FMO janeiro 2020

30/10


2018

PCR paga o salário de servidores, aposentados e pensionistas amanhã

A Secretaria de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoas informa que todos os 38.356 servidores da administração direta e indireta, além dos aposentados e pensionistas da Prefeitura do Recife receberão o salário do mês de setembro amanhã. 

O pagamento será feito dentro do mês trabalhado e representa uma injeção de cerca de R$ 171,7 milhões na economia da cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detra maio 2020 CNH

Confira os últimos posts



29/05


2020

Ouça a entrevista de Roberto Jefferson

Em entrevista ao Frente a Frente, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, sugeriu a interferência das Forças Armadas para solucionar a crise entre os Poderes em Brasília. Jefferson ainda comentou sobre a operação da Polícia Federal na última quarta-, na qual foi alvo. Ouça a entrevista na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima

29/05


2020

Editorial analisa a crise institucional que assola o País

No Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, o meu editorial foi sobre a crise institucional que acontece em Brasília. Envolvendo os poderes Executivo, Judiciário e Legislativo. Vale a pena conferir!

O Frente a Frente tem como cabeça de rede a Rádio Hits 103,1 FM, em Jaboatão dos Guararapes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura do Ipojuca

29/05


2020

Quarentena rígida não será prorrogada

O Governo de Pernambuco não irá prorrogar a quarentena mais rígida no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. A partir da próxima segunda-feira, as cinco cidades voltam a se submeter às mesmas regras de isolamento dos demais municípios pernambucanos.

As cinco cidades, que estão há quase duas semanas obedecendo à quarentena mais rígida, são responsáveis por 75% dos casos confirmados e 68% dos óbitos da Covid-19 em Pernambuco. O objetivo da maior restrição à circulação de pessoas nesses municípios foi o de reduzir a curva de contágio do novo coronavírus.

“Só teremos os dados completos com o resultado da quarentena no domingo, mas as informações preliminares mostram uma estabilização da epidemia. Não prorrogaremos as regras mais rígidas na Região Metropolitana, mas ainda precisamos manter o isolamento social”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Na próxima segunda-feira, o Governo de Pernambuco vai detalhar o plano de retomada das atividades econômicas no Estado. O estudo foi conduzido pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, da Fazenda, do Trabalho e Qualificação e de Desenvolvimento Urbano. A liberação das atividades será gradativa, respeitando as orientações sanitárias e com um período de 11 semanas para ser totalmente posta em prática.

O planejamento também inclui a análise da quantidade de trabalhadores por segmento e de que maneira o retorno de cada atividade influenciará em pontos complementares como o transporte público. A ideia é que os setores adotem horários diferentes de expediente para não saturar o sistema nos horários de pico.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Sou radicalmente contra o isolamento... ..de pássaros em gaiolas!

marcos

Quarentena rígida? Manda esse governador idiota dá uma chegada em Prazeres e Cavaleiro, pra ele ver a rigidez.Agora boa viagem, Porto de galinhas, piedade tem que fiscalizar pois dá muita mídia!



29/05


2020

Deputado dá o tom de racha no PP no Congresso

Blog do Heron Cid

Líder da Maioria na Câmara dos Deputados, o paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP) escreveu em suas redes sociais, hoje, que “democracia não se faz com robô. Democracia não se constrói de forma artificial”.

E disse mais: “Democracia se faz com o povo”. “Não podemos abrir mão do que temos de mais valioso em nosso país: a democracia. Construída a duras penas, ela ainda é a certeza do melhor caminho”.

As palavras são duras e expõe uma fissura: Arthur Lira, líder do PP, não levou toda a bancada do partido para os braços do governo no movimento do Planalto para atrair o Centrão.

Aguinaldo resiste e se alinha com a pluralidade da Casa. Lira prefere seguir o atalho pela via do governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

29/05


2020

Forrozeiros reclamam autoria do “Forró de Pé de César”

A utilização em uma live do nome de uma das tradições do sertão de Pernambuco, o “Forró de Pé de César” está gerando uma polêmica em Petrolina.

Os forrozeiros do município reclamam a autoria do nome por assim designar, há mais de 20 anos, uma manifestação cultural que sai às ruas da cidade com sanfona, zabumba e triângulo no ônibus da Frevuca.

Segundo o criador do 'Forró de Pé de César', o ex-presidente da Associação Brasileira de Odontologia (ABO – Regional Petrolina) e ex-vereador, César Durando, a atração já virou uma tradição no Vale do São Francisco com repercussão em toda região Nordeste. "Todos os anos surpreendemos os moradores do centro e bairros da cidade com muito xote, xaxado e baião e a participação de nomes representativos do forró a exemplo de Nádia Maia e Genival Lacerda".

César Durando, que tem seu nome associado à cultura local, e inclusive foi o autor dos projetos de lei que instituíram o Dia Municipal do Repentista (28 de maio) e o Dia Municipal do Sanfoneiro (na terceira sexta-feira de junho), adiantou que vai  entrar em contato com os organizadores da live para que seja substituído o nome do evento que está marcado para o próximo dia 6.

"A coordenação da live pode até usar o nome desde que admita publicamente que o 'Forró Pé de César, sempre Durando' é originalmente de Petrolina, surgiu aqui e é de nossa autoria", concluiu César Durando.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

29/05


2020

Deputado pede retomada do Projovem Urbano

Por meio de proposição apresentada à Assembleia Legislativa, na manhã de hoje, o deputado Guilherme Uchoa Júnior solicitou ao governador Paulo Câmara e ao secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio, que procurem viabilizar junto ao Ministério da Educação (MEC) uma nova edição do Projovem Urbano.

O programa tem por objetivo principal elevar a escolaridade de jovens com idade entre 18 e 29 anos, que saibam ler e escrever e que não tenham concluído o ensino fundamental. A conclusão dessa etapa se dá através da modalidade de educação de jovens e adultos integrada à qualificação profissional e ao desenvolvimento de ações comunitárias com exercício da cidadania, na forma de curso, de acordo com o art. 81 da lei n° 9394, de 30 de dezembro de 1996.

O programa concede, ainda, auxílio financeiro mensal aos jovens atendidos, no valor de R$ 100,00, condicionado a 75% de presença nas atividades presenciais.

Uchoa revelou que há em conta bancária da secretaria estadual de Educação e Esportes recursos no valor de R$ 11 milhões, referente a saldos financeiros de edições anteriores do programa. Mas explicou que a utilização desses recursos depende de uma decisão do MEC, porque o estado é apenas o executor.

"Nesse sentido, formulo apelos tanto ao governador como ao secretário para que façam gestões junto ao Ministério para viabilizar uma nova edição do programa", explicou.

Disse também que o Projovem Urbano cumpre um papel importante não só na conclusão do ensino fundamental, como na inserção do jovem no mercado de trabalho. A formação do programa dura um ano e meio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

29/05


2020

Conflito: Jefferson sugere solução via Forças Armadas

Em entrevista gravada, há pouco, para o Frente a Frente, o presidente do PTB, Roberto Jefferson (RJ), aliado do presidente Bolsonaro que teve sua casa revistada pela Polícia Federal esta semana, a mando do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, sob a acusação de ofensas por parte dele aos ministros da corte suprema da justiça brasileira, defendeu que as Forças Armadas recorram ao Artigo 142, da Constituição Federal, e institua o Poder Moderador, para pôr fim a crise entre o Executivo e o Judiciário.

“Se o Supremo tiver razão no inquérito, que se afaste o presidente e assuma o vice Hamilton Mourão. Se, ao contrário, a razão estiver com o presidente, que sejam destituídos os 11 ministros do STF e nomeados igual número de substitutos”, pregou o líder trabalhista, adiantando ter plena certeza que essa causa será ganha pelo presidente da República, porque, segundo ele, o inquérito do ministro Alexandre de Moraes será arquivado por falta de provas e substância jurídica.

Sobre a invasão pela PF ao seu apartamento, no Rio, Jefferson disse que foi uma tentativa do ministro Alexandre de Moraes de intimidar, constranger e censurar, e mostrou-se disposição para brigar: “Ele, o Alexandre, bateu na porta errada. Se acha que vai me intimidar, está enganado. Para essa briga, já estou com a faca nos dentes e o machado nas mãos. Não é um trapo rasgado da toga dele que vai me calar”, disse, adiantando que o ministro comprou a contenda com o “cara errado”.

Roberto Jefferson disse, ainda, que Alexandre de Moraes é um ministro desmoralizado, que não impõe respeito a quem quer que seja. “Um cara que foi advogado do PCC, o maior grupo de meliantes e traficantes do País, não merece respeito. Vai apanhar duramente de mim”, afirmou. O ex-deputado disse que a operação da PF em sua casa foi humilhante.

“Entraram no close da minha mulher e mexeram até nas suas calcinhas e outras peças íntimas”, desabafou, adiantando que os agentes federais, achando pouco, também vasculharam a casa da sua ex-esposa, em Niterói, no Rio, de quem está separado há 20 anos. Imperdível, a entrevista vai ao ar às 18 horas pela Rede Nordeste de Rádio, formada por 37 emissoras, tendo como cabeça de rede a Hits 103,1 FM, no Grande Recife.

Se você deseja conferir a entrevista pela internet, duas opções: neste blog, basta clicar no botão Rádio acima ou baixar o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio no Play Store.

E bom programa!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Roberto Jeffersom o ídolo do clã Bozonaro e do idiotas úteis!

marcos

Roberto Jeffersom o ídolo das esquerdas e do idiotas úteis!


Shopping Aragão

29/05


2020

Marília pede união para se discutir o pós-lockdown

Para a deputada federal Marília Arraes (PT) o Governo do Estado, que ontem anunciou uma retomada gradual das atividades econômicas sem dar detalhes da ação, continua sem fazer a devida articulação com a sociedade para tomar decisões mais acertadas. 

“O pós-lockdown tem que ser discutido do ponto de vista da saúde pública, mas é preciso também que entidades como FIEPE, CDL, SEBRAE e Porto Digital, dentre outras, façam parte desta formulação, e não sejam apenas consultadas. São as entidades, a sociedade civil organizada, e não apenas o Governo do Estado, que poderão indicar a melhor ação preventiva”, afirma Marília.

Marília reforça que o pós-lockdown deve ser encarado como uma ação preventiva que vai requerer conscientização, organização e disciplina tanto por parte da sociedade quanto das entidades e do setor público. “O que percebo é que há um estudo encomendado, ou consultas feitas, que não trazem a profundidade necessária que possa nos indicar o caminho mais seguro a ser trilhado. Em resumo, como voltar ao normal com segurança é o debate que precisa ser feito”.

Marília também lamenta o fato da Bancada Federal (deputados e senadores) não ter sido consultada institucionalmente para discutir a pandemia, o lockdown e muito menos o pós-lockdown, o que reforça a impressão de que tudo está sendo feito sem os devidos cuidados. “Estou à disposição e acredito que toda a bancada federal também para participar deste debate”, conclui.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/05


2020

PL tipifica crime de agressão a jornalistas

Em entrevista ao jornalista Napoleão de Castro, da TV Bandeirantes, o deputado federal Tulio Gadelha (PDT) explicou o Projeto de Lei que protocolou para que agressões contra jornalistas sejam crime tipificado.

Gadêlha propõe alteração do Código Penal para que as agressões contra profissionais da imprensa, que ocorrem com frequência por parte de apoiadores de Bolsonaro, sejam caracterizadas como um tipo específico de crime. Confira na reportagem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Roberto Jeffersom o ídolo do clã Bozonaro e do idiotas úteis!

marcos

Desculpem Túlio.

marcos

Tílio o namorado de Fátima Bernardes tem que puxar a sardinha para a lata da Coroa dele.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.



29/05


2020

Olinda consegue controlar as contas em meio à pandemia

Em meio à pandemia do novo coronavírus e uma retração na economia, o prefeito de Olinda, Professor Lupércio, está conseguindo controlar as finanças na cidade e a operacionalidade das obras que estão em andamento.

A gestão conseguiu realizar o pagamento dos servidores hoje e também inaugurou um hospital de campanha com 60 leitos para casos de Covid-19. As obras de requalificação da avenida Presidente Kennedy também estão em andamento. Esta primeira etapa compreende a instalação das peças de drenagem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/05


2020

Após IstoÉ, Recife está na Folha de São Paulo

Os escândalos e denúncias em Pernambuco com o mau uso dos recursos que deveriam salvar vidas agora chegou ao jornal Folha de São Paulo, que também cobrou e acusou o prefeito Geraldo Júlio (PSB) de total falta de transparência. A pergunta é cadê a Globo?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/05


2020

Soldados da saúde

Por Silvio da Silva Caldas Neto*

O nosso bem mais precioso é a vida e todas as nossas atitudes têm como maior objetivo defendê-la. Para algumas pessoas, os ganhos obtidos podem ser uma justificativa para arriscá-la. Quem se alista nas forças armadas sabe que poderá ser convocado para uma guerra. Mas, em momentos de grande ameaça, seria esperado que seus instintos agissem em sua defesa. Daí a necessidade do fortalecimento de valores como hierarquia e disciplina, em um patamar acima da própria existência. Senão, como evitar a deserção de soldados na hora de enfrentar a morte?

Na guerra que travamos agora, os soldados são os profissionais da saúde. O inimigo é implacável e a chance de serem vitimados no campo de batalha é enorme. Todos fizeram juramentos e devem obediência aos seus códigos de ética. Durante a formação, foram preparados para salvar pessoas, mas ninguém disse a eles que o custo disso poderia ser a própria vida. O dever de prestar socorro a uma vítima de acidente, de perder viagens, de sacrificar o convívio com a família, para estar à disposição do paciente, tudo isso foi ensinado e passou pela cabeça no momento do juramento. Mas perder a vida? Para isso ninguém está plenamente preparado. Ainda assim, esses profissionais estão combatendo no front, enfrentando, às vezes sem proteção adequada, a soma de todos os medos. Nunca viveram tamanho estresse. Um soldado não vai pra guerra sem capacete, sem uniforme, sem botina, sem cantil e sem fuzil. Os profissionais de saúde vão. Por isso são muito justas as homenagens feitas mundo afora a esses bravos.

Enquanto isso, os cursos de saúde se esforçam para entregar mais soldados, que vão formar novas fileiras à medida que colegas são atingidos nas trincheiras. Neste semestre, a Faculdade de Medicina do Recife – UFPE entregou à sociedade mais uma turma de médicos que já estão no combate. Foi uma colação de grau sem pompas, sem parentes, sem longos discursos, sem grandes plateias. Colaram grau em pequenos grupos, todos de máscaras, guardando distância. Mas foi histórica. Não só pelo momento, mas também porque, ao jurarem fidelidade à profissão, certamente passou na cabeça deles um drama com que as últimas gerações de médicos jamais sonharam. Entraram alunos. Serão heróis.

*Médico, professor e diretor do Centro de Ciências Médicas da UFPE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/05


2020

BB terá de bloquear anúncios em mais de 1 milhão de sites

O Banco do Brasil terá de bloquear anúncios em 1,2 milhão de sites, blogs e aplicativos – veiculados via Google – para cumprir a decisão tomada ontem pelo TCU, que proibiu o banco de anunciar em sites e blogs acusados de divulgar fake news, informa Lauro Jardim.

A estimativa, segundo o colunista de O Globo, foi feita pelas agências de propaganda que trabalham para o banco estatal. Elas estimam que cerca de 500 sites e blogs permanecerão recebendo os anúncios do BB.

O bloqueio será feito assim que a determinação do TCU chegar oficialmente ao banco. Pela decisão do ministro Bruno Dantas, a suspensão vai vigorar até que a CGU defina as normas de veiculação a serem seguidas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/05


2020

Mendonça critica silêncio de João sobre corrupção

O ex-ministro e pré-candidato a prefeito, Mendonça Filho (DEM), criticou, hoje, o deputado federal João Campos (PSB) pela nota em solidariedade ao prefeito Geraldo Júlio e contra as investigações da compra nebulosa de respiradores só testados em porcos e a uma empresa fantasma. “Depois de um longo e vergonhoso silêncio de consentimento e omissão diante da falta de leitos, das mortes e das inúmeras denúncias de desvio e descaso, era de se esperar que João Campos viesse à público, no mínimo, prestar solidariedade aos pacientes que aguardam atendimento e às famílias que perderam parentes por falta de leito de UTI”, cobrou, questionando a nota publicada por Joao Campos em suas redes sociais.

A compra pela Prefeitura do Recife de 500 respiradores pulmonares a uma empresa veterinária e testados apenas em porcos e sem aval da Anvisa foi denunciada por Mendonça Filho ao Ministério Público Federal, ao TCU e a Controladoria Geral da União.  Ontem a Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na sede da Prefeitura do Recife e na residência do secretário de Saúde na Operação Apneia, que investiga desvios e fraudes na compra de respiradores por solicitação do Ministério Público Federal e da Controladoria Geral da União. 

“João Campos foi eleito para defender os interesses do povo e não do seu grupo político fingindo que não vê o descaso com a saúde e ignorando a ação dos órgãos de controle e da Polícia Federal”, criticou. Segundo Mendonça, a postura de Campos é contra os interesses do povo. “O desvio de recursos e o descaso na compra de um equipamento fundamental para salvar as pessoas, apenas testado em porcos, é crime contra a vida”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Esse rapaz é chato, não suporto esse senhor até a voz dele é irritante.

marcos

Rapaz chato, e você quer ele para Prefeito ou para ser seu Namorado. Deixa de ser trouxa.

marcos

Esse Fernandes,tem uma queda por picareta, só defende ladrão. Vai ser ruim assim na tua casa.

Fernandes

Esse rapaz é chato, não suporto esse senhor até a voz dele é irritante.



29/05


2020

Tudo ou nada

Pré-candidato do PSB a prefeito do Recife, o deputado federal João Campos saiu da toca. Aconselhado por seu marqueteiro e pressionado pelo padrinho da sua candidatura, o prefeito Geraldo Júlio, aceitou colocar suas digitais no escândalo do superfaturamento de compras pela Prefeitura com recursos federais destinados à compra de equipamentos médicos e de pacientes da Covid-19.

Em suas redes sociais, defendeu o prefeito das acusações de malversação do dinheiro público, objeto de reportagem também da revista IstoÉ, cujo texto postamos logo cedo, sendo possível conferir entre as postagens anteriores. "São dois servidores públicos honrados", disse, referindo-se também ao secretário de Saúde do município, Jailson Correia, que teve seu gabinete e casa vistoriados na operação de ontem por agentes da Polícia Federal.

Esquece o deputado que quem está acusando de desonesta a gestão do seu aliado não é a oposição nem a mídia. Tudo é fruto de um trabalho investigação dos órgãos de controle, como Ministério Público de Contas do Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/05


2020

Cadê a decolagem do PIB antes da pandemia?

Nota

O PIB do primeiro trimestre, conhecido nesta manhã, apenas confirma o que já se sabia: em nenhum momento de seu mandato até agora, o presidente Jair Bolsonaro foi capaz de fazer a economia brasileira voltar a crescer.

A queda de 1,5% entre janeiro e março revelada pelo IBGE joga por terra a narrativa, recorrente, do ministro Paulo Guedes segundo a qual a pandemia do novo coronavírus interceptou a decolagem da economia do Brasil. Retórica vazia, resultados pífios, como se vê. O país está em isolamento social desde meados de março o que impacta apenas um sexto do período examinado.

O presidente perdeu tempo precioso de seu primeiro ano de mandato com picuinhas ideológicas e comportamentos inadequados. Desdenhou da real necessidade dos brasileiros: voltar a ter emprego e bem-estar. Esse tempo deveria ter sido empregado no impulsionamento de reformas estruturais para reavivar a economia. Agora, infelizmente, pode ser tarde demais.

O risco que corremos agora é, em meio à mais grave crise econômica, social e sanitária da história recente, que tem vitimado mais de mil brasileiros por dia, o país afundar muito mais, numa viagem ao fundo do poço só comparável à ruína produzida pelo PT enquanto esteve no poder.

Partido da Social Democracia Brasileira


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores