Fundo do poço: Recife já chegou, o PT caminha para lá

Foto: Marcos Pastich

Deu na coluna de Marisa Gibson, no DP de hoje:

Era de se esperar, mas a lavagem de roupa suja que movimenta os defensores das candidaturas do prefeito João da Costa e de Maurício Rands transformou a prévia do partido, que acontece no próximo dia 20, numa disputa tão rasteira que o eleitorado só pode chegar a uma conclusão: o PT não merece permanecer no comando da Prefeitura do Recife, porque nenhum dos dois lados presta. Se os petistas tivessem arregaçado as mangas para salvar a gestão de João da Costa com o mesmo empenho com que se engalfinham agora para enfrentar a prévia, talvez o partido estivesse numa situação mais confortável e a cidade do Recife poderia até servir de exemplo para o país como um modelo de gestão. Mas essa não é a realidade. O PT, é certo, ainda não chegou ao fundo do poço, mas o Recife, sim.

Em meio a grandes e pequenos problemas que se perenizam, a cidade está agonizando e o desconforto da população diante de tantas mazelas é grande. E não é escalpelando o adversário por causa de uma prévia que o PT vai conquistar o eleitorado recifense. Aliás o recado vai também para os candidatos oposicionistas: não basta dizer para a população que o PT não fez ou realizou pouco. Isso todo mundo está vendo. O eleitor que paga seus impostos em dia, já está cansado de discursos vazios e da crítica fácil - quer ver propostas consistentes.

Até agora nenhum pré-candidato, entre governistas e oposicionistas, conseguiu despertar o interesse do eleitor. E isso acontece porque tem muita gente querendo ser prefeito do Recife, mas são poucos os que pretendem de fato administrar a cidade.

Publicado em: 29/04/2012