FMO

19/09


2019

A terrível fama de Boa Viagem

Benito Gama foi deputado federal por quatro legislaturas pelo DEM da Bahia. O conheci líder do DEM na Câmara, posição que se revelou um dos mais qualificados e hábeis articuladores do Congresso.

Gama criou uma relação excelente com a Imprensa, uma boa fonte, sempre bem informado. Fez a migração partidária do DEM para o PTB, partido que presidiu em nível nacional. Hoje sem mandato, assessora o presidente do Senado, Davi Alcolumbre. 

Ontem, no Piantas, point da fauna política da corte, Gama me contou um episódio passado no Recife no segundo mandato de Eduardo Campos que ficou na sua memória. 

Participava ele de uma reunião com o então governador tentando impressionar o presidente do Banco Mundial, que havia ido a Pernambuco pela primeira vez e se mostrava disposto a investir mais no Estado.

Em determinado momento, Eduardo, que tinha enorme poder de sedução e persuasão, convidou o ilustre e poderoso visitante americano a tomar um banho de mar na praia de Boa Viagem.

Mas a praia já tinha uma péssima fama nos EUA. E a resposta do presidente do Bird, bem humorada, provocou uma gargalhada geral entre os convidados presentes.

"Mergulhar numa praia, governador, com placas de canto a canto advertindo que um tubarão pode nos comer, Deus me livre".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Abreu e Lima

Confira os últimos posts



31/05


2009

Uma questão de "Lulodependência"

Sete anos depois de ter vencido pela primeira vez a corrida sucessória, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não conseguiu produzir herdeiros políticos claros, que despontem com força nas pesquisas de intenção de voto para a corrida presidencial de 2010. Até mesmo a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, independentemente da situação de sua saúde, ainda é uma incerteza eleitoral, já que nunca concorreu e aparece bem distante do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), nas primeiras simulações feitas pelos institutos de pesquisas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Na prática, após quase completar dois mandatos à frente do governo, o estilo centralizador e o carisma eleitoral de Lula acabaram transformando o próprio presidente no seu principal herdeiro político. Também contribui para essa situação o fato de o PT nunca ter lançado qualquer outro candidato à Presidência que não fosse Lula. E já se vão 20 anos nesse processo. Desde 1989, ele disputou cinco eleições presidenciais. Perdeu as três primeiras e ganhou as duas últimas.

 

Naturalmente, isso serviu para fixar sua imagem na cabeça do eleitor como o eterno candidato do PT à Presidência e tornou difícil para qualquer outro petista assumir essa posição. Isso fica claro com a campanha de setores do PT e de partidos aliados defendendo que ele concorra a um terceiro mandato, o que somente seria possível através da aprovação de uma mudança constitucional. Também fica claro quando se dá como certa, entre seus principais aliados, a possibilidade de Lula voltar a concorrer ao Palácio do Planalto, em 2014 - hipótese nunca descartada, diferentemente do que ocorreu com a do terceiro mandato.

 

A "Lulodependência" acabou se agravando pelos problemas enfrentados por vários políticos, que tinham potencial para sucedê-lo no comando do País, mas perderam prestígio nesse caminho. Dois exemplos são nítidos: José Dirceu e Antonio Palocci.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

DE OLHO

Jose Pereira cuidado, inveja mata.

uilma

Diga-me com que tu andas que eu digo qual sera teu final, como diz os mulçcumanos, tu acabar em marmore quente, queimando kkkkkkkkkkkkkkk

stefano

Nem Getulio Vargas chegou a tanto.

José Pereira da Silva

Depois de fazer tudo isso se candidate a Vereador e espere o resultado.

José Pereira da Silva

os ministérios e os milionários salários com a base aliada, reduza os ministérios que são verdadeiros cabide de emprego, não forneça dinheiro para o MST, faça um devassa nas contas das ONGs exigindo que sejam devolvidos os milhões de reais desviados... Depois de fazer tudo isso se candidate a Veread


Prefeitura de Paulista

31/05


2009

“A tendência é a vitória de Dilma”, diz Dirceu

O ex-ministro José Dirceu disse que não vê motivos para o PT mudar os planos da candidatura da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) porque a tendência, segundo ele, é de vitória. Em entrevista à revista ''Época'', Dirceu avaliou o cenário político nacional e afirmou que na dá pra saber, hoje, o impacto da doença de Dilma poderá ter no eleitorado.

Dirceu admitiu, durante a entrevista, que será uma eleição difícil, mas disse que não vê o ''país entregando o governo para os tucanos'', votando no governador de São Paulo, José Serra (PSDB), para presidente. As informações são da Folha Online.

