Mendonça: "Quem canta vitória, se surpreende nas urnas"

Faltando oito dias para o segundo turno, o governador de Pernambuco e candidato à reeleição pelo PFL, Mendonça Filho, voltou a dar carga máxima, ontem, no Interior do Estado. Ressaltando a importância de aumentar o volume de campanha em cidades pólos, e ainda rouco, por conta do último evento na Capital, o pefelista, comedido, não descartou a possibilidade do retorno do “guerreiro” como denominou-se.

Em seu discurso em Serra Talhada, ontem, ao lado do prefeito Carlos Evandro (PFL), Mendonça voltou a rebater o clima desfavorável das pesquisas de intenção de voto. “Campanha política ninguém ganha de véspera. Quem canta vitória de véspera se surpreende. O sujeito tem que trabalhar todo dia até o dia da eleição. Cada um de vocês tem capacidade de buscar o voto do indeciso, buscar o voto que está no caminho errado, esclarecer o que nós fizemos por Pernambuco, Jarbas (Vasconcelos) (PMDB) e eu. Eu tenho certeza que vamos ampliar ainda mais nossa eleição”, avaliou.

Por pouco, a festa de Mendonça Filho em Serra Talhada não se tornou um problema. Quando entrava na cidade, acompanhado de dezenas de veículos, um motoqueiro - não identificado - que seguia na contramão atropelou o adolescente Vitor Felipe Coelho da Silva, 11 anos. O acidente ocorreu ao lado da caminhonete que conduzia o governador e as demais autoridades da região.

Ao perceber a criança no chão o pefelista pediu para que o veículo parasse e o prefeito Carlos Evandro - que é médico - desceu e carregou a criança até o veículo que a levou para o Hospital. Visivelmente abatido com o fato, logo após o término do evento, Mendonça seguiu para o hospital estadual Professor Agamenon Magalhães. O adolescente fraturou o fêmur e o governador se pôs a disposição da mãe para prestar qualquer auxílio. As informações são da Folha de Pernambuco.

Publicado em: 21/10/2006