Flamac - 2

21/03


2017

Coluna da terça-feira

     A mão que afaga é a mesma... 

Independente de ter bancado ou não o ato da Transposição em Monteiro, domingo passado, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), ficou em maus lençóis. Seu discurso, rasgando o verbo para amaciar o ego de Lula, Dilma e o PT, é uma peça contraditória para não classificar de oportunista. Se não, vejamos.

Há 40 dias, no mesmo local em que Lula esteve ontem, o presidente Michel Temer (PMDB) foi elogiado pelo governador ao inaugurar, oficialmente, a chegada das águas do Velho Chico ao seu Estado. Agradeceu pela decisão política do seu Governo de priorizar a retomada das obras do projeto e que isso seria com o tempo reconhecido e valorizado.

Já no domingo, diante de Lula e Dilma, Coutinho mudou o tom. Numa recaída petista – hoje é filiado ao PSB – o governador adotou a máxima de Augusto dos Anjos, autor de uma obra só, que disse que a mão que afaga é a mesma que apedreja. Como se passasse uma borracha no que saiu da sua boca em tão pouco tempo atrás, carimbou o Governo Temer de golpista e voltado para as elites do centro-sul maravilha.

Coutinho, certamente querendo agradar a Lula e ao PT, afirmou que ninguém, com exceção dele e Dilma, poderia se apresentar ao povo nordestino como padrinhos da Transposição. O governador quis roubar a cena. Não permitiu que ninguém falasse depois dele, a não ser Lula. Até a ex-presidente Dilma foi obrigada a discursar antes, por imposição dele ao cerimonial.

E quando discursou, além de trair as palavras de elogios a Temer no evento anterior, mentiu ao afirmar que seu Governo não deu um tostão para fazer o ato maior do que Lula esperava. “Aqui, no território livre da Paraíba, o povo sabe o que é verdade, o povo tem a coragem de ir às ruas. […] Eu agradeço aos meus companheiros, prefeitos aqui da região. Botaram a mão na massa. Fizeram, efetivamente, de burro, de carroça, de carro, de ônibus, de qualquer jeito criaram as condições para que muita gente estivesse aqui. Não foi gasto um centavo de dinheiro público, não foi gasto nada, a não ser o sentimento de gratidão que o nosso povo tem”, disse. Dá para acreditar?

CAMPANHA– O PMDB começou a exibir, ontem, 15 inserções na TV com foco em medidas econômicas tomadas pelo Governo Michel Temer e dirá que a reforma da Previdência é "sem dúvida a de maior importância". Sem fala nem aparição do presidente, umas das peças publicitárias, a que o blog teve acesso, diz que, sem a reforma, o sistema pode entrar em "colapso". "A reforma não é uma imposição, é uma necessidade. E o presidente não vai fugir a ela", diz a inserção. O marqueteiro Elsinho Mouco, responsável pelo conteúdo, nega que Temer tenha evitado gravar para fugir de vaias ou das "panelas". "Ele vai gravar para o programa do PMDB no final do mês, e o programa tem dez minutos", disse.

Itapetim recebe R$ 10 milhõesAntes de abrir o novo modelo de seminários regionais em Afogados da Ingazeira na próxima quinta-feira, às 14 horas, o governador Paulo Câmara (PSB) cumpre agenda em Itapetim, o berço imortal da poesia. Lá, ao lado do prefeito Adelmo Moura (PSB), na foto que ilustra esta nota, assina ordem de serviço, no valor de R$ 10 milhões, para obras de saneamento no município e inaugura uma ponte com recursos do FEM. A programação começa às oito da manhã, 40 minutos após o governador pousar na cidade paraibana de Patos.

Lista fechada– Políticos investigados e citados na Operação Lava Jato ocupam cargos de destaque no comando de nove dos dez partidos com maiores bancadas na Câmara dos Deputados. Esses dirigentes terão influência na definição dos candidatos que integrarão as listas partidárias fechadas, caso essa forma de votação para eleição de deputados federais, estaduais e vereadores seja aprovada pelo Congresso. Todos negam qualquer irregularidade. A lista fechada vem sendo articulada pelos presidentes da Câmara e do Senado, com aval do presidente Temer e do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes.

Santa Misericórdia – O deputado federal Fernando Monteiro (PP) visitou, ontem, a Santa Casa de Misericórdia do Recife. Após reunião com o superintendente executivo, Fernando Costa, o parlamentar se comprometeu a liberar recursos para a entidade junto ao Ministério da Saúde. "O trabalho filantrópico feito pela Santa Casa ajuda muita gente. Vou batalhar para que essa instituição continue cuidando dos pernambucanos", pontuou Fernando, que é do mesmo partido do ministro Ricardo Barros, o PP.

PT ou movimentos sociais?O deputado Sílvio Costa (PTdoB), que esteve presente na comitiva do ex-presidente Lula em Monteiro, disse que as despesas do mega evento foram pagas pelo diretório nacional do PT. Na Paraíba, o secretário de organização estadual do PT, Jackson Macedo, deu outra versão, livrando a cara do partido e do Governo da Paraíba. Segundo ele, quem bancou foram os movimentos sociais, entre os quais a CUT e o MST. Quem está falando a verdade?

 

CURTAS

VIOLÊNCIA – Em muitos Estados do País a problemática da falta de segurança está em alta. E, infelizmente, no sertão esta realidade não é diferente. Para ajudar os prefeitos no combate à violência, o deputado federal Kaio Maniçoba (PMDB) pediu ao ministro da Justiça, Osmar Serraglio, a criação de um Plano de Ações voltado para vários municípios do Sertão.

FILIADO– Na manhã de ontem, o escritor e advogado Antônio Campos recebeu um informativo, assinado pelo presidente da Associação Brasileira de Imprensa, Domingos Meirelles, sobre a aprovação da sua proposta de filiação ao órgão. Agora, Campos é colaborador da ABI, categoria que lhe confere amplos direitos sociais, como votar na eleição que a Associação promove anualmente.

Perguntar não ofende: Fundo partidário pode bancar festa com o perfil eleitoral que se deu em Monteiro? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

. Jucá Caju : Avisa governo vai contingenciar R$ 35 bilhões e aumentar impostos. Nóis sofre, mais nóis goza. Toma tucanóides malfadados.

Nehemias

Se você não tem capacidade de ter sua própria personalidade, por favor, não copie! (Só lembrando)

marcos

Humberto Costa e Fernando Bezerra dois Senadores e Ex Ministros dos governos Lula e Dilma Jumenta (PT). Esses Bandidos envergonham Pernambuco!

marcos

Mas ora vejam, aquele Senador com a fala fina, todo metido a seminarista embolsou R$ 14 Milhões de dinheiro Roubado da Petrobras. Quem diria. Aonde estão os Paneleiros?

marcos

Só lembrando: Preparem suas caravanas pois dia 03 de Maio tem Show de Lula em Curitiba. Ele vai depor ao Doutor Sérgio Moro. Levem os Paneleiros!


Paixão de Cristo

Confira as últimas colunas

30/03


2017

Coluna da quinta-feira

    A aposta da Amupe em Patriota 

Forjado na luta sindical, em terras do Sertão do Pajeú, como bem destacou em sua fala a ex-prefeita de Salgueiro, Creuza Pereira (PSB), hoje deputada federal, o prefeito de Afogados dá Ingazeira, José Patriota (PSB), reassumiu, num ato extremamente concorrido, terça-feira passada, a Presidência da Associação Municipalista de Pernambuco. Historicamente, a instituição nunca teve destacado papel na discussão e defesa da temática municipal.

Pelo seu comando, no entanto, ao longo dos últimos 50 anos, data comemorada conjuntamente com a posse de Patriota, já passaram dirigentes que, sem dúvida, deram uma dimensão maior do que a instituição tinha. Uma delas foi Rosa Barros, ex-prefeita de Arcoverde, que sucedeu a outro gigante, o ex-prefeito de Panelas, Sergio Miranda.

Mas nenhum deles deu robustez e envergadura na amplitude de Patriota. Antes dele, a Amupe não servia absolutamente para nada, nem sequer dava ressonância à insatisfação da categoria. Os prefeitos não tinham também nem ânimo ou razão para manter em dia a contribuição mensal obrigatória ou apareciam por lá para reuniões e seminários.

Inquieto, criativo e articulado, Patriota cuidou, tão logo assumiu, de resgatar o prestígio da entidade. Envolveu o Estado, instituições federais e, principalmente, a poderosa Confederação Nacional dos Municípios. Com o tempo, a Amupe se fortaleceu e os seus associados, no caso todos os 182 prefeitos, encontraram nela o canal mais eficaz para buscar a solução dos problemas municipais em conjunto e não de forma isolada.

Quando sindicalista, com presença destacada e efetiva em atos históricos, como a invasão ao prédio da Sudene em 1993, conforme Creuza lembrou na sua fala, Patriota aprendeu que quando o diálogo se esgota sem nada resolver, é chegada a hora de buscar outros meios. Em nome da categoria que volta a representar, altivo, já participou de atos extremos, como o fechamento de BRs e até invasão ao Congresso e ao Palácio do Planalto.

Uma das suas virtudes, nascido e criado em berço sertanejo, é a coragem. Assim, destemido, conquistou espaços importantes e cumpriu missões na Fetape, na Contag e nos movimentos sindicais. Dai, para chegar a cargos na gestão de Eduardo Campos, com quem tinha livre trânsito, foi um passo. Mais tarde, de volta às origens para emprestar o seu talento a uma grande causa – governar a própria terra – passou no teste das urnas, elegendo-se prefeito de Afogados em 2012, sendo reeleito em 2016.

Conhecendo a trajetória do aliado de há muito tempo, o governador afirmou em discurso de saudação na solenidade não ter dúvidas de que a sua volta ao comando da entidade representa uma nova era do combate ao bom combate bem-sucedido, uma luta, como destacou, incansável em defesa do fortalecimento da causa municipalista. Líder que pensa no conjunto e não individualmente faz como Patriota. Sua primeira bandeira nesta nova missão é o Pacto Federativo. O Governo Federal e o Congresso que se preparem para conviver, novamente, e por mais dois anos, com um cricri em defesa da causa.

MARCHA– Entre 15 e 18 de maio, prefeitos de todo País estarão em Brasília para mais uma marcha promovida pela Confederação Nacional dos Municípios. Na pauta, a retomada da luta pelo Pacto Federativo, uma velha promessa da União para dividir com mais equanimidade os recursos que arrecada com os Estados e Municípios. Segundo o ex-prefeito de Cumaru, Eduardo Tabosa, integrante da diretoria da CNM, Pernambuco deve ter uma participação ativa na manifestação, com uma delegação em torno de cem prefeitos mobilizados pela Amupe – Associação Municipalista de Pernambuco, que voltou a ser presidida pelo prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB).

Vem aí o FEM 3Ao prestigiar a posse do prefeito de Afogados da Ingazeira na presidência da Amupe, terça-feira passada, no Recife, o governador Paulo Câmara (PSB) garantiu que, apesar de todas as dificuldades que o Estado enfrenta de caixa devido à crise nacional, o 3º FEM – o fundo emergencial de socorro aos municípios – sairá, mas somente em 2018. Ressaltou que a sua equipe está fazendo reformulações no programa e que os prefeitos que já tenham prestado contas do FEM 2 serão os primeiros beneficiados.

Enfim, o julgamento– O presidente do TSE, Gilmar Mendes, marcou o julgamento da ação que pode levar à cassação da chapa de Dilma/Temer para a próxima terça-feira, em uma sessão extraordinária pela manhã. Ao todo, o ministro decidiu dedicar quatro sessões da primeira semana de abril para a discussão do caso - duas extraordinárias e duas ordinárias. Gilmar "reservou" as tradicionais sessões ordinárias de terça-feira à noite e de quinta-feira pela manhã para a discussão do processo. Além da sessão extraordinária de terça-feira pela manhã, haverá outra, marcada para a quarta-feira à noite.

PSDB isenta Temer– O PSDB afirmou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que não viu indícios de irregularidades eleitorais cometidas pelo presidente Michel Temer. No entanto, segundo o partido, há "comprovação cabal" da participação da ex-presidente Dilma Rousseff em atos ilícitos na campanha. O partido manifestou a posição em um documento enviado ao Tribunal com as alegações finais do PSDB dentro do processo que investiga suspeita de irregularidades cometidas pela chapa que elegeu, em 2014, Dilma presidente e Temer vice.

Razão da ausência – Pré-candidato a governador, o senador Armando Monteiro (PTB) acompanha de longe, mas sendo informado em tempo real, a peregrinação da bancada de oposição, hoje e amanhã, ao Sertão, para investigar se as ações do seminário Pernambuco em ação são verdadeiras ou eleitoreiras. Muita gente deve cobrar a sua participação, mas ele preferiu se ausentar sob a alegação de que a agenda é institucional da bancada de oposição na Assembleia Legislativa.

 

CURTAS

DOAÇÃO– Embora faça oposição em Arcoverde, o deputado Júlio Cavalcanti (PTB) deu parecer favorável à doação de um terreno para construção de um shopping naquele município. “Nossa discordância não era em relação à doação, mas a falta de clareza por parte do Governo do Estado quanto ao grupo econômico que será beneficiado com valioso terreno localizado à margem da BR 232”, afirmou.

PAGAMENTO– Os servidores municipais de Itaíba começam a receber, ontem, os salários referentes ao mês de março. A prefeita Regina Cunha (PTB), popularmente conhecida como Regina da Saúde, disse que a sua política de recursos humanos estabelece que os funcionários vejam a cor do dinheiro dos seus salários dentro do próprio mês trabalhado. Bom exemplo para os demais municípios.

Perguntar não ofende: Se o PT voltar a se aliar ao PSB nas eleições de 2018, Marília Arraes vai se abraçar no palanque com Geraldo Julio? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Parabéns pelos aumentos do Gás e da gasolina. Cadê os paneleiros de plantão? Eu acho é pouco. Nóis sofre, mais nóis goza.

Nehemias

..E agora? Desempregado sem CLT, sem PIS/PASEP, sem ferias, sem 13º, sem SUS, sem educação, e sem documento...

Nehemias

Os Correios vão demitir 5,5 mil funcionários concursados, não pagará férias e horas extras até o fim do ano. E você que gritou fora Dilma, fora PT. Hein?

Nehemias

FHC aconselha Temer a procurar Lula, propor trégua e ouvir de ex-presidente saída para crise. FHC demonstrou preocupação com os rumos do país, a partir das delações da Odebrecht e do desenrolar do processo de cassação no TSE.

Nehemias

Coxinhas o que está acontecendo ? Não ouço vocês falarem mais que a Friboi é do Lulinha...


Mobi Brasil 1

29/03


2017

Coluna da quarta-feira

     Oposição procura factoides 

A campanha de 2018 foi antecipada em Pernambuco. Na semana seguinte a que o governador Paulo Câmara (PSB) deu o start da sua reeleição liberando R$ 123 milhões em três seminários pelo Sertão, oito deputados da oposição na Assembleia pegam a estrada hoje para cumprir o mesmo roteiro da comitiva governamental. A ideia é checar a veracidade de tudo que foi anunciado e explorar eventuais “factoides” lançados em Afogados da Ingazeira, Petrolândia e Arcoverde, municípios visitados pelo governador.

O agendão da vistoria obedece ao mesmo roteiro do governador. Os deputados já pernoitam hoje em Serra Talhada, a 415 km do Recife, e amanhã logo cedo dão entrevista nas emissoras de rádio do município. Para o expediente da tarde programaram visitas a obras e projetos inacabados de responsabilidade do Estado. A agenda é complementada numa plenária à noite, na Câmara de Vereadores, nos mesmos moldes dos seminários oficiais do Governo, com a participação de representantes da sociedade civil.

Pré-candidato da oposição a governador, o senador Armando Monteiro (PTB) fica de fora da programação. Segundo o líder oposicionista na Alepe, Silvio Costa Filho (PRB), a agenda no Sertão é institucional, leia-se trabalho exclusivo dos deputados estaduais. “Daí a razão de não misturar com questões que possam ser associadas à campanha eleitoral”, justifica Costa Filho. A bancada, segundo ele, desconfia de que há muita pirotecnia no conjunto das ações anunciadas pelo governador, apenas com o intuito de fortalecer o seu projeto de reeleição.

Para separar o que é verdadeiro do que possa ser mera promessa, a bancada oposicionista denominou o roteiro de “Pernambuco real”. “Não dá para sair por aí enganando a população, tapar o sol com a peneira. Queremos saber de fato o que existe de concreto em termos de ações, projetos e obras de um Governo que levou Pernambuco a voltar a liderar o ranking da criminalidade no País”, disse o deputado Augusto César (PTB), ligado ao senador Armando Monteiro.

SEM ENVOLVIMENTO– Dos três municípios a serem percorridos pela oposição, apenas Serra Talhada, por onde será dado o start, é governador por um prefeito não alinhado ao Palácio das Princesas. Filiado ao PT, Luciano Duque, entretanto, tem uma boa relação com o governador e superou, em parte, as divergências com o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, a quem derrotou por duas vezes – em 2012 tendo ele próprio como adversário e nas eleições do ano passado, na qual enfrentou Victor Oliveira, neto do ex-deputado federal Inocêncio Oliveira. Duque, entretanto, não deve se envolver na agenda dos deputados oposicionistas até porque cumpre agenda em Brasília.

Temer na Paixão– O ministro da Cultura, Roberto Freire, ligou, ontem, para o coordenador-geral da Paixão de Cristo, Robson Pacheco, para informar que só no início da próxima semana pode confirmar a presença do presidente Michel Temer (PMDB) no espetáculo para convidados marcado para 7 de abril. Pelo que deixou a entender, é muito provável que Temer esteja presente ao lado do governador Paulo Câmara (PSB), do prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), e de outras lideranças estaduais, como o presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa (PDT).

A ordem é parar– Representantes de diversas categorias de trabalhadores fizeram um grande ato, ontem, no Recife, contra a reforma da Previdência. As manifestações, entretanto, não ficarão restritas à capital. Estão programados atos semelhantes nas cidades de Petrolina, Caruaru, Arcoverde, Garanhuns, Araripina e Salgueiro. "Nossos congressistas, assim como o atual presidente, já demonstraram não ter compromisso algum com a classe trabalhadora. Por isso, só colocaremos fim a essa agenda de retirada de direitos indo às ruas, dialogando com a sociedade, rumo à greve geral”, diz o presidente do Sinpol e da Intersindical, Áureo Cisneiros.

Unidade pelo fim da crise - Falando aos prefeitos, ontem, na posse de José Patriota (PSB), gestor de Afogados da Ingazeira, na presidência da Amupe, o governador Paulo Câmara pregou unidade política para enfrentar e superar a crise. “Sei da importância de estarmos juntos e a Amupe tem o papel fundamental para que a superação dos desafios seja feita de maneira conjunta, colaborativa em favor de Pernambuco, que tanto precisa de nós. Eu digo e repito: a questão da unidade entre Estado e municípios é fundamental”, afirmou. 

PT de volta ao ninho– Não tome um choque nem ache um absurdo, mas não está descartada a volta do PT para a coligação em torno da reeleição do governador Paulo Câmara (PSB). As conversas já estão rolando nos bastidores e passam pela oferta ao PT de uma vaga para o Senado, cujo candidato natural seria Humberto Costa. Neste caso, o candidato preferencial do PT a deputado federal escolhido é o ex-prefeito João Paulo. Há outra versão de que João estaria deixando a legenda petista no próximo dia 10, insatisfeito com o abandono. O que se diz é que teria ainda R$ 1,6 milhão de débitos da campanha para prefeito do Recife, promessa a ser quitada pelo PT até hoje não cumprida. A política tem dessas coisas. Acredite se quiser!

CURTAS

AEROPORTO– O secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, estará hoje, em Brasília, com o ministro dos Transportes, Maurício Quintela, para tentar acelerar a liberação dos recursos para construção do terminal do aeroporto de Serra Talhada. A obra está orçada em R$ 30 milhões. A companhia aérea Azul aguarda apenas a conclusão da estação de embarque e desembarque de passageiros para inaugurar o voo Recife-Serra.

DOAÇÃO– Nos dois primeiros meses deste ano, Petrolina foi responsável por captar seis dos dez corações transplantados em Pernambuco. Isso significa que 60% dos procedimentos foram possibilitados pela generosidade dos familiares da região que autorizaram as doações. A cidade ainda captou 44% dos fígados ( 8, de um total de  18) e 39% dos rins (18, de um total de 46). Todos os 32 órgãos foram autorizados por 19 doadores.

Perguntar não ofende: O Governo Temer fará uma reforma mixuruca da Previdência? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Líder da greve da PM, deputado Joel da Harpa é denunciado ao MPF por supostamente receber parte da remuneração de servidores comissionados.

Nehemias

Temer vai anunciar cortes de R$ 30 bilhões, e reoneração da folha e alta de impostos. O anuncio será feito no final da tarde. Cadê os paneleiros? Nóis sofre mais nóis goza.

Nehemias

Há pessoas que não são pobres pela forma como vivem, mas pela forma como pensam

Nehemias

O Partido que você apoia votou contra ou a favor de seus direitos?

Nehemias

O cúmulo da burrice é um trabalhador votar contra o Partido dos Trabalhadores em um País onde a escrevidão durou 388 anos.


FMO

28/03


2017

Coluna da terça-feira

     Armando quer preservar direitos 

Falando, ontem, num evento no Recife sobre reformas que tramitam no Congresso, o senador Armando Monteiro, pré-candidato ao Governo do Estado, fez um alerta em relação à proposta do Governo que trata da reforma trabalhista. Para ele, o texto tem que ser reformulado e amplamente discutido, de modo que possa gerar mais empregos, assegurando, consequentemente, a retomada do desenvolvimento econômico, mas sem retirar direitos dos trabalhadores.

Armando Monteiro defende que o Brasil precisa moldar as instituições para que o mercado de trabalho seja mais dinâmico, gere empregos e possa assegurar o crescimento econômico. “Mas tudo isso sem ferir os direitos dos trabalhadores. Isso é um ponto fundamental. Não é possível promover reformas para precarizar ou para subtrair direitos dos trabalhadores”, advertiu.

O senador entende que é preciso promover mudanças na legislação de modo a oferecer um marco jurídico e ambiente de maior flexibilidade, de forma que o Brasil possa ter um sistema mais dinâmico. “No ambiente das relações do trabalho, todos reconhecem que o País precisa promover uma modernização das relações porque o mundo do trabalho mudou em função do impacto de novas tecnologias, das novas formas de trabalho, da especialização crescente, da fragmentação do trabalho”, afirmou.

Para acrescentar: “É evidente que temos que atualizar o marco legal. O que se constata é que a lei não tem mais a capacidade de poder se moldar às mudanças que ocorrem com grande velocidade no mundo do trabalho. Eu considero absolutamente necessário que o Brasil avance nessa agenda”. 

Armando está convencido de que o Congresso terá um papel fundamental na agenda de reformas, para aperfeiçoar as propostas e promover um amplo debate. O evento, promovido pelo LIDE-PE, à frente Drayton Nejaim Filho, contou com a presença do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que ministrou palestra sobre os desafios de uma nova legislação trabalhista no Brasil.

JULGAMENTO– O relator da ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, ministro Herman Benjamin, pediu, ontem, para a Corte marcar o julgamento do processo. Benjamin também deu 48 horas para o Ministério Público se manifestar na ação. Na última sexta-feira (24), a Procuradoria-Geral Eleitoral enviou petição informando que o MP estava abrindo mão de se manifestar na janela reservada às alegações finais das defesas e da acusação. O vice-procurador-geral eleitoral, Nicolau Dino, justificou na ocasião que iria aguardar os partidos entregarem as alegações finais para, então, se manifestar.

Maurílio está internadoO ex-deputado federal Maurílio Ferreira Lima, que voltou a morar no Recife e colabora com emissoras de rádio comentando sobre política nacional, teve uma discreta melhora no seu estado de saúde. Entubado há mais de 30 dias na UTI do hospital Português, foi transferido, no último fim de semana, para a unidade semi-intensiva, mas mesmo assim continua respirando com ajuda de aparelhos. Maurílio, hoje aos 76 anos, foi internado por conta de uma infecção urinária e apresentou ao longo do tratamento problemas cardíacos decorrentes da debilidade do seu organismo.

 

Vem aí o 3º Compaz– O Recife vai ganhar uma nova unidade do Centro Comunitário da Paz (Compaz) até março de 2018, segundo anunciou, ontem, o prefeito Geraldo Júlio (PSB) ao entregar, ao lado do governador Paulo Câmara (PSB), o segundo Compaz, no bairro do Cordeiro, voltado para um público estimado em 150 mil pessoas, dos bairros do Cordeiro, Torrões, Prado, San Martin e Bongi. "Vamos oferecer esportes, cultura, lazer e acima de tudo educação cidadã pra gente construir uma cidade com cultura de paz, uma sociedade mais igual, para que a gente possa dar oportunidades a quem encontrou portas fechadas”, disse Geraldo.

O contra tudoDepois de detonar a proposta da reforma da Previdência, o deputado Danilo Cabral (PSB) vira sua metralhadora para a reforma trabalhista. “O momento é de preservar o trabalhador e não de fragilizá-lo. Vivemos uma crise sem precedentes, com mais de 12 milhões de desempregados e temos que lutar pela preservação dos direitos trabalhistas”, diz. Para ele, é preciso evitar o que ocorreu com a votação da terceirização, aprovada na semana passada. “Como foi aprovado, o projeto abriu a possibilidade para a precarização dos trabalhadores terceirizados”, alertou. Pelo visto, Danilo, que retomou seu mandato depois de passar pela Secretaria estadual de Planejamento, virou o mais ferrenho opositor das reformas.

CURTAS

BRENNAND– Em comemoração aos 100 anos de fundação do Grupo Cornélio Brennand, a Assembleia Legislativa realiza, hoje, sessão solene, às 18h, no plenário do Palácio Joaquim Nabuco. A homenagem é de autoria do deputado Antônio Moraes (PSDB). O empreendimento foi fundado em 1917 quando Ricardo Lacerda de Almeida Brennand, pai de Cornélio, iniciou o primeiro negócio da família com a empresa R.L. de Almeida Brennand e Irmão, conhecida como Cerâmica São João.

CURADOS– Ligado ao segmento evangélico, o jovem Ivanildo Silva disputou um mandato para a Câmara de Vereadores de Jaboatão obtendo 2,3 mil votos, mas não foi eleito. Na primeira suplência da coligação do seu partido, o PMN, acabou sendo nomeado pelo prefeito Anderson Ferreira (PR) gerente regional dos Curados. Em pouco tempo, seu trabalho está sendo bem avaliado pela comunidade.

Perguntar não ofende: Vem uma CPMF ai de cara nova no Governo Temer para cobrir o rombo das contas públicas? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Só lembrando: Estão escondendo as pesquisas que dá. Lula presidente 2018 primeiro turno.

Nehemias

Deferido por ministro do STF mandado do senador Randolfe contra a terceirização.

Nehemias

Se a Chapa Dilma/Temer for cassada o Aécio assume?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

marcos

MAIS UM PTISTA NA CADEIA///////// Roberto Gonçalves homem da quadrilha de Zé Dirceu foi recolhido a PF de Curitiba. Foi fazer companhia ao chefe Zé e a Palocci, Vacarri, Renato Duque, Odebrecht, Leo Pinheiro, e os outros bandidos PTistas presos. Bate duas Panelinhas!!!!!!!!

marcos

Atenção todos limpem suas panelas, pois dia 03 de maio Lula vai ficar frente a frente com Doutor Sérgio Moro. Vamos fazer panelaço!



27/03


2017

Coluna da segunda-feira

     Os dois desafios da reeleição 

Só um neófito em política não enxergaria que as andanças do governador Paulo Câmara (PSB) pelo Interior, tendo como pano de fundo os seminários “Pernambuco em ação”, já cumprido em três regiões – Pajeú, Itaparica e Moxotó, todas no Sertão – se reveste de uma modelagem disfarçada de campanha. Câmara é candidatíssimo à reeleição.

Mas para ficar bem na foto, ofuscada pela onda de violência que se abate no Estado, Câmara terá, obrigatoriamente, que trabalhar para reverter seu crescimento. Não é fácil. Falando por onde passou, o governador afirmou que segurança pública era o desafio de todos os gestores estaduais, não exclusividade de Pernambuco. Reconheceu, entretanto, que a criminalidade cresceu.

E para isso, terá que investir muito mais em segurança pública. No balanço que apresentou às lideranças interioranas, o secretário de Planejamento, Márcio Stefanni, revelou que o volume de recursos aplicados em segurança pública representam hoje 13,5% da arrecadação estadual. “É a segunda área de maior investimento, perdendo apenas para educação”, enfatizou.

Para se viabilizar, Câmara tem que trabalhar, também, outra vertente: água. O Estado enfrenta uma das piores secas da sua história e aonde a água chegar, seja por meio de adutoras ou poços, a imagem do Governo tende a dar um salto. Segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, Pernambuco é um dos estados que mais investem em adutoras.

Duas delas – a do Moxotó, que vai suprir Arcoverde, e a do Agreste, que resolve o desabastecimento de Caruaru e mais dez municípios em seu entorno, dependem não apenas de recursos e boa vontade do Estado, mas da Transposição do São Francisco. Como o cronograma do eixo que já jogou águas nos canais de Pernambuco está bem avançado, é possível que esse grande contingente humano, num raio que vai de Arcoverde a Caruaru, passando por mais de 40 localidades, possa ter água nas torneiras mais breve do que imaginava.

A soma, portanto, da redução da criminalidade com água em abundância abre um horizonte para o governador construir a sua reeleição. Vai dar certo? Paulo e seus assessores mais imediatos dizem que resultado em segurança pública não é como uma obra, que tem início, meio, fim e é comemorada com a sua inauguração. Depende, segundo eles, de muitos fatores. É esperar para ver.

DESMORALIZADO– A reeleição do presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), Josinaldo Barbosa (PTB), sepulta de vez o grupo do ex-presidente Biu Farias, ex-vereador em Surubim, e do prefeito de Triunfo, João Batista (PR). A derrota avassaladora, por 310 votos de diferença, aponta, mais do que isso, que nenhum deles exerce mais influência junto à categoria. Biu Farias nem tanto, mas João Batista botou a cara na campanha de André Valença, adversário de Josinaldo, deixando suas obrigações em Triunfo, como gestor, para cabalar votos em Bonito, no Agreste, onde foi realizada a eleição da UVP. Saiu de lá desmoralizado.

Sai federalQuadro jovem que se encaixa ao perfil do projeto de renovação da política estadual, o deputado Lucas Ramos, da bancada do PSB na Assembleia Legislativa, já comunicou ao governador Paulo Câmara (PSB) que será candidato a deputado federal nas eleições de 2018. Lucas tende a ocupar o vácuo que será aberto no Sertão do São Francisco, sua base principal, com a desistência da reeleição do deputado Adalberto Cavalcanti (PTB), que disputará um mandato para Assembleia Legislativa. Jeitoso e habilidoso, Lucas está pavimentando o salto federal com a adesão ao seu projeto de novas lideranças entre o Agreste e o Sertão.

Recursos para Sertânia– Presente ao seminário do Moxotó, sábado passado em Arcoverde, o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira (PSB), saiu de lá satisfeito. Conseguiu R$ 1 milhão para adequar à estrutura da Compesa a nova realidade da Transposição do Rio São Francisco. Ganhou ainda os sistemas de abastecimento de Rio da Barra, povoado de Valdemar Siqueira e em Albuquerque Né, além das comunidades que estão em um raio de 5 km do canal. “Vamos conseguir também o recapeamento da PE-265, que o governador já autorizou fazer o projeto. O Governo do Estado tem um olhar especial para o Moxotó”, afirmou.

Temer sofre pressão – Depois de forte reação de deputados, o presidente Michel Temer foi aconselhado a sancionar o projeto da terceirização aprovado pela Câmara. Deputados da base aliada foram ao Palácio do Planalto e alertaram que sofreram desgaste ao votar a medida e que o Senado não poderia agora aprovar outro projeto mais restrito sobre o tema. A reação se deu depois que o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou que os senadores irão votar nos próximos dias um projeto mais recente sobre o tema. Inicialmente, Temer iria aproveitar os dois projetos aprovados para realizar vetos sobre a terceirização, mas agora deve sancionar o texto da Câmara.

Articulação foi de MadalenaDas três plenárias que o governador participou entre quinta-feira e sábado passados, dentro do roteiro dos seminários “Pernambuco em ação”, a de Arcoverde, como polo do Sertão do Moxotó, foi, disparado, a maior. Aliados experientes em eventos semelhantes arriscam num público em torno de duas mil pessoas. O sucesso é atribuído ao poder de articulação da prefeita Madalena Brito (PSB), que se empenhou e trabalhou com afinco a semana inteira, mobilizando prefeitos, vereadores e representantes das diversas entidades representativas da sociedade civil. O que, diga-se de passagem, o prefeito de Itaparica, o mais fraco dos três eventos, não fez. Dizem por lá, para ser mais preciso, que não moveu uma palha, achando que povo é como chuva, que cai do céu. 

CURTAS

DEFESA– A defesa do presidente Michel Temer entregou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) as alegações finais do peemedebista no processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer. Nos últimos argumentos, a defesa de Temer, coordenada pelo advogado Gustavo Guedes, pede ao tribunal que as contas da campanha de Temer sejam separadas das de Dilma e que sejam anulados os depoimentos da Odebrecht.

TUCANO– Na volta do exterior, onde faz um curso de especialização em gestão pública, o ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio (PMDB), anuncia sua desfiliação do PMDB. Está fortemente inclinado a virar tucano, mas o PSDB no município é controlado pelo deputado Guilherme Coelho, com quem leva uma relação entre tapas e beijos.

Perguntar não ofende: Temer escapa das garras do TSE no processo de contas da campanha com Dilma? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Plantemos a semente quê brotara em Lula presidente.

Nehemias

..E agora? Desempregado sem CLT, sem PIS/PASEP, sem ferias, sem 13º, sem SUS, sem educação, e sem documento...Cadê o pessoal do fora Dilma, fora PT. os coxas estão na bimba do boi.

Nehemias

Meus heróis não morreram de overdose...Eles morreram lutando.

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

ACHO QUE O NEHEMIAS VIVE NO MUNDO DA LUA!

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

NEHEMIAS COM TODO MEU RESPEITO AGORA VOCÊ DIZER QUE O PT É O PARTIDO MAIS HONESTO DO BRASIL? MEU IRMÃO AÍ É PIADA, DE DUAS UMA OU VOCÊ ESTÁ BRINCANDO OU FUMOU CIGARRO ESTRAGADO.


Banner - Hapvida

25/03


2017

Coluna do sabadão

        A Bolsa-estiagem 

Sem apelo para o nordestino, de viés extremamente lulista, o presidente Michel Temer (PMDB) tem feito algumas tentativas para conquistar a simpatia de quem sempre o olha com desconfiança. Acelerar as obras da Transposição foi o seu maior feito. A água, finalmente, chegou a dois Estados – Pernambuco e Paraíba - e em breve pode molhar o chão seco e matar a sede de mais dois Estados – Ceará e Rio Grande do Norte.

A investida na Transposição do São Francisco provocou ciumeiras no PT, que abriu um precedente histórico e preocupante no País, fazendo um ex-presidente, no caso Lula, inaugurar uma obra sem ter mais autoridade nem legitimidade para tal. Em ato na cidade de Monteiro, domingo passado, Lula e Dilma disseram que Temer quer pegar carona na obra que tem o DNA deles.

Temer sabe que, em qualquer projeto que esteja na sua cabeça para 2018, minar as bases de Lula no Nordeste não é meta, mas obrigação seja ele candidato à reeleição ou o nome que venha a apoiar. Saíram dos bolsões de miséria da região os votos que elegeram Lula, carimbaram seu passaporte para reeleição e, consequentemente, elegeram o poste Dilma.

Por isso, algo tem que ser feito em favor dessa gente fiel, eleitora de cabresto de Lula. Reunido com Temer na semana passada, o senador Fernando Bezerra Coelho, líder do PSB no Senado, aliado de primeira hora do Governo, colocou na mesa aquela que pode ser a grande cartada do Governo para o presidente mostrar seu apreço aos nordestinos: a Bolsa Estiagem.

Trata-se de um complemento de R$ 70 ao valor recebido pelos agricultores cadastrados no programa Bolsa Família. Vigoraria entre maio a dezembro, sendo suspenso mediante a chegada das primeiras chuvas no Nordeste. Fernando disse que Temer está convencido de que algo precisa ser feito para minorar os estragos causados ao semiárido pela frustração das chuvas. Esperava-se um bom inverno, com chuva em abundância, mas as expectativas não estão sendo confirmadas.

Diante disso, o Governo será fortemente cobrado a criar um amparo, uma tábua de salvação. Se a bolsa estiagem vingar, o que ainda depende da boa vontade da equipe econômica de Henrique Meireles, estará assegurado ao criador de gado o mecanismo para comprar o milho subsidiado da Conab, por R$ 35 a saca, metade do preço praticado no mercado.

A ajuda emergencial pode até ser encarada como mais uma esmola da União, que trata o Nordeste como um enteado desde o Império, mas certamente fará a alegria e a felicidade de muita gente humilde, que não aguenta mais tamanho prejuízo provocado pelo mais longo período de seca no Nordeste, completando sete anos consecutivos.

DESINFORMAÇÃO– Em meio aos discursos na etapa Petrolândia – Sertão de Itaparica – do seminário regional Pernambuco em ação, o senador Fernando Bezerra (PSB) teve que rebater as críticas do deputado Rodrigo Novaes (PSD). Numa fala anterior, Novaes afirmou que a Codevasf, que os Coelhos exercem forte influência, teria que chegar com presença mais robusta no Sertão de Itaparica, sendo hoje um órgão com ações restritas a Petrolina. De imediato, o senador disse que a Codevasf está perfurando mais de 60 poços em regiões além do São Francisco, sendo mais de 20 em Itaparica. FBC não chegou a tanto, mas deixou a entender que o deputado estava desinformado.

A vaia da claque– Aliado fiel acaba pagando um preço caro em algumas ocasiões. Na quinta-feira passada, na inauguração da estrada que liga Flores ao distrito de Fátima, o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, provou deste fel. Por uma questão de lealdade, citou que a ex-prefeita Soraya Murioka (PR), do seu grupo, teria tido papel importante para a pavimentação sair do papel, mas a reação não foi boa. Uma claque do prefeito Marconi Santana e, por tabela ligada ao deputado Danilo Cabral, atores que insistem em assumir sozinhos a paternidade do projeto, vaiou o secretário.

Prefeito ficou de fora– O prefeito de Floresta, Ricardo Ferraz (PRP), recebeu, ontem, em seu gabinete, o governador Paulo Câmara. A visita foi incluída na agenda de Câmara porque o prefeito faltou ao seminário Pernambuco em ação pela manhã, em Petrolândia, alegando que teria dificuldades em dividir o mesmo ambiente com seus adversários – o grupo da ex-prefeita Rorró Maniçoba, hoje liderado pelo deputado federal Kaio Maniçoba – e o grupo do deputado Rodrigo Novaes (PSD). Floresta, aliás, é sempre uma dor de cabeça para o governador. Ele teve que almoçar na casa de Rodrigo e lanchar na casa de Rorró.

Em maus lençóis – O ex-executivo da Odebrecht José de Carvalho Filho disse em depoimento ao TSE que negociou pessoalmente com Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, a distribuição de R$ 4 milhões para o PMDB em 2014. Segundo Carvalho, parte dos R$ 4 milhões que Padilha distribuiria seria entregue ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). E que a entrega seria feita no escritório do advogado José Yunes, em São Paulo. Esse montante era parte de uma doação maior, de R$ 10 milhões, que a construtora destinaria para o partido naquele ano. Carvalho disse que esteve pessoalmente com o ministro quatro ou cinco vezes para pegar endereços e distribuir senhas.  Na semana passada, Padilha decidiu manter silêncio sobre denúncias.

Dinheiro tem, apesar da crise– Na passagem, ontem, pelo Sertão de Itaparica, o governador Paulo Câmara liberou recursos da ordem de R$ 35 milhões para os sete municípios que integram a região. Só na área do secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, foram R$ 7 milhões para fortalecer programas de agricultura familiar. “O PAA Alimentos garante também segurança nutricional à população. Serão adquiridos 262 mil quilos de alimentos de 240 agricultores familiares, beneficiando 6.550 pessoas. Já o PAA Leite prevê a distribuição de 620.500 litros diariamente, para atendimento a 1.724 famílias”, disse Mota.

CURTAS

NORONHA– O projeto da Administração de Fernando de Noronha na área de Meio Ambiente denominado “Jogue Limpo com Noronha – Coleta Seletiva e Compostagem” - foi aprovado pela Fundação Banco do Brasil. A iniciativa tem como objetivo estimular a separação e destinação dos resíduos sólidos pela população para um local ambientalmente adequado, além de estabelecer o desenvolvimento sustentável do arquipélago.

FIASCO– Os prefeitos da região de Itaparica, especialmente o anfitrião Pastor Ricardo (PR), ficaram mal na foto, ontem, com o governador Paulo Câmara: não mobilizaram as lideranças políticas para o seminário Pernambuco em ação. Diferentemente do primeiro em Afogados da Ingazeira, o de Petrolândia estava esvaziado. Foi preciso recorrer aos alunos do ensino médio para fazer plateia.

Perguntar não ofende: Se Arcoverde bombar hoje, Petrolândia vai virar o patinho feio do seminário “Pernambuco em ação”? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

O cúmulo da burrice é um trabalhador votar contra o Partido dos trabalhadores em um País onde a escrevidão durou 388 anos.

Nehemias

Refletindo: Percebeu com o PT segurou a terceirização 14 anos? Entendeu porque eles te mandaram gritar fora PT? Viu como você foi usado?

Nehemias

CORREIOS COMEÇA DESPEDIR SEUS FUNCIONÁRIOS: Após aprovação da terceirização indiscriminada.

marcos

Em Monteiro na Paraíba, Dilma Jumenta fala: Nesse bolso nunca entrou um tostão da Odebrecht. Aí um gaiato diz: Tá de calça nova né rapariga! Esses Paraibanos vem com cada uma né?

marcos

Dilma Jumenta diz que nunca conversou com Marcelo Odebrecht. Bata uma Panelinha. kkkk


Supranor 1

24/03


2017

Coluna da sexta-feira

     Dor da crise gera desabafo 

Uma frase do governador Paulo Câmara (PSB), na entrevista que concedeu aos companheiros Nill Júnior e Anchieta Santos, da Rádio Pajeú, ontem, Afogados da Ingazeira, chamou a atenção de muita gente. “Pernambuco não caiu, está em pé”, disse quando se deteve a uma análise mais demorada sobre os efeitos das consequências da crise nos Estados.

Traduzindo para um bom português, o que Câmara quis dizer foi que, apesar do tsunami na economia nacional, que arrastou sete Estados para o fundo do poço, Pernambuco resiste sem maiores efeitos colaterais graças a uma série de medidas tomadas por ele, com a experiência que acumulou de secretário da Fazenda e da Administração na gestão Eduardo Campos, para o Estado não sucumbir também.

O governador, apesar de todos os percalços, não atrasa salários, como a maioria dos Estados, e teve até a ousadia de conceder reajuste para algumas categorias, como a Polícia Civil e o acordo recente com a Polícia Militar. Pode até não ser lá essas coisas, mas em meio à brutal recessão que provocou tempos bicudos é algo digno de ser comemorado.

Se alguém acha que não é nada, mas obrigação do Estado, o Rio de Janeiro, que já foi um Estado rico e próspero, está dividindo o salário mês a mês dos servidores e o 13º salário, obrigado a ser pago em duas parcelas, foi rateado em 12 parcelas. Pernambuco não é uma ilha, mas, segundo o governador, está fazendo o dever de casa para escapar das garras da crise.

“É a maior crise da história da República”, disse Câmara, adiantando que tem trabalhado muito nos últimos dias para tentar deixar o Estado de pé. “Já tem muita gente ai caindo e para não cairmos também é preciso recorrer ao remédio mais adequado que é economizar e usar o pouco que tem em prioridades”, afirmou.

Por onde passou ontem, na primeira edição do novo modelo de seminários, o governador acabou sendo muito questionado, como se previa, sobre o agravamento da violência no Estado. “A violência é o maior desafio de todos os gestores. Nós estamos enfrentando com todas as nossas armas disponíveis”, disse. Para ele, não foi surpresa as cobranças por medidas para eficazes, capazes de não comprometer por inteiro o Pacto pela Vida, porque há de fato um crescimento da violência que precisa ser enfrentado. 

A FORÇA DO RÁDIO– Nas duas principais cidades que passou, ontem, Serra Talhada, e Afogados da Ingazeira, o governador Paulo Câmara usou o espaço de rádio dos comunicadores mais populares para prestar contas do seu Governo e ser cobrado também. A força do rádio já foi usada pelo ex-governador Eduardo Campos quando sequer pontuava nas pesquisas para o Palácio das Princesas. Aconselhado pelo jornalista Evaldo Costa, que agora cuida da mídia institucional, o governador vai ocupar o quanto for possível o espaço das emissoras em cidades da etapa dos seminários.

A cor do dinheiroEm meio a crise, o governador Paulo Câmara liberou, ontem, R$ 10 milhões para Itapetim, cidade de apenas 15 mil habitantes, no Sertão do Pajeú, e tem mais R$ 5 milhões para serem aprovados e liberados, segundo o prefeito Adelmo Moura (PSB), que participou da abertura do seminário Pernambuco em ação, em Afogados da Ingazeira. “Não sei de onde o dinheiro está saindo, mas que está aparecendo está”, brincou outro prefeito, enciumado com o valor recebido por Moura.

O convescote– Após a maratona de ontem, que começou as sete da matina e acabou por volta das 20 horas, o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, abriu as portas da sua residência em Serra Talhada, terra natal, para um convescote em torno do governador e sua comitiva. Nas horas vagas, Sebá, como é mais conhecido, canta feito um sabiá, embora seu estilo preferido seja as músicas de sofrência, que, aliás, estão em moda.

Mudanças no Senado – O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse, ontem, que é preciso que o Senado atualize a proposta sobre terceirização que foi aprovada pela Câmara na última quarta-feira. Os deputados aprovaram por 231 votos a favor, 188 contra e oito abstenções um projeto de lei que autoriza o trabalho terceirizado em todas as atividades. O texto seguiu para a sanção do presidente Michel Temer. Enviada ao Congresso pelo governo Fernando Henrique Cardoso em 1998, a proposta já havia sido aprovada pela Câmara e, ao passar pelo Senado, sofreu alterações. De volta à Câmara, o texto aguardava desde 2002 pela análise final dos deputados.

Em nome da pazEm lua de mel com o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, a quem derrotou nas eleições de 2012, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), elogiou, ontem, de público, o esforço e a dedicação do ex-desafeto para viabilização do Hospital Geral do Sertão, cujo terreno foi visitado pelo governador Paulo Câmara. Numa prova de que deseja manter a chama da paz acesa, Duque trocou a camisa vermelha, que habitualmente usa, pela branca, cor adotada por Eduardo Campos e mantida por Câmara.

 

 

CURTAS

PETROLÂNDIA– A segunda etapa do Pernambuco em ação ocorre, hoje, a partir das nove horas, na cidade de Petrolândia, parte do Sertão de Itaparica. O governador incluiu na sua agenda inaugurações de obras na cidade de Floresta. Amanhã, em Arcoverde, sede do Sertão do Moxotó, cumpre a última agenda desta primeira fase.

SUSPENSÃO– A JBS informou que vai suspender a produção de carne bovina em 33 das 36 unidades do País por três dias, inclusive em Mato Grosso do Sul. A companhia foi uma das investigadas na operação Carne Fraca, mas houve contestação em relação a uma única fábrica do grupo, em Lapa, no Paraná. Em todos os estados tiveram fábricas afetadas, apenas uma em Mato Grosso do Sul, outra em Mato Grosso e Bahia mantiveram a produção.

Perguntar não ofende: A Câmara dos Deputados já recuou com a ideia da lista fechada na eleição proporcional? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Reinaldo da VEJA chama Moro, Deltan e delegados da Lava Jato de porras loucas que estão destruindo o país. Eita, a direita trocando sopapos. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nehemias

Manifestantes pró-golpe voltam às ruas neste domingo. Vão celebrar o fim das aposentadorias e dos direitos trabalhistas.

Nehemias

Atenção paneleiros e patos! Toma de presente o teu prêmio por tirar Dilma e gritar fora PT. Correios vai demitir servidor concursado. Vem mais ai. Gostaram?

Nehemias

A burguesia - fede não só moralmente, mas fisicamente.

Nehemias

Se não há justiça para os pobres, então que não haja paz para os ricos.



23/03


2017

Coluna da quinta-feira

      O foco será a violência 

A nova rodada de seminários regionais que começa, hoje, por Afogados da Ingazeira, polo do Sertão do Pajeú, é uma estratégia que tem muito mais a intenção de colocar o governador Paulo Câmara na vitrine de 2018. Não é se encastelando no Palácio das Princesas, que os jornalistas mais antigos no batente dizem já ter visto assombração, que se pode construir o melhor caminho para mostrar o que ele conseguiu fazer em dois anos e três meses no poder e o que ainda pode ainda tirar do papel.

Governo se faz nas ruas. Muitas vezes nem precisa de uma grande obra ou projeto para se apresentar à população. Basta apenas o gesto de ouvir, de olhar olho no olho, de viver a realidade de cada localidade ou região. É claro que na metade da sua gestão o governador será cobrado, não apenas pelas lideranças políticas do Interior que o apoiaram, mas, sobretudo, por parte da sociedade. O que mais apavora o cidadão, hoje, seja na Região Metropolita ou no mais longínquo grotão sertanejo, é o disparate da violência urbana.

Câmara que se prepare, portanto, para ouvir muitas queixas de que as medidas que tem tomado não estão sendo suficientes para conter o avanço da mortandade, verdadeira guerra civil que se observa no Estado. A violência, calo da sua gestão, virou mote para a oposição bater sem piedade no Governo. Aliás, tristemente, se reinstalou em Pernambuco a mania de contar mortos.

Nenhum outro Estado é visto por ai contando seus mortos como se estivesse disputando um ranking macabro, mas Pernambuco voltou a reeditar essa mania a partir do momento em que o Pacto pela Vida, vitrine do Governo Eduardo Campos, que perseguia metas de redução de homicídios, passou a ser questionado pelo risco de estar sendo comprometido.

O Governo admitiu que só nos dois primeiros meses deste ano foram registrados 977 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), através de uma fala oficial do secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, na semana passada. Quase mil em apenas 60 dias é panorama de guerra civil. Nunca se matou tanto!

“Tivemos em 2017 os dois meses mais violentos dos últimos dez anos, desde a criação do Pacto pela Vida. Há quatro meses, o secretário Ângelo Gioia assumiu a SDS e os números da violência continuam batendo recorde, o que demonstra que não é com truculência e com medidas paliativas que Pernambuco vai conseguir vencer a guerra contra a criminalidade”, avalia o líder da oposição na Alepe, Silvio Costa Filho (PRB).

Os dados oficias são alarmantes e por isso mesmo estarão no foco dos debates que o Governo começa hoje pelo Pajeú, indo amanhã para o Sertão de Itaparica, em Petrolândia, e depois Arcoverde, esta como polo do Moxotó. Além do crescimento da criminalidade, a Secretaria de Defesa Social relata o acumulado de 20,3 mil casos de crimes contra o patrimônio em dois meses, dos quais 4,5 mil foram roubos e furtos de veículos, mais de cinco mil casos de violência contra a mulher e 295 casos de estupro.

ENFIM, SAIU!– Quando assumiu o mandato-tampão de nove meses substituindo Eduardo Campos, o governador João Lyra Neto (PSDB) me perguntou o que poderia fazer em tão curto tempo para deixar uma marca no Sertão do Pajeú. Sugeri a repaginação da PE-292, de apenas 47 km, ligado o distrito de Albuquerquené ao município de Afogados da Ingazeira. A estrada, uma verdadeira tábua de pirolito, uma das maiores queixas da população, foi de fato iniciada por Lyra, mas paralisada. Cobrado na campanha, tão logo eleito e empossado, o governador Paulo Câmara deu a ordem de serviço, mas a obra andou devagar, quase parando. Mas hoje, felizmente, será inaugurada e comemorada.

Amigos para sempre?Por falar em estrada, o governador aproveita a sua passagem pelo Pajeú, hoje, para inaugurar, também, o trecho da PE que liga Flores aos distritos de Fátima e Sítio dos Nunes, objeto de uma tremenda briga pela sua paternidade entre os grupos da ex-prefeita Soraya Morioka (PR), ligada ao secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, e o atual prefeito Marcone Santana (PSB), eleitor do deputado Danilo Cabral (PSB). Sebastião e Danilo chegaram a se estranhar em público e pelos corredores do Palácio, mas andam dizendo por ai que são amigos para sempre. Acredite se quiser!

Foi na pressão– O presidente Michel Temer foi alertado nos últimos dias de que a reforma da Previdência corria risco caso não fossem excluídos do texto os servidores estaduais. Houve forte pressão de parlamentares ligados a entidades nos estados, principalmente às de professores e policiais civis. Temer foi convencido de que o lobby de policiais e professores poderia inviabilizar a reforma da Previdência. Inicialmente, os governadores solicitaram ao presidente a inclusão dos servidores estaduais no texto como forma de evitar no futuro uma agenda negativa ao pautar um tema impopular nas assembleias legislativas.

Ainda o Batalhão – O deputado Estadual Tony Gel (PMDB) diz que o novo Batalhão da Policia Militar em Caruaru, anunciado pelo governador Paulo Câmara, reforça o policiamento nos bairros, ajuda no patrulhamento das vilas da zona rural, como também reforça a segurança nas rodovias estaduais que cortam Caruaru e municípios da região, principalmente em dias de Feira da Sulanca. “O objetivo é proporcionar às comunidades de Caruaru e cidades próximas uma maior presença da Polícia Militar. É um reforço considerável e, que, juntamente com o 4º BPM, irá com certeza trabalhar para garantir aos moradores da Capital do Agreste, dias mais tranquilos”, comemorou.

Neutralidade do Governo Presidente da Câmara de Sertânia, o vereador Antônio Henrique, o Fiapo (PSB), diz que é balela a versão que os adversários do presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), Josinaldo Barbosa, que disputa a reeleição em pleito marcado para o próximo domingo, em Bonito, espalham de que o Governo do Estado estaria atrelado ao candidato da oposição, André Valença. “Sou do PSB e garanto que nem governador nem ninguém do Governo vão interferir no processo eleitoral da UVP”, afirmou.

CURTAS

GRAVATÁ – O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Gravatá, Marcelo de Brito, revela que já tentou várias vezes abrir um canal de interlocução com o prefeito Joaquim Neto (PSDB), mas este tem ignorado. “Já foram enviados quatro ofícios e nenhum sinal”, diz, adiantando que a categoria deseja abertura das negociações envolvendo uma ampla pauta, como calendário de pagamento, melhorias de condições de trabalho e também a data-base para reajuste salarial.

OS ESQUECIDOS– A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), continua dando tratamento de adversário aos que foram leais com a tucana na campanha de segundo turno contra Tony Gel. Que o digam os ex-vereadores Gilberto de Dora e Zé Ailton, os empresários José Carlos Menezes, Osíris Caldas e Luciel Emerson, o presidente do PRTB, Zé Colmeia, o presidente do PRB, Pastor Carlos, e a presidente do DEM, Rosimere da Apodec.

Perguntar não ofende: Pelo clima de tensão e radicalização, o Tribunal Regional Eleitoral vai pedir tropas federais para as eleições suplementares de Ipojuca? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Tenho orgulho de dizer que votei no Lula e Dima. Mas e você, tem coragem de dizer em quem votou?

Nehemias

Seremos, oficialmente, ESCRAVOS. O QUE NOS AGUARDA. Milhões de empregos direitos migrarão para contratos terceirizados, quarteirizados ou pejotizados. Será o fim das atuais categorias de trabalhadores. Todos serão transformados em prestadores de serviços, com rendimentos menores, jornadas maiores e sem direitos trabalhistas. No setor privado teremos o fim de direitos às férias, décimo terceiro, descanso semanal remunerado, aposentadoria e diversas conquistas da Convenção ou Acordo Coletivo. Esses trabalhadores terão sua capacidade de organização sindical esvaziada completamente, além do aumento significativo da rotatividade no emprego, da maior exposição a riscos de acidentes e mortes no trabalho. No setor público, a terceirização das atividades-fins permitirá que milhares de prefeitos, vereadores e empresas públicas dispensem a realização de concursos públicos e passem a contratar firmas terceiras para prestar serviços ao “poder público”. Vai ser instalada a festa dos amigos, apaniguados e comparsas do “governante de plantão”, aumentando em muito a corrupção no Brasil. Imagina a quantidade de vereadores e amigos de prefeitos que vão montar uma firma para fornecer serviços e mão-de-obra para as prefeituras. A terceirização sem limites vai, ainda, precarizar o atendimento à população usuária do serviço público. Teremos aumento do desemprego, redução da massa salarial e do consumo, redução da arrecadação do tesouro e demais fundos públicos, aumento das desigualdades sociais e barbarização das relações trabalho.

Nehemias

Túnel do tempo, corrupção ontem e hoje. Milhões foram desviados da Embratur, por João Dória (PMDB-SP), e toda ex diretoria da Embratur terá que devolver Cz$ 6,5 milhões. O ex presidente da Embratur, João Dória Júnior, e toda a ex-diretor ia da empresa durante sua gestão foram intimados ontem pelo TCU, a recolherem aos cofres públicos 6 milhões 569 mil cruzados , atualizado em de hoje desviados irregularmente no período de 1987 a 1988. Conseguiu financiamento externo junto a Comunidade Econômica Europeia (CEE), são contabilizados pela empresa e administrado por pessoas ligadas diretamente a ele, inclusive, parentes. Uma vez traquino, sempre traquino.

marcos

EXCLUSIVO: AS CONTAS CORRENTES ERAM SÓ DE LULA E DILMA///////////// Os depoimentos da Odebrecht ao TSE esclareceram mais um fato essencial. Todo mundo sempre imaginou que o PT tivesse uma conta corrente no departamento de propinas da empreiteira. A conta corrente, porém, nunca foi do PT. Quem tinha conta corrente no departamento de propinas da Odebrecht eram apenas Antonio Palocci, codinome Italiano, Guido Mantega, codinome Pós-Itália, e Lula, codinome Amigo. Como explicou Marcelo Odebrecht, essas contas eram relacionadas à presidência da República. Centenas de corruptos receberam propina da Odebrecht, mas o esquema de contas correntes do departamento de propinas da empreiteira era exclusivo de Lula e Dilma Rousseff. (a alma mais honesta e a mulher honrada ) Chamenm os Paneleiros. kkkkkkkkkkkkkkk

marcos

Dilma aquela mulher honrada, pegou R$ 150 Milhões de dinheiro roubado da Petrobras para sua campanha. Temos que bater Panelas!


ArcoVerde

22/03


2017

Coluna da quarta-feira

      Lista fechada é casuísmo 

O Congresso, que só legisla do umbigo para baixo, está querendo dar um golpe na democracia: impedir que o eleitor possa escolher, de forma livre e independente, o seu deputado nas eleições de 2018. Pela proposta da lista fechada, já em discussão na Câmara dos Deputados, se vier a ser aprovada no arremedo de reforma política, não haverá sequer campanha para deputado.

Nesse modelo, os eleitores votam no partido em vez de escolherem candidatos avulsos, e os votos são depois distribuídos de acordo com uma ordem de candidatos previamente definida pela legenda. Os defensores da mudança dizem que ela é necessária para tornar as campanhas mais baratas e mais fáceis de fiscalizar, tendo em vista que as doações de empresas - alvo de escrutínio na Operação Lava Jato - estão proibidas por decisão do STF.

O modelo é adotado em 29 países no mundo, segundo o cientista político e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Jairo Nicolau, referência no assunto. Entre eles estão Espanha, Portugal, Israel, Turquia, África do Sul, Argentina e Uruguai. Para opositores da ideia, no entanto, a proposta tem como objetivo facilitar a reeleição dos parlamentares, muitos desgastados pelas denúncias da Lava Jato, evitando assim a perda da prerrogativa de foro.

Essa percepção foi reforçada pelo fato de alguns congressistas terem defendido que políticos que já tenham mandato sejam os primeiros nas listas dos partidos. As conversas em torno da proposta começaram no último fim de semana, tendo sido debatida em um almoço na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), que comemorou o aniversário do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy (PSDB).

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, participou da comemoração e, em seguida, se reuniu no Palácio do Jaburu com o presidente Michel Temer. O tema do encontro foi reforma política. Temer, Mendes, Rodrigo Maia e o presidente do Senado, Eunício Oliveira, se reuniram oficialmente no Palácio do Planalto. Na saída do encontro, os participantes defenderam a lista fechada.

Mas eles estão pensando, claro, na tábua de salvação. Sabem que se forem ao julgamento das urnas serão reprovados, porque há um sentimento de mudança no perfil do Congresso brasileiro para as eleições de 2018. A lista fechada, defendida ardorosamente agora pelos que foram contra no passado, promove a impunidade da turma da Lava Jato que não quer perder foto privilegiado.

CPI DA PREVIDÊNCIA– O senador Paulo Paim (PT-RS) protocolou, ontem, junto à Secretaria-Geral da Mesa do Senado, um requerimento de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a apurar eventuais desvios de dinheiro da Previdência Social. O pedido de criação da CPI da Previdência foi assinado por 47 senadores e recebeu apoio informal de outros três parlamentares. Paim protocolou o requerimento acompanhado de líderes de sindicatos e de movimentos sociais, que gritavam palavras de ordem contra as reformas da Previdência, trabalhista e contra o projeto que regulamenta a terceirização.

A força de SebastiãoO secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, deu uma demonstração de força e prestígio com o governador Paulo Câmara, cancelando a programação extra do seminário regional do Sertão do Pajeú, que começaria amanhã pela manhã em Itapetim, e no seu lugar incluindo uma visita da comitiva governamental ao terreno onde será construído o Hospital Geral do Sertão, em Serra Talhada, sua principal base política. O governador vai levar com ele o secretário de Saúde, Iran Costa. Sebastião também abre as portas da sua casa naquela cidade, no início da noite, para um jantar em torno do governador, com direito a soltar a voz como cantor de sofrência.

 

 

 

 

 

Batalhão de Caruaru– O governador Paulo Câmara enviou, ontem, à Assembleia Legislativa, Projeto de Lei Complementar que cria o Batalhão Integrado Especializado (BIE) de Caruaru, na estrutura orgânica da Polícia Militar de Pernambuco. O objetivo é aperfeiçoar, quantitativa e qualitativamente, as ações voltadas à promoção da segurança pública e do bem-estar da população do Interior do Estado. A nova estrutura desempenhará suas atribuições no combate à criminalidade em Caruaru e  no Agreste, reforçando o policiamento ostensivo em grandes eventos, praças desportivas, unidades prisionais e demais espaços públicos.

Recife na lista – O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou que os aeroportos de Goiânia, Recife e Vitória deverão fazer parte de uma nova oferta para a concessão de dez novos terminais da Infraero para a iniciativa privada. A oferta ainda está em estudo e deve ocorrer apenas em 2018. O ministro também confirmou que os aeroportos de Congonhas em São Paulo, Santos Dumont no Rio de Janeiro, Curitiba e Manaus continuarão sob o guarda-chuva da Infraero.  A inclusão de novos terminais se dá, segundo ele, pela bem sucedida concessão em Porto Alegre, Florianópolis, Salvador e Fortaleza, realizada recentemente.

O primo de PinóquioO prefeito de Santa Cruz da Baixa Verde, Tassio Bezerra (PTB), farrapou na palavra empenhada com os servidores da saúde, não pagando o salário da categoria na última segunda-feira, data limite anunciada. Além de matar de fome os profissionais que cuidam da saúde da população, o trabalhista não deu a menor satisfação. O que a rádio corredor da Prefeitura divulgou é que ele não pagou a quem deve alegando que não tem recursos, mas o Portal da Transparência comprova que o prefeito é mesmo primo de Pinóquio: lá, consta que foi feito uma transferência no valor de R$ 37.556,00. Não paga, portanto, porque não quer.

CURTAS

PROCESSADO – O Ministério Público Federal processou o ex-prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, nas esferas penal e cível, por irregularidades na prestação de contas de recursos federais recebidos por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Segundo consta nos processos, o município de Olinda recebeu, em 2011, R$ 1,437 milhão para aplicar no Programa Nacional de Inclusão de Jovem (Projovem) Urbano, mas não cometeu irregularidades.

NOVO PARTIDO– Um grupo de deputados começou a se movimentar para criar uma nova legenda para as eleições de 2018: o Podemos. Como está muito em cima para coletar assinaturas de apoio à criação de uma nova legenda, o movimento é para mudar o nome do Partido Trabalhista Nacional (PTN), atualmente com 14 deputados. Presidente nacional do PTN, a deputada Renata Abreu (SP) articula pessoalmente a mudança de nome do partido com o objetivo de formar um novo grupo político.

Perguntar não ofende: A Polícia Federal deu de fato uma grande derrapada na operação a Carne é Fraca? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

E ai trabalhadores de direita grande conquista de vocês. Parabéns!!!

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

MARCOS NÃO ADIANTA NÓS EXPORMOS NOSSA OPINIÃO, ESTE NEHEMIAS É UM CEGO TEIMOSO, PUXA SACO DE CORRUPTOS E BANDIDOS.

Nehemias

Explorados, escravizados, sem vínculo empregatício e sem aposentadoria. Não reclamem, trabalhem, Pobre de direita!

marcos

Quem roubou mais: Lula, Dilma Jumenta, Temer, Zé Dirceu, Palocci, Guido Mantega, João Vacari, Erenice, Mercadante, Berzoíne ou Cunha? Pergunta difícil, Vai cair no Enem 2018.

marcos

Incrível: Lula no seu depoimento ao Juiz Ricardo em Brasília afirmou que ganha de Pensão Vitalícia R$ 60.000,00 por mês. Mais R$ 26.000,00 de Marisa. Você pobre de direita/esquerda tem que trabalhar trinta e cinco anos. Vamos bater Panelas!


Garanhuns

20/03


2017

Coluna da segunda-feira

    O lulismo estava saudoso 

O pretexto foi a Transposição. Mas na verdade, o que se viu, ontem, em Monteiro, cidade paraibana que virou um mar de gente vermelha, a cor do PT, foi o reencontro do povo nordestino com o ex- presidente Lula. As manifestações, desde a mais simples com uma foto dele na camisa, traduziram um único objetivo: ver Lula. “A saudade estava grande”, resumiu dona Maria Madalena Freitas, para quem Lula é o patrono nordestino.

E para vê-lo valeu todo tipo de sacrifício, desde levar sol escaldante na cara numa espera de mais de seis horas, que parecia não ter fim, até mesmo arriscar tocá-lo enfrentando o cordão de isolamento feito pela Polícia. Homens e mulheres de todas as idades, crianças no colo e desidratadas pelo sol forte encheram às margens do canal da Transposição, num primeiro momento, e a praça, depois, para ouvir o ídolo.

Não dá para fazer prognósticos quantitativos. Para não errar ou ser acusado de chute, prefiro falar num formigueiro de gente. Uma massa humana compacta, que foi ao delírio quando Lula botou seus pés em Monteiro. "Nem Frei Damião seria capaz de juntar tanta gente", resumiu o agricultor Antônio Oliveira, da longínqua Serrita, em Pernambuco, falando ao celular.

O ato foi convocado em nome da Transposição, que tinha quer ser entregue por Lula e não por Michel Temer, atual presidente. O que se viu na pequena Monteiro, no entanto, foi um verdadeiro desagravo. Os lulistas de carteirinha deixaram transparecer isso nas ruas, com gestos e palavras. No palanque, o desagravo ficou mais latente ainda por parte dos aliados de Lula.

A começar pelo padre da cidade, que chamou Lula de “predestinado”. O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, pediu para a elite bater mais nele. “Quanto mais batem, mas Lula cresce”, afirmou. Entre os artistas, o cantor paraibano Chico César fez uma música especial para a ocasião, levando Lula às lágrimas.

Em toda parte, o sentimento de agradecimento pela água transportada do rio São Francisco estava presente. Em algumas faixas, o Governo da Paraíba deixou claro que o pai da Transposição era Lula e também Dilma. Muitas frases emocionantes traduziram a alegria do povo. “Velho Chico, um rio que agora passa em minha vida”, dizia uma delas, carregadas com muito orgulho por um grupo de jovens.

CARA DE PAU– A ex-presidente Dilma fez um duro discurso em Monteiro classificando seus adversários, especialmente o presidente Temer, de cara de pau por tentarem vender a ideia de que são os verdadeiros responsáveis pela obra da Transposição. “Lula iniciou e eu deixei praticamente pronta, porque este era o nosso compromisso com o Nordeste”, disse. Dilma criticou ainda a proposta da reforma da Previdência encaminhada pelo Governo e disse que estão tentando um segundo golpe, que traduziu pelo esforço de impedir que Lula seja candidato a presidente.

Socialista de coração vermelhoFiliado ao PSB, partido que rompeu com o PT, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, foi tratado como aliado de coração vermelho por Lula, Dilma e os petistas de medalhões presentes ao ato da Transposição. Coutinho afagou o ego de Lula. Depois de chamá-lo de querido companheiro, Coutinho afirmou que quanto mais batem nele mais crescem as suas chances de ser eleito presidente da República. Coutinho chamou o Governo Temer de cínico e afirmou que é voltado para atender aos interesses da elite.

Pouso dificil– Tinha tanta gente, ontem, esperando Lula na beira do canal da Transposição, em Monteiro, que o helicóptero que o conduzia não conseguiu pousar onde estava previamente programado. Depois de duas tentativas, teve que arremeter pousando bem distante. De lá, Lula chegou num ônibus com toda a comitiva sendo aclamado como padrinho da Transposição e pai dos pobres. Muita gente ensaiou ainda a música da primeira campanha presidencial de Lula, com o refrão “Lula lá”.

Já havia vazado – Antes mesmo de a Operação Carne Fraca ser deflagrada pela Polícia Federal, um delator da Lava Jato já havia revelado ao Ministério Público detalhes de uma história que demonstrava como funciona a busca por influência no setor de fiscalização do Ministério da Agricultura. Essa história envolvia o ex-deputado Eduardo Cunha, o doleiro Lucio Funaro e o empresário Joesley Batista. Na última sexta, a Carne Fraca revelou um esquema envolvendo a corrupção de fiscais do ministério que, em troca de propina, liberavam licenças sem realizar a fiscalização adequada nos frigoríficos.

Entrando para ganharNa sua fala, ontem, em Monteiro, o ex-presidente Lula foi comedido quando tratou de 2018. Disse que não sabe ainda se será candidato, porque candidaturas só se definem em convenções, que estariam muito longe. Mas afirmou que se vier mesmo a disputar o Palácio do Planalto será eleito. “Seu eu entrar vai ser para ganhar”, afirmou, mandando um recado aos adversários que se tentarem impedir sua candidatura terão que se acertar com o povo.

 

CURTAS

AGRESSÃO – Tão logo o comício começou, ontem, em Monteiro, os animadores começaram a incitar a plateia a gritar “Abaixo a Rede Globo”, numa crítica à postura da televisão no noticiário da Lava Jato. Os militantes vermelhos agrediram com palavrões todos os veículos de comunicação, inclusive o meu blog.

FATURA ALTA– Nunca os donos de restaurantes, bares e hotéis de Monteiro faturaram tanto com a invasão que se deu na cidade, ontem, em função do ato da Transposição com a presença do ex-presidente Lula e a ex-presidente Dilma. Nas ruas, uma água era vendida a R$ 3 e não dava para ninguém. Refrigerante, R$ 4. Todos os restaurantes acabaram seus estoques de comida.

Perguntar não ofende: Lula fez o maior evento político do Nordeste para mostrar que tem a força do povo? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

NEHEMIAS É OBRIGAÇÃO DE TODO GOVERNANTE FAZER UM BOM TRABALHO, OK? AGORA VOCÊ DEFENDER BANDIDOS AÍ É QUE MORA O PERIGO, VOCÊ TEM ALGUM CARGO POLITICO? VOCÊ É COMISSIONADO? PORQUE VOCÊ DEFENDE TANTO ESTES BANDIDOS? POIS DIZER QUE DILMA LULA HUMBERTO SÃO PESSOAS DE BEM É MUITA CARA DE PAU

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

ESTA BANDEIRA PETISTA ME DÁ NOJO, 13 REPRESENTA BANDIDAGEM, AVISO NÃO DEFENDO NEM DILMA NEM LULA NEM TEMER.

Nehemias

Lula é elevado à categoria de quase Deus no Nordeste! A Globo, Moro, Aécio e outros golpistas até hoje não dormem…

Nehemias

Túnel do tempo, corrupção ontem e hoje. Milhões foram desviados da Embratur, por João Dória (PMDB-SP) Ex diretoria da Embratur terá que devolver Cz$ 6,5 milhões. O ex presidente da Embratur, João Dória Júnior, e toda a ex-diretor ia da empresa durante sua gestão foram intimados ontem pelo TCU, a recolherem aos cofres públicos 6 milhões 569 mil cruzados , atualizado em de hoje desviados irregularmente no período de 1987 a 1988. Conseguiu financiamento externo junto a comunidade económica européia CEE, são contabilizados pela empresa e administrado por pessoas ligadas diretamente a ele, inclusive, parentes

marcos

Temer, Lula, Dilma Jumenta todos corruptos. Viva João Dória. Cadê os paneleiros?


Naipes

18/03


2017

Coluna do sabadão

    Só Armando pelo fim de privilégio 

Um grupo formado por 41 senadores de diversos partidos, entre elas apenas um pernambucano – Armado Monteiro Neto (PTB) - assinou um requerimento para que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que põe fim ao foro especial por prerrogativa de função, o chamado foro privilegiado, seja incluída na pauta de votações do plenário do Senado.

Os parlamentares que assinaram o requerimento podem, eventualmente, retirar as assinaturas, o que poderia inviabilizar a inclusão da proposta na pauta de votações do Senado. A PEC foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em novembro do ano passado e, para ir a votação em plenário, precisa incluída na pauta pelo presidente, Eunício Oliveira (PMDB-CE), em acordo com os líderes partidários.

A proposta foi apresentada por Álvaro Dias (PV-PR) e extingue o foro privilegiado nos casos em que as autoridades – presidente da República, senadores e deputados, entre outras – cometerem os chamados crimes comuns, como, por exemplo, roubo e corrupção. O foro privilegiado prevê a essas autoridades o direito de serem processadas somente no Supremo Tribunal Federal. No caso dos governadores, por exemplo, os processos ficam a critério do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Na prática, com o fim do foro privilegiado, as autoridades que hoje têm o direito de serem julgadas somente nos tribunais superiores passariam a responder a processos na primeira instância da Justiça. Segundo o relator da PEC, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o requerimento assinado pelos 41 senadores será apresentado na próxima terça (21) e, com o documento, o senador espera que o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), inclua a PEC na pauta e agende as datas para a análise da medida.

Isso porque, por se tratar de uma alteração na Constituição, a proposta precisa ser aprovada pelos senadores em dois turnos de votação e receber o apoio de pelo menos três quintos dos parlamentares (49 dos 81 senadores). Se a PEC passar pelo Senado, vai para a Câmara, onde também deverá ser aprovada em dois turnos e receber o apoio, nas duas votações, de pelo menos 308 deputados.

Os senadores Humberto Costa (PT) e Fernando Bezerra Coelho (PSB) não assinaram e devem, portanto, uma explicação à sociedade. A discussão sobre o foro privilegiado ganhou força nas últimas semanas no Senado em meio ao envio, ao Supremo Tribunal Federal, da lista da Procuradoria-Geral da República (PGR) com 83 pedidos de abertura de inquérito para investigar políticos citados nas delações de ex-executivos da empreiteira Odebrecht no âmbito da Lava Jato.

PARTIDOS ENVOLVIDOS– O delegado da Polícia Federal (PF) Maurício Moscardi Grillo afirmou que os partidos PP e PMDB eram beneficiados com propina envolvendo o esquema ilegal de vendas de carnes. "Dentro da investigação ficava bem claro que uma parte do dinheiro da propina era sim revertida para partido político. Caracteristicamente já foi falado ao longo da investigação dois partidos que ficaram claros: que é o PP e o PMDB", disse durante a coletiva de imprensa realizada em Curitiba na manhã de ontem, dia em que a Operação Carne Fraca foi deflagrada pela PF. A operação apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

Intruso na comitivaEntre as lideranças nordestinas que confirmaram presença na visita do ex-presidente Lula, amanhã, a Monteiro (PB), para “inaugurar” um dos trechos da Transposição, o ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato do PDT, não deve ser bem tratado pelos petistas. Recentemente, numa entrevista, Ciro disse que Lula não poderia ser candidato em 2018 à Presidência da República porque estava com o nome sujo na operação Lava Jato. De Brasília se especulou, ontem, a possibilidade de Ciro ser o vice de Lula. Quem administrará a incontrolável língua do cearense?

Invasão em Monteiro– As informações que chegam de Monteiro (PB) dão conta de que a cidade sofrerá uma verdadeira invasão amanhã durante a passagem de Lula. Hotéis e pousadas estão lotadas e tem até muita gente alugando casas particulares. O evento começa por volta das 14 horas e deve se estender até o final da tarde. Só de jornalistas há um batalhão. E olha que a pré-campanha presidencial está apenas dando o seu start.

Banho descartado – Quanto ao suposto banho que o ex-presidente tomaria no canal da Transposição, o senador Humberto Costa, líder da oposição no Senado, disse, ontem, que foi apenas um comentário em tom de brincadeira. “Lula está tão entusiasmado com as águas do Velho Chico chegando pelos canais da Transposição que brincou, em determinado momento, dizendo que estava com vontade de mergulhar no canal. Mas isso ficou descartado para não ser explorado negativamente pela mídia”, disse o líder da oposição no Senado.

Inauguração popularConforme programação liberada, ontem, pelo Instituto Lula, o ex-presidente não desembarcará em Monteiro, como estava previsto, mas em Campina Grande, a 171 km. De lá, a comitiva seguirá de carro até Monteiro levando em média duas horas de viagem. Na chegada a Monteiro, ao lado da ex-presidente Dilma e de três governadores – PB, CE e PI – Lula irá direto para o canal da Transposição para um ato rápido e simbólico que o PT denominou de “Inauguração popular da Transposição: a celebração das águas”. Antes de um comício em palanque armado no centro da cidade, haverá uma carreata.

CURTAS

ALUNOS– Cerca de 480 alunos de Sertânia tiveram a chance de descobrir como o Projeto da Integração do Rio São Francisco está mudando a vida dos nordestinos. Situada no município, um dos beneficiados pelas águas do Eixo Leste, o local escolhido para ter palestras informativas foi a Escola Olavo Bilac. As atividades foram feitas pela equipe da Comunicação Itinerante e esclareceram dúvidas sobre o empreendimento hídrico, principalmente orientando a respeito da proibição do uso das estruturas para brincar, pescar, descartar resíduos sólidos e outros.

CONTAG– Mais de dois mil delegados do 12º Congresso Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares elegeram a nova Diretoria, Conselho Fiscal e Suplências da Contag para o período de 2017-2021. Foi eleito presidente o pernambucano Aristides Santos, atual secretário de Finanças e Administração da entidade.

Perguntar não ofende: O PT tirou da agenda o banho de Lula no canal da Transposição para ser a surpresa da visita? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Todo ser arrogante é digno de dó, pois vive na hipocrisia de se sentir o máximo.

marcos

CONFIRMADO: Lula não vai tomar banho na transposição pois está usando FRALDÃO GERIÁTRICO, Se caga de minuto em minuto, com medo de Doutor Sérgio Moro. Cadê os paneleiros?

marcos

Vanessa Grazziotin recebeu R$ 1,5 milhão da Odebrecht.///// Vanessa Grazziotin, uma das mais estridentes defensoras de Dilma no impeachment, negociou pessoalmente com a Odebrecht um repasse de R$ 1,5 milhão. A quantia foi paga em espécie. O dinheiro não tem ideologia. É o que prova que a comunista Grazziotin adora dinheiro! Cadê os paneleiros?

marcos

PLACAR DA CORRUPÇÃO: Dilma 20 x 06 Temer/////////////////// Em matéria de auxiliares pegos pela Lava Jato, Dilma Jumenta dá uma goleada no seu Vice Temer. Nesta semana, A lista enviada por Janot ao STF contém 20 ministros da Jumenta , ante seis de seu Vice. Isso não significa, claro, que Temer e os seus devam comemorar. É a chapa corrupta PT/PMDB.

marcos

Não tenha medo de pensar diferente dos outros, tenha medo de pensar igual e descobrir que estão todos errados. Mortadelas e Patos: Lula NUNCA MAIS!



17/03


2017

Coluna da sexta-feira

   Banho eleitoral condenável 

Li, ontem, que o ex-presidente Lula está tão entusiasmado com a viagem programada para o próximo domingo a Monteiro (PB), para inaugurar, extraoficialmente, a chegada das águas da Transposição à Paraíba, que pode tomar banho no canal transbordante. Se isso ocorrer, por excesso de euforia, estará dando um péssimo exemplo.

Há pouco, imagens de um grupo de sertanejos tomando banho no canal em Sertânia geraram protestos e indignação. As águas transpostas do Velho Chico chegam para matar a sede de 12 milhões de nordestinos, segundo estimativa do Ministério da Integração, e não para amenizar o calor brutal ou servir de lazer para quem quer que seja.

Além de poluir, o banho é proibido. Ao longo dos canais, o Governo instalou placas de advertência sobre o risco de afogamento. Às margens do trecho da Transposição em Monteiro, Lula fará um ato político, avocando para si a paternidade do projeto. Ao seu lado estará a ex-presidente Dilma e três governadores do Nordeste – Ceará, Piauí e o anfitrião Paraíba.

Está prevista, ainda, uma carreata pelas principais ruas da cidade paraibana para que Lula possa gravar cenas que, provavelmente, serão exibidas pelo PT no horário da propaganda eleitoral. Delegações de várias cidades próximas estão sendo organizadas pelos sindicatos atrelados ao PT para bater palmas para o ex-presidente e carimbá-lo como o pai da Transposição.

Mesmo com quatro processos da Lava Jato nos ombros, já na condição de réu, Lula usa a estratégia eleitoral própria do futebol, de que a melhor defesa é o ataque. Mais do que isso, apresenta-se como vítima para o grande público e eleitorado cativo, perseguido pela mídia. O ex-presidente usou, recentemente, o depoimento da 10ª Vara Federal em Brasília como palanque, num teatro deplorável. Monteiro não será diferente.

FISCALIZAÇÃO– Técnicos do Governo da Paraíba estão fiscalizando as águas do rio São Francisco no trecho entre as cidades de Monteiro e Camalaú. As equipes também cadastram usuários e instalam plataformas de coleta de dados. Moradores ribeirinhos recebem orientações sobre a necessidade de permitir o fluxo normal da água. “Não admitiremos construções de cercas transversais no leito do rio, pequenas barragens ou qualquer outro impedimento. A água só poderá ser usada para consumo humano e animal. A nossa prioridade é garantir a chegada dela no açude Epitácio Pessoa”, alertou o presidente da Agência estadual de Águas, João Fernandes.

Caveira de burro em GoianaA pindaíba é de tamanha magnitude em Goiana que o prefeito Osvaldo Rabelo Filho (PMDB), eleito como o “salvador da lavoura”, teve que cortar até o transporte dos universitários para o Recife. Sabendo que não contariam mais com a boa vontade do poder público, os estudantes passaram a bancar o custo se cotizando. Próximo a completar 100 dias de gestão, Osvaldinho, como é mais conhecido o prefeito, não disse a que veio. Goiana é, literalmente, uma cidade sem sorte, azarada.

 

Confiança zero– A Apac – Agência Pernambucana de Águas e Clima – virou objeto de piada e gozação na rádio corredor do Parque da Jaqueira. Tudo porque não acerta uma só previsão de chuvas no Recife. Na semana passada, quando caiu uma verdadeira tromba de água na capital, em torno de 100 mm, a Apac previu apenas 2 mm. Em tempo: trata-se da empresa que recebeu o maior investimento em termos de equipamento ainda na gestão do ex-governador Eduardo Campos. Dá para confiar?

Carta fora do jogo – Ao aparecer isolado entre os nomes pernambucanos na lista da Lava Jato do procurador geral da República, Rodrigo Janot, o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), desidratou-se. Perdeu o entusiasmo no eleitorado que enxergava nele uma renovação política em 2018. E há quem diga que tende a se complicar. Se isso ocorrer, aos olhos dos analistas políticos da província, já pode se considerar carta fora do baralho para qualquer projeto majoritário nas eleições do próximo ano.

Josinaldo será reeleitoOs aliados do vereador André Valença (PSD), candidato da oposição na disputa pela presidência da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), em eleição marcada para o próximo dia 24, em Bonito, já jogaram a toalha. “É quatro por um”, prevê o vereador Gilvan da Malhadinha, de Cumaru (PSC), referindo-se à votação que terá o atual presidente da instituição, Josinaldo Barbosa (PTB), cuja reeleição, para ele, só tem riscos de dar errado se ocorrer uma hecatombe. “Josinaldo está fortíssimo porque seu adversário não tem apelo nem a confiança da categoria”, afirma Gilvan.

CURTAS

VIOLÊNCIA– Em apenas 28 dias, um total de 497 pessoas foram assassinadas em Pernambuco. Esse foi o número anunciado na tarde de ontem pela Secretaria de Defesa Social. O resultado deixa a população assustada mais uma vez. Os números refletem que quase 18 pessoas foram mortas por dia no estado. Ainda, segundo o secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, no mês de janeiro foram contabilizados 480 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Pernambuco.

DEFESA– O Senai está prestes a inaugurar a sua mais nova unidade do Estado, em Ipojuca. A previsão é de que o prédio esteja pronto até o final de abril e comece a atender ao público já no próximo semestre. A novidade é que, além da boa estrutura, a unidade será a única de Pernambuco a abrigar o curso de Polímeros, estudo das macromoléculas, um dos componentes do plástico e seus derivados.

Perguntar não ofende: Será que Lula sabe que tomar banho no canal da Transposição polui a água que servirá para o consumo humano? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

O que será que Tony Ramos e Fátima Bernardes, tem a dizer sobre a carne de confiança da Seara e da Friboi ?

Nehemias

Lute contra o golpe. Abandone o conformismo! Vote Lula presidente.

Nehemias

Como fica a legião de boçais que espalhou a história de que a Friboi era de Lulinha?

José Pereira da Silva

Estão sentido a falta dos peitinhos da corrupção, eram as tetas do governo do PT o governo mais corrupto do mundo.Então seus fdp corruptos só tem uma solução, vão trabalhar seus fdp.

Nehemias

Só lembrando: Os coxinhas dizem que quem votou em Dilma votou em Temer. Então, cadê as panelas pra ele?


bm4 Marketing 6

16/03


2017

Coluna da quinta-feira

    Uma justa e bela homenagem 

Afogados da Ingazeira, minha terra natal, estava devendo, há muito tempo, uma homenagem a um homem simples, que nasceu na roça e da roça viu seu pai, com as mãos calejadas, rosto enrugado, tirar o sustento para manter uma família que a advocacia, nobre missão dos grandes homens, bateu como destino: José Virgínio Nogueira, pai dos meus amigos Alberto e Cláudio Jean, desembargadores do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Doutor José Virgínio, juiz de Direito aposentado, arrastado para o mundo celestial pelo sopro divino em 2006, passa a ser eternizado, hoje, com a aposição do seu nome à placa do prédio do Fórum Eleitoral de sua pátria, que tanto amou, num ato com a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Antônio Carlos Alves da Silva. Ilustres de toga, entre os quais seus dois filhos, dividirão a emoção com conterrâneos de um homem que amou e defendeu a sua gente nos tribunais.

O valor dos grandes homens mede-se pela importância dos serviços prestados à humanidade. Antes de ingressar no mundo Judiciário, o homenageado foi comerciário, viveu neste segmento o auge da mamona e do algodão, o ouro branco do Nordeste, como dizia Luiz Gonzaga. Após a conclusão do curso de Contabilidade, trabalhou na Cagep, a Companhia de Armazéns Gerais do Estado. Mais tarde, acadêmico de Direito, virou professor com uma missão jesuítica, abrindo mentes e corações com o seu saber.

Na comarca de sua terra, virou referência e foi reverenciado no mundo jurídico, sendo um dos grandes notáveis em juris que entraram para a história da região. O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por viver de forma tão intensa, o mestre teve seus méritos reconhecidos mais tarde pelo povo, elegendo-se vereador.

Embora vocacionado para servir sem servir-se do cargo, José Virgínio sabia que seu destino estava no Direito e não na tribuna popular. Em 1970, sua dedicação aos estudos e o seu talento o transformaram em Juiz, fazendo sua estreia na Comarca de Aroeiras, na Paraíba, Estado que fixou residência por muito tempo em Campina Grande. Como Juiz de Direito passou pelas comarcas também de Queimadas, Umbuzeiro, Souza e Guarabira, além de juiz titular da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande, cidade que o adotou como filho.

Se existem pessoas incomparáveis, José Virgínio é uma delas, que entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que permanecem em nossa lembrança. Já li em algum lugar que as únicas pessoas que nunca fracassam são as que nunca tentam. Não foi o seu caso. Que o digam aqueles que com ele conviveram, como o meu pai Gastão Cerquinha.

Ao ser informado da homenagem, que engrandece Afogados da Ingazeira e envaidece sua gente, fiquei a matutar: cada pessoa que passa em nossa vida é única e nenhuma substitui a outra. Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas que conheceram José Virgínio e sua doçura não se encontraram com ele por acaso.

José Virgínio prestou grandes e relevantes serviços a sua terra, a Paraíba, a Pernambuco, ao Nordeste e ao País como educador, político do povo, advogado defensor dos oprimidos e sem voz, juiz justo. Sua lição de vida faz lembrar o insubstituível Charles Chaplin, que dizia que a vida é maravilhosa se não se tem medo dela.

O novo prédio do Tribunal Regional Eleitoral de Afogados da Ingazeira ganha o nome de um homem que nunca teve medo de nada, a não ser dos castigos de Deus. Altivo, correto e justo. Na vida, conhecemos pessoas que vêm e que ficam. Outras que vêm e passam. Existem aquelas que vêm, ficam e depois de algum tempo se vão. Mas existem aquelas que vêm e se vão com uma enorme vontade de ficar. José Virgínio Nogueira era uma delas.

SEM PERDA DOS DIREITOS– O presidente Michel Temer garantiu, ontem, após ser informado das manifestações contra a reforma da Previdência em todo País, que a proposta do Governo não vai tirar direito de ninguém. "Nós apresentamos um caminho para salvar a Previdência do colapso, para salvar os benefícios dos aposentados de hoje e dos jovens que se aposentarão amanhã. Isso parece ser coisa 'será que é para tirar direitos de pessoas? Em primeiro lugar, não vai tirar direito de ninguém. Quem tem direito já adquirido, ainda que esteja no trabalho, não vai perder nada do que tem", disse.

A face oculta do GovernoO secretário estadual de Planejamento, Márcio Stefanni, que tem se debruçado nos últimos dias sobre a organização do novo modelo dos seminários regionais, o “Pernambuco em ação”, que começa na próxima quinta-feira por Afogados da Ingazeira, arrisca em afirmar que o volume de investimentos do Governo Paulo Câmara no Interior, mesmo diante da crise nacional, só pode ser comparável ao primeiro mandato da gestão Eduardo Campos. “São obras e ações que precisam ser mostradas, um dos objetivos dos encontros”, afirmou.

Três regiões na largada– O governador Paulo Câmara abre os novos fóruns regionais pelo Sertão do Pajeú. O evento está previsto para começar às 14 horas devendo se estender até por volta das 20 horas. No dia seguinte, o palco da discussão se remete para o Sertão de Itaparica, na cidade de Petrolândia. No sábado, por fim, Arcoverde, que agrega todos os municípios do Sertão do Moxotó. Antes de entrar no Agreste, em data ainda a ser marcada, a caravana encerra a região sertaneja com o encontro de Petrolina, abrangendo todos os municípios banhados pelo Rio São Francisco.

Cadê a lista? – Ao chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF) para participar da sessão de ontem, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Tribunal, preferiu não responder às indagações dos jornalistas sobre a nova "lista do Janot". O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou, na última terça-feira, ao STF 83 pedidos de abertura de inquérito para investigar políticos citados nas delações de executivos e ex-executivos da empreiteira Odebrecht. Caberá a Fachin decidir se autoriza a abertura dos inquéritos e a retirada do sigilo dos depoimentos dos delatores, outro pedido feito pelo procurador.

O papel de cada umNum discurso corajoso e oportuno, o senador Armando Monteiro (PTB) afirmou da tribuna do Senado que ninguém pode se apresentar como pai da Transposição do Rio São Francisco, cujas águas já começaram a chegar ao Estado e na Paraíba. Para ele, o mérito da obra deve ser atribuído aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. Destacou, entretanto, que ninguém pode deixar de se congratular com o presidente Michel Temer (PMDB), por não haver contingenciado as verbas para o projeto nos últimos dez meses e por ter ampliado em 23% o volume dos repasses para o Eixo Leste, “garantindo a entrega dos trechos dentro do cronograma”.

CURTAS

MILHO– O deputado estadual Claudiano Martins (PP) pediu, ontem, ao superintendente da Conab, Antonio Elizaldo de Vasconcelos e Sá, a instalação de dois polos do Programa Venda de Balcão nas cidades de Garanhuns e Itaíba, programa este que repassa o milho subsidiado para os agricultores afetados pelas estiagens com um valor bem abaixo do mercado.

DEFESA– Ouvido, ontem, como testemunha de Lula, o ministro José Múcio, do TCU, afirmou que nunca houve orientação para utilização de recursos ilícitos para aprovação de projetos de interesse do Governo, ou para ampliação da base parlamentar. "Isso chama a base, porque o deputado está sempre vinculado, ou linkado, com a sua base política. O fato de o presidente Lula ter uma aprovação muito grande na base fazia com que, gradativamente, sua base [parlamentar] aumentasse também", afirmou.

Perguntar não ofende: Não vai aparecer um só nome novo na famigerada lista de Janot? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Há pessoas que não são pobres pela forma como vivem, mas pela forma como pensam.

marcos

Lula o bandido mais velho em atuação no Brasil!

marcos

Parabéns para vocês que votaram na chapa corrupta , Dilma Jumenta/Temer (PT/PMDB).O Brasil está quebrado graças a vocês! ///Fora dilma temer.

marcos

Você odeia o MST, a CUT, os sindicatos e todo aquele bando de esquerdopatas? Adivinha que está agora nas ruas , lutando por seus direitos? Resposta, MBL e o povo Honesto Brasileiro.. Acertou mizeravi. Dia 26/03 VEM PRA RUA. Tragam os paneleiros?

marcos

Marajá Aposentado da Republica: Lula ganha 240 salários mínimos, 8 vezes o teto constitucional! Bate duas panelinhas?



15/03


2017

Coluna da quarta-feira

    Recurso de Lula foi vitimização 

No primeiro depoimento em um dos processos que pesam contra ele, de obstruir as investigações da operação Lava Jato, o ex-presidente Lula recorreu, ontem, à estratégia da vitimização, afirmando que vem sofrendo um massacre da mídia. Lula se preparou longamente para passar no seu primeiro interrogatório como réu, mas quando entrou na sala de audiência da 10ª Vara Federal de Brasília, parecia bastante nervoso.

Vestindo terno escuro, camisa lilás e sua habitual gravata com as cores da bandeira do Brasil, Lula tirava e colocava a tampa da caneta azul que estava em suas mãos, passava a língua sobre os lábios secos e penteava o bigode com o dedo indicador direito. Quem o conhece sabe que esses são sinais particulares do nervosismo do petista. Logo nos primeiros minutos do depoimento, fez um desabafo e afirmou que acordava todos os dias com medo de jornalistas estarem na porta de seu apartamento, em São Bernardo do Campo (SP), esperando sua prisão.

"Você sabe o que é levantar todo dia achando que a imprensa está na porta de casa porque eu vou ser preso? É porque não sei quem delatou, 'o Lula vai ser preso'. Eu tenho dito, antes, durante e depois, os [acusados] que estão presos e os que vão ser presos, que tenha um empresário, um político que tenha coragem de dizer que um dia me deu R$ 3, que tenha coragem de dizer que um dia o Lula pediu cinco centavos para ele", disse ao juiz Ricardo Augusto Soares Leite.

Ele disse, textualmente, que sofre "perseguição" nas investigações que apuram o esquema de corrupção da Petrobras e que há alguém "instigando" que delatores falem seu nome nos acordos de colaboração com a força-tarefa da Lava Jato. "Por tudo o que eu vejo na imprensa, eu acho que tem alguém instigando [delatores] para falar do meu nome. Fico sabendo dos blogs, colunistas, 'cita o nome do Lula, cita o nome do Lula'."

O ex-presidente pediu ainda ao juiz que sejam apresentadas "provas" de supostos crimes cometidos. "Chamar o PT de organização criminosa. Se dependesse de mim, cada parlamentar abriria um processo para provar qual é a quadrilha. Eu estou cansado, 71 anos de vida, eu cansei. As instituições que eu ajudei a valorizar [são agora] desprestigiadas por comportamento pessoal”, afirmou.

Lula também ironizou o comportamento do ex-senador Delcídio do Amaral, que concedeu diversas entrevistas após ter assinado um acordo de delação premiada na Lava Jato. "Parecia que ele tinha recebido o 'Prêmio Nobel da Delação'. Ele foi no [programa de TV] 'Roda Viva'. Depois que faz a bobagem que faz, se é que fez, ele queria jogar no colo de alguém", disse Lula. Sem citar o nome do presidente Michel Temer, Lula também brincou sobre a baixa popularidade do peemedebista. "O presidente não tem coragem de ir à Bolívia. O país que era motivo de alegria."

RENAN RIFADO– Os advogados do ex-presidente Lula desistiram do depoimento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) em um dos processos relacionado à Operação Lava Jato. Renan havia sido arrolado como testemunha de defesa do ex-presidente na ação que apura supostas irregularidades na compra de um tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo. O ex-presidente responde pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O processo tramita na Justiça Federal no Paraná, e o parlamentar seria ouvido, hoje, por videoconferência com Brasília. O depoimento das outras testemunhas deve ocorrer normalmente.

Palanque da TransposiçãoResponsável pela organização da visita de Lula a Monteiro (PB) no próximo domingo, o senador Humberto Costa, líder da oposição no Senado, incluiu uma carreata do aeroporto até o canal da Transposição, onde o ex-presidente gravará um depoimento já para a campanha de 2018 assumindo de fato a paternidade da obra. Lá, também será armando um palanque para uma saraivada de discursos tendo no fundo o espelho da água puxada do Rio São Francisco.

 

Só três governadores– Além de cuidar da logística do evento em Monteiro, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), está mobilizando governadores para recepcionar o ex-presidente Lula. Até ontem, entretanto, só os dois governadores do Nordeste haviam confirmado presença – Wellington Dias, do Piauí, e Camilo Santana, do Ceará. É pouco provável que os demais governadores do Nordeste atendam ao convite do anfitrião paraibano, porque a visita de Lula tem caráter de antecipação da campanha presidencial.

Emendas previdenciárias – O deputado Danilo Cabral (PSB) protocolou, ontem, na Comissão Especial da Reforma da Previdência, quatro emendas para aprimorar a proposta do Governo: manutenção da aposentadoria especial para professores e trabalhadores rurais, proibição do gasto dos recursos previdenciários em outras despesas do Governo e continuidade do vínculo ao salário mínimo do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para idosos a partir de 65 anos e deficientes físicos. “Nossa luta é para modificar a proposta do Governo, que penaliza os trabalhadores, e garantir os direitos da população a uma aposentadoria justa”, disse.

Nova chance aos municípiosO secretário estadual de Turismo, Felipe Carreras, conseguiu com o ministro do Turismo, Marx Beltrão, modificar o prazo da inscrição para o Programa de Regionalização do Turismo. Com isso, será reaberta a inscrição para os municípios que ainda não participam do Mapa do Turismo. A boa nova foi anunciada, ontem, durante encontro da Associação dos Secretários de Turismo dos Municípios de Pernambuco, no Centro de Convenções. Junto com o presidente da Astur, o secretário de Turismo de Agrestina, Josenildo Santos, Felipe reuniu representantes de 36 municípios para debater a portaria. “É importante que os secretários saibam que a verba do Ministério só virá para quem fizer parte do Mapa do Turismo e para isso será necessária a inscrição para que os municípios sejam aprovados”, disse o secretário.

CURTAS

CARROCEIROS– A Prefeitura de Jaboatão iniciou, ontem, por ocasião do Dia Nacional dos Animais, ação de cadastramento e de conscientização de carroceiros e empresários (donos de armazéns de construção) sobre bem-estar e cuidados com a saúde dos equinos usados em veículos de tração para transporte de carga. A atividade foi realizada em Barra de Jangada e terá continuidade nas próximas semanas. 

CONAB– A prefeita de Itaíba, Regina Cunha (PTB), assumiu, ontem, em Recife, com o superintendente da Conab Pernambuco, Antonio Elizaldo de Vasconcelos e Sá, o compromisso de viabilizar a instalação do Polo da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) no município. O encontro foi na sede da superintendência. O polo de Itaíba foi fechado no governo passado e a meta da nova prefeita é reabrir o mais rápido possível.

Perguntar não ofende: Diante de Sérgio Moro, no dia 3 de maio, Lula fará o mesmo teatro de ontem? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Tu num defende, Marco Maciel, ele entregou as chaves do congresso nacional aos militares. Vai procurar o que fazer. Ele recebe pensão vitalícia de R$ 30.400,00, por ter governado Pernambuco por 3 anos e R$ 30.600,00 por 2 mandatos de senador. Tu não vai bater panela?

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

NEHEMIAS VAI PROCURAR O QUE FAZER E DEIXA DE DEFENDER BANDIDO, O PT JÁ ERA VOCÊS ESTÃO PREOCUPADOS PORQUE PERDERAM A BOQUINHA, LULA VAI SER É PRESO E FICA TRANQUILO QUE SERÁ AINDA ESTE ANO. FORA PT LULA DILMA E SUA PELEGADA.

Nehemias

MAIS DE 1 MILHÃO VÃO ÀS RUAS CONTRA O GOLPE E PELO DIREITO DE SE APOSENTAR.

Nehemias

Quem bateu panela tinha que aposentar com 90 anos e 70 de contribuição.

marcos

Os 21 ministros de Dilma Jumenta na lista do Procurador geral da República Rodrigo Janot./// A lista Janot tem 5 ministros do Vice de Dilma, Michel Temer. Ela tem também, considerando os nomes já citados pela Lava Jato, mais de 21 ministros de Dilma Jumenta (além da própria Dilma, é claro): 1 - Antonio Palocci 2 – Guido Mantega 3 - Jaques Wagner 4 - Erenice Guerra 5 – Fernando Pimentel 6 - Edinho Silva 7 - Aloizio Mercadante 8 - Gleisi Hoffmann 9 - Paulo Bernardo 10 - Mario Negromonte 11 - Fernando Bezerra 12 - Carlos Gabas 13 – Gilberto Carvalho 14 – Arthur Chioro 15 – Edison Lobão 16 – Celso Pansera 17 – Henrique Alves 18 – Eliseu Padilha 19 – Moreira Franco 20 – Gilberto Kassab 21 – Silas Rondeau Que Governo pra ter Ladrão! Cadê os Paneleiros?



14/03


2017

Coluna da terça-feira

     O abandono da Transposição 

Canteiros de obras abandonados, estruturas danificadas, canais, pontes e reservatórios inacabados. Este foi o cenário encontrado pela repórter Taisa Alencar, do G-1 em Petrolina, em parte dos 260 km do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Em Cabrobó, uma Estação de Bombeamento (EBI-1) foi entregue em 2015, mas a água do 'Velho Chico' nunca foi utilizada pela população.

A obra, que já dura dez anos, está atrasada após a empreiteira apresentar dificuldades para a conclusão do projeto. Agora, o Ministério da Integração Nacional ainda aguarda um novo processo licitatório para aprovar outra construtora que dará continuidade ao projeto. A Transposição começou em 2007, pelo Exército Brasileiro. Em 2008, começaram as frentes de serviço das empresas privadas que ganharam as licitações dos lotes do empreendimento.

A transposição tem como proposta levar água para 12 milhões de pessoas em quatro estados: Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A previsão inicial era de que a obra, dividida em Eixos Leste e Norte, fosse concluída em 2014. Com o primeiro adiamento, a previsão foi para dezembro de 2016 e, agora, a expectativa é para o segundo semestre de 2017.

O custo, orçado inicialmente em R$ 4,5 bilhões, subiu para R$ 8,2 bilhões e agora está em R$ 9,6 bilhões. De acordo com o Ministério, o novo valor é resultado de atualizações previstas em contratos. Na última sexta-feira, o presidente Michel Temer (PMDB) esteve em Sertânia, para inaugurar um trecho do Eixo Leste da transposição. Abriu a comporta do reservatório de Campos. A água encherá o açude e vai percorrer canais e outras estruturas até chegar a Monteiro, na Paraíba.

O projeto do Eixo Norte possuiu três estações distribuidoras, com 260 km de extensão, que deveriam estar em pleno funcionamento até dezembro de 2015. A captação de água ocorreria em Cabrobó, seguindo por Terra Nova, Salgueiro, Verdejante e Penaforte (CE), Jati (CE), Brejo Santo (CE), Mauriti (CE), Barro (CE), Monte Horebes (PB), São José de Piranhas (PB), e Cajazeiras (PB).

A primeira Estação de Bombeamento (EBI-1), do Eixo Norte foi acionada em agosto de 2015. A água percorreu 45,9 km até chegar aos reservatórios de 'Tucutú' e 'Terra Nova'. Segundo o Ministério da Integração, o sistema operaria 16 horas por dia, durante cinco dias na semana, para que entre os meses de novembro e dezembro de 2015, a água dos reservatórios pudesse abastecer as comunidades.

Na ocasião, Dilma Rousseff e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, assinaram um termo de compromisso para garantir água para a população que mora próximo ao canal. O convênio abrangeria 172 comunidades, beneficiando 40 mil pessoas. Quase dois anos depois, nenhuma família foi beneficiada.

LICITAÇÕES– Para dar continuidade às obras dos trechos atrasados, um novo processo de licitação foi realizado pelo Ministério da Integração e o resultado deveria ser divulgado em janeiro passado. Mas, após análise técnica, a Comissão Permanente de Licitação da pasta inabilitou as duas primeiras colocadas e iniciou a análise de documentos da terceira. Dos 27 reservatórios, o Ministério da Integração garante que 15 foram concluídos, entre eles o de 'Terra Nova' e 'Tucutu', que já receberam á água do Rio São Francisco. Outros oito estão em fase final com mais de 95% de execução.

Carteira na própria cidadeHábil articulador, com larga experiência no serviço público, o novo delegado regional do Ministério do Trabalho, Geovane Freitas, já começou a procurar os consórcios municipais para fechar parcerias com vistas ao processo de desburocratização e simplificação da emissão da carteira de trabalho. Hoje, nem 5% dos municípios estão credenciados pelo MT e o trabalhador tem que recorrer a municípios próximos onde mora, o que resulta em gastos e perda de tempo. “Vamos consorciar com praticamente todos os municípios do Estado”, promete.

 

Volta das doações– Além da Operação Lava-Jato, as eleições de 2018 têm tirado o sossego de políticos. Mesmo que sejam denunciados pelo Ministério Público Federal por causa do foro privilegiado, os processos devem correr lentamente no STF e uma cassação é improvável. Na avaliação de congressistas, o momento de descrédito da classe política, o novo modelo de financiamento eleitoral e a incerteza sobre o que pode ou não ser declarado como doação oficial podem deixar as eleições mais iguais e levar a uma ampla renovação do parlamento. Para não deixar isso acontecer, os deputados preparam uma ofensiva para aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que legalize novamente a doação de empresas privadas às campanhas.

Fortalecimento regional– O Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (Coniape) reúne, hoje, prefeitos e assessorias jurídicas da região para discutir o aperfeiçoamento das ações de fortalecimento de políticas públicas para os municípios. Será realizado no Empresarial Difusora, em Caruaru, a partir das 14 horas. As experiências do primeiro consórcio público de desenvolvimento regional serão apresentadas pela advogada Viviane Macedo Garcia, que participou da reformulação do Contrato de Consórcio, Elaboração do Estatuto, Elaboração de Resoluções e Instruções Normativas do CODAP.

Violência e boatariaO governador Paulo Câmara (PSB) garantiu, ontem, durante evento em Paulista, que tenham ocorrido mais de 80 assassinatos no último fim de semana. Disse que os números estão na seara dos boatos. "Não procede. Os dados oficiais serão divulgados no momento certo. Estamos trabalhando muito para ter um estado seguro. O momento não é fácil. A situação não está boa. Mas temos a certeza que o trabalho iniciado e que está buscando desarticular o crime organizado, combater o tráfico de drogas, evitar o número de homicídios e roubos, está acontecendo. A gente tem certeza que Pernambuco vai reverter os números. Mas é importante não cair nessa onda de boato, como aconteceu no carnaval”, afirmou.

CURTAS

FESTIVAL– A 16º edição do Festival do Jeans de Toritama será lançada na próxima quinta-feira, às 19h30, no Toritama Golden Hotel, naquela cidade, com a participação do prefeito Edilson Tavares (PMDB) e do presidente da Associação Comercial e Industrial de Toritama, Ronaldo Jonas, além do produtor do evento Tiago Alexandre.  O diretor do Festival, Thiago Alexandre, é responsável pela estratégia de promoção, o plano de marketing e o projeto visual.

EMPREGOS– A Prefeitura de Serra Talhada abriu inscrições para contratar provisoriamente 339 profissionais da área de saúde: médico, odontólogo, enfermeiro, auxiliar de consultório dentário, técnico de enfermagem, psicólogo, assistente social, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, nutricionista, educador físico, farmacêutico, técnico em higiene bucal, biomédico, técnico de laboratório, laçador, motorista e auxiliar de serviços gerais. As inscrições começaram ontem e irão até o próximo dia 22.

Perguntar não ofende: O Governo vai ceder diante da pressão de sua bancada na Câmara na reformulação da proposta da reforma previdenciária? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

NEHEMIAS TÚ ESTÁS VIAJANDO! DEIXA DE SER PUXA SACO DO LULA, CUIDADO POVO DE MONTEIRO-PB SEGUREM SUAS CARTEIRAS QUE LULA VEM AÍ.

Nehemias

A burguesia fede - não só moralmente mas, fisicamente.

Nehemias

Esse seguramente é um pseudo burguês sórdido!!!

Nehemias

Andrade, tu é asqueroso!

FRANCISCO DE ASSIS LIMA ANDRADE

O PT FEDE!!!!!!!!!



13/03


2017

Coluna da segunda-feira

     Petrolina, a top do Nordeste  

Com pouco mais de 400 mil habitantes, a cidade de Maringá, no Paraná, foi eleita a primeira na lista das melhores grandes cidades do Brasil, segundo estudo da consultoria Macroplan divulgado na revista Exame. Para chegar a esta conclusão, a consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade. No Nordeste, de acordo com o levantamento, Petrolina disparou no ranking das melhores cidades para se viver, subindo 46 pontos, a única que cresceu na Região.

Os pesos dos indicadores e das áreas que compõem o índice foram divididos da seguinte forma: 35,3% para educação e cultura; 35,3% para saúde; 20,6% para infraestrutura e sustentabilidade e 8,8% para segurança. O ranking foi formado por um índice que vai de 0 a 1 – quanto mais próximo de 1, melhor é a condição de vida no local.

Na área de saúde, por exemplo, Maringá ficou na 5ª posição entre as 100, com um índice de 0,686. O que, segundo a análise da Macroplan, significa que a cidade tem elevada cobertura de atendimento básico, baixa taxa de mortalidade infantil e elevada proporção de bebês nascidos vivos. De acordo com Gláucio Neves, diretor da consultoria, Maringá sempre se destacou em gestão pública.

“A primeira posição no ranking não foi uma surpresa. Afinal, a cidade tem indicadores muito equilibrados em quase todos os setores”, diz. Quando o assunto é segurança, no entanto, a cidade deixa a desejar: nessa área, Maringá aparece em 39º lugar entre os 100 maiores municípios do país. Por lá, segundo o levantamento da Macroplan, a proporção de assassinatos a cada grupo de 100 mil pessoas, por exemplo, é maior do que na cidade de São Paulo, que concentra mais de 12 milhões de habitantes.

Juntas, de acordo com o levantamento da Macroplan, as cem cidades mais populosas do Brasil representam 39% da população brasileira, produzem 50% do PIB (Produto Interno Bruto) e respondem por 54% dos empregos formais do país. A região Sudeste é a que concentra a maior parte delas: 49 municípios, sendo oito deles entre os dez melhores ranqueados.

Ananindeua (PA), Belford Roxo (RJ) e Macapá (AP), por outro lado, estampam os piores resultados entre as 100 maiores. Ananindeua, que aparece na 100ª posição no ranking da consultoria, ficou nas últimas posições em todas as quatro áreas analisadas: 96ª em educação, 64ª em saúde, 99ª em infraestrutura e sustentabilidade e 100ª em segurança.

Nos últimos dez anos (2005-2010), três cidades sofreram queda abrupta no ranking desenvolvido pela Macroplan. Feira de Santana, na Bahia, por exemplo, caiu 50 posições ao longo da década. Gravataí, no Rio Grande do Sul, perdeu 32, e São Luís, no Maranhão, 27. Em contrapartida, no mesmo período, Petrolina, em Pernambuco, ganhou 46 posições. Hoje aparece no 45º lugar, com índice de 0,615. Já Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, cresceu 30 posições, e Campina Grande, na Paraíba, 24.

SEM PROVAS– Após a acareação entre Marcelo Odebrecht e Cláudio Mello Filho, ex-diretor de Relações Institucionais do grupo no TSE, assessores de Temer criaram convicção de que não há elemento de prova contra o presidente e esperam que a dúvida suscitada pela contradição entre os dois delatores pese em favor dele. Na acareação, Odebrecht e Mello mantiveram versões conflitantes a respeito de um jantar no qual estiveram com Temer no Palácio do Jaburu, em 2014, no qual foi acertada doação de R$ 10 milhões para o PMDB. Se não aparecerem novos fatos, os assessores acreditam que o caso é o de que, na dúvida, a decisão tem que ser tomada em favor do réu, princípio conhecido no direito como "in dúbio pro reo".

As provocações de LóssioDe Londres, onde faz um intensivo na Escola de Economia e Política, a LSE, o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), comemora pesquisa apontada em reportagem da revista Exame revelando que a capital do São Francisco é a melhor para viver no Nordeste, tendo crescido 46 pontos na sua graduação nos últimos dez anos. “Parece que passou um bom prefeito por lá”, brinca Lóssio, provocando o prefeito Miguel Coelho (PSB), que o acusou de ter deixado uma verdadeira herança maldita. “Não dá para reclamar de herança. Deixei para ele a melhor cidade do Nordeste”, disse ao blogueiro numa mensagem da Inglaterra, primeira etapa de uma incursão de seis meses ao Exterior, culminando em Boston, nos Estados Unidos, com um curso sobre educação infantil e desigualdade.

Caixa-preta– Os recursos públicos repassados aos partidos brasileiros pelo Fundo Partidário representam uma "caixa-preta" de R$ 3,57 bilhões e financiam gastos obscuros e, em muitos casos, questionados pela Justiça Eleitoral. Entre as despesas estão viagens de jatinho, bebidas alcoólicas, jantares em churrascaria e até contas pessoais de dirigentes. O valor se refere ao total recebido pelos partidos entre 2011 e 2016, corrigido pela inflação, e está nas prestações de contas à espera de julgamento do TSE. As legendas costumam apresentar notas fiscais sem especificar como, quando, onde e para qual finalidade foi gasto o recurso público.

O clamor da realidade– O senador Armando Monteiro, pré-candidato a governador nas eleições e 2018, vai fazer encontros regionais no mesmo período da nova modalidade do Governo nos Municípios, que será instalado pelo governador Paulo Câmara (PSB) no próximo dia 20. “Não se trata de governo paralelo. A nossa pauta é bem diferenciada e diz respeito, basicamente, ao clamor da população interiorana frente a um Governo inoperante”, explica o líder trabalhista.

Prefeito suspeita do TCEEm Araripina, uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado, suspendendo a convocação de professores aprovados em concurso público, provocou a ira do prefeito Raimundo Pimentel (PSL). “Causa estranheza que, em 2016, igual processo seletivo simplificado fora realizado com a comprovação de diversas irregularidades e o Tribunal de Contas de Pernambuco em nenhum momento solicitou a sua suspensão”, disparou. Com a palavra o relator da matéria no TCE, conselheiro Marcos Antônio Rios da Nóbrega.

CURTAS

PREVIDÊNCIA– A Câmara de São Lourenço da Mata fechou posição contrária à reforma da Previdência e está encaminhando a decisão à bancada pernambucana na Câmara dos Deputados. “Estamos fazendo nossa parte para impedir que essa proposta passe, mas é preciso que todos lutem pelos seus direitos”, diz o líder da oposição na Casa, Antônio Manga (PSB), autor da proposição.

SEM TAXA– O administrador de Fernando de Noronha, Luis Eduardo Antunes, comemora a decisão da companhia aérea Azul de não cobrar taxa extra de bagagem despachada para a ilha.  “A não cobrança da franquia mínima foi uma grande vitória para quem vive ou trabalha no arquipélago”, diz ele, que esteve com a direção da Azul para pleitear a exclusão da taxa a pedido da comunidade.

Perguntar não ofende: Nordestino hostiliza quem leva água para quem tem sede no Sertão ou os protestos contra Temer são dirigidos? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Há pessoas que não são pobres pela forma como vivem, mas pela forma como pensam.

marcos

EXCLUSIVO: Acabou o estoque de Fraldas GG em São Bernardo do Campo. Motivo, Lula vai ficar frente a frente com Doutor Sérgio Moro no dia 03/05 em Curitiba. ( tá se cagando de minuto em minuto ) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nehemias

Cadê os batedores de panelas? Golpistas fecham agências dos Correios para favorecer franquias. O governo golpista de Michel Temer anunciou, através do presidente dos Correios, Guilherme Campos do PSD (Partido Social Democrata), que irá fechar mais de 250 agências dos Correios no País inteiro.

Sávio Barros

VINDO MELHORIAS PARA O ESTADO E REGIÃO,PODE SER DE QUALQUER GOVERNO. NÃO RECRIMINO QUEM VEM COM BOAS NOVAS.....AGORA EM RELAÇÃO A DEFESA DE POLITICOS; ESTÁ MUITO DIFICIL,POIS O QUE EU MAIS CONFIAVA (LULA) TRAIU MINHA CONFIANÇA.....FICA DIFICIL,NÉ....( TODOS FARINHA DO MESMO SACO).

Nehemias

Se o povo tivesse consciência da sua força e do poder não estariam sendo escravizados por uma minoria de corruptos criminosos. Um povo ignorante é a arma cega da sua própria destruição


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores