Comissão da Alepe vai investigar abatedouros clandestinos

 

 

 

 

 

 

 

 

A Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Claudiano Filho (PSDB), realizou audiência pública na manhã de ontem (28), para debater questões referentes ao funcionamento dos matadouros públicos no Estado. A reunião solicitada pelo deputado Antonio Moraes (PSDB), contou com a presença de representantes da Adagro, Ministério Público, Vigilância Sanitária do Recife, Universidade Rural de Pernambuco e Masterboi.

Dados da Adagro apontam que 90% dos 156 matadouros públicos do Estado praticam o abate de animais de forma clandestina em ambientes sujos e sem higiene. Moraes sugeriu a criação de uma Comissão para investigar os abatedouros clandestinos no interior, bem como, o funcionamento dos matadouros oficiais que segundo denuncias, operam de forma irregular. O parlamentar propôs uma fiscalização mais rigorosa dos órgãos competentes para evitar que carne contaminada chegue à mesa dos consumidores. Ficou determinado que no início dos trabalhos no próximo ano, sejam realizadas visitas nas regiões que sediarão os matadouros regionais e em localidades consideradas de emergência.

Publicado em: 29/11/2011