Caruaru: Funasa pede informações sobre governo Gel

 

 

 

 

 

 

 

Wagner Gil, direto de Caruaru

Na manhã de hoje, a Prefeitura de Caruaru protocolou oficio à Câmara de Vereadores pedindo informações sobre a prestação de contas do município referente à primeira gestão de Tony Gel (DEM, 2001-2004). É que a atual gestão recebeu notificação técnica da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) informando que sejam "sanadas pendências, no prazo de 45 dias", referente a convênio 2400/01 com o governo federal ou a "devolução aos cofres públicos de R$ 13.339,054,67". O convênio diz respeito ao projeto Alvorada, que beneficiou vários bairros com saneamento e calçamento. Parte dessa documentação foi destruída na cheia de 2004.
 
No documento enviado pela Funasa, são apontadas 15 possíveis irregularidades, entre elas falta de documentos que comprovem despesas; justificação de despesas realizadas após vigência do convênio e até um resgate de R$ 500 mil, no dia 24 de maio de 2002, feito com cheque. A assessoria de comunicação da Prefeitura não quis falar sobre este assunto, mas relatou que pediu informações à Câmara, porque não existe nenhuma documentação de 2001 a 2004 no arquivo da PMC. Caso o material não seja enviado, Queiroz teme que o município fique sem repasse de verbas do governo federal.

Publicado em: 29/11/2011