O Jornal do Poder

06/08


2020

Mendonça quer Guarda Municipal na segurança pública

O ex-ministro e pré-candidato a prefeito do Recife, Mendonça Filho (DEM), defendeu, hoje, durante debate no SindGuardas Recife, a criação da academia de formação de guardas municipais e a sua incorporação da categoria como atuação complementar para a defesa do cidadão recifense. “A violência é um dos principais problemas da nossa capital e a Guarda Municipal tem papel legal importante na defesa do cidadão. Para exercê-lo precisa ser valorizada, treinada e capacitada com a formação inicial e continuada com cursos bem focados. A educação profissional é um ativo para qualquer categoria”, defendeu Mendonça, lembrando que já discutiu com o ministro da Justiça, André Mendonça, essa e outras propostas para reforçar o combate a segurança no Recife.

“Discuti com o ministro da Justiça projetos para a área de segurança,  como a Academia de Formação, o acesso a posse e ao porte de arma, projetos e possíveis convênios”, afirmou, destacando que o Governo Federal tem planejamento para reforçar o apoio à atuação de combate à violência, por intermédio das polícias, civis e militares, e, também, por intermédio dos municípios. “Recife não pode ficar de fora, ser penalizada, porque o prefeito é adversário do presidente Bolsonaro ou por questões ideológicas”, afirmou, ressaltando que tem disposição de diálogo e canal aberto com o Governo Federal para buscar recursos não só para a área de segurança.

Com mais de dois mil guardas municipais, o Recife é uma das poucas capitais do país a não incorporar o papel suplementar da Guarda Municipal na segurança pública, previsto pela Lei 13.022. “A Guarda Municipal deve ser armada. O problema é uma Guarda Municipal desvalorizada, sem treinamento e subutilizada no seu potencial de proteção do patrimônio público e da defesa do cidadão”, afirmou. No debate, Mendonça falou sobre saúde, plano de cargos e carreira, condições insalubres de trabalho, escolha do chefe da guarda municipal e a desvalorização da categoria, que, segundo relato dos próprios diretores do Sindguardas Recife, é vista de forma preconceituosa pela sociedade.

Com relação à saúde, Mendonça defendeu a reformulação do Saúde Recife, plano de saúde dos servidores municipais, que para ter benefício tem que, muitas vezes, brigar na Justiça. “Temos que melhorar o atendimento à saúde, melhorando o plano existente ou até buscando um plano privado que atue no serviço público”, afirmou. Questionado sobre a questão da habitação, Mendonça defende que a Prefeitura busque recursos junto à Caixa Econômica Federal e projetos de financiamento que assegure habitação para os profissionais da Guarda Municipal.

Outro compromisso de Mendonça foi discutir propostas para viabilizar o acesso de filhos de guardas municipais a colégios como o da Polícia Militar.  “As opções de construir projetos que valorizem o servidor municipal e, carreiras como a de guarda municipal, são muitas. É ter boas ideias e inovar na gestão dos recursos. Mas, fundamentalmente, é preciso mudar. Tirar o Recife das mãos da dinastia do PSB/PT “, defendeu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

Confira os últimos posts



22/09


2020

Estudantes comemoram aniversário de Petrolina

Estudantes da Educação Infantil ao Ensino Fundamental – Anos Finais, da Escola Municipal João Ferreira Gomes, em Satisfeito, zona rural de Petrolina, em Pernambuco, foram presenteados, ontem, com a doação de livros de literatura. A iniciativa surgiu através do projeto ‘Fuscateca’, dos clubes de leitura ‘Leia’, ‘Leia Mais’ e ‘Viva a Leitura’, do Plenus Colégio e Curso.

Em comemoração ao aniversário de 125 anos da cidade, a ação que foi denominada “No aniversário de Petrolina, nosso melhor presente é o livro”, este ano doou 432 obras infantis, infanto-juvenis e clássicos da literatura brasileira e mundial, arrecadados em sistema de Drive-thru pelo Plenus. As obras foram recebidas pelos alunos da escola João Ferreira Gomes: Alisson Sabino Souza (1º Ano); João Diego Macedo Rodrigues (4º Ano) e Danilo de Araújo Macedo (8º Ano).

A gestora do educandário João Ferreira Gomes, Claudete Macedo do Nascimento, agradeceu as doações e afirmou: "esses livros, ricos em conteúdo, histórias e exemplos, serão por demais importantes para as nossas crianças e adolescentes. Muita gratidão". 

Segundo a diretora Pedagógica do Plenus, Silvia Santos, a iniciativa, desenvolvida em conjunto com outros programas de incentivo à leitura, idealizados pela escola, existe há 8 anos. E que em virtude da pandemia, não foi possível fazer a entrega em uma reunião com todos os alunos da escola. “O projeto que já distribuiu 7 mil livros em comunidades da zona urbana e rural, a exemplo do João de Deus, Cosme e Damião e Condomínio Vivendas; tinha as suas obras entregues em um Fusca, mas por causa das restrições à Covid-19, algumas mudanças tiveram de ser feitas”, explica.

Sílvia Santos acrescentou ainda que a leitura humaniza, educa e conscientiza o leitor. “Descobrimos vários universos quando lemos. Portanto, o colégio não vê presente melhor para a sociedade do que um livro”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

22/09


2020

Raquel recebe prêmio Inovação e Sustentabilidade

O projeto “Juntos pela Segurança”, desenvolvido pela prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), recebeu o prêmio RAPS de Inovação e Sustentabilidade. O reconhecimento foi feito tanto pela comissão julgadora, quanto pelo voto popular. Raquel Lyra foi vencedora na categoria “Paz”, e, com isso, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas de Mudanças Climáticas (COP-26) que acontecerá em 2021 em Glasgow, no Reino Unido.

RAPS – A Rede de Ação Política pela Sustentabilidade é uma organização criada em 2012 com a missão de contribuir para o aprimoramento da democracia e do processo político brasileiro por meio da formação, apoio e desenvolvimento de lideranças políticas comprometidas com a transformação do país, estimulando a atuação em rede.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

Feitosa usa bicicleta no “Dia Mundial sem Carro”

No dia em que o mundo celebra o Dia Mundial sem Carro, o Coronel Alberto Feitosa (PSC), que concorre à Prefeitura do Recife, e o vereador Fred Ferreira (PSC), que tenta renovar seu mandato e tem entre as suas bandeiras a defesa dos ciclistas, pedalaram pela Avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, para mostrar as dificuldades que as pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte encontram no dia a dia. “É um absurdo que o ciclista não tenha vez na sua cidade, que encontre tantos problemas, principalmente a falta de segurança para se locomover”, afirmou Feitosa.

Hoje, com o aumento do número de aplicativos de entrega que utilizam ciclistas como colaboradores, a bicicleta se tornou um dos principais meio de trabalho. Entre as propostas do Coronel Alberto Feitosa para a mobilidade da cidade, está a ampliação das ciclofaixas para o turismo e de ciclovias para o transporte diário. “Além da ampliação, é necessário que estas ciclovias e ciclofaixas tenham começo, meio e fim. Elas serão feitas nos principais corredores do Recife, como Caxangá e Abdias de Carvalho, mas também nos bairros”, disse.  O vereador Fred Ferreira afirmou que o “canteiro central das Mascarenhas de Morais poderia ser utilizado para criar uma grande ciclovia para os trabalhadores”. 

O Coronel também defende o aumento do número de pontos de bicicletas de aluguel e pontua a importância de uma campanha educativa voltada para motoristas e ciclistas. “Faremos uma campanha educativa para motoristas e ciclistas, buscando o respeito, a utilização correta das vias para cada meio de transporte e a redução no número de acidentes com aqueles que utilizam a bicicleta”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

Patrícia denuncia precariedade do transporte no Recife

O 22 de setembro é o dia da Jornada Mundial na Cidade Sem Meu Carro. Para simbolizar a data, a delegada Patrícia Domingos (Podemos), candidata a prefeita do Recife, denunciou a dificuldade diária de quem utiliza o transporte público dentro do Recife. Esta também é a Semana Nacional do Trânsito, que vai de 18 a 25 de setembro. Para Patrícia, a falta de segurança e atual precariedade do serviço demonstra que a autonomia municipal dos transportes é uma solução para que a cidade tenha controle sobre o que é oferecido aos cidadãos.

Por volta das 8h da manhã, de ônibus, a delegada saiu do bairro de Setúbal, Zona Sul do Recife, e foi até o centro do Recife. "Constatei a falta de segurança, as condições precárias, a demora para a chegada do ônibus até a parada – esperamos mais de 15 minutos por um ônibus –, e a falta de climatização. Por isso eu defendo a saída do Recife do Consórcio Grande Recife, para que a prefeitura possa gerir o transporte de forma autônoma e cobrar, exigir, a melhoria nas condições do transporte público para que as pessoas se desloquem com dignidade", disse Patrícia Domingos.

A delegada fez em 42 minutos um percurso que, em condições normais deveria durar 20 minutos, mais que o dobro do tempo. Uma realidade enfrentada por milhares de usuários de transporte no Recife. "Continuando a nossa Jornada na Cidade Sem Meu Carro, desembarquei aqui na Praça do Diário. Esse percurso, de Setúbal até aqui, tem 11 Km. O deslocamento normal seria feito em 20 minutos. Eu cronometrei. Gastei 42 minutos de ônibus para chegar até aqui", afirmou Patrícia.

O movimento da Jornada Mundial “na cidade, sem meu carro”, começou no ano de 1997 na França e foi trazido para o Brasil em 2001. O objetivo principal é promover a reflexão sobre o modelo de mobilidade dominante, onde o modo motorizado individual de locomoção, o automóvel, ganha mais espaço em detrimento do transporte público coletivo e do não motorizado, como bicicletas.

A Semana Nacional do Trânsito leva a uma reflexão sobre as vítimas de acidentes de trânsito. Também chama a atenção para a vulnerabilidade de pedestres, ciclistas, motociclistas e pessoas com deficiência no atual modelo de mobilidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

Prefeito promove aglomeração em Lagoa dos Gatos

Mais uma denúncia de aglomeração e desrespeito às normas da OMS diante da pandemia do novo coronavírus chega ao blog. Desta vez, o prefeito de Lagoa dos Gatos, Misso de Amparo (PP), candidato à reeleição, foi flagrado provocando tumulto com uma grande festa na cidade. Confira no vídeo.

Se você quer denunciar algum político que está desrespeitando as leis eleitorais e as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus na sua cidade, faça um vídeo ou foto e mande para (81) 9.8222-4888. Tenha certeza de que o sigilo será preservado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

Bolsonaro na ONU: Apenas uma referência aos 138 mil mortos

Por Fernando Castilho

O presidente Jair Bolsonaro abriu a 75ª sessão das Nações Unidas.

Gesto conferido ao Brasil pelas articulações do então ministro das Relações Exteriores, Oswaldo Aranha, logo depois do fim da II Guerra Mundial, em 1945, o discurso é um momento mágico para o país nem sempre bem aproveitado pelos presidentes sob as luzes do mundo.

O presidente Jair Bolsonaro leu um texto de 1.700 palavras e 11 mil caracteres. Mas perde tempo quem for procurar palavras de respeito pelos 138 mil mortos que o Brasil registrou até agora além de um burocrático “lamentar cada morte ocorrida”.

Aliás, a palavra morte está escrita apenas uma vez relacionada a covid-19. Mas usou hidroxicloroquina para se queixar dos preços que subira 500%. O presidente preferiu listar suas ações. Mas o fez como confronto ao que ele mesmo criou sobre o vírus e o desemprego, e que segundo ele, “ambos deveriam ser tratados simultaneamente e com a mesma responsabilidade”.

E mais uma vez ele se queixou da “parcela da imprensa brasileira” que segundo ele “também politizou o vírus, disseminando o pânico entre a população. Sob o lema “que em casa” e “a economia a gente vê depois”, quase trouxeram o caos social ao país”.

O presidente tem dificuldades, desde o começo da pandemia, de entender a dimensão social da covid-19 para o futuro do país e da própria humanidade em relação a questão da vida das pessoas. Isso está presente no discurso quando diz que graças a uma decisão judicial [do STF], todas as medidas de isolamento e restrições de liberdade foram delegadas a cada um dos 27 governadores das unidades da Federação.

Bolsonaro, de fato, não percebeu que não fosse sua posição radical contra a ideia do “que em casa” poderia hoje estar surfando na onda de ter autorizado uma colossal transferência de recursos (R$ 600 bilhões) para salvar a economia.

E o mais curioso é que ele fez. Tipo: está bom, eu pago a conta, mas vocês escolheram o bar errado.

E no seu discurso na ONU, prestou contas dessas ações de uma forma tão burocrática que não conseguiu dizer que o Brasil, um país com enormes dificuldades econômicas, enfrentou a convid-19 gastando o que não tinha, para além de tratar as pessoas tentar não permitir que elas morressem de fome.

É impressionante como ele ainda não tem a dimensão de como foi importante para o Brasil gastar esse dinheiro todo e como, negando a ciência, não capitalizou as ações de seu governo e dos estados com o dinheiro que ele transferiu para salvar vidas e a economia.

Mas é preciso não esquecer o fato histórico. Quem politizou a covid-19 foi ele. Pagou a conta, mas politizou e o fez isso segundo uma visão errada da questão. Ora, se ele iria pagar a conta, porque não aproveitar o bônus da assinar o cheque. O Brasil entregou “aproximadamente 1.000 dólares para 65 milhões de pessoas”, mas, ele não percebeu a dimensão dessa transferência de renda.

Bolsonaro só percebeu o impacto disso quando viu sua popularidade subir no Nordeste que – como ele mesmo dizia – era um reduto do PT e de governadores de esquerda. E aí decidiu dar a larga na campanha de 2022.

Mas o problema de Bolsonaro é que ele mistura dados bons com conceitos ruins e os seus auxiliares também não ajudam muito.

É verdade, como disse no discurso. O país produz “alimentos para mais de 1 bilhão de pessoas. O Brasil contribuiu para que o mundo continuasse alimentado”. Assim como é verdade que somos líderes em conservação de florestas tropicais.

E também é verdade que temos a matriz energética mais limpa e diversificada do mundo. Mesmo sendo uma das 10 maiores economias do mundo, somos responsáveis por apenas 3% da emissão de carbono. E que o mundo cada vez mais depende do Brasil para se alimentar. Tudo isso é fato.

O problema é que ele logo a seguir ele diz que a floresta é úmida e não permite a propagação do fogo em seu interior. Que os focos criminosos são combatidos com rigor e determinação. E que as grandes queimadas são consequências inevitáveis da alta temperatura local.

O presidente está querendo enganar a quem quando diz na ONU que os focos criminosos são combatidos com rigor e determinação? A si mesmo? Bom, sempre se diz que todos os presidentes não falam na ONU para o mundo, mas para seus eleitores.

E porque diabos dizer que o Brasil foi vítima de um criminoso derramamento de óleo venezuelano, vendido sem controle? Talvez para agradar ao presidente Trump, a quem atribui “uma visão promissora para, após mais de sete décadas de esforços, retomar o caminho da tão desejada solução do conflito israelense-palestino?”

Pode ser. Talvez porque o Brasil, “finalmente, abandona uma tradição protecionista e passa a ter na abertura comercial a ferramenta indispensável de crescimento e transformação” um discurso mais uma vez alinhado com sua indisfarçável admiração pelo presidente americano que, também pela tradição da ONU, é o orador seguinte na solenidade virtual da ONU.

Fazer o quê se ele gosta de Donald Trump e faz questão de dizer isso até na ONU?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolzofake.



22/09


2020

Convenção lotada e carreata em Belém de Maria

O prefeito de Belém de Maria e candidato à reeleição, Rolph Júnior (Republicanos), também desrespeitou as normas de distanciamento social e o limite de 100 pessoas num espaço ao realizar a convenção que oficializou a sua candidatura. No vídeo, é possível identificar um grande número de pessoas sem máscaras. Após o evento, o prefeito ainda realizou uma carreata pelas ruas da cidade.

Se você quer denunciar algum político que está desrespeitando as leis eleitorais e as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus na sua cidade, faça um vídeo ou foto e mande para (81) 9.8222-4888. Tenha certeza de que o sigilo será preservado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

Camaragibe: Candidato expõe falta de água e saneamento

Segundo levantamento feito pelo pré-candidato à Prefeitura de Camaragibe pelo MDB, Gustavo Matos, a cada 100 residências do município, apenas duas casas têm acesso à rede de esgoto. O avanço lento na saúde preventiva das pessoas faz de Camaragibe uma das cidades mais insalubres no âmbito da regularidade no saneamento público do estado.

O município apresenta um dos piores índices de Pernambuco: 1,43% da coleta, segundo a Compesa. Para Gustavo, o acesso das famílias à agua e esgoto se configura como condição básica prevista na constituição.

"Infelizmente, a saúde pública preventiva não é prioridade em Camaragibe. A população com acesso ao sistema é ínfima”, afirma o emedebista.

"É um problema que exige a capacidade de firmar parcerias. Sentar com a iniciativa privada, o poder público e mensurar a dimensão do problema com muita clareza. O cuidado à pessoa começa na casa dela, com dignidade sanitária e água nas torneiras. O povo está cansado de conviver com esgoto a céu aberto e o vento na encarnação", desabafou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

Freire não quer votos de bolsonaristas para delegada

Ao comemorar o apoio do Cidadania no Recife à candidatura da delegada Patrícia Domingos, que concorre à Prefeitura pelo Podemos, o presidente nacional da legenda, Roberto Freire, deu uma chega pra lá no eleitorado bolsonarista, contrariando o discurso da aliada. Veja o que ele postou em suas redes sociais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Essa delegada não ganha. Prefeita Marília, aceita bozoloide dói menos.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Roberto Freire que foi para São Paulo pois aqui não ganhava mais nem para síndico de prédio, vem agora dá pitaco nas eleições do Recife. Patrícia tem de vim a público mandar esse comunista caviar as favas.

Pádua

Nem Roberto Freire vota nela ! Kkkkk



22/09


2020

Miguel diz que construirá um "Hospital da Criança"

O candidato à reeleição, Miguel Coelho (MDB), aproveitou o aniversário de 125 anos de Petrolina, ontem, para revelar um dos projetos que pretende apresentar durante a campanha: a construção do Centro de Referência da Criança. O anúncio foi antecipado durante uma agenda do prefeito na área irrigada do município (N-4, N-3 e N-7).

O "Hospital da Criança" será, segundo Miguel, uma unidade municipal de referência voltada principalmente para a população infantil mais carente. “O hospital vai receber tanto casos simples, quanto mais complexos, como problemas de coração. É um investimento necessário para que nossas crianças não precisem mais ser tratadas no Recife. Elas não vão mais ser separadas da família, vão ser cuidadas aqui, perto de casa e da gente”, garantiu Miguel.

O candidato ainda lembrou que, nos últimos quatro anos, a saúde da mulher foi priorizada, e destacou a entrega de equipamentos como o Centro de Parto Normal e o Centro de Referência de Saúde da Mulher, instalados para fortalecer a rede básica de Petrolina. "Poucos acreditaram que faríamos a Casa de Partos. E aí está o equipamento pronto, atendendo as mães de Petrolina. Agora, nosso compromisso é um centro de referência para nossas crianças", defendeu o prefeito.

Ao longo do dia, Miguel continuou as homenagens à Petrolina com uma solenidade simbólica de hasteamento da bandeira, na Avenida Guararapes. O candidato também cumpriu agenda nos bairros José e Maria, Cohab VI e Alto do Cocar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

Cantor Netinho declara apoio a Alberto Feitosa no Recife

Em entrevista a este blogueiro, durante uma live na noite de ontem, o cantor baiano da axé music Netinho declarou que vai se envolver nas eleições municipais deste ano, seguindo a orientação que o presidente Jair Bolsonaro der.

No Recife, ele frisou que apoia a candidatura do coronel Alberto Feitosa (PSC) à Prefeitura e torce, ainda, pelos candidatos a vereador Maria Ferraz, Osvaldo Neto e Coronel Meira, todos bolsonaristas.

“Não vou apoiar ninguém no primeiro turno, mas se no segundo turno os candidatos apoiados pelo presidente acharem que precisam da minha presença, darei meu apoio e vou até onde estão para fazer campanha”, afirmou o artista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Kelson Menezes da silva

Nossa grande apoio , ao projeto falido dos bolsonaristas



22/09


2020

Bate papo da manhã analisa decreto e regras eleitorais

No “Bate Papo da Manhã”, programa que apresento todos os dias, no meu canal do YouTube, os assuntos hoje foram o decreto e regras eleitorais, tratadas como letras mortas pelos candidatos. Vale a pena conferir!

Para assistir ao meu programa diariamente, basta se inscrever no meu canal, o https://www.youtube.com/blogdomagno, e ativar as notificações clicando no sininho.

A propósito, minha gente, preciso que meu canal no YouTube cresça e apareça! Vamos ampliar essa corrente. Quem me segue aqui ou é amigo entre os cinco mil amigos e os 17 mil seguidores e ainda não se inscreveu no canal do meu blog vai lá, dá uma forcinha. Imprensa livre e independente se faz com a ajuda e a colaboração de quem gosta e se sente representado pelo nosso trabalho. Inscreva-se no link acima e indique para mais alguém.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

O que fazer enquanto a campanha não começa

Por Diana Câmara*

Passada a temporada das convenções partidárias, finalizada no último dia 16, os candidatos estão ouriçados para pedir votos. Só que ainda não pode. Na prática, ainda estamos no período da pré-campanha mesmo para aqueles que já tiveram seu pedido de registro de candidatura efetivado pelo partido e já têm CNPJ de campanha.

A campanha eleitoral, época destinada para os candidatos literalmente pedirem o voto ao eleitor, só se iniciará no próximo domingo, dia 27. Nesta data, finalmente, os candidatos poderão ostentar com orgulho o seu número e encher a boca para falar “sou candidato, vote em mim, meu número é tal”. A Legislação eleitoral estabeleceu uma data única de largada para a corrida eleitoral para preservar a isonomia entre os candidatos e todos terem o mesmo período e duração de campanha.

Enquanto essa data não chega, o que os candidatos escolhidos na convenção podem fazer? Primeira e importantíssima coisa: abrir as contas no banco. Segunda, ver qual o teto de gastos do cargo em que irá disputar e fazer uma organização do que irá gastar e como gastar. Terceira, providenciar contador e advogado para assinar e acompanhar a prestação de contas junto à Justiça Eleitoral. Quarta, preparar material de campanha para ter algo para entregar ou postar assim que for possível fazer propaganda eleitoral. Se pensar direitinho este período de “limbo” é até curto para fazer tantas coisas importantes e imprescindíveis para se estar preparado para a batalha eleitoral.

Por fim, neste período, ainda é possível fazer, desde que não haja pedido de voto, menção à candidatura; Exaltação das qualidades pessoais do futuro candidato; Pedido de apoio político; Participação em entrevistas, programas, encontros ou debates no rádio, na televisão e na internet, inclusive com a exposição de plataformas e projetos políticos; Realização de encontros, seminários ou congressos, em ambiente fechado e pagos pelos partidos políticos, para tratar da organização dos processos eleitorais, discussão de políticas públicas, planos de governo ou alianças partidárias visando às eleições; Divulgação de atos de parlamentares e debates legislativos (Resolução TSE nº 23.610/2019); Divulgação de posicionamento pessoal sobre questões políticas, inclusive nas redes sociais, blogs, sites pessoais e aplicativos; Realização, a expensas de partido político, de reuniões de iniciativa da sociedade civil, de veículo ou meio de comunicação ou do próprio partido, em qualquer localidade, para divulgar ideias, objetivos e propostas partidárias; Campanha de arrecadação prévia de recursos por meio de crowdfunding (financiamento coletivo ou “vaquinha virtual”), que é possível desde o dia 15/05/2020.

*Advogada especialista em Direito Eleitoral, membro da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Nacional, ex-presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/PE, ex-presidente do IDEPPE – Instituto de Direito Eleitoral e Público de Pernambuco e membro fundadora da ABRADEP – Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/09


2020

SINTEPE repudia retomada das aulas presenciais

Nota oficial

O Sintepe repudia o pronunciamento do Secretário de Educação do Estado de Pernambuco no qual anunciou o retorno dos estudantes do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos às atividades presenciais no próximo mês de outubro.

A posição unilateral do Governo do Estado é, além de contraditória, desrespeitosa. O anúncio feito vai de encontro e atropela documentos do próprio Governo. A Portaria 1340 de 29.7.2020 (publicada no Diário Oficial do Estado) instituiu comissões paritárias entre o Governo e os servidores, incluindo os da Educação, que não foram consideradas. As comissões (Central, Setoriais e Regionais) deveriam discutir os encaminhamentos e as condições de retorno de servidores para atividades presenciais, o que não aconteceu. Nesta condição, seriam também contemplados os servidores das gerências regionais de educação e o prédio sede da Secretaria.

A Secretaria de Educação ignorou o canal de negociação que vinha sendo mantido entre a representação da categoria e a própria Secretaria, um importante instrumento de diálogo, apesar das divergências e discordâncias postas na Mesa de Negociação. Outro fato a ser considerado são as estruturas físicas das escolas que deixam muito a desejar diante das condições necessárias ao retorno seguro para estudantes e profissionais.

A categoria, que já conhece a realidade da maioria das escolas públicas estaduais e as condições de trabalho, está receosa do que vai encontrar no retorno aos locais de trabalho, ou melhor, o que não vai encontrar em termos de segurança.

O Sindicato considera que a posição do Governo está equivocada e cobra respeito a professores/as, funcionários/as, analistas educacionais, contratados/as temporariamente, terceirizados/as e aos estudantes.

O Sintepe já solicitou, em caráter de urgência, reunião com o Secretário de Educação e está convocando a categoria para uma Assembleia Virtual na próxima quinta-feira (24/9), às 14h30. É importante retomar e respeitar o diálogo. Não ficaremos parados diante dessa ameaça à vida.

A DIREÇÃO DO SINTEPE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

SINTEPE está certo, bozoloide.

joao carlos da silva

Por eles, o vírus nunca se acaba. Adoram uma molezinha ganhando sem trabalhar.



22/09


2020

Compesa cobra caro, mas esquece a água

Em Quixaba, no Sertão do Pajeú, a Compesa continua prestando péssimos serviços à população. Só manda a conta salgada todo mês para os consumidores. Água, que é bom, nada. A população está revoltada. Confira nesse vídeo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha