Gravatá IPTU 2019

15/03


2019

Governo arrecada R$ 2,377 bilhões à vista com leilão de 12 aeroportos

Do G1

Empresas estrangeiras dominaram o leilão de 12 aeroportos realizado hoje pelo governo na B3, em São Paulo. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com a disputa, realizada em três blocos, a arrecadação à vista do governo ficou em R$ 2,377 bilhões – valor R$ 2,158 bilhões acima do mínimo fixado pelo edital para o valor de outorga inicial. O ágio médio do leilão foi de 986%.

Além do valor à vista, as regras do leilão preveem ainda uma outorga variável a ser paga ao longo dos 30 anos de concessão estimada em R$ 1,9 bilhão para os três blocos de aeroportos concedidos. O investimento previsto nos 12 aeroportos ao longo do período de concessão é de R$ 3,5 bilhões.
O leilão confirmou a expectativa do governo de forte disputa e interesse de investidores estrangeiros.

"Vamos ver uma intensa competição. Uma forte demonstração de confiança do investidor estrangeiro no vigor do mercado brasileiro, na condução da política econômica e na possibilidade de termos reformas", disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, ao chegar na B3.

Este foi o quinto leilão de concessão de aeroportos do Brasil e o primeiro do governo Bolsonaro. Com o leilão de hoje, o número de aeroportos administrados pela iniciativa privada no país subirá de 10 para 22.

Atualmente, 7 operadoras internacionais já atuam no Brasil: o grupo suíço Zurich Airport (Florianópolis e Confins), o alemão Fraport (Fortaleza e Porto Alegre), os franceses Egis (Viracopos) e Vinci Airports (Salvador), o argentino Corporación América (Brasília e São Gonçalo do Amarante), Changi Airports, de Cingapura (RIOgaleão), e a Airport Company South Africa, da África do Sul (GRU Airport).

Bloco Nordeste

A espanhola Aena venceu o disputado leilão pelo principal bloco de aeroportos. Com oferta de outorga de R$ 1,9 bilhão – que surpreendeu os participantes do leilão – o consórcio vai administrar os aeroportos do bloco Nordeste, considerado o 'filé' das concessões desta sexta, que compreende os terminais de Recife, Maceió, João Pessoa, Aracaju, Juazeiro do Norte e Campina Grande.

A outorga mínima estabelecida pelo governo para o bloco era de R$ 171 milhões, pagos à vista. A proposta da Aena representa um ágio de 1.010%.

A previsão é que a empresa vencedora faça um investimento de R$ 2,153 bilhões nos seis terminais, sendo R$ 788 milhões nos cinco primeiros anos do contrato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Paulista Conectada

Confira os últimos posts



22/03


2019

Habeas Corpus de Temer fica para semana que vem

Parece que Michel Temer terá de de passar o final de semana na cadeia. O desembargador Ivan Athié, do TRF-2, mandou para a primeira turma da Corte o pedido de liminar feito pela defesa do ex-presidente e inclui o caso na pauta da próxima quarta-feira, 22. A esperança do emedebista de receber de volta sua liberdade antes da sessão do TRF-2 está nas mãos de Marcelo Bretas. Athié pediu ao juiz federal, que acatou requisição do MP para prender preventivamente Temer, que se manifeste em 24 horas sobre o requerimento da defesa. As informações são do Blog do Fausto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

22/03


2019

Sefaz apreende carga na saída do Porto de Suape

Nesta semana, a Secretaria da Fazenda do estado de Pernambuco  concluiu uma operação de apreensão de dois contêineres com produtos importados da China. Na ocasião, o proprietário apresentou notas correspondentes ao carregamento de fibra sintética (matéria-prima) a serem utilizadas na Indústria Têxtil e não de produtos acabados.

“Ao realizar a conferência física das mercadorias, os auditores-Fiscais da SEFAZ verificaram que se tratava na realidade de rolos de tecidos sintéticos já prontos, cujos valores são superiores ao produto declarado na importação, o que torna a operação irregular pelo fato da mercadoria não ser a descrita na documentação fiscal”, explicou um representante da diretoria Geral de Operações Estratégicas-DOE, da SEFAZ-PE.

As mercadorias apreendidas estão avaliadas em R$ 1.170.000,00,  o que resulta em um crédito tributário no valor de R$ 210.600,00, e esse, quando somado a multa de R$ 189.540,00, totaliza em R$ 400.140,00. O proprietário da mercadoria se prontificou de regularizar o pagamento para  adquirir o direito de liberação da mercadoria.

O auditor e gerente de Fiscalização da Central de Operações de Carga, Pedro Tafuri, explica que “a fiscalização das importações neste segmento é importante para o Estado,  já que visa evitar o ingresso de tecidos e confecções irregulares, que também prejudica as empresas do Polo de Confecções do Agreste do Estado e ameaça os empregos gerados na região”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

22/03


2019

“João Campos está usando uma caneta de ouro”, ironiza líder da oposição no Recife

O líder da oposição na Câmara Municipal do Recife, vereador Renato Antunes (PSC), em entrevista a este blog, fez duras críticas ao que classificou como superpoder do deputado federal João Campos (PSB) junto à Prefeitura do Recife. 

Para Antunes, nos lugares onde o deputado têm andado na capital, os problemas começam a ser resolvidos. 

“Não estou aqui para discutir se João Campos é o não é o candidato do PSB à sucessão de Geraldo Julio. O fato que chama atenção é que ele tem usado uma caneta de ouro para resolver problemas pela cidade. Onde João passa a mão à gestão manda executar. O detalhe é que o Recife de verdade não é esse da propaganda. Estou lançando um desafio ao deputado João Campos pra que ele ande conosco em várias escolas da cidade por exemplo. Já que ele tem o poder de resolver que nos acompanhe em alguns pontos críticos da nossa capital e nos ajude a solucionar problemas antigos”. 

O vereador Renato Antunes (PSC) é um dos entrevistados de hoje do programa Frente a Frente. Você ouve, a partir das 18h, pela Rádio Folha 96,7 FM e por mais de 30 emissoras em todo interior do estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

CPI do BNDES pode funcionar já na próxima semana

Autor do pedido de criação da CPI do BNDES, o deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) acredita que a comissão poderá iniciar seus trabalhos já na próxima semana, na Câmara. O principal objetivo da comissão será investigar o financiamento feito pela instituição para empreendimentos no exterior.

Na opinião de Macris, que deverá presidir a CPI, a primeira providência da comissão será chamar o presidente do BNDES, Joaquim Levy, que já se colocou à disposição para prestar informações. “As investigações da CPI serão muito importantes para sabermos como esses recursos foram usados e se realmente foram utilizados a favor do interesse dos brasileiros”, disse Macris


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Bolsonaro lidera a oposição ao seu governo

Por Silvio Costa*

Discordo da tese do presidente Jair Bolsonaro de que a corrupção é filha do presidencialismo de coalizão e que Michel Temer foi preso por causa dessa tal governabilidade. Os políticos vão presos por causa dos seus malfeitos, independente do sistema de governo.

No Brasil, nunca vi tamanho ataque de um chefe do Poder Executivo ao Congresso Nacional. O capitão deveria saber que, exceto nas ditaduras, ninguém governa sem o apoio do Legislativo.

Vou relembrar um episódio recente da política brasileira. No governo da presidente Dilma, por exemplo, os articuladores do impeachment começaram a elaborar o Ministério de Temer com muita antecedência.

Tinham certeza da vitória e sabiam que precisavam entregar ao mercado os compromissos elencados no documento ‘Uma ponte para o futuro’. Fizeram isso com maestria política. Conheciam as dores e os sorrisos de cada parlamentar do Congresso Nacional. Fundaram um condomínio de poder, onde os partidos PMDB, PSDB, PP, PR, PSD, PRB e DEM tinham um ministério para chamar de seu. Aos menores partidos ofereceram cargos nos segundo e terceiro escalão.

Fiz oposição ao governo Temer, porém seria leviano de minha parte não reconhecer que Temer fundou o verdadeiro presidencialismo de coalizão. Em função disso, aprovou a reforma trabalhista e teria aprovado a reforma da previdência se não tivesse ocorrido o escândalo da JBS. Mais uma vez estamos tentando aprovar a reforma da previdência.

Dessa vez, temos um presidente que se elegeu negando a política, um presidente  que como deputado federal votou contra a reforma da previdência, que escalou um ministério onde parte dos ministros também criminaliza a política, um presidente que continua fazendo campanha e que usa as redes sociais como um dos pilares da sua gestão. Quem conhece um pouco do Congresso Nacional sabe que com esse enredo a reforma da previdência é natimorta. Reconheço a competência de Jair Bolsonaro, líder da oposição ao governo Bolsonaro. Já conseguiu derrotar a reforma da previdência e daqui a pouco tempo vai conseguir derrubar o governo.

Sugiro ao presidente Bolsonaro que envie um zap ou Twitter para os ex-presidentes Fernando Color e Dilma Rousseff. Eles sabem o caminho das pedras.

*Professor e ex-deputado federal por Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Para Ciro, prisão de Temer “fere a Constituição”

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) fez todo um prefácio do histórico de críticas recentes já feitas por ele ao ex-presidente Michel Temer para concluir que a prisão do emedebista “não se sustenta”. “Afronta o melhor direito, fere a Constituição”, escreveu o ex-presidenciável no Twitter, hoje, segundo o Portal BR18.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Paulo anuncia novas políticas públicas em favor das mulheres

Durante evento em alusão ao Dia Internacional da Mulher, ontem, no Centro de Convenções, em Olinda, o governador Paulo Câmara, ao lado da vice-governadora Luciana Santos, anunciou novas ações concretas em favor da população feminina de Pernambuco. Entre elas, a criação de mais três Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher e o anúncio do decreto Nº 47.218/2019, que trata de medida protetiva de urgência para a suspensão da posse ou restrição do porte de armas de agressores enquadrados na Lei Maria da Penha. Também foi lançada a 12ª Edição do Anuário 8 de Março – 2019, documento que apresenta as ações realizadas pela Secretaria da Mulher em 2018 e o planejamento das metas e prioridades para 2019.

“A partir de hoje, no Estado de Pernambuco, constitui-se dever da autoridade policial adotar medidas efetivas que possibilitem até mesmo a suspensão da posse de arma de fogo registrada em nome do agressor denunciado, como forma de evitar um mal maior às vítimas consideradas em situação de risco”, afirmou Paulo Câmara. Com relação às novas delegacias, o governador explicou tratar-se de uma ação que reconhece o relevante papel das Delegacias Especializadas já em funcionamento, e garante que os investimentos nesse segmento tendam a aumentar, por tratar-se de um dos eixos mais importantes da Política de Segurança Pública do Estado.

O chefe do Executivo estadual também assinou termos de cooperação técnica. Um deles, entre as secretarias da Mulher e de Saúde, que estabelece uma ação para o desenvolvimento da 3ª Edição do Plano Intersetorial de Atenção Integral à Saúde da Mulher em Pernambuco; outro, entre as secretarias da Mulher e de Emprego, Trabalho e Qualificação, que estabelece condições de cooperação mútua visando o desenvolvimento das políticas, programas e projetos coordenados pelas duas pastas voltados para o fortalecimento sociopolítico, produtivo, empreendedor e tecnológico das mulheres pernambucanas; e ainda um entre o Governo Estado e a Assembleia Legislativa – para o Concurso de Fotografia Marylucia.

“Estamos dentro das comemorações do mês da mulher, mas sempre preocupados com políticas públicas que possam fazer realmente a diferença e dar combate a qualquer tipo de discriminação, violência ou qualquer fato que possa colocar em dúvida desigualdades que ocorrem em relação às mulheres. A gente tem o simbolismo de fazer esse evento no mês de março, mas com a consciência de que tem muita coisa a ser feita durante todos os dias todo ano”, reforçou o governador.

Outro decreto assinado por Paulo Câmara durante a solenidade foi o Nº 47.219/2019, que convoca a V Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres. Ele também anunciou novas ações para melhoria das condições de vida das mulheres no Estado. São parcerias nas áreas do Enfrentamento à Violência de Gênero, Chapéu de Palha Mulher e dos prêmios Naíde Teodósio de Estudos de Gênero e Mulher Idosa Anita Paes Barreto.

A vice-governadora Luciana Santos destacou o empenho de Paulo Câmara em aplicar políticas públicas em prol das mulheres, e reiterou que o caminho de luta persistirá. “Estamos diante de um evento que procura afirmar a necessidade de um encontro entre mulheres para prestar contas das políticas públicas, mas também para afirmar novos rumos, uma agenda para o futuro. Procurarei retribuir a confiança que me foi depositada e tenho consciência do papel que preciso cumprir. Vamos persistir nesse caminho e ampliar ainda mais nossas conquistas”, afirmou Luciana.

A secretária da Mulher, Sílvia Cordeiro, destacou os avanços que a população feminina de Pernambuco obteve ao longo dos 13 anos de existência da sua pasta. Entre eles, o decreto abolindo do Boletim de Ocorrência policial o motivo de crime passional, agora classificado como feminicídio “Esse foi um passo muito forte para combater o machismo”, pontuou. Sílvia também frisou que cerca de 390 mil mulheres foram atendidas pelas ações da secretaria.

“Mais de 16 mil mulheres foram protegidas pelos serviços disponíveis aqui no Estado nos casos de abrigamento de mulheres em risco de morte. Nossas ações de prevenção chegaram a 2,5 milhões de mulheres. São cerca de 600 serviços fortalecendo a rede articulada de proteção, que vai dos hospitais a delegacias, centros de assistência social, organismos de políticas públicas para as mulheres e aparato do sistema de justiça”, registrou Sílvia Cordeiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5

22/03


2019

TRF-2 deve julgar Habeas Corpus de Temer

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região deve julgar ainda nesta sexta-feira, 22, o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Michel Temer. O ex-presidente foi preso ontem numa operação da Lava Jato e está detido na Superintendência da Polícia Federal no Rio. Existe a previsão de que ele preste depoimento ainda hoje, informa o Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Maia pode desistir da articulação pela reforma

Principal articulador da reforma da Previdência até o momento, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ameaça deixar o posto porque tanto não vê reconhecimento do governo Bolsonaro pelo trabalho que tem feito, em contraposição à falta de articulação política do Palácio do Planalto, quanto pelo fato de ser achincalhado na internet pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente da República, que turbinou a disputa por espaço travada entre Maia e o ministro Sérgio Moro.

Irritado, Maia ligou para o ministro Paulo Guedes, que procurou acalmá-lo, informa o Estadão. Jair Bolsonaro foi um dos que entraram no caso para apagar o incêndio em busca de um “basta” à guerra no ambiente digital.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Maia vai derrubar bolsonaro e moro.



22/03


2019

Paulo Câmara inaugura Adutora do Moxotó no Sertão

O governador Paulo Câmara inaugura, hoje, mais uma importante obra hídrica: a Adutora do Moxotó, localizada no Eixo Leste da Transposição, no município de Sertânia. A tubulação levará água do rio São Francisco para dez cidades do Sertão e Agreste do Estado, beneficiando 400 mil pessoas.

Na ocasião, também será inaugurada a 1ª etapa da Adutora do Agreste, obra que recebeu até agora um aporte de R$ 400 milhões. Desse total, pouco mais de R$ 85 milhões foram destinados à Adutora do Moxotó. A execução das obras contempla o abastecimento das cidades de Arcoverde, Pedra, Venturosa, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Caetano e São Bento do Una. 

A Adutora do Moxotó foi a alternativa adotada pelo Governo do Estado para antecipar a chegada da água do Rio São Francisco à região Agreste – mesmo sem a construção do Ramal do Agreste. O equipamento foi construído por meio de uma parceria entre o Governo de Pernambuco e o Ministério da Integração Nacional. A inauguração contará com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Estrago institucional pode afetar a reforma

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coluna do Estadão

Qualquer que seja a decisão sobre o recurso do ex-presidente Michel Temer, o sentimento no mundo político é de que o estrago institucional já foi feito pela Lava Jato. Se a prisão for revogada nas cortes superiores, ficará a impressão de que os “traidores do povo” outra vez serão os altos magistrados em conluio com a “velha política” e, assim, a escalada da crise seguirá turbinada.

