Kadaf ameaça EUA com ''''um inferno'''' se treinarem rebeldes

 O governo da Líbia ameaçou nesta quinta-feira a Itália, a França e a Grã-Bretanha devido ao anúncio do envio de treinadores militares para ajudar a organizar as forças rebeldes contra as tropas leais ao ditador Muamar Kadafi. "Se a OTAN vier a Misrata ou em qualquer outra cidade líbia, provocaremos o inferno contra a OTAN. Seremos uma bola de fogo", disse o porta-voz do governo Mussa Ibrahim, assegurando que toda a população está recebendo fuzis e armas. "Faremos coisas dez vezes piores do que o que aconteceu no Iraque", acrescentou. A ameaça veio em forma de nota do Ministério das Relações Exteriores, lida por um apresentador da TV estatal Al Jamahiriya. Um trecho da mensagem dizia: “estes países devem estar atentos às consequências de uma decisão similar”. O regime de Kadafi já anunciou que está armando civis favoráveis ao governo em Trípoli para resistir a um eventual ataque da Otan.

Publicado em: 22/04/2011