''Qual a razão que o eleitor tem para mudar o rumo do país? Por que não continuar com um governo em que o Lula é o fiador? [...] Não é uma eleição em que a tendência é a vitória do PSDB. A tendência é a vitória de Dilma'', afirmou à revista.

O ex-ministro também avaliou a possibilidade de Lula disputar um terceiro mandato. Segundo ele, a proposta não interessa para a democracia brasileira nem para o PT. ''Reeleição já está bom demais. Devemos exercitá-la por mais 20 anos'', disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

digo igual ao poetinha, que seja eterno o pt enquato Lula durar, o poeta falou serto que seja eterno enquanto dure.

Carlos Bino de Souza

O PT não tem cacique para eleger seus candidatos? Pois só tem Lula como apoio? Ele não é eterno! Depois dele, como é que vão andar? Com as próprias pernas é que não parece!

antonio carlos cisniros sampaio

jose diceu voce tinha um raciosino politico ate bom mais parece que esta tao envolvido com o poder que pensa que e eterno e ai comesa a dizer bestera sampaio

antonio carlos cisniros sampaio

jose diceu voce tinha um raciosino politico ate bom mais parece que esta tao envolvido com o poder que pensa que e eterno e ai comesa a dizer bestera sampaio

uilma

Vitoria de Dilma o de vcs ?que vai continuar pegando no dinheiro do contribuite.Bando de sem vergonha.


Prefeitura de Serra Talhada

31/05


2009

Judiciário diz que cotas são legais

 Um levantamento em oito Estados onde universidades públicas adotam cotas mostra que, na maioria dos casos, o Judiciário tendeu a rejeitar contestações de não-cotistas e considerou o sistema constitucional. Diferentemente do Tribunal de Justiça do Rio - onde desembargadores, semana passada, deram liminar contra a reserva de vagas a pobres e afrodescendentes, mas ainda julgarão o mérito da ação -, magistrados da Bahia, Pernambuco, Alagoas, Amazonas, Minas Gerais e Paraná raramente tomaram decisões semelhantes. A exceção é o Rio Grande do Sul, onde o critério de renda tem dado vitórias a opositores da "discriminação positiva". Noticiou o Estadão.

"A situação do Rio de Janeiro é única. Em todos os outros Estados os tribunais não estão interferindo nas políticas de inclusão. Até porque aguardam o posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF)", afirma o advogado Renato Ferreira, pesquisador do Laboratório de Políticas Públicas da Universidade do Rio de Janeiro (Uerj). Hoje, diz, 82 universidades em 23 Estados adotam algum tipo de política inclusiva. Dessas, 35 têm o sistema de cotas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

porque ele não investe pro Brasil ter uma educação, publica boa, dai pra que essa idiotici, de cota



31/05


2009

Multa fica 9 meses na gaveta após infrator ajudar Minc

 O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) segurou por quase nove meses a aplicação de uma multa de R$ 3 milhões ao Grupo Bertin S/A, uma das maiores redes de frigoríficos do País. Além da negligência administrativa, o engavetamento da multa, aplicada em 27 de julho do ano passado, ganha importância política porque o Grupo Bertin participou de uma operação ambiental de "sucesso" desencadeada pelo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, a quem o Ibama está subordinado, noticou a Agência Estado.

 

Em agosto do ano passado, o Bertin arrematou em leilão os 3.100 "bois do Minc", como ficou conhecido o gado criado em área desmatada irregularmente que o ministro, em uma operação midiática, apreendera no Pará em junho de 2008. A negociação da manada estava a ponto de "micar", pela falta de frigoríficos interessados na compra. Naquele momento, os bois foram arrematados pelo Bertin, a empresa que tinha o auto de infração no valor de R$ 3 milhões literalmente estacionado em uma gaveta da gerência do Ibama em Marabá (PA).

É a combinação da marcha lenta do processo de cobrança com a prontidão do Bertin de salvar a Operação Boi Pirata que chama a atenção. A operação foi deflagrada, segundo o ministro, para "pôr fim à moleza" dos ruralistas e combater o desmatamento para fazer pasto e alimentar os "rebanhos piratas". Já a multa à empresa foi aplicada durante fiscalização de rotina do Ibama. Os fiscais encontraram numa das unidades do frigorífico, em Santana do Araguaia (PA), um estoque equivalente a 10 mil metros cúbicos de lenha nativa. Segundo o auto de infração (nº 489.842), o Bertin não tinha documentos que pudessem certificar a origem da madeira. O auto de infração só foi lançado no sistema no dia 23 de abril, quase nove meses depois da aplicação da multa. Isso aconteceu quando já circulava nos gabinetes de Brasília a denúncia de que a multa teria sido "negociada". Minc foi um dos primeiros a serem comunicados da suspeita, que também corria no Congresso.

O caso aumenta a pressão sobre o ministro. Minc tem trombado com colegas de Esplanada por divergências em torno de questões ambientais. Em entrevista ao Estado anteontem, chegou a criticar a "casa da mãe joana" que seria o governo Lula.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Romero Viegas

Não tem jeito,a verdade uma hora aparece.É só querer ver.

uilma

Pior que tem jente que gosto desse sistema, eu estou fora desse tipo de governo, eu não concordo com coisa errada, faser o que a filofia diz que nimguem è igual.


Prefeitura de Limoeiro

31/05


2009

Recife, oficialmente, na Copa do Mundo de 2014

Recife foi confirmada, oficialmente, há pouco, como subsede da Copa do Mundo em 2014. No Nordeste também entraram Natal, Salvador e Fortaleza. O anúncio foi feito pela Fifa direto das Bahamas. Veja as 12 escolhidas abaixo:

Belo Horizonte

Brasília

Cuiabá

Curitiba

Fortaleza

Manaus

Natal

Porto Alegre

Recife

Rio de Janeiro

Salvador

São Paulo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Dimas Santos

Um dos grandes problemas para a efetivação do coplexo da copa seria o terreno, mas o Estado de Pernambuco já tem o de São Lourenço. Portanto, é válido todo o investimento, uma vez que é da alçada privada. Avante Pernambuco !

Glauber Honorio Filho

Não sei o que vai acontecer com esse estadio que vai ser construido após a copa, pois o sport, não vai deixar a ilha, o nautico, não vai deixar os aflitos, nem o santa vai deixar o arruda, só se o Governador estiver pensando em homenagiar seu avô e doar o estadio para o Ibis, só falta essa

Parabéns, pelas capitais eleitas. Só entendo que em Pernambuco , deveríamos recuperar os estádios já existentes, e o arrudão, seria o palco da copa em Recife.


Capacitação de Candidatos

31/05


2009

Ciro Gomes ameaça estratégia petista de eleger Dilma

 Deputado federal mais votado do país, com 667,8 mil votos, ex-ministro da Fazenda de Itamar Franco e da Integração Nacional de Luiz Inácio Lula da Silva, Ciro Gomes ainda assombra os estrategistas da candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, apesar do isolamento a que está submetido. Sua importância no jogo sucessório é apenas eleitoral, como ficou evidente na pesquisa Vox Populi encomendada pelo PT no começo do mês. Ciro aparece como um nome competitivo nos dois cenários em que entra na lista de candidatos (veja quadro), mas a preocupação maior é com o papel desagregador da base eleitoral de Lula que sua candidatura pode representar, com seu perfil nordestino e discurso à esquerda da ministra. O candidato do PSB dificulta a transferência dos votos de Lula para Dilma. As informações são do Correio Braziliense.

“Nós não concordamos com a tese de que a candidatura de Ciro prejudica a ministra Dilma Rousseff, ele é melhor preparado para enfrentar os tucanos. Além disso, a existência de duas candidaturas é a garantia de que teremos uma disputa em dois turnos”, argumenta o líder do PSB na Câmara, deputado Rodrigo Rollemberg (DF), um dos aliados do ex-ministro na cúpula da legenda. Outro aliado importante é o líder no PSB no Senado, Renato Casagrande (ES), que também defende a candidatura própria. A grande incógnita é o presidente do PSB, Eduardo Campos, governador de Pernambuco candidato à reeleição, que sonha com o apoio do PT em seu estado. Formalmente, Campos defende a candidatura própria, mas nos bastidores tem se queixado dos “sumiços” e do destempero de Ciro quando entra em bolas divididas.

Ciro, de fato, andou sumido. Deve chegar dos Estados Unidos no meio desta semana, depois de mais uma imersão na Universidade de Havard (onde fez pós-graduação em Economia) para aprofundar seus conhecimentos sobre a crise econômica mundial. Duas vezes candidato a presidente da República pelo PPS, em 1998 e em 2002, ele se considera mais preparado para enfrentar o PSDB, partido pelo qual se elegeu governador do Ceará em 2004. Apesar de magoado porque foi atropelado pela candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussseff, mantém fair play. Desce a lenha na oposição, elogia a ministra e jura lealdade ao presidente Lula.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos Odair da Luz Sá

Ciro: Não inventa de ser candidato a presidente, meu velho, porque quantdo tu estiveres na frente das pesquisas, fala uma besteira de novo e vai tudo por água abaixo, deixa a Diama trabalhar, camarada e vai atrás de um ministeriozinho...

O Ciro Gomes, é na verdade um grande candidato a Presidência da República, com um conhecimento muito bom, no entanto esperaremos o desenrrolar dos fatos para poder ter uma definição ~de não arriscar entregar o governo que está dando certo para as mãos de quem sempre governou de forma anti social.

uilma

Eu ja votei em Ciro ele era sempre meu candidato, preferido, depois eu vi que tem uma boca porca, nunca mais voto em Ciro euquanto Deus me de sopro de vida.


Magno coloca pimenta folha

31/05


2009

Rádio do Blog retransmite anúncio das cidades da Copa

A Rádio do Blog, que você acessa no botão aí ao lado ''No ar - ouça agora '' - , vai retransmitir o anúncio das cidades sedes da Copa do Mundo, às 15h30m, diretamente das Bahamas. Depois, a entrevista, no Palácio das Princesas, do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. No Estado, a cidade selecionada pela Fifa para a Copa de 2014 é São Lourenço da Mata, onde haverá, logo mais, uma festa popular.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

31/05


2009

Câmara vai acompanhar orçamento da Copa de 2014

Com o anúncio hoje das 12 cidades que vão receber jogos da Copa de 2014 no Brasil, a Câmara se prepara para acompanhar os gastos da União com obras para o maior evento de futebol do mundo. Para isso, foram criadas duas subcomissões destinadas para analisar todos os projetos e execuções orçamentárias previstos para viabilizar a realização do campeonato da Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa) no país, noticiou o Congresso em Foco.

As duas subcomissões se justificam pelo volume de investimentos necessários para cumprir o caderno de encargos da Fifa. Somente na construção e reforma de estádios, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que serão necessários aproximadamente R$ 2,8 bilhões. E somente três deles – Morumbi (São Paulo), Beira-Rio (Porto Alegre) e Arena da Baixada (Curitiba) – terão o custo coberto totalmente pela iniciativa privada.

“Vamos trabalhar os cenários das obras públicas. É preciso transparência e acompanhamento das obras públicas realmente necessárias”, afirmou o deputado Afonso Hamm (PP-RS), presidente da Comissão de Turismo e Desporto (CTD) e relator da primeira subcomissão instalada na Câmara, em abril do ano passado. Ele ressalta que o governo deve aplicar as verbas no melhoramento dos aeroportos, na construção de vias de acesso e em investimentos na área de saúde.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

31/05


2009

Governo Federal socorre hospitais universitários

Os reitores das universidades federais pediram essa semana ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva um socorro financeiro para os hospitais universitários (HUs). Segundo levantamento elaborado pela Diretoria de Hospitais Universitários, ligada à Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC), as 46 unidades têm hoje 10% dos seus leitos desativados e precisam contratar 5 mil profissionais em caráter emergencial, noticiou a Agência Brasil.

 

Diante do diagnóstico apresentado, o presidente pediu ao ministro da Educação, Fernando Haddad, que elaborasse uma proposta de reestruturação dos hospitais universitários até a segunda quinzena de julho. O plano deve ser feito junto com os ministérios da Saúde e do Planejamento.

 

Segundo o levantamento, em 2008 os hospitais universitários realizaram um milhão de atendimentos emergenciais, 402 mil internações, seis milhões de consultas e 20 milhões de procedimentos médicos. Dos 19 mil transplantes realizados no país no ano passado, 10,7% foram em hospitais universitários.

 

Um dos principais problemas enfrentados hoje pelos HUs é a falta de pessoal. O levantamento aponta que são necessários cerca de cinco mil contratações emergenciais de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para desafogar o atendimento e inclusive reativar os leitos fechados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


31/05


2009

João da Costa e os cinco meses da sua gestão

Quem observa de fora pode imaginar que a Prefeitura do Recife perdeu o rumo. Em apenas cinco meses de gestão, o prefeito João da Costa (PT) teve uma agenda marcada por conflitos e desgastes políticos. Houve queda de braço com os servidores, dificuldade de ordenamento do comércio ambulante de Boa Viagem, paralisação das obras do Parque Dona Lindu e, por último, problemas na coleta de lixo da cidade, noticiou o Diário de Pernambuco. O prefeito diz que não, mas para imprimir sua marca à gestão e adotar uma nova forma de gerenciamento, João da Costa vem fazendo modificações profundas no governo em relação à administração passada. Em entrevista ao Diário de Pernambuco o prefeito respondeu algumas dessas questões. Leia, logo abaixo, alguns trechos da entrevista.

O senhor fez algumas alterações na Prefeitura do Recife ao assumir a gestão. Por exemplo: nomeou o secretário Roberto Arrais, que tem um perfil mais "light" que o do seu antecessor, Múcio Magalhães, para atuar como secretário do governo. Foi para dar uma cara nova à gestão?


A gente vem falando desde o ano passado que nossa gestão é de continuidade, mas é um novo governo também. É um novo momento. Na verdade, não é uma necessidade de ter uma marca pessoal, mas de ter um projeto político de renovação e também uma nova dinâmica. Na questão da secretaria de governo, não se trata do perfil pessoal do secretário. Pensamos numa secretaria de relações institucionais, que fizesse uma articulação com os demais poderes, uma articulação para fora da sociedade. A secretaria de governo na gestão de João Paulo, com Múcio,tinha uma função mais para dentro e (uma relação) exclusiva com a Câmara de Vereadores. Quando avaliamos, pensamos numa secretaria que articulasse com o governo, o Tribunal de Justiça, o Ministério Público, o Tribunal de Contas, com as organizações da sociedade que pensam a cidade... Enfim, uma secretaria com articulação mais ampla.

No processo de reestruturação da PCR, a pasta exercida por Lygia Falcão foi desmembrada e a secretária teve seus poderes reduzidos. É uma forma de o senhor demarcar a gestão, já que Lygia era vista como o braço forte de João Paulo?


As pessoas não diziam que eu também era? Então João Paulo tinha dois. O ajuste não é para demarcar, mas porque há uma necessidade. Fizemos uma reforma no governo passado para um momento político, um momento específico. Lygia tinha uma função, eu também. A gente tinha um núcleo de governo. Tinha um peso diferente. Tanto eu quanto Lygia e Múcio (Magalhães). Quanto à função de Lygia, não é questão de ter menos ou mais poder. Ela continua com o mesmo poder. Agora, sobre o exercício das funções, eu estava convencido de que a gente precisava ter uma estrutura mais articulada de planejamento e gestão. Que foque resultados, metas, e comece a estruturar linhas de convênios. Precisamos avançar no processo de profissionalização da gestão para buscar mais eficiência. Isso é um processo ainda de reflexão. Estamos aprofundando algumas questões.

Em cinco meses de mandato, em que o senhor conseguiu avançar na parte administrativa e política?


A gente começou a avançar numa consciência de estruturação de um sistema de custeio mais racional. O próprio momento exige isso. Economizamos R$ 11 milhões em quatro meses. Isso foi fruto do comitê de redução de custeio que lançamos em janeiro. Isso é a construção de uma política de cultura, de um órgão que pode se tornar permanente ou não. Está dentro dessa nova concepção de planejamento e gestão. Começamos a articular melhor a questão dos convênios. Mozart (Sales) está à frente de uma coordenadoria só de convênios para estruturar a captação de recursos. Para a Prefeitura, pobre como a do Recife, é fundamental você prestar conta, fazer acompanhamento, não devolver dinheiro e prospectar oportunidades. Minha ida a Brasília foi fruto de articulações prévias e de inscrição de projetos nos ministérios. Quando vamos analisar, os resultados são diferentes. Nós viabilizamos um financiamento da comunidade de Pilar de R$ 40 milhões. Há quatro anos a gente vinha brigando, mas liberamos isso em quatro meses. Há outros financiamentos que estão sendo desdobrados, articulados. O fato de o Recife ser sede da Copa vai gerar oportunidades de investimentos. Você precisa ter carteira de investimentos. Hoje temos uma carteira de projetos elaborados de R$ 500 milhões. Isso precisa ser estruturado. É um processo. Não são coisas que são vendidas, as pessoas não estão vendo. É um trabalho para dentro, que é importante para a cidade e para a gestão.


Por que o senhor não tomou uma atitude enérgica com a empresa responsável pela coleta do lixo?


Quando você compra um eletrodoméstico que apresentou defeito, o que você faz? Você vai reclamar, acionar a defesa do consumidor, entrar com processo nos juizados de Pequenas Causas. A pessoa não chega no gerente da loja e diz que vai levar outro produto de todo jeito para casa e pronto. Ninguém faz isso. Como é que querem que eu faça? É só pegar a empresa, trocar e jogar fora? Quem é que tem 60 caminhões compactores novos paraentrar amanhã aqui? Quem é que demite 3 mil trabalhadores e contrata novamente? Para a oposição é fácil falar. Mas ninguém que tem uma televisão quebrada em casa chega na loja, pega outra e leva. Tem de ter todo um processo e prazos. Há regras de direito e contratos. Você tem uma casa e seu inquilino mora há 15 anos pagando aluguel. Há seis meses ele começa a atrasar. Você pega imediatamente aquele inquilino e bota para fora?

Então a Qualix funcionava bem?


É claro. É só pegar as avaliações dos serviços da prefeitura. Ela foi primeiro lugar em 15 anos trabalhando no Recife. Desde Joaquim Francisco. Agora eu não posso chegar para a empresa que está aqui há 15 anos e dizer "sai e vem outra". Não é assim. Você multa, chama, conversa. A gente está fazendo os mutirões. Eu tenho certeza de que, explicando isso para a população, ela entende. Porque a relação da vida real é assim.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

As pessoas esperam que os problemas sejam resolvidos da noite para o dia. Imaginem em Jaboatão: Uma cidade destruida. O povo tem que ter paciência, O Prefeito Elias tem feito das tripas coração. Tenho certeza que Jaboatão vai sair dessa, é questão de tempo...

milton tenorio pinto junior

Nesse ponto João está certo. Na Qualix existem muitos funcionários. Não é assim como querem que façam. Só não coniordo mexer em time que está ganhando. A gestão de João Paulo foi aprovada por duas vezes. Não sou eu que digo, foram as urnas...



31/05


2009

Dilma dança forró com José Múcio em Caruaru

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousselff, que foi a grande estrela da abertura do São João de Caruaru, ensaiou uns passos de forró puxada para o salão pelo animado ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, durante jantar na casa do deputado Wolney Queiroz (PDT), segundo relata Valdercarlos Alves, no blog da Folha.

Nos camarotes do Governo do Estado e da Prefeitura, no Pátio do Forró, Dilma posou para mais fotos e abraçava todos que via pela frente. É o preço para ser reconhecida em festas populares Brasil afora. Dessa vez, o diferencial no camarote do governador Eduardo Campos (PSB) foi a altura.

Diferentemente da estrutura montada no Galo da Madrugada, quando a ministra conseguiu ficar pertinho do povo, em Caruaru, a altura do camarote impede essa maior aproximação com os participantes da festa.

“Não estou aqui como candidata. São João é uma festa do povo. Uma manifestação popular”, fazia questão de falar Dilma Rousseff, que se disse emocionada com o carinho e demonstração de fé do povo brasileiro que vem torcendo pela sua recuperação contra um câncer no sistema linfático.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

francisco sales

Engraçado é que ela não está em campanha e a doença que ela tem é tomada por uma polvorosa manifestação de espanto. O nosso vice presidente é acometido do mesmo mal e nem por isso é posto tão á vista. Será que é porque não é candidato ?

uilma

Gostei de sua colocação, Romero.

Romero Viegas

Dilma está no lugar certo:ao lado e fazendo parte de "quadrilhas",

Pedro Batista Filho

Calma Milton, vc sabe q a lesgilação eleitoral ñ permite ainda q ela se pronuncie como candidata, o mesmo fazem Serra e Aécio.

milton tenorio pinto junior

Hipocrisia politica. Começou mal, MENTINDO!



31/05


2009

Enquete: Eduardo se distancia de Jarbas e chega a 61%

Cerca de 700 internautas já votaram na enquete deste blog para governador de Pernambuco. Candidato à reeleição, Eduardo Campos (PSB) passou a liderar com folga e tem agora 61% dos votos contra 38% do senador Jarbas Vasconcelos. Mas a votação prossegue e só acaba amanhã. Quem não votou ainda pode exercitar o seu direito democrático. Vamos votar, gente!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

FRANCISCO EDUARDO A. M. CAVALCANTI

COMENTÁRIO EXTREMAMENTE PERTINENTE, A MELHOR PESQUISA É O SENTIMENTO DO POVO E ESTE É PELA CONTINUIDADE DE EDUARDO. ACREDITO QUE OS VOTOS DE JV CERTAMENTE SERÃO "EX(S)PONTÂNEOS".

Carmem Tenório

Esquete não é pesquisa, lembre-se de voltar a recolocar este dado Mgno. A diferença tá que os Cargos Comissionados de Eduardo é que estão votando para não perderem os empregos....enquanto que os votos de Jarbas são expontaneos!

FRANCISCO EDUARDO A. M. CAVALCANTI

MAGNO, ACABA LOGO COM TEU SOFRIMENTO, ENCERRA A PESQUISA. SOMOS SABEDORES QUE FALTA AO SENADOR JV CORAGEM PARA ENFRENTAR UMA PERSPECTIVA REAL E CONCRETA DE DERROTA. ELE JÁ GUARDA NO CORAÇÃO COM MUITO CARINHO A DE 1990. SALIENTO QUE 20 ANOS DEPOIS SERIA PRAZEROSO VÊ-LO DERROTADO NOVAMENTE.

milton tenorio pinto junior

Tenho dúvidas se o Senador vai entrar nessa bola dividida.

rogerio rodrigues dos santos

O povo pernambucano espera por esse embate nas eleições. Eduardo irá enterrar Jarbas e mandalo para um "ASILO POLITICO".



31/05


2009

Sindsaúde-PE discute possibilidade de greve amanhã

Nesta segunda-feira o Sindsaúde- PE realiza assembleia com os servidores da saúde. Na pauta, os servidores irão discutir a possibilidade de greve na sáude pública em repúdio à proposta de reajuste salarial de 0% apresentada pelo governo do Estado. Os servidores também irão realizar um ato em protesto à criação das fundações públicas de direito privado na gestão da saúde, projeto de lei que está tramitando no Congresso Nacional. As informações são da Folha de Pernambuco.

 

Hoje, os auxiliares de saúde ganham R$ 415,00; os assistentes, R$ 520,00; analistas, R$ 1.170,00. O Sindsaúde entregou a pauta ao Governo exigindo R$ 919,00 para os cargos de auxiliares; R$ 1.150 para assistentes e R$ 2.290,00 para analista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jonas

Por que o estado não oferece um bônus mensal variando de valor aos profissionais da saude, enfermeiros, auxiliares e médicos. Estabeleceriam metas a serem cumpridas, metas de atendimento e os serviços seriam avaliados pelos pacientes. O governo conseguiu na educação por que não na saúde?

milton tenorio pinto junior

Poucos são os politicos voltaods para o social. A maioria faz o jogo do faz de conta... Só pensam neles e nada mais..... E assim caminha a humanidade... Antes aquela Arca tivesse afundado.

uilma

a pessoa pagar 500 em faculdade de infermajem, durante quatro ano pra ganhar uma miseria, queria ver Eduardo com esse salario se ele tinha casa de praia em Fernando de Noronha.

milton tenorio pinto junior

E quando se aposenta? Meu pai tem 74 anos e ainda trabalha na iniciativa privada. Não pode parar, a aposentadoria dele no Estado é uma miséria. Trabalhou , vestiu a camisa da Secretária de Agricultura e o que ganhou? NADA!!

milton tenorio pinto junior

Deveria existir incentivo, promoção, e salário mais digno.



31/05


2009

Lula teme CPI como próximo disparo da oposição

 Antes mesmo de vir à luz o novo Datafolha, no qual a avaliação de Lula, que já era confortável, retoma o patamar pré-crise econômica, o presidente disse a um grupo de auxiliares que o momento exige "atenção especial", pois "a oposição está sem alternativa de discurso e só tem as CPIs para se agarrar". Lula expôs seu raciocínio em reunião da coordenação política do governo, na quinta-feira.

A oposição, afirmou, apostou primeiro na crise como um todo. Depois, no descontentamento dos prefeitos com a queda nos repasses do FPM. Em seguida, na mudança das regras da poupança. Em todas essas ocasiões, "ficou falando ao vento". O Planalto está empenhado em fazer com que o padrão se repita na CPI da Petrobras.(Painel - Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

Valeu milton. Mesmo assim eu gosto de morar aqui na Ayrton Sena.

milton tenorio pinto junior

O Prefeito está atento a todos os problemas da cidade Jarbasta. A dificuldade é consertar tudo da noite para o dia. Faltam recursos. Elias pegou uma cidade destruida. Você é inteligente e sabe disso.

JARBASTA

milton, fala para o Elias dá uma passadinha por aqui pela Av..Ayrton Sena, tem um trecho com buracos.

JARBASTA

Até que enfim, heim milton?

milton tenorio pinto junior

Espero que estejas certo. Pois na 4ª Divisão ainda somos o maior número de torcedores em estadios. Aguardo noticias e um bom domingo pra vc também. Fique com Deus....



31/05


2009

Rumo a Caruaru, Dilma se emociona no Recife

A passagem da ministra Dilma Rousseff pelo Recife, ontem à noite, a caminho da abertura do São João de Caruaru, foi rápida. Demorou menos de duas horas. Mas foi o suficiente para Dilma, pré-candidata à Presidência da República pelo PT, mostrar que, mesmo em tratamento de um câncer no sistema linfático, não descansa nas suas pretensões políticas, revela reportagem do Diário de Pernambuco.

No Hotel Atlante Plaza onde ficou hospedada, em Boa Viagem, a ministra fez questão de falar com os hóspedes que se aproximaram dela. E até cumprimentou uma noiva que se preparava para deixar o hotel e ir à igreja. Dilma não ousou vestir-se como matuta, mas disse estar pronta para dançar forró.

Emocionada, a noiva Priscila Nogueira era apenas sorriso. ''Nunca esperei ter uma ministra, mulher tão importante, nesse momento da minha vida'', falou. Toda a cena, com direito a abraço e elogios de Dilma, foi registrada pelo cerimonial do casamento. ''Como acho bonito uma noiva'', disse ela, que olhou atentamente o vestido de Priscila.

Ao lado, o pai da noiva, o deputado José Alves (PTB), estava atônito. Pronunciou poucas palavras. ''É uma honra para quem faz política ver isso'', confessou. A essa altura, a recepção do hotel estava tomada por hóspedes curiosos e que registravam a passagem da ministra em câmeras fotográficas e celulares.

A dona de casa Francisca Pereira Rocha foi a mais ousada. Aproximou-se da ministra e pediu que registrassem a cena em seu celular. Foi atendida. E ganhou abraços até do governador Eduardo Campos e do ministro José Múcio. ''Não podia perder uma coisa assim'', confessou Francisca.

Satisfeita, a dona de casa sentou-se e a ministra acompanhad da secretária especial de Política para as Mulheres, Nilcéia Freire, seguiu para Caruaru. Nilcéia estava vestida a caráter. ''Não tinha uma roupa junina, mas vou ao São João com a expectativa que fui ao Galo da Madrugada. Ver uma festa que é feita pelo povo'', completou. Dilma preferiu uma calça jeans e uma blusa discreta vermelha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

Esse assédio, essa aproximação com o povo é uma facada no peito esquerdo da tucanalha.

milton tenorio pinto junior

O que os marketeiros não fazem? Uma mulher dessa, mas parece uma FNM carregada de ferro velho , descendo a Serra das Russas sem freio, tremendo é o desmantelo; tremendo é o peso que Lula tem que carregar nas costas....



31/05


2009

Popularidade de Lula volta a subir, mostra Datafolha

 Mesmo sob o impacto da crise financeira, o índice de aprovação do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou ao patamar recorde atingido em novembro do ano passado, pouco mais de um mês após o presidente ter afirmado que o "tsunami" da economia internacional chegaria ao Brasil com a força de uma "marolinha".  Segundo pesquisa Datafolha realizada entre os dias 26 e 28 de maio,69%dos entrevistados classificam o governo como ótimo/bom. A administração é regular para 24% e ruim/péssima para 6%. Em novembro de 2008, a taxa de aprovação do governo Lula chegou a 70%, mas caiu para 65% em março deste ano, quando a crise já havia afetado a economia brasileira e o próprio presidente reconhecido sua gravidade para o país, apesar de atribuí-la a "gente branca de olhos azuis".

Em comparação à pesquisa realizada entre os dias 16 e 19 de março, os índices de aprovação ao governo Lula apresentam um crescimento de cinco pontos entre os entrevistados com renda familiar mensal de até dez salários mínimos.
O presidente teve seu pior desempenho entre aqueles com renda superior a dez mínimos. Nesse segmento, sofreu uma queda de sete pontos percentuais, passando de 58% para 51% no mesmo período.

Segundo a pesquisa,Lula voltou a nota média de 7,6 alcançada em novembro do ano passado, a maior obtida por ele desde que assumiu a Presidência, em janeiro de 2003.  O diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, diz que "a queda anterior era o efeito direto da crise". Mas que, "com a população mais confiante quanto ao desempenho do governo frente à crise, o governo recuperou o nível de aprovação". Ainda segundo o Datafolha, 63% dos entrevistados apontam como ótima/boa a performance do governo Lula na área econômica, a melhor avaliação desde 2004. O desempenho do governo é regular, nesse quesito, para 29%dos entrevistados, sendo ruim/péssimo para 7%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

Lula desde o tempo do sindicato que vive na molesa a`te a casa que ele morava la em São bernado era do cumpadre sera que ele gastando do bolçco logo agora que ta grana do Brasil na mão.

rogerio rodrigues dos santos

Agora só falta falar que LULA estar pagando a matéria com o dinheiro do bolsa família. Isso é fruto de uma oposição que tiveram oportuinidade de fazer e nada fizerão. Fora PSDB, DEMOS......

Emanuel Fernandes

Tucanalha e Demos, o povo manda o recado; não adianta nada o que vocês tentam fazer contra o Presidente Lula, Datafolha confirma aprovação em nova pesquisa.

JARBASTA

Dá-lhe Lula!

uilma

Volto a repeti em terra de sego quem tem um olho è rei.