ArcoVerde

04/06


2015

Histórias de repórter (23)

Em agosto de 1983, Tancredo Neves, então governador de Minas Gerais pelo PMDB, desceu em Campina Grande e de carro seguiu até Taquaritinga do Norte, no Agreste, para um compromisso de ordem sentimental: prestigiar a inauguração de um hospital com o nome do empresário pernambucano Severino Pereira.

Industrial bem-sucedido da área têxtil e de cimento em São Paulo, com expansão dos seus negócios em várias partes do País, inclusive Minas, Severino teve o privilégio de contar nos quadros das suas empresas com os serviços do advogado Tancredo Neves. Foi daí que surgiu uma amizade sólida.

O empresário dirigia a Companhia Industrial Cataguases, a Fiação Santa Terezinha em Juiz de Fora e a Companhia Nacional de Estamparia - CIANÊ, em Paraguaçu, Sul de Minas Gerais. Severino Pereira da Silva chegou a ter mais de 10 mil funcionários no auge da tecelagem quando proprietário da extinta Companhia Nacional de Estamparia (Cianê), em Sorocaba, matriz do seu conglomerado.

Ali, na Praça Pio XII, há um monumento que homenageia o empresário pernambucano, com a avenida principal levando o seu nome. Com profunda ligação à sua terra natal, Severino Pereira chegou a abrir um hotel fazenda em Taquaritinga do Norte. Tancredo o admirava pela sua história e pelo seu trânsito nacional. Até os grandes nomes da política brasileira, como os presidentes Ernesto Geisel e João Batista de Figueiredo também tinham uma boa relação com ele.

Já visto como um grande nome para disputar a Presidência da República, Tancredo foi homenageado em Taquaritinga com um almoço na casa de Severino Pereira, que contou com as presenças do governador Roberto Magalhães e do senador Marco Maciel. Magalhães e Maciel, após a frustração das diretas em 1984, se negaram a apoiar Paulo Maluf, do seu partido, o PDS, no Colégio Eleitoral, criando uma dissidência que veio a se chamar Frente Liberal em apoio a Tancredo.

Discreto, Tancredo não falou com a Imprensa nem quando chegou nem durante a solenidade de inauguração do hospital, o que nos obrigou a fazer um plantão em frente à casa de Severino Pereira. Fui a Taquaritinga pelo Correio Braziliense como repórter substituto do companheiro Nivaldo Araújo, que estava em férias. E, lembro muito bem, da longa espera para o final do almoço ao lado do companheiro Lula Farias, já falecido, que trabalhava na sucursal do jornal O Globo.

Após o almoço, Tancredo nos concedeu uma longa entrevista sobre a necessidade de o País voltar a ter o direito de eleger por via direta o seu presidente da República. A abertura já havia sido iniciada com a eleição direta de governadores um ano antes, em 1982. "Chegou a hora de libertarmos esta pátria desta confusão que se instalou no país há 20 anos”, disse ele, defendendo em seguida a aprovação da emenda Dante Oliveira no Congresso.

Chegou a dizer que os parlamentares que votassem contra a emenda deveriam se retirar do Congresso, já que não representavam mais a vontade do povo. “Restaurar a democracia é restaurar a República, é edificar a Nova República”, completou. Sobre Maluf, que vinha a se transformar no seu adversário no Colégio Eleitoral, afirmou:” Maluf simboliza tudo quanto a Revolução realizou de negativo nesses 20 anos”.

Soube depois que, neste mesmo almoço, que Tancredo passou boa parte do tempo elogiando outro pernambucano, o empresário Antônio Ermírio de Moraes, com quem sonhava contar como candidato a vice em sua chapa. Antônio Ermírio, nascido em família tradicional de Pernambuco, era líder empresarial em São Paulo. O pai dele, José Ermírio de Morais, tinha sido senador pelo PTB de Pernambuco e foi amigo de Getúlio Vargas. O segredo vazou depois e a possibilidade de Antônio Ermírio ser vice foi descartada em São Paulo, sendo Sarney o escolhido.

As declarações de Tancredo nos renderam uma boa manchete, valendo a pena a longa espera em frente à residência do empresário. Mais à frente, Tancredo se incorporou à campanha das diretas percorrendo o País em grandes manifestações e comícios. Em 1984, aceitou a proposta de se candidatar à Presidência da República, com o apoio de Ulysses Guimarães. Em 15 de janeiro de 1985 foi eleito presidente do Brasil pelo voto indireto de um colégio eleitoral, mas adoeceu gravemente em 14 de março do mesmo ano, véspera da posse. Morreu oficialmente de diverticulite.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

Confira os últimos posts



02/05


2008

Mendonça visita comunidades atacando João Paulo

 No período pré-eleitoral, os prefeituráveis do Recife têm andado constantemente pelas ruas da cidade e discutido temas sociais em comunidades. Coincidência ou não, geralmente circulam por lugares onde já tinham passado anteriormente. Foi que aconteceu com o pré-candidato Mendonça Filho (DEM), ontem, no Dia do Trabalho. Escoltado pelo deputado estadual e correligionário Augusto Coutinho, ele voltou ao bairro do Jordão Alto - onde marcou presença quando era governador - para prestigiar a 12ª Festa do Trabalhador. Além do reecontro com as lideranças locais, não faltaram críticas ao modelo de gestão da Prefeitura.O democrata reclamou da ausência de iniciativa da atual administração no que diz respeito a obras de pequeno e grande portes.(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Roberto Marinho da Silva

Pura perca de tempo!



02/05


2008

Triunfalismo de João Paulo é censurado por Armando

 Ontem, em evento partidário para comemorar o Dia do Trabalho, numa churrascaria localizada na Imbiribeira, o presidente estadual do PTB, deputado federal Armando Monteiro Neto, fez críticas duras ao “triunfalismo” dos que propagam a vitória da base governista no primeiro turno das eleições no Recife. O alerta foi feito antes de o dirigente dar instruções e orientações aos pré-candidatos a vereador da Capital. “Tenho uma avaliação de muita confiança, mas não gosto de posições triunfalistas, de você estar antecipando o resultado de eleição. Isso não é sensato”, asseverou o petebista. A reclamação atinge diretamente o prefeito João Paulo e o secretário de Planejamento Participativo e prefeiturável, João da Costa, ambos petistas. Os dois chegaram a anunciar publicamente que poderão vencer o embate eleitoral no primeiro turno.(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Roberto Marinho da Silva

Tudo mundo ja sabe disso, Ninguém ainda despertou para um dado espetacular, a presença do presidente Lula nos comícios e as 105 mil família cadastradas no Bolsa-Família elegerá até cachorra. Não vai ter pra ninguém. João da Costa já é prefeito doa em que quem doer.

Cátia Santos

Pois é... Um pouco de HUMILDADE não custa nada nesta CORRIDA ELEITORAL... Bastante SENSATA a opinião do Dep. Armando Monteiro Neto. Siga este EXEMPLO João Paulo Lindu Finatec... E quanto ao outro João, nem digo nada pq ele é apenas UM FANTOCHE nas mão do Prefeito.



02/05


2008

Bolo petista: CEU de João Paulo quer mais cargos

 Deverão ser estender para a próxima semana as negociações entre as tendências petistas Construindo um Novo Brasil (CNB) e Campo Unificado de Esquerda (CEU) para a distribuição dos cargos da executiva estadual do partido. A previsão era de que o CNB, grupo liderado pelo secretário estadual das Cidades, Humberto Costa, apresentasse ontem um posicionamento quanto à proposta feita pelo CEU - ala do prefeito do Recife, João Paulo. O documento vinha sendo mantido em sigilo até então, mas, conforme apurou, ontem, a reportagem, o documento é baseado na distribuição igualitária dos quatro principais cargos: a primeira-vice presidência, a secretaria-geral, de organização e a tesouraria.

Na primeira reunião, ficou fixado que o CNB teria direito a três deles, enquanto o CEU ficaria apenas com um. “A gente acha que cada chapa deve ficar com dois desses cargos mais importantes. A concepção inicial (do CNB) levava à desigualdade”, argumentou o ex-secretário municipal de Governo, Múcio Magalhães, que integra o CEU.(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/05


2008

De aviso prévio

Informe JB - Leandro Mazzini

 O presidente Lula deu um susto no superintendente da Sudene, Paulo Fontana, durante a solenidade de instalação do Conselho Deliberativo do órgão, em Maceió, na quarta-feira. Fontana, em seu discurso, quis agradar aos  governadores e cobrou do presidente supostos R$5,6 bilhões que a União não repassou à Sudene a partir de 2001, até o presidente Fernando Henrique extinguir o órgão.

Aviso prévio

Lula, no melhor estilo, deu uma bronca em tom de brincadeira. Mas deixou o recado. Em seu discurso, o presidente disse que, durante o discurso de Fontana, pensou em demiti-lo ali mesmo, diante da cobrança improvisada. Mas vai dar uma chance ao subordinado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/05


2008

PF diz que Paulinho recebeu propina de R$ 325 mil

 O relatório da Polícia Federal sobre o escândalo de desvio de recursos do BNDES, enviado no dia 17 de abril à 2 Vara Criminal Federal de São Paulo, informa que o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT-SP), recebeu propina de R$ 325 mil para intermediar um empréstimo de R$ 124 milhões do BNDES para a prefeitura de Praia Grande (SP). Em telefonema interceptado às 14h46m do dia 23 de janeiro deste ano, o empresário Manuel Fernandes de Bastos Filho, o Maneco, dono da Fernandes e Bastos Construtora e da boate W.E., e Boris Timoner, ex-diretor executivo das Lojas Marisa, conversam por mais de meia hora sobre detalhes do suposto esquema de desvio de dinheiro do BNDES. 

O principal alvo da conversa é o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB). Segundo a PF, ele prometeu repassar R$ 4 milhões à quadrilha em troca da aprovação de financiamento de R$ 124 milhões do banco à prefeitura. Na hora de fazer o acerto, no entanto, o prefeito teria oferecido apenas R$ 2,6 milhões.(Informações de O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/05


2008

Palavras ao vento

 Tem momentos que por mais sincera que seja a opinião, o melhor é pensar duas, três vezes, antes de expô-la. Principalmente quando se trata de uma figura pública. E ainda mais quando a figura é o presidente da República. Esta semana, Lula afirmou ser solidário ao governador do Ceará, Cid Gomes, investigado por ter levado a sogra em um jato fretado pelo estado para viagem à Europa.

Ainda que não achasse certo, bateu na tecla de que não é correto o Ceará aparecer cinco dias na televisão por causa da referida senhora. Assim fica díficil tentar defender o indefensável. Soaram mal as colocações. E olha que não foi a primeira vez. Publicamente Lula já fez questão também de defender Renan Calheiros e Severino Cavalcanti, ambos flagrados em crimes contra o poder público. O silêncio em algumas ocasiões cai melhor do que muitas palavras jogadas ao vento.

(Tribuna da Imprensa - Mauro Braga e redação)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/05


2008

Rumo ao 3º mandato. Ou alguém tem dúvida?

Carlos Chagas - Tribuna da Imprensa

 Há dois meses uma pesquisa do Ibope revelou que 30% dos consultados defendiam o terceiro mandato para o presidente Lula, subseqüente ao segundo. Agora vem o Sensus e aponta mais de 50% do eleitorado sustentando a proposta. Aguarda-se a próxima pesquisa para saber se estamos diante de uma bola de neve, para os pessimistas, ou de uma onda gigante, para os otimistas.

A hipótese foi referida aqui mais de um ano atrás. Tratava-se, como se trata, de uma operação em andamento, apesar das negativas do presidente, que continua sendo sincero ao negar disposição para mais uma reeleição. O problema é que não terá condições de rejeitá-la quando, no começo do ano que vem, começar a tramitar a emenda constitucional respectiva.

O primeiro movimento parece completado: a discussão do terceiro mandato tornou-se pública, matreiramente apresentada como espontâneo fruto de uma inclinação popular. Não bem assim, porque a propaganda feita até agora por uns poucos flui através do silêncio de muitos. Mesmo assim, mais da metade dos consultados misturou a popularidade do presidente Lula com a sua continuação no poder. Nada mais óbvio, desde que estimulado pela simples indagação.

O segundo movimento caberá ao PT, no segundo semestre deste ano. Já parece claro, ficará mais óbvio ainda à medida que continuarem as conversas entre os companheiros que o PT não tem nem terá candidato em condições de vitória em outubro de 2010. Como perder o poder é hipótese inadmissível, restará ao partido engajar-se na mudança constitucional, seguido certamente pelos demais grupos da base oficial, igualmente sem um nome forte. Nem PMDB, nem PTB, nem PP, PR e sucedâneos arriscarão a perda de cargos, funções, benesses e nomeações para os tucanos. Mesmo o Partido Socialista, ao que pertence Ciro Gomes, ousará pagar para ver.

Em seguida, ou ao mesmo tempo, estarão mobilizadas outras forças. Com os banqueiros e os especuladores à frente, as instituições econômicas pressionarão a mídia e o Congresso. Farão calar indignações com o exemplo do passado projetado para o futuro: se ninguém reagiu para valer quando Fernando Henrique arrancou de deputados e senadores a sua reeleição, seria diferente agora? O governo dispõe de maioria na Câmara e no Senado.

Um outro movimento, o quarto, neutralizaria eventuais pruridos no Judiciário. Ou alguém, no Supremo Tribunal Federal, contestou o segundo mandato do sociólogo, eleito para apenas um? Ainda mais porque, até o próximo ano, o presidente Lula terá nomeado o oitavo e talvez o nono dos onze ministros da mais alta corte nacional de justiça.

Caberá ao PSDB e ao Democrata o papel antes encenado pelo PT, quer dizer, os tucanos e seus aliados ficarão contra. A eles faltará pelo menos a metade do vigor com que os companheiros se opuseram à reeleição de Fernando Henrique, e olhem que não adiantou nada.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Cátia Santos

CLARO QUE ELE QUER O 3º MANDATO, AFINAL, ESTA SENDO FÁCIL DEMAIS ENGANAR UMA POPULAÇÃO, ENCENANDO COM SEU JEITO "DESPROVIDO DE MALDADES", E FICANDO RICO AS CUSTAS DE UM POVO BURRO QUE CRER NA INOCÊNCIA DELE E SEUS "ALIADOS". VERGONHOSO ISSO, MAS, SÃO COISAS DO BRASIL...

marcelo mauricio borba costa

É LULA DE NOVO COM AFORÇA DO POVO

Yramilson Sá de Oliveira

Quem sujou a biografia foi FHC, quando comprou votos para ser aprovado a emenda da reeleição.

Yramilson Sá de Oliveira

Essa de terceiro mandato não existe. O presidente Lula não vai cair nessa da oposição sujando a sua biografia e e nem colocar em perigo a democracia que custou e ainda custa caro aos brasileiros que lutaram por ela.

Paulo Kigrer

Que tese cretina essa de que um ministro do Supremo Tribunal haveria de ser réfem de quem lhe nomeou... isso é o pensamento medíocre elevado a condição da estupidez... o valor de um homem não se submete a isso... e no dia que se submeter é passar a régua e esquecer que vale a pena educar um filho...


bm4 Marketing 6

01/05


2008

PDT aperta Paulinho sobre desvio de verbas do BNDES

 Integrantes da cúpula do PDT vão cobrar explicações do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical, sobre as suspeitas da Polícia Federal (PF) de que seria um dos beneficiários do desvio de verbas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Incomodado com o silêncio do deputado, cujo nome é citado no relatório da Operação Santa Tereza, o senador Osmar Dias (PDT-PR) avisou que, se os dirigentes do partido não pedirem esclarecimentos a Paulinho, ele próprio o fará. "Tudo o que está divulgado sobre o envolvimento do Paulinho, e por ele ser uma liderança, traz desgastes para o partido, que até agora não tinha nenhum problema desse tipo", afirmou.

Ele lembrou que o PDT "passou ileso pelos escândalos do mensalão e das ambulâncias" e, portanto, o partido não pode ignorar o fato de Paulinho não ter se justificado até agora. "Como ele não nos procurou, vou pedir que se explique", disse. "Não podemos condená-lo previamente", frisou. "Mas isso causa um desgaste enorme para o partido e não pode ser ignorado".

O líder do PDT no Senado, Jefferson Péres (AM), disse não ter dúvida de que o deputado "está na obrigação de dar explicações", sob pena de comprometer a imagem do partido a ponto de suscitar suspeitas de que seria conivente com a corrupção.

Na avaliação do senador, o PDT não pode ter membros expressivos de seus quadros envolvidos, direta ou indiretamente, em fatos ilícitos. "A imagem do acusado fica comprometida perante a sociedade e, se o partido não tomar nenhuma providências, é claro que parece estar conivente com isso", justificou.

Para o senador, a suspeita do envolvimento de um de seus deputados no desvio de dinheiro público, ameaça uma das marcas do PDT, "a da lisura de seus membros". "Aliás, não é só o PDT, parece que o sistema partidário brasileiro está se degenerando", lamentou.(Tribuna da Imprensa)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Mais um canalha da base aliada do Inácio da Silva, que terá de dar explicações ao partido e ao povão. Acorda Brasil !



01/05


2008

Bird financia US$ 7 bilhões em programas no Brasil

 O Banco Mundial (Bird) e o governo brasileiro chegaram a um acordo sobre a "estratégia de assistência" relativa ao Brasil. Com isso, a instituição vai colocar US$ 7 bilhões em financiamentos à disposição do país até 2011, segundo comunicado emitido pelo banco nesta quinta-feira (1º).Em nota, a instituição informou que vai concentrar a maior parte dos empréstimos em programas de infra-estrutura. O cronograma foi elaborado em conjunto entre o Bird e o governo brasileiro, destacou a nota do banco.

O anúncio do banco vem um dia depois de a agência americana de classificação de riscos financeiros Standard & Poor''s ter concedido o grau de investimento ao Brasil. Segundo especialistas, o Brasil é considerado hoje um país seguro pelos investidores internacionais, graças a uma maior "maturidade" de suas instituições e de suas políticas.

Deste montante, US$ 976 milhões serão destinados a Minas Gerais, para promover o crescimento econômico e a redução da pobreza; US$ 84 milhões para um programa nacional que melhora o acesso da população a serviços de saúde; e US$ 550 milhões ao estado de São Paulo, com o objetivo de melhorar o serviço de trens da região metropolitana, informou o Bird.

De acordo com o comunicado do banco, os estados receberão a maior parte dos dinheiro concedido em forma de empréstimo - cerca de 70% -, desde que estejam em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que limita o nível de endividamento das unidedes da federação.(Portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/05


2008

Aumenta pressão para Alkmin desistir de candidatura

 A pressão para convencer o ex-governador tucano Geraldo Alckmin (foto) a desistir de sair candidato à Prefeitura de São Paulo cresceu entre a ala serrista-kassabista do partido. O secretário municipal de Esportes, Walter Feldman, disse que o grupo está colhendo assinaturas em defesa da manutenção da aliança DEM-PSDB para as eleições de 2008.

 

Pelo abaixo-assinado, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) sairia candidato a prefeito em 2008, e Alckmin disputaria o governo de São Paulo em 2010. Feldman disse que Alckmin é o único que pode reunificar o PSDB-SP "com a sua desistência". "Existe uma divisão real [no PSDB], pois são duas posições absolutamente antagônicas. E nós achamos que o único que pode unificar integralmente o partido é o Alckmin, com a sua desistência [à candidatura pela prefeitura de São Paulo]", disse Feldman na abertura da contagem regressiva para os Jogos Olímpicos de Pequim, na Liberdade, região central.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Victor Fialho Pedrosa

O alckmin tem ir logo pro PTB pra ficar junto a Collor em 2010 e levar lavagem

Felipe Sobral Dornellas Camara

Não tenho mais nenhuma dúvida que Kassab será eleito Prefeito!!!



01/05


2008

PSB nega acordo para Erundina ser vice de Marta

 O presidente estadual do PSB em São Paulo, deputado Márcio França, negou a possibilidade de um acordo entre a deputada do PSB Luiza Erundina (foto) e o PT para a eleição municipal de outubro. O comando petista estaria disposto a oferecer a Erundina a vaga de vice na chapa encabeçada por Marta Suplicy.

 

"Isso é só especulação. O que temos de concreto é que o bloco está junto, vai sair junto, o candidato vai ser do bloco", afirmou França. O bloco, ou bloquinho, como também é conhecido, é a aliança formada pelos partidos PSB, PC do B e PDT. "Se a Luiza Erundina quiser ser candidata, vai disputar dentro do bloco", disse o deputado. (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/05


2008

Lupi compara processo de Paulinho com ditadura

 O ministro do Trabalho Carlos Lupi pediu, nesta quinta-feira (1º), que o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical (foto), do PDT de São Paulo, que não seja condenado sem chance de defesa. Paulinho teve o nome envolvido nas investigações da Operação Santa Tereza, da Polícia Federal. Lupi comparou as acusações feitas ao companheiro de legenda a procedimentos da ditadura militar e pediu cuidado para que as denúncias não se tornem um "tribunal de inquisição".

 

"Qual é a prova? O que é que há de fato até agora? Alguém ouviu falar de alguém, talvez seja o deputado Paulinho. Eu tenho muito cuidado, porque isso foi um processo da ditadura. O processo da ditadura, dos regimes arbitrários, condenava sem dar direito à defesa", disse o ministro. (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

se brizola estivesse vivo esses dois "caras" ja teriam "dançado". Quem diria que o pdt daria no que deu?



01/05


2008

Exposição sobre ditadura virá ao Nordeste até 2010

 A partir desta quinta-feira (1º), a Estação Pinacoteca, em São Paulo, abre ao público a exposição fotográfica "Direito à Memória e à Verdade: a Ditadura no Brasil 1964-1985", em alusão aos 40 anos da revolta estudantil de maio de 1968 e os 60 anos da Declaração dos Direitos do Homem.

 

A exposição reúne painéis compostos por 110 fotografias, com 1,60 m de altura e uma extensão de 70 metros lineares onde antes funcionaram as celas do Dops. As imagens, publicadas pela imprensa naquele período, marcam desde a deflagração do golpe militar, em 1964, até a retomada da democracia, passando pelas revoltas estudantis e pelas campanhas da anistia e das Diretas Já.

 

A mostra será montada, até 2010, em Goiânia (GO), Salvador (BA), Campinas (SP), Campo Grande (MS), João Pessoa (PB), São Luís (MA) e Rio Branco (AC). (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

suricato

Se o sr. raimundo estiver por ai , tem uma resposta lá no post das 3:33h.



01/05


2008

Deputado cobra explicações de Tarso sobre filmagem

O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse hoje (1º) que está à espera da resposta do ministro da Justiça, Tarso Genro, sobre o episódio de suposta filmagem da Polícia Federal na Casa, durante investigação na chamada Operação Santa Tereza, que apura esquema de desvio de recursos públicos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

Chinaglia defendeu a realização das investigações, mas destacou a necessidade de se preservar o espaço público. "O primeiro direito é do povo brasileiro de usar as dependências da Câmara", afirmou. "A Câmara sempre colaborou com investigações", acrescentou. (Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/05


2008

Padre lança mandamentos do eleitor sertanejo

 Conhecido nacionalmente como o Padre da Cruz de Latas (foto), símbolo da luta pela Transposição do Rio São Francisco, Djacy Brasileiro, das paróquias de Santa Cruz e Lastro, no Sertão paraibano, lançou ontem os dez mandamentos do eleitor sertanejo nos quais condena os políticos corruptos, o coronelismo e a compra de votos.

 

Ao mesmo tempo, conscientiza os eleitores cristãos para que no pleito municipal deste ano conceba a política como “instrumento de transformação votando com maturidade e responsabilidade”.

 

Nesta perspectiva, o religioso assevera que “se vivemos mal é porque votamos mal; se queremos viver bem, votemos bem” e ratifica o entendimento da Confederação dos Bispos do Brasil (CNBB) segundo a qual “voto não tem preço, tem conseqüência”. (Do Jornal da Paraíba)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/05


2008

Chinaglia garante candidatura de Marta à Prefeitura

 O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (foto), do PT de São Paulo, disse hoje (1º) que candidatura da ministra Marta Suplicy à Prefeitura de São Paulo tem 99,999% de chance de ser efetivada. "Eu diria que é 99,999% e mais vários noves que ela será candidata. O PT trabalha nessa perspectiva", afirmou Chinaglia.

 

Chinaglia e Marta dividiram o palco da festa de 1º de Maio da CUT, na zona sul de São Paulo. Ao público, Marta destacou a geração de empregos no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas não falou à imprensa.

 

Sobre a vice na candidatura petista à prefeitura, Chinaglia disse que há possibilidade de ser de outro partido. Chinaglia evitou falar sobre a possibilidade da deputada federal Luiza Erundina (PSB) ser vice de Marta. "A deputada Luiza Erundina, ex-prefeita de São Paulo, é naturalmente um nome forte por sua trajetória e pelas pesquisas. É uma boa possibilidade, mas não tenho elementos para dizer que vai ser assim. Até porque a aliança não é um ato unilateral. Precisamos aguardar para ver a posição do PSB, PDT, PC do B", disse. (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Gente hoje eu vou ficar de fora virou uma camhinão nosso em cima da barragem de serinha,tenho quer ir pra lar urgente socorrer as vitimas.... Fui é bronca pesada...

Raimundo Eleno dos Santos

São os reflexos da vaia que faltava...

Raimundo Eleno dos Santos

Sçai reflexos da vaia que faltava. O povo gosta é de farra... muita farra. Tudo bem?



01/05


2008

Ausência de Lula esvazia missa em São Bernardo

 A ausência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (foto), pelo segundo ano consecutivo, esvaziou a tradicional missa realizada no dia 1º de maio em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Em anos anteriores, o número de participantes costumava ser grande demais para a estrutura da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, no centro da cidade. Mas, dessa vez, até mesmo os atrasados encontraram um lugar para sentar sem dificuldade.

 

No ano passado, Lula rompeu uma tradição que já durava 26 anos ao desistir de comparecer à missa. Na ocasião, a notícia de sua ausência circulou apenas na última hora. Dessa vez, a expectativa de que ele permanecesse em Brasília no feriado existia desde o início da semana. Único representante do governo a comparecer à missa, o ministro da Previdência, Luiz Marinho, evitou atribuir o esvaziamento à ausência do presidente. (Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


01/05


2008

Deputados alagoanos afastados recorrem ao STJ

 Chegou hoje (1º) às mãos do alagoano Humberto Gomes de Barros (foto), ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a mais nova tentativa dos deputados afastados da Assembléia Legislativa de Alagoas de retornar aos cargos.

 

Aliás, a Assembléia não desiste dos nove deputados originais, entre eles Antônio Albuquerque, o ex-presidente. Essa ação no STJ é novíssima, foi movida ontem em Brasília e, agora, terá julgamento de um conterrâneo.

 

Segundo o STJ, trata-se de um pedido de suspensão de liminar e de sentença, ou seja, tenta-se anular a decisão do desembargador Antônio Sapucaia, do Tribunal de Justiça de Alagoas.

 

A autoria da ação em nome dos deputados-taturanas é da própria Assembléia. O mentor intelectual é o procurador-geral da Casa, Marcos Guerra. Esse é um detalhe importante. Guerra deveria se portar como jurista a serviço do parlamento. Ele tem salário do poder público para defender os interesses da instituição – e não para ser advogado de acusados em corrupção e pelo desvio de R$ 300 milhões. (Do Blog do Célio Gomes – Gazeta de Alagoas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Há impedimento e falta de ética. A meu ver é caso para a OAB acionar a diretoria de ética e disciplina, e o presidente da AL instaurar inquérito administrativo e determinar as medidas cabíveis... MAS QUEM IRÁ BOTAR O GUIZO NO PESCOÇO DE FARO-FINO?



01/05


2008

Fernando Henrique e Lula: o sujo e o mal lavado

O ex-presidente FHC (1995-2003), que perde todas as boas oportunidades para ficar calado, deitou falação na última quarta-feira (30), a respeito da possibilidade de um terceiro mandato para o presidente Dom Luiz Inácio (PT-SP).

Sua ex-excelência declarou textualmente que caso o presidente se decida pelo terceiro mandato, “ficará muito desmoralizado”. Tal colocação, partindo de uma das mais desmoralizadas figuras da República, até que faz sentido.

Quando se encontrava no Palácio do Planalto, FHC esteve envolvido numa série de vergonhosos escândalos, mas a todos conseguiu abafar contando sempre com a natural pusilanimidade de boa parte dos congressistas. De forma que não deveria falar de ninguém que suborne a quem quer que seja.

Sem contar o filho que teve com a jornalista Mirian Dutra (Rede Globo), além de um outro com a cozinheira do então senador Ney Suassuna (PMDB-PB), foram intermináveis os escândalos que notabilizaram sua gestão. Caracterizada justamente pela acusação de compra de votos parlamentares para a emenda da reeleição.

As considerações acima estão no artigo do jornalista Márcio Accioly, postado hoje no blog, no qual ele centra fogo no ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, pelo seu comportamento crítico em relação ao presidente Lula, que, também, não escapa ao tiroteio do jornalista. Vale a pena na íntegra o artigo do Márcio. Boa leitura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

Há, quem me disse o conhece bem.

Pedro Batista Filho

Caro Sr.Kigrer, ou será Sra?, Já disse-lhe q entendo sua dificuldade de esquecer homens, mas mesmo assim vou repetir. Eu sou hetero(Nada contra os homos)mais comigo o Sr. ñ tem nenhuma chance, pois nem pareço c/Ronaldo Fenômeno q gosta de travestis como o Sr. ou melhor Sra. Me esqueça.

Paulo Kigrer

O que me encanta verdadeiramente é o Jabosta ententer e atender pelo seu real epíteto... creia reconheça, Jabosta tem tudo a ver com você, santa...!

Yramilson Sá de Oliveira

Gostei da opinião. Não sabia que D. Fernando II tinha um caso com uma conzinheira. FHC está fora do poder e aí fica falando o que não deve, logo ele o maior comprador de votos que o Brasil ja teve. Quem não se lembra da emenda da reeleição e de várias CPI''s abafadas.

Raimundo Eleno dos Santos

OPINIÃO VERDADEIRA. ESTÁ DE PARABÉNS. ESSA MATÉRIA EU ASSINARIA, COM MUITO PRAZER. Aliás, me referi outro dia sobre isso, no limite do espaço do blog. Vou guardá-la nos meus arquivos .



01/05


2008

Marta é vaiada durante Festa do Trabalhador

 Aproximadamente 1 milhão de pessoas compareceram à festa de 1º de maio organizada pela Força Sindical, em São Paulo. Diversas autoridades estiveram presentes no encontro. Entre elas, os ministros Carlos Lupi, do Trabalho, e Marta Suplicy, do Turismo (foto), além do presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia.

 

Durante seu discurso, a ministra do Turismo foi vaiada e o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, teve que intervir. Ao retomar o discurso, as vaias continuaram.

 

Algumas pessoas passaram mal durante o evento e tiveram que ser socorridas pela equipe dos bombeiros. O prefeito da capital, Gilberto Kassab, não compareceu ao evento e Paulinho justificou a ausência dizendo que Kassab não foi convidado para a festa. (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Felipe Sobral Dornellas Camara

Relaxa e Goza Marta!!! kkkkkkkkkkkkk

Paulo Kigrer

Que interesante... levar vaia agora tornou-se coisa boa... que coisa,mano...

suricato

marta , depois dessa vai ralaxar e gozar.

roberto de pessoa

A Sra. Marta (que já não é Suplicy a muito tempo) tem de rever suas posições (politicas) e pessoais. Isso é reflexo de uma administração de pouca eficiencia. "Vocês pensam que o povo não pensa? O povo pensa...."

Raimundo Eleno dos Santos

A VAIA É O FERMENTO QUE FALTAVA PARA SUA CANDIDATURA A PREFEITA DE SAMPA.



01/05


2008

STF separa julgamento de senador do de sua família

 O Plenário do Supremo Tribunal Federal recusou julgar co-réus que não possuem prerrogativa de foro especial. Os ministros decidiram desmembrar o inquérito em que o senador Wellington Salgado (PMDB-MG) e membros de sua família respondem por crime contra a ordem tributária.Pesa contra eles a denúncia de terem deixado de recolher, no prazo legal, “valor de tributo ou de contribuição social, descontado ou cobrado, na qualidade de sujeito passivo de obrigação e que deveria recolher aos cofres públicos” (artigo 2º, inciso II, da Lei 8.137/90).

O desmembramento do inquérito foi pedido pelo procurador-geral da República, Antônio Fernando Souza, autor da denúncia contra o senador e seus familiares. Ele alegou que o fato de outros quatro membros da família Salgado de Oliveira estarem envolvidos no processo retardaria o seu andamento.

Joaquim de Oliveira, Jefferson Salgado de Oliveira, Wallace Salgado de Oliveira e Marlene Salgado de Oliveira, sócios do senador na Associação Salgado de Oliveira de Educação e Cultura (Soec), dona das Universidades Salgado de Oliveira (Universo), passarão a ser investigados pela Justiça de primeiro grau. O crime de que são acusados prevê pena que varia de seis meses a dois anos.(Do site Consultor Jurídico)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

É nisso que dá esse tal de foro privilegiado. Para mim, foro privilegiado seria apenas para delitos praticados em razão do de atos parlamentares, jamais para crimes comuns.O homem público tem o dever de ser digno.NÃO O SENDO, JUSTIÇA COMUM.E ponto final.

roberto de pessoa

Esse é o senador que entrou pela janela? Empresário da educação superior? E que ainda usa essa cabeleira ridícula? O tal Salgado é de dá pressão alta.