Prefeito de Escada condenado pelo Tribunal de Contas

 O prefeito de Escada, Jandelson Gouveia, se recusou a dar qualquer esclarecimento público sobre a condenação que sofreu do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) que constatou superfaturamento na contratação da empresa de transportes Faserpa Comércio e Serviço Ltda. De acordo com o parecer do órgão, dos R$ 841 mil pagos em licitação para o serviço realizada em 2008, R$ 534 mil foram superfaturado ou até mesmo pagos indevidamente, ´uma vez que não correspondem a nenhum serviço prestado`, relata decisão do TCE. Também foram condenados a Faserpa e a dona da empresa, Fátima Serpa.

Em meio às falhas constatadas pelo Tribunal estão fracionamento de despesas, subcontratações indevidas, apresentação de documentos falsos por parte da Faserpa e utilização de veículos em situação irregular perante o Detran
.(Do Diario de Pernambuco - Júlia Schiaffarino)

Publicado em: 27/11/2010