Marcus Cavalcanti, titular da Secretaria de Infraestrutura. A pasta será responsável por assinar o contrato, como representante do governo estadual.

O consórcio vencedor é formado pelas empresas China Railway 20 Bureau Group Corporation – CR20; CCCC South America Regional Company S.Á.R.L – CCCC South America; e China Communications Construction Company Limited – CCCCLTD.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


24/01


2020

Cristina Amaral homenageia Nelson Gonçalves

No próximo dia 21 de março, a cantora e compositora Cristina Amaral fará o lançamento do seu DVD “Cristina Amaral – Uma saudade chamada Nelson Gonçalves". A obra é uma homenagem ao também cantor e compositor Nelson Gonçalves.

O show será no Teatro de Santa Isabel, às 20h, e a pré-venda online dos ingressos já foi iniciada neste link. Mais informações: (81) 9.9670.4857


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


24/01


2020

Petrolina: Obra vai pavimentar 12 corredores de ônibus

Um pacote de obras para melhorar a infraestrutura e a mobilidade dos usuários de transporte público nos bairros foi autorizado pelo prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), ontem. O gestor sertanejo assinou a ordem de serviço, numa solenidade no Santa Luzia, para o início da pavimentação de 12 ruas e avenidas estratégicas de 10 bairros de Petrolina. A intervenção terá aporte financeiro de R$ 15,2 milhões e deve ser concluída em oito meses.

A solenidade foi acompanhada pelo senador Fernando Bezerra e o deputado federal Fernando Filho. Ambos participaram da articulação para a obtenção dos recursos do programa Avançar, no Governo Federal, destinado a financiar as obras nos corredores. A verba é exclusiva de um fundo nacional para melhorar a mobilidade nos municípios. 

Este mês já começa o trabalho de pavimentação nas 12 vias. Serão beneficiados os moradores dos bairros Loteamento Recife, Vila Débora, Padre Cícero, Santa Luzia, Dom Avelar, José e Maria, Cosme e Damião, Pedro Raimundo, Park Massangano e Vila Eulália.

O prefeito Miguel Coelho lembrou na solenidade que essas obras conectam-se a outras ações para dar mais conforto ao usuário de ônibus em Petrolina e também de estruturar bairros que ficaram muitos anos em estado de abandono. "Superamos um grande desafio de trocar toda a frota de ônibus, isso já foi um grande avanço. Temos o maior programa de pavimentação de Pernambuco, que vai beneficiar centenas de ruas. E esse trabalho do programa Avançar soma as duas coisas em regiões que foram esquecidas por 10 anos. É uma síntese do que temos proposto em nossa gestão, recuperar a autoestima do petrolinense, transformar a cidade num canteiro de obras e atuar de forma igual em todas as localidades de Petrolina", frisou o prefeito. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores