PT versus PMDB = uma briga sem sentido

 Tancredo Neves antipatizava com Fernando Henrique, tanto que jamais cogitou de faze-lo ministro das Relações Exteriores, como ele pretendia. Num gesto de esperteza ou de maldade, porém, convidou o sociólogo para líder do governo no Congresso. A  recusa não demorou, porque não haveria função  determinada para o cargo. Importantes eram as lideranças do governo na Câmara e no Senado, não no Congresso, cujas reuniões conjuntas de deputados e senadores eram  e continuam raras.

Não se explica, assim, essa nova tertúlia entre PMDB e PT para o lugar até agora ocupado pelo deputado  Mendes Ribeiro, novo  ministro da  Agricultura. Ele não  fazia nada, como não fará quem vier a sucedê-lo.   Brigam sem sentido os dois partidos, a menos que seja para usufruírem o carro oficial  do líder.   (Carlos Chagas)

Publicado em: 30/08/2011