PMDB: cresce briga entre caciques rebeldes e governo

 Bombeiros entraram em campo no fim de semana para promover a conciliação entre os grupos do PMDB: José Sarney (AP) e Renan Calheiros (AL), de um lado, e o líder do governo, Eduardo Braga (AM), de outro. Estavam previstas uma reunião na casa de Sarney, ontem à noite, e novas conversas hoje. A ideia é tentar estancar o que chamam de "demonização" da ala que comandava a articulação política no Senado. A informação é de Vera Magalhães, na Folha de S.Paulo. Acrescenta ela que o que mais se ouve no Palácio do Planalto é que Renan Calheiros tem de ser candidato ao governo de Alagoas em 2014, num sinal de que sua volta à presidência do Senado não tem simpatia do governo.

Publicado em: 19/03/2012