Dilma vai recomeçar processo de escolha de caças

A presidente Dilma decidiu adiar a escolha do fornecedor de jatos de combate da Força Aérea e vai reavaliar todas as ofertas finalistas para buscar novas garantias e acertar questões sensíveis como transferência de tecnologia, informa a Folha Online.

A decisão marca uma reviravolta no processo, uma vez que ex-presidente Lula, repetidamente expressou preferência pela oferta da francesa Dassault e seus jatos Rafale. Mas Lula deixou o governo sem tomar uma decisão.A presidente decidiu reiniciar o processo de avaliação das aeronaves e a esta altura não tem preferência por qualquer fornecedor, disse uma fonte do governo. "É a decisão dela agora... e ela quer olhar os detalhes cuidadosamente", afirmou a fonte.

Publicado em: 17/01/2011