Assessor envolvido em dossiê era segurança do "Sombra"

O agora ex-assessor especial de Lula, Freud Godoy, fazia a segurança do chefe de gabinete da Presidência, Gilberto Carvalho, e de Sérgio Gomes da Silva, o “Sombra” em 2002, quando foi acusado em inquérito na Polícia Civil paulista de supostamente recolher propinas das empresas de ônibus em Santo André (SP).

Godoy admitiu no inquérito que era segurança dos dois, mas negou a intermediação do suborno e foi liberado. A informação é de um dos fundadores do PT, Rui Vicentini, que se desligou do partido. Diz Rui que o ex-assessor de Lula, acusado de pagar o dossiê contra José Serra, é muito amigo de Sérgio ‘Sombra’, investigado no assassinato do prefeito Celso Daniel, em 2003. As informações são do site de Cláudio Humberto.

Publicado em: 18/09/2006