Coluna da sexta-feira

      Improviso no combate à seca

Enquanto o PT no Recife se aproxima do dia “D” – a prévia do próximo domingo - e aliados trocam farpas no Interior, como o duelo entre o vice-governador João Lyra e o prefeito José Queiroz em Caruaru – o governador Eduardo Campos (PSB) se volta para a problemática da seca.

E de forma atrasada, vale a ressalva. Afinal, o que o Estado fez para evitar a volta do fenômeno climatológico com o rigor já confirmado pelos institutos de meteorologia? Absolutamente nada! Nem a União também.

Não preparou novas reservas hídricas, não aumentou a frota de pipas com antecedência nem tampouco tomou medidas para evitar a morte do gado. Não há, igualmente, um só programa criado pelo Governo no sentido de evitar a dizimação do rebanho.

O que há, da parte do Governo, é um esforço retardado, tão retardado que a bacia leiteira do Estado, onde o governador esteve ontem, sofreu um colapso irreparável. Ora, se a seca estava prevista há mais de um ano, por que o Governo só começou a cuidar agora?

Remediar, política viciada e ultrapassada dos governantes, sai muito mais caro do que prevenir. E não adianta cuidar apenas do pasto, do leite e da água. A fome campeia no Sertão e se não se vê absolutamente nada, nem um só tipo de programa, como a distribuição de cestas básicas, para minimizar o desespero de tanta gente.

ONDA MAURICINHO- Os aliados do deputado Maurício Rands, que disputa as prévias do PT do próximo domingo contra João da Costa, cuidaram de espalhar a boataria, ontem, no final da tarde, de que haviam virado o jogo. Tudo para despertar a militância, que já havia jogado a toalha diante da praticamente certa vitória do prefeito. A chamada “onda mauricinho”, como foi batizada, faz parte do processo. Mas não provocou nenhum tipo de preocupação na base do prefeito.

Socialista no muro - Na briga de João Lyra com José Queiroz, o vice-prefeito de Caruaru, Jorge Gomes (PSB), prefere o muro. Se jogasse lenha na fogueira poderia ser acusado de querer tirar proveito em benefício de sua mulher Laura Gomes, sempre lembrada como alternativa da Frente Popular a prefeita na capital do forró.

 

 

 

Chororô em Brasília - O ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, recebeu, ontem, um grupo de prefeitos da Paraíba e Alagoas apreensivos com o agravamento da seca no semiárido nordestino que foram ao DF participar da Marcha dos Prefeitos. Na ocasião, FBC anunciou a liberação de R$ 164 milhões para levar água às comunidades mais castigadas. O chororô foi grande no ombro do ministro.

Aqui e na China - Nomear mulher de secretário para o primeiro escalão é nepotismo aqui e na China, mas o governador Eduardo Campos não entende assim. Tanto que emplacou Analúcia Cabral, esposa do secretário de Cidades, Danilo Cabral, para a recém-criada Secretaria de Desapropriações. Como o Estado não tem oposição, a nomeação no Diário Oficial foi completamente ignorada.

Que eleição? - Enquanto no Recife o PT vive momentos de tensão diante da prévia marcada para domingo, na qual será escolhido o candidato do partido a prefeito, o presidente estadual da legenda, Pedro Eugênio, cumpria agenda, ontem, em São Paulo sem qualquer ligação com a eleição. Estava, na verdade, discutindo a tramitação de um projeto de sua autoria na Câmara.

 

 

 

CURTAS

VITÓRIA NÃO ADERIU– A promotora Ana Clésia Nunes, que baixou a lei do silêncio em Afogados da Ingazeira, afirmou ao programa Frente a Frente que Vitória de Santo Antão também havia tomado igual iniciativa. Mas o empresário Beto da Oara disse que a sua banda tocou ali no Dia das Mães com o som nas alturas em praça pública e não viu nenhum tipo de censura ou restrição.

ESTRELA TUCANA– A grande estrela do encontro nacional de mulheres tucanas, hoje e amanhã no Recife, será o senador mineiro Aécio Neves, pré-candidato do partido ao Palácio do Planalto. O ex-governador José Serra também foi convidado, mas até ontem não havia confirmado a sua presença.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quem ganha às prévias do PT no Recife marcadas para o próximo domingo?

''A memória do justo é abençoada, mas o nome dos perversos apodrecerá''. (Provérbios 10:7)

Publicado em: 18/05/2012