Por isso, enquanto bolsonaristas comemoravam as prisões, líderes avaliavam não haver mais clima favorável para a reforma da Previdênciae o pacote de Sérgio Moro.

Além de uma bancada ainda relevante, o MDB possuiu parlamentares influentes no Congresso e Temer, que já presidiu a Câmara e o País, mantém bom trânsito em várias bancadas.

Um líder observa que nem mesmo Sérgio Moro teve coragem de deter o ex-presidente Lula em prisão preventiva. O petista só foi para o cárcere depois da condenação em segunda instância.

Dentro do MDB, a sensação ontem era de que o partido sai ainda mais desgastado do episódio, mas, se os bolsonaristas continuarem comemorando as prisões, poderão também perder com a operação autorizada por Marcelo Bretas. Correm o risco de machucar o único parlamentar capaz de levar adiante a reforma da Previdência hoje na Câmara: Rodrigo Maia, genro de Moreira Franco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaro tem queda acentuada. Diz IBOPE.



22/03


2019

Rumor: deleção premiada na cola de um dos ministros do Supremo

O STF (Supremo Tribunal Federal) voltou a entrar em alerta na quinta (21), com rumores de que uma delação premiada pode atingir, ainda que indiretamente, um dos ministros do tribunal.

Os CDS (Credit Default Swap) brasileiros, espécie de papel que funciona como um seguro contra a inadimplência de um país, dispararam na quinta (21) depois da prisão de Michel Temer. 

Eles chegaram a 166 pontos, contra 160 em dias anteriores.

Nada, no entanto, parecido com os 309 pontos que alcançaram na época da campanha presidencial.

Para o economista André Perfeito, da Necton, a prisão estava sendo percebida como algo que poderia piorar o já conturbado ambiente político, dificultando a reforma da Previdência. (Mônica Bergamo – Folha do S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Temer vivia momentos de amargura antes de ser preso

Ex-presidente reclamava por não recebia os devidos créditos pelo que julga bons feitos

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

Michel Temer vivia momentos de amargura antes de ser preso. Relativamente isolado depois de deixar o cargo, o ex-presidente gastava parte do tempo devorando jornais. E reclamando que o atual governo e a mídia não davam a ele os devidos créditos pelo que considerava coisas boas que fez ao país.

O próprio ex-ministro Moreira Franco (MDB-RJ), que foi preso também na quinta (21), aconselhava Temer a relaxar mais. Dizia que ele tinha que virar a página e se desapegar do tempo em que foi presidente.

O ex-presidente estava também distante de alguns de seus melhores amigos, de quem se afastou quando comandava o país.

Quando o ex-presidente Lula foi preso, em 2018, Moreira Franco, ainda no governo, comparou a situação dele à de um homem sobre um lago congelado.

Ele dizia que o gelo começou a quebrar vagarosamente em torno de Lula, formando um círculo. Quando o último pedaço se quebrou, o petista afundou. E submerso no lago ficaria, congelado talvez para sempre.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Prisão: resposta da Lava Jato ao Supremo Tribunal

Ministros de tribunais superiores viram na prisão de Temer uma resposta da Lava Jato às recentes derrotas no STF. Um integrante do STJ classificou os argumentos do juiz Marcelo Bretas para decretar a prisão como “roupa que cabe em todo mundo”. Procuradores rechaçaram qualquer timing político.

Nem com reza brava - O presidente da CCJ, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), ainda não conseguiu encontrar um colega disposto a relatar a reforma da Previdência na comissão. Ele sondou pelo menos cinco parlamentares, mas todos foram reticentes. Há receio de a proposta emperrar já no colegiado.  (Daniela Lima – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/03


2019

Dilma e a prisão do adversário Temer

ex-presidente Dilma Rousseff, apeada do cargo com o apoio do emedebista, ficou perplexa com a notícia de que ele havia sido preso. Sem entender o motivo, perguntou se havia “algum fato novo” que justificasse a medida.

Os procuradores que estruturaram o pedido de prisão de Temer começaram a trabalhar com afinco no caso uma semana antes do Carnaval. A peça que eles apresentaram à Justiça para validar o pedido de preventiva traz duas decisões dos ministros do Supremo Dias Toffoli e Gilmar Mendes, ambos garantistas.(FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha