Versão Agreste Meridional

02/01


2017

Ex-prefeita de Floresta deixa mais de R$ 9 mi em caixa

Durante a cerimônia de posse do executivo e legislativo, realizada ontem, no município de Floresta, a ex-prefeita Rorró Maniçoba, em seu discurso, além de fazer uma prestação de contas de todas as ações desenvolvidas nos seus oito anos de gestão, deixou registrado o montante de recursos que fica disponível para esta nova administração.

No total, ficam disponíveis para atual administração municipal, mais de R$ 9 milhões para serem utilizados em infraestrutura, educação e saúde. Recursos capitados por Rorró Maniçoba, mas que só foram liberados neste fim de mandato.

“É preciso investir mais, não há dúvidas sobre isso. Mas, certamente, com todo esse dinheiro garantido, é possível, desde já, fazer uma boa administração”, ressaltou Rorró Maniçoba.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Versão Sertão do São Francisco

Confira os últimos posts

24/01


2007

Heloísa e Alckmin de volta às salas de aula

''Reprovados’ na disputa à presidência da República em 2006, Geraldo Alckmin (PSDB) e Heloísa Helena (PSOL) devem voltar à vida acadêmica este ano, num período de ''recuperação'' para as próximas eleições, em 2008. Sem cargo nem mandato, eles voltarão a dar aulas.

Heloísa começará, em março, na Universidade Federal de Alagoas. O mandato dela no Senado acaba dia 1º de fevereiro. Ela reassumirá a função de professora auxiliar de Epidemiologia após 15 anos.

Antes de iniciar as aulas, Heloísa já pediu redução de carga horária, de dedicação exclusiva para 20h semanais. Alegou que terá de organizar o 1º congresso do PSOL, em junho. Heloísa é cotada como candidata a prefeita em 2008: pode concorrer no Rio, onde teve boa votação, ou Maceió.

Alckmin retomou a carreira de professor anteontem à noite, com aula inaugural na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap) em São José dos Campos. Antes de assumir a vaga, Alckmin irá aos Estados Unidos para estudar em Harvard até junho. Ser professor, diz, não significa abandonar a carreira política. Informações Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

E AINDA RECLAMAM, DO NÍVEL DO ENSINO BRASILEIRO. COMO O PROCESSO É DINÂMICO, SERIA DE BOM ALVITRE, UMA "RECICLAGEM", PARA À DUPLA...


Versão Agreste Central

24/01


2007

Fernando Noronha terá redutores de velocidade

O Departamento de Estradas Rodagens (DER) começa a instalar redutores de velocidade na BR 363 no Arquipélago de Fernando de Noronha. Ao todo serão colocados 12 redutores, tendo cinco deles já sido instalados em pontos estratégicos, como nas proximidades da escola e na descidas de ladeiras.

A estrada federal tem sete quilômetros e meio, e cruza a Ilha de ponta a ponta, do Porto de Santo Antônio a Praia do Sueste. A medida atende a uma solicitação da Polícia Militar. Nos últimos anos tem crescido o número de acidentes de trânsito em Noronha. Em 2006, a PM registrou sete acidentes com duas vítimas fatais. Informações Pernambuco.com.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Versão Sertão do Moxotó

24/01


2007

Agripino prevê disputa acirrada no Senado

Candidato da oposição à presidência do Senado, o senador José Agripino (PFL-RN), afirmou nesta quarta-feira (24), em entrevista à rádio CBN, que prevê uma disputa acirrada contra Renan Calheiros (PMDB-AL), candidato à reeleição, na eleição do dia 1º de fevereiro.

''Apesar de menos comentada do que a da Câmara, a eleição no Senado está longe de representar favoritismo para um lado ou para o outro. É um quadro parelho, de muita disputa. Se as conversas que eu mantive forem verdadeiras, e não há porque duvidar, a definição do ganhador será por uma pequena margem'', disse Agripino.

Para Agripino, sua vitória significaria a independência do Congresso com o poder executivo. ''Não temos mais que aceitar a ingerência do poder executivo. Se o Renan ganhar no Senado, o governo estará com tudo, pois deve fazer o presidente da Câmara.''

O senador do PFL também defendeu mudanças nas regras para edição de medidas provisórias (MPs) pelo governo. ''Trabalharei para que o Congresso volte a ter a iniciativa. Hoje, o Senado é entupido de medidas provisórias, o que trava a pauta de votações.'' Informações Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/01


2007

Prefeitura de Paulista recebe concursados hoje

Sessenta e três aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura do Paulista em 2006 serão nomeados nesta quarta-feira. A solenidade está marcada para as 9h, no Clube Municipal do Nobre. Os novos servidores vão reforçar o efetivo do governo municipal. São 57 guardas, três agentes administrativos e três técnicos em edificações. Os novos servidores começam a atuar a partir do dia primeiro de fevereiro. Com a nomeação, a prefeitura passa a contar com 1.031 funcionários aprovados no processo seletivo. Informações Pernambuco.com.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina | Sao Joao

24/01


2007

PT: um motor de confrontos

O Partido dos Trabalhadores entrecortou-se de tendências desde o seu surgimento, em 1980. Essa superdivisão interna não foi capaz, no entanto, de tornar a agremiação incapaz de concorrer, disputar eleições em todos os níveis, vindo a conquistar espaços de poder bem antes de o metalúrgico e líder sindical Luiz Inácio da Silva ( ainda não tinha oficializado o nome Lula antes do Silva) disputar pela primeira vez a presidência da República.

Entretanto, essa superdivisão em tendências internas passou a ser uma tremenda dor de cabeça e um motor de confrontos dentro da legenda a partir do início do primeiro governo petista no Planalto. Isso é compreensível na medida em que uma organização política atinge o grande poder da República e suas divisões passam a se confrontar para impor tais ou quais políticas, orientações à administração pública", constata o jornalista Sérgio Augusto Silveira, em artigo bastante interessante que acabo de postar em Opinião. Vale a pena ler!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Flamac - 1

24/01


2007

Com o PAC, Lula resolve governar

O presidente Lula parece que decidiu governar. Lula, em seu primeiro mandato, não procurou construir um governo de coalizão; não promoveu, em parceria com o Congresso Nacional, as reformas estruturais; e nem criou um plano para possibilitar o crescimento da economia. Contudo, desta vez, após, aparentemente, deixar de escutar os conselhos do PT, e, por conseqüência, decidir disputar com FHC quem fez mais pelo Brasil, o presidente Lula criou o Programa de Aceleração do Crescimento – PAC.

Apesar de algumas críticas e da ausência de um calendário de reformas no âmbito da ação do Estado, o PAC traz propostas importantes, as quais, implementadas, podem fazer o Brasil crescer. A constatação é do  cientista político Adriano Oliveira, em artigo analítico sobre a eficácia do PAC. Seu texto acaba de ser postado em Opinião. Vale a pena ler!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner - Hapvida

24/01


2007

Dia Nacional do Aposentado é marcado por reivindicações

Nesta quarta-feira (24) é comemorado o Dia Nacional do Aposentado. Apenas em Pernambuco existem cerca de 1, 270 milhões de aposentados, que desde 2005 vêm sendo recadastrado pelo banco de dados do INSS. ''No mês de janeiro os beneficiários com benefícios terminados em zero ainda estão sendo chamados. O objetivo é fazer o censo, realizado a cada quatro anos, e evitar pagamentos in devidos'', disse Luís Ernesto Santa Bárbara, gerente executivo do INSS – Recife.


Mas a data também deverá ser marcada por reivindicações dos aposentados. ''Temos uma lista com um abaixo assinado e um projeto que está sendo levado ao congresso nacional, que fala sobre direitos dos aposentados. É uma luta em nível nacional e contamos com a participação de todos'', afirmou Vicente Fernandes Barbosa, presidente da Federação dos Aposentados-PE. Informações pe360graus.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

24/01


2007

Lula quer um 3º mandato com o PAC, suspeita oposição

 O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), lançado pelo presidente Lula anteontem, pode ter sido motivado pelo desejo do presidente Lula de pavimentar a estrada para obter um terceiro mandato, mas acabará caindo no vazio por se tratar de uma proposta tímida, baseada no aumento de gasto público e inspirada na onda populista que toma conta da América Latina. Quem faz esse diagnóstico são deputados de oposição. Para eles, há razão para cautela, mas não para pânico, pois não é grande a chance de o PAC ter resultados positivos.

A possibilidade de o presidente tentar uma nova reeleição foi cogitada pelo cientista político Leôncio Martins Rodrigues, professor aposentado da USP e da Unicamp. Para ele, o presidente Lula trabalha com a estratégia de, no decorrer do governo, criar e manter condições para, “no devido tempo”, começar a trabalhar por um terceiro mandato. “Não é fácil acreditar que, dispondo de uma aprovação, digamos, de 60% ou 65% no seu último ano e tendo uma quantidade tão grande de subordinados na máquina petista e aliada, ele mande parar as campanhas em favor de sua permanência”, disse o cientista político ao Estado anteontem.

O deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) disse que, “em se tratando de Brasil”, não duvida de que o presidente faça do PAC um carro-chefe que permita disputar um terceiro mandato. “Não duvide de nada”, afirmou. “Temos que estar sempre preparados para tudo, inclusive uma terceira candidatura do presidente, embora o PAC seja um programinha, uma consolidação do que já tinha.”   (Do Estado de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernando Vieira

Essa turma da oposição está mesmo em pânico. Esse comentário é a coisa mais ridícula que ouvi neste início de ano. Primeiro porque o PAC pode não ser uma Brastemp, mas é um bom plano. E segundo, que esse papo de querer comparar Lula com Chaves é risível...


Supranor 1

24/01


2007

Tribunais descumprem lei e ainda pagam supersalários

 Além do Tribunal de Justiça do Rio, os outros 13 tribunais continuam descumprindo a resolução do Conselho Nacional de Justiça sobre o teto salarial nos estados, que é de R$ 22.100, mas em São Paulo, por exemplo, há quem recebe até R$ 34.814,61 mensais. São eles: Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e o Distrito Federal.

O plenário do CNJ decidiu esperar 24 horas para receber os dados do TJ do Acre, que não haviam chegado até ontem. O prazo determinado para o envio das informações era dia 20.

Segundo o CNJ, a ação para o cumprimento da Resolução nº 13 está sendo positiva, pois apenas 14 dos 90 tribunais analisados ainda apresentam irregularidades.  (De O DIA)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Garanhuns 14/06/17

24/01


2007

Comandante vendia até fardas da PM a bandidos

 Ex-comandante do Grupamento Especial Tático-Móvel (Getam), o major Carlos Cardoso Fragoso, de 43 anos, foi preso ontem pela Polícia Federal (PF) e pela Corregedoria da PM. Ele é acusado de integrar esquema de negociação de armas, munição e drogas com traficantes da Favela do Muquiço, em Guadalupe, que resultou na Operação Tingüi, desencadeada pela PF no mês passado. Além do oficial, também foram detidos três praças do 9º BPM (Rocha Miranda), apontados como participantes do esquema. Outros dois homens de baixa patente do mesmo quartel estão foragidos.

Segundo as investigações da PF, Fragoso era o responsável pelo apoio clandestino de viaturas do Getam ao esquema. Ele já teria mandado homens sob seu comando fazerem operações na área não para reprimir, mas sim para garantir a chegada de carregamentos de armas e drogas aos traficantes. Sua voz foi reconhecida como a do homem que, em escutas telefônicas, oferecia a criminosos fardas do Batalhão de Operações Especiais (Bope). As conversas foram gravadas durante as investigações. Os pedidos de prisão foram determinados pela 1ª Vara Criminal de Madureira. (Informações de O DIA)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Mobi Brasil 1

24/01


2007

Mãe critica fotógrafo que em vez de salvar fotografou

 A costureira e diarista Márcia Jerônima Campos, 36 anos, que pulou em um poço para salvar o filho, ontem, e virou uma heroína em Franca, a 400 quilômetros de São Paulo, criticou o fotógrafo que registrou a cena, Tiago Brandão, 24 anos, do jornal Comércio da Franca. Ela afirmou que ele poderia ter ajudado a tirar o menino da água. “Eu não sabia se esganava o fotógrafo ou se pegava o meu filho. Se tivesse uma pedra na mão, jogava nele’’, disse Márcia ao jornal “Agora’, ontem, já rindo do susto.

As fotos feitas por Brandão ganharam destaque em alguns dos principais jornais do país, e suscitou uma polêmica: nesses casos, o fotógrafo deve fazer as fotos ou parar o trabalho e tentar salvar a vítima? Para a mãe Márcia, não existem dúvidas de que ele deveria ter socorrido seu filho. “A minha sorte foi que havia um senhor de idade e o motorista (Wilson Batista de Moura, 39, que estava à serviço do mesmo jornal). Eles me puxaram’’.  (Informações Folhapress)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

24/01


2007

Bastidores da política e do poder

 

        O estilo Eduardo Campos

 

Com praticamente um mês no poder, já dá para identificar o estilo do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Lembra algumas características de Lula: ruim cumpridor de horário (já tem muita gente reclamando dos grandes chás de cadeira no Palácio), adepto da tese de governar nas ruas, com muitas viagens e um pouco arredio ao contato com a Imprensa.

 

Nisso – a relação com os jornalistas – está a triste constatação. Ministro, ele se revelou em Brasília uma boa fonte para colunistas e coleguinhas que cobriam o dia-a-dia da pasta de Ciência e Tecnologia, como o signatário deste blog. Na campanha, de vez em quando ligava para passar informações exclusivas. Tudo bem que não há mais tempo para tantas coisas, mas a mudança foi muito radical.

 

Diferente de Jarbas, seu antecessor, que muitas vezes chegava com até 15 minutos antes do horário marcado para audiências ou solenidades, Eduardo só anda atrasado. Diferente de Jarbas, que nunca atendeu um pedido para ficar fora da folia em Pernambuco, Eduardo vai se dividir no Carnaval entre o Galo da Madrugada, o axé baiano e o desfile das escolas de samba no Rio de Janeiro.

 

Eduardo é bem mais concentrador, delega menos e não quer perder a inserção no plano nacional. Quando governador, Jarbas, que já era uma figura nacional, deu um mergulho na província e raramente a Imprensa nacional conseguia arrancar alguma declaração dele. Mas Eduardo tratou logo de se agarrar ao PSB, com unhas e dentes, acumulando a presidência nacional do partido. Nela, acha que está a grande oportunidade de dar seus pitacos, extrapolando as fronteiras do Estado.

 

Além de ser, claro, um tremendo gancho para estar mais próximo a Lula do que os demais governadores, que não têm um partido para cuidar, assumir compromissos e, por que não, descascar tremendos abacaxis.

 

Esse estilo vai dar certo? O tempo, que é o senhor da razão, um dia dirá.

 

A polêmica do dia 1 – Deve entrar em discussão na Câmara dos Deputados, tão logo comece a nova legislatura, a PEC 589/06, que dá aos Estados e ao Distrito Federal autonomia para criar um novo formato para as polícias. Autoriza, ainda, os municípios a criarem polícias municipais. Hoje, os municípios só podem ter guardas municipais, sem poder policial, apenas para defender e preservar os bens públicos.

 

A polêmica do dia 2 – Pela referida Proposta de Emenda Constitucional, os Estados passam a ter poder para adotar um regime jurídico comum para os integrantes das polícias. Na prática, policiais civis e militares passariam a ter um só regime. As corporações, hoje bastante distintas e divididas, irão aceitar? Alguns governadores tentaram unificar as polícias, mas nunca conseguiram. PM e agente civil são como água e óleo: não se misturam.

 

 

Quem abre? Coordenador político do Governo, o deputado não reeleito Ettore Labanca (PTB) disse, ontem, no meu programa, na Rádio Melodia FM 106.9, que a base governista só terá um candidato à Presidência da Assembléia Legislativa. Pelo seu tom, deve ser o pedetista Guilherme Uchôa, que já disse, reiteradas vezes, que não abre mão da sua candidatura.

 

PTB no poder – Amanhã, é dia de festa trabalhista na Prefeitura do Recife. Com a presença do presidente da CNI e principal líder do PTB no Estado, Armando Monteiro Neto, toma posse, às 11 horas, na Secretaria de Habitação, o ex-deputado José Humberto. Se o PT não sabotar, Humberto tem todas as condições de fazer um excelente trabalho no Governo João Paulo.

 

Fronteira do isolamento Ao entregar duas secretarias ao PTB e outra ao PSB, o prefeito João Paulo rompeu a fronteira da solidão. Não governa mais isolado com o PT. Por que ele fez isso? Quais as suas intenções? Como ficará dois anos sem mandato – de 2009 a 2010 – o prefeito está obcecado para fazer o sucessor. De preferência, João da Costa, seu fiel escudeiro.

 

 

 

Vapt-Vupt

 

* Em Petrolândia, na beira do rio São Francisco, o deputado neogovernista Lourival Simões, que fez a travessia oportunista do PV para o PR, partido da base de Eduardo Campos, tentou impedir que aliados históricos do governador colocassem outdoors na cidade com mensagens alusivas ao chefe de Estado.

 

* Um fato histórico lembrado, ontem, pelo deputado Roberto Magalhães: pela primeira vez há de fato o casamento de jacaré com cobra d´água na política brasileira: o PFL votando num comunista. É que a pefelândia fechou com a candidatura de Aldo Rebelo (PCdoB) à Presidência da Câmara.

 

* A deputada não reeleita Ana Cavalcanti (PP) toma posse na presidência do Instituto de Recursos Humanos – IRH – no próximo dia 2. Diz que está entusiasmadíssima para cumprir as metas estabelecidas pelo governador Eduardo Campos.

 

* O jornalista Elias Roma Filho, ex-DP, é o novo assessor de Imprensa do Procurador-Geral do Ministério Público de Pernambuco, Paulo Varejão.

 

* Para o deputado José Múcio Monteiro, líder do PTB na Câmara, já está configurado um quadro de segundo turno na eleição para presidente da Casa entre os deputados Arlindo Chinaglia, a quem apóia, e Aldo Rebelo. Gustavo Fruet, no seu entender, não tem, hoje, 100 votos e é, portanto, carta fora do baralho.

 

* A frase do dia: “O PAC (Programa de Aceleramento do Crescimento) deu uma nova roupagem aos velhos projetos do Governo que nunca saíram do papel”. (Deputado Roberto Magalhães, em meu programa de rádio, ontem, na Melodia, ao falar sobre o impacto das medidas).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cuidado jornalista, se o imperador Jarbas Vasconcelos, for tomar banho de mar e entrar com água pela cintura, o sr. morrerá afogado.

Flavio Campos Neto

Mas é uma vergonha mesmo a parcialidade deste blog... Jarbas não recebia ninguem, nunca dialogou com o povo, mantinha-se fechado e recebia apenas as elites do nosso estado. A imprensa está dentro dessa elite que mantem o nosso estado nesse atraso. Diferente de Jarbas, Eduardo é um lider nacional...

Ednaldo Ferreira

Só os que conhecem o Sr. Governador de campanhas políticas, ( quando ele e todos políticos ficam amáveis, e atenciosos) é que se estressam com seus comentários.

Ednaldo Ferreira

Magno, pelo amor de Deus me diga o que tem de novo nesse estilo de Eduardo?

Esse Guilherme é um baba ovo de Eduardo, dá para perceber. O Magno não está criticando Eduardo. Está mostrando apenas com é o seu estilo. Não há nada de agressivo no seu texto.


bm4 Marketing 4

24/01


2007

Idosa, aos 84 anos hoje, Previdência ''tortura'' aposentados

 Hoje, data em que a Previdência Social completa 84 anos e os aposentados deveriam celebrar seu dia, comemorações dão lugar a marchas da categoria pelo País. Se recentemente os beneficiários do INSS tiveram conquistas, como crédito consignado e antecipação de 50% do 13º, por outro lado ainda sofrem o achatamento salarial, que reduz a cada ano a renda dos 8 milhões de pessoas que recebem mais que o salário mínimo.

Se o reajuste anual do grupo com rendimento acima do piso fosse hoje, a correção seria de 2,81%, equivalente ao INPC dos últimos 12 meses até dezembro. A reposição da inflação é a única garantia assegurada por lei. Aumento maior depende de boa-vontade do governo e do Orçamento da União. Já os 16 milhões que recebem o piso sabem que terão correção de 8,6% agora em 2007 (de R$ 350 para R$ 380).

Esse índice de 2,81%, por enquanto, serve apenas como referência, já que o período a ser considerado no cálculo do reajuste será de abril de 2006 a março de 2007. Portanto, é necessário apurar a inflação dos primeiros três meses de 2007 para ter o percentual correto. Mas, se o governo não se dispuser a dar aumento real, a correção será mesmo de 2% a 3%, como indica a tendência de inflação desde maio de 2006.  (De O DIA)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/01


2007

Brincadeiras de PMs em serviço e turistas correm o mundo

 Uma faceta nada séria da Polícia Militar do Rio se revelou ao mundo em site de três turistas. Em fotos, elas brincavam com fuzis sob olhares permissivos de dois policiais do 33º BPM (Angra dos Reis), em Paraty, Costa Verde. Nos registros, os policiais ainda brincam de algemar as turistas.

Ao saber das fotos, o comandante da unidade, tenente-coronel Marco Aurélio de Moura, mandou buscar em casa os policiais, lotados na 3ª Companhia, e passou a noite colhendo depoimentos. Após serem ouvidos, ficaram detidos. Segundo o relações públicas da corporação, tenente-coronel Rogério Seabra, o comandante geral da PM, Ubiratan Ângelo, determinou ao comandante do batalhão de Angra a apuração do caso.

No endereço em que as fotos foram publicadas (http://www.flickr.com/photos/49216184@N00 ), de um turista de Lima, Peru, houve comentários em Inglês, e um deles afirmava: “Esses caras vão ter problemas”. No fim da noite, as fotos foram retiradas do ar. (Informações de O DIA)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/01


2007

Mulher roubada ''tortura'' ladrão e recebe tudo de volta

 Um ladrão devolveu o celular que tinha roubado de uma professora chinesa depois de receber mais de 20 mensagens da vítima pelo mesmo aparelho que ele tinha afanado.
 
Pan Aiying teve sua bolsa surrupiada por um motoqueiro quando voltava pra casa na província de Shandong. Dentro tinha cartões de banco, o equivalente a 630 dólares em dinheiro e um celular. ''Eu sou Pan Aiying, professora da Escola Wutou. Você deve estar passando por um momento de dificuldade. Se for isso, eu não te culpo'', escreveu a professora na primeira mensagem.
 
Depois ela continuou: ''Pegue o dinheiro se você realmente estiver precisando, mas por favor devolva as outras coisas para mim. Você ainda é jovem. Errar é humano. Corrigir seus erros é mais importante do que tudo''.
 
A professora repetiu o sermão 21 vezes. No domingo, pela manhã, ela achou um pacote jogado no quintal. Era sua bolsa. Com tudo dentro. E um bilhete: ''Querida Pan. Sinto muito. Cometi um erro. Por favor me perdoe. Você é tão tolerante, mesmo eu tendo te roubado... Vou corrigir minhas atitudes e ser uma pessoa correta''.  (Do portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Tem muita gente em Brasília que está necessitando de mensagens como esta.

Fabio Henrique Cavalcanti Pedrosa

A pressão psicológica chegou ao sub-consciente da pessoa que cometeu esse delito. Seria ótimo se no Brasil nossos ilustres parlamentares recebessem uma pressão dessas e começassem a legislar a favor do povo, e não deles mesmos.



24/01


2007

Plano facilitará compra de 11 milhões de computadores

 Com a continuidade da queda de preços e a ampliação da isenção de tributos, os brasileiros devem comprar cerca de 11 milhões de computadores pessoais neste ano, segundo estimativas da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica).

Em 2006, a associação estima que o número de PCs comercializados ficou entre 8,3 milhões e 9 milhões, o que representa um crescimento superior a 40% sobre o ano anterior.

Entre 40% e 47% desses computadores devem ficar o chamado ''mercado cinza'' --de máquinas importadas irregularmente ou produzidas sem o pagamento de impostos.

Para o diretor da consultoria IT Data, Ivair Rodrigues, o grande mérito do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) será permitir a redução desse mercado cinza no segmento de computadores mais avançados, o novo nicho dos produtos piratas.

O governo anunciou ontem que elevaria o valor máximo dos computadores de mesa isentos de PIS e Cofins de R$ 2.500 para R$ 4.000. Esse novo valor também passa a valer para os notebooks.  (Informações da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores