Famílias desocupam casas invadidas em Arcoverde

Familiares que residiam, de forma irregular, no Loteamento Novo Arcoverde, no bairro de São Cristovão, na cidade de Arcoverde, tiveram que desocupar as moradias. A reintegração de posse aconteceu na quinta-fera, dia 25, através de uma liminar expedida pelo juiz Draulternani Melo Pantaleão, da 2ª Vara da Comarca de Arcoverde.

Segundo o  blog de Darcio Rabelo, não houve resistência por parte dos moradores. A reintegração contou com o apoio de oficiais de Justiça, acompanhados por agentes da Prefeitura do município e da Polícia Militar. No loteamento, havia 50 casas populares, mas 37 foram invadidas pelas famílias, que tiveram que deixar o local.

O empreendimento foi erguido como parte do Progama Minha Casa, Minha Vida e, em convênio com o Ministério da Cidade, Prefeitura de Arcoverde e a Caixa Econômica Federal. Os imóveis ainda estão inacabados e já foram destinadas a famílias carentes cadastradas há mais de um ano.

A denúncia da invasão partiu do prefeito de Arcoverde, Zeca Cavalcanti, que temia a depredação das unidades do Conjunto Novo Arcoverde. As famílias retiradas do local estão desabrigadas e não sabem para onde vão.

Publicado em: 26/08/2011