Humberto: "Tem gente infiltrada para atingir Lula"

 O candidato ao Governo de Pernambuco pelo PT, Humberto Costa (PT), disse, há pouco, desconhecer a participação de membros do Governo Lula no caso da compra de um dossiê contra o também ex-ministro da pasta, José Serra (PSDB), que é candidato ao Governo paulista.

Segundo Humberto, “isso parece mais coisa de alguém infiltrado dentro do PT”. “Não vejo qual interesse que o Governo teria nisso. (o presidente) Lula está bem nas pesquisas e não precisa criar factóides contra Alckmin (Geraldo Alckmin, do PSDB, candidato a presidente). Se isso foi feito por alguém, não deve ter sido gente do Governo. Deve ter sido feito por alguém infiltrado”, declarou. Para Humberto, o episódio trouxe prejuízos políticos para o seu partido. “Isso está trazendo problemas para todos nós do PT”, disse.

Sobre a possibilidade de ser indiciado pelo Ministério Público Federal por envolvimento na chamada Máfia dos Vampiros, o petista cobrou rapidez. “Quero que isso saia logo, para eu poder me defender na Justiça”. O MPF adiou de hoje para a amanhã o posicionamento sobre o indiciamento de Humberto pela Polícia Federal no caso. O candidato disse ainda que quer saber “qual será o teor da denúncia” que o Ministério Público deverá encaminhar contra ele.

 

Humberto comentou ainda o possível envolvimento de Serra na Máfia dos Vampiros. “O que se precisa é que seja investigado, porque essas pessoas que fizeram a denúncia são as mesmas que vieram dizer que tinham pessoas ligadas a mim pedindo dinheiro para a compra de ambulâncias, e depois retiraram o que disseram. Agora se tiverem provas, tudo bem, mas ele é um bandido, não é confiável”, disse, se referindo a Luiz Vedoin, dono da empresa Planam, que é acusado de chefiar o esquema da Máfia das Sanguessugas, que fazia a venda superfaturada de ambulâncias.

 

As declarações de Humberto foram dadas neste tarde, durante caminhada no bairro de Ibura de Baixo, na Zona Sul do Recife. Durante o evento, Humberto conversou com militantes e pediu votos de eleitores. As informações são da Agência Nordeste.

Publicado em: 18/09/2006