FMO

18/05


2017

Coluna da quinta-feira

   Se tiver gravações, Temer renuncia 

Se as gravações confirmarem o que o Globo online antecipou, não resta nenhuma saída para o presidente Temer se não a renúncia. O quadro é gravíssimo. O Congresso não pode ficar silente frente a uma grandiosidade da denúncia. Neste cenário conturbado, o presidente nem o País aguentaria um novo processo de impeachment.  O clima em Brasília é de que o Governo acabou e que se tem urgentemente  buscar uma saída para o País: renúncia, impeachment ou diretas já.

A oposição, de imediato, apresentou um pedido de impeachment de Michel Temer com base no pedido de propina feito para manter o silêncio do preso Eduardo Cunha. Pediu celeridade no processo para que o Brasil fique livre dessa situação vergonhosa. Nesse momento em que surgem essas gravações, o Governo não tem legitimidade para continuar governando. Chegou ao ponto final. O ponto final, se não for dado pela sua própria renúncia, será feito pela Câmara e pelo Senado, através de um impeachment.

Líder do DEM na Câmara, o deputado Efraim Filho (PB) afirmou que não descarta a possibilidade de um processo de impeachment ser aberto contra o presidente Michel Temer após as notícias sobre a delação da JBS. Segundo ele, o Congresso agora tem que ter “serenidade” para avaliar os fatos que vieram à tona e dar respostas rápidas à sociedade. “A investigação irá dizer se houve infração à Constituição. Se houve a Constituição tem que ser seguida, conforme o rito a que foi submetida a ex-presidente Dilma Rousseff”, afirmou.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, disse que ‘são estarrecedores’ os fatos noticiados por O Globo sobre uma suposta trama de obstrução de Justiça atribuída a Michel Temer. A sociedade precisa de respostas e esclarecimentos imediatos. Os cidadãos brasileiros não suportam mais conviver com dúvidas a respeito de seus representantes.

O que se espera agora é a divulgação das gravações que Joesley fez no Jaburu. As gravações citadas precisam ser tornadas públicas, na íntegra, o mais rapidamente possível. E a apuração desses fatos deve ser feita com celeridade, dando aos acusados o direito à ampla defesa e à sociedade a segurança de que a Justiça vale para todos, independentemente do cargo ocupado. 

VETO NA PAUTA– Ainda na marcha dos prefeitos, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou que irá convocar sessão do Congresso, na próxima semana, para colocar em votação o veto realizado pelo presidente Michel Temer à lei de reforma do Imposto sobre Serviços de qualquer natureza (ISS). "Quero deixar bem claro que em relação à questão do ISS e de outras matérias de interesse dos municípios, elas estarão na pauta da próxima semana do Congresso”, afirmou.  A reforma fixa em 2% a alíquota mínima do imposto e amplia a lista de serviços alcançados pelo ISS. O principal veto, realizado no final do ano passado, é sobre a arrecadação do ISS no local de consumo do serviço.

Gol na despedidaCassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, o prefeito de Belo Jardim, João Mendonça (PSB), se despede, forçadamente, mas com decisões importantes para o município. Entre os últimos atos que assinou o pagamento antecipado de metade, ou seja, 50%, do 13º salário dos servidores municipais. Numa demonstração de que fez o dever de casa do ponto de vista fiscal e de gestão, João deixa para o sucessor o fundo municipal da Previdência com um caixa de R$ 32 milhões. Quando assumiu havia apenas R$ 3 milhões, um salto e tanto num momento em que o País assista a tantos descalabros nos municípios.

Renegociação na pauta – O plenário do Senado aprovou, ontem, o pedido de urgência para o projeto que prevê uma espécie de socorro aos estados em crise financeira. Na prática, como o requerimento acelera a tramitação da proposta, o texto não precisará ser analisado em comissão e já poderá ser votado em plenário após duas sessões ou até mesmo de forma imediata, desde que haja acordo entre os parlamentares. O projeto foi aprovado pela Câmara na semana passada e suspende o pagamento das dívidas estaduais com a União por três anos (prorrogáveis por mais três), desde que sejam adotadas medidas de ajuste fiscal, as chamadas contrapartidas.

Contra terceirização– O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), afirmou, ontem, em audiência na Câmara dos Deputados, que é contra a terceirização de professores e é a favor de regime especial de aposentadoria para docentes. Na mesma audiência, ele disse que o novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) deve ser anunciado pelo governo nas próximas semanas. O projeto que aprova a terceirização foi aprovado pela Câmara dos Deputados em março e sancionado pelo presidente Michel Temer. Ele permite a contratação de serviço terceirizado em qualquer tipo de atividade de uma empresa.

Reaproximação à vista?O governador Paulo Câmara (PSB) decolou, ontem, de Brasília para o Recife, depois de participar da Marcha dos Prefeitos, levando no jatinho o prefeito do Cabo, Lula Cabral (PSB), e também o presidente da Compesa, Roberto Tavares. Tão logo tomou posse, Cabral se rebelou contra a Compesa pela escassez de água na cidade, que tem uma fonte que abastece outros municípios, mas esquece do Cabo. Cabral teve que criar um próprio sistema de abastecimento e muita gente entendeu a sua reação como um rompimento. É possível que tenham fumado o cachimbo da paz a dez mil pés. Câmara precisa de Lula Cabral, uma das maiores lideranças da Região Metropolitana, empenhado na sua reeleição em 2018.

CURTAS

SIRIGI– O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, estará em Pernambuco no início de junho para participar da inauguração da Adutora do Sirigi. A agenda foi acertada, ontem, durante conversa com o governador Paulo Câmara, quando os dois trataram das obras hídricas de Pernambuco feitas em parceria entre o Governo Estadual e o Governo Federal. Sirigi está recebendo um investimento de R$ 34 milhões. A interligação irá permitir o reforço do abastecimento de água a partir da Barragem de Palmerinha, também conhecida como Pedra Fina, responsável pelo atendimento das cidades de Bom Jardim, João Alfredo e Orobó, além de abastecer a cidade de Surubim por meio do ramal reativado pela Compesa em 2016.

INSTITUTO– Um dia depois do Tribunal Federal Regional da 1ª Região (TRF-1) determinar a imediata reabertura do Instituto Lula, o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), saudou a decisão, em discurso no plenário da Casa. Humberto criticou o juiz que havia mandado interditar a entidade e a perseguição política gritante a que o ex-presidente Lula vem sendo submetido. Para o líder da Oposição, a decisão de fechar a entidade foi tomada por um juiz “desvairado”.

Perguntar não ofende: E a foto de Lula no sítio de Atibaia inspecionando a reforma é o chamado batom na cueca? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

A culapa não é minha: Eu votei na Dilma.

Nehemias

Moro faz parte desse golpe. Não quis ouvir Cunha e liberou a Claudia Cruz . Moro sabia de tudo

marcos

Resumo dos comentário do dia, Cadeia para Aécio, Temer, Lua e Dilma Jumenta!

marcos

E aí PTzada alienada, JBS confessa que deu R$ 300 Milhões de Reais para o PT e vocês comendo Mortadela. Por que as panelas se calam?

marcos

Corrupção existe no mundo todo, mas fã club de Corrupto ( lula) só no Brasil!


Versão Agreste Meridional

Confira as últimas colunas

23/11


2017

Coluna da quinta-feira

 Marun tem a cara do Governo Temer

O futuro ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, tem a cara do Governo Temer. É um daqueles personagens comuns que se encontra constantemente nos corredores da Câmara dos Deputados. Não tem grande expressão nem pensamento político. É um bonachão quase folclórico, e só foi escolhido para o cargo de articulador do Planalto porque fará tudo que o chefe mandar. Um verdadeiro cão de guarda.

Marun se notabilizou no noticiário nacional justamente por ser um dos maiores - talvez o maior - defensor do presidente na guerra contra o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. A sobrevivência de Temer no Plenário da Câmara se deve muito à atuação de Carlos Marun, que vai acabar premiado com o status de ministro. Portanto, não se espera nada dele além do que defesa cega do presidente moribundo a quem serve.

Vai entrar para a história do Brasil no mesmo capítulo dos Eliseus Padilhas e Moreiras Francos que formam o primeiro time de Temer. É, no final das contas, uma cria do Centrão, que já pressionava o presidente por mais espaço na Esplanada dos Ministérios. Antes do presidente da República, servia a outro senhor: o ex-deputado Eduardo Cunha, que hoje está preso. Deputado de primeiro mandato, Carlos Marun é gaúcho, filiado ao PMDB, mas que fez carreira pelo Mato Grosso do Sul. Antes de chegar à Câmara Federal, foi vereador em Campo Grande, deputado estadual e secretário de Habitação e Cidades.

IMBASSAHY - O antecessor de Carlos Marun na Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, que agoniza no cargo, é justamente o oposto do novo ministro. Pensava politicamente as ações do Governo Temer, mas foi fritado pelo Centrão, sedento por poder. A saída de Imbassahy, ainda que não oficializada, diminui o feudo do PSDB na atual administração, reforçando a corrente do partido que quer independência de Temer para lançar candidato ao Planalto em 2018.

GAFE - O Palácio do Planalto postou "por engano" em seu perfil oficial no Twitter um aviso da posse do deputado Carlos Marun na Secretaria de Governo. A mensagem, publicada  às 16h51, foi posteriormente apagada. A culpa não foi atribuída a um estagiário, mas a um funcionário terceirizado da agência de publicidade Isobar, que cuida das redes sociais do Planalto. Sei.

NOMEAÇÃO - Segundo interlocutores do presidente, a nomeação de Carlos Marun só acontecerá após a votação da Reforma da Previdência. O próprio deputado chegou a soltar nota à imprensa tentando despistar sua indicação. A questão é que Temer quer a continuidade de Imbassahy como ministro. Especula-se a ida dele para a pasta de Direitos Humanos, espaço tucano, no lugar de Luislinda Valois, aquela mesma que pediu para acumular o salário de ministra com o de desembargadora aposentada.

CIDADES - Quem tomou posse, ontem, foi o novo ministro das Cidades, Alexandre Baldy (sem partidoGO), que chega à Esplanada dos Ministérios chancelado pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia. Para o desprazer da tropa de choque palaciana, Maia tem aumentado sua influência no Congresso e, com isso, seu espaço político. A mudança também agrada o Centrão, que não para de barganhar poder em troca da garantia de apoio na votação da reforma da Previdência.

Curtas -

CULTURA - O vereador do Recife, Alcides Teixeira Neto pretende implementar o projeto “Cultura nas Praças” na capital pernambucana - PLO 350/2017. A proposição, que está tramitando na Casa José Mariano, engloba a exibição de filmes, apresentações culturais, encenação de peças teatrais, manifestações folclóricas e artesanato, entre outras atividades. Boa iniciativa iniciativa do vereador, que tem um trabalho consolidado em Santo Amaro, bairro onde é muito querido.

AUDITORIA - A metodologia utilizada pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) para as atividades de auditoria e certificação das Tomadas de Contas Especiais (TCEsp) vem trazendo resultados expressivos para Pernambuco. Entre janeiro e setembro deste ano, foram certificados 89 processos, que podem gerar um retorno em potencial aos cofres públicos de R$ 6,6 milhões. Até agora, o quantitativo de certificações alcançou um incremento de 48%, comparado com todo o exercício de 2016.

SEGURANÇA - Na tarde de ontem, a deputada Roberta Arraes esteve com Alexandre Filho e o vereador de Araripina, Francisco Edivaldo, na Secretaria de Defesa Social, em reunião com o secretário Antônio de Pádua, de onde saiu com boas notícias para a segurança do Sertão do Araripe. O titular da SDS informou à parlamentar que, em breve, estarão chegando na região o Departamento de Repressão Ao Narcotráfico (Denarc) e um núcleo de Gerência Geral da Polícia Científica, com instalações no município de Ouricuri.

Perguntar não ofende: A perda de mais um ministério não vai sacramentar o desembarque tucano do Governo Temer


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

sonia

AI AI MARIA ... Quando a Lava Jato sai as ruas, é mesmo que eu tirar na Mega Sena da virada, sozinha. ririririririririririririririririririri

sonia

AI AI MARIA...Julgamento de Lula está para ser marcado e sua candidatura já pode ser descartada, ririririririririrririririririririririrririirirrrriririririririririririrrii

sonia

Ai ai Maria... riririririririririrrririririri

sonia

Ai ai Maria... O DESESPERO DE DILMA COM AS DELAÇÕES DE MANTEGA E EIKE BATISTA. Fazer sua defesa na Europa não vai livrá-la de denúncias na Lava Jato. Dilma corre contra o tempo e tenta fazer sua defesa política no exterior, enquanto Eiike Batista e Guido Mantega avançam com delações IMPRENSAVIVA.COM

sonia

AI AI MARIA GAROTINHO É PRESO DE NOVO. DESTE VEZ POR CRIMES , COM PARCERIA COM LULA, DILMA E JOESLEY NO BNDES. Garotinho foi preso por ter se vendido ao PT de Lula por R$ 2,6 milhões. Usou até pistoleiro para colocar a mão no dinheiro IMPRENSAVIVA.COM


Versão Sertão do Araripe

22/11


2017

Coluna da quarta-feira

Pernambuco unido contra o fechamento de agências bancárias no interior

A notícia já quase passa despercebida na leitura diária dos jornais e sites. Assaltantes explodem agência bancária em cidade do interior. Aconteceu na madrugada de ontem, mais uma vez, em Pernambuco. Em Moreilândia, no Sertão. Bandidos fortemente armados invadiram o município e explodiram um caixa eletrônico do Bradesco. Pelo menos duas pessoas foram feitas reféns durante a ação. Não bastasse o trauma de passar por uma situação do tipo, os cidadãos de Moreilândia, assim como muitos outros pernambucanos, ainda têm de arcar com os prejuízos do fechamento de agências bancárias no interior.

Sem ter onde sacar seu dinheiro para comprar o remédio ou pagar o mercadinho, o aposentado é o maior prejudicado porque tem de se deslocar até a cidade mais próxima para ter acesso a um banco. E muitos, infelizmente, têm sido vítimas de outra modalidade de assalto praticada por quadrilhas que estão se especializando em roubar velhinhos. Quem também é bastante penalizado é o comércio do município onde a agência é fechada. Qualquer serviço bancário tem que ser realizado a quilômetros de distância. Trava qualquer negócio e dificulta a logística de qualquer empresário.

Alia-se a isso o principal problema: a demora dos bancos – sejam públicos ou privados – em reabrir as agências danificadas por criminosos. Para fugir à responsabilidade, eles alegam de tudo: falta de dinheiro, problemas técnicos e operacionais. Isso quando os lucros de instituições como Banco do Brasil, por exemplo, só aumentam no comparativo com os anos anteriores. No final das contas quem paga é o povo.

Mas há uma luz no final do túnel. A problemática tem unido políticos de todas as colorações e bandeiras na busca de um objetivo comum. Do governador Paulo Câmara ao senador Fernando Bezerra Coelho, passando por deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores. Também pudera: a pauta está na ordem do dia, é urgente e precisa de união e força política para andar. Não tem outra saída a não ser pressionar, aqui e em Brasília, instituições como o Banco do Brasil, Caixa, Bradesco e outros bancos. É uma grande oportunidade de se usar a política para o bem. Isso, claro, aliado ao reforço na segurança do interior. Só assim o povo pernambucano vai parar de penar.

IPUBI – Na contramão do fechamento de agências, Ipubi ganhou um novo estabelecimento do Banco do Brasil semana passada. A luta foi grande, mas o povo saiu ganhando graças à articulação do prefeito Chico Siqueira, do deputado federal Fernando Monteiro e do próprio governador Paulo Câmara. “Essa é uma vitória do povo de Ipubi”, comemorou Fernando. Que o exemplo do município do Araripe se replique em todo o estado.

TRABALHO – Fernando Monteiro, inclusive, tem desprendido esforços para conseguir a reabertura de outras agências bancárias. O parlamentar, junto com o prefeito Arquimedes Valença, luta para devolver à Buíque uma agência do Banco do Brasil. O deputado já conseguiu uma unidade da Caixa Econômica Federal para Panelas, onde atua em parceria com a prefeita Joelma Duarte Campos e com o ex-prefeito Sérgio Miranda. O parlamentar também garantiu duas unidades do INSS, uma para Panelas e outra para Itamaracá, esta em articulação com o prefeito Tato.

PROJETO DE LEI – Em outra frente, o também deputado federal Severino Ninho trabalha para tornar lei um projeto que determina prazo para a reabertura de bancos danificados por vandalismos e explosões. O socialista foi relator da matéria de número 5.280/16. O relatório apresentado por Ninho, e aprovado, por unanimidade, na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara, determina que, sempre que o prazo de abertura for superior a 15 dias, o banco é obrigado a dispor de serviço provisório que ofereça, no mínimo, saque, depósito, pagamento e recebimento de salário.

COBRANÇA – Ontem, dois deputados estaduais também engrossam o coro pela reabertura de agências. Odacy Amorim e Rodrigo Novaes foram duros, durante debate no programa de Aldo Vilela, na Rádio CBN, quando questionados sobre o tema. Odacy chamou atenção para o sofrimento dos sertanejos, enquanto Rodrigo lembrou a viagem que fez à Brasília para uma reunião com o presidente do BB, Paulo Caffarelli, para cobrar a reabertura de agências. De acordo com o parlamentar, esta é a realidade das cidades de Terra Nova, Itaíba, Afrânio, Dormentes, Águas Belas, Orocó, Serrita e Jatobá.

Curtas

DISTRITAL MISTO – O Senado aprovou, ontem, por 40 votos favoráveis e 13 contra, dois PLs que estabelecem voto distrital misto para as eleições vereadores e deputados federais, estaduais e distritais. De autoria dos senadores José Serra (SP) e Eunício Oliveira (CE), as matérias seguem para a análise na Câmara Federal. Contudo, mesmo que os deputados aprovem as medidas, as novas regras não valerão para a eleição de 2018 porque, segundo a Constituição, qualquer alteração eleitoral precisa entrar em vigor um ano antes da eleição seguinte.

PENA REDUZIDA – O Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4) diminuiu a pena de Eduardo Cunha para 14 anos e seis meses – ele havia sido condenado a 15 anos e quatro meses pelo juiz Sérgio Moro. Apesar de não ter havido unanimidade, os desembargadores decidiram ainda pelo cumprimento imediato da pena após o julgamento de prováveis embargos de declaração.

TEATRO – Cedido ao TER-PE em 2012, por meio de comodato, o anexo do Teatro Paulo Freire, no Centro do Paulista, será devolvido à administração municipal em até 90 dias. A novidade, que representa uma conquista para a classe artística da cidade, é o resultado de um pleito antigo do prefeito Junior Matuto junto ao órgão da Justiça Eleitoral. O gestor do Paulista, inclusive, esteve reunido, ontem, no Recife, com o presidente do TRE/PE, Luiz Carlos de Barros Figueiredo. Na ocasião, o desembargador atendeu à solicitação do prefeito e “bateu o martelo” sobre a devolução do imóvel.

Perguntar não ofende: Vai durar até quando o jogo de prende e solta da turma de Jorge Picciani no Rio de Janeiro?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Bolsonaro, o encantador dos analfas.

Nehemias

Impossível não amá-lo! Lula é nosso!

Nehemias

Bolsonaro, o encantador de burros.

Nehemias

Geisel: O combate à corrupção foi palavra de ordem durante a ditadura. Nos porões do regime, porém, a ilegalidade prevaleceu.

marcos

Os Mortadelas em Pernambuco votam assim: Para Governador, Paulo Câmara..Para Senador..João Paulo e Mendonçinha.. UiUiUIIi bate panelinha


Versão Agreste Central

20/11


2017

Coluna da segunda-feira

Os novos caminhos da Segurança em Pernambuco

A segurança pública se tornou, nos últimos anos, o maior desafio para quem está à frente dos nossos Executivos estaduais. Os já bastante elevados números de assaltos, homicídios e outros tipos de crimes foram catapultados com a ramificação do tráfico de drogas no País, colocando os governadores de Estado contra as cordas. E esse triste fenômeno encontrou no consumo do crack e toda a cadeia que o acompanha o combustível ideal aliciar um verdadeiro exército que se divide entre meros batedores de carteiras viciados e facções como o Comando Vermelho – originário do Rio de Janeiro – e o Primeiro Comando da Capital, o PCC – nascido em São Paulo.

Em Pernambuco, a explosão desse verdadeiro "coquetel molotov" espalhou estilhaços por todos os lados. O governador Paulo Câmara, que herdara um Pacto Pela Vida sem o mesmo fôlego, leia-se recursos, dos anos dourados do Governo Eduardo Campos, precisou apostar na mudança de nomes – secretários, chefes de Polícia e comandantes militares –, de protocolos e de perfil de investimento. Fazer mais com menos deixou de ser apenas uma opção que ficava muito bonita no discurso para se tornar uma prática que não conseguia lutar contra a curva ascendente dos dados negativos expostos diariamente na Imprensa.

Paulo precisou ser criativo, usar todo o seu conhecimento de gestão pública, afinal, foi assim que ele foi apresentado à população no debate eleitoral de 2014, para encontrar os atalhos necessários que garantissem mais recursos para a sua política de segurança. O governador imprimiu um forte arrocho em sua gestão; cortou na carne, no osso e até no tutano. Foi juntando aos pouco os R$ 290 milhões que encorpam o seu Plano de Segurança de Pernambuco. Um pacote que aposta fortemente no aumento do número de profissionais de segurança (contratação de 4.500 novos policiais) e na estrutura que sustentam a sua atuação, como novos Batalhões, Batalhões Especializados, Companhias e na aquisição de helicópteros e outros equipamentos.

E, faltando menos de um ano para a eleição, os números começam a aparecer. Muito timidamente, é verdade. Porém, suficientes para imprimir mais confiança no alcance de um resultado positivo, ou pelo menos não tão duro como o que estávamos nos acostumando a ver. Só para se ter uma ideia, o município de Caruaru, governada pela principal prefeita de oposição a Paulo, Raquel Lyra, já registrou em outubro e setembro uma redução próxima de 50% no número de homicídios. Esse efeito não ocorreu por acaso. Paulo encaminhou, em setembro, 140 homens dos 1.500 policiais militares recém-formados, os tais laranjinhas, para a Capital do Agreste. E a resposta foi muito rápida. Esse resultado ainda deve ser otimizado pelo envio de outros 160 praças que passaram a compor, desde a última terça-feira, o BIESP, Primeiro Batalhão Especializado do Interior.

Esse aumento regionalizado do efetivo policial propiciou que o governador se lançasse em visitas por todas as regiões do Estado para "apresentar" à população os novos homens da PM. Fez isso em Garanhuns, Nazaré da Mata, Vitória de Santo Antão. E já agendou idas à Araripina, Tamandaré e outras cidades na próxima semana. Paulo entendeu que a sensação de segurança é tão importante quanto a própria segurança. O efeito laranjinha mostra isso. Quanto mais novos policiais com o boné de cor chamativa ocupam as ruas, mais gente deixa suas casas para viver seus municípios.

Sexta-feira, no Palácio do Campo das Princesas, O governador reuniu um grande número de prefeitos para anunciar a criação de batalhões de Polícia, batalhão especializado, reforços de efetivos municipais e criação de novas delegacias. Destacar os incrementos virou uma prioridade na sua agenda. De olho em 2018, Câmara sabe muito bem que a possibilidade de uma real mudança no cenário da segurança pública pode lhe garantir o fôlego necessário para entrar na disputa com muito mais chances de carimbar a reeleição.

BIOMETRIA – O Tribunal Regional Eleitoral (TER) reúne, no próximo dia 29, diversos prefeitos e vereadores (de todos os lados) para pedir mais empenho no processo de biometria. Os municípios mais problemáticos hoje são Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe e São Lourenço da Mata, cujos números estão muito ruins. O Cabo tem 164.524 eleitores. Só 75.346 fizeram a biometria até agora; percentual de 45,80%. Já Camaragibe possui 123.470 eleitores. Só 61.586 (49,88%) fizeram até agora. Dos 80.441 eleitores de São Lourenço 43.844 fizeram biometria, o equivalente a 54,50%. A meta do TER é chegar a 100% nas três cidades.

BIOMETRIA 2 – A biometria é importante porque reduz consideravelmente a possibilidade fraudes nas eleições. E quem não fizer terá o título eleitoral cancelado. Com o título cancelado, são várias implicações: o cidadão pode perder o Bolsa Família, não terá acesso a recursos como os do Fies ou Minha Casa, Minha Vida, nem financiamento em banco público. Também fica impedido de tirar passaporte e de assumir algum emprego em estatal. Aquele jovem que, por exemplo, quiser participar do programa Ganhe o Mundo não poderá viajar.

BIOMETRIA 3 – O papel do Tribunal Regional Eleitoral é orientar as pessoas. O processo é rápido. Pode ser agendado no site ou então ir sem agendar mesmo, no cartório ou posto eleitoral de cada município. Não podemos deixar para última hora, em nome do conforto do próprio eleitor, e para evitar transtornos.

SOCIAL – O TER-PE também está atuando no social. A entidade lançou a terceira edição do Programa Novos Rumos. A iniciativa, que no início contatava com apenas cinco pessoas, acolherá 13 jovens durante um período de até seis meses, em unidades do próprio Tribunal. Com essa iniciativa, o TRE-PE quer servir de exemplo para que outros órgãos públicos tomem medidas semelhantes. “Desejo que vocês se dediquem pensando no bem de vocês mesmos, e para que a gente possa provar a essa sociedade que vale a pena dar essa oportunidade a todos, que todo mundo merece uma nova chance”, declarou o presidente do Tribunal, Luiz Carlos de Barros Figueiredo.

Curtas

PRESIDENCIÁVEL – Mirando 2018, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, desembarca no Recife para cumprir agenda neste domingo e segunda-feira. Provável nome do PSDB ao Planalto, Alckmin se reunirá hoje com políticos e empresários. Também assistirá missa na Igreja Madre de Deus, Recife Antigo, às 11h, e visitará uma comunidade do Pilar. Amanhã ele estará na Fiepe, para um café da manhã. Em seguida, participa de palestra sobre gestão pública no Paço Alfândega. Os atos servirão como teste de popularidade para o tucano em Pernambuco.

CONSELHEIROS TUTELARES – O deputado federal Severino Ninho tem encampado diversas lutas em prol dos conselheiros tutelares pernambucanos. O socialista tem usado a tribuna da Câmara para parabenizar e incentivar o trabalho da categoria. Ninho defende a aprovação de dois Projetos de Lei que autorizaram os conselheiros tutelares a serem reconduzidos mais de uma vez aos seus cargos.

SANTA MARIA DA BOA VISTA – No seu primeiro mandato à frente da Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão, Humberto Mendes tem trabalhado muito para organizar o Executivo municipal em áreas fundamentais como Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Infraestrutura. O gestor também tem articulado parcerias com a Sétima Companhia Independente de Polícia Militar para reforçar a segurança na cidade.

Perguntar não ofende: A delação de um ex-assessor de Geddel Vieira Lima pode implodir o que sobrou do Governo Temer?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Lula é o primeiro presidente a receber o prêmio de Estadista Global do Fórum Econômico de Davos

Nehemias

10 escândalos de corrupção da Ditadura, abafados pelas Forças Armadas. https://falandoverdades.com.br/escandalos-de-corrupcao-na-ditadura/.WhNfvE_NDhV.facebook

Nehemias

Nova pesquisa. Lula 42% Bolsonaro 16% Marina 7% Alckmin 5% iro 4%. Chora analfas.

Nehemias

Bolsonaro, o encantador dos Analfas.

Nehemias

Bolsonaro, o encantador de burros.



18/11


2017

Coluna do sabadão

Paulo acerta em trazer PP e SD

O governador Paulo Câmara está fazendo um movimento político certo ao tentar atrair o PP e o Solidariedade para a Frente Popular. A partir do ingresso dos dois partidos oficialmente no primeiro escalão do seu governo, Câmara praticamente terá sacramentado o apoio dos deputados federais Eduardo da Fonte e Augusto Coutinho, e seus respectivos grupos políticos, à sua reeleição.

Em paralelo, o governador arma a Frente Popular de candidatos competitivos à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa. Entram nessa conta, por exemplo, o Pastor Cleiton Collins (PP) e a esposa do prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), Cláudia Cordeiro (SD). O primeiro tem votação consolidada no segmento evangélico, tendo vencido as três últimas eleições para estadual; a segunda terá a máquina da Prefeitura de Olinda moendo com força a seu favor.

A conta, com o ingresso do PP e SD no primeiro escalão palaciano, fica ainda mais vistosa porque o PMDB deve mesmo seguir para a oposição, com o senador Fernando Bezerra Coelho vencendo a disputa contra o deputado federal Jarbas Vasconcelos e o vice-governador Raul Henry. Com isso, a perda de tempo de TV com a migração do PMDB seria minimizada, sobretudo, por causa do PP.

A única lacuna para selar o casamento com os progressistas é o nome que Eduardo da Fonte indicará para a Secretaria de Desenvolvimento Social, Infância e Juventude. O deputado tem se reunido bastante com o governador em almoços e jantares. Os dois estão trabalhando um nome ligado a Eduardo da Fonte. Isso porque o próprio governador já se apressou em negar a indicação da vereadora do Recife, Michelle Collins, esposa de Cleiton, que, pelas suas posições conservadoras, tem enfrentado críticas dos movimentos sociais.

IRMÃOS FERREIRA – O próximo alvo do governador deve ser os irmãos Anderson (prefeito de Jaboatão) e André Ferreira (deputado estadual). Com os dois na Frente Popular, Paulo fecharia o cerco contra FBC na Região Metropolitana do Recife. O problema é que a fatura dos Ferreira é muito alta: eles querem uma vaga de candidato a senador para a André. E a ideia não é bem vista na Frente Popular. Os governistas não querem ver os irmãos muito grande ao ponto de se tornarem uma ameaça.

CARPINA – A Prefeitura do Carpina reabriu as portas do Centro de Especialidades Odontológicas Jaime Vicente Pereira Filho (CEO), que estava sem funcionar por falta de estrutura adequada. Após reforma e compra de novos equipamentos, a unidade irá disponibilizar procedimentos em Endodontia, Periodontia, atendimento a portadores de necessidades especiais, Cirurgia Bucomaxilar e outros serviços de saúde bucal. O prefeito Manuel Botafogo vem articulando recursos e ações para o município com a ajuda dos deputados Fernando Monteiro (federal) e Vinícius Labanca (estadual).

MAIS SAÚDE – A deputada Roberta Arraes (PSB), após reunião com o secretário estadual de Saúde, Iran Costa, anunciou boas notícias para o Araripe. Ela garantiu a conquista de serviços de oftalmologia e cirurgias eletivas nos hospitais, além da chegada de um aparelho de tomografia para o Hospital Regional Fernando Bezerra, em Ouricuri.

"EU TENHO MEDO" – Depois de insistir no desembarque do PSDB do Governo Temer, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso saiu com outra nesses dias. FHC disse ter medo de uma eventual vitória de Jair Bolsonaro na eleição de 2018. "Há pessoas da Direita que são perigosas. Um dos candidatos propôs me matar quando eu estava na Presidência. Na época, não prestei atenção. Mas hoje eu tenho medo, porque agora ele tem poder", lembrou o tucano. A "ameaça" aconteceu no ano de 1999, em uma entrevista de Bolsonaro à TV Bandeirantes. Imagina se a moda pega?!

Curtas

CUNHA – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, está decidida a rejeitar a proposta de delação feita recentemente por Eduardo Cunha. A PGR não acredita no que ele diz e não esquece os ataques feitos pelo ex-deputado ao Ministério Público. O fracasso das tratativas atormenta a defesa do ex-presidente da Câmara. Como os bens dele seguem bloqueados, seus advogados não estão recebendo. A esperança morreria com a negativa de Dodge.

REVOGAÇÃO – Alguém em sã consciência achou mesmo que a Assembleia Legislativa do Rio não revogaria a prisão dos deputados Jorge Picciani (presidente do Poder), Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, presos pela Polícia Federal após decisão do TRF-2? Acredito que não. No Rio, não adianta mais juiz mandar prender que deputado vai lá e mandar soltar. Ô, cidade maravilhosa para a bandidagem.

BRECHT – Não bastasse o acinte que seus colegas deputados federais do Rio de Janeiro estavam fazendo, o parlamentar fluminense André Lazaroni, também do PMDB, saiu com uma que o fez virar piada nas redes sociais, na sessão que revogou a prisão de Jorge Picciani e companhia. Ao tentar citar uma frase do dramaturgo Bertolt Brecht, André acabou atribuindo a declaração a Bertoldo Brecha, personagem da Escolinha do Professor Raimundo. Resultado: virou meme!

Perguntar não ofende: O ministro Raul Jungmann consegue emplacar uma candidatura a senador pelo Rio de Janeiro?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Bolsonaro, o encantador dos burros.

Nehemias

Bolsonaro, o encantador dos Analfas.

marcos

Lula o encantador de Burros.

Nehemias

REINALDO AZEVEDO CHAMA ELEITORES DE BOLSONARO DE IGNORANTES E MANDA ELES ESTUDAREM. Ôxente! São analfas, é? KKKK

Nehemias

Lula o melhor presidente do Brasil, com 55 honoris causa de universidades pelo mundo. O MITO


Versão Sertão do Pajeú

17/11


2017

Coluna da sexta-feira

Política é lugar de mulher, sim, senhor!

A Revista Forbes Brasil divulgou, ontem, a lista das nove mulheres mais poderosas do País. Tem ativista social, CEO do ramo turístico, editora de moda, varejista, jornalista, entre outras profissionais. Mas não havia nenhuma política no ranking. O fato joga holofotes num tema que merece atenção em tempos de renovação das nossas instituições: a política é um ambiente extremamente masculino e machista, em que a participação feminina ainda é muito restrita e pouco incentivada.

Precisamos abandonar o discurso e colocar em prática mecanismos que incentivem a participação da mulher em cargos públicos. Estimular mais mulheres a entrar na disputa eleitoral e participar ativamente da construção dos destinos da nação. A lei que obriga as chapas proporcionais a terem, em sua composição, 30% de mulheres é uma mera formalidade. Os partidos só a cumprem para não terem problemas com a Justiça Eleitoral.

Nem a eleição, e posterior reeleição, da primeira mulher presidente do Brasil, Dilma Rousseff, contribuiu para aumentar exponencialmente a participação feminina na política. Sem fazer juízo de valor acerca da figura de Dilma, ou ao que levou ao impeachment da petista, sua eleição foi um marco na Política de Gênero, mas que acabou não gerando os frutos que se esperava, minimizando uma desigualdade centenária que ainda persiste em nos incomodar.

O fenômeno é nacional. Mas o exemplo pernambucano ilustra bem o cenário. Atualmente, das 25 cadeiras de deputado federal do nosso Estado, apenas duas são ocupadas por mulheres. A comunista Luciana Santos, que, vale ressaltar, é uma exceção à regra pois ainda preside nacionalmente o PCdoB; e a sertaneja Creuza Pereira, ex-prefeita de Salgueiro, que está exercendo mandato na condição de suplente do PSB. Isso sem falar na Assembleia Legislativa e nas câmaras de vereadores.

O dever de casa tem que começar pelas próprias gestões públicas, em todos os níveis, que precisam criar secretarias e estimular de fato uma construção de gênero que não se restrinja a uma pasta figurativa; mas que seja transversal, ocupando lugar de destaque em toda ação do governo. As escolas, universidades e os movimentos e organizações sociais também têm papel fundamental nessa construção. São molas propulsoras desse conceito, assim como a imprensa, a publicidade e as redes socais. Só com muita educação é que vamos corrigir essa distorção e melhor representar nossa sociedade na política.  

CADEIA NELES – Presos, ontem, em decorrência de uma decisão unânime da Primeira Seção do Tribunal Federal Regional da 2ª Região (TRF-2), três deputados estaduais do Rio de Janeiro podem ser soltos a qualquer momento pelos próprios pares. O poderoso Jorge Picciani (presidente da Alerj), Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, foram em cana na Operação Cadeia Velha, por envolvimento em um esquema de propina no segmento de transporte público. Agora, após comunicação oficial feita pelo Judiciário, o Legislativo estadual pode revogar a prisão dos parlamentares.

CADEIA NELES 2 – Para deixar a prisão, Jorge Picciani e seus aliados precisam de 36 votos favoráveis entre 70 possíveis. A julgar pela força política que o presidente da Alerj tem na Casa, o objetivo deve ser alcançado e a liberdade, assegurada. O pior é que a revogação da prisão dos deputados é absolutamente legal, pois segue jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), criada no caso envolvendo o senador Aécio Neves. O Brasil é o País da piada pronta mesmo.

BEBETO E ROMÁRIO – Em meio ao mar de lama que virou a política no Rio de Janeiro, o Podemos filia hoje o deputado estadual e ex-jogador, Bebeto. O ex-craque pode reeditar, nas eleições de 2018, a dobradinha com Romário, famosa por ter levado o Brasil ao Tetra, em 1994. É que o baixinho, que exerce mandato de senador, deve candidatar-se ao Governo do Estado no próximo pleito. Se tiver o mesmo sucesso dos gramados, a dupla voltará a fazer história novamente.

BARRAGEM DO JUÁ – O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista, estará hoje, em Floresta, para representar o governador Paulo Câmara na inauguração da Barragem do Juá. O equipamento deverá receber águas da transposição do São Francisco e beneficiar a população das cidades próximas. Em menos de dois meses, o secretário já realizou entregas importantes como sistemas de abastecimento de água, títulos de propriedade, e vem recebendo gestores de todo o estado em seu gabinete.

Curtas

IPUBI – Prefeito de Ipubi, Chico Siqueira foi ao Palácio do Campo das Princesas reunir-se com o governador Paulo Câmara. Os dois gestores trataram sobre repasses do FEM para o município e sobre a agência do Banco do Brasil. “Vamos pleitear mais ações que melhorem significativamente a vida de todos. Gestão se faz com parcerias certas, visão e responsabilidade; olhando sempre as melhorias para nossa cidade e nosso povo”, pontuou Chico. Ao prefeito, o governador adiantou que em breve cumprirá agenda na cidade.

CARNAUBEIRA DA PENHA – O deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, anuncia uma ação para o município de Carnaubeira da Penha. Em recente reunião com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, Sebastião garantiu, junto ao gestor e ao governador Paulo Câmara, o investimento de R$ 3,3 milhões para a obra hídrica que minimizará os problemas causados pela escassez de água na cidade. A intervenção, que compreenderá toda rede de abastecimento de Carnaubeira da Penha, é uma antiga reivindicação da população que será atendida pelo Governo do Estado.

TAQUARITINGA DO NORTE – Em visita à Taquaritinga do Norte, o deputado federal Danilo Cabral confirmou aliança com Igor Miranda, que foi a grande surpresa da eleição do município de Vertentes, ampliando, assim, sua influência política no Agreste Setentrional. Segundo o parlamentar, a expressiva votação obtida por Igor na primeira disputa que participou reflete o desejo de mudança da população da cidade. Igor recebeu 45% dos votos no ano passado. “Queremos colocar nosso mandato à disposição do povo de Vertentes, junto com Igor e seu conjunto político, para que a gente possa contribuir para melhorar a qualidade de vida da população da cidade”, afirmou Danilo.

Perguntar não ofende: Só eu fiquei espantando com o valor total dos bens de Lula e seu filho (R$ 24 milhões) que o MPF pediu o bloqueio?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Bolsonaro disse que não fala sobre economia porque não é economista, mas vive falando de gay...Ahhhhhhh, entendi!

Nehemias

REINALDO AZEVEDO CHAMA ELEITORES DE BOLSONARO DE IGNORANTES E MANDA ELES ESTUDAREM. Ôxente! São analfa, é? KKKK

Nehemias

As panelas seguem em silêncio, não sabe se por cumplicidade ou vergonha do golpe.

Nehemias

Geisel: A corrupção nas Forças Armadas está tão grande, que a única solução para o Brasil é abertura.

Nehemias

PESQUISA VOX POPULI DA 42% DAS INTENÇÕES DE VOTOS PRA LULA. AQUI NO NORDESTE, 70% DOS ELEITORES VOTAM EM LULA.


Prefeitura do Ipojuca

16/11


2017

Coluna da quinta-feira

Municípios no fundo do poço

O inferno da crise econômica brasileira tem derrubado vertiginosamente a aprovação de prefeitos em todo tipo de município. No vermelho, as prefeituras têm sido obrigadas a diminuir investimentos, contingenciar serviços públicos e, em última instância, cortar na carne, demitindo funcionários, a maioria, vale ressaltar, apadrinhados do prefeito da vez. Se tem uma coisa que deixa prefeito maluco é ter que demitir; sobretudo nas cidades pequenas, onde a maioria dos eleitores trabalha na prefeitura. É perda de voto na certa!

Em Pernambuco não é diferente. O assunto foi tema, anteontem, de uma Assembleia Geral Extraordinária da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), no Recife. Nas palavras do presidente da entidade e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, a reunião foi a “mais difícil dos últimos tempos devido às medidas drásticas necessárias que os gestores estão tomando para conter a crise: demissões, diminuição de cargos, corte de gratificação e dos serviços prestados à população”.

De acordo com a Amupe, cinco mil servidores, entre comissionados e contratados, já foram demitidos este ano nas prefeituras pernambucanas. E a triste previsão é que novas demissões ocorram até o final de 2017, aumentando ainda mais a massa de desempregados no Estado e no País. Isso sem falar na redução das políticas publicadas já defasadas há décadas.

Os prefeitos pernambucanos querem que a União envie um auxílio financeiro estimado em R$ 169 milhões para as que as prefeituras consigam honrar salários e pagar o 13º dos servidores. Em todo Brasil, o pedido de ajuda chega à cifra de R$ 4 bilhões.

A reunião da Amupe, que teve a participação de mais de 100 municípios, abriu em Pernambuco uma campanha da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) junto com as associações municipalistas. “Não deixem os municípios afundarem” é o tema da campanha. Contudo, pelos sinais que o Governo Federal tem dado, a boia não será jogada nem tão cedo. E as prefeituras chegarão mesmo ao fundo do poço. É um verdadeiro salve-se quem puder. 

VENCENDO A CRISE – Na direção contrária da crise vemos bons exemplos no nosso Estado. É o caso do prefeito de Buíque, Arquimedes Valença, que está no seu quarto mandato. Buíque é um dos poucos municípios pernambucanos que está conseguindo manter pagamentos de funcionários em dia; além de obras, ações e a confiança de diversos setores. Desde o início de sua gestão, Arquimedes sabia do tamanho do desafio que enfrentaria, e, com toda a sua articulação e parcerias, está conseguindo reestruturar um município que está saindo dos piores índices na Saúde para um dos melhores, como mostra os levantamentos feitos pela Secretaria estadual de Saúde.

MEDIA TRAINING URGENTE – A assessoria do ex-prefeito de Jaboatão e pré-candidato do PSDB a governador, Elias Gomes, precisa contratar urgente um Media Training para ele. Sem intimidade com as redes sociais nem com os smartphones, Elias passa vergonha nas "lives" que tem feito no Facebook para falar de temas da administração pública. Esta semana, no tema Juventude, ele passou minutos pensando no que iria dizer, depois virou para o lado, procurou um livro na estante; só depois começou a falar. Na da Segurança, Elias e dois assessores parece que ficaram esperando algum internauta entrar para iniciar a conversa, que, ademais, foi muito longa e não trouxe nenhuma novidade.

CONTRATAÇÃO – Em razão de supostas irregularidades na contratação de professores, o procurador-geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco, Cristiano Pimentel, solicitou algumas medidas contra o prefeito de Floresta, Ricardo Ferraz. De acordo com Pimentel, a prefeitura contratou centenas de funcionários temporários quando deveria nomear concursados. O ato desobedeceu a medida cautelar do TCE.

CURTAS

PROJETO ELEITORAL – Lançado por Elio Gaspari à Presidência da República em um artigo, o ministro Luís Roberto Barroso, do STF, negou desejo de concorrer. “Gostaria de afirmar, de forma categórica, que eu vivo para pensar o Brasil e ajudar a aprimorar as instituições, mas sempre dentro da minha missão como professor e, circunstancialmente, como Ministro do STF. Em definitivo, asseguro que não passa pela minha cabeça qualquer projeto eleitoral, circunstância que comprometeria a autoridade e a independência de minhas posições”, sentenciou Barroso, em nota.

AUTORITARISMO – No dia em que se comemora a Proclamação da República, o presidente Michel Temer afirmou que o brasileiro tem tendência para o autoritarismo. Em ato no município de Itu, em São Paulo, Temer lembrou o Estado Novo e a Ditadura Militar como exemplos. “Se não prestigiarmos certos princípios constitucionais, nossa tendência é caminhar para o autoritarismo. Nós, brasileiros, temos tendência para a centralização. Temos de governar com espírito de abertura, fazendo harmonia entre os Poderes, com diálogo e respeito ao Legislativo e Judiciário, em diálogo com a sociedade”, disse.

SEGURANÇA – O ministro da Defesa, Raul Jungmann, foi à capital americana Washington reunir-se com o subsecretário de Estado para Assuntos Políticos dos Estados Unidos, Thomas A. Shannon Jr. A pauta do encontro foi a criação de uma autoridade sul-americana de segurança, para combater a criminalidade, principalmente na região de fronteira. No Brasil, governadores culpam a falta de controle das fronteiras como o principal motivo da entrada de drogas no País.

Perguntar não ofende: Onde vai parar o imbróglio entre Temer e Maia sobre a MP para “corrigir” pontos da Reforma Trabalhista?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Lula é imenso, do tamanho do Brasil. Lula é a história.

Nehemias

Geisel: A corrupção nas Forças Armadas está tão grande, que a única solução para o Brasil é abertura.

Nehemias

Pobre ganhou direitos, subiu de classe social e pensou que era patrão, bateu panela e tomou no botão. Nóis sofre, mais nóis goza. KKKK

Nehemias

PARA ESCONDER SEUS PRÓPRIOS CRIMES, A GLOBO ATACA LULA E O PT TODOS OS DIAS.

Nehemias

UM RECADO PARA OS PERSEGUIDORES DE LULA: EM 2018, EU E TODA A MINHA FAMILIA VOTAREMOS NO PT DE CABO A RABO.


Banner - Hapvida

15/11


2017

Coluna da quarta-feira

   Banho de povo

Em uma votação rápida, sem holofotes e nenhum reboliço, como em um jogo de cartas marcadas, os desembargadores do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) elegeram, ontem, a nova mesa diretora para o biênio 2018/2019. O caruaruense Adalberto Oliveira Melo foi eleito presidente com 44 dos 49 votos possíveis. A quase unanimidade descortina uma verdade incômoda, mas muito pouco debatida na nossa capitania: precisamos falar sobre o corporativismo de suas excelências do Judiciário pernambucano.

A ascensão e consolidação dos órgãos de controle no Brasil acarretou em uma constante fiscalização do Executivo e do Legislativo, sobretudo. Nada mais justo. Não fosse o trabalho de servidores públicos sérios, competentes e dedicados, a safadeza secular que tomou conta do Estado brasileiro não estaria sendo combatida com tanto afinco como em tempos de Lava Jato. Que essa luta se consolide cada vez mais. Assim, a sociedade terá instrumentos para julgar melhor e escolher com mais propriedade seus representantes.

Mas, ao contrário dos demais poderes, o Judiciário brasileiro é quase que intocável. Chega a soar como uma “blasfêmia” para a maioria dos integrantes do poder qualquer questionamento referente aos rios de dinheiro que juízes e desembargadores ganham Brasil afora, só para ficar restrito ao debate dos "supersalários". No Judiciário pernambucano não é diferente. O nosso povo tão aguerrido precisa acordar e cobrar do TJPE uma participação social que ele não tem tido.

E a imprensa tem papel importante neste processo. Por que toda eleição do TJPE é quase uma aclamação? Por que o Tribunal não se posiciona sobre questões relevantes da vida em Pernambuco? Onde está a oposição? Por que seus líderes só vêm a público na hora em que se está debatendo a questão financeira? Por que?

Economia de dinheiro público representa a possibilidade de investimentos em modernização dos processos e celeridade nos julgamentos, a principal queixa da população. O Judiciário - tanto quanto o Executivo e o Legislativo - precisa entrar na pauta da sociedade; "tomar um banho de povo". Orientar seus esforços para melhorar a qualidade de vida de todos os pernambucanos que precisarem da Justiça, e não apenas de uma “casta de escolhidos”.

MESA DIRETORA - Assim como a eleição do novo presidente do TJPE, a votação para os demais cargos da mesa diretora também ocorreu sem sobressaltos. O novo corregedor de Justiça será o desembargador Fernando Cerqueira. A 1ª e a 2ª Vice-Presidências serão ocupadas por Cândido Saraiva e Antenor Cardoso, respectivamente. Todos tiveram 40 ou mais votos de 49 possíveis. A posse do colegiado se dará em fevereiro de 2018.

CANDIDATURA - Nos bastidores do TJPE era dada como certa até algum tempo atrás a candidatura do desembargador Eduardo Paurá à Presidência do Judiciário de Pernambucano. Sem ter conseguido a maioria, especula-se, Paurá teria optado por não bater chapa com Adalberto de Oliveira Melo, que acabou eleito. Em seu discurso, o futuro presidente se comprometeu em dar celeridade à Justiça. “Dedicação, espírito de colaboração e harmonia com todos os que compõem o Tribunal vão pautar a minha gestão”, disse Adalberto.

JUDICIÁRIO X SOCIEDADE - E por falar em Judiciário versus a pauta da sociedade, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), compartilhou, ontem, no Twitter, um texto de Demétrio Magnoli para expressar a sua “solidariedade ao jornalista Willian Waack”, afastado da TV Globo porque fez um comentário racista no intervalo de uma gravação. “Todos nós podemos errar”, amenizou Gilmar Mendes.

PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA - No dia hoje, quando se comemora a Proclamação da República no Brasil, nunca é demais lembrar uma frase escrita logo no primeiro artigo daquele livrinho verde, chamado Constituição Federal, que muitos políticos e operadores do Direito ou nunca se deram ao trabalho de ler, ou fizeram questão de esquecer. “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”. Portanto, toda a ação do Estado, seja qual for o poder, deve ter como beneficiário o povo, e tão somente o povo!

Curtas –

MALDITA BUROCRACIA - Desde setembro de 2016 emendas parlamentares do Senador Fernando Bezerra Coelho e do Deputado Adalberto Cavalcanti, totalizando mais de 5 milhões de reais, destinadas à aquisição de equipamentos médicos para o Hospital Dom Tomás da Apami, até o momento não foram concretizadas pela Secretaria estadual de Saúde. E os doentes de câncer que se danem. Maldita burocracia!

ENCONTRO  - O senador Fernando Bezerra Coelho foi o articulador do encontro entre o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, e o presidente da Caixa, Gilberto Occhi. Os três participaram de reunião nessa terça-feira, na prefeitura, que contou com a presença do secretariado municipal e de técnicos do banco. Na pauta, projetos de habitação e financiamento para obras de infraestrutura.

DESTITUIÇÃO – Destituído do comando do diretório socialista em Petrolina, o prefeito Miguel Coelho adiantou que vai procurar seu caminho e deixar a legenda “no momento certo”. “Está claro que o PSB não nos quer no partido. Mostra que não quer mais o trabalho que fizemos de reconquistar a Prefeitura de Petrolina após dez anos, e todo o trabalho de estruturação do partido que fizemos”, lamentou o prefeito, em entrevista.

Perguntar não ofende: O poço do Rio de Janeiro não tem fundo?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Lula o melhor presidente do Brasil, com 55 honoris causa de universidades pelo mundo. O MIT

marcos

Blog 247 reconhece que Lula é um Bosta!

marcos

Lula deixou 13 Milhões de desempregados no Brasil, e empregou na Venezuela, Panamá, Maputo, Cuba, Peru, Colômbia.......Isso é um cabra safado!

marcos

Quem não se lembra de Marisa Letícia (in memoriam) ao telefone com Lulinha, ( no panelaço da Jumenta ) mandando o povo socar as panelas no cu. Essa família Lula da silva é um Barraco!

Fernandes

Lula o melhor presidente do Brasil, com 55 honoris causa de universidades pelo mundo. O MITO.


ArcoVerde

14/11


2017

Coluna da terça-feira

 Saída de Bruno impacta sucessão 

A saída do cargo do agora ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), impacta diretamente a sucessão estadual de 2018 em Pernambuco. A notícia, confirmada ontem, mas que já era esperada na cena política há algum tempo, trouxe consigo uma reconfiguração da corrida eleitoral. O PSDB, partido presidido por Bruno no Estado, perdeu força com a desincompatibilização do deputado federal e pode, inclusive, ficar de fora da majoritária, em composições que passam por palanques do governo ou da oposição.

É unânime no meio político a tese de que uma coisa era se Bruno Araújo deixasse o ministério no prazo estipulado por lei (em abril de 2018); e outra foi ter saído ontem, após soltar uma carta de demissão em meio ao racho exposto no PSDB, tanto âmbito federal quanto no estadual. Dizem que o parlamentar se antecipou ao presidente Temer, que, pressionado pelo Centrão, já tinha decidido entregar o comando das Cidades a outra sigla.

O deputado federal, que, nos bastidores, era tido como candidato certo ao Senado, pode ter que contentar-se com a reeleição para a Câmara. A forma como se deu a sua saída fez o PSDB de Pernambuco perder força política e, consequentemente, dimensão para tentar cavar espaço em qualquer que seja a majoritária. O jogo agora é outro.

A Bruno Araújo, resta tentar solucionar o imbróglio que se tornou o tucanato em seu estado, depois que o deputado federal Daniel Coelho abandou a convenção da legenda porque não teve seu nome chancelado para a tesouraria. Esse é o primeiro passo para manter vivo o sonho majoritário do PSDB em 2018.

ALTRUÍSMO – Oficialmente, o ex-ministro Bruno Araújo justificou seu pedido de demissão como um gestor em prol da unidade do PSDB, dividido entre os que defendem a permanência no Governo Temer e os que pedem a entrega dos cargos. Na carta enviada ao presidente, Bruno fez um balanço da sua gestão e encerrou dizendo que “a serenidade da história” reconhecerá no atual governo “resultados profundamente positivos para a sociedade brasileira”.

SUPLÊNCIACom a volta de Bruno Araújo à Câmara Federal, quem perde a vaga no Parlamento brasileiro é o ex-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho, que volta para a suplência. Para o lugar de Bruno no ministério, o PP já deixou vazar que quer indicar o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, para o posto. Occhi já foi ministro de Dilma Rousseff. É a famosa dança das cadeiras onde governo e oposição se misturam.

 

BOMBEIROS - O governador Paulo Câmara participou, ontem, da aula inaugural do Curso de Formação e Habilitação de Praças Bombeiro Militar (CFHP BM), para 300 novos homens e mulheres, aprovados em concurso realizado em maio deste ano. "Tenho certeza que esses novos alunos vão se integrar a uma corporação séria, que vai nos ajudar muito a ser um Estado mais igual, justo, e, acima de tudo, um Estado onde os Bombeiros Militares vão estar sempre prontos para atender à população sempre que chamados, preservando a vida, o próximo, e, principalmente, a cidadania e a qualidade de vida das pessoas", disse Paulo.

DORMENTES  - No cargo desde setembro, a prefeita de Dormentes, Josimara Cavalcanti (PSB), reuniu-se com o governador Paulo Câmara (PSB) no Palácio do Campo das Princesas, ontem, levada pelo deputado federal Fernando Monteiro (PP). Na pauta, parcerias nas áreas de infraestrutura, recursos hídricos e segurança entre o Governo do Estado e a prefeitura – pela manhã, a gestora já havia se reunido com o presidente da Compesa, Roberto Tavares. Josimara assumiu o posto em decorrência do falecimento do ex-prefeito Geomarco Coelho.

 

CURTAS –

HOMENAGEM - Pavimentando o caminho de volta para a Assembleia Legislativa, Manoel Ferreira receberá, no próximo dia dois de dezembro, o título de cidadão de São Lourenço da Mata. A proposição é do vereador Irmão Manoel (PR). A candidatura de Manoel, patriarca do clã Ferreira, faz parte de uma jogada audaciosa do seu grupo político, que pleiteia uma vaga na chapa ao Senado para o deputado estadual André Ferreira. Nesse cenário, o vereador do Recife, Fred Ferreira, concorreria à Câmara Federal. Eles terão a força da máquina da Prefeitura de Jaboatão, do prefeito Anderson Ferreira, trabalhando a seu favor.

OLINDA – Outro que vai arriscar alto na eleição de 2018 é o prefeito de Olinda, Professor Lupércio. De ascensão meteórica na política, o chefe do Executivo olindense vai lançar a mulher, Cláudia Cordeiro, à Assembleia Legislativa. De acordo com aliados do prefeito, a pré-candidata conta com o apoio do seu partido, o Solidariedade, para lograr êxito. Nunca é demais lembrar que a Prefeitura também vai moer pesado para eleger a primeira-dama.

CAMPANHA – O ipubiense Daniel Torres lançou o movimento “Sim, Nós Podemos” com o objetivo de conscientizar e mobilizar a sociedade civil e os políticos do Araripe da necessidade de a região ter um filho da terra no Congresso Nacional a partir de 2019. Segundo seu idealizador, o movimento é apartidário e plural. O nome a ser apoiado pelo grupo surgirá após um longo debate com a sociedade.

Perguntar não ofende: O que o Palácio achou da saída de Bruno Araújo do Ministério das Cidades?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

PSDB, PT, PMDB, PP e PSB fecham acordo em vários estados para as eleições de 2018. Então a solução é Bolsonaro neles.

marcos

Bruno Araújo renunciou ao Ministério das Cidades, numa manobra combinada com Michel Temer, como noticiamos mais cedo, para parecer que o PSDB está desembarcando e não que está sendo “desembarcado”. Quem estava na sala no momento da entrega da carta de renúncia, no entanto, diz que o presidente demonstrou “surpresa”. Vale lembrar que Bruno foi o primeiro a pedir demissão assim que explodiu a delação da JBS, em maio, mas horas depois voltou atrás. Bolsonaro neles.

marcos

O PT SÓ PROTEGE LULA........Giselda Rousie de Lima, mulher de João Vaccari, disse a folha que o PT só se preocupa com Lula, seu marido que tanto ajudou o partido está jogado as traças. O João ainda pode delatar e afundar o PT. Dona Giselda, o Brasil honesto lhe apoia!

marcos

Olha a nova pesquisa:: Lula com 30%, Bolsonaro com 23%, Marina Silva com 13%, Huck com 13% Geraldo Alckmin com 6%, Ciro Gomes com 3% e Henrique Meirelles com zero. Tchau Querido dos Nove dedos.

marcos

Lula o cara que desempregou 13 Milhões de Brasileiros.


Garanhuns Natal Luz

13/11


2017

Coluna da Segunda-Feira

  PSDB já pensa em Alckmin
Presidenciável tucano, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), está fechado com a candidatura do governador de Goiás, Marconi Perillo, para presidir a legenda, mas admitiu, ontem, mudar de posição, se for necessário", caso o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, saia candidato como terceira via. “Será bom para o partido", afirmou. "Se for necessário que o governador Geraldo Alckmin assuma a presidência como um tercius será bom para o partido", disse o tucano. "Continuo apoiando Marconi Perillo para a presidência do PSDB”, ressaltou.
Por falar em Alckmin (PSDB), ele não descarta a possibilidade de assumir a presidência do PSDB, após negar esse cenário de forma contundente nos últimos dias. Com a destituição do senador Tasso Jereissati (CE) do comando interino da sigla, na última quinta-feira, o nome do governador foi levantado por tucanos importantes, como o ex-senador José Aníbal, presidente do Instituto Teotônio Vilela, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
"Temos dois pré-candidatos. Vamos aguardar. Essa é uma decisão coletiva do Brasil inteiro", disse Alckmin. Além de Tasso, que se declarou candidato na última quarta-feira, o governador de Goiás, Marconi Perillo, também declarou que vai concorrer à presidência do PSDB, que será escolhida em convenção do partido no dia 9 de dezembro.
Nesta semana, o senador Aécio Neves (MG), presidente afastado do partido, destituiu Tasso da presidência interina. A justificativa do mineiro é dar isonomia à escolha do próximo presidente do PSDB, em dezembro, uma vez que Tasso se candidatou ao cargo. Com a saída de Tasso, assumiu, interinamente, o ex-governador Alberto Goldman. A disputa pelo comando da legenda levou à maior crise interna do PSDB.
 
PORTA DA FRENTE- O senador Aécio Neves (MG), presidente licenciado do partido, participou da convenção tucana em Minas Gerais que reelegeu seu aliado, o deputado Domingos Sávio, presidente da legenda no Estado. Em entrevista no final do evento, Aécio reconheceu que o PSDB deixará em breve o governo Michel Temer, mas criticou os "cabeças pretas", ala que faz oposição ao Palácio do Planalto. "Vamos sair do governo pela porta da frente, da mesma forma que entramos", disse o senador.
 
Cartão reformaOs primeiros beneficiários do País receberão, hoje, às 16h, o Cartão Reforma no Palácio do Planalto, em cerimônia simbólica com o presidente Michel Temer. Luiz Santos da Silva, Maria do Socorro da Silva Rosado e Valéria Ana da Silva vão representar os 150 moradores do bairro de São João da Escócia, em Caruaru, onde foi executada a fase piloto do programa. Cada família receberá R$ 6 mil, em média, para melhorar a sua casa. Na cerimônia, o ministro Bruno Araújo assinará ainda portaria que permitirá levar o Cartão Reforma a famílias de municípios de cinco Estados – Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná Alagoas e Pernambuco – que sofreram com as chuvas e tiveram de decretar situação de calamidade pública. Em breve, outros 1.923 municípios poderão ingressar no programa.
 
O exemplo cearense – Os mais de 101 mil estudantes de escolas públicas no Ceará que fizeram as provas do segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ontem, tiveram direito a transporte gratuito e um kit prova, com água mineral, frutas, barra de cereal e caneta. Neste ano, o Estado alcançou o maior índice de inscrição de estudantes de escola pública.  "Alcançamos 99,51% de estudantes de escolas públicas aptos a fazerem o Enem 2017, quando a média do Brasil foi 60%. Preparamos no domingo passado e vamos repetimos ontem 159 pontos de apoio com água e frutas, com equipes de professores e de diretores de escolas espalhados em todas regiões do Estado. Distribuímos no domingo passado 200 mil garrafas de água e 200 mil canetas pretas e neste domingo vamos repetir a dose para apoiar nossos estudantes a fazerem um bom Enem", disse o governador Camilo Santana (PT).
 
Teto na LDO – Integrantes do Fórum de Procuradores-Gerais da Região Nordeste se reuniram em João Pessoa para discutir uma pauta comum aos Estados e deliberar sobre algumas medidas para atuação conjunta das procuradorias-gerais da região. Vários pontos foram aprovados, por unanimidade, dentre eles a recomendação para os procuradores-gerais, em conjunto com os secretários de planejamento dos respectivos estados, desenvolverem estudos com a finalidade de criar regras fixando limites ou teto na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para elaboração das respectivas peças orçamentárias dos Poderes e do Executivo, inclusive com recomendação para esse tema ser pautado no Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Estados (CNPGE), no próximo dia 24.
 
Porto de volta ao PTB- O deputado estadual Álvaro Porto (PSD) participou da abertura oficial da "Magia do Natal", em Garanhuns, ao lado do prefeito Izaias Régis (PTB), do vice-prefeito Haroldo Vicente  (PSC), do deputado federal Jorge Corte Real (PTB) e de lideranças do município. O novo encontro do deputado com Izaías e, agora, o reencontro com Corte Real voltaram a estimular a especulação de que Porto estaria fazendo o caminho de volta ao PTB, sigla pela qual foi eleito em 2014, sendo o mais votado no Agreste Meridional. Hoje filiado ao governista PSD, o deputado integra a oposição e, em 2018, deve se alinhar oficialmente ao bloco que faz o contraponto ao Palácio do Campo das Princesas.
 
CURTAS
 
PORTEIROS– Os porteiros terceirizados das escolas estaduais do Vale do São Francisco ameaçam fazer greve devido ao atraso nos salários de outubro. A situação atinge todas as escolas que são atendidas pela Empresa Unika Terceirização e Serviços, que ganhou licitação no lugar da empresa Soservi. Caso a greve se confirme, as escolas poderão ser prejudicadas. Ainda não se sabe o motivo que leva a empresa a atrasar os salários. O salário médio para porteiro escolar é de R$ 1.266,00. O salário pode variar de R$ 935 a R$ 1.830.
 
LIMOEIRO– Mais de 150 alunos compareceram ao plantão do Limoeiro Construindo o Futuro do último sábado com aulas na área de Exatas para o Enem. Na ocasião, o prefeito João Luís Ferreira Filho anunciou que, em parceria com a FACAL, serão disponibilizadas bolsas de estudo com até 100% de desconto para os alunos do projeto que se inscreverem na Faculdade. O evento contou com a presença da secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Cristiane Barbosa, o secretário executivo de Governo, José Jackson, e o presidente da Autarquia, Luiz Carlos.
 
Perguntar não ofende: Aécio ainda tem força para eleger seu sucessor no PSDB?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Lula o maior e melhor que o Brasil já teve VIVA O PT! VIVA O LULA! PORQUE SEM O PT E SEM O LULA O BRASIL É ESSA BOSTA QUE ESTA SENDO AGORA.

Nehemias

Olha ai, a hermafrodita falando.

Nehemias

Olha ai, o hermafrodita falando.

marcos

A pelegada deve tá procurando emprego.

sonia

Marcos, você sentiu falta de alguma coisa ou alivio ??? O que foi que houve ??? é de dar pena o desemprego da pelegada. Será ??? ririririririririririririririririririirirririri



11/11


2017

Coluna do sabadão

  O racha tucano

Mesmo moribundo, sem a grandeza que exibia no passado, principalmente quando disputou o segundo turno da eleição presidencial contra Dilma em 2014 em condições de igualdade, tendo a petista vencido por uma diferença mínima, o senador Aécio Neves reassumiu o comando do partido por horas para apenas dar uma canelada no agora desafeto Tasso Jereissati, que vai disputar à Presidência do partido contra o governador de Goiás, Marconi Perillo.

O tucanato vive um racha que parece irreversível. De um lado, a corrente de Aécio, que ainda parece majoritária, e de outro a de Tasso. O primeiro, com a imagem deteriorada pelo afastamento do seu mandato pelo Supremo, mesmo já tendo reassumido, quer manter o apoio da legenda ao Governo Temer de qualquer jeito. Ele conta, além da maioria dos deputados e senadores, com o apoio incondicional dos quatro tucanos que ocupam cadeiras na Esplanada dos Ministérios.

Entre estes, o pernambucano Bruno Araújo, de Cidades, que tem sido um aliado de primeira grandeza. Já Tasso, desde que assumiu a interinidade da executiva nacional com o afastamento de Aécio, tem sido duro na relação com o Governo Temer, chegando a defender o rompimento e a entrega dos quatro ministérios. Por ele, o partido já estaria na oposição e preparando um candidato ao Planalto em 2018.

Tasso e Aécio, que se davam bem no passado, viraram agora dois desafetos. O encontro da última quinta-feira, quando culminou com o afastamento do primeiro da presidência do partido, foi movido a ódio, áspero, de uma agressividade nunca vista. Os bastidores que vazaram são chocantes, de pessoas sem um mínimo grau de civilidade. A briga trará consequências naturais nos Estados. Menos Pernambuco, onde o ministro Bruno Araújo, com exceção da única voz dissidente do deputado federal Daniel Coelho, já assumiu as rédeas, unificou o discurso e está trabalhando pelo fortalecimento da legenda no Estado, com foco na eleição do ano que vem.

BRUNO REAGE- Uma semana depois de ser alvo de severas críticas do deputado federal Daniel Coelho, em razão do processo de escolha da executiva estadual do PSDB, o ministro Bruno Araújo rompeu o silêncio. Durante o evento de entrega de habitacionais, ontem, se colocou à disposição para revelar a movimentação financeira dos últimos 12 anos do partido e aproveitou para alfinetar o correligionário. Após ser impedido de ocupar o cargo de tesoureiro do PSDB no Estado, na convenção do último domingo, Daniel decidiu partir para a guerra contra Bruno. Acionou a executiva nacional da sigla para tentar anular a nomeação do diretório estadual. Da mesma forma, disse que iria solicitar informações sobre as contas da executiva estadual.

Geraldo vê ação políticaO prefeito Geraldo Júlio, que entre os anos de 2007 e 2012 foi secretário estadual de Planejamento e coordenou a Operação Reconstrução nas cidades atingidas pelas enchentes na Zona da Mata, falou ontem sobre a operação Torrentes. Segundo ele, é preciso observar três aspectos. "O primeiro deles é o aspecto social e público. O maior desastre natural que aconteceu em Pernambuco, as pessoas foram atendidas com mais de 12 mil casas, mais de 70 pontes construídas, 29 escolas, cinco hospitais. Tem a questão política também para ser observada. E aqueles adversários de má-fé podem querer transformar isso numa ação política. E a questão legal. Onde eu tenho certeza que vai restar comprovar que não houve nenhuma irregularidade", afirmou.

O pior já passou? – Enquanto luta para tentar avançar com a reforma da Previdência no Congresso, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ressaltou, ontem, a despeito das dúvidas e críticas iniciais, o caminho tomado até agora para a retomada da economia está correto. "Questionava-se se o caminho para sair da recessão estava correto e isso foi superado. O pior já passou, não há dúvida que estamos no caminho de crescimento sustentável" disse em evento na capital gaúcha. Meirelles defendeu que a política econômica centrada no equilíbrio fiscal é "o caminho para o País". Com o argumento de que a recente recessão brasileira foi gerada pela deterioração da situação fiscal, o ministro defendeu que a criação do teto de gastos públicos é uma "medida central e fundamental na recuperação da economia".

Manifestação – Manifestantes fizeram um protesto, ontem, pela Avenida Agamenon Magalhães, contra a reforma da Previdência, a lei trabalhista que entra em vigor no próximo sábado e a medida do Governo que dificulta o combate ao trabalho escravo no Brasil. Profissionais de saúde reivindicaram melhorias no Sistema Único de Saúde (SUS). O protesto terminou por volta das 12h30. A concentração aconteceu na Praça do Derby. Eles saíram em caminhada, por volta das 11h, pela Avenida Agamenon Magalhães, até a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Pernambuco, localizada na mesma via. Segundo os organizadores, cinco mil pessoas participaram do ato.

Crise leiteira- A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados debateu a crise leiteira que o Brasil está enfrentando, inclusive no estado de Pernambuco. Na avaliação do deputado Guilherme Coelho, a crise se intensifica ainda mais com o retorno da importação do leite uruguaio. “O custo de produção aumenta, não chove, e nós precisamos agir com rapidez e eficiência para que esses produtores de leite consigam preços adequados e não vendam um produto abaixo do custo de produção”, destacou. Como alternativa, ele está articulando para a próxima semana uma reunião na região do Agreste com a Superintendência do Banco do Nordeste e do Bando do Brasil, a fim de discutir medidas de crédito que possam ajudar os produtores a enfrentar a crise.

CURTAS

IRREGULARIDADES– Auditoria Especial realizada pelo Tribunal de Contas no município do Cabo de Santo Agostinho, no ano de 2015, apontou diversas irregularidades na obra de construção e revestimento do canal do Boto, localizado no loteamento de Enseada dos Corais, com orçamento estimado em R$ 6.700.000,00. A obra visava melhorar o escoamento das águas pluviais e diminuir os problemas constantes de alagamentos e inundações nas vias públicas.

PENA AGRAVADA– O plenário da Câmara aprovou o Projeto de Lei que cria regras mais rígidas para a saída temporária do presídio, o chamado "Saidão". Na ocasião, foi inserida emenda do deputado Severino Ninho (PSB) ao texto base prevendo o agravamento de pena para os presidiários mandantes de crimes que ocorrem fora das penitenciárias. A pessoa que cometer esse tipo de crime a mando do presidiário também terá pena agravada.

Perguntar não ofende: Aécio ainda tem força para eleger seu sucessor no PSDB? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Os trabalhadores não estão perdendo seus direitos agora, perderam quando não lutaram contra o golpe!

Nehemias

Lula o maior e melhor que o Brasil já teve VIVA O PT! VIVA O LULA! PORQUE SEM O PT E SEM O LULA O BRASIL É ESSA BOSTA QUE ESTA SENDO AGORA.

Nehemias

Não basta ser pobre. Tem que ser de direita.

Nehemias

Lula - 58% - Bolsonaro - 17% - Marina - 8% - Alckmin - 4%.

Nehemias

Bolsonaro disse que não fala sobre economia porque não é economista, mas vive falando de gay...Ahhhhhhh.


Supranor 1

10/11


2017

Coluna da sexta-feira

 Governo reage e oposição ataca

Numa ação espetacularizada, como definiu o Governo do Estado, a Operação Torrentes, ação integrada da Polícia Federal e da Controladoria-Geral da União, prendeu, ontem, quatro coronéis da Polícia Militar, supostamente ligados a um esquema de desvios de recursos públicos da União destinados à reconstrução de municípios da zona da Mata Sul, castigados pelas enchentes de 2010 e de 2017. Pelo menos R$ 450 milhões foram repassados pelo governo federal a Pernambuco. Parte desse montante teria sido desviado.

O foco central da Torrentes é a Casa Militar. Situada junto ao Palácio do Campo das Princesas, sede do executivo pernambucano, a Casa Militar foi alvo de buscas da Polícia Federal. Um efetivo de 260 agentes cumpriu mandados de buscas, prisões e conduções coercitivas de investigados. Os federais também vasculharam as instalações da Vice-governadoria e a Ceasa.

Além dos quatro oficiais presos, outros quatro coronéis foram conduzidos para depor na PF, entre eles Mário Cavalcante, ex-chefe da Casa Militar na gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB). Segundo a PF, a investigação teve início em 2016, a partir de um relatório elaborado pela Controladoria-Geral da União com relação aos gastos efetuados pela Casa Militar com verbas repassadas pela União na Operação Reconstrução para assistência às vítimas das enchentes que devastaram as cidades, em junho de 2010.

A PF aponta superfaturamento de até 30% em contratos de aquisição de itens. A CGU destacou que essa etapa da investigação não mira obras, mas a parte de apoio e serviços, como aquisição de alimentos, cobertores e lonas. Com relação à operação da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União realizada hoje (09.11) em prédios da Secretaria da Casa Militar do Estado, o Governo de Pernambuco reafirma a disposição de prestar todos os esclarecimentos necessários, como sempre tem feito quando solicitado por órgãos de controle e fiscalização.

A Operação Reconstrução, ocorrida a partir de julho de 2010, envolveu recursos advindos do Estado de Pernambuco e da União, dirigidos ao atendimento emergencial às 120 mil pessoas da Zona da Mata Sul atingidas pela enchente, bem como o trabalho de reconstrução das cidades. As prestações de contas respectivas foram apresentadas a tempo e modo às autoridades competentes, estaduais e federais. Não foi descumprido nenhum prazo ou foi negada nenhuma informação por parte do Governo de Pernambuco.

Em relação ao episódio, o Governo distribuiu uma nota informando que após a enchente deste ano de 2017, os prazos de prestação de conta ainda estão em curso. A Operação Reconstrução construiu a Barragem de Serro Azul e cinco hospitais, o Hospital Regional de Palmares, os hospitais municipais de Água Preta, Cortês, Barreiros e de Jaqueira. A Operação Reconstrução também entregou 12.131 mil casas; recuperou ou reconstruiu 71 pontes, recuperou 185 vias urbanas e 28 muros de arrimo em diversos municípios atingidos.

A Operação Reconstrução recuperou, ainda, 63,13 quilômetros de rodovias e 203 quilômetros de estradas vicinais; reconstruiu 29 escolas atingidas, revitalizou a orla de Palmares; recuperou e reconstruiu 123 bueiros e 11 passagens molhadas, promoveu a dragagem do Rio Una e criou a Rede de Monitoramento Hidrometeorológico. É absolutamente lastimável o processo de espetacularização negativa das atividades de controle da atuação pública. O que assistimos hoje é exemplo da grave prática de buscar criminalizar toda a atuação dos agentes públicos e políticos. Os trabalhos da Operação Reconstrução envolveram grande número de servidores públicos, que realizaram um esforço extraordinário na missão de minimizar o sofrimento que as enchentes causaram à população pernambucana.

É lamentável a operação desproporcional realizada no Gabinete do chefe da Casa Militar, no Palácio do Campo das Princesas. O acesso a todos os documentos e equipamentos ali localizados, assim como a qualquer outro documento público, poderia ter sido solicitado sem a necessidade de qualquer ordem judicial. Logo que disponha de mais informações, o Governo de Pernambuco voltará a se pronunciar publicamente”, diz o texto.

OPOSIÇÃO BATE- Em nota, a bancada de oposição destacou que, “novamente, a gestão Paulo Câmara divulga nota evasiva, apresentando dados já divulgados e classificando a ação como “desproporcional e espetacularização negativa das ações de controle público”. Mas, em nenhum momento, se pronuncia sobre os indícios de desvio de parte dos R$ 450 milhões repassados pelo Governo Federal para o socorro às vítimas das enchentes. A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, cumprindo o seu papel constitucional de fiscalizar, exige do governador Paulo Câmara uma resposta convincente a todos os pernambucanos. Até quando o governador e os demais dirigentes do PSB vão continuar subestimando a inteligência do povo de Pernambuco? “

Dias volta ao RecifeEm encontro, ontem, em Brasília, com o senador Álvaro Dias, pré-candidato do Podemos ao Planalto, o advogado Antônio Campos, recentemente filiado ao partido, confirmou a presença do presidenciável no Recife no próximo dia 4. Na ocasião, Dias confirmou a pré-candidatura de Campos ao Senado e dele recebeu os livros Criado no Brasil, Economia criativa: cultura, inovação, tecnologia e desenvolvimento e Pernambuco Criativo, inovação, tecnologia e desenvolvimento, ambos de autoria do advogado pernambucano. “Buscar inovação, não apenas de produtos, mas de processos e de gestão pública e privada. É nos modelos de negócios, de gestão e no acesso às tecnologias onde está havendo a maior onda de inovação no século XXI, que fazem a diferença na economia”, disse Antônio Campos.

Estado contemplado – O Programa “Agora, é Avançar”, lançado pelo governo federal, ontem, tem o objetivo de concluir 7.439 obras que estão paralisadas em todo o país. No total, os investimentos somam R$ 130 bilhões e os empreendimentos têm prazo de entrega até o final de 2018. Em Pernambuco, 348 obras foram selecionadas, com investimento de R$ 3,2 bilhões, entre elas, creches, escolas, moradias, unidades básicas de saúde, quadras poliesportivas e cidades digitais. Estão previstas ainda obras de contenção de encostas, esgotamento sanitário, saneamento, urbanização, restauração e abastecimento de água. Em todo o país, são diversas obras presentes em mais de 3 mil municípios brasileiros, que envolvem desde a conclusão de creches e unidades básicas de saúde até a finalização de hidrovias.

Seguro Chesf – Passados mais de seis meses ainda não se conhece o vencedor da licitação para escolha da seguradora para garantir o seguro de vida dos funcionários da Chesf. O certame ocorreu em 04/04/2017, onde a vencedora declarada apresentou uma proposta cujo valor mensal representaria uma economia de mais de R$ 1 milhão por mês. A referida empresa foi inabilitada por incoerência na sua documentação apenas quatro meses depois de entregue a sua documentação. A segunda colocada foi chamada para apresentar documentação e assim o fez, conforme histórico disponível no sistema comprasnet. A segunda colocada, cuja proposta também apresentava uma redução de mais de R$ 1 milhão por mês, entregou a documentação e aguarda desde agosto uma resposta da empresa que ainda mantém o seguro com a seguradora anterior a um custo muito maior do que a proposta.

Rasteira em Tasso- O senador Aécio Neves (PSDB-MG) destituiu, ontem, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) da presidência interina do PSDB. Segundo nota divulgada pelo senador, o motivo é a "desejável isonomia" entre os candidatos que disputarão o comando da sigla em dezembro. A candidatura de Jereissati foi oficializada na última quarta-feira. Ele deve ter como adversário na disputa o governador Marconi Perillo (PSDB-GO), que tem o apoio do grupo ligado a Aécio. Até a disputa, o partido será presidido de forma interina pelo ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, que é o mais velho entre os vice-presidentes da sigla.

CURTAS

PROCURADORES– Procuradores-gerais dos Estados nordestinos estarão, hoje, em João Pessoa, para participar da Reunião do Colégio Nacional de Procuradores Gerais do Nordeste. O evento será realizado às 9h, no Salão Rosa do Palácio da Redenção. De acordo com o procurador-geral do Estado da Paraíba, Gilberto Carneiro, anfitrião do evento, durante a reunião haverá as discussões de vários temas pertinentes às procuradorias da região Nordeste, dentre eles, o salário-educação, incidência de ICMS sobre a energia elétrica rural, e recursos financeiros do antigo Fundef, a serem devolvidos pela União.

MAIS ÁGUA– O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), informou, ontem, que dedicará uma semana, em dezembro, à votação em plenário das reformas que aumentem a produtividade da economia e estabeleçam um ambiente favorável aos negócios, com empréstimos mais baratos, menos burocracia e maior segurança jurídica. As sugestões das reformas serão apresentadas pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). A decisão foi comunicada em resposta a discurso no qual Armando anunciou que, como coordenador do grupo de trabalho da CAE que analisa as propostas, apresentará seu relatório no próximo dia 28. 

Perguntar não ofende: A operação da PF foi espetacularizada, como alegou o Governo?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Comicozinho

Lula é imenso, do tamanho do Brasil. Lula é a história.

Comicozinho

MORO PREOCUPADO! Folha De São Paulo Aponta Versões Que Confirmam Candidatura De Lula Em 2018

Comicozinho

Esse tipo de gente é o mesmo que foi para rua apoiar o golpe militar em 64! São os mesmos que querem a volta dos milicos! São os mesmos que defendem o Bolsonaro, um sujeito que dispensa comentários! São em boa parte compostos por evangélicos de mente bloqueada por pastores que saqueiam seus bolsos e acabam com suas dignidades sem que eles se deem conta disso!

Comicozinho

COISAS QUE APRENDI COM OS POBRES DE DIREITA: 1- Que um cidadão de bem (religioso de preferência), deve compartilhar mentiras, criar boatos e desejar a morte daqueles que não goste. Isso eleva a alma e o espírito das pessoas. 2- Um mero discurso do Lula (ou um petista qualquer), mesmo que ele não ocupe nenhum cargo político e não mande nada, deve nos causar mais indignação do que manifestações claras para abafar casos de corrupção de outros partidos. Afinal, o Lula veio de uma família desestruturada, fugido da fome, seca do Nordeste e conseguiu vencer na vida, ao contrário de todos de origem familiar nobre que só conseguiram o primeiro emprego graças a uma indicação do papai, da mamãe ou dos titios. E isso é uma afronta e ponto final.

Comicozinho

As forças armadas desviaram R$ 191 milhões, e bunda-mole do Mourão nem o tabacudo do Roseno deram um pio. Rabo preso.


Mobi Brasil 1

09/11


2017

Coluna da quinta-feira

 Previdência: Temer joga a toalha  

O presidente Michel Temer afirmou, durante reunião no Palácio do Planalto com líderes de partidos governistas na Câmara, que continuará se empenhando pela reforma da Previdência, mas ressalvou que a proposta pode não ser aprovada "em todo o conjunto". Segundo ele, a intenção é obter "avanços", de modo a que um futuro governo possa fazer "uma nova revisão". A reforma da Previdência sofre resistência na Câmara até mesmo entre parlamentares aliados do governo, para os quais somente será possível aprovar um texto "enxuto".

"Ela [a reforma da Previdência] é a continuação importante, fundamental, para, digamos, uma espécie de fecho das reformas que estamos fazendo. Eu quero dizer que eu continuarei me empenhando nela. Embora você não consiga fazer todo o conjunto do que a reforma previdenciária propõe, mas quem sabe nós conseguimos dar o avanço, até certo ponto que permita a quem venha depois, mais adiante, fazer mais adiante uma nova revisão da Previdência Social", declarou o presidente.

O líder do PMDB, deputado Baleia Rossi (SP), disse que o debate sobre a reforma da Previdência precisa ser iniciado novamente, porque antes das denúncias contra Temer apresentadas pela Procuradoria Geral da República e rejeitadas pela Câmara, o governo tinha votos para aprovar a reforma. "A realidade é que o quadro hoje não é esse. O governo não tem votos para votar uma PEC, o quórum qualificado de 308 votos", afirmou Baleia Rossi.

Temer afirmou que continuará insistindo na aprovação da reforma da Previdência. A proposta, enviada ao Congresso no ano passado, já foi aprovada por uma comissão especial. Temer disse ainda que a reforma da Previdência não é dele, é do governo, mas de um “governo compartilhado”.

O presidente afirmou que se a sociedade e o Congresso não quiserem aprovar a reforma, “paciência”. “Eu continuarei a trabalhar por ela [a reforma]. Eu sei da importância, como todos sabemos, da importância da reforma previdenciária”, declarou.

TRIBUTÁRIA- Temer também está centrado na reforma tributária. A proposta está em discussão no governo, mas ainda não foi enviada ao Congresso. Paralelamente, a Câmara dos Deputados discute o tema e o relator, Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), já apresentou ao governo um parecer. "Me atrevo a dizer que estamos trabalhando muito numa simplificação tributária. No tocante à simplificação, o que pode reduzir tributos, vejo que essa tese pode prosperar. Se conseguirmos levar adiante até o final do ano a simplificação tributária, teremos, na verdade, terminado este ano com dados muito positivos. A essa altura, precisamos descomprimir o país", disse o presidente.

Ultimato tucanoDepois do ultimato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para que os tucanos desembarquem do governo, agora é o presidente em exercício do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), quem cobra uma posição dos próprios ministros do partido. Tasso alertou que, caso os ministros tucanos não deixem o governo, ficarão numa situação difícil pois essa posição deverá ser tomada na Convenção Nacional da legenda marcada para 9 de dezembro. “Se os ministros do PSDB não saírem por iniciativa própria, vai ficar ruim para eles. Pois o partido vai sair do governo. Mas tem ministro que não quer sair de jeito nenhum. Estão agarrados aos cargos”, lamentou Tasso.

Mais casas – O ministro da Educação, Mendonça Filho, é o novo cidadão de Salgueiro. Ele recebeu o título, de autoria do vereador, Hercílio de Carvalho, numa solenidade bastante concorrida, que contou com a presença do prefeito Clebel Cordeiro e praticamente todos os vereadores.  O presidente da Câmara de Vereadores, Auremar Carvalho, entregou o título a Mendonça Filho, que, na oportunidade, assinou uma ordem de serviço para idealização de uma quadra no Campus Salgueiro do IF Sertão. Segundo ele, a construção desta quadra coberta terá um investimento de R$ 1,2 milhão.  Mendonça Filho recebeu este Título por ser responsável pela implantação de um campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) no município. “É uma honra poder receber uma homenagem de uma cidade com a importância e a história de Salgueiro e, diante disto, já nos comprometemos em trabalhar ainda mais para atender aos anseios dos munícipes”, concluiu.

Encontro – O Roda Democrática, movimento suprapartidário que discute ideias e busca convergências em torno de um centro político capaz de ajudar o País a enfrentar a atual crise, realiza, no próximo sábado, a sua primeira reunião no Norte/Nordeste. Na capital pernambucana, o encontro acontece no Instituto JCPM, na Zona Sul da Cidade. O grupo é formado por profissionais liberais, professores, jornalistas e ex-militantes e já promoveu em 2017 encontros em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, focando em sugestões no campo político, econômico e ético. O Roda Democrática ganhou esse nome porque promove discussões em forma de um grande círculo, sem palestrante ou palco, e tendo todos os convidados o mesmo tempo para se expressarem.

Mendonça em campanha- Pré-candidato a governador, o ministro da Educação, Mendonça Filho, inaugurou a creche municipal Tia Nelize Cordeiro em Ipubi, no Sertão. A obra teve início em 2012, mas ficou paralisada durante um longo período na gestão do prefeito anterior e foi retomada pela atual gestão municipal, só foi concluída este ano 2017. Foram investidos R$ R$ 619.999,96 de recursos federais pactuados com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A contrapartida do município foi R$ 120.974,31. “A educação, todos sabem, é a fonte de transformação verdadeira da sociedade”, pontua Mendonça Filho sobre a importância dos investimentos realizados pelo MEC.

CURTAS

LIMINARES– O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, acolheu pedido apresentado pela Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) e suspendeu 23 liminares que impediam o Estado de incluir na base de cálculo do ICMS cobrado nas faturas de energia elétrica os valores referentes a Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD) e à Tarifa de Uso do Sistema de Transmissão (TUST). A decisão foi publicada nesta quarta-feira (8) no Diário da Justiça.

PLENÁRIAS– A direção estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) de Pernambuco dá continuidade aos encontros regionais em cidades do Interior do Estado. As próximas plenárias, que visam debater a atual conjuntura, além do fortalecimento do partido na construção de um projeto na disputa de 2018, ocorrem no próximo final de semana (11 e 12), às 9h30, nos municípios de Carpina e Jaqueira, na Zona da Mata. Na pauta dos encontros, o fortalecimento do partido onde já existem diretórios municipais.

Perguntar não ofende: É verdade o que se diz no Palácio, de que Antônio Figueira é o maior entusiasta da entrada do PP no Governo e na mudança em Noronha? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Lula o melhor presidente do Brasil, com 55 honoris causa de universidades pelo mundo. O MITO.

Nehemias

Denúncia gravíssima Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato envolvidos com comércio de delações!

Nehemias

Lula o melhor presidente do Brasil, com 55 honoris causa de universidades pelo mundo. O MITO.

Nehemias

O pau tá comendo no PSDB, Aécim do pó e o temeroso deram um golpe na facção, Golpistas dando golpe em golpistas Kkkkkkkkkkkkkkkk

Nehemias

Tem candidato à presidência da República que diz não falar de economia por não ser economista, mas vive falando de gay.


Asfaltos

08/11


2017

Coluna da quarta-feira

  Daniel cometeu um equívoco 

 O deputado Daniel Coelho, uma das principais lideranças do PSDB em Pernambuco, cometeu um equívoco na convenção tucana. Candidato a prefeito do Recife, em 2012, que quase leva a eleição para o segundo turno,  não tem conseguidocontrolar seus arroubos e parece se isolar tanto no plano nacional como no local. 

Sua atitude de abandonar a Convenção do PSDB de Pernambuco, no último domingo, após desferir um discurso raivoso contra o ministro Bruno Araújo (Cidades) e a cúpula do partido, foi mais um passo errado que Daniel deu na política. Sob o argumento de que estaria sendo vítima de uma caça às bruxas por defender o rompimento dos tucanos com Temer, o deputado subiu no palanque, ligou a metralhadora giratória verborrágica e desferiu ataques para todos os lados.

Depois, sem conter sua insatisfação, acabou expondo o racha na legenda. O parlamentar, que se disse defensor da unidade, irritou-se porque não ficou com o cargo que queria: a tesouraria do partido. E partiu para o ataque, levando depois o problema local para o plano nacional partidário. 

Ao contrário do personagem bíblico do Antigo Testamento, jogado à cova dos leões por supostamente ter adorado um outro Deus que não o Rei Dario, mas que escapa da morte no fim do relato, o Daniel de Pernambuco parece não entender que o seu temperamento explosivo não é o melhor caminho para resolver as contendas partidárias ou políicas que estão ou não ao seu alcance. 

Sua postura domingo acabou por reforçar o argumento dos que o criticam por um individualismo que não combina com a biografia dos grandes líderes. Ontem no PV; hoje no PSDB; amanhã em outra sigla, como o Livres, para onde se fala que ele pode migrar. Ele tem que se conscientizar de que o melhor caminho é o diálogo e não a imposição.

COBRANÇA – A Superintendência Regional do Banco do Brasil (BB) recebeu uma forte cobrança de 13 prefeitos de municípios do interior pernambucano para reabrir agências destruídas em ações criminosas nos últimos meses. Ao menos 17 cidades estão sem atendimento bancário na Zona da Mata, Agreste e Sertão. Os gestores, que teriam recebido uma negativa do banco, avaliam entrar na Justiça caso o serviço seja extinto.

BAGAGENS – Depois de um mergulho estratégico para evitar mais desgaste na querela em que se transformou o comando do PMDB-PE, o senador Fernando Bezerra Coelho voltou à superfície para pedir explicações da Anac sobre a cobrança de bagagens. FBC apoiou a decisão da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) de realizar uma audiência pública para discutir o tema com representantes das companhias aéreas que operam no País.

CEBOLAS – Para o deputado federal Guilherme Coelho, a grande importação de cebolas no Brasil, em tempos de seca no Nordeste, é prejudicial aos nossos produtores, sobretudo os de municípios do São Francisco que cultivam a hortaliça. O parlamentar publicou vídeo no seu facebook se colocando contra a importação de cebolas.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA – Após reunir-se com líderes da base aliada, o presidente Michel Temer parece que se convenceu de que a Reforma da Previdência não tem condições de ser aprovada no seu governo. Um dos motivos seria o fato de que o Planalto perdeu, com a proximidade de 2018, o apoio dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira.

CURTAS

JULGAMENTO – A primeira turma do Tribunal Regional Federal (TRF5) julgará, no próximo dia 16 de novembro, às 9h, ações de improbidade administrativa e perda dos direitos políticos contra os prefeitos Sávio Torres (Tuparetama) e Emanuel Fernandes de Freitas Góis (Custódia).

SUPERFATURAMENTO - O vereador Diogo Prado, de Carpina, convocou a imprensa para fazer uma denúncia contra a prefeitura. Segundo o parlamentar, o prefeito Botafogo pretende pagar preços abusivos pela locação de carros, onde os valores ficariam maiores que a compra dos veículos.

LIVRO – Será no dia 23 de novembro, às 18h, na Livraria Jaqueira, o lançamento do livro “O eleitor é um enigma? Visões de mundo, desejos e hábitos”. A obra foi escrita pelo cientista político Adriano Oliveira e pelo estatístico Carlos Gadelha.

Perguntar não ofende: Temer jogou a toalha da Previdência? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Creomazio

Lula o melhor presidente do Brasil, com 55 honoris causa de universidades pelo mundo. O MITO.

Creomazio

Gás já aumentou 66% em um ano com Temer e deve dobrar de preço; luz também aumentará mais. A disparada do preço do gás de botijão nos últimos meses já corrói a renda das famílias mais pobres. Há preocupação agora com relação aos repasses às bombas dos preços da gasolina e do diesel, que vêm experimentando sequência de forte alta nas últimas semanas.

Creomazio

Bolsonaro escolhe professor simpatizante a ditaduras e tortura para ensiná-lo economia. A julgar por quem foi escolhido, Bolsonaro vai tentar a linha Pinochet: Estado máximo na repressão e mínimo na economia.

Creomazio

Por mais que matem os sonhos, os sonhos ninguém anula. Eles caminham no tempo, levando o nome de Lula.

Creomazio

Lula o melhor presidente do Brasil, com 55 honoris causa de universidades pelo mundo. O MITO.


bm4 Marketing 4

06/11


2017

Coluna da segunda-feira

 Bruno une PSDB em convenção

O PSDB de Pernambuco realizou convenção, ontem, e elegeu como presidente do partido para o biênio 2018/2019 o ministro das Cidades, deputado federal licenciado Bruno Araújo. O encontro foi marcado por discursos em favor da unidade das forças de oposição em busca de uma alternativa para o Estado nas eleições do próximo ano.

Presentes ao encontro, representantes do PMDB (senador Fernando Bezerra Coelho), Democratas (deputada estadual Priscila Krause), PPS (ministro Raul Jungmann), PTB (deputado federal Jorge Corte Real), e Podemos (o advogado João Campos) reconheceram que o PSDB terá um papel central na construção não somente da unidade, como de um projeto diferente do atual modelo de gestão do qual todos atestaram como "falido".

Além da eleição da nova executiva estadual e dos comandos de segmentos da legenda como o Mulher, Juventude e Tucanafro, o PSDB reconheceu o papel importante do ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, que teve seu nome pré-lançado ao Governo.

"Elias tem uma importante missão nesse projeto de unidade. Ao levar seu nome para todo o Estado, estará levando o nome do partido, levando uma proposta que todos nós acreditamos. Vamos pensar e construir juntos com o PMDB, com o Democratas, com o PTB, com o Podemos, com o PPS e com tantos outros partidos, vamos avançar no diálogo em torno de qual é o Pernambuco que devolve a autoestima aos pernambucanos", ressaltou o ministro Bruno Araújo.

 A nova executiva do PSDB-PE tem o ministro Bruno Araújo na presidência; 1º Vice o ex-governador João Lyra; 2º vice Guilherme Coelho; 3º vice André Régis; Secretário-geral Betinho Gomes; 1º secretário Antônio Moraes; Tesoureiro Joaquim Neto; 1ª vogal Terezinha Nunes; 2ª Vogal prefeito João Tenório; 3ª Vogal -Alessandra Vieira; 4ª vogal Izabel Urquiza.

QUERIA A CHAVE- O deputado federal Daniel Coelho abandonou a convenção da Executiva Estadual do PSDB afirmando sofrer perseguição interna por conta de sua posição nacional, contrária à participação do partido no governo Temer. Embora tenha lutado para construir a unidade entre os tucanos locais - que vivia uma disputa entre o ministro Bruno Araújo e o ex-prefeito Elias Gomes -, Daniel afirma que não teve sua "proporcionalidade respeitada" dentro da chapa única. "Fui excluído da chapa e não estão respeitando a minha proporcionalidade, eu que fui o deputado federal mais votado de Pernambuco, com 138 mil votos", afirmou Daniel. Na verdade, a rebelião do tucano se deve ao fato dele ter exigido a chave do cofre do partido, ou seja, queria ser o tesoureiro.

Museu de IgarassuCom o objetivo de fortalecer o turismo e a preservação da cultura e história de Igarassu, o governador Paulo Câmara inaugura, hoje, o Museu e a Casa do Artesanato do Centro Histórico do município. Com um investimento total de R$ 1,8 milhão, os dois espaços foram requalificados com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O restauro da arquitetura histórica irá contribuir com a salvaguarda do sítio tombado de Igarassu, além de oferecer locais adequados e de qualidade para os visitantes. A nova Casa do Artesanato contempla áreas para exposição e venda de artesanato local, que receberá peças de 70 artesões e 4 mestres; a Associação Cultural dos Artesãos de Igarassu (ACAI); o Centro de Atendimento ao Turista; além de salas para realização de oficias e cursos; salas para curadorias e reuniões; e espaço para depósito.

Mais casas – O ministro das Cidades, Bruno Araújo, anuncia, hoje, em Recife, a contratação de novas unidades habitacionais para Pernambuco, na Faixa 1, por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV). A entrevista coletiva será realizada às 10h30, no Empresarial Graham Bell - Rua Frei Matias Teves, 285 - Ilha do Leite - Recife/PE.  As novas contratações, que contemplam famílias com renda de até R$ 1,8 mil, fazem parte do segundo lote de unidades habitacionais do Programa no Estado deste ano.

Unidade tucana – O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) prestigiou a eleição do novo diretório estadual do PSDB. O ministro das Cidades, o deputado federal Bruno Araújo, foi eleito para comandar o partido, substituindo o deputado estadual Antônio Moraes. A cerimônia contou com a presença dos ex-governadores João Lyra Neto e Joaquim Francisco, além de deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e lideranças tucanas. Outras siglas que compõem a oposição de Pernambuco também marcaram presença: o ministro da Defesa Raul Jungmann representou o PPS, o deputado federal Jorge Côrte Real esteve em nome do PTB e a deputada estadual Priscila Krause pelo Democratas. O advogado e escritor Antônio Campos foi indicado pelo Podemos para a cerimônia. Fernando Bezerra Coelho destacou a unidade da oposição para construir uma alternativa política à atual gestão.

Mendonça em campanha- Pré-candidato a governador, o ministro da Educação, Mendonça Filho, inaugurou a creche municipal Tia Nelize Cordeiro em Ipubi, no Sertão. A obra teve início em 2012, mas ficou paralisada durante um longo período na gestão do prefeito anterior e foi retomada pela atual gestão municipal, só foi concluída este ano 2017. Foram investidos R$ R$ 619.999,96 de recursos federais pactuados com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A contrapartida do município foi R$ 120.974,31. “A educação, todos sabem, é a fonte de transformação verdadeira da sociedade”, pontua Mendonça Filho sobre a importância dos investimentos realizados pelo MEC.

CURTAS

TRINDADE– O prefeito de Trindade, Dr. Everton Costa (PSB), esteve acompanhando ao lado da sua comitiva, a convite do ministro da Educação Mendonça Filho, agenda ao Sertão do Araripe. Mendonça conversou com o prefeito do qual trataram a respeito de futura construção de escola/creche para a Capital do Gesso. "O ministro nos assegurou pessoalmente e, em seus discursos a mesma disposição das cidades da região e do Brasil, visando investimentos futuros para a aquisição de mais escolas e creches para Trindade", disse ele.

MAIS ÁGUA– A Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária realizou uma extensa agenda de entregas nos municípios de Solidão, Iguaracy e Carnaíba, no Sertão do Pajeú. O governador Paulo Câmara e o secretário Wellington Batista promoveram a entrega de quatro Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SSAA) já em funcionamento e de 175 títulos de propriedades para moradores da região. As ações beneficiaram, ao todo, mais de 500 famílias nos três municípios, com um montante de investimento da ordem de R$ 3,6 milhões aproximadamente.

Perguntar não ofende: Por que o PSDB entregaria a tesouraria a Daniel sendo ele candidato à reeleição?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Comicozinho

Bolsonada. Ele não entende de economia, não entende de educação, não entende de saúde pública, não entende de história do Brasil, ele não entende de segurança pública, mas ele entende que uma grande parcela da população também não entende, e por isso se aproveita do medo, da desorientação, da indignação e do conservadorismo das pessoas pra prometer tudo que elas querem ouvir

marcos

Lula o político Mais Corrupto do Brasil de todos os tempos.

Nehemias

Gasolina e diesel aumentam de novo nessa terça-feira.

Creomazio

Andam dizendo por aí que o Moro já não pensa no Lula o dia inteiro. Metade do dia pensa no Lula e a outra metade, pensa no Tecla Duran.

Creomazio

POBRE DE DIREITA: É aquele que defende a liberdade do capital que ele não tem e nunca terá



04/11


2017

Coluna do sabadão

  Que vergonha!

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, desistiu, ontem, do pedido esdrúxulo e inconstitucional de acumular o salário integral do cargo que ocupa atualmente com a remuneração pela aposentadoria de desembargadora na Bahia. A pasta informou que já foi formulado um requerimento pedindo a desistência da solicitação apresentada no início de outubro pela ministra à Casa Civil. A aposentadoria bruta da ministra é de R$ R$ 30.471,10 e o seu salário mensal bruto é de R$ 30.934,70. Com a regra de abate do teto salarial, no entanto, ela recebe um total de R$ 33.700, o que equivale ao salário bruto dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Caso o pedido fosse deferido, a ministra passaria a receber R$ 61,4 mil. Isso num momento em que o país tem mais de 13 milhões de desempregados e o governo faz cortes para conseguir honrar suas despesas – sem falar na proposta de reforma da Previdência, cujo argumento é que a cada dia o rombo nos cofres fica maior. A remuneração de Luislinda, caso conseguisse o acúmulo, seria maior, inclusive, que a do presidente Michel Temer (PMDB), chefe dela. A regra do teto de abate também vale para o presidente, que tem cortes tanto no salário mensal como na aposentadoria de procurador pelo Estado de São Paulo. No vencimento mensal de Temer, por exemplo, o corte chega a R$ 27.784,94 e, na aposentadoria, é de R$ 14.442,70.

Não bastasse o pedido absurdamente fora de sintonia com a situação atual do país, na solicitação de acúmulo feita pela ministra, um documento de 207 páginas, cujo conteúdo foi publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, há mais um argumento no mínimo incompreensível: ela afirmava que o trabalho executado sem a correspondente contrapartida “se assemelha a trabalho escravo”. Em entrevistas, ela disse que está “prestando serviço ao Estado brasileiro” e acha justo receber por isso, embora já tenha uma aposentadoria que chega quase ao teto salarial, e receba um complemento.

Filiada ao PSDB, ela é a única negra no primeiro escalão do governo federal e foi autora da primeira sentença de condenação por racismo, em 1993. O pedido da ministra e a referência ao trabalho escravo foram criticados por assessores e auxiliares presidenciais, para os quais a tucana deu um mau exemplo, sobretudo em um momento de ajuste fiscal.  O Código Penal diz que trabalho escravo é aquele forçado, com jornada exaustiva, degradante e sem remuneração adequada.

SOLTURAS ABUSIVAS- As assembleias estaduais e Câmaras municipais do Brasil estão usando uma decisão do Superior Tribunal Federal (STF) para soltar parlamentares presos por suspeita de corrupção. O ato é criticado por juristas que classificam as ações como abusivas. Recentemente, em Mato Grosso o deputado estadual Gilmar Fabris (PSD) foi solto depois que Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) votou pela soltura dele.

Temer pressiona baseO presidente Michel Temer vai convidar líderes da base aliada no Congresso para uma reunião na tarde da próxima segunda-feira, 6, para tratar de projetos que devem ser votados nos próximos meses. O convite também será feito aos presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que chegará de viagem internacional no fim de semana. Além de tentar dar mais protagonismo à base na definição da agenda de votação, Temer fará um aceno a Maia e pretende tratar, entre os temas da reunião, de segurança pública no Rio. O encontro ocorrerá dias após Maia ter cobrado que o ministro da Justiça, Torquato Jardim, apresentasse provas das acusações que fez contra a cúpula de segurança pública do Rio.

Turismo no Sertão – Em visita ao Sertão do Pajeú, ontem, o governador Paulo Câmara inaugurou dois importantes equipamentos para o turismo e a cultura da região. O primeiro deles, localizado no município de Solidão, foi a escadaria para acesso dos romeiros ao Cristo Redentor, partindo da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes. Em seguida, Paulo Câmara entregou o Museu Zé Dantas, homenageando o médico, músico e compositor, conterrâneo de Carnaíba, onde está localizado o espaço cultural. Juntas, as obras receberam um aporte de R$ 920 mil. “Dois equipamentos de turismo, mas principalmente de preservação histórica, cultural e religiosa. Preservação de valores fundamentais. Essa escadaria já atrai milhares de pessoas no mês de outubro, mas o Estado precisava finalizar essa obra para oferecer uma infraestrutura melhor e mais adequada aos fiéis”, disse.

Mais água– Reforçando o compromisso do Governo de Pernambuco em minimizar os efeitos da seca que castiga o Sertão do Estado, o governador Paulo Câmara inaugurou, nesta sexta-feira (03.11), um conjunto de Sistemas Simplificado de Abastecimento de Água em comunidades da Zona Rural dos municípios de Solidão e Iguaracy. Ao todo, foram investidos aproximadamente R$ 2 milhões para o atendimento de mais de 240 famílias de quatro comunidades: sítios Macambira, Barra, Caruá e Dom Francisco. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ratificou o empenho que vem sendo feito por toda a equipe para levar água de qualidade a todos os pernambucanos, principalmente nas áreas mais afastadas.

A opção Meirelles- O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teceu uma série de elogios ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que teria se colocado como presidenciável para o ano que vem durante uma entrevista à revista Veja. Sobre os projetos em discussão na Casa, o deputado ainda disse que trabalha para que a reforma da Previdência seja aprovada ainda neste ano e acredita que o teto salarial para todos os servidores do Executivo Federal pode ser votado em novembro. Sobre a possível candidatura do ministro, Maia afirma que ele "é um grande quadro". "Sendo vencedor (da eleição de 2018), tenho certeza de que em quatro anos ele entregará o Brasil melhor do que ele vai receber. Se for o candidato vencedor, ele será um bom presidente. Não tenho dúvida nenhuma", disse a jornalistas após participar do Seminário Internacional de Direito do Trabalho, realizado pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDUL).

CURTAS

MINHA CASA– O ministro das Cidades, Bruno Araújo, anuncia, nesta segunda-feira (6), em Recife, a contratação de novas unidades habitacionais para o estado de Pernambuco, na Faixa 1, por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV). A entrevista coletiva será realizada às 10h30, no Empresarial Graham Bell - Rua Frei Matias Teves, 285 - Ilha do Leite - Recife/PE.  As novas contratações, que contemplam famílias com renda de até R$ 1,8 mil, fazem parte do segundo lote de unidades habitacionais do Programa no estado deste ano.

DORMENTES– O deputado federal Fernando Monteiro (PP) assegurou os recursos federais para construir e equipar oito leitos de retarguarda no Hospital Nossa Senhora da Paz, em Dormentes, no Sertão do São Francisco. O parlamentar foi ao município, nesta sexta-feira (3), reunir-se com a prefeita Josimara Cavalcanti (PTB) e dar a notícia. "Hoje foi dia de visitar e levar boas notícias para Dormentes e para o Sertão do São Francisco. Trabalhando em parceria com a prefeita Josimara Cavalcanti, conseguimos os recursos necessários para os leitos. Esses leitos vão ajudar muito os dormentenses, que contarão com mais infraestrutura de saúde na própria cidade, diminuindo a necessidade de deslocamento para municípios vizinhos", destacou Fernando Monteiro.

Perguntar não ofende: Depois da punição da justiça eleitoral, Lula e Bolsonaro vão continuar antecipando campanha?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Comicozinho

O Brasil é o país onde a luz aumenta 42,8%, o gás 51,5%, a gasolina toda semana, mas a inflação é de 2,71%

Comicozinho

Cadê aquele pessoal da panela?

marcos

Quem está certo é José Dirceu, ontem na Gazeta de Brasília : Lula é um Bosta!

marcos

É Senhores e a Chapa Corrupta continua mesmo depois do gorpe (kkkk) PT/PMDB, corruptos para sempre. Podem bater panelas gorpistas.

marcos

OLHA O GOLPE AÍ GENTE. A “informalidade” de PT e PMDB....////...Os partidos Corruptos PT e PMDB negociam alianças em 8 estados. Neste sábado eles fecham a aliança corrupta em seis: Alagoas, Ceará, Minas Gerais, Piauí, Sergipe e Paraná. O líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), disse que no nível nacional não há negociações, mas “eventualmente, há conversas nos estados, de maneira informal”. “São conversas nos estados onde já temos alianças e que perduraram.” A Lava Jato mostrou que a essência da aliança PT-PMDB é mesmo a “informalidade”.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores