Principal
Entrevistas
Regras
Fale com Magno
Coluna da Folha
Coluna do Fatorama
Coluna do Blog
Opinião
Endereço do Blog




Destaques

>> Collor escapa de 14 inquéritos e 14 ações penais

>> Coluna da sexta-feira

>> Governo de Estado firma parceria com região francesa

>> Senado deve acelerar instalação de CPI da Petrobras

>> Dilma anuncia criação do Pronatec 2

>> Ouça agora o Frente a Frente desta quinta 24/04

>> PT desiste de recorrer ao STF contra CPI da Petrobras

>> Eduardo critica tolerância de Dilma Rousseff à inflação

>> Dilma planeja pôr Tombini no Ministério da Fazenda

>> Entre no face e participe ao vivo do Frente a Frente





O Brasil precisa parar de sangrar óleo - Targino Machado


Cadastre-se para relizar seus comentários e receber notícias do Blog em seu e-mail




Conheça mais sobre Magno Martins


  


25/04/2014
Collor escapa de 14 inquéritos e 14 ações penais

 

 

Josias de Souza - (Blog)

A ministra Cármen Lucia, do STF, fez as contas: noves fora as “mais de duas dúzias de habeas corpus” e as “oito petições criminais” em que foi mencionado, Fernando Collor de Mello escapou de “14 inquéritos” e de “quatro ações penais” julgadas no Supremo. Com a absolvição desta quinta-feira, subiu para 19 o número vezes em que o ex-caçador de marajás saiu ileso do prédio da Suprema Corte.

Segundo Cármen Lúcia, em 100% dos casos Collor escapou pela porta da “ausência de provas”. Entre todas as tentativas da Procuradoria de grudar a tarja de “culpado” na biografia de Collor, a ministra realçou as três em que ele foi acusado de praticar “crimes contra a administração pública”. Entre elas a ação penal 307, aberta nas pegadas do impeachment.

O veredicto saiu em 13 de novembro de 1994. “Este Supremo Tribunal Federal julgou improcedente a ação penal 307, relatada pelo ministro Ilmar Galvao, tendo exatamente como um dos crimes imputados o de corrupção…” De novo, o réu foi absolvido por “ausência de provas.”

Na sua malfada passagem pela Presidência, Collor dizia ser vítima de um complô das elites, da mídia e do Ministério Público. “O tempo é senhor da razão”, dizia ele à época, como que antevendo as absolvições que o futuro lhe reservava. Por falta de alternativa, não resta ao brasileiro senão dar o braço a torcer.

Ou Collor foi vítima de um complô ou o país está diante de um dos maiores mal-entendidos de sua história. Ou era complô ou uma sequência jamais vista de coincidências fizeram um político modelo parecer um bandidão. Melhor acreditar na maldade humana do que ter de aceitar que tudo aquilo que sempre esteve na cara não passava de pontos fora da lei das probabilidades conspirando contra um inocente.



Escrito por Magno Martins, às 02h00

Comentários (0) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

25/04/2014
Coluna da sexta-feira

     O Congresso é uma piada!

A CPI da Petrobras tem que ser exclusiva, decide em voto monocrático a ministra Rosa Weber. Na sua leitura, a investigação pedida pela oposição tem fato determinante, ou seja, apurar os escândalos envolvendo a compra de uma refinaria americana que deu um prejuízo ao País da ordem de U$ 500 milhões.

A reação do Governo foi imediata. Da Itália, onde se encontra, o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-Al), avisou que recorreria da decisão. Líder do PT no Senado, Humberto Costa também afirmou que o partido recorreria, mas depois recuou, dizendo que respeitaria a decisão do Supremo.

Mas disse que a decisão de recorrer estaria agora nas mãos de Renan como presidente do Senado. A ministra Weber consagrou o óbvio ao decidir que a CPI da Petrobras só deve tratar de Petrobras, mas as bancadas governistas revelam o que de fato lhes interessa: adiar a convocação dos membros da CPI apenas com o propósito de fazer cera.

Se o Supremo toma uma decisão à luz da lei, a Câmara dos Deputados ignora os preceitos básicos do bom senso e aplica uma suspensão de 90 dias para o deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), envolvido até o talo nos esquemas de rapinagem do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Ora, não há nada mais esdrúxulo, até porque se o tucano não merece a confiança da sociedade, e, principalmente, de quem o elegeu, teria que ser cassado e não punido. Mas o Congresso brasileiro é uma grande piada!

SEGURA AÍ!– Sem distinção de coloração política, prefeitos de capitais e de grandes cidades estão segurando a concessão de qualquer reajuste das tarifas do transporte público urbano. Um desses prefeitos de capital relatou que isso está ocorrendo, não apenas por causa do ano eleitoral, mas, sobretudo, por temor de uma nova onda de manifestações, com risco de se estender até junho, pegando o ambiente de Copa do Mundo.

Recibo atrasado Em artigo, ontem, o ex-governador José Serra (SP) tentou jogar para a economia as razões para a sua derrota em 2010 na corrida presidencial. "As vendas a varejo cresciam a 11%, a massa real de rendimentos, 8%, e a supervalorização cambial chegava ao seu ponto máximo, subsidiando o consumo importado e o turismo no exterior. O dólar valeu em média R$ 1,7. Precisava mais?".

 

 

 

Reação governista– O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), adianta que começarão a ser colhidas assinaturas de apoio entre os senadores para instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito Mista para investigar denúncias de irregularidades nas obras do metrô de São Paulo, o escândalo Alstom-Siemens, que envolve o PSDB, além do porto de Suape.

Marina, a encrenqueira- Marina anuncia, amanhã, em convenção estadual da Rede, a lista dos candidatos que irá apoiar em São Paulo. O presidente do PSB paulista, Márcio França, não está entre eles. Na tentativa de afastar o partido do PSDB de Geraldo Alckmin, Marina sinaliza apoio a Luiza Erundina (PSB), Paulo Dalarri (PSB), Walter Feldmann (Rede), Gilberto Natalini (PV), Vladimir Safatle (PSOL) ou Eduardo Jorge (PV).

O grito de Madalena- Numa carta à população de Arcoverde, a prefeita Madalena Brito (PTB), apontou, ontem, as razões que influenciaram sua decisão de trocar o palanque do candidato a governador pelo seu partido, Armando Monteiro, pelo socialista Paulo Câmara. Mostrou que o melhor para o município, que tem sido tratado a pão e água pela União, seria marchar com o PSB.

 

CURTAS

PARA JÁ – O marqueteiro Marcelo Teixeira acha que o namoro de Lula com José Serra pode levar o tucano para o palanque de Dilma, já. Seria a vingança de Serra sobre Aécio, que na eleição presidencial passada fez corpo mole para elegê-lo presidente. Reeleita, Dilma faria de Serra seu ministro da Economia.

APOIO SOCIALISTA- Na instalação da Agenda 14 em Petrolina, no próximo domingo, o candidato a governador pelo PTB, Armando Monteiro, recebe o apoio formal da prefeita de Afrânio, Lúcia Mariano, que é do PSB, partido do candidato a governador Paulo Câmara, apoiado pelo ex-governador Eduardo Campos.

Perguntar não ofende: O que Aécio fez mesmo pelo Recife para receber a cidadania?

"As águas roubadas são doces, e o pão tomado às escondidas é agradável". (Provérbios 9-17)



Escrito por Magno Martins, às 00h00

Comentários (0) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Governo de Estado firma parceria com região francesa



Pela primeira vez, Pernambuco firma um acordo de cooperação  técnica internacional  descentralizado - que se dá na forma de instâncias subregionais (um Estado brasileiro e uma região francesa), consolidando acordo já existente entre os dois países. A articulação e troca de experiências do Governo do Estado se dará com uma região da França reconhecida pela dinâmica de sua cultura e economia: Midi-Pirinéus. O acordo foi assinado pelo governador João Lyra Neto e o presidente da região, Martin Malvy, nesta quinta-feira (24/04), em solenidade no Palácio do Campo das Princesas.

O ineditismo do acordo-quadro (termo utilizado na diplomacia) não está apenas na articulação, mas também em sua abrangência. Além de relações econômicas entre as regiões, o acordo também prevê a troca de experiências nas áreas de turismo, ciência e tecnologia, desenvolvimento social, direitos humanos, tecnologia da informação e agricultura familiar. 'Iniciamos com a França uma relação muito importante, que nos legará um futuro muito promissor', comemorou o governador João Lyra Neto.

Em seu discurso, o presidente da região francesa, Martin Malvy, alegou 'muitas razões' para a escolha por Pernambuco. 'Uma delas é fato do Estado ter vivido esse 'boom' econômico e de desenvolvimento', disse Malvy, ao destacar que Pernambuco também 'oferece grandes e novas oportunidades', tendo em vista a centralização desse tipo de acordo em estados como São Paulo e Rio de Janeiro.

Entre os pontos do acordo na área de educação, está a implantação, em Pernambuco, do escritório de representação da Universidade de Toulouse para a América Latina. A universidade engloba uma comunidade de instituições francesas de ensino superior na região Midi-Pirinéus, e sua chegada ao Estado favorece ao desenvolvimento de pesquisa e de relações na área acadêmica. O escritório está sediado na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Recife.

Na âmbito cultural, o acordo prevê o fortalecimento das manifestações circenses-populares, enquanto que na agricultura familiar o foco será um projeto de cultivo de macaxeira e psicultura - projeto este que será implementado na Mata Sul pernambucana. Esta região também será beneficiada com um Centro de Referência de Direitos Humanos e Assistência Social, instalado no município de Maraial.

Por sua vez, o desenvolvimento de iniciativas de geração de energia renováveis no arquipélago de Fernando de Noronha materializará a atenção para a ciência e tecnologia prevista no acordo. As ações visam a autonomia da ilha no tocante à geração de energia, rompendo com a dependência da geração térmica.

Outro foco será na rodada de negócio realizada entre empresários pernambucanos e franceses nos setores de energias renováveis, tecnologia da informação e aeroespacial, metal mecânico, tratamento de resíduos sólidos, farmacêutico, recursos hídricos e sistemas de irrigação, construção civil, meio ambiente, automotivo, implante cirúrgico e telecomunicações.

A solenidade também marcou a assinatura de acordo de parceria entre a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) e a Agência de Água Adour-Garonne, de Midi-Pirinéus, para o desenvolvimento de programas e projetos na área de gestão de recursos hídricos e saneamento básico. 'Isso nos interessa muito, já que nós temos uma carência muito grande no semiárido de Pernambuco', disse João Lyra Neto. Também foi firmado protocolo de cooperação acadêmico-científico entre o Hospital das Clínicas da UFPE e o Centro Hospitalar Universitário de Toulouse.



Escrito por Magno Martins, às 21h21

Comentários (1) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Senado deve acelerar instalação de CPI da Petrobras
























Estadão Conteúdo.


Com o anúncio do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RN), de que irá instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, o trâmite do processo na Casa Legislativa tende a ser rápido.
Apesar de haver um acordo antigo entre os partidos para que os líderes apresentem, em até 30 dias, os indicados para integrar a comissão, o nome dos 13 membros da CPI da Petrobras deve sair já nos próximos dias.

O regimento interno do Senado não é claro sobre o prazo de indicação dos nomes e instalação de uma CPI. Só há menção ao prazo para instalação de comissões permanentes (dois dias úteis subsequentes).

Desde 2005, quando uma determinação do ministro Celso de Mello sobre a instalação da CPI dos Bingos obrigou a Presidência do Senado a indicar os membros da comissão, usam-se os critérios estabelecidos pelo regimento da Câmara dos Deputados.

Pelo regimento da Câmara Federal, os partidos devem indicar os membros em até cinco sessões ordinárias, caso contrário o presidente da Casa Legislativa tem três sessões ordinárias para escolher os nomes. Só após as indicações a comissão parlamentar pode começar a funcionar.

O requerimento de instalação da CPI da Petrobras pede a criação de um grupo de trabalho formado por 13 senadores e 7 suplentes para investigar as irregularidades envolvendo a Petrobras entre 2005 e 2014, principalmente a operação envolvendo a compra da Refinaria de Pasadena (EUA).

Os oposicionistas destacaram também no pedido o lançamento de plataformas inacabadas, os supostos pagamentos de propina a funcionários da estatal e o superfaturamento na construção de refinarias. O prazo de funcionamento é de até 180 dias.

O critério de composição da comissão é o da proporcionalidade, ou seja, PT e PMDB - por serem as maiores bancadas da Casa - devem ocupar os postos mais importantes da comissão: a presidência e a relatoria.

Cálculo preliminar indica que a base aliada deve ficar com 10 membros e a oposição, com três, mas esse número pode mudar. De qualquer forma, os aliados do governo ficarão com a maioria dos cargos da comissão.



Escrito por Magno Martins, às 21h00

Comentários (0) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Dilma anuncia criação do Pronatec 2
























Agência Brasil.


A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou nesta quinta-feira (24) que vai criar a segunda etapa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) no final do ano, quando for cumprida a meta de matrículas. “Temos certeza de que antes do fim do ano vamos ter cumprido os 8 milhões [de matrículas]. Aí vamos criar o Pronatec 2”, disse, durante formatura de alunos do programa, em Cuiabá.

De acordo com a presidente, o programa chegou hoje a 6,8 milhões de matrículas. “Como qualquer coisa na vida, a gente quando conquista uma parte quer outra. O governo também tem de olhar para o futuro e querer mais. Não há país desenvolvido que possa crescer e ficar cada vez mais rico se não tiver cidadãos formados na área técnica”, declarou a petista, após dizer que o Brasil está na fase de “dar um outro salto” e “seguir mais longe”.

A presidente fez as declarações na cerimônia de formatura de 1,2 mil alunos do programa de 18 cidades cuiabanas. “Espero que vocês jamais deixem de estudar. Outros Pronatecs virão, se capacitem sempre. Tragam os amigos que não vieram, avisem os parentes que existem essas chances”, disse aos formandos na solenidade.

Dilma destacou que, além da variedade de cursos e dos parceiros de qualidade, como entidades do Sistema S (Senai, Senac, Senar e Senat) e os institutos federais, o programa tem um "fator importantíssimo", que é a gratuidade, inexistente nos cursos técnicos até então. “Com isso a gente não discrimina ninguém. Todos os brasileiros de todas as idades têm acesso aos cursos. Para isso, o Governo Federal colocou R$ 14 bilhões”, destacou.

Criado em 2011, o Pronatec visa a expandir e interiorizar a educação profissional e tecnológica.

No discurso, Dilma disse também que o Governo Federal não podia investir em educação técnica até 2005, quando foi enviado projeto ao Congresso Nacional propondo a modificação.



Escrito por Magno Martins, às 20h00

Comentários (0) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Ouça agora o Frente a Frente desta quinta 24/04



Se você perdeu o Frente a Frente desta quinta 24 de abril de 2014, programa que apresento de segunda-feira a sexta-feira, ao lado do jornalista Adriano Roberto, das 18 às 19 horas, pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha FM 96,7 formada por 35 emissoras, Clique aqui e ouça agora.



Escrito por Magno Martins, às 17h06

Comentários (0) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
PT desiste de recorrer ao STF contra CPI da Petrobras
























G1.

O líder do Partido dos Trabalhadores no Senado Federal, Humberto Costa, anunciou nesta quinta-feira (24) que sua legenda desistiu de recorrer ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar reverter a liminar concedida pela ministra Rosa Weber e que determinou a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar exclusivamente irregularidades na Petrobras. Apesar de ter atendido ao pedido da oposição, a magistrada admitiu a possibilidade que a comissão trate de outros temas.

De acordo com Humberto, em vez de apresentar recurso na Suprema Corte, sua bancada no Senado Federal vai contribuir para a instalação da CPI da Petrobras proposta pelos oposicionistas. “Nós resolvemos acatá-la [a liminar do STF] integralmente e abrimos mão de recorrer para fazer andar mais rápido o processo de instalação da comissão”, disse.

Após ter sido divulgado que o despacho da ministra Rosa Weber havia exigido que a comissão parlamentar investigasse apenas a estatal do petróleo, na noite de ontem, Humberto afirmou que seu partido iria recorrer ao plenário do Supremo Tribunal Federal. O PT, entretanto, mudou de ideia após tomar conhecimento de que a liminar não impedia a apuração de outros temas depois da instalação da CPI.

Estratégia - Na manhã desta quinta-feira, líderes da base aliada se reuniram com o chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, para discutir como proceder diante da decisão da Suprema Corte de impedir a instalação de uma comissão ampla no Congresso Nacional. Os governistas decidiram, entre outras coisas, evitar discursos que pudessem passar a ideia de que o Palácio do Planalto estava tentando abafar as investigações contra a Petrobras.

"Estávamos o tempo inteiro nos colocando frontalmente contra essa ideia [da criação de uma comissão parlamentar exclusiva] porque sabíamos que seria usada pela oposição como espaço de debate político-eleitoral na tentativa de desgastar nosso governo. Mas, na medida em que o Supremo Tribunal Federal definiu, vamos para a comissão e vamos tentar evitar que ela vire um embate político", disse Humberto Costa após a reunião com Mercadante.

Apesar do recuo do Partido dos Trabalhadores, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou hoje, por meio de nota oficial, que a Casa Legislativa irá recorrer ao plenário do STF contra a decisão de Rosa Weber. Renan defendeu que o "poder investigatório do Congresso Nacional" pode se estender por todos os temas de interesse nacional.



Escrito por Magno Martins, às 19h00

Comentários (1) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Eduardo critica tolerância de Dilma Rousseff à inflação
























Valor.

O pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), disse nesta quinta-feira (23) que o governo não pode tolerar a inflação com o argumento de gerar mais empregos. De acordo com o socialista, até o momento não foi decidido qual meta para a inflação será estipulada em seu programa de gestão, mas ele garantiu que ela será cumprida sem recorrer a intervalos permitidos pela lei.

'Quando lançarmos a meta não é para cumprir o teto ou fazer uso da banda para afrouxar as metas, porque desse jeito você vai quebrando a confiança da sociedade', afirmou. 'Não podemos ter tolerância com a inflação e achar que isso vai preservar empregos, até porque a inflação hoje, na vida sobretudo dos mais pobres, está corroendo grande parte da renda, do crescimento real que teve ao longo dos anos'.

Eduardo disse que o Brasil vive hoje o pior cenário possível, com inflação e juros em alta e crescimento em baixa, e ressaltou que é preciso coordenar as políticas fiscais e monetária e resgatar a confiança no país para que o crescimento econômico seja retomado já em 2015. Segundo ele, seu objetivo é baixar juros por meio do compromisso com o cumprimento das metas de inflação e de superávit primário.

'Juro não baixa por decreto nem por voluntarismo. Juro baixa com a coordenação de políticas macroeconômicas, que exigem uma gestão eficiente. Enquanto a gente insistir em fazer mágica para baixar os juros, a gente vai ter repiques, como estamos vendo agora', disse.

O ex-governador afirmou que sua primeira medida na área econômica será a redução da máquina pública, com o corte do número de ministérios pela metade. Ele ressaltou que os dirigentes das agências reguladoras serão escolhidos por 'head hunters' junto ao mercado e que não haverá distribuição desses cargos entre os partidos.

Eduardo disse ainda que integrantes da base aliada da presidente Dilma Rousseff (PT) irão 'descer a rampa' do Palácio do Planalto, caso ele vença as eleições de outubro, mas não mencionou a quais pessoas ou partidos se referia - chamou o grupo apenas de 'aquela turma'. 'Nós vamos subir a rampa no dia 1º de janeiro de 2015, e eles descem'.



Escrito por Magno Martins, às 18h30

Comentários (4) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Dilma planeja pôr Tombini no Ministério da Fazenda
























Valor.

O plano de voo da presidente Dilma Rousseff (PT) até a reeleição para eventual segundo mandato está traçado e não prevê trocas na equipe de governo, a menos que a situação econômica se deteriore, ameace a reeleição da presidente e exija uma resposta mais imediata do governo. Nesse caso, a petista decidiria por uma de duas alternativas: anunciar o nome do futuro ministro da Fazenda, no caso de ser reeleita, ou fazer a troca de pronto.

Em ambos os casos, o nome que está na prateleira da presidente é o do atual presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. A substituição de Guido Mantega por Tombini, a princípio, é prevista, no comando da pré-campanha, apenas para 2015.

Na hipótese de uma antecipação, o presidente do Banco Central assumiria o Ministério da Fazenda com o compromisso de permanecer em um novo governo Dilma Rousseff. O que não seria uma novidade: o deputado Ricardo Berzoini trocou uma reeleição garantida, em São Paulo, pelo Ministério das Relações Institucionais, com a garantia da presidente de que permanecerá no novo mandato, se ela for reeleita.

A diferença é que Tombini anteciparia a troca de posto, uma vez que sua nomeação para a Fazenda é esperada para o novo mandato.

Essas são informações colhidas junto ao núcleo da campanha e do Partido dos Trabalhadores. Se confirmadas, Tombini seria o primeiro ministro da Fazenda desde 2003 sem uma ligação orgânica com o PT. Poderia se criar, aí, uma equipe econômica com perfil mais técnico e tendo uma solução interna para a sucessão no Banco Central. O nome mais citado para comandar a autoridade monetária, nesse caso, é o do diretor de Assuntos Internacionais, Luiz Awazu Pereira.

Especulações em torno dessas substituições não são propriamente novas. O novo é esses nomes estarem nos planos do núcleo que coordena a campanha pela reeleição de Dilma Rousseff.



Escrito por Magno Martins, às 18h00

Comentários (3) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Entre no face e participe ao vivo do Frente a Frente

Já estou nos estúdios da Rede Nordeste de Rádio. Daqui a pouco, passo a ancorar o programa Frente a Frente, em companhia de Adriano Roberto. O programa é retransmitido por 37 emissoras na Região, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no Recife.

Se você quiser ouvir pela net, entre no meu blog e clique no botão Ouça a rádio do Magno. Já para participar ao vivo no facebook entre na minha página: magnomartinsfonseca.



Escrito por Magno Martins, às 17h59

Comentários (1) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Falta de provas faz STF absolver Collor por corrupção



Ao julgar o processo do mensalão, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) inexoravelmente se posicionarão sobre episódios e políticas do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e enfrentarão um "fantasma" que ronda a Corte desde a década de 1990.

Em dezembro de 1994, o plenário do Supremo julgou uma ação penal aberta quase dois anos antes contra o ex-presidente Fernando Collor de Mello, que deixou o Palácio do Planalto em 1992 depois de sofrer um processo de impeachment no Congresso Nacional.

Apesar da pressão política e popular, o Supremo absolveu Collor da acusação de corrupção passiva por suposto envolvimento com o chamado esquema PC Farias, batizado dessa forma numa alusão ao tesoureiro da campanha do ex-presidente ao Palácio do Planalto, Paulo César Farias, o PC Farias.

Os ministros que integravam o STF na época consideraram que não existiam provas suficientes para comprovar a participação do ex-presidente na suposta corrupção passiva. Dos que participaram daquele julgamento, apenas Celso de Mello continua no Supremo. Na ocasião, o então procurador-geral da República, Aristides Junqueira, foi duramente criticado por causa da investigação do Ministério Público que, no entender do STF, não conseguiu provar o suposto crime.

A ação penal contra Collor era até então considerada uma das maiores e mais complicadas em tramitação no Supremo. O processo contra o ex-presidente que sofreu o impeachment tinha 11 mil páginas, 39 volumes, 101 apensos e 4 anexos. O julgamento consumiu 4 dias do plenário. A ação do mensalão tem mais de 50 mil páginas, 234 volumes e 500 apensos. A expectativa é de que o trabalho se estenda por mais de um mês.

Prisões. Se ao fim do julgamento do mensalão os ministros do Supremo decidirem condenar todos ou alguns dos 38 réus, é provável que ninguém seja preso imediatamente. Encarregado de julgar processos criminais contra autoridades públicas, o STF condenou até hoje apenas cinco pessoas e até agora nenhuma foi para a cadeia.

Foram eles os deputados ou ex-deputados José Gerardo, Cássio Taniguchi, José Tatico, Natan Donadon e Asdrúbal Bentes. Segundo o Supremo, até hoje não ocorreu o chamado trânsito em julgado dos processos em questão. Ou seja, não há por enquanto uma decisão definitiva e sem chances de recurso e, portanto, os condenados não podem ainda ser punidos. / Mariângela Gallucci - Estadão.



Escrito por Magno Martins, às 17h50

Comentários (7) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Estudantes de Caruaru encontram larvas em merenda





















G1.


Estudantes encontraram larvas na merenda servida pela Escola de Referência em Ensino Médio Nelson Barbalho, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Segundo eles, o cuscuz com leite oferecido no intervalo de ontem (23) estava “cheio de bichos”.

A aluna Ricellynne Vitor, de 18 anos, que fez a fotografia, afirma não ser a primeira vez que o problema ocorre nesta escola estadual. "Ano passado mesmo serviram um arroz cheio de besouros pretos e estas mesmas larvas. [...] Já falaram que tinha larvas em macarrão e outras coisas. Acho que falta respeito com os alunos”, explica.

De acordo com o biólogo Alexandre Nunes, a presença de larvas na merenda pode ter ocorrido por má conservação dos alimentos. "As moscas pousam na comida e deixam larvas que se multiplicam de forma rápida. É preciso acondicionar melhor os alimentos para evitar a ocorrência de insetos", disse.

Ainda segundo o biólogo, consumir alimentos contaminados pode ocasionar infecções intestinais, vômitos, dores abdominais e diarreia.

Outro lado - A Secretaria Estadual de Educação e Esportes comunicou, por meio de nota, que enviou duas nutricionistas para a instituição de ensino, a fim de averiguar a situação.



Escrito por Magno Martins, às 17h30

Comentários (4) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Prefeito de Petrolina no Frente a Frente

O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), é um dos principais entrevistados do Frente a Frente de hoje, programa que apresento pela Rede Nordeste de Rádio, das 18 as 19 horas, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM. Veja abaixo as demais emissoras que integram a rede:

Arcoverde - Itapuama FM 99,3
Afogados da Ingazeira – Rádio Pajeú AM (1.500)
Belém de São Francisco – Educadora AM (1.470)
Belo Jardim FM – 104,9
Bom Conselho – Papacaça AM (1.470)
Cabo de Santo Agostinho – Rádio Calheta FM (98,5)
Caruaru - Caruaru FM (104,9)
Custódia – Custódia FM (88,5)
Granito – Rádio Beto Som (104,9)
Itacuruba – Itacuruba FM (87,9)
Mirandiba – Nova FM (87,9)
Orocó – Brígida FM (104,9)
Parnamirim – Rádio Beto Som (104,9)
Petrolina – Petrolina FM 98,3
Recife - Rádio Folha (96,7)
Recife – Rádio Planalto AM (950)
Salgueiro – Salgueiro FM (102,9)
Santa Cruz do Capibaribe – Polo FM (101,9)
Santa Maria da Boa Vista – Santa Maria FM (87,9)
São Bento – São Bento FM (104,9)
São Caetano – Cruzeiro FM (104,9)
São José do Egito – Nova Rádio Cultura AM (1.320)
Serra Talhada – Líder do Vale FM (99,7)
Sertânia – Sertânia FM (100,1)
Surubim - Integração FM (88,5)
Tabira – Cidade FM (88,7)
Terra Nova – Terra Nova FM (104,9)
Verdejante - Verdejante FM (104,9)
Nova Timbaúba FM 96,9
Alagoas - Maragogi FM (97.3
Petrolândia - Aliança FM 104,9
Garanhuns – 97,9
Vale do Acaí-FM 104,9 – Poção
Tuparetama - Tupã FM 104,9



Escrito por Magno Martins, às 17h01

Comentários (0) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
MP apura denúncia de telefonema entre Dirceu e PT-BA





















Veja.

A promotora Márcia Milhomens, do Ministério Público do Distrito Federal, reafirmou, ontem (23), a necessidade de obter dados sobre ligações de telefone celular destinadas à região do Palácio do Planalto. A base do pedido, segundo ela, é uma denúncia "informal" de que o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu (PT), condenado a sete anos e onze meses de prisão no julgamento do mensalão, infringiu o regulamento do complexo penitenciário em supostos telefonemas para integrantes do Governo Federal.

Inicialmente, a apuração da promotora tinha como objetivo desvendar uma suposta conversa entre o ex-ministro e um secretário do Governo da Bahia, do petista Jaques Wagner.

Márcia insistiu em querer das operadoras de telefonia informações sobre "eventual existência de chamada oriunda do Centro de Internamento e Reeducação (CIR) e direcionada à área objeto das coordenadas mencionadas [Palácio do Planalto]".

Em petição encaminhada ontem à Vara de Execuções Penais do Distrito Federal e repassada ao Supremo Tribunal Federal, a promotora diz que "os detentores das informações recusaram-se, peremptoriamente, a prestar depoimento formal e a divulgar sua identificação", afirmou Márcia. "Por tal razão, entende o Ministério Público haver necessidade da adoção das medidas requeridas para averiguar a veracidade dos fatos que chegaram ao conhecimento do órgão."



Escrito por Magno Martins, às 17h00

Comentários (3) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Paulo Câmara ouve população e lideranças na Mata Norte



O pré-candidato ao Governo pela Frente Popular, Paulo Câmara, esteve na manhã de hoje (24) nas cidades de Paudalho e Nazaré da Mata participando de encontros com lideranças locais. Paulo esteve acompanhado pelo ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, pré-candidato ao Senado.

Em Paudalho, os pré-candidatos foram recebidos na chácara do ex-prefeito e candidato a deputado estadual Eufrásio Filho. O encontro contou com várias lideranças locais, entre elas o prefeito de Paudalho, José Pereira. No encontro, Paulo se apresentou, falou de sua trajetória política e técnica, das ações à frente da gestão Eduardo Campos e de como Pernambuco pode continuar avançando.

Em Nazaré da Mata, considerada a capital estadual dos maracatus, a comitivafoi recebida na Associação das Mulheres de Nazaré (AMUNAM), tendo a frente a presidente da instituição, Eliane Rodrigues, que presenteou o pré-candidato com uma gola de maracatu rural, confeccionada pelas mulheres que fazem parte do Programa Chapéu de Palha.“Fico feliz em saber que projetos realizados pelo nossoGoverno resultaram no fortalecimento de culturas e no desenvolvimento da nossa região”, disse Paulo.

No encontro, que reuniu lideranças políticas e diversos segmentos sociais, Paulo recebeu documento com o total de 36 sugestões de propostas nas mais diversas áreas, como educação, saúde, infraestrutura, cultura, turismo e meio ambiente, para serem avaliadas e incorporadas ao programa de governo. "Recebemos um documento muito bem estruturado e com excelentes ideias que enriquecerão bastante nosso projeto de melhorar a vida do povo pernambucano. São propostas que atendem não só o município de Nazaré, mas com reflexo em todo o Estado", ressalta Paulo Câmara. Agora à tarde, a agenda está continuando na cidade de Carpina.



Escrito por Magno Martins, às 16h58

Comentários (4) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
DEM pode denunciar Renan por crime de responsabilidade
















O deputado federal Mendonça Filho (DEM) afirmou, há pouco, que irá acionar a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, caso o presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), descumpra a decisão de instalar imediatamente a CPI da Petrobras.

Renan declarou hoje (24) que irá recorrer da decisão, alegando “respeito à separação dos poderes”.

De acordo com o democrata, não há mais espaço para manobras protelatórias. “A partir de agora, se o presidente do Congresso Nacional não cumprir a decisão liminar da ministra Rosa Weber, vai estar praticando crime de responsabilidade e, por isso, o Democratas vai exigir a instalação imediata da CPI da Petrobras”, disse Mendonça.

“A decisão de ontem à noite, de instalação imediata da CPI do Senado Federal, se estende à CPMI [Comissão Parlamentar Mista de Inquérito]. Caso haja algum questionamento, é possível entrar com um efeito preventivo para estender a decisão à CPMI”, acrescentou.

Ainda segundo o democrata, como o requerimento de criação da comissão mista já foi lido pelo presidente do Congresso Nacional no último dia 15 de abril, bastaria o senador Renan Calheiros determinar a data da reunião de instalação do colegiado.

“Os fatos são muito reveladores e as irregularidades gritantes. Hoje, por exemplo, foi noticiado desvio de R$ 10 milhões da Refinaria de Pasadena que farão com que a própria comissão crie sua dinâmica de apuração dessas irregularidades, que estão sendo constantemente denunciadas pela imprensa. Apenas uma CPI pode - e vai - esclarecer todos esses episódios envolvendo a refinaria”, destacou. 



Escrito por Magno Martins, às 16h30

Comentários (2) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Piloto sai ileso após queda de avião agrícola na Bahia



























G1.

Um piloto saiu ileso após a queda de um avião agrícola na Fazenda Santa Rita, na cidade de São Desidério, Oeste da Bahia. De acordo com a polícia, na hora do acidente, a aeronave Air Tractor, modelo AT- 50B, pulverizava a plantação de uma lavoura de algodão da propriedade, localizada na BR-020. Após tocar o bico no solo, o avião pegou fogo e ficou completamente destruído.

O delegado Carlos Ferro ressaltou que o condutor não conseguiu controlar a aeronave ao fazer uma curva em baixa velocidade e perdeu altura rapidamente. "Quando o avião caiu, o piloto saiu. Aí a aeronave pegou fogo", afirmou.

O acidente ocorreu na última terça-feira (22) e a queixa foi registrada na quarta-feira (23). A delegacia informou que não vai investigar o caso porque não houve crime. Os documentos do piloto foram perdidos após a colisão.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) disse que assim que possível for irá enviar uma posição sobre a queda. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse que não tomou conhecimento do caso.



Escrito por Magno Martins, às 16h00

Comentários (0) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Eleitor cada vez mais independente

Blog de Roberto Almeida.

O jornalista Magno Martins publicou um artigo hoje defendendo a ideia de que as eleições este ano serão "“casadas". Com isto, ele quer dizer que o pleito estadual está vinculado ao nacional e, assim, o voto da liderança do interior – prefeito, vice-prefeito, vereador, etc. – pode não ter tanto peso. Acreditamos que Magno foi feliz em seu comentário, pois as pesquisas eleitorais realizadas em Pernambuco, até o momento, apontam nesse sentido.

Vejamos o exemplo de Caruaru: naquela importante cidade do Agreste, todas as lideranças de peso estão com o candidato do PSB, Paulo Câmara. Apoiam o socialista o governador João Lyra, o prefeito José Queiroz, o vice-prefeito Jorge Gomes, a deputada Raquel Lyra, a deputada Laura Gomes, o deputado Tony Gel e o deputado federal Wolney Queiroz.

Mesmo assim, no momento, Armando Monteiro está muito bem nas pesquisas na Capital do Agreste.

Se em Caruaru, mesmo sem as lideranças ao seu lado, Armando lidera, em Garanhuns os números lhe são totalmente favoráveis. É que aqui no município ele fincou raízes há muito tempo através dos centros de saúde e da estreita ligação com Izaías Régis, desde quando este era apenas o presidente da Associação Comercial.

Na campanha que vem pela frente ainda vamos ver muitos prefeitos oportunistas mudando de lado. Uns indo para o lado de Paulo Câmara, outros aderindo a Armando, principalmente se ele continuar na liderança. Mas a verdade é que no mundo de hoje, com todos mais bem informados por conta da internet, seus blog, sites e redes sociais, a população está cada vez mais independente e vota em quem acredita, não em quem um coronel qualquer mandar.



Escrito por Magno Martins, às 15h45

Comentários (2) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Estado inaugura Centro Social Urbano da Imbiribeira
















O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, entregou nesta quinta-feira (24), aos moradores da Vila da Imbiribeira e Ilha de Deus, o Centro Social Urbano Afrânio Godoy, um espaço de referência que tem como objetivo promover a inclusão social, fortalecer vínculos familiares e comunitários, profissionalizar e incluir os beneficiários no mercado de trabalho e, consequentemente, a geração de renda.

A solenidade, conduzida pelo secretário Bernardo D’Almeida, contou com a participação de moradores da região e apresentação dos serviços, programas e projetos que serão oferecidos nas áreas de educação, saúde, direitos humanos, assistência social, esportes e qualificação profissional. Bernardo ressaltou, porém, que apesar do extenso leque de áreas inseridas no programa, o foco continua sendo a melhoria da qualidade de vida da população por meio do fortalecimento das estratégias do Pacto Pela Vida.

Ainda de acordo com o secretário, o programa é dividido em três etapas: a primeira tem como meta a elevação de escolaridade, inclusão social, economia solidária e o empreendedorismo; a segunda é voltada para a qualificação profissional; e a terceira dirige seu foco para a qualificação produtiva para que os participantes sejam inseridos no mercado de trabalho.

A ex-secretária de Desenvolvimento Social do Governo de Pernambuco, deputada estadual Laura Gomes (PSB), que esteve presente ao evento, declarou “muita satisfação” por estar compartilhando com os moradores daquelas comunidades “a felicidade do sonho realizado”.



Escrito por Magno Martins, às 15h30

Comentários (1) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo

24/04/2014
Prefeita de Afrânio oficializa apoio a Armando Monteiro















O pré-candidato do PTB ao Governo de Pernambuco, senador Armando Monteiro, participa, no domingo (27), de ato em Petrolina, no Sertão do São Francisco, para receber o apoio da prefeita de Afrânio, Lúcia Mariano (PSB). Com a adesão, Armando reforça seu palanque na região, que, até o momento, conta ainda com o apoio do prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), dos deputados estaduais Adalberto Cavalcanti (PTB) e Odacy Amorim (PT), e da ex-deputada estadual Isabel Cristina (PT), além de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e demais lideranças.

Lúcia Mariano ressalta que o apoio a Armando está em sintonia não apenas com as lideranças políticas, mas com o conjunto da população de seu município e da região. “Com todas as pessoas que converso escuto o argumento de que Armando Monteiro é hoje o mais preparado para avançar em temas importantes para a nossa região e para o estado, a exemplo da saúde e da educação. Vejo as pessoas entusiasmadas com a possibilidade de Armando liderar esse novo momento para Pernambuco”.

 A prefeita lembra ainda que ao longo de seus mandatos como deputado federal e senador, e também na presidência do Senai Nacional, Armando Monteiro sempre deu atenção especial ao Sertão do São Francisco, defendendo a interiorização do desenvolvimento e promovendo a qualificação profissional. “Foi Armando quem trouxe para a nossa região a maior unidade do Senai voltada para a agroindústria no país, melhorando a nossa produção e qualificando as pessoas para o emprego”.


Escrito por Magno Martins, às 15h00

Comentários (4) | Enviar essa matéria por e-mail | Imprimir | Topo



Copyright Magno Martins. 2006. